Sábado, 4 de Julho de 2020
Breves reflexões de Julho de 2020

 

1.INCOMPETÊNCIA E ENRIQUECIMENTO DESMESURADO DE ADMINISTRADORES DA CP /REFER. A democracia de elites que temos, de Cavaco a Guterres e Sócrates, de Passos Coelho a António Costa, é corrupta: os lugares de administração de empresas públicas são de nomeação política que não obedece à competência técnica. Assim, os ministros do PS e do PSD-CDS - a nova União Nacional democrática como Francisco Salgado Zenha designou este conjunto de partidos em dado momento em 1986 - nomeiam para chefiar as empresas públicas não técnicos apartidários de alta competência, mas um militante do PS ou um militante do PSD para que adjudiquem obras a empresas privadas que financiem secretamente estes partidos do «centrão».

A incompetência é tanta que as mesas de comando dos centros de controlo do tráfego ferroviário na linha do Norte não estão bem sintonizadas: as mesas de Braço de Prata e de Campanhã são da Siemens e a mesa de Pampilhosa é da Alcatel, o que faz com que haja uma «zona escura» de 20 quilómetros de via férrea a norte a 20 quilómetros de via férrea a sul da Pampilhosa em que se deixa de saber a localização dos comboios que circulam nessa zona. Quanto aos jobs for the boys, destacamos o engenheiro Cardoso dos Reis, relevante figura do PS e da maçonaria, presidente do conselho de administração da Refer de 2000 a 2002 no governo de António Guterres e presidente do conselho de administração da CP de 2006 a 2010, sob o governo Sócrates. Consta que se tornou muito rico. Como, com os vencimentos oficiais conhecidos?

 

2. O DESPERDÍCIO EM DINHEIRO DE USAR COMBOIO A DIESEL EM VEZ DE COMBOIO ELÉCTRICO. Um especialista que trabalha na IP ( ex CP, ex REFER) diz-me: «A linha entre Praias do Sado e Ourique está eletrificada e tem uma extensão de cerca de 270 quilómetros. Essa linha é usada por 3 a 5 comboios diários que vão buscar o minério às minas de Neves Corvo e o trazem para Praias do Sado para seguir de barco para o Canadá, o país da empresa privada que explora as minas. Ora a IP, gerida por incompetentes administradores nomeados pelo governo de Costa, impõe que comboios a Diesel que gastam 500 litros de gasóleo aos 100 quilómetros façam o percurso de 540 quilómetros diários quando se devia e podia fazer o transporte com comboios eléctricos até Ourique a custos muito mais baixos. O comboio a Diesel só é necessário nos 27 quilómetros de linha não electrificada que ligam Ourique às minas de Neves Corvo. Em Ourique, poder-se-ia fazer a troca de máquina para tracionar os 14 vagões: da máquina locomotiva eléctrica passar-se-ia a locomotiva a Diesel. Mas os gastadores de milhões do erário público, filiados no PS ou no PSD, que comandam muitas empresas públicas, não se importam. A partidocracia minou a democracia, reduziu esta ao esqueleto».

 

3.QUANDO OS POLÍTICOS EM PORTUGAL INTERFEREM COM OS TÉCNICOS E COLOCAM EM RISCO A VIDA DOS CIDADÃOS. 16 de Julho de 2020. Um técnico da Infraestruturas de Portugal diz-me: «Sabes, os políticos em Portugal julgam-se omnipotentes e desrespeitam a autonomia dos técnicos superiores, dos engenheiros, dos professores universitários da área de ciências e tecnologias. Um caso gritante desta interferência foi no governo de José Sócrates, aí por 2007 ou 2008, na CP, quando o director desta era o engenheiro Francisco Cardoso dos Reis, que exerceu o cargo até 2010. Vários comboios da Siemens tinham chegado ao limite de quilometragem e não podiam circular sem risco de acidente. O serviço de reparação e manutenção só podia ser feito pelos funcionários da Siemens mas como custava milhões de euros o governo resolveu interferir para «poupar dinheiro ao país». A ordem dada aos técnicos foi: retirar as cartas magnéticas dos motores das locomotivas paradas nas oficinas de Campolide e colocá-las nos motores das outras que tinham esgotado o prazo de validade. Apesar das diligências do inspector Cristo junto de engenheiros que desaconselharam essa mudança de códigos incompatíveis entre si, os encarregados de oficinas da CP prontificaram-se a cumprir as ordens da tutela política. Fez-se uma experiência na linha de Sintra: uma locomotiva com a carta magnética de outra começou a rodar e ao chegar à estação de Benfica o maquinista não conseguia controlá-la, ela avançava cada vez mais rápido e o maquinista fez «homem morto» isto é, cortou a energia eléctrica e conseguiu frear o comboio que parou antes da próxima estação. O maquinista mudou de direção voltou para trás em direção às oficinas de Campolide, teve que «fazer homem morto» para travar o comboio e foi rebocado por uma locomotiva de socorro até às oficinas da CP. Este teste que provou o erro dos políticos ao impor a troca de cartas magnéticas nos motores, desconhecendo que cada uma delas tem um código próprio que defende os direitos de propriedade da Siemens, impediu acidentes graves que produziriam mortes na linha de Sintra. Salazar era um ditador político que respeitava mais a autonomia dos técnicos do que os actuais governantes da democracia que resolvem instrumentalizar os técnicos.»

 

4.ESCÂNDALO: GOVERNO PS EXPULSA DA TAP DAVID NEELEMAN, O GRANDE ESPECIALISTA DA AVIAÇÃO, E DEIXA O GRUPO BARRAQUEIRO (AUTOCARROS) COM 22,5% DA TAP. O governo PS de António Costa coloca fora da TAP David Neeleman, o fundador das companhias aéreas estadunidenses JetBlue Airways, Morris Air, da canadense WestJet e da brasileira Azul Linhas Aéreas, que salvou da falência várias companhias aéreas da América Latina. E deixa dentro da TAP o grupo de autocarros Barraqueiro, isto é, Humberto Pedrosa, que nada sabe de aviação comercial mas que detém 22,5% do capital da TAP e se prepara para comprar mais dos 72,5% do capital que o Estado português passa a deter. Não seria mais justo e sensato comprar por cerca de 200 milhões a participação do acionista menor Humberto Pedrosa / Grupo Barraqueiro e deixar Neeleman na TAP? Era. Mas o PS de Costa é um pau mandado do Barraqueiro, grupo capitalista que está em todas, e que faz parte de um conglomerado de privados que conseguiu o contrato leonino da Fertagus (o comboio de dois andares que atravessa a ponte sobre o Tejo) segundo o qual qualquer minuto de atraso do comboio obriga o Estado a indemnizar os privados, entre eles o Barraqueiro.

 
5-A CÂMARA MUNICIPAL DE BEJA, DE MAIORIA PS, ENTREGOU À DIREÇÃO REGIONAL DE CULTURA DE ÉVORA O MUSEU REGIONAL DE BEJA, ATRAIÇOANDO O SEU PROGRAMA ELEITORAL E O DISTRITO DE BEJA. Há cerca de 2 meses, no passado dia 18 de maio de 2020, a Câmara Municipal de Beja e a Direção Regional de Cultura do Alentejo assinaram um protocolo de colaboração relativo ao Museu Regional de Beja e a outros equipamentos culturais da cidade que permite que quadros e outras obras de arte deste Museu sejam transferidos para Évora ou emprestados a outras regiões. Ora, para esta cerimónia, o presidente da câmara de Beja, dr. Paulo Arsénio, não convidou um único dos 14 funcionários do Museu Regional Rainha D. Leonor da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) entregue por decreto de 5 de Junho de 2019 do governo de António Costa à Direção Regional de Cultura do Alentejo sediada em Évora, alterando-se o Decreto-Lei n.º 114/2012, de 25 de maio. Nem mesmo Francisco Paixão, director interino do Museu até Dezembro de 2019, foi convidado para esta cerimónia de Maio de 2020. Porquê? Governam nas costas do povo? Sem dúvida.
 
Isto prova o carácter autoritário do executivo PS da câmara de Beja que não consulta as populações como deve ser e não defende a cidade e o concelho como se viu no caso do relatório de Novembro de 2019 dos ex administradores da CP Martins de Brito e Acúrsio Mendes dos Santos, relatório que não propunha a ligação ferroviária de Cuba ao aeroporto internacional de Beja nem a electrificação de toda a linha do Alentejo. A câmara calou-se, deixou passar isto, submissa como é ao governo central de Lisboa, e só graças ao Engenheiro Elio Bernardino, da Plataforma Alentejo, um dos dois ou três melhores especialistas deste país em traçados ferroviários, foi possível corrigir e comprometer o governo com a ligação ferroviária ao aeroporto de Beja.
 
O PS de Beja, tal como a CDU bejense, o PSD e o CDS bejenses, o Chega bejense são apenas forças de ocupação da nossa cidade ao serviço das direções partidárias de Lisboa que dão ordens de adjudicar negócios com tal ou tais empreiteiros. Os partidos não representam a alma de Beja nem as classes mais desfavorecidas que vivem no concelho, são apenas viveiro dos «tachos» de alguns. Precisamos de uma revolução como a de 1 de Dezembro de 1640 contra Felipe IV de Espanha e Miguel de Vasconcelos no governo de Lisboa: Beja é dos bejenses, Portugal é dos portugueses. Beja necessita de uma candidatura independente às autárquicas de 2001 encabeçada pelo Engenheiro Elio Bernardino e pelo professor Florival Baioa Monteiro, pessoas íntegras que não se deixam manipular pelos grandes grupos económicos, nem pelas direções partidárias em Lisboa nem por empresários locais pouco honestos. E só assim Beja progredirá na revolução 4.0 que a União Europeia pôs em marcha.

 

6. SINCRONISMO ONTOFONÉTICO. De 1 a 3 de Julho de 2020, as ideias de HENRIQUE e de LOUCO emergem: no dia 1, o padre HENRIQUE Martins, pároco da igreja do Salvador, em Beja, completa 84 anos de idade; no dia 2, leio sobre a religião dos germanos em que o astuto deus LOKI (sugere: LOUCO) gera o lobo Fenri, a serpente Midgard e Hel, rainha do Inferno; no dia 3, leio a frase do escritor Manuel Ayllón «Viver à moderna é esta LOUCURA de querer viver tudo», o jornal I publica um artigo de HENRIQUE Neto, socialista e maçon que critica António Costa ao afirmar que «Há muito que considero António Costa em tudo semelhante a José Sócrates e um defensor convicto do ex-primeiro--ministro. Há razões para isso: (a) a sua longa convivência com José Sócrates, como amigo pessoal que foi visitá-lo à cadeia; (b) enquanto ministro do mesmo Governo, corresponsável por todos os erros e desmandos cometidos e que conduziram Portugal à bancarrota e a pedir ajuda externa pela terceira vez, sempre com Governos socialistas; (c) a inexistência de qualquer incómodo da parte do PS relativamente a ter como militante um primeiro-ministro acusado de corrupção; (d) o desconhecimento formal dos comportamentos pessoais aberrantes de José Sócrates e o encobrimento político de decisões abusivas do interesse nacional que António Costa não podia desconhecer».

 

7. OS IDIOTAS ÚTEIS E A MÃO ATRÁS DO ARBUSTO. 12 de Julho de 2020. Um politólogo liga-me de Lisboa e diz:« O Fernando Medina, presidente da câmara de Lisboa, está muito preocupado por ter assinado tantas adjudicações directas a empresas privadas. O CDS voltou a pedir a lista dessas adjudicações que, no total, devem ascender a 400 000 ou 500 000 euros anuais. Um dos gabinetes de advogados que têm conseguido mais adjudicações é o de José Miguel Júdice que assim ganha muito mais do que cada vez que vai à televisão e lhe pagam 1000 euros. O PCP também mete ao bolso com estas adjudicações, tal como o PSD. O Mário Centeno fez sempre a vontade aos poderosos, desempenha bem a função de idiota útil, isto é, de um actor retórico que faz o que a mão atrás do arbusto lhe manda. E os idiotas úteis pululam como comentadores televisivos: o Miguel Sousa Tavares, o José Gomes Ferreira, o Ricardo Costa, o Pedro Santos Guerreiro, o António José Teixeira, o José António Saraiva, etc., veja que nenhum deles se atreve a dizer que Humberto Pedrosa, novo homem forte da TAP, é o dono da empresa de autocarros Barraqueiro e que o novo presidente da TAP vai ser o filho, David Pedrosa. A imprensa está açaimada, controlada. As lojas maçónicas estão na mão dos poderosos que são a mão atrás do arbusto e controlam a informação».

 

8. DUAS VISÕES SOBRE MÉRTOLA. 10 de Julho de 2020. Noite pletórica de conversas no centro de Beja em várias esplanadas. José, que aproveitou a pausa da pandemia para criar um grupo de cante na freguesia de Nossa Senhora das Neves diz-me: «Não pense que Mértola, vila outrora islâmica do Baixo Alentejo, é terra abandonada. Antes de Março de 2020, todas as quintas feiras, vinham do Algarve, 6 ou 7 autocarros carregados de turistas que almoçavam nos diversos restaurantes e davam grande movimento à vila. As agências de viagens algarvias fixaram rotas de visita a Mértola em um só dia» E Solange diz-me que criaram nas Neves uma aula de flamenco com uma professora espanhola. Beja é arte, música, sensualidade do Sul, a cidade homogeneamente mais linda de Portugal.

 

A esta visão idílica de Mértola responde assim um seu natural, David Encarnação (7 de Novembro de 1984), mestre em História pela Universidade de Évora e candidato à autarquia em 2017 pelo PSD: «Mértola continua abandonada, porque os turistas passam e quem fica sabe bem do que falo. Mértola continua a ter problemas de abastecimento de água nas aldeias, onde muitas vezes não há rede de saneamento básico. Faltam os transportes públicos e sobretudo politicas capazes de atrair empresas e fixar pessoas. Repare-se que a freguesia mais despovoada de Portugal é o Espírito Santo, no limite com o Algarve. Só em 2017/18 é que os últimos recantos do concelho foram electrificados. As Negas, na União de Freguesias de S. Miguel do Pinheiro, S. Pedro e S. Sebastião, continua sem alcatrão, a Espargosa idem idem(na ligação à sede de freguesia). Basta sair a 5 km da vila para encontrar aldeias despovoadas, sem infraestruturas... O concelho é mais que Mértola, e a economia local tem de ser mais que só turismo, que já se percebeu que não é todo suficiente para resolver tudo. Pergunte ao seu amigo quantas vezes foi ele a Penedos e viu camiões a encher o depósito de água... é caso para dizer que ainda há muito Alentejo profundo e pró-fundo!»

 

9.SINCRONISMO ONTOFONÉTICO. Em 11 de Julho de 2020, as ideias de SOFIA e de OITO exaltam-se: escrevo o texto «Não viemos ao mundo para ser felizes mas para cumprir o destino que os astros nos assinalam e salvar as nossas almas rezando a toda a hora a Nosso Senhor e à Nossa Senhora rainha do Céu (a SOFIA da gnose de Valentim, que rege a OITAVA esfera celeste, além da esfera de Saturno).», OITO horas depois, à noite, encontro em uma esplanada de Beja a bela SOFIA Branquinho (OITO de Janeiro de 1996), engenheira agrónoma, e, de passagem a bela Maria dá-me um beijo, coisa rara neste tempo de receios do Covid, conheço Oleg, engenheiro ucraniano (OITO de Abril de 1994) corrijo parcialmente OITO testes escritos dos que me foram confiados. 

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», inovador em relação a todos os outros dicionários, repleto de transcrições literais de textos dos filósofos. Aproveita, a edição está a esgotar-se. Contém 520 páginas, custa só 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

This blog requires thousands of hours of research and reflection and produces knowledge that you won't find anywhere else on the internet. In order for us to continue producing it please make a donation to our bank account with the IBAN PT50 0269 0178 0020 4264 5789 0

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Copyright to Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:41
link do post | comentar | favorito

Domingo, 26 de Abril de 2020
Áreas do Zodíaco regidas por Júpiter ignoradas na Astrologia Tradicional

 

 A teoria das regências planetárias da astrologia tradicional está basicamente errada. Diz-se, sem qualquer apoio experimental, testável, que a Lua rege o signo de Caranguejo, o Sol rege o signo de Leão, Mercúrio rege o signo de Virgem, Vénus o signo de Balança, Marte e Plutão o signo de Escorpião, etc. Quase nada disto é verdade. Só por indução, a partir de factos históricos, é possível estabelecer correlações constantes, a que chamamos regências entre um planeta e uma dada área do Zodíaco.

 

Os fenómenos da astronáutica centrados no planeta Júpiter ocorrem sempre com a exaltação de certas pequenas  áreas do Zodíaco, de diferentes signos, áreas que podemos presumir ser regidas por Júpiter. E isto é astrologia histórica, de base empírica, historicista, oposta à velha astrologia tradicional que não investiga fora dos seus dogmas, no terreno da experiência.

 

Assim presumimos que Júpiter rege as áreas 9º-12º  do signo de Caranguejo, 9º-17º do signo de Virgem, 10º-12º do signo de Sagitário, 20º-24º do signo de Sagitário, 9º-13º do signo de Capricórnio, 28º-29º do signo de Aquário e 9º-10º do signo de Peixes.

 

ÁREA 9º-12º DO SIGNO DE CARANGUEJO:

ÁREA VINCULADA A JÚPITER 

 

Em datas de lançamento de sonda rumo a Júpiter ou entrada em órbita de este há um planeta na área 9º-12º do signo de Caranguejo.

 

Em 18 de Outubro de 1989, com Júpiter em 10º 40´/ 10º 43´ de Caranguejo, Vénus em 10º 22´/ 18º 28´ de Sagitário, a Sonda Galileu parte  para o espaço a bordo do vaivém Atlantis, rumo a Júpiter, para maravilhar os cientistas com com belas fotografias, dar-lhes novidades científicas.

 

Em 8 de Fevereiro de 1992, com Nodo Sul da Lua em 9º 5´/ 9º 0´ de Caranguejo,  Nodo Norte da Lua em 9º 5´/ 9º 0´ de Capricórnio, a sonda Ulyses passa pelo polo norte de Júpiter a uma distância de 451 000 km em uma manobra de gravidade assistida necessária para que a Ulysses obtivesse uma órbita altamente inclinada  ao redor do Sol, aumentando sua inclinação com a eclíptica para 80,2°.

 

Em 21 de Setembro de 2003 com Saturno em 12º 8´/ 12º 11´de Caranguejo, Mercúrio em 12º 14´/ 12º 25´ de Virgem, a sonda Galileu é destruída durante um impacto controlado com Júpiter , após ter orbitado desde Dezembro de 1995 este planeta colhendo múltiplas informações.

 

Em 5 de Julho de 2016, com Mercúrio em 10º 48´/ 12º 58´ de Caranguejo, Júpiter em 17º 38´/  17º 46´ de Virgem, Saturno em 10º 57`/ 10º 54´ de Sagitário, a sonda Juno entra em uma órbita polar em torno de Júpiter para estudar a composição, campo gravitacional, campo magnético e magnetosfera polar polar do planeta.

 

ÁREA 9º-17º DO SIGNO DE VIRGEM:

SOBREVOOS DE JÚPITER

Cinco sobrevoos importantes de Júpiter por sondas espaciais ocorreram com um planeta ou Nodo da Lua na área 9º-17º do signo de Virgem.

 

Em 5 de Março de 1979, com Saturno em 10º 17´/ 12´ de Virgem, a sonda norte-americana Voyager 1 sobrevoa Júpiter a 278 000 quilómetros de distância.

 

Em 10 de Julho de 1979, com Nôdo Norte da Lua em 9º 40´/ 9º 35´ de Virgem, a sonda norte-americana Voyager 2 sobrevoa Júpiter a 650 000 quilómetros de distância e estuda os seus principais satélites.

 

Em 21 de Setembro de 2003 com Mercúrio em 12º 14´/ 12º 25´ de Virgem, Saturno em 12º 8´/ 12º 11´de Caranguejo, a sonda Galileu é destruída durante um impacto controlado com Júpiter , após ter orbitado desde Dezembro de 1995 este planeta colhendo múltiplas informações.

 

Em 4 de Setembro de 2006,  com Mercúrio em 13º 59´/ 15º 52´ de Virgem, o Long Range Reconnaissance Imager (LORRI) da sonda New Horizons, não tripulada, a caminho de Platão ,tira as suas primeiras fotos de Júpiter em um sobrevoo feito para uma assistência gravitacional.

 

Em 28 de Fevereiro de 2007, com Nodo Sul da Lua em 16º 10´/ 16º 9´de Virgem, Mercúrio em 29º 11´/ 28º 19´ de Aquário,  a sonda New Horizons, não tripulada, faz sua aproximação máxima a Júpiter;

 

ÁREA 10º-12º DO SIGNO DE SAGITÁRIO:

REGÊNCIA DE JÚPITER 

A passagem do Sol ou de um planeta em 10º-12º do signo de Sagitário vincula-se a actos da astronáutica centrados no planeta Júpiter.

 

Em 4 de Dezembro de 1973, com  Sol em 11º 41´/ 12º 42´ de Sagitário, a sonda norte-americana Pioneer 10 sobrevoa Júpiter a 131 400 quilómetros de distância e transmite uma série de fotos para a Terra.

 

Em 3 de Dezembro de 1974, com Sol em 10º 25´/ 11º 26´ de Sagitário, Vénus em 16º 58´/ 18º 13´ de Sagitário, Júpiter em 9º 26´/ 32´ de Peixes, a sonda norte-americana Pioneer 11 sobrevoa Júpiter a 42 560 quilómetros.

 

Em 18 de Outubro de 1989, com Vénus em 10º 22´/ 18º 28´ de Sagitário, a Sonda Galileu parte  para o espaço a bordo do vaivém Atlantis, rumo a Júpiter, para maravilhar os cientistas com com belas fotografias, dar-lhes novidades científicas.

 

Em 5 de Julho de 2016,  com Saturno em 10º 57`/ 10º 54´ de Sagitário, Mercúrio em 10º 48´/ 12º 58´ de Caranguejo, Júpiter em 17º 38´/  17º 46´ de Virgem, a sonda Juno entra em uma órbita polar em torno de Júpiter para estudar a composição, campo gravitacional, campo magnético e magnetosfera polar polar do planeta.

 

AS ÁREAS 20º-24º DO SIGNO DE SAGITÁRIO E 9º-13º DO SIGNO DE CAPRICÓRNIO:

REGÊNCIA DE JÚPITER

 

Júpiter rege, presumivelmente, as áreas 20º-24º do signo de Sagitário e 9º-13º do signo de Capricórnio.

 

Em 1 de Fevereiro de 1958, com Saturno em 22º 39´/ 22º 44´de Sagitário, um foguetão Júpiter C coloca em órbita o Explorer I, primeiro satélite artificial dos EUA.

 

Em 8 de Fevereiro de 1992, com Nodo Sul da Lua em 9º 5´/ 9º 0´ de Caranguejo,  Nodo Norte da Lua em 9º 5´/ 9º 0´ de Capricórnio, Nodo Sul da Lua em 9º 5´/ 9º 0´ de Caranguejo,   a sonda Ulyses passa pelo polo norte de Júpiter a uma distância de 451 000 km em uma manobra de gravidade assistida necessária para que a Ulysses obtivesse uma órbita altamente inclinada  ao redor do Sol, aumentando sua inclinação com a eclíptica para 80,2°.

 

Em 7 de Dezembro de 1995, com  Júpiter em 23º 47´/ 24º 1´de Sagitário, Vénus em 11º 43´/ 12º 58´ de Capricórnio, a sonda norte-americana Galileu sobrevoa Júpiter e faz descer uma sonda de 335 quilos que estuda durante 57 minutos a atmosfera do planeta antes de ser destruída pela pressão sofrida.

 

Em 2 de Fevereiro de 2020, com Marte em 20º 5´/ 20º 46´de Sagitário, Júpiter em 13º 53´/ 14º 6´de Capricórnio, noticia-se que a sonda Juno orbitando Júpiter captou o que parece ser a imagem de um golfinho na superfície do planeta.

 

ÁREA 28º-29º DO SIGNO DE AQUÁRIO:

SONDA PRÓXIMA DE JÚPITER

A área 28º-29º do signo de Aquário vincula-se a datas de feitos cosmonáuticos visando Júpiter e ainda à eleição do socialista Mário Soares presidente da república portuguesa em Fevereiro de 1986 o que faz pensar que Portugal e o PS português sejam regidos por Júpiter.

 

Em 28 de Fevereiro de 2007, com Mercúrio em 29º 11´/ 28º 19´ de Aquário,  Nodo Sul da Lua em 16º 10´/ 16º 9´de Virgem, a sonda New Horizons, não tripulada, faz sua aproximação máxima a Júpiter.

 

Em 2 de Fevereiro de 2020, com Mercúrio em 27º 37´/ 29º 14´ de Aquário, noticia-se que a sonda Juno, orbitando Júpiter, captou o que parece ser a imagem de um golfinho na superfície do planeta.

 

Em 16 de Fevereiro de 1986, com Júpiter em 28º 53´/ 29º 7´ de Aquário, Mário Soares, apoiado pelo PS e por toda a esquerda é eleito presidente da república portuguesa à segunda volta com 51,18% de votos. 

 

ÁREA  9º-10º  DO SIGNO DE PEIXES: 

APROXIMAÇÃO DE SONDA A JÚPITER

A área 9º-10º do signo de Peixes vincula-se a sobrevoos de Júpiter. 

 

Em 3 de Dezembro de 1974,com Júpiter em 9º 26´/ 32´ de Peixes, Sol em 10º 25´/ 11º 26´ de Sagitário, Vénus em 16º 58´/ 18º 13´ de Sagitário, a sonda norte-americana Pioneer 11 sobrevoa Júpiter a 42 560 quilómetros.

 

Em 10 de Julho de 1979, com Nôdo Sul da Lua em 9º 40´/ 9º 35´ de Peixes, a sonda norte-americana Voyager 2 sobrevoa Júpiter a 650 000 quilómetros de distância e estuda os seus principais satélites.

 

Quer os astrólogos tradicionais, instalados nos seus consultórios, cuja preguiça de investigar além dos dogmas que decoraram é proverbial, quer os editores de ciência e informação - jornais «Expresso», «Sol», «Jornal I», revistas «Sábado», «Visão», direções de informação da RTP; TVI, grandes editoras de livros, etc. - censuram ferreamente, ao serviço das universidades onde a mentira e os interesses reinam, as nossas descobertas de história social astronómica (astrologia histórica).

 

Miguel Sousa Tavares, Miguel Esteves Cardoso, Ricardo Costa, José António Saraiva, José Pacheco Pereira, Paulo Portas, José Miguel Júdice, Miguel Reale, José Carlos Vasconcelos, Clara Ferreira Alves, Pedro Mexia, Carlos Fiolhais, Boaventura Sousa Santos, António José Fernandes, Teresa de Sousa, Pedro Galvão, Gonçalo M.Tavares, José Tolentino de Mendonça, Maria Filomena Mónica, António Barreto, Pedro Santos Guerreiro, Nuno Tiago Pintp e tantos outros colunistas e escritores e os académicos em geral são cúmplices ou agentes do fascismo epistémico reinante na sociedade portuguesa: todos omitem falar das leis planetário-sociais já descobertas e divulgadas neste blog e em livros que circulam no mercado português.

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 10:09
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019
Breves reflexões de Setembro e Outubro de 2019

 

A UNIVERSIDADE PORTUGUESA NÃO É NEUTRA, ESTÁ AO SERVIÇO DA ALTA BURGUESIA E DO PRESTÍGIO IMERECIDO DE ALGUNS CATEDRÁTICOS. Nas universidades portuguesas e europeias não se põe em causa a vacinação, que o professor Tissot, investigador francês  classificou de inoculação da fase crónica da doença. Também não é permitido investigar história social por parâmetros astronómicos (astrologia histórica). No entanto os factos histórico-astronómicos gritam contra o dogmatismo erróneo dos catedráticos: em 25 de Abril de 1983, com Júpiter em 9º do signo de Sagitário, o PS de Mário Soares vence as eleições legislativas em Portugal; em 1 de Outubro de 1995, com Júpiter em 10º do signo de Sagitário, o PS de António Guterres  vence as eleições legislativas em Portugal; em 6 de Outubro de 2019, com Júpiter em 18º-19º do signo de Sagitário, o PS de António Costa vence as eleições legislativas em Portugal.

 

Ignorando estes factos, a universidade e a sociedade em geral vivem sob  um subreptício fascismo epistémico. Os catedráticos e mestres de filosofia, história, sociologia, medicina? Um bando de «aristocratas» arrogantes, que temem ser postos em causa e censuram as teorias e teóricos que se lhes opõem! Os colunistas da televisão e dos jornais como Miguel Sousa Tavares, José Pacheco Pereira, José Manuel Fernandes, José Miguel Júdice, Paulo Portas, João Miguel Tavares, José António Saraiva, Boaventura Sousa Santos e os astrólogos de presença televisiva como Paulo Cardoso, Luís Resina, Cristina Candeias, Helena Avelar? Ignorantes de história astronómica e social e cúmplices do fascismo epistémico! 

 

UMA MAIORIA DE IMIGRANTES NO CONCELHO DE ODEMIRA (MAIS DE 50% DA POPULAÇÃO JÁ ) RETIRA IDENTIDADE AO ALENTEJO? Segundo um amigo meu, do Bloco de Esquerda, sim, retira. Há israelitas, franceses, alemães e outros que compram casa em Odemira e aí se instalam vivendo das suas reformas ou de investimentos. Depois há os outros, os proletários. Os imigrantes da Tailândia são muito pacíficos, trabalham nas estufas de framboesas, mirtilos, morangos, explorados pelos angariadores que podem meter ao bolso 3 euros de cada 6 euros que o imigrante ganharia, supostamente à hora. «O problema é com os indianos. Vieram trabalhar sem trazer as mulheres, estão longos meses em Odemira e juntam-se à noite em grandes grupos que vão observar e incomodar as mulheres que saem a fazer compras em supermercados.»

 

O governo socialista de António Costa, o PAN, o PEV, o PCP , o BE, o Livre, o MAS, o PCTP-MRPP e outros e os partidos da direita PSD e CDS atacam a classe operária portuguesa com a política de portas abertas à imigração. Esta é, no essencial, a invasão da Europa pelo islamismo. Do CDS ao Bloco de Esquerda e ao PCP todos estes partidos, em especial o PS e o PSD são diferentes rostos da Élite Mundial dos Illuminati, a alta Maçonaria que promove a destruição dos Estados nacionais através da emigração, da ideologia de género, do federalismo, da dívida pública ao FMI ou a consórcios de bancos internacionais. Resta um partido não controlado, de momento, pelos Illuminati: o Chega, de André Ventura que diz umas verdades que todos silenciam. Portugal está em risco de afundamento: a luta é entre os patriotas e os partidos de direita, centro e esquerda agentes do imperialismo estrangeiro, de George Soros e do Clube de Bilderberg.

 

OSCILO ENTRE O EROTISMO E O OROTISMO. Viver só é uma fonte de erotismo alimentado pela imaginação. Então peco e, logo a seguir, oro a Deus, em penitência e louvor. Do erotismo ( de Eros, o deus do Amor, da Atração Sexual) transito ao «orotismo» ( De orar, oração, que é um erotismo espiritualizado, sublimado). Há o erótico e o orótico...e ambos parecem ter a ver com a visão: óptica.

 

SINCRONISMO ONTOFONÉTICO. De 11 a 13 de Outubro de 2019, as ideias de ALEX, ASAS, ANJO, PEDRA e BAFOMET estão em destaque: no dia 11, a banda «ANJOS» (evoca: ASAS) dá um concerto no festival Patrimónios do Sul, na cidade de Beja, um incêndio florestal arrasa 3000 hectares junto a Los ANGELES (em português: ANJOS) e causa 2 mortos, morre o primeiro cosmonauta russo, ALEXEI Leonov (30 de Maio de 1934); no dia 12, passam 144 anos sobre o nascimento na Inglaterra do aristocrata ALEISTER (evoca: ALEX) CROWLEY ( CROW significa CORVO e evoca ASAS), um adorador de Lúcifer sob várias formas entre elas a do Bode com seios de mulher e ASAS NEGRAS chamado BAFOMET, o cantor João PEDRO Pais (evoca: PEDRA) dá um concerto na cidade de Beja; no dia 13, a SAUDADE, Associação de Salvaguarda do Património Imaterial da Portuguesia, com sede em Vila Nova da Barquinha, junto ao Rio Tejo, realiza a consagração da PEDRA Fundamental e formaliza a Escritura Notarial de Fundação, evocando, subliminarmente ou não,a data de 13 de Outubro de 1307, em que os templários franceses, adoradores do BAFOMET, o demónio andrógino de ASAS NEGRAS, e banqueiros da Europa medieval, foram presos à ordem dos senescais do rei Filipe o Belo de França.

 

SANTA RITA DE CÁSSIA E ATENTADOS EM MANCHESTER. As entidades espirituais não podem alterar as conexões da Ordem Cósmica estabelecidas nos astros, creio. Em 22 de Maio de 2017, dia de Santa Rita de Cássia no calendário da igreja católica, em Manchester, um terrorista suicida detona uma bomba no pavilhão Manchester Arena depois de um concerto da cantora Ariana Grande, provocando a morte de 22 pessoas, entre elas várias crianças. Em 11 de Outubro de 2019, digo a Rita «Supostamente, serias protegida por Santa Rita de Cássia» e no Centro Comercial Arndale, em Manchester, um homem apunhala 4 pessoas e é neutralizado por um disparo de pistola eléctrica da polícia. Santa Rita de Cássia é adversa a Manchester?

 

O ABORTO VOLUNTÁRIO É UM SACRIFÍCIO OFERECIDO AO SANGUINÁRIO DEUS MOLOCH, CUJA ESTÁTUA TINHA UMA CAVIDADE ONDE UMA FOGUEIRA ARDIA E SE LANÇAVAM VIVAS CRIANÇAS. Por isso, combatamos a reclamação feminino-fascista de liberdade para abortar.

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS. É o melhor dicionário nesta área, existente no mercado, segundo muitas opiniões de docentes de filosofia.

 

       www.filosofar.blogs.sapo.pt

          f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 8 de Outubro de 2019
Ponto 14º 2´/ 14º 8´ de qualquer signo do Zodíaco: atentados em França

 

Há milhares de leis planetário-zodiacais a reger os acontecimentos humanos ou naturais. Uma que determina alguns dos atentados ocorridos em França é a seguinte: a passagem de um planeta ou Nodo da Lua em movimento lento no ponto 14º 2´/ 14º 8´ de qualquer signo do Zodíaco (14º 2´/ 14º 8´de Capricórnio, 14º 2´/ 14º 8´ de Aquário, etc.) é condição necessária, ainda que não bastante, para desencadear um atentado em França. 

 

 Em 7 de Janeiro de 2015, com Nodo Sul da Lua em 14º 14´/ 14º 2´ de Carneiro, Nodo Norte da Lua em 14º 14´/ 14º 2´ de Balança, dois homens armados e encapuzados, radicais islâmicos da Jihad, com uma metralhadora kalashnikov e um lança-rockets assaltam, em Paris, na rua Nicola Appert, nº 10, a sede do jornal satírico “Charlie Hebdomadaire”, de tonalidade anarquista  e  pacifista, que publicara, em 2011, caricaturas de Maomé, que tinham saído originalmente nas páginas de um jornal dinamarquês, e disparando, assassinam 12 pessoas, entre elas 10 jornalistas, um dos quais o director e cartoonista de Charlie Hebdo, Stéphane Charbonnier.

 

Em 8 de Janeiro de 2015, com Nodo Sul da Lua em 14º 14´/ 13º 53´ de Carneiro,  Nodo Norte da Lua em 14º 2´ / 13º 53´de Balança, um homem armado, de colete à prova de bala, sai de um automóvel em Montrouge, ao sul de Paris, abate uma mulher polícia com um tiro no pescoço e fere gravemente um funcionário camarário.

 

Em 14 de Julho de  2016, com Nodo Norte da Lua em 14º 12´/ 14º 7´ de Virgem, um ataque terrorista que aconteceu na cidade francesa de Nice quando, por volta das 22h40 no horário local (GMT +1), um camião com semirreboque guiado por Mohamed Bouhlel, um indivíduo de 31 anos de idade e dupla nacionalidade francesa e tunisiana,invade a celebração do Dia da Bastilha na avenida marginal de Nice, sul da França, a Promenade des Anglais onde enorme multidão passeia e mata por atropelamento 84 pessoas ferindo centenas de outras 18 das quais em estado muito grave até ser morto a tiro pela polícia;

 

Em 3 de Outubro de 2019, com  Saturno em 14º 5´/ 14º 7´ de Sagitário,  um funcionário do serviço de informática do Departamento dos Serviços Secretos da Polícia, de 45 anos de idade, surdo-mudo, convertido ao islamismo, mata uma mulher e três homens com uma faca ao início da tarde na sede da polícia em Paris, no centro histórico da cidade, na Île de la Cité, perto da catedral de Notre-Dame, onde estão integradas as principais Delegações e Direções da polícia, e é abatido a tiro. 

 

Algumas das próximas datas em que um planeta transitará em movimento lento pelo ponto 14º 2´/ 14º 8´ de qualquer signo são: 17 e 18 de Fevereiro de 2021 (Júpiter em 14º de Aquário); 14 e 15 de Março de 2021 (Nodo Norte da Lua em 15º de Gémeos).

 

Que dizem a isto os senhores jornalistas, sociólogos, astrónomos, professores universitários e liceais de história, filosofia, os colunistas da imprensa escrita e televisão como Miguel Sousa Tavares, Luís Marques Mendes,  José Miguel Júdice, Paulo Portas, José Pacheco Pereira, António Lobo Xavier, Miguel Reale, António Costa Pinto, José Eduardo Moniz, Daniel Amaral, Ricardo Araújo Pereira, José Manuel Fernandes, etc.? Nada. Ignoram. Silenciam. Não sabem. E não querem que o grande público saiba.

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS. É o melhor dicionário nesta área, existente no mercado, segundo muitas opiniões de docentes de filosofia.

 

       www.filosofar.blogs.sapo.pt

          f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:39
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 13 de Abril de 2015
Acidentes no Metropolitano de Lisboa e Graus do Zodíaco

 

Os acidentes no Metropolitano de Lisboa, como o do dia 29 de Julho de 2014, estão predestinados pela movimentação dos planetas na esfera celeste. O Zodíaco é o verdadeiro arquitecto de todos os factos humanos e biofísicos ocorridos na Terra. Esta concepção holística, que a esmagadora maioria dos académicos de hoje não possui, justifica-se com uma ampla investigação de astrologia empírica que até hoje ninguém levou a cabo excepto o autor deste blog. Eis algumas leis astronómicas de acidentes no Metropolitano de Lisboa.

 

ÁREA 21º-23º DO SIGNO DE TOURO:

QUEDA DE UM PASSAGEIRO NA LINHA FÉRREA

 

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 21º-24º do signo de Touro  (para astrónomos: graus 51º-54º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa, em particular a queda de passageiros na linha de uma estação.

 

Em 9 de Junho de 2000, com Saturno em 24º 7´/ 24º 15´ de Touro,  pelas 18.00 horas, produz-se a irrupção de um buraco no passeio sobre a estação subterrânea em construção do metropolitano no Terreiro do Paço, em Lisboa, que fica inundada de água e lama, sem haver vítimas; em 14 de Setembro de 2005, com Marte em 21º 7´/ 21º 22´ de Touro, às 16.00 horas, na estação de metropolitano do Campo Grande, em Lisboa, um passageiro cai na linha férrea, interrompendo durante 45 minutos, a circulação de comboios nas linhas Verde e Amarela;em 30 de Maio de 2011, com Mercúrio em 22º 33´/ 24º 27´ de Touro, as 13 horas, uma pessoa cai e morre na linha ferroviária, na estação do Campo Pequeno, interrompendo a circulação na linha amarela do Metropolitano de Lisboa entre Odivelas e o Rato, até às 16:45 horas.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 21º-24º do signo de Touro são: 8 a 13 de Abril de 2017 (Marte); 11 a 15 de Maio de 2017 (Sol); 1 a 4 de Junho (de 2017 Mercúrio); 26 a 30 de Junho de 2017 (Vénus).

 

ÁREA 12º-13º DO SIGNO DE CARANGUEJO:

TIROTEIO, QUEDA NA LINHA, INUNDAÇÃO OU DESCARRILAMENTO EM ESTAÇÃO DE METRO

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 12º-13º do signo de Caranguejo (para astrónomos: graus 102-103 de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa, em particular tiroteios, inundações, a queda de passageiros na linha de uma estação.

 

Em 9 de Junho de 2000, com Saturno em 24º 7´/ 24º 15´ de Touro, Mercúrio em 12º 28´/ 13º 26´ de Caranguejo, pelas 18.00 horas, produz-se a irrupção de um buraco no passeio sobre a  estação subterrânea em construção do metropolitano no Terreiro do Paço, em Lisboa, que fica inundada de água e lama, sem haver vítimas; em 22 de Março de 2001, com Nôdo Norte da Lua em 12º 14´/ 4´ de Caranguejo, dois homens armados assaltam a ourivesaria e relojoaria “ Multijóias” na Rua Eduardo Frazão, junto ao Mercado de Arroios, pelas 15h00, fogem pela Rua Carlos Martel, são encurralados pela PSP na estação de Metropolitano da Alameda onde participam num tiroteio e ferem numa perna, com um tiro de caçadeira, um estudante no 1º ano de Engenharia Civil no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa acabando os dois ladrões por ser presos, um deles depois de receber uma bala na bacia; em 27 de Maio de 2004, com  Marte em 12º 26´/ 13º 3´ de Caranguejo, pelas 15.30 horas, um homem injuria e agride um casal na estação de Metro do Marquês de Pombal pelo que é preso pela PSP; em 14 de Junho de 2012, com Mercúrio em 12º 10´/ 13º 52´ de Caranguejo, às 08h00 uma mulher com cerca de 50 anos escorrega na plataforma da estação dos Restauradores, sofrendo um traumatismo craniano, e o socorro à vítima obriga o Metropolitano a encerrar a circulação em toda a Linha Azul, durante uma hora;  em 5 de Julho de 2013, com Sol em 13º 8´/ 14º 6´ de Caranguejo,  às 10.21 horas, na estação dos Olivais, no sentido Aeroporto-São Sebastião da Pedreira, uma pessoa cai à linha no momento em que o metro chega à estação e acaba por morrer, o que faz esvaziar os comboios, evacuar a estação e encerrar circulação na Linha Vermelha do Metro de Lisboa de (Aeroporto - São Sebastião); em 29 de Julho de 2014, com Vénus em 12º 35´ / 13º 48´ de Caranguejo, às 12h38, o descarrilamento de uma composição do Metro de Lisboa que estava a fazer inversão de marcha na estação do aeroporto e não consegue parar a tempo e embate na parede, num dos extremos da Linha Vermelha, provoca ferimentos no maquinista de 42 anos, sendo depois encerrada a Linha Vermelha do Metro de Lisboa entre as estações de Moscavide e aeroporto, abrangendo a estação da Encarnação.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 12º-13º do signo de Caranguejo são: 22 a 25 de Junho de 2017 (Marte); 26 e 27 de Junho de 2017 (Mercúrio); 10 a 12 de Agosto de 2017 (Vénus).

 

ÁREA 20º-22º DO SIGNO DE VIRGEM:

QUEDA DE PASSAGEIROS À LINHA

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 20º-22º do signo de Virgem (para astrónomos: graus 170-172 de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa, em particular a queda de passageiros na linha de uma estação.

 

Em 11 de Dezembro de 1996, com Marte em 21º 3´/ 21º 29´ de Virgem, às 9.15 horas, um aluimento nas obras da estação do Metro de Olivais Sul, na Rua Cidade de Bissau em Lisboa, soterra sob uma parede de betão, 6 operários que permanecem salvos por uma bolsa de ar existente em outro túnel a 30 metros de profundidade e são resgatados após horas de perfuração, às 19.30 horas, um deles ferido; em 14 de Setembro de 2005, com Sol em 21º 16´/ 22º 15´ de Virgem,  às 16.00 horas, na estação de metropolitano do Campo Grande, em Lisboa, um passageiro cai na linha férrea, interrompendo durante 45 minutos, a circulação de comboio nas linhas Verde e Amarela; em 9 de Dezembro de 2008, com Saturno em 21º 17´/ 21º 20´ de Virgem, uma passageira cai à linha do Metro na zona do Marquês do Pombal no momento em que a composição circula e fica gravemente ferida com o braço esquerdo preso na roda do comboio, sendo a circulação na linha amarela do Metro de Lisboa cortada por uma hora; em 29 de Setembro de 2010, com Mercúrio em 21º 55´/ 23º 37´ de Virgem,  a  Linha Azul do Metropolitano de Lisboa é encerrada nos dois sentidos, com as cancelas bloqueadas por algumas horas, devido à queda mortal à linha de um passageiro na estação do Jardim Zoológico, às 15h42 ficando, na linha Vermelha, o metropolitano apenas a circular entre as estações do Oriente e da Alameda.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 20º-22º do signo de Virgem são: de 20 a 22 de Agosto de 2015 (Mercúrio); de 27 de Outubro a 1 de Novembro de 2015 (Marte); de 30 de Outubro a 2 de Novembro de 2015 (Vénus).

 

 

ÁREA 0º-2º DE ESCORPIÃO:

DESCARRILAMENTO, PASSAGEIRO COLHIDO NO METROPOLITANO DE LISBOA 

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 0-2º do signo de Escorpião (para astrónomos: graus 210º-212º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 30 de Janeiro de 1999, com Marte em 1º 24´/ 1º 47´ de Escorpião, um automóvel despista-se ao descer a Avenida da Liberdade em Lisboa, galga a via de peões e acaba por embater nas paredes da entrada da estação de metropolitano dos Restauradores, provocando uma derrocada de pedras para a escadaria de acesso e três feridos, um jovem, com um rasgão no músculo da perna, e duas mulheres, uma com fractura de ombro e outra com um pé esmagado; em 24 de Outubro de 1995, com Sol em 0º 6´/ 1º 5´ de Escorpião, pelas16.30 horas, desmorona-se uma das paredes do túnel nas obras de ampliação da estação de metro do Chiado, matando um trabalhador de 35 anos; em 12 de Novembro de 2004, com Marte em 0º 31´/ 1º 11´ de Escorpião, Nodo Sul da Lua em 2º 9´ / 2º 8´ de Escorpião, uma falha de energia na estação do Rato determina a interrupção da circulação de comboios do Metro de Lisboa entre as estações do Rato e Marquês de Pombal, na linha Amarela; em 14 de Setembro de 2005, com  Vénus em 2º 41´ / 3º 51´ de Escorpião, às 16.00 horas, na estação de metropolitano do Campo Grande, em Lisboa, um passageiro cai na linha férrea, interrompendo durante 45 minutos, a circulação de comboios nas linhas Verde e Amarela; em 12 de Fevereiro de 2014, com Nodo Norte da Lua em 1º 7´/ 0º 55´ de Escorpião, no acesso à Estação do Campo Grande uma composição sem passageiros sai do parque de máquinas e oficinas não consegue obedecer a dois sinais vermelhos, no troço à superfície, devido à chuva, descarrila e apenas se imobilizou à entrada da estação; em 29 de Julho de 2014, com Marte em 1º 32´/ 2º 4´ de Escorpião, às 12h38, o descarrilamento de uma composição do Metro de Lisboa que estava a fazer inversão de marcha na estação do aeroporto e não consegue parar a tempo e embate na parede, num dos extremos da Linha Vermelha, provoca ferimentos no maquinista de 42 anos, que é cuspido, sendo depois encerrada a Linha Vermelha do Metro de Lisboa entre as estações de Moscavide e aeroporto, abrangendo a estação da Encarnação.

 

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 0º-2º  de Escorpião são: 23 a 26 de Outubro de 2015 (Sol); 2 a 4 de Novembro de 2015 (Mercúrio); 5 a 7 de Dezembro de 2015 (Vénus); de 3 a 9 de Janeiro de 2016 (Marte).

 

ÁREA 12º-13º DO SIGNO DE AQUÁRIO:

EXPLOSÕES E QUEDAS DE OPERÁRIOS EM OBRAS DO METROPOLITANO, PERSEGUIÇÕES EM ESTAÇÕES

 

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 12º-13º do signo de Aquário  (para astrónomos: graus 312º-313º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente ou incidente no Metropolitano de Lisboa, envolvendo ou não comboios, como incêndio ou perseguição policial ou queda de estrutura dentro de estação do Metro.

 

Em 2 de Outubro de 1997, com Júpiter em 12º 9´/ 12º 8´ de Aquário, após a 1 hora da madrugada, a PSP captura na Estação de Metro da Rotunda um cabo-verdiano que na Rua dos Anjos assassinara a tiro de pistola, pouco antes, um angolano e ferira um amigo deste; em 19 de Outubro de 1997, com Júpiter em 12º 17´/ 19´ de Aquário, pela 1.00 hora da madrugada, principia um grande incêndio no qual explodem várias garrafas de acetileno e arde um depósito de tintas, no túnel do metropolitano que liga a estação da Alameda à do Areeiro, em Lisboa, ardendo as estações nova e velha, morrendo Sidi Bamba, vigilante da obra de construção, residente no Bairro das Marianas e Ernesto Rosa Pereira, chefe da estação de Metro do Areeiro e, devido às inundações causadas pelas chuvas na véspera, é interrompida a circulação de comboios no Metro entre as estações de Avenida e Campo Grande; em 19 de Março de 1998, com Vénus em 12º 1´/ 12º 57´ de Aquário, cinco operários ficam feridos na sequência da queda de um andaime metálico num túnel com cerca de 30 metros nas obras do Metro da Estação dos Olivais;em 30 de Janeiro de 1999, com Úrano em 12º 35´/ 12º 38´ de Aquário, um automóvel despista-se ao descer a Avenida da Liberdade em Lisboa, galga a via de peões e acaba por embater nas paredes da entrada da estação de metropolitano dos Restauradores, provocando uma derrocada de pedras para a escadaria de acesso e três feridos, um jovem, com um rasgão no músculo da perna, e duas mulheres, uma com fractura de ombro e outra com um pé esmagado; em 16 de Julho de 1999, com  Nodo Sul da Lua em 13º 0´/ 13º 1´ de Aquário, ao ver uma equipa de fiscais, um homem, que não tinha bilhete, salta para a linha do Metro na estação do Parque da Linha Azul(Pontinha- Baixa Chiado) pondo-se a correr pelo túnel no sentido Norte-Sul e escapa à morte, inevitável se tocasse os cabos de alta tensão, porque os fiscais cortam a energia no túnel, havendo interrupção da circulação na Linha Azul entre as 16h15 e as 16h45.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 12º-13º do signo de Aquário são: 1-3 de Fevereiro de 2016 (Sol); 22-24 de Fevereiro de 2016 (Mercúrio); 26-28 de Fevereiro de 2016 (Vénus).

 

ÁREA 0º-1º DO SIGNO DE PEIXES:

CORTE DE ENERGIA ELÉCTRICA, ACIDENTE NO METRO

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 0º-1º do signo de Peixes  (para astrónomos: graus 330º-331º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente ou incidente no Metropolitano de Lisboa, envolvendo ou não comboios, como incêndio ou perseguição policial ou queda de estrutura dentro de estação do Metro.

 

Em 7 de Agosto de 1998, com Nodo Sul da Lua em 1º 29´/ 1º 28´ de Peixes, um corte de energia afecta uma vasta área de Lisboa de tal modo que três das quatro linhas do metropolitano de Lisboa permanecem paradas entre as 14,22 horas e as 16,26 horas, sendo a Linha Vermelha entre as estações Alameda II e Oriente a única a funcionar; em 30 de Maio de 2011, com Neptuno em 0º 56´ de Peixes, as 13 horas, uma pessoa cai e morre na linha, ferroviária, na estação do Campo Pequeno, interrompendo a circulação na linha amarela do Metropolitano de Lisboa entre Odivelas e o Rato, até às 16:45 horas; em 12 de Fevereiro de 2014, com Mercúrio em 1º 3´/ 0º 9´ de Peixes, no acesso à Estação do Campo Grande uma composição sem passageiros sai do parque de máquinas e oficinas não consegue obedecer a dois sinais vermelhos, no troço à superfície, devido à chuva, descarrila e apenas se imobiliza à entrada da estação.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 0º-1º do signo de Peixes são: 19-21 de Fevereiro de 2016 (Sol); 5-6 de Março de 2016 (Mercúrio); 12-14 de Março de 2016 (Vénus).

 

ÁREA 27º-29º DE PEIXES:

INCÊNDIOS E QUEDAS DE OPERÁRIOS EM OBRAS DO METROPOLITANO,

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 27º-29º do signo de Peixes  (para astrónomos: graus 358º-359º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente ou incidente no Metropolitano de Lisboa, envolvendo ou não comboios, como incêndio ou corte de energia eléctrica ou queda de estrutura dentro de estação do Metro.

 

Em 27 de Março de 1989, com Mercúrio em 27º 51´/ 29º 44´ de Peixes, deflagra um incêndio numa carruagem parada na estação de metropolitano dos Anjos, em Lisboa, sem causar feridos; em 19 de Março de 1998, com Sol em 28º 10´/ 29º 10´ de Peixes,  cinco operários ficam feridos na sequência da queda de um andaime metálico num túnel com cerca de 30 metros nas obras do Metro da Estação dos Olivais.em 7 de Agosto de 1998, com Júpiter em 27º 25´/ 27º 21´ de Peixes, um corte de energia afecta uma vasta área de Lisboa de tal modo que três das quatro linhas do metropolitano de Lisboa permanecem paradas entre as 14,22 horas e as 16,26 horas, sendo a Linha Vermelha entre as estações Alameda II e Oriente a única a funcionar; em 29 de Setembro de 2010, com Júpiter em 27º 23´/ 27º 16´ de Peixes, a  Linha Azul do Metropolitano de Lisboa é encerrada nos dois sentidos, com as cancelas bloqueadas por algumas horas, devido à queda mortal à linha de um passageiro na estação do Jardim Zoológico, às 15h42 ficando, na linha Vermelha, o metro apenas a circular entre as estações do Oriente e da Alameda.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 27º-29 º do signo de Peixes são: em 17-20 de Março de 2015 (Sol); em 3-5 de Abril de 2016 (Vénus).

 

 

Ninguém pode refutar estes factos histórico-astronómicos. Isto é ciência, construída a partir de factos empíricos, cilindrando o cepticismo epistemológico de Karl Popper e dos «positivistas lógicos» anti-astrologia. É vergonhoso o silêncio a que a canalha doutorada ou licenciada «intelectual», de direita, centro ou esquerda, que domina os partidos políticos, as universidades, as associações de astrónomos, astrólogos e de professores de filosofia ou história e sociologia, os grandes media de Portugal, vota os nossos escritos científicos nesta área.

 

Escondem a verdade. Todos: José Pacheco Pereira (note-se o papel pseudo independente deste "intelectual" vendido a Pinto Balsemão e à fama fácil), Boaventura Sousa Santos, Miguel Sousa Tavares, José Gil, Eduardo Lourenço, Marcelo Rebelo de Sousa, António Barreto, João Branquinho, Pinto Balsemão, Manuel Vilaverde Cabral, Carlos Fiolhais, António Costa Pinto, Carvalho Rodrigues, Viriato Soromenho Marques, etc, etc. Pobres diabos! Diz o evangelho que Satanás é o pai da mentira. Por aí se vê quem, em termos de entidades invisíveis, domina as esferas da cultura em Portugal.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:45
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 17 de Julho de 2014
Acidentes no concelho de Sines na Astrologia Histórica

 

Tudo o que sucede no concelho de Sines, litoral sul de Portugal, está predestinado, é determinado pela passagem de planetas, Sol ou outro vector astral neste ou naquele grau do Zodíaco. O Zodíaco é o verdadeiro arquitecto de todos os factos humanos e biofísicos ocorridos na Terra. Esta concepção holística, que a esmagadora maioria dos académicos de hoje não possui, justifica-se com uma ampla investigação de astrologia empírica que até hoje ninguém levou a cabo excepto o autor deste blog. Eis algumas leis de acidentes e incidentes notáveis em Sines.

 

17º DE ESCORPIÃO:

ATROPELAMENTO, MORTE NO PORTO DE SINES

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 17º do signo de Escorpião (para astrónomos: grau  227 de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente mortal ou um desastre relevante no concelho de Sines

 

Em 6 de Dezembro de 2012, com Vénus em 17º 17´/ 18º 32´ de Escorpião, um homem de 33 anos, instrutor numa escola de surf é atropelado e golpeado com uma catana por um fabricante de pranchas de surf no parque de estacionamento da praia de São Teotónio em Sines; em 4 de Abril de 2013, com Nodo Norte da Lua em 17º 19´/ 17º 17´ de Escorpião,  um supervisor de operações natural de Aljustrel, que trabalhava para a empresa Labor Sines morre quando no no porto de Sines, a orientar o trabalho do manobrador de grua, cai para o porão de uma altura de 20 a 30 metros.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 17º de Escorpião são: de 10 a 31 de Agosto de 2014 (Mercúrio); em 6 e 7 de Dezembro de 2014 (Vénus); em 9 e 10 de Novembro de 2014 (Sol); em 19 e 20 de Novembro de 2014 (Mercúrio).

 

ÁREA 16º-18º DO SIGNO DE PEIXES:

EXPLOSÃO NO PORTO DE SINES, COLISÃO AUTOMÓVEL

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 16º -18º do signo de Peixes (para astrónomos: graus 346º-348º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente mortal ou um desastre relevante no concelho de Sines.

 

Em 27 de Junho de 1988, com Nodo Norte da Lua em 16º 59´/ 16º 49´ de Peixes, pelas 15 horas, explode um depósito decombustível do porto de Sines, que continha crude e água salgada, desencadeando um incêndio, morrendo um trabalhador e resultando feridos outros 3; em 18 de Janeiro de 2001, com Vénus em 15º 3´/ 16º 3´ de Peixes, um cadáver de um recém-nascido é encontrado num contentor de lixo no Bairro do Farol, em Sines, onde fora depositado por vontade da mãe, de 19 anos; em 29 de Março de 2001, com Mercúrio em 14º 50´/ 16º 22´ de Peixes, uma colisão entre 3 veículos ligeiros na EN 120/ 1 em S. Torpes, Sines, mata um homem de 47 anos e o filho, de 17, residentes em Porto Covo, e fere outras três pessoas; em 4 de Abril de 2013, com Mercúrio em 16º 50´/ 17º 58´ de Peixes,   um supervisor de operações natural de Aljustrel, que trabalhava para acargueiro de grandes no porto de Sines, a orientar o trabalho do manobrador de grua, cai para o porão de uma altura de 20 a 30 metros e morre.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 16º-18º de Peixes são: de 17 de Julho  a 26 de Agosto de 2014 e de 15 de Fevereiro a 5 de Abril de 2015 (Quiron); de 9 a 11 de Fevereiro de 2015 (Vénus); de 6 a 9 de Março de 2015 (Sol); em 23 e 24 de Março de 2015 (Mercúrio).

 

PONTO 4º 38´/ 4º 49´ DE QUALQUER SIGNO ZODIACAL:

ACIDENTE OU INCIDENTE GRAVE EM SINES

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 4º 38´/ 4º 49´ de qualquer signo zodiacal  é condição necessária mas insuficiente para causar acidente mortal, incidente grave ou cerimónia pública de certo relevo no concelho de Sines.

 

 

Em 27 de Março de 2012, com Úrano em 4º 38´ / 4º 42´ de Carneiro, o 1º ministro Passos Coelho visita o porto de Sines; em 6 de Dezembro de 2012, com Úrano em 4º 38´ de Carneiro,  um homem de 33 anos, instrutor numa escola de surf é atropelado e golpeado com uma catana por um fabricante de pranchas de surf no parque de estacionamento da praia de São Teotónio, em Sines; em 10 de Julho de 2013, com Saturno em 4º 49´ de Escorpião, a Galp inaugura esta quarta-feira, 10, a Enerfuel, primeira fábrica em Portugal que produz biodiesel deprimas classificadas como resíduos ou detritos;em 5 de Janeiro de 2014, com Nodo Norte da Lua em 4º 54´ / 4º 48´ de Escorpião, uma mulher de 57 anos morre após ser colhida por uma onda de mar quando apanhava lapas em rochas, na costa norte de Sines.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua no ponto 4º 38´/ 4º 49´ de qualquer signo são: 3 e 4 de Agosto de 2014 (Marte); 20 e 21 de Setembro de 2014 (Marte); 1 de Novembro de 2014 (Marte); de 6 a 26 de Novembro de 2014 (Neptuno); em 10 e 11 de Dezembro de 2014 (Marte).

 

 

 

PONTO 12º 20´/ 12º 31´ DE QUALQUER SIGNO DO ZODÍACO:

AFOGAMENTO NO MAR DE SINES, QUEDA MORTAL

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 12º 20´/ 12º 31´ de qualquer signo do Zodíaco é condição necessária mas insuficiente para causar afogamento no mar de Sines, queda mortal no porto de Sines e outros incidentes.

 

Em 26 e 27 de Abril de 2001, com Júpiter em 12º 27´/ 12º 51´ de Gémeos, decorre uma greve dos trabalhadores da Refinaria de Sines da Petrogal; em 4 de Abril de 2013, com Júpiter em 12º 21´ / 12º 31´ de Gémeos, um supervisor de operações natural de Aljustrel, que trabalhava para a empresa Labor Sines morre quando no convés de um “cargueiro de grandes dimensões”, no porto de Sines, a orientar o trabalho do manobrador de grua, cai para o porão de uma altura de 20 a 30 metros e morre;  em 8 de Agosto de 2013, com Úrano em 12º 20´/ 12º 19´ de Carneiro, um incêndio florestal deflagra de manhã na Quinta do Pego, perto de Casoto, concelho de Sines. activo com duas frentes, uma em eucaliptal e outra em pinhal; em 10 de Julho de 2013, com Úrano em 12º 30´ de Carneiro, Saturno em 4º 49´ de Escorpião, a Galp inaugura esta quarta-feira, 10, a Enerfuel, primeira fábrica em Portugal que produz biodiesel de matérias-primas classificadas como resíduos ou detritos;em 12 de Abril de 2014, com Júpiter em 12º 30´/ 12º 37´de Caranguejo,  cerca das 16 horas e 45 minutos, um homem, com cerca de 40 anos, morre ao cair ao mar o parapente em que voava, ao largo da costa norte de Sines.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua no ponto 12º 20´/ 12º 31´ de qualquer signo são: em 4 e 5 de Agosto de 2014 (Nodo da Lua); em 17 de Agosto de 2014 (Marte); em 11 e 12 de Setembro de 2014 (Júpiter); de 7 a 13 de Dezembro de 2014 (Plutão); de 23 a 30 de Janeiro de 2015 (Nodo Norte da Lua).

 

Nada disto é estudado nas universidades de Portugal, Brasil, Espanha e do mundo inteiro. Porquê ? Se estas regularidades astronómico-sociais existem, não é obrigação da Gradiva, da Pergaminho, da Porto Editora, da Asa e de todas as editoras portuguesas divulgarem estes dados comprovados?  E o Expresso, o Sol, a Visão, os programas televisivos não deveriam dar visibilidade a esta astrologia empírica infinitamente mais séria do que a semi astrologia dos Paulo Cardoso, Flávia Monsaraz, Luís Resina, Vera Xavier, Luís Ribeiro, Cristina Candeias, etc? E porque o não fazem?

 

É vergonhoso o silêncio a que a canalha doutorada ou licenciada «intelectual», de direita, centro ou esquerda, que domina os partidos políticos, as universidades, os grandes media de Portugal, vota os nossos escritos científicos nesta área. Escondem a verdade. Todos: José Pacheco Pereira (note-se o papel pseudo independente deste "intelectual" vendido a Pinto Balsemão e à fama fácil), Boaventura Sousa Santos, Miguel Sousa Tavares, José Gil, Eduardo Lourenço, Marcelo Rebelo de Sousa, António Barreto, João Branquinho, Pinto Balsemão, Manuel Vilaverde Cabral, Viriato Soromenho Marques, etc, etc. Pobres diabos!  Diz o evangelho que Satanás é o pai da mentira. Por aí se vê quem, em termos de entidades invisíveis, domina as esferas da cultura em Portugal.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:54
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 2 de Julho de 2013
O grau 12º de Carneiro e o grau 1 de Caranguejo determinaram as demissões de Vítor Gaspar e Paulo Portas em 1 e 2 de Julho de 2013?

 

 

 

As demissões de Vítor Gaspar e Paulo Portas estavam predestinadas? Tudo indica que sim. Por que razão não fomos capazes de as prever para as datas de 1 e 2 de Julho de 2013? Porque a demissão de um ministro, como qualquer outro facto relevante, como por exemplo, o desmoronamento de um prédio de apartamentos ou um acidente de avião mortal, acontece no dia X do ano Y em resultado de vários ciclos planetários simultâneos e só conhecemos um ou dois ciclos para esse dia X.

 

 

Em 4  de Abril de 2013, com Júpiter em 12º 21´/ 12º 31´ de Gémeos, Miguel Relvas demite-se do cargo de ministro adjunto dos Assuntos Parlamentares do governo PSD-CDS, na sequência de uma queixa contra a sua licenciatura ultra-rápida, falsificada; em 1 de Julho de 2013, com Úrano em 12º 24´/ 12º 25´ de Carneiro, Vítor Gaspar demite-se do cargo de ministro das Finanças do governo PSD-CDS, na sequência do falhanço das suas previsõs económicas e da greve de professores às avaliações dos alunos que impôs cedências orçamentais ao governo; em 2 de Julho de 2013, com Úrano em 12º 25´/ 12º 26´ de Carneiro, Paulo Portas demite-se de ministro dos Negócios Estrangeiros e quase faz cair a coligação governamental PSD-CDS.

 

Seremos capazes de prever futuras demissões de ministros? Infalivelmente, não.  Mas podemos indicar datas em que um planeta em movimento lento ocupa o ponto 12º 25´ de qualquer signo, aumentando a probabilidade de demissão de um ministro: de 1 a 3 de Agosto de 2013, Úrano em 12º 25´ de Carneiro; em 23 de Agosto de 2013, Júpiter em 12º 23´/ 12º 34´  de Caranguejo; em 22 de Outubro de 2013, Saturno em 12º 23´/ 12º 30´ de Escorpião; em  30 de Janeiro de 2014, Júpiter em 12º 26´/ 12º 20´ de Caranguejo; em 4 e 5 de Fevereiro de 2014, Plutão em 12º 25´ de Capricórnio; em 1 de Abril de 2014, Úrano em 12º 23´/ 12º 27´ de Carneiro...

 

 

GRAU 12º DE CARNEIRO: AS DEMISSÕES DE SÓCRATES, EM MARÇO DE 2011, E DE GASPAR E PORTAS, EM JULHO DE 2013

 

A passagem de um planeta lento no grau 12 do signo de Carneiro - arco do céu de 0º a 30º de longitude eclíptica - é uma das causas da queda de Sócrates em 2011 e das demissões de Gaspar e Portas em 2013.

 

 

Em 23 de Março de 2011, com Júpiter em 12º 55' / 13º 10´ de Carneiro, o primeiro ministro José Sócrates, do PS, apresenta o seu pedido de demissão do cargo ao presidente Cavaco Silva; em 1 e 2 de Julho de 2013, com Úrano em 12º 24´/ 12º 26´ de Carneiro, os ministros Vítor Gaspar e Paulo Portas demitem-se do governo PSD-CDS de Passos Coelho.

 

Que os que atacam a astrologia histórica - as néscias mentes «analíticas» e «anti-místicas» que pontificam nas universidades e nos mass media - neguem estes dados e a relação de concausalidade que estabelecemos!

 

outros tipo de raciocínio indutivo, aparentemente não astrológico, fundado em sincronismos, que pode ser submetido à prova da experiência: em 4 de Abril de 2013, três dias depois do início do prazo de pagamento da primeira prestação do Imposto Municipal sobre Imóveis, Miguel Relvas demite-se de ministro; em 1 de Julho de 2013, no primeiro dia do prazo de pagamento da segunda  prestação do Imposto Municipal sobre Imóveis, Vítor Gaspar demite-se... 

 

A ÁREA 0º-4º DE CARANGUEJO PESOU NA DEMISSÕES DE VÍTOR GASPAR E PAULO PORTAS

 

Note-se que a passagem de um planeta na área 0º-4º do signo de Caranguejo veiculou alguma influência nas demissões de Vítor Gaspar e Paulo Portas:

 

Em 14 e 15 de Maio de 1915, com Saturno em 0º 14´/ 0º 28´ de Caranguejo, uma insurreição armada, em Lisboa e Porto, promovida pela Carbonária de António Maria da Silva e o Partido Democrático de Afonso Costa e Sá Cardoso derruba o governo conservador do general Pimenta de Castro e restaura a República como "regime da massa popular a mandar na rua ", havendo mais de 100 mortes.

 

Em 25 de Abril de 1974, com Saturno em 0º 32´/ 0º 37´ de Caranguejo, o movimento dos capitães derruba, mediante um golpe militar, a ditadura colonial-fascista de Marcelo Caetano e Américo Tomás, em Portugal.

 

Em 8 de Dezembro de 1977, com Júpiter em 3º 4´/ 2º 56´ de Caranguejo, a moção de confiança ao 1º governo constitucional, do PS, chefiado por MárioSoares, é rejeitada por maioria de votos (PSD, PCP, CDS, UDP, ex PS) no parlamento e o governo cai.

 

Em 20 de Dezembro de 1982, com Nodo Norte da Lua em 4º 15´ de Caranguejo, Pinto Balsemão demite-se do cargo de primeiro-ministro e faz cair o governo da Aliança Democrática (PSD, CDS, PPM).

 

Em 1 e 2 de Julho de 2013, com Júpiter em 1º 7´/ 1º 35´ de Caranguejo, desmorona-se o governo PSD-CDS de Passos Coelho, com a demissão de Vítor Gaspar  de ministro das Finanças, no dia 1, e a demissão de Paulo Portas de ministro  dos Negócios Estrangeiros, no dia 2. 

 

Júpiter entrou no signo de Caranguejo - arco do céu de 90º a 120º de longitude eclíptica - no dia 26 de Junho de 2013 e a situação política mudou bruscamente em Portugal. Por que razão os media «credíveis» («Expresso», «Sol», «Visão», «Jornal de Letras», RTP, TVI, SIC, etc) não difundem nunca este tipo de análise histórico-astronómica (astrologia histórico-social) ? Porque a formação universitária de jornalistas, analistas e cronistas, e dos respectivos patrões, carece de um pensamento holístico e científico: nem pensam em grande, sinteticamente, nem pensam no detalhe, analiticamente, falta-lhes precisão e raciocínio concreto. Porque há um tabu: não te atreverás a decifrar o destino nos astros.

 

Os ataques da universidade e dos media à astrologia histórico-social são absolutamente anti científicos, derivam da pura ignorância e do medo de «perder» o livre-arbítrio e a «dignidade humana». Revelam a estupidez e o espírito fascista e inquisitorial dos catedráticos de história, filosofia, sociologia, antropologia, física, astrofísica, biologia. A universidade é uma igreja laica, os catedráticos são os seus bispos que perseguem as heresias e os herejes. O dinheiro e o prestígio pessoal alimentam o «clero» universitário, que não busca a verdade mas, acima de tudo, a preservação dos privilégios.

 

José Pacheco Pereira, António Barreto, José António Saraiva, Marcelo Rebelo de Sousa, Guilherme Valente, Carlos Fiolhais, Fátima Campos Ferreira, Clara Ferreira Alves, Francisco Pinto Balsemão, Miguel Sousa Tavares, José Mattoso, João Medina, Boaventura Sousa Santos, José Gil, João Branquinho, Vasco Pulido Valente, Manuel Vilaverde Cabral, Maria Filomena Mónica, Ricardo Santos, Olivier Feron, Desidério Murcho e muitos outros são, além de ignorantes ou inimigos declarados da astrologia histórica, cúmplices do grande silêncio fascista que é imposto a toda sociedade sobre a investigação da história social e política por parâmetros astronómicos.

 

Nota de 8 de Agosto de 2013: Em 7 de Agosto de 2013, com Úrano em 12º 22´/ 12º 20´ de Carneiro, Joaquim Pais Jorge demitiu-se de secretário de Estado do Tesouro. No  texto acima, havíamos apontado o período 1-3 de Agosto de 2013, com Úrano em 12º 25´de Carneiro,  como um dos que gerariam, potencialmente, demissões no governo PSD-CDS. Um desvio de 4 dias...

 

PS- Se é professor ou estudante de filosofia, história, astrologia ou demais ciências, porque não começa a compreender os movimentos planetários e a astrologia histórico-social e libertar-se da crucial ignorância a que o votaram nessa matéria? Adquira na nossa loja online www.astrologyandaccidents.com as nossas obras «Álvaro Cunhal e Antifascismo na Astrologia Histórica», recentemente lançada, «Os acidentes em Lisboa na Astronomia-Astrologia» e outras que lhe fornecem conhecimentos que em nenhum outro lado pode encontrar. É tempo de ser culto e profundo! Pense por si, sem receio dos clichés dominantes.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 08:56
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Breves reflexões de Julho...

Áreas do Zodíaco regidas ...

Breves reflexões de Setem...

Ponto 14º 2´/ 14º 8´ de q...

Acidentes no Metropolitan...

Acidentes no concelho de ...

O grau 12º de Carneiro e...

arquivos

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds