Sábado, 29 de Outubro de 2022
Padre Pio e a democracia-cristã

O padre Pio de Pietrelcina (1887-1968), um santo da igreja católica romana, estigmatizado, estava à direita da democracia cristã italiana cuja ala esquerda pactuava com os socialistas e os comunistas.

«Giovanni Scarparo, filho espiritual do padre Pio, desde os anos cinquenta que conseguiu viver muito próximo dele, contou-me o seguinte. «O padre Pio estava muito ressentido com os democratas-cristãos de esquerda. Certa vez disse claramente, referindo-se a eles: "Traidores desgraçados! Tinheis a Itália na mão e deixaste-a escapar, só por causa de personalismos. Traidores! Sois mesmo traidores!"

(Renzo Allegri, Padre Pio, um santo entre nós, Paulinas, pag 374).

A santidade do padre Pio, feita de orações e sacrifícios em honra de Jesus Cristo e Maria Virgem e de ações de solidariedade com os pobres e os doentes, implicava rejeitar o socialismo, o comunismo, o ateísmo, o adultério, o divórcio, a mini saia, a masturbação, a homossexualidade prática,  e levava-o a simpatizar com Mussolini, embora achasse que este não devia ser venerado como um deus.



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:30
link do post | comentar | favorito

Domingo, 14 de Novembro de 2021
Salvador Freixedo: as leis anti humanas da ONU e o engano dos místicos cristãos

 

Salvador Freixedo, nascido em 23 de Abril de 1923 em Carballino, Orense, Galiza,  falecido em 25 de Outubro de 2019, foi um ex-sacerdote católico espanhol jesuíta, célebre por pesquisar ovniologia e correlacioná-la com as religiões. Sustentou que Jesus é um extraterrestre bom. Escreveu:

 

«Outra das táticas que João Paulo II viu em Satanás e que coincidem com as dos tripulantes dos OVNIS foi a maneira de infiltrar-se nas mentes das grandes autoridades de este mundo »(...)

«Um claro exemplo disto têmo-lo na ONU, que tendo começado como uma organização internacional para facilitar o encontro e a compreensão dos diversos povos e culturas, converteu-se pouco a pouco em um instrumento de leis não só anticristãs mas também antihumanas. Por exemplo, a lei do aborto livre, que pouco a pouco diversas agências dependentes e subvencionadas pela ONU estão introduzindo em todas as nações.  Mediante ela se assassina em cada ano no mundo entre trinta a cinquenta milhões de seres humanos que estavam a caminho de se converter em homens e mulheres normais e se deixa feridas psicologicamente mulheres que a longo prazo  se arrependem de ter colaborado no assassinato do seu próprio filho. Organizações dependentes da ONU como NATO, UNESCO, UNICEF, FAO, OMS, ACNUR, IPPF, SAÚDE REPRODUTIVA, BM, FMI, etc. estão seguindo a política destrutiva, anticristã e antihumana da identidade de género e com todas as suas funestas consequências. Um dos seus projectos dissimulados (valendo-se da teoria do perigo da superpopulação mundial) consiste em despovoar África e limitar a natalidade nos países atrasados que possuem riquezas naturais estratégicas para as grandes indústrias dos países desenvolvidos. Em vez de ajudar esses países a matar a fome e a organizar-se e a sair do seu atraso e da sua pobreza, forçam-nos a emigrar massivamente (criando tremendos conflitos nas nações desenvolvidas), dão-lhes de presente toneladas de preservativos para travar a sua natalidade, e por outro lado negam-lhes outras ajudas mais úteis se não se atêm às suas directivas».

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, a origem do mal no mundo, Ushuaia Ediciones, Santa Coloma de Queralt, Catalunha, 2012, pp 96-98; o destaque a negrito é quase todo posto por nós).

O plano global de vacinação posto em marcha pelos reptilianos, em especial em 2020-2021, visa infectar a humanidade inteira, multiplicar as doenças e a mortalidade dos seres humanos que passam a ser mutantes. Até já querem infectar (vacinar) as crianças de 5 a 11 anos de idade em alguns países. Centenas de milhar de pessoas, muitas delas entre os 25 e os 50 anos de idade, morrem ou contraem graves doenças uma a oito semanas depois de receberem a primeira, a segunda ou a terceira dose da vacina mas as autoridades sanitárias, reptilianas, recusam reconhecer a relação de causa-efeito entre vacinação e morte ou incapacidade grave subsequente.

 

O CONTROLO MENTAL DOS REPTILIANOS SOBRE OS HUMANOS

 

Salvador Freixedo atém-se à tese de que os reptilianos que vivem à superfície da Terra ou no interior desta em cidades subterrâneas são extraterrestres que vieram buscar alimento no nosso planeta e dominar a humanidade. Escreve:

 

«Segundo os melhores investigadores, os reptilianos são seres perversos, uns rebeldes dentro da ordem da Criação tal (como Luzbel e os seus seguidores na teologia cristã) que gozam com o mal e com o sofrimento. o que pretendem com a humanidade é, por um lado, a sua perversão em todos os sentidos e, por outro lado, fazê-la sofrer e convertê-la em sua escrava sem que ela se dê conta».

 

«O autor alemão Franz Erdl descreve assim as actividades destes invasores siderais:

 

"Os reptilianos e os draconianos, com a ajuda dos seus acólitos cinzas, manipulam desde há milhares de anos o nosso inconsciente colectivo e o de cada indivíduo sem que ninguém se livre disso. O controlo mental não só se estende aos sujeitos de laboratório que foram abduzidos ou preparados de outros maneiras, mas estende-se a todos nós... Os reptilianos desenharam minuciosamente todas as nossas religiões e filosofias, cuidando muito dos detalhes, e implantaram-nas entre nós. Todas as religiões levam o selo deles e todas são perigosas. Sinto dizê-lo, mas também o budismo e a de aqueles que meditam solitários nas montanhas do Tibete

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, a origem do mal no mundo, Ushuaia Ediciones, Santa Coloma de Queralt, Catalunha, 2012, pp 98-99; o destaque a negrito é posto por nós).

 

OS SOFRIMENTOS DOS MÍSTICOS SÃO INDUZIDOS PELOS REPTILIANOS QUE ADORAM E BEBEM SANGUE

 

O ex jesuíta Freixedo desenvolve a tese de que os místicos cristãos, como Santa Teresa de Ávila, São João da Cruz ou o padre Pio de Pietrelcina, estigmatizado, agredido por demónios (reptilianos?) durante a noite na sua cela do convento de São Giovani Rotondo, em Itália, foram enganados por reptilianos que passam por deuses e demónios e que pedem sacrifícios de sangue porque este é o seu alimento.

 

«Se temos de ser sinceros, pensamos que toda a estranha e muitas vezes absurda fenomenologia que se dá à volta dos místicos cristãos e dos de outras religiões é obra dos "reptilianos príncipes de este mundo", não só com o desejo de se divertirem à custa do humano e de o enganar, mas com o mais perverso de atormentar pessoas inocentes cheias de boa vontade; porque estes "espíritos malignos" gozam enganando e atormentando.»

 

«Este incitamento à dor - em que o sangue está presente com muita frequência e em abundância - encontramo-lo também em outras religiões. Para citar algum exemplo, vemo-lo na cerimónia islâmica chamada Tatbir. E dá-se na festa anual denominada Ashura, comemorativa da morte de Hussein, neto do profeta. Nela, um imã vai ferindo na cabeça com uma espada muito afiada os fiéis que, possuídos por um frenesim místico, vão passando diante dele, finalizando a macabra cerimónia com centenas de fiéis enfurecidos e ensanguentados espirrando em um charco sangrento. E algo parecido se pode dizer de outra estranha cerimónia dos sufis.»

 

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, a origem do mal no mundo, Ushuaia Ediciones, Santa Coloma de Queralt, Catalunha, 2012, pp 119-120; o destaque a negrito é posto por nós).

 

JESUS CRISTO, PÁRA-RAIOS ANTI REPTILIANO

 

E Jesus Cristo, para Salvador Freixedo, é um extraterrestre bom enviado pelo Ser Supremo, que designamos por Deus, para combater os reptilianos - Satanás, na linguagem da igreja,  os lagartos que adoptam forma humana, como, segundo David Icke, a rainha Isabel de Inglaterra, o príncipe Carlos, Barack Obama, George Bush, Henry Kissinger, Pierre Trudeau, Tony Blair, entre outros, e os cinzas .

 

«Considero  Jesus Cristo como um desses bons espíritos que esse SER a quem os humanos chamam Deus foi mandando à humanidade para contrariar as influências dos espíritos malignos.(...)

 

«Nos exorcismos que a Igreja realiza para libertar os possessos por Satanás, a arma mais forte que o exorcista utiliza é a invocação do nome de Jesus Cristo. E igualmente, ainda que muitos dos "peritos" em ovnis o ignorem e julguem que a mistura de Jesus Cristo com os ovnis é um horror e um erro "antiovniológico", o certo é que muitos contactados se sentiram libertos do poder que sobre eles exerciam os alienígenas que os dominavam quando, desesperados, se refugiaram sob a proteção de Jesus Cristo e invocado o seu nome.»

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, a origem do mal no mundo, Ushuaia Ediciones, Santa Coloma de Queralt, Catalunha, 2012, pp 158-160; o destaque a negrito é posto por nós).

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

Encontram-se à venda na livraria «Modo de Ler», Praça Guilherme Gomes Fernandes, centro da cidade do Porto, as nossas 0bras:

Dicionário de Filosofia e Ontologia, Dialética e Equívocos dos Filósofos, de Francisco Limpo Queiroz,

Astrologia Histórica, a nova teoria dos graus e minutos homólogos,de Francisco Limpo Queiroz,

Astrología y guerra civil de España de 1936-1939, de Francisco Limpo Queiroz

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 10:24
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Setembro de 2020
Reflexões breves de Setembro de 2020

 

1- LEVANTAR CALÇADA BELA E COLOCAR EM SEU LUGAR EMPEDRADO FEIO OU COMO AS CÂMARAS FAVORECEM OS SEUS EMPREITEIROS... 5 de Setembro de 2020. Frente ao cinema Melius, em Beja, há uma paragem de autocarro. Passo aí e fico espantado e desiludido: mandaram os operários arrancar as pedras de calcário branco, que faziam um belo passeio, e começaram a colocar grandes blocos de pedra cinzenta, feia. E os moradores da zona não protestam? E a Associação de Defesa do Património nada diz? A câmara municipal (ou melhor 4 pessoas, um directório restrito: o presidente Dr. Paulo Arsénio e 3 vereadores socialistas) decidiu, segundo um critério obscuro, adjudicar esta obra a um empreiteiro. Para quê? Com que contrapartidas?
 
 
Também no Largo Dr. Lima Faleiro e na Rua D. Diniz, adjacentes ao castelo de Beja, há obras de substituição do empedrado da rua por grandes blocos de granito velho e mudanças (para maior fealdade) do pavimento dos passeios. O custo total elegível desta obra é 634.117, 65 euros sendo o apoio financeiro da UE é de 539.000 euros. Para quê isto tudo? Porque não investir em centros de investigação e novas tecnologias?
 
 
Haverá aqui um mecanismo de corrupção? A regra geral de corrupção em muitas autarquias locais é esta: o presidente da câmara adjudica, por exemplo, por 300 000 euros uma obra a uma empresa e esta devolve à sucapa, em envelopes, 10% para o presidente da câmara (neste caso 30 000 euros) e 5% para o partido do presidente (neste caso 15 000 euros).

 

2- AS PESSOAS QUE FAZEM SEXO FÍSICO NÃO SÃO FELIZES PORQUE SE PREOCUPAM EM REPETIR OS ORGASMOS, INCORREM EM CIÚMES, MEDO DE PERDER O SER "AMADO"/DESEJADO, ETC. Só estando em Deus, sem pedir nenhum consolo sexual - pois o desejo sexual foi despertado por Satã, a Serpente do Paraíso Terrestre- só orando tranquila e constantemente pela salvação das almas dos familiares, amigos, inimigos e desconhecidos se encontra a felicidade. Peçamos a Jesus o Amor sem desejos sexuais, o Amor verdadeiro a todos, sem falar mal de ninguém (excepto dos políticos corruptos, dos ladrões e dos pedófilos, dos maridos violentos, dos satanistas, dos capitalistas sem piedade dos desfavorecidos).

 

3- O MAIOR DOS ERROS NÃO É USAR MÁSCARA: É VACINAR-SE PORQUE ISSO INTRODUZ PARA SEMPRE O VÍRUS DO COVID, MERCÚRIO E ALUMÍNIO NO ORGANISMO. Não te infectes com a vacinação! Esta visa controlar a tua mente e alterar o código genético! O corpo é teu e é sagrado! Vacinar é violar a integridade física! As vacinas nunca reduziram as doenças, as estatísticas não levam em conta os factores decisivos: a alimentação saudável (frutos, legumes frescos, peixe, levedura de cerveja, etc.) a higiene corporal, o vestuário adequado, o sono nocturno, a prática do desporto, as longas caminhadas ao ar puro, a oração a Deus, são o que elimina as doenças «infeciosas» e outras. A OMS é a maldade «científica».

 

4- DESDE ANDRÉ VENTURA (CHEGA) ATÉ CATARINA MARTINS (BE) e JERÒNIMO DE SOUSA (PCP) PASSANDO POR RUI RIO (PSD), ANTÓNIO COSTA (PS), FDORANCISCO GEORGE (CRUZ VERNELHA) E GRAÇA FREITAS (DGS) TODOS SÃO AGENTES DE BILL GATES NA SUA CRIMINOSA CAMPANHA DE VACINAÇÃO MUNDIAL, OU SEJA, DE INFEÇÃO DO SANGUE DOS SERES HUMANOS COM VÍRUS E PUS DE ANIMAIS DOENTES, ALÉM DE ALUMÍNIO E MERCÚRIO. Revolta-te! Não deixes que te vacinem nem aos teus filhos e pais! A vacina faz adoecer! Não foi ela mas a água canalizada, o sistema de esgotos na grande cidade, a venda massiva de cebolas, alhos, frutos frescos e secos às classes trabalhadoras a causa do desaparecimento da varíola, do sarampo e outras «doenças de superfície». Os banhos de sol sem cremes protectores e o consumo de frutas, legumes frescos e ovos não de aviário, além do desporto moderado e da higiene corporal, conferem a imunidade transitória de cada dia. Imunidade a médio e longo prazo não existe, é um erro de raciocínio.

 

5-SINCRONISMO ONTOFONÉTICO. Em 6 de Setembro de 2020, as ideias de VIOLINO e de LÍNGUA emergem: a RTP emite, a partir de Carrazeda de Ansiães, o programa «Aqui Portugal» no qual uma jovem aparece a tocar VIOLINO, em «A Pracinha», cafetaria-livraria no centro de Beja, Ana Santos toca VIOLINO em um espectáculo musical ao ar livre muito concorrido, um acidente, ao início da tarde entre um carro e uma ambulância dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora provoca oito feridos, um deles, uma mulher, vítima grave, que partiu o braço e ficou hematomas na cabeça, e outro um menino de 9 anos que é ferido na LÍNGUA, na EN13, em Carreço, Viana do Castelo, leio um documento da igreja de Palmar de Troya que refere que, em 21 de Julho de 1980, Clemente, o papa cego andaluz, rezou ante a LÍNGUA incorrupta de Santo António no santuário de este, em Pádua..

 

6- CUIDA DE REZAR O ROSÁRIO VÁRIAS VEZES AO DIA. ESTÁS MAIS PERTO DA MORTE DO QUE PENSAS. O tempo voa. A Virgem Santa Maria socorrer-te-á no momento da morte se desde já a invocares e louvares com 50 Avé Marias, 5 Pai Nossos e 5 Glórias em cada 20 minutos. Não sigas o ateísmo e o agnosticismo reinantes. Não tenhas medo de ficar isolada/o diante de as tuas amigas e amigos, ante os conhecidos e desconhecidos. Se os ateus crêem no átomo que não vêem porque não poderemos nós acreditar em Deus que não vemos mas inteligimos? Fala com a Virgem: «Santa Mãe do Céu, santifica-me. Dá-me saúde, Amor divino e castidade! A mim e aos meus familiares, colegas e vizinhos. A impureza da sexualidade livre leva muitas almas ao inferno disse a Virgem em Fátima em 13 de Julho de 1917».

 

7- SINCRONISMO ONTOFONÉTICO - De 2 a 4 de Setembro de 2020, as ideias de CASTELO, ALEXANDRA, FLOR, CRUZ e ANJO emergem: no dia 2, o presidente de CASTILLA (evoca: CASTELO) La Mancha pede o confinamento da «bomba pírica» que é a região de Madrid onde a pandemia aumenta, noticia-se que no Brasil a deputada FLORdelis e o seu marido, o pastor evangélico Anderson do Carmo Souza, entretanto assassinado, tinham relações sexuais com alguns dos seus 55 filhos adoptivos; no dia 3, noticia-se que o enfermeiro do Hospital de Beja José António da CRUZ , de 65 anos, está desaparecido desde o dia 31, empresto a um amigo o livro «Padre Pio e os ANJOS», defendo no FB a CASTIDADE (evoca: CASTELO) como virtude esquecida na actual sociedade hedonista, apresentam-me provas de que Francisco Marques venceu o concurso para Director de Cultura da Câmara Municipal de Beja mas foi ilegalmente preterido a favor da militante socialista FLORBELA Fernandes, escolhida pelo júri a 5 de Dezembro de 2019 para o cargo quando ainda faltava fazer em 19 de Dezembro a entrevista à candidata Isabel ; no dia 4, Jorge SERAFIM ( SERAFIM é um ANJO com seis asas, segundo a angeologia), contador de histórias bejense, é entrevistado por Júlio Magalhães no Porto Canal. ALEXANDRA Vieira, deputada do BE, visita o Museu Regional de Beja, ALEXANDRA C. comenta uma publicação minha crítica da disciplina de Educação para a Cidadania, o programa da manhã da RTP é transmitido a partir dos jardins do paço episcopal de CASTELO Branco, encontro por "milagre" uma pagela DE ORAÇÃO do santo padre Francisco Rodrigues da CRUZ, com relíquia de pano, que perdera há anos.

 

8-TANTOS IMIGRANTES NEGROS E INDIANOS EM BEJA! A cidade mudará no prazo de 10 ou 20 anos, islamizar-se-á. Ora o islamismo é um perigo para a Europa no plano político-religioso tal como o chinesismo, a expansão económica da China, é um perigo para a Europa . Os anti racistas são muitas vezes racistas ao contrário. Não faças mal a nenhum indiano ou paquistanês ou a nenhum africano. Reza o rosário. Casa com uma alentejana, não uses preservativos e faz-lhe filhos. Precisamos de aumentar a nossa etnia caucasiana. Tudo o resto é utopia, ingenuidade.

 

9-DIÁLOGO SOBRE A FÉ RELIGIOSA E O SOFRIMENTO Hélder afirma: «A austeridade de outras épocas mais severas não pode servir de veículo a qualquer fé, especialmente se for inculcada, não dando hipótese de escolha.Percebo que a pobreza, a tristeza ou qualquer calamidade sejam instrumentos para a comiseração, mas pessoalmente, acredito que a fé em qualquer crença não deve ser um escape para o sofrimento, mas o resultado de uma reflexão profunda, íntima e estritamente pessoal, longe de qualquer pressão do contexto. » Respondo: «Eu penso, Hélder, que a fé nasce do sofrimento ou é correlativa deste e não vejo mal nenhum nisso. A reflexão pode vir depois. Nós, afinal, viemos ao mundo para sofrer - tese comum ao padre Pio de Pietrelcina e ao filósofo ateu Schopenhauer. Aliás, Álvaro Cunhal pensava mais ou menos o mesmo: sacrificar a vida pela classe operária ( o deus dos comunistas idealistas) e pela fé na sociedade igualitária comunista como ele fez, aceitar o sacrifício pessoal ao ser torturado sem falar e preso anos a fio em celas isoladas, é ter fé num ideal terrestre. O comunismo é uma religião da imanência, dizia Fernando Pessoa.»

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», inovador em relação a todos os outros dicionários, repleto de transcrições literais de textos dos filósofos. Aproveita, a edição está a esgotar-se. Contém 520 páginas, custa só 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), Só custa 5 euros em e-book. Basta depositares na conta PT50 abaixo indicada e informar-nos. CONTACTA-NOS.

 

This blog requires thousands of hours of research and reflection and produces knowledge that you won't find anywhere else on the internet. In order for us to continue producing it please make a donation to our bank account with the IBAN PT50 0269 0178 0020 4264 5789 0

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Copyright to Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 
 
 
 


publicado por Francisco Limpo Queiroz às 13:41
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 10 de Março de 2020
Breves reflexões de Março de 2020

 

O MEU AMOR POR TI NÃO MUDA, EXCEPTO QUANDO A TUA BELEZA MUDAR. Eis porque dás tanta importância à estética, em particular à maquilhagem. És mulher, intuis...

 

SOBRE A CANÇÃO «LENDA D´EL REY DOM SEBASTIÃO» DO QUARTETO 1111. A canção é linda. O carácter sebastianista dos portugueses - seguir um chefe monárquico idealizado - faz parte da loucura de ser português como dizia Oliveira Martins. D. Sebastião era mais espanhol que português, visionário louco e... misógino.

 

O ROSÁRIO CONTRA O CORONAVÍRUS. Rezar diariamente o rosário a Deus e a Nossa Senhora imuniza contra o coronavírus. Afinal, Deus pode tudo. O ridículo é que os cientistas «racionalistas» e os pequenos filósofos adeptos da «lógica proposicional» eliminam Deus como arma de combate a um vírus que nem sabemos se é real ou não. E beber sumo de limão e de laranja, comer diariamente cebola ou alho, jejuar um dia por semana mata os vírus e fortalece - nada disto é ensinado pela Organização Mundial de Saúde, agente dos grandes laboratórios farmacêuticos, que se limita a recomendar lavagens de mãos, máscaras e reclusão em casa. 3000 ou 4000 mortos nada é em um mundo de 7700 milhões de habitantes. A gripe mata muito mais. O HIV mata muito mais e cresce com a expansão da homossexualidade fomentada pelos iluminati , os grandes senhores do mundo (Rockfeller, Rotschild, monarquia britânica, George Soros, Hilary Clinton, etc.), para reduzir a população. Para já, o medo do suposto coronavírus fecha empresas, escolas, universidades, cancela viagens aéreas, concertos e festivais regionais, consumo em restaurantes e estadias em hotéis, aumentando o desemprego e situações de carência alimentar em pelo menos 20% da população portuguesa. 

 

O PODER DA ORAÇÃO E O COVID-19. Mantendo uma estrita neutralidade religiosa, as autoridades de saúde não proíbem mas não preconizam orar a Deus para vencer a pandemia do coronavírus. Coisa bem pequena é a ciência médica universitária que exclui 2 campos fundamentais: a religião como prática de oração e a astrologia histórica como ciência da predestinação planetário-zodiacal (não confundir com a pseudo astrologia comercial da TV, dos jornais e dos anuários astrológicos). Na Idade Média europeia os grandes médicos calculavam o horóscopo natal (mapa do céu) dos pacientes. Visão holística.

 

AGORA QUE ESTÁS CONFINADA/O EM CASA APROVEITA PARA REZAR O ROSÁRIO E AGRADECER A DEUS O ESTARES VIVA/O, TERES SAÚDE, FAMÍLIA, AMIGOS, EMPREGO, VASTIDÃO DA PLANÍCIE ALENTEJANA QUASE TÃO VASTA COMO A INTERNET...A oração é uma onda psíquica benévola, se dirigida com boa intenção, que toca Deus, fonte do Amor, e aqueles por quem rezamos, nomeadamente as almas do Purgatório. Reza diariamente: vale mais rezar 25 minutos diários do que fazer fitness nesse mesmo período. Eis conselhos do padre Pio de Pietrelcina, santo estigmatizado que tinha os dons da bilocação e da cura milagrosa:


1.«A mentira é filha do diabo. A humildade é verdade; verdade é humildade.»
2.«Rezai, mesmo contra vontade. Quem reza muito salva-se, quem reza pouco está em perigo, quem não reza condena-se. A vontade conta e é recompensada, mas o sentimento não.»
3. «Que a Virgem Maria seja o vosso refúgio e o vosso conforto nas horas tristes da vida.»

4. «Amo o sofrimento. Não pelo sofrimento em si. Peço a Deus para poder sofrer e desejo-o pelos frutos que daí advêm e pela glória que dá a Deus. Pelo sofrimento, os meus irmãos são salvos e os sofrimentos das almas do purgatório encurtados. Que mais posso desejar?»

 

BANHOS DE SOL SEM CREMES NA PELE CONTRA O CORONA VÍRUS. Tomar um banho de sol diário nestes Março, Abril, Maio de 2020, durante 10 a 20 minutos sem colocar protector solar na pele para que esta absorva a superhormona D3 (dita «vitamina») destrói e impede o coronavírus de se instalar em nós. Escolhe um terraço, uma varanda, um campo, a praia se possível para tomar esse banho de sol precioso. «Helioterapia, medicina barata em Portugal» como diz um verso de um soneto do poeta Alexandre O´Neil.

 

O AVANÇAR DA IDADE, A PARTIR DOS 30-35 ANOS DE VIDA, TIRA GRADUALMENTE BELEZA ÀS PESSOAS. A beleza espiritual tem algo de beleza física, não há uma dissociação absoluta entre espírito e corpo físico. O enigma é saber se foi o Deus da Perfeição quem fez esse processo ou se foi, como dizem os gnósticos, um Demiurgo, um deus desajeitado, quem o fez contra a vontade do Ser Perfeito.

 

SINCRONISMO FONÉTICO. Em 15 e 16 de Março de 2020, a ideia de SPIN está em foco: no dia 15, passam 13 anos sobre a morte do editor Estampa António Manso PINheiro (evoca: SPIN); passam 46 anos sobre o levantamento do Regimento de Infantaria 5, nas Caldas da Rainha, impulsionado por oficiais SPINolistas, contra a ditadura de Marcelo Caetano e Américo Tomás, revolta que fracassou às portas de Lisboa.

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:31
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 20 de Junho de 2019
Salvador Freixedo: as leis anti humanas da ONU e o engano dos místicos cristãos

 

Salvador Freixedo, nascido em 23 de Abril de 1923 em Carballino, Orense, Galiza, é um ex-sacerdote católico espanhol jesuíta, célebre por pesquisar ovniologia e correlacioná-la com as religiões. Sustentou que Jesus é um extraterrestre bom. Escreveu:

 

«Outra das táticas que João Paulo II viu em Satanás e que coincidem com as dos tripulantes dos OVNIS foi a maneira de infiltrar-se nas mentes das grandes autoridades de este mundo »(...)

«Um claro exemplo disto têmo-lo na ONU, que tendo começado como uma organização internacional para facilitar o encontro e a compreensão dos diversos povos e culturas, converteu-se pouco a pouco em um instrumento de leis não só anticristãs mas também antihumanas. Por exemplo, a lei do aborto livre, que pouco a pouco diversas agências dependentes e subvencionadas pela ONU estão introduzindo em todas as nações.  Mediante ela se assassina em cada ano no mundo entre trinta a cinquenta milhões de seres humanos que estavam a caminho de se converter em homens e mulheres normais e se deixa feridas psicologicamente mulheres que a longo prazo e se arrependem de ter colaborado no assassinato do seu próprio filho. Organizações dependentes da ONU como NATO, UNESCO, UNICEF, FAO, OMS, ACNUR, IPPF, SAÚDE REPRODUTIVA, BM, FMI, etc. estão seguindo a política destrutiva, anticristã e antihumana da identidade de género e com todas as suas funestas consequências. Um dos seus projectos dissimulados (valendo-se da teoria do perigo da superpopulação mundial) consiste em despovoar África e limitar a natalidade nos países atrasados que possuem riquezas naturais estratégicas para as grandes indústrias dos países desenvolvidos. Em vez de ajudar esses países a matar a fome e a organizar-se e a sair do seu atraso e da sua pobreza, forçam-nos a emigrar massivamente (criando tremendos conflitos nas nações desenvolvidas), dão-lhes de presente toneladas de preservativos para travar a sua natalidade, e por outro lado negam-lhes outras ajudas mais úteis se não se atêm às suas directivas».

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, a origem do mal no mundo, Ushuaia Ediciones, Santa Coloma de Queralt, Catalunha, 2012, pp 96-98; o destaque a negrito é quase todo posto por nós).

 

O CONTROLO MENTAL DOS REPTILIANOS SOBRE OS HUMANOS

 

Salvador Freixedo atém-se à tese de que os reptilianos que vivem à superfície da Terra ou no interior desta em cidades subterrâneas são extraterrestres que vieram buscar alimento no nosso planeta e dominar a humanidade. Escreve:

 

«Segundo os melhores investigadores, os reptilianos são seres perversos, uns rebeldes dentro da ordem da Criação tal (como Luzbel e os seus seguidores na teologia cristã) que gozam com o mal e com o sofrimento. o que pretendem com a humanidade é, por um lado, a sua perversão em todos os sentidos e, por outro lado, fazê-la sofrer e convertê-la em sua escrava sem que ela se dê conta».

 

«O autor alemão Franz Erdl descreve assim as actividades destes invasores siderais:

 

"Os reptilianos e os draconianos, com a ajuda dos seus acólitos cinzas, manipulam desde há milhares de anos o nosso inconsciente colectivo e o de cada indivíduo sem que ninguém se livre disso. O controlo mental não só se estende aos sujeitos de laboratório que foram abduzidos ou preparados de outros maneiras, mas estende-se a todos nós... Os reptilianos desenharam minuciosamente todas as nossas religiões e filosofias, cuidando muito dos detalhes, e implantaram-nas entre nós. Todas as religiões levam o selo deles e todas são perigosas. Sinto dizê-lo, mas também o budismo e a de aqueles que meditam solitários nas montanhas do Tibete

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, a origem do mal no mundo, Ushuaia Ediciones, Santa Coloma de Queralt, Catalunha, 2012, pp 98-99; o destaque a negrito é posto por nós).

 

OS SOFRIMENTOS DOS MÍSTICOS SÃO INDUZIDOS PELOS REPTILIANOS QUE ADORAM E BEBEM SANGUE

 

O ex jesuíta Freixedo desenvolve a tese de que os místicos cristãos, como Santa Teresa de Ávila, São João da Cruz ou o padre Pio de Pietrelcina, estigmatizado, agredido por demónios (reptilianos?) durante a noite na sua cela do convento de São Giovani Rotondo, em Itália, foram enganados por reptilianos que passam por deuses e demónios e que pedem sacrifícios de sangue porque este é o seu alimento.

 

«Se temos de ser sinceros, pensamos que toda a estranha e muitas vezes absurda fenomenologia que se dá à volta dos místicos cristãos e dos de outras religiões é obra dos "reptilianos príncipes de este mundo", não só com o desejo de se divertirem à custa do humano e de o enganar, mas com o mais perverso de atormentar pessoas inocentes cheias de boa vontade; porque estes "espíritos malignos" gozam enganando e atormentando.»

 

«Este incitamento à dor - em que o sangue está presente com muita frequência e em abundância - encontramo-lo também em outras religiões. Para citar algum exemplo, vemo-lo na cerimónia islâmica chamada Tatbir. E dá-se na festa anual denominada Ashura, comemorativa da morte de Hussein, neto do profeta. Nela, um imã vai ferindo na cabeça com uma espada muito afiada os fiéis que, possuídos por um frenesim místico, vão passando diante dele, finalizando a macabra cerimónia com centenas de fiéis enfurecidos e ensanguentados espirrando em um charco sangrento. E algo parecido se pode dizer de outra estranha cerimónia dos sufis.»

 

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, a origem do mal no mundo, Ushuaia Ediciones, Santa Coloma de Queralt, Catalunha, 2012, pp 119-120; o destaque a negrito é posto por nós).

 

JESUS CRISTO, PÁRA-RAIOS ANTI REPTILIANO

 

E Jesus Cristo, para Salvador Freixedo, é um extraterrestre bom enviado pelo Ser Supremo, que designamos por Deus, para combater os reptilianos - Satanás, na linguagem da igreja,  os lagartos que adoptam forma humana, como por exemplo a rainha de Inglaterra, o príncipe Carlos, Barack Obama, George Bush, Henry Kissinger, Pierre Trudeau, Tony Blair, entre outros, e os cinzas .

 

«Considero  Jesus cristo como um desses bons espíritos que esse SER a quem os humanos chamam Deus foi mandando à humanidade para contrariar as influências dos espíritos malignos.(...)

 

«Nos exorcismos que a Igreja realiza para libertar os possessos por Satanás, a arma mais forte que o exorcista utiliza é a invocação do nome de Jesus Cristo. E igualmente, ainda que muitos dos "peritos" em ovnis o ignorem e julguem que a mistura de Jesus Cristo com os ovnis é um horror e um erro "antiovniológico", o certo é que muitos contactados se sentiram libertos do poder que sobre eles exerciam os alienígenas que os dominavam quando, desesperados, se refugiaram sob a proteção de Jesus Cristo e invocado o seu nome.»

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, a origem do mal no mundo, Ushuaia Ediciones, Santa Coloma de Queralt, Catalunha, 2012, pp 158-160; o destaque a negrito é posto por nós).

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

Encontram-se à venda na livraria «Modo de Ler», Praça Guilherme Gomes Fernandes, centro da cidade do Porto, as nossas 0bras:

Dicionário de Filosofia e Ontologia, Dialética e Equívocos dos Filósofos, de Francisco Limpo Queiroz,

Astrologia Histórica, a nova teoria dos graus e minutos homólogos,de Francisco Limpo Queiroz,

Astrología y guerra civil de España de 1936-1939, de Francisco Limpo Queiroz

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:49
link do post | comentar | favorito

Domingo, 20 de Janeiro de 2019
Breves reflexões de Janeiro de 2019

O ALENTEJO ESTÁ A SER DESFIGURADO PELOS INVESTIDORES ESPANHÓIS E HOLANDESES E PELOS PROPRIETÁRIOS DE TERRAS LOCAIS. 20 de Janeiro de 2019. Conversa na esplanada de um café em Beja. Ana diz-me: «Os espanhóis donos dos olivais intensivos e superintensivos compram ou alugam terras agrícolas em Beja, Serpa, Moura, Ferreira, Vidigueira, etc., pagando grandes quantias em dinheiro vivo. E os proprietários alentejanos cedem, para enriquecer. Um destes na Vidigueira disse-me: «Tenho 400 hectares de terras que pouco me rendiam. Veio um espanhol e ofereceu-me muito dinheiro para alugar 200 hectares por um período de 20 anos. Não pude recusar.»

 

Ana prossegue: «Odemira é um concelho alentejano vítima da ganância dos investidores estrangeiros. Desde há 20 anos que tem 400 quilómetros quadrados de estufas abandonadas, montadas pelos holandeses que aí cultivavam túlipas e outras flores. Os holandeses foram embora e agora resta um montão imenso de plásticos e ferros das estufas difíceis de remover. Os espanhóis, no Alentejo, revolvem as terras com máquinas escavadoras, destruindo vestígios de pontes romanas e construções arqueológicas: não dão emprego a quase nenhuns portugueses, trazem os seus operários da Andaluzia.»

 

«Há gente a passar fome no Alentejo como há no Algarve destruído pela indústria da construção civil e do turismo. No Algarve, há muitos que nesta época de baixa na hotelaria perdem o emprego sazonal e vivem do tráfico de droga, que recolhem nas praias vinda em pequenas lanchas. As pessoas têm de sobreviver: os instintos falam mais alto que as boas maneiras e o cumprimento da lei. O Portugal triunfante de António Costa é propaganda. Há o reverso da medalha.»

 

«Esta bactéria Xylella Fastidiosa que destrói os olivais, os amendoais e as vinhas, descoberta em Gaia, pode ser uma solução que a natureza inventou para destruir os olivais superintensivos e os amendoais que contaminam com química os aquíferos subterrâneos. As coisas vão naturalmente ao sítio correcto».

 

DEVEMOS LUTAR CONTRA OS INSTINTOS. Ver uma mulher jovem e belíssima despir-se diante de nós e oferecer-se ao nosso instinto masculino deve levar-nos dominar o desejo de a possuir, a recusar satisfazê-la. Isto agrada a Nosso Senhor. Isso é virilidade espiritual que não coincide necessariamente com a virilidade física. Isto irrita profundamente Satã.

 

A VIRGEM MARIA É MAIS BELA QUE QUALQUER MULHER. Porque a sua beleza emana da região da Luz Divina, do Paraíso. Uma aluna disse-me que não entendia esta asserção dos cristãos. Talvez haja duas belezas: a crística/ do Espírito Santo e a luciferina das «mulheres fatais» que povoam o mundo porno.

 

A COROINHA DO PADRE PIO, REZADA, FUNCIONA? Um amigo diz-me: «Eu tenho desde há muitos anos um caroço na parte de trás do pescoço. Comecei ontem a rezar a coroinha do Sagrado Coração de Jesus que o padre Pio de Pietrelcina (1887-1968), o estigmatizado, rezava diariamente: «1. Ó meu Jesus, que dissestes «na verdade, vos digo, pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e abrir-se-vos-á» eu bato, procuro e peço a graça....(dizer a graça que se deseja)

Pai Nosso, Avé-Maria, Glória

Sagrado Coração de Jesus, eu confio e espero em Vós».

 

E continua o meu amigo: «Rezei e hoje acordei e verifico que o caroço no pescoço desapareceu. Será o efeito dessa oração?»

 

GOG E BERGOGLIO: A SEMELHANÇA DE NOMES. Gog era a personificação do AntiCristo, segundo o Antigo Testamento .«Para Ezequiel, Magog é o país do rei GOG, denominação apocalíptica que designa forças poderosas, contrárias a Deus. No Apocalipse, Magog e Gog fundem-se num só nome duplo para referir um povo que simboliza as forças antagónicas a Deus.» (Jorge Blaschke, «Os grandes enigmas do Cristianismo», Estampa, pág. 216).

 

Ora o actual papa da igreja católica chama-se Jorge BerGOGlio e é um jesuíta maçon, que se alia ao Islão e à Tora judaica para criar uma religião mundial única - a do anti Cristo.

 

PRECISO DO FACEBOOK PARA SER FELIZ? Em última análise, não. Preciso mais dos varredores da Câmara Municipal da minha cidade que varrem as ruas e esvaziam os contentores de lixo do que do Facebook. Preciso mais do meu emprego, com a rede de sociabilidade que implica, e do meu salário do que do Facebook. Preciso mais das lojas da minha cidade onde compro alimentos e outras coisas do que do FB. Só preciso do FB para me entreter difundindo ideias ou narrando episódios de confessionário, como os diários do século XVII, que outros apreciam ler. Só o meu narcisismo explica eu estar no Facebook. Este é uma feira de vaidades, um meio de contactar familiares, amigos ou colegas de escola dispersos geograficamente ou esquecidos,  ou um instrumento de mobilização política e cultural a favor de causas (os bombeiros, os animais, o voluntariado, a liberdade sexual, etc.)

 

O AMOR CONJUGAL EXIGE DINHEIRO, CASA PRÓPRIA OU ALUGADA, ALIMENTAÇÃO RICA EM VITAMINAS, PROTEÍNAS E SAIS MINEIRAIS. Ninguém vive só de beijos e orgasmos. É compreensível que em casais em que um ou ambos estejam submetidos a desemprego de longa duração e carências alimentares, o amor enfraqueça e a separação surja. Há e haverá sempre uma pequena componente interesseira numa união de amor. Alguém feminino disse um dia: «Uma mulher conquista-se com comida». A ideia de  «comer» está na base da união sexual/ conjugal do senso comum:  os homens dizem uns aos outros (com as minhas desculpas pela rudeza) «Vou comer aquela mulher, é boa como milho». 

 

A PAIXÃO CARNAL POR UMA MULHER É DAS COISAS QUE MAIS NOS AFASTA DE DEUS, SEGUNDO O CATOLICISMO TRADICIONAL. Se aceitarmos a doutrina gnóstica cátara de que a carne (a sexualidade, os prazeres gastronómicos, as riquezas materiais) está sob o domínio de Lúcifer, o príncipe deste mundo, não acreditamos sequer que Jesus Cristo tenha encarnado no seio da Virgem Maria, pois Cristo é pura Luz e não pode descer à carnalidade luciferina. É muito difícil resistir ao encanto feminino - ao menos de uma bela rapariga de 25 anos, já que as mulheres de 50 perderam muitos dos seus atributos de beleza física - e por isso a castidade cristã ou cátara é uma dura ascese. Mas talvez valha a pena, segundo alguns místicos...

 

NÃO TE VACINES. VACINAR É INFECTAR O ORGANISMO COM BASE NA ESTÚPIDA IDEIA DE CONFERIR IMUNIDADE TREINANDO O CORPO PARA UMA «PEQUENA» DOENÇA, A VACINA. A imunidade não existe: é uma ideia estática, falsificadora da realidade que está sempre em movimento. Nenhum vírus ou toxina confere imunidade por um dia, por meses, por um ou mais anos. É intrujice a ideia de ter imunidade. Contra os vírus a luta é diária: ingerindo maçãs, sumo de limão ou laranja, verduras estás a combater o...s vírus, supostas causas de uma parte das doenças. Muitos enfermeiros vacinados «contra» o sarampo contraíram sarampo em Portugal. Não creias na propaganda das vacinas: visam tranquilizar o povo e proporcionar lucros de milhões à indústria farmacêutica. Vacinas contêm alumínio e mercúrio que são cancerígenos. Resiste, recusa vacinar te ou vacinar os teus filhos! O combate é ecológico, a TV e o Ministério da Saúde manipulam a informação...

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:02
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2019
Philip Gardiner: Maria Madalena e Cristo são simbólicos, não pessoas reais

Philip Gardiner, o investigador britânico da gnose e da sociedade secreta dos Seres da Luz (Os Brilhantes), escreveu:

 

«A Mãe é terrena e é a mediadora divina entre a nossa consciência e o aspecto Pai. Isto explica por que razão o conceito do xamã feminino devia ser o daquele que entra no Outro Mundo para nosso bem. Uma vez e outra, é o feminino, desde os primeiros tempos, que entra no Outro Mundo ou, pelo menos, constitui o factor controlador.» (...)

 

«Agora compreendemos por que razão a Shekinah, o Espírito Santo ou a Matronita dos hebreus e dos cristãos, era feminina. Ela era o elemento passivo da dualidade - não de confronto e de força. Ela é o guia que cuida de nós. É o elemento da nossa mente que raciocina com sabedoria e, portanto, tornou-se a Sofia que hoje vemos no Islão. Ela é a Madalena de Cristo, a Ísis de Osíris, a Eva de Adão, a Marion de Robin dos Bosques, a Guenevere de Artur.» (...)

 

E ao referir-se ao Código da Vinci de Dan Brown Gardiner escreve:

 

«É claro que esta pressa em descobrir a linhagem de Maria Madalena é um disparate, uma vez que Cristo e os seus discípulos, incluindo Maria, nunca existiram como pessoas reais. São símbolos de um segredo maior; são os elementos metafóricos de uma verdade gnóstica que aguarda em cada um de nós. Maria Madalena é o aspecto feminino - a Matronita - que deve unir-se a Cristo para poder dar origem ao nível de iluminação seguinte. O processo de unificação está em curso, aportando um constante renascimento. Esta é a verdadeira gnose: que devemos compreender que somos pecadores e, como tal, devemos erradicar esse pecado do nosso corpo e da nossa mente. Isto é semelhante à ideia budista de reduzir o nosso próprio sofrimento livrando-nos daquelas coisas que nos fazem sofrer - nomeadamente os nossos desejos por coisas que não podemos ter, como anseios, avareza e poder. Os desejos que possuímos são precisamente as coisas que nos fazem sofrer. Provocamos sofrimentos uns aos outros através dos nossos próprios desejos.»

(Philip Gardiner, Gnose, Editorial Estampa, pp. 89-90; o destaque a negrito é posto por nós)

 

O facto de Maria Madalena e Cristo não terem existido fisicamente, historicamente, segundo Gardiner, não invalida a eficácia da imitação de Cristo ou de Santa Maria Madalena como modelos espirituais. A questão está em saber que tipo de cristianismo se quer desenvolver: algum cristianismo gnóstico sacraliza o acto sexual com múltiplos parceiros, o cristianismo do padre Pio de Pietrelcina condena a sexualidade livre, o erotismo em nome da ascese da castidade.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:51
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 23 de Novembro de 2018
Áreas 9º-10º de Virgem: estigmas do Padre Pio e de Clemente Domínguez

Obedecem os fenómenos místicos às posições dos planetas no céu? Pensamos que sim. A área 9º-10º do signo de Virgem desencadeia, em certas circunstâncias, estigmatizações de origem mística ligadas ao padre Pio de Pietrelcina (1887-1968), frade capuchinho de Foggia, Itália, a quem se atribuem bilocações e curas milagrosas.

 

Em 5 de Agosto de 1918, com Mercúrio em 9º 4´/10º 1´ de Virgem, de tarde, ao confessar frades, o italiano padre Pio de Pietrelcina sofre misticamente a transverberação do coração, ao ver um misterioso personagem atravessar-lhe o coração com uma «lança ardente»; em 20 de Setembro de 1918, com Mercúrio em 8º 33´/ 9º 47´ de Virgem, Vénus em 9º 36´/ 10º 51´ de Virgem, no coro da igreja do convento de São Giovani Rotondo, o padre Pio vê um misterioso personagem que sangra das mãos, dos pés e do peito, fica apavorado com esta visão e quando ela desaparece nota que está estigmatizado, com chagas que escorrem sangue nas mãos, pés e peito; em 13 de Abril de 1970, com Nodo Sul da Lua em 10º 59´ de Virgem, às três horas da madrugada, o vidente sevilhano Clemente Domínguez, de 23 anos, desperta do sono na pensão onde dormia e vê a figura do padre Pio com um furador metálico na mão direita pedir-lhe as duas mãos e causar-lhe dois estigmas sangrentos dizendo ao vidente «Sofre isto pelo Santo Padre, tê-lo-ás por pouco tempo».

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 22:53
link do post | comentar | favorito

Domingo, 9 de Julho de 2017
Breves reflexões de Julho de 2017

 

Eis algumas reflexões relativamente banais, porque circunstanciais, que afloram neste Julho de 2017.

 

A MEDITAÇÃO TRANSCENDENTAL. A meditação transcendental suspende a mente e entreabre o vazio mental. Desliga-nos, por momentos, das preocupações da mente raciocinante («Tenho de ganhar dinheiro, tenho que apresentar um projecto, tenho que estimular o meu filho a tirar melhores notas, tenho de queixar-me do roubo de que fui vítima») e conduz alguns ao nirvana, ao repouso espiritual absoluto, mas não resolve o facto de estarmos vivos, de termos de nos alimentar e sobreviver. Porque cada um de nós é corpo, ao menos enquanto estivermos vivos. A meditação não cria casas nem alimentos nem acaba com a exploração capitalista (EUA, Europa, Portugal, etc.) e comunista (China, Coreia do Norte, etc.) do proletariado. É um comprimido para baixar a «tensão alta» da vida.

 

Também ter uma namorada ou uma esposa bela é um «comprimido» que, através do erotismo, nos leva ao orgasmo, mas não resolve o problema de sermos corpo individual, sujeito a morrer ou a ser abandonado.

 

DUAS PROVAS DE QUE AS ACTUAIS MISSAS CATÓLICAS ESTÃO CORROMPIDAS. Uma: a comunhão é dada na mão e muitas vezes por leigos, o que dessacraliza a hóstia como sede do Corpo Místico de Cristo (lembro-me que em 14 de Abril de 2009 comunguei das mãos de uma freira e, no dia seguinte, um familiar meu muito próximo faleceu de repente). Outra: o vestuário sexy que mulheres e homens podem usar na missa (decotes e saias curtas nelas, maquilhagem, t-shirts e calças de ganga neles e nelas). A missa perdeu o carácter sacro, centrado na morte do Senhor, é um convívio mais ou menos alegre, é só «Amor sem Temor». É, pois, de influência luciferina: o amor do corpo, a sensualidade, é a base desta ideologia e rito modernistas e ecuménicos (o objectivo é a religião única mundial, de recorte maçónico).

 

OS HOMENS, COM O PASSAR DA IDADE, GOSTAM SEMPRE DE «MIÚDAS» NOVAS (23-31 ANOS DE IDADE). É o normal: gostar do corpo perfeito da mulher, da sua pele lisa e macia, dos seus olhos sonhadores e vivos. Se os homens envelhecem com esposas da mesma idade é porque amam estas sem paixão, com uma grande componente de companheirismo. Há uns bons 17 anos, um editor meu amigo, que teria 56 ou 58 anos confidenciou-me: «A filha da minha actual esposa (era casado em segundas núpcias) tem 15 anos, é um encanto, é a mulher da minha vida». Era um amor platónico, ele respeitava a adolescente, claro.

 

COPULAMOS, COPULAMOS, COPULAMOS ATÉ DESCOBRIR O GRANDE VAZIO DA EXISTÊNCIA, QUE É O VAZIO DA VAGINA DA MULHER. E depois percebemos que o amor não existe, que estamos infinitamente sós neste universo e temos que chamar em nosso auxílio os deuses ou inventá-los. Só a conversa ou a palavra escrita nos aligeira a solidão. De repente, o mundo tornou-se instável e opaco. Vamos amar quem? Para quê?

 

AFINAL, VIVES PARA QUÊ? PARA TRABALHAR, JUNTAR DINHEIRO, IRES A BARES, LEVAR PARA A CAMA MULHERES (OU HOMENS)? Vê o vazio da tua vida: vazio porque não crês no poder da oração e da redenção por Cristo. Que é um corpo belo de mulher comparado com a beleza do teu Anjo da Guarda ou de Jesus? Nada. A vida é muito mais do que o trabalho, a diversão sem fim, o culto do dinheiro e das vaidades da roupa. Renuncia a muitos dos prazeres do mundo, reza constantemente a Deus (não com pedidos mesquinhos do tipo «dá-me aquela mulher, dá-me um automóvel novo, torna-me famoso indo à televisão», etc). Reza por amor do próximo, para que tais pessoas deixem de fumar, de se drogar, de sofrer cancros e outras doenças, desemprego, fome, humilhações, etc. Une-te a Jesus na luta contra Satanás que está a criar um mundo perverso onde a boa educação e os bons princípios de honestidade, respeito pela vida, etc., estão a desaparecer, e o ódio, a inveja, a intoxicação alimentar e moral da população aumentam sem cessar.

 

CONSELHOS DO PADRE PIO DE PIETRELCINA, GRANDE MÍSTICO ITALIANO (1887-1968) QUE TINHA OS DONS DA BILOCAÇÃO E DA CURA .

1.«A mentira é filha do diabo. A humildade é verdade; verdade é humildade.»
2.«Rezai, mesmo contra vontade. Quem reza muito salva-se, quem reza pouco está em perigo, quem não reza condena-se. A vontade conta e é recompensada, mas o sentimento não.»
3. «Que a Virgem Maria seja o vosso refúgio e o vosso conforto nas horas tristes da vida.»
4. «Amo o sofrimento. Não pelo sofrimento em si. Peço a Deus para poder sofrer e desejo-o pelos frutos que daí advêm e pela glória que dá a Deus. Pelo sofrimento, os meus irmãos são salvos e os sofrimentos das almas do purgatório encurtados. Que mais posso desejar?»

 

PADRE PIO VERSUS OSHO, MARX E GUY DEBORD. O padre Pio estigmatizado dizia: «Eu amo-te e peço a Jesus que te faça conhecer o amor porque pelo amor chegamos ao sofrimento. Nós nascemos para sofrer.» Esta visão, de que este mundo é lugar de sofrimento que devemos aceitar, é combatida por Osho que disse que Deus era o universo, não há paraíso nem inferno nem é necessário sofrer. E Marx, pai do comunismo do século XIX, e Guy Debord, teórico do internacional situacionismo, defenderam também que esta vida é para desfrutar dos prazeres materiais e não para sofrer e aceitar o sofrimento.
 

PADRE PIO DE PIETRELCINA, O ESTIGMATIZADO, E AS CRÍTICAS AO ABORTO, À HOMOSSEXUALIDADE E ÁS MODAS.

Sobre o místico franciscano Pio de Pietrelcina, santo católico (1887-1968), escreveu o seu biógrafo P. Nello Castelo:

 

«Contraceptivos, pilulas, abortos: são argumentos infernais, sobre os quais não admitia discussão.
Logicamente, era inimigo acérrimo do divórcio. São palavras suas: «É a estrada mestra que leva ao inferno. É a criação...pelo homem destruída». (...)
«Recordo os episódios de pecados de masturação, homossexualidade, a que inexoravelmente negava a absolvição, aos quais dizia: «Não vos emporcalheis», «Precisamente porque não reza, cai neste pecado». (...)

A imprensa várias vezes falou dele (Padre Pio, franciscano de Itália, 1887-1968) como o único sacerdote, na cristandade, firme na luta contra a moda, em defesa do pudor. Se a sua não tivesse sido «voz no deserto» não teríamos chegado ao cataclismo hodierno, que foi iniciado pela mini-saia.» (...)
«Queria a saia até à barriga da perna. Despedia sem absolvição e nem sequer permitia que se avizinhassem do confessionário Era inexorável, tinha palavras de fogo:
«Vai vestir-te! Incivil! Porcalhona! Despudorada!». Um dia a uma filha: «Serrar-te-ei os braços...porque sofrerias menos do que sofrerás no Purgatório». A uma outra: «As carnes nuas serão queimadas».
Às suas filhas (espirituais) explicava: «Deves vestir-te segundo a própria condição social. Tu deves vestir-te de modo a agradar aos anjos e aos homens. O Senhor condena a moda indecente e escandalosa que tantas almas leva à ruína».

(P. Nello Castelo, «Jesus crucificado no padre Pio», Editorial Cavaleiro da Imaculada, pp. 129-130; o bold é posto por nós).

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

francisco.limpo@gmail,com

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 12:24
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 13 de Junho de 2017
Breves reflexões de Junho de 2017

 Eis algumas despretensiosas reflexões que brotam neste quente mês de Junho de 2017.

 

QUANDO MORRERES NINGUÉM OU QUASE NINGUÉM VAI DAR PELA TUA FALTA. Para que te preocupas, pois, com as críticas dos outros ao teu comportamento, críticas ditadas por inveja, preconceito, necessidade de te controlarem, de te manterem dentro do rebanho social? Vive e sê tu mesma/o. Os outros? Quase todos são apenas barreiras, objectos estranhos à tua liberdade.

 

ESCRAVO DO FACEBOOK. Sou um escravo voluntário da escrita no Facebook. Venho aí diariamente, leio e escrevo. Antes de mais, faço-o por necessidade do Intelecto Universal, o chamado Intelecto Agente que, como dizia Aristóteles, sobrevive à morte do indivíduo: há ideias que gero ou capto da Região Inefável que devem ser difundidas e ficar na platibanda do pensamento académico, modéstia áparte. Mas também o faço por amor erótico: há sempre uma mulher bela do lado de lá da web a quem se pode dirigir um galanteio, uma declaração de amor. Em terceiro lugar, faço-o por necessidade de explicar a minha postura pessoal, a ação no meio em que vivo: Baixo Alentejo, Portugal.

 

SINCRONISMOS FONÉTICOS . Em 11 e 12 de Junho de 2017, a ideia de MÁRIO está em foco: no dia 11, deflagra um incêndio num autocarro no túnel do MARÃO (evoca: MÁRIO), noticia-se que os estados norte-americanos de MARYland (evoca: MÁRIO) e Columbia vão processar o presidente Trump por receber indevidamente milhões de dólares através de empresas suas; no dia 12, de madrugada, na Nora de Serpa, MAIRA (evoca: MÁRIO) Baldaia e a sua banda brasileira dão um concerto musical, falece em Santarém MÁRIO Brito, de 76 anos de idade, engenheiro de telecomunicações, portuense.

 

COM A ALTA VELOCIDADE DE ROTAÇÃO DAS TROCAS DE PARCEIRO NO AMOR, A VISÃO ECONOMICISTA E INDIVIDUALISTA DA VIDA IMPERA. Elas já não gostam de nós, em regra: medem a marca do automóvel que temos, o tamanho do nosso pénis em repouso, o saldo da nossa conta bancária, as vezes que lhes pagamos o jantar ou o lanche ou as levamos à discoteca, o nosso status social (empregado bancário, médico, professor, agricultor rico, etc) . Mas o inverso também é verdade: olhamos para elas como objectos sexuais , como «gajas a levar para a cama e largar logo que estejamos saciados». É um mundo pragmático de usar os outros enquanto nos são úteis: é como o aluguer de quartos em Lisboa, dá dinheiro, aluga-se já a turistas por uns dias, nada de alugueres por anos e anos à mesma pessoa ou família. O amor romântico acabou, ninguém ama ninguém de forma continuada. David Hume tinha razão: não temos um eu fixo, somos um fluxo de imagens a correr algures. Salvam-se alguns honrosos casamentos e uniões de facto onde o amor paixão unido ao amor romântico prevalecem.

 

OS FESTIVAIS MUSICAIS DE VERÃO COMO O MEO SUDOESTE, que se inicia a 1 de Agosto de 2017 em Zambujeira do Mar, costa alentejana, não passam de modos de alienação da juventude e dos trabalhadores em geral. Os artistas, vendidos ao grande capital, não denunciam a Nova Ordem Mundial do governo único, da precariedade de emprego, do lançamento de guerras imperialistas onde quer que as chefias dos EUA e da Rússia ou da UE achem necessário. Muita música, droga, sexo promíscuo sem preservativos, alcool - eis a falsa ou superficial amizade que se forja nesses aglomerados de dezenas de milhar de pessoas. No resto do ano, o capitalismo aumenta o ritmo de trabalho dos assalariados, oferece bares e copos e muito stress a quem vive só do seu salário (proletariado).

 

PORQUE VAMOS A SERPA OUVIR ANTÓNIO ZAMBUJO? Não é, essencialmente, para ouvir o artista alentejano. É para ver as mulheres belas que se aglomeram na Praça da República. E para saudar um ou outro amigo que vive em Serpa com quem temos colóquios culturais. E para desfrutar da noite de Lua em Capricórnio - a Lua Cheia foi ontem, 10 de Junho, às 21 h 44, com a Lua em 18º do signo de Sagitário - que as noites de luar no Alentejo são lindas e sensuais. E para orar ao Grande Arquitecto do Universo.

 

BEJA AUTO-DESTRUTIVA POR FORÇA DA ELITE POLÍTICO-ECONÓMICA LOCAL . 11 de Junho de 2017. Estou a visitar a exposição de gravuras de Banda Desenhada expostas no Teatro Pax Julia, no centro de Beja e encontro Jorge, artista conceituado. Comenta-se: «Como é possível que tendo morrido (em 13 de Maio de 2017) Leonel Borrela, pintor e arqueólogo do património e funcionário do Museu Regional de Beja, que tanto deu a esta cidade investigando, pintando e teorizando sobre a sua arquitectura e história, não haja uma reprodução em grande de um quadro seu numa destas salas com os dizeres «Homenagem a Leonel Borrela, 1955-2017»? Beja é auto-destrutiva. A elite política e económica que domina a cidade quer apagar da memória os criadores, artísticos, literários, etc, que, bejenses de nascimento ou não, fazem obras de valor. Vê só o caso da taberna outrora atelier de pintura de Carlos Montes na Rua da Branca: aí aprenderam a pintar artistas bejenses e a câmara deveria preservar isso como espaço museológico. Eles querem é que sejamos esquecidos: morremos e ninguem homenageia os que prestigiamos a cidade com o nosso trabalho artístico e cultural. Beja é autofágica. Ingrata, madrasta.»

 

ALÉM DO PRAZER DAS FESTAS DE FIM DE SEMANA E DO SEXO TRANSBORDANTE HÁ ... O PARAÍSO. A vida moderna carece de sentido para os existencialismos ateu e agnóstico, filosofias dominantes nos dias de hoje na Europa do século XXI: «temos de gozar a vida, que bom aproveitar as noites de sexta e sábado nas discotecas e bares e às duas e meia da manhã conseguir levar uma mulher ( ou um homem) semi ébria para o automóvel ou para a cama e... fazer sexo! »Tantos homens e mulheres insatisfeitas a fumar e a beber alcool, a noite inteira, nos bares! Já fizemos muita coisa em termos de sexo - menos homossexualidade e certo tipo de perversões; o Diabo dotou-me de uma imaginação que vai até ao travestismo mas o Senhor Deus guarda-me na fronteira com o ilícito - e concluimos que tem que haver algo imóvel, superior à união sexual física: o Paraíso, que é a união íntima, «sexual» entre nós, espíritos, e Deus-Deusa (a Trindade , a Virgem Santa Maria).

Por isso, se estás insatisfeita/o, reza, persiste na oração - em especial o rosário à Virgem Maria - e virão as respostas adequadas. O sentido da vida é o Paraíso, o reino da beatitude, o Pleroma dos gnósticos. As nossas desventuras, aflições, doenças estão escritas nos astros, no Zodíaco (foi o Deus inferior, o demiurgo, que fabricou os astros, não Jesus nem os Eons do Pleroma). Nem Osho, com a sua técnica filosófica de meditação, consegue atingir os cumes da beatitude cristã. A meditação relaxa mas é preciso ver os deuses e os anjos. Eu amava uma mulher muito linda, há anos, e ela sofreu uma doença grave - foi uma provação que Deus enviou, com o ensinamento «Não ames apenas a beleza corporal, penetra no mistério do espírito, é uma mulher como as outras, frágil, um invólucro de carne perecível».

 

O meu pai, muito católico toda a vida, nos últimos anos de vida perdeu a esperança de salvar-se: dizia «estou condenado, atropelei de bicicleta uma velhinha quando tinha 15 anos de idade», tinha remorsos excessivos, o Demónio rondava-o. Qualquer que seja o teu passado, não tenhas remorsos: já passou. Se há desculpas a pedir a alguém, uma dívida a pagar fá-lo. Reza incessantemente, com descontração, sem ansiedade, e verás mudanças boas na tua vida, serenidade, paz.

 

AS ESCOLAS DE ASTROLOGIA QUE MARCAM PASSO. Sou autodidata em astrologia. Desprezo as escolas de astrologia, de um modo geral dominadas por dogmáticos estéreis: sem provas experimentais, dizem que «Vénus rege o signo de Balança» e que «há doze casas no horóscopo pessoal», etc. Eis títulos de alguns livros meus: «Ciclos astrológicos na História de Portugal» (ed autor 1985), «Leis planetárias em eleições gerais» (Estampa, 1996), «Sincronismos Cabala e Graus do Zodíaco» (Estampa,2001), «Astrología y guerra civil de España de 1936-1939» (ed. autor, 2006), «Acidentes em Lisboa na Astronomia-Astrologia» (Ed. Autor, 2008), «Álvaro Cunhal e Antifascismo na Astrologia Histórica» (Ed. Autor, 2013), « Astrologia Histórica» (Esfera do Caos, 2015). Oito livros ao todo. Os mais «prestigiados» astrólogos comerciais portugueses, como Paulo Cardoso, Luís Resina, Helena Avelar, Luís Ribeiro, Cristina Candeias, Vera Xavier ou Flávia Monsaraz, guardam rigoroso silêncio sobre as minhas obras porque não têm arcaboiço intelectual ou moral para as enfrentar e analisar criticamente nem possuem suficiente saber feito de investigação empírica. Calam, ignoram para silenciar a dissidência, a «heresia». Portugal, país de invejas: astrólogos que só procuram o enriquecimento pessoal financeiro, a imagem televisiva, não a verdade da ciência astrológica.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 23:58
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
19

20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


posts recentes

Padre Pio e a democracia-...

Salvador Freixedo: as lei...

Reflexões breves de Setem...

Breves reflexões de Março...

Salvador Freixedo: as lei...

Breves reflexões de Janei...

Philip Gardiner: Maria Ma...

Áreas 9º-10º de Virgem: e...

Breves reflexões de Julho...

Breves reflexões de Junho...

arquivos

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds