Quarta-feira, 8 de Abril de 2020
Breves reflexões de Abril de 2020

 

O AMOR É UM FENÓMENO PURAMENTE ESTÉTICO COM UNS RESTOS DE ÉTICA (MEMÓRIA). Os velhos não são amados porque são inestéticos. A biologia prevalece sobre o espírito. O amor só existe enquanto a estética existir. As mulheres maquilham-se para serem desejadas, amadas.

 

O NOSSO MARAVILHOSO AMOR EXISTE E SUBSISTE NOS PÍNCAROS DA PAIXÃO PORQUE NUNCA NOS BEIJAMOS. É a idealização do trovador cátaro relativamente à sua dama que só vê de longe na janela do castelo. Se nos beijássemos e abrisses a tua blusa aos meus beijos o amor desceria ao lodo do sexo físico e perderia a sua espiritualidade luminosa.

 

O AMOR NÃO EXISTE, É APENAS UM TRAVESTI DO AMOR PRÓPRIO, DO EGOÍSMO DE CADA UM. E se não existe podes tu criá-lo a partir do nada? Alguns dizem «Mas o amor da mãe pelo filho existe e subsiste». E deixa de ser amor próprio?

 

PODES OFERECER A DEUS UMA SEMANA DE REFEIÇÕES SEM CARNE, NEM PEIXE NEM OVOS, EM HONRA DA PAIXÃO E MORTE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. Assim faz a igreja católica ortodoxa. O jejum e a abstinência de carne e peixe (regime vegetariano) agradam a Deus e podem vencer o Covid 19. Realidade mística: tu, eu e todos nós flagelamos Jesus e coroamo-Lo de espinhos e crucificamo-Lo no mundo arquetípico sempre que falamos mal dos outros sem motivo nobre, sempre que não ajudamos quem precisa da nossa ajuda, sempre que vemos telenovelas e filmes diversos em vez de rezarmos a favor das almas do Purgatório, sempre que humilhamos alguém, vociferamos, mentimos. Dentro de breves anos terás morrido e a tua alma comparecerá ante o Altíssimo.

Os filósofos vulgares, agnósticos ou ateus, não sabiam ou não sabem nada. Heidegger, Russel, Frege, Wittgenstein, Peter Singer eram tão carecidos de inteligência que nem sequer conceberam o determinismo planetário como a causa de todas as nossas ações. Porque eram orgulhosos e não rezavam a Deus não obtiveram essa iluminação racional. Cultiva o teu lado místico e a tua racionalidade aumentará.

 

PORTUGAL É PROTEGIDO POR NOSSA SENHORA DE FÁTIMA. 10 de Abril de 2020. Portugal registou às 24 horas de 9 de Abril 435 mortos por Covid-19, mais 29 que no dia anterior. Mas a vizinha Espanha regista 15 843 mortos por Covid 19, ou seja, 37 vezes mais mortos que Portugal. E a Itália, país católico corrompido pela «dolce vita» ou seja os pecados generalizados do adultério, da corrupção político-económica, da fornicação hetero e homossexual regista 18 279 mortes por covid 19. A Suécia, quase sem confinamento, descolou de Portugal e já conta com o dobro de mortes da pátria lusa, 870.

Como explicar o sucesso relativo de Portugal? O mérito não cabe apenas ao governo maçónico do Partido Socialista e à visão de estadista de António Costa: o mérito essencial cabe à devoção dos portugueses a Nossa Senhora de Fátima e à proteção que a Mãe de Deus, simbolizada no mar português (Maria é MAR, águas primordiais, amor a toda a humanidade) confere aos portugueses, inculcando nestes a disciplina do confinamento e a fé em Deus.

Estudei astrologicamente a data do milagre do Sol em 13 de Outubro de 1917 na aparição da Virgem e estou certo de que existiu porque tem pontos astronómicos em comum com outros milagres do Sol associados à Virgem como o de 15 de Maio de 1970 em Palmar de Troya, Espanha, e o de 14 de Agosto de 1974, em Montichiari, norte de Itália, fenómenos presenciados por milhares de pessoas.

 

A ESCOLA DEFENSORA DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES CONTRA PREPOTÊNCIAS NAS FAMÍLIAS. Salazar proclamou o lema «Deus, Pátria, Família», um lema insuficiente que pode ser adoptado pelo fascismo e o imperialismo. O lema correcto para hoje é: «Deus, Pátria, Democracia Parlamentar, Liberdade Individual, Escola, Família». A escola defende as crianças! A menina de 7 ou 8 anos que passa a ter um comportamento esquisito, demasiado triste, leva a professora a sondá-la e a descobrir que a menina é abusada pelo padrasto ou pelo avô pedófilo. O adolescente de 14 ou 16 anos confessa ao professor director de turma que «as coisas lá em casa andam mal, o pai bate na mãe e insulta-a» e a escola alerta a comissão de proteção de menores que convoca os pais. A escola é uma grande família, pluralista, onde a justiça e o conhecimento imperam, apesar de causar stress nos alunos com os trabalhos de casa.

Na escola, desenvolvem-se o companheirismo e os amores entre rapazes e raparigas, apesar da concorrência às melhores notas - sob a ditadura de Salazar eu andei a estudar num liceu (Rodrigues de Freitas) só de rapazes, o que é psicologicamente doentio, e a ser corrido pela PSP quando nos aproximávamos do liceu das meninas (Carolina Michaélis).

 
 

SINCRONISMO ONTOFONÉTICO-1. Em 6 e 7 de Abril de 2020, as ideias de MOREIRA e XAVIER destacam-se: no dia 6, um telejornal exibe XAVIER MOREIRA, presidente do Centro Paroquial de Darque, a falar do Covid 19 e exibe Pedro MOREIRA, técnico de emergência hospitalar, a alertar para a falta de óculos descartáveis na sua especialidade na crise actual; no dia 7, passam 514 anos sobre o nascimento no castelo de XAVIER, em Navarra, de Francisco Atondo y Aznáres, missionário da Companhia de Jesus na Índia e no Japão, elevado aos altares.

 

O COVID 19 E O CONFINAMENTO FIZERAM PORTUGAL REGRESSAR A UM CLIMA SALAZARISTA DE SILÊNCIO E MEDO DE ANDAR NAS RUAS. A democracia é ruidosa, cheia de gente nas ruas, a ditadura é mais silenciosa como um tigre pronto a saltar sobre o povo. Parece que estamos nos anos 50 do século XX em que a greve era proibida em Portugal e Catarina Eufémia foi morta a tiro em 19 de Maio de 1954 em Baleizão por um tenente da GNR. A luta de classes foi desviada para a «frente única de combate ao inimigo invisivel» e anuncia-se a proletarização de sectores vastos da classe média...

 

SINCRONISMO ONTOFONÉTICO-2. Em 9 de Abril de 2020, a ideia de SOL destaca-se: perco uns óculos de SOL que deixei não sei onde, sobre um sofá encontro isolada uma carta do Tarô, o arcano 19, que representa o deus do SOL, ao ler o livro «Maria, Rosa Mystica» retiro a seguinte efeméride «em 14 de Agosto de 1974, chega a Montichiari, Itália, lugar de aparições da Virgem Maria sob a avocação de  Rosa Mística, um autocarro jugoslavo cheio de peregrinos croatas que rezam largo tempo junto da  capela da enfermeira Pierina Gilli se despedem dela e, de repente, ajoelham com gritos de angústia ao verem o SOL girar loucamente, como um disco de prata refulgente que se pode olhar sem ferir a vista, e perto do Sol está uma nuvenzinha branca com a forma de uma senhora, a Virgem Maria, que sobe através do SOL e depois se desfaz lenta e majestosamente e o SOL, revestindo as cores do arco-íris, ilumina ricamente a natureza como em Outubro de 1917 em Fátima.

 

O TELE-AMOR. Não se trata de amor por telefone ou por internet. É o amor telepático: pensamos numa pessoa que nos atrai ou que amamos e imaginamos abraçá-la, beijá-la. É, frequentemente, a infidelidade mental. Há mulheres casadas que cobiçam outros homens, homens casados que almejam ter amantes..Enfim, a nossa predisposição é para o pecado.

No Evangelho de São Mateus (5- 28) atribui-se a Jesus a seguinte advertência: «Eu, porém, vos digo, que qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, em seu coração, já cometeu adultério com ela. 29. Se o teu olho direito te leva a pecar, arranca-o e lança-o fora de ti; pois te é mais proveitoso perder um dos teus membros do que todo o teu corpo ser lançado no inferno. 30. E, se tua mão direita te fizer pecar, corta-a e atira-a para longe de ti; pois te é melhor que um dos teus membros se perca do que todo o teu corpo seja lançado no inferno.»

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS. Apoia a produção filosófica independente. Se neste blog absorves ideias novas e raciocínios luminosos podes retribuir comprando o dicionário.

 

       www.filosofar.blogs.sapo.pt

          f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

         © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 15:02
link do post | comentar | favorito

Sábado, 15 de Fevereiro de 2020
Reflexões breves de Fevereiro de 2020

 

O AMOR ACABA NO MOMENTO EM QUE «SE FAZ AMOR» (LEIA-SE: CÓPULA, SEXO GENITAL, ORAL..). Na verdade, o Amor exige respeito, contemplação da outra pessoa em toda a sua beleza sem a dominar, sem a conspurcar. A dama eleita do trovador medieval, originário da Ocitânia, país dos cátaros, sudeste da França, era idealizada, despertava a paixão espiritual no trovador, este podia olhá-la de longe na janela do seu castelo ou da sua mansão, nunca a podia possuir, levar para a cama. Esse é o verdadeiro Amor, o da Alma Superior, não o falso Amor da Alma Inferior que é apenas libido, desejo de penetração física de um corpo, desejo orgástico. Todo o homem que possui fisicamente uma mulher despreza-a no seu inconsciente porque o senhor nunca ama a sua escrava, usa-a, precisa dela como animal.

 

AS MULHERES QUE NOS AMAM OU NÃO EXISTEM OU NÃO NOS DIZEM NADA PORQUE ESTAMOS DISTANTES NA IDADE OU NA GEOGRAFIA. É assim a longa espera conventual do silêncio que é um «nem sim, nem não». Muitas vezes a perfeição é ficar na essência ideal, no arquétipo feminino, um não se lançar na existência, no mundo das tentações, dos prazeres e das dores. Somos hedonistas (hedoné significa prazer em grego) estamos sempre a querer saborear o amor, a mousse de chocolate ou a sopa quente de tomate à alentejana... Jejuemos, por Deus, jejuemos!

 

LÚCIFER PROMOVE, COM AS ESQUERDAS, A EUTANÁSIA, O ABORTO, A IDEOLOGIA DE GÉNERO E A HOMOSSEXUALIDADE, O PANSEXUALISMO HETERO, BI OU HOMO, A DISSOLUÇÃO DAS NAÇÕES HOMOGENEIZADAS NA NOVA ORDEM MUNDIAL, O ATEÍSMO. E com as direitas Lúcifer promove a liberalização dos despedimentos, o trabalho escravo nos olivais intensivos e superintensivos ou na construção de estradas e casas, o tráfico de armas e de drogas, a instigação de guerras, o branqueamento de capitais, os paraísos fiscais. Há Lúcifer em todo o lado do espectro político.

 

SINCRONIZAÇÃO DO NOME DELGADO. Em 13 e 14 de Fevereiro de 2020, a ideia de DELGADO emerge: no dia 13, passam 55 anos sobre o assassinato do general antifascista Humberto DELGADO por Casimiro Monteiro e outros agentes da PIDE de Salazar numa emboscada em Villanueva del Fresno, Espanha; no dia 14, o juíz de Sevilha do caso desaparição da menina Marta del Castillo há 11 anos decide reabrir a investigação após ouvir a sétima versão do crime de Miguel Carcaño, preso como autor do assassinato, que implicam o irmão de Miguel, Francisco Javier DELGADO, como autor do crime.

 

OS FILÓSOFOS E OS PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS DE FILOSOFIA E ASTRONOMIA SÃO TÃO MEDÍOCRES NO PLANO INTELECTUAL E ESPIRITUAL QUE NEM ESTUDAM A ASTROLOGIA HISTÓRICA E LANÇAM ANÁTEMA SOBRE A IDEIA DE QUE O ZODÍACO COMANDA AS NOSSAS VIDAS INDIVIDUAIS E COLECTIVAS. Se lhes dissermos que devemos considerar a hipótese de Júpiter no signo de Carneiro estimular vitórias das direitas - por exemplo, ascensão de Salazar a ministro das Finanças em 27 de Abril de 1928, com Júpiter em 21º do signo de Carneiro; triunfo do golpe militar das direitas no Brasil em 1 de Abril de 1964, com Júpiter em 27º do signo de Carneiro; triunfo do golpe militar de Videla e generais fascistas na Argentina em 24 de Março de 1976, com Júpiter em 29º do signo de Carneiro - sorriem, com o sorriso dos néscios.

 

OS JOVENS E OS ADULTOS QUE NÃO ACREDITAM EM DEUS/DEUSES E NÃO ORAM SÃO ESPIRITUALMENTE VELHOS, ESCLEROSADOS. A dúvida paralisa o agnóstico e o ateu. A fé é essencial para acender e conservar um espírito jovem. Deus senhor do Paraíso, como inteligência suprema e Amor, adicionado ao determinismo planetário, causa da nossa boa ou má sorte, engendrado por um Demiurgo ou deus inferior e desajeitado são as duas chaves para entender a existência. As universidades e muitas confissões religiosas só nos fornecem uma destas duas chaves.

 

A TRADIÇÃO E A VIDA CALMA DE BEJA, O MAL DA MODERNIDADE NIILISTA. 21 de Fevereiro de 2020. Durante o desfile de carnaval das crianças do infantário encontro um amigo, militar da Força Aérea, a trabalhar desde há uns 2 anos em Lisboa que me diz: «Não há nada como a vida calma e de contactos humanos amigáveis de Beja. Em Lisboa, as pessoas são como ilhas: olham quase sempre para o umbigo (isto é: o telemóvel ligado). Excepto nas classes populares mais baixas, onde há o cultivo de uma certa solidariedade e preocupação com a sorte de amigos e vizinhos, Lisboa é despersonalizante, super individualista. Anseio pedir a reforma logo que faça 55 anos e venho para Beja tocar viola campaniça com amigos». 22 de Fevereiro de 2020, no centro de Beja onde um grupo de 10 jovens brasileiros imigrantes de crença evangélica louvam a Jesus Cristo cantando, encontro um amigo, intelectual, que me diz: «Já não sou de esquerda nem quero nada a ver com estas novas esquerdas niilistas que querem arrasar os valores tradicionais (niilismo, doutrina do nada) e construir tudo de novo: negam Deus ou deuses, a pátria, a educação pela família, a heterossexualidade como comportamento dominante, etc. Até o próprio cardeal Manuel Clemente, um pobre homem sem verticalidade, pressionado por estas esquerdas, recusou ontem receber André Ventura que diz muitas coisas acertadas desde uma direita conservadora não fascista. Filósofos como Derrida, Foucault, Deleuze não sabem o que querem».

 

 

 

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 12:22
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

19
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Breves reflexões de Abril...

Reflexões breves de Fever...

arquivos

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds