Segunda-feira, 10 de Junho de 2019
Reflexões circunstanciais de Junho de 2019

 

 

PEDRO ABRUNHOSA EM SERPA OU A DESTRUIÇÃO PROGRESSIVA DA NOSSA CAPACIDADE AUDITIVA. 9 de Junho de 2019. Assisto ao concerto de Pedro Abrunhosa na Praça da República de Serpa. O som é altíssimo e, que se veja, só eu ostento fones anti ruído a tapar os ouvidos. Mesmo assim sou obrigado a afastar-me do palco. Que fazem a câmara municipal e as autoridades de saúde para proteger a população da agressão acústica a milhares de pessoas presentes? Nada. Nem PCP, nem PS, nem BE, nem PAN, nem PSD nem CDS agem para impedir este problema de saúde pública. Ainda exibo a senyera, a bandeira da Esquerda Republicana Catalã, independentista, mas estes bons alentejanos parecem insensíveis tanto à causa da nação catalã como ao direito de não sofrerem auditivamente com os sons altíssimos dos baixos. Abrunhosa é um agente dos iluminatti, a alta maçonaria internacional que manda os artistas estupidificar as multidões pelo ruído e a dança robotizada. Ele critica Trump e apoia Hillary Clinton, a reptiliana de «esquerda» nos EUA. E Pedro dá ordens à multidão: «Quero ver o dedo indicador levantado....quero LUZ!»(o que subliminarmente significa: «Quero LÚCIFER, o portador da luz»). E centenas de telemóveis acendem-se, brandidos pelas mãos ondulantes dos espectadores. É um esboço de  ritual satanista subliminar, com luzes vermelhas no palco. Vai-te, Abrunhosa! És um agente dos malvados que controlam o planeta. Um agente do Diabo e do clube de Bilderberg que passam a mensagem «humanista» de abrir a Europa à imigação islâmica.

 

JEJUAR AUMENTA A POTÊNCIA SEXUAL MASCULINA. Sempre que jejuo 24 horas constato isso. O excesso de comida em que muita gente cai reduz a produção de tetosterona no homem e na mulher. Ao jejuar, podemos oferecer a Deus e a Nossa Senhora esse jejum pelas almas que sofrem em um outro universo de fogo (o Purgatório) e pelos vivos caídos nos vícios da mentira, do adultério, do não pagamento das suas dívidas, da exploração dos trabalhadores, da pornografia, da violência física e psíquica, etc. Jejuar desagrada ao Diabo construtor da Matrix e faz desaparecer a sensação de fome que surge umas quatro horas depois da última refeição.

 

O BEIJINHO NA CARA CORRUPTOR VERSUS APERTO DE MÃO. Em Portugal, generalizou-se desde há duas décadas a cultura do beijinho na cara: somos apresentados a uma mulher que não conhecíamos, casada ou não, e damos reciprocamente dois beijos nas faces. Os políticos fazem isso com frequência, o presidente Marcelo Rebelo de Sousa é o campeão desses beijinhos que corrompem as relações humanas porque implicam um excesso de familiaridade e quase sempre um falso afecto. A freira Lúcia de Fátima em entrevista no ano 2000 já se queixava dessa moda dos beijinhos na cara que a incomodava. Na Alemanha, sucede o inverso: as pessoas cumprimentam-se de aperto de mão e conservam a liberdade de não serem devassadas por ósculos no rosto dados por estranhos. Quer-me parecer que há mais adultérios e infidelidades de namoro onde impera a moda do beijinho na cara. Haja decência, liberdade de cada um não receber beijos de Judas ou de mera conveniência.

 

HOMEM TRAÍDO. 6 de Junho de 2019. Passo numa rua do centro de Beja e vejo um homem de uns 35 anos, com ar de operário, a gritar desesperado ao telemóvel: «Andaste com ele aos beijinhos, eu parto-te toda, a ti e a esse palhaço, vou pôr as tuas coisas na rua, nunca mais te quero ver». Pela conversa, é um homem ferido pela traição amorosa - ferido no seu ego. O problema é termos ego, motor da nossa sobrevivência vital e sentimental neste planeta, por isso o budismo propõe extinguir o ego, não se apaixonar, não odiar, não cobiçar, desprender-se de tudo. E afinal o que é o amor senão uma atração de circunstância ou um acto solidário circunstancial com outra pessoa? Tudo se dissolve, é o homem e a sua circunstância como dizia Ortega y Gasset.

 

O CONSELHO MÍSTICO DE FECHAR OS OLHOS E TAPAR OS OUVIDOS QUANDO SE REFERE À BELEZA DAS MULHERES TENTADORAS E À BELEZA SATÂNICA DA NATUREZA é, em certos momentos pelo menos, aceitável. Como é possível este mundo de indiscutível mas perecível beleza ser obra de um só Deus, o Deus do Bem? Não é. E Lúcifer como se explica no seu duplo carácter de anjo belo rebelde e horrendo bode Bafomet?

 

PORQUE SE DEIXA DE GOSTAR DE UMA PESSOA? Porque, ontologicamente, só existe o amor próprio. O amor correspondido é apenas a conjunção feliz de dois egoísmos, de dois amores próprios.

 

SE NÃO REZARMOS A FAVOR DAS ALMAS DO PURGATÓRIO PERDEREMOS A BATALHA CONTRA SATANÁS. A maior parte das pessoas que morreram este ano, ou há 20, 50, 200 anos ou mais está, em espírito, a arder nas chamas do purgatório, um nível do universo abaixo do Paraíso. Os cristãos evangélicos, os muçulmanos, os budistas, etc, não consideram essa região onde se pagam as penas temporais e portanto são ineficazes, só os católicos genuínos e os cátaros oram por essas almas que os cátaros dizem estar presas no Tártaro.

 

Em 21 de Julho de 1982, com Júpiter em 1º 14´/ 1º 18´ do signo de Escorpião, a Virgem Maria diz aos videntes de Medjugorge que «No purgatório há muitas almas, há mesmo pessoas consagradas a Deus, padres e religiosas, rezai em sua intenção pelo menos sete Pai Nosso, Avé Maria, Glória e o Credo, eu recomendo-vos, há muitas almas que estão no purgatório há muito tempo, porque ninguém reza por elas».

 

Conselhos do padre Pio de Pietrelcina, santo estigmatizado:

 

1.«A mentira é filha do diabo. A humildade é verdade; verdade é humildade.»
2.«Rezai, mesmo contra vontade. Quem reza muito salva-se, quem reza pouco está em perigo, quem não reza condena-se. A vontade conta e é recompensada, mas o sentimento não.»
3. «Que a Virgem Maria seja o vosso refúgio e o vosso conforto nas horas tristes da vida.»

4. «Amo o sofrimento. Não pelo sofrimento em si. Peço a Deus para poder sofrer e desejo-o pelos frutos que daí advêm e pela glória que dá a Deus. Pelo sofrimento, os meus irmãos são salvos e os sofrimentos das almas do purgatório encurtados. Que mais posso desejar?»

 

REZEMOS O ROSÁRIO PELA SALVAÇÃO DAS MULHERES QUE USAM CALÇAS COMPRIDAS, MINI SAIA OU SAIA CURTA E DECOTES EXCESSIVOS POIS O DIABO RESERVOU PARA ELAS UM LUGAR NO INFERNO. Este foi o aviso do grande místico, frei Pio de Pietrelcina (25 de Maio de 1887- 23 de Setembro de 1968), que em vida se movia entre a Terra, o Purgatório e o Paraíso, em união com a Santíssima Virgem Maria, intercedendo pelos vivos e pelas almas sofredoras no Além que poderão ver a Deus. Abandonemos o racionalismo estreito de ateus e agnósticos, incluídas as pobres feministas que exaltam o sexo orgástico (como se o prazer da filosofia e da conversação benévola com amigos e amigas não fosse superior ao prazer do orgasmo!) e que desprezam a oração e recusam pensar em Deus em tudo o que fazem no quotidiano. Rezemos, pois quem não reza não se salva do inferno ao morrer, salvo no caso de verdadeiro arrependimento nos momentos finais.

A verdadeira luta de classes não é a que existe entre patrões e empregados mas a luta entre Deus/ Deusa do Bem, e Satã, o criador do mundo material e promotor do aborto, da guerra, da exploração dos trabalhadores, da pornografia, da sexualidade perversa, das modas indecorosas, das telenovelas, da idolatria do futebol, etc.

 

ICKE «DESPENALIZA» A HOMOSSEXUALIDADE E ATACA A VIRGEM MARIA. Não ignoro que David Icke (29 de Abril de 1952), historiador britânico das religiões e das linhagens reptilianas no planeta Terra identifica a Virgem Maria com a deusa El, uma deusa dragão - e neste campo as igrejas evangélicas, colocadas sob o domínio da maçonaria iluminatti que inclui reptilianos, concordam com Ike e rejeitam a Virgem e as suas aparições em Fátima, Medjugorge, etc. Mas Ike, sem embargo de ser um escritor e investigador  incontornável, tem pontos fracos na sua oposição ao catolicismo: tal como os iluminatti Ike «despenaliza» a homossexualidade, equiparando-a ontologicamente à heterossexualidade, ao passo que a Virgem Maria condena a homossexualidade e a heterossexualidade adúltera e libertina como vias para o Inferno. E sem a oração à Virgem, mensageira do lado Feminino de Deus, e a São Miguel Arcanjo (versão cristã do deus Thor do martelo) como podemos parapeitar-nos contra o Mal?

 

Decerto há muitos ateus com uma ética benéfica rigorosa: não assassinar, ser bom e justo na repartição de bens, etc. Mas em geral o ateísmo autoriza o aborto provocado na mulher o que a religião cristã considera um pecado.

 

FESTIVAL SOBRE MICHEL GIACOMETTI EM FERREIRA DO ALENTEJO. 2 de Junho de 2019. Vou a Ferreira do Alentejo, neste último dia do Festival sobre o etnomusicólogo corso Giacometti (Ajaccio, Córsega, 8 de Janeiro de 1929 – Faro, 24 de Novembro de 1990) que fez importantes recolhas etno-musicais no Baixo Alentejo e viveu em Peroguarda. A câmara municipal oferece almoço cabo-verdiano de cachupa no jardim público. Encontro Manuel que me diz no seu peculiar modo de ver o mundo: «Beja é uma cidade de que não gosto e os concelhos à volta de Beja não gostam da capital do distrito. Viseu é amada pelos concelhos do seu distrito, Viana do Castelo idem, mas Beja não. Tentei arranjar explicação para eu não gostar de Beja e talvez a tenha encontrado em uma pedra que não é calcário nem xisto. Há uma pedra granítica cinzenta que encontrei na soleira das portas de casas de ricos em Beja. Aqui em Ferreira somos antifascistas e não apreciamos essas classes possidentes, reacionárias. Só vou ao Lidl de Beja, de resto mais nada. A terra mãe das pedras em Portugal é Mafra, Pêro Pinheiro. Há colunas de mármore em tom rosa na igreja do convento de Mafra que foram transportadas por dezenas de bois no século XVIII e instaladas ao alto não se sabe como – não é só no Egipto que houve gigantescas pedras a ser movidas para fazer as pirâmides».

Richard que diz que montou sebes para impedir o avanço sobre o seu olival biológico da poeira química dos vizinhos que praticam.

Rafael Antunes (22 de Agosto de 1977, Torres Vedras) com câmara fotográfica modelo de inícios do século XX tira-me uma foto a preto e branco, como a outras pessoas. Quando regresso a Beja às 17.20 a temperatura do ar é 39º. Isto é o Alentejo de searas amarelas em Junho...

 

HÁ ESCOLAS PROFISSIONAIS PRIVADAS QUE ESTÃO A SER FINANCIADAS COM DINHEIROS PÚBLICOS E SÃO PRESIDIDAS POR AUTARCAS. 13 de Junho de 2019. David diz-me: «Há uma promiscuidade inaceitável entre vereadores ou presidentes de câmara e presidentes ou directores de escolas profissionais no Baixo Alentejo. Em Mértola, até Agosto de 2018, o vice presidente da câmara municipal, Mário Tomé, era ao mesmo tempo director da escola profissional local. Deu-se o caso de em reunião de 3 de Janeiro de 2018 Mário Tomé ter conseguido aprovar um financiamento de 14 800 euros à escola profissional que ele dirigia. Isto é contra a ética política: beneficiou-se a si mesmo, utilizando um cargo público. Em 29 de Março de 2019, a Polícia Judiciária vasculhou a câmara municipal de Mértola, de maioria socialista. Jorge Rosa, o presidente, poderá ser demitido?»

 

«Há 5 câmaras municipais nesta situação de promiscuidade com o ensino privado: Mértola, Alvito, Cuba, Vidigueira e Moura. As escolas profissionais são privadas mas roubam alunos às escolas públicas porque oferecem, como no caso de Mértola, mais de 100 euros mensais a cada aluno que se prove precisar dessa quantia, que vem do Ministério da Educação. Nem o PS, nem o PCP nem o PSD denunciam isto. Há censura na televisão sobre este tema. É necessário mudar a lei, blindar as escolas públicas contra a concorrência desleal das escolas profissionais.»

 

VI O MEU AMOR E ELA DEIXOU DE SER O MEU AMOR. Porque o amor é cego. Quando começa a ver deixa de ser amor paixão e arrefece , transforma-se numa amizade. Nunca vejas o teu amor. Sente-a, toca-a, beija-a de olhos fechados.

 
 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:27
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 4 de Março de 2019
Sismos em Portugal e grau 24 de qualquer signo zodiacal

Há leis planetário-zodiacais que regem a eclosão de sismos notáveis em Portugal e no mundo. Uma dessas leis é a seguinte: a passagem de um planeta ou Nodo da Lua, sobretudo em movimento lento, no  grau 24 de qualquer signo zodiacal, é condição necessária mas não bastante para suscitar um sismo notável em Portugal continental ou insular.

 

Em 9 de Março de 1859, com Neptuno em 24º 19´/ 24º 21´ de Peixes, um violento tremor de terra sacudiu o Algarve, em especial Vila Real de Santo António.

 

Em 23 de Abril de 1909, com Plutão em 24º 11´do signo de Gémeos, cerca das 17 horas e 40 minutos, um abalo de terra abala toda a região do vale inferior do rio Tejo, afectando Lisboa, Évora, Coimbra, Tavira e destruindo por completo a vila de Benavente e parcialmente Salvaterra de Magos, Samora Correia e Santo Estevão, com um saldo de 46 mortos e 75 feridos nesta zona ribatejana.

 

Em 16 de Junho de 1910, com Úrano em 24º 24´/ 24º 22´do signo de Capricórnio, regista-se um abalo de terra no Algarve.

 

Em 31 de Agosto de 1926, com Neptuno em 24º 59´/ 25º 1´ de Leão, pelas 8 h 40 min (hora local) a ilha do Faial foi sacudida por um violento sismo com epicentro no canal Faial - Pico com uma intensidade estimada de Mb=5,3-5,9, atingindo grau X da Escala de Mercalli na zona norte da cidade da Horta (freguesia da Conceição) e provocando 9 mortos, mais de 200 feridos e destruição generalizada do património construído da cidade da Horta, sendo derrubadas, total ou parcialmente, 4 138 casas, sendo a maior devastação na freguesia citadina da Conceição e nas freguesias rurais de Praia do Almoxarife (onde das 220 casas apenas 16 ficaram habitáveis), Flamengos, Feteira e Castelo Branco  e na zona compreendida entre a Lomba do Pilar e o Salão.

 

Em 26 de Dezembro de 1962, com Marte em 27º 48´/ 27º 47´ de Leão, eclode um sismo em Portugal de magnitude 5,7 Richter com epicentro na falha da Nazaré;

 

Em 28 de Fevereiro de 1969, com Plutão em 24º 10´/  24º 9´ do signo de Virgem, às 3h41, eclode um sismo de magnitude de 7.9 na escala de Richter com epicentro no mar a 230 quilómetros a sudoeste de Lisboa e ao largo do cabo de São Vicente, matando 13 pessoas e ferindo 58 outras, sendo o Algarve a zona mais afectada com a queda de mais de 20 casas em Bensafrim, a destruição de 400 casas no concelho de Vila do Bispo, a queda de inúmeras chaminés de edifícios e paredes pouco consolidadas, gerando a destruição de veículos estacionados, em Lisboa, e vítimas em Marrocos sentindo-se o sismo em Bordéus e nas ilhas Canárias.

 

Em 1 de Janeiro de 1980, com Úrano em 24º 3´/ 6´ do signo de Escorpião, um sismo provoca 61 mortos e numerosas derrocadas nas ilhas açorianas Terceira, Graciosa e São Jorge.

 

Em 8 de Fevereiro de 1990, com Mercúrio em 24º 44´/25º 59´ de Capricórnio, pelas 15.45 horas, um sismo de magnitude 4,5 na escala de Richter sacode a região de Lisboa, com epicentro a 350 quilómetros da capital.

 

Em 24 de Setembro de 1994, com Marte em 23º 51´/ 24º 26´do signo de Caranguejo, pelas 13 horas, um sismo de magnitude 4 na escala de Richter sacode parte do Algarve, suscitando algum pânico entre Faro e Olhão.

 

Em 2 de Agosto de 1995, com Saturno em 24º 10´/ 24º 8´ de Peixes, dá-se um sismo 3,4 na escala de Richter. com epicentro localizado a cerca de 20 Km de Arraiolos.

 

Em 31 de Março de 1998, com Vénus em 23º 37´/ 24º 38´ de Aquário, pela 1 hora e 1 minuto da madrugada, um sismo com magnitude 4 na escala de Richter abala a zona de Chaves, Mirandela e a província galega de Lugo.

 

Em 3 de Janeiro de 2005, com Saturno em 24º 46´/ 44´ de Caranguejo, às 11.34 horas, eclode um sismo de magnitude 4,1 na escala de Richter com epicentro no mar 40 quilómetros a sul de Olhão, sentido em áreas do Algarve como Faro e Albufeira.

 

Em 11 de Janeiro de 2005, com Saturno em 24º 7´/  24º 2´ de Caranguejo, às 9.29 horas, um sismo de magnitude 3,8 na escala de Richter abala Santiago do Escoural, Montemor-o-Novo, Viana do Alentejo, Évora e a zona lisboeta de Santa Apolónia.

 

Em 15 de Janeiro de 2018, com Úrano em 24º 38´/ 24º 39´ de Carneiro, às 11.51 horas, um sismo de 4,9 na escala de Richter com epicentro a 16 quilómetros de Arraiolos abala fortemente esta vila do distrito de Évora causando fissuras na escola Cunha Rivera e abala Portugal num raio de 270 quilómetros em redor, sentindo-se em Évora, Beja, Lisboa, Algarve, Ribatejo e Norte de Portugal.

 

 Em 24 de Janeiro de 2018, com Úrano em 24º 46´/ 24º 47´ de Carneiro, Mercúrio em 18º 16´/19º 47´ de Capricórnio, às 5h46 ocorre um sismo de magnitude 3,1 na escala de Richter com epicentro a cerca de oito quilómetros a nordeste de Almodóvar, distrito de Beja.

 

Algumas das próximas datas em que poderá ocorrer um sismo forte em Portugal são: de 11 a 24 de Março de 2019 ( Nodo Norte da Lua em 25º 2´/ 23º 53´ de Caranguejo); de 26 de Março a  25 de Abril de 2019 (Júpiter de 24º 1´/24º 21´/ 24º 0´ de Sagitário); de 6 a 8 de Maio de 2019 (Marte em 24º de Gémeos); de 22 a 24 de Junho de 2019 (Marte em 24º de Caranguejo); de 8 a 10 de Agosto de 2019 (Marte em 24º de Leão): de 24 a 26 de Setembro de 2019 (Marte em 24º de Virgem).

 

Por que razão este tipo de cálculos não é divulgado nos jornais, revistas e fóruns televisivos e nos currículos das universidades? Porque os illuminati, esse círculo de poderosos que governam o mundo e dominam as universidades, as cadeias de televisão, os jornais principais, os centros de ciência como o de Máximo Ferreira, arqui inimigo da ciência dos astros, querem que o povo permaneça ignorante e sujeito às catástrofes como convém a Lúcifer, o sanguinário príncipe deste mundo.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:46
link do post | comentar | favorito

Domingo, 29 de Outubro de 2017
Cátaros do século XXI: o pecadocentrismo faz crescer a árvore do vício

Os cátaros do século XXI admitem a existência de um inferno tártaro, extraterrestre ou intraterrestre, onde jazerão aprisionadas almas que não quiseram e não querem despertar os 144 castelos interiores de bondade e sabedoria existentes em cada ser humano nas suas vidas terrestres. De acordo com a gnose cátara, o ser humano é divino (teohumanidade) é um espírito celeste aprisionado num corpo material alterado por Elohim (o remodelado de adaptação): foi Lúcifer quem modelou o actual corpo adâmico do homo sapiens, a partir do barro. O homem actual é um descendente degenerado da humanidade da Atlântida e da Hiperbórea de que falam os mitos ancestrais.

 

 O teólogo cátaro João do Santo Graal (João Bereslavsky, nascido em 1946) afirma que quanto mais o homem cai no pecadocentrismo, insistindo na sua culpa, segundo os ritos das igrejas romana e bizantina, mais preso fica de Lúcifer no inferno. Nas comunicações que a Divindade teria feito a este místico haveria a seguinte:

 

«Os fariseus mentem ao afirmar que aos pecadores lhes esperam torturas eternas. A verdade é a seguinte: desde a Terra é fácil regressar ao céu no caso de haver arrependimento e uma visão clara dos seus mistérios (das armadilhas do príncipe de este mundo) e muitas almas voltam às suas moradas celestiais. Mas o caminho de volta é quase impossível depois da estada no inframundo das seitas do tártaro, esses templitos guardados pelo cão Cerbero de três cabeças e com serpentes venenosas que se enroscam à sua volta.» 

 

«Ajudai as vítimas do inferno que habitam nos templos cristãos de ultratumba, semelhantes aos Abraãos, Moisés e Noés do Antigo Testamento que estiveram no Sheol! Ajudai-os a recuperar a visão espiritual! Hoje em dia não rezeis pelos defuntos ,mas pelos que estão atolados na terceira armadilha, a armadilha de Lúcifer. Sair desta, meu filho, é mais difícil do que sair da armadilha terrena; é quase impossível.»

«Milhões de almas são arrastadas às esferas do tártaro astral. A missa de defuntos apaga-lhes para sempre a memória mística da sua origem divina e submerge-as numa constante recordação dos seus pecados, para conveniência do maligno que, durante o modelado ilegítimo lhes introduziu o princípio pecaminoso.»

«Quanto mais medita o homem sobre os seus pecados, mais cresce a árvore do vício (o que também convém ao nosso inimigo, filho meu). Quanto mais busca o arrependimento infrutuoso nos limites das antigas instituições, mais se alimenta da maldita árvore e se perde definitivamente.»

«Segundo foi revelado aos discípulos do Grande Cálice, aqueles hebreus que cumpriam as leis de Moisés ficavam no Sheol. Não podiam regressar ao céu porque professavam a fé no amo do tártaro fúnebre, Lúcifer. O destino póstumo dos cristãos é parecido a este e inclusivamente mais terrível».

 

(Juan de San Grial, « Rosa de los Serafitas, Evangelio cátaro bogomilo», Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2015, pp. 257-258; o destaque a negrito é posto por nós).

 

E nesta passagem parece aplicar-se a lei do pensamento negativo («Se pensas que vais fracassar, fracassarás mesmo, se pensas que há inferno eterno este plasma-se, de inexistente que era, no real») o que sugere que o inferno poderia ser uma co-criação do Diabo e da alma que desespera dos seus pecados:

 

«No inferno tártaro, não há nenhuma esperança de salvação. Quanto mais se sume a alma na visão dos seus pecados, mais profundamente é consciente da sua incorrigibilidade e dá desesperadamente o seu consentimento para os sofrimentos eternos, que é precisamente o que quer o Diabo! Os seus planos perseguem levar as almas, depois de as ter arrastado do céu à Terra na sua primeira tentação, aos seus templitos e logo enviá-las às torturas eternas nos seus campos de concentração incorrigíveis do arrependimento do pecado.» (ibid, pág 259; o negrito é de nossa lavra).

 

Assim, segundo João do Santo Graal, a teologia católica e ortodoxa, pessimista e pecadocentrista. faria o jogo de Lúcifer gerando um inferno que é real e irreal, psicológico, uma vez que a mente do cristão que  morre se automortifica e alimenta esse inferno pois não vê que o verdadeiro Deus é Amor e não envia ninguém ao Inferno. É racional que o Inferno, se existe, não seja eterno e que as almas possam sair dele.

 

 www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 19:34
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 26 de Outubro de 2017
Reflexões de Outubro de 2017

IGREJA CATÓLICA ROMANA OU SINAGOGA DE SATANÁS? Uma amiga diz-me: «Mandamos rezar uma missa por um familiar defunto numa igreja em Beja. Pagámos 15 euros. Essa mesma missa foi dita em memória de 6 outros defuntos e cada respectivo familiar mandante pagou 15 euros. Ao todo, numa missa só, o padre embolsa 105 euros fora a colheita que se faz numa bandeja durante a missa. E tudo sem pagar imposto ao Estado.»

 

Este amor ao dinheiro, escandaloso, comum em todas as paróquias da igreja católica romana, é a prova de que esta é sinagoga neorrabínica de Satanás. Move-se pelo dinheiro, explora a credulidade da massa católica tradicional. Se Cristo viesse ao mundo diria aos padres e bispos: «Hipócritas! Fizestes da casa de meu Pai um covil de ladrões!» Não há que confiar nem nos padres nem nos bispos nem no grande fingidor que os dirige, o papa Francisco, um luciferino astucioso. As suas missas nada valem para Cristo. Um sacerdote impuro e ganancioso é um bruxo, servo de Satanás. O Cristo adorado nas igrejas é um Cristo adulterado, luciferino, que chama «Pai» ao deus do Antigo Testamento, Elohim, a Grande Serpente que conduziu Moisés e os hebreus para fora do Egipto e que matou, segundo a lenda, os filhos primogénitos das famílias egípcias.

 

Mais vale ser ateu ou agnóstico do que militar nestas igrejas clerocráticas, ritualistas e financeiras, misturadas de Deus e Diabo. Se és crente, reza em casa ou na rua e desliga-te do catolicismo romano e das outras grandes religiões institucionais cujas igrejas são dirigidas por máfias do dinheiro e do poder político conservador e mundialista. Também as igrejas cristãs evangélicas que exigem o dízimo (10% do rendimento mensal de cada pessoa) baseadas na Bíblia de Elohim são intrujonas e exploradoras do público.

 

O papa Francisco é um actor de primeira qualidade: é uma voz melíflua e astuciosa de idoso, um rosto sorridente para atrair milhões de euros - em dinheiro e doações de casas, palácios, etc - à empresa Vaticano SARL, império de Lúcifer com vestes brancas. É verdade que a igreja católico-luciferina romana autora da Inquisição - expressão do ódio de Lúcifer aos homens e mulheres - gerou, por acidente, alguns santos (São Francisco de Assis, Santa Rita de Cássia, São Pio de Pietrelcina, etc.) mas canonizou muitos pseudo santos (Domingos de Gusmão, Cirilo de Alexandria, etc).

 

UMA ORAÇÃO EM JEITO CÁTARO OU CRISTÃO DUALISTA - Substitui a Avé Maria inventada por Domingos de Gusmão, frade instigador da cruzada assassina do povo cátaro a partir de 1209:

«DEUS TE SALVE Minné, Mãe do Amor Divino, que com o Pai do Puro Amor e com Jesus, reinais. Puríssima Virgem divinizai-nos, libertai as almas do Purgatório, agora e na hora da nossa transubstanciação.»

 

VACINAS CONTRA A GRIPE: COMPLICAÇÕES AUMENTADAS. 25 de Outubro de 2017. Um amigo diz-me: «A minha filha que é médica disse-me: «Não costumo vacinar-me e o ano passado vacinei-me «contra» a gripe. Foi um ano de complicações respiratórias e outras como nunca tinha sido».

Sabes de que são feitas as vacinas? Do pus de animais doentes. Os «cientistas» dos laboratórios farmacêuticos brincam com a saúde dos povos por ganância, para encher os bolsos dos patrões que ganham milhões ao vender milhões de vacinas aos Estados. Só o débil raciocínio da plebe «Ah, as vacinas imunizam, um vírus em pequena dose ensina o corpo a defender-se» impede que os figurões da vacinação (obrigatória) sejam corridos dos ministérios da «saúde» e se crie uma verdadeira medicina popular e ecológica. A imunidade por um longo prazo não existe, é um mito do tipo «poção mágica de Astérix», é uma conquista de todos os dias: praticando exercício físico, comendo frutos e saladas em abundância, evitando o alcool e o tabaco, ganha-se instantânea imunidade que se pode perder a qualquer momento comendo açúcar refinado, fumando, bebendo álcool. O organismo humano não precisa do veneno que é a vacina, um mito enganador.

 

SINCRONICIDADE ONTOFONÉTICA- Em 27 de Outubro de 2017, as ideias de  GRANDE e de JAIME estão em foco: Manuel Joaquim GANDRA (evoca: GRANDE), esoterista e filósofo da Portugalidade, um dos grandes intelectuais portugueses deste século, completa 64 anos de idade, Marcelo Rebelo de Sousa visita Ribeira GRANDE, na ilha de São Miguel, o parlamento da Catalunha aprova por 70 votos a favor num total de 136 lugares de deputado a declaração de independência da Catalunha e a praça de Sant JAUME (em português: JAIME), em Barcelona, enche-se de milhares de catalães que festejam a independência, JAIME Mata Soares discursa no Congresso da Liga de Bombeiros Portugueses e exige que os bombeiros deixem de ter de obedecer à Autoridade Nacional de Proteção Civil cujos erros de estratégia se evidenciaram nos incêndios de 17-23 de Junho e de 15 de Outubro de 2017.

 

 www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:39
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
Teologia cátaro-bogomila: diferenças entre Guan Min, a Deusa Mãe, e a Virgem Maria católica e Lilith

 

Segundo o teólogo cátaro russo Juan de San Grial (João do Santo Graal, de seu nome João Bereslavsky), nascido em 1946, a Virgem Maria está num escalão inferior ao da Deusa do Universo ou Mãe Teoengendradora da Teohumanidade, que assume várias encarnações entre as quais Guan Min, a Minné ou Amor Divino Feminino.


«7. (1) Guan Min é divindade (!), diferenciando-se da Virgem Maria que continua sendo um ser humano e não entra no panteão das divindades. A deusa está no cume do panteão. A Mãe Divina cristã, apesar de ser Rainha celestial, não é deusa. Esta é a diferença essencial».

«(2). É a mensageira do Deus do Amor ( Dieu d´ Amour), não de Jehová com a sua legislação jurídica e trazida do mal, luxúria, quimeras,etc. Guan Min é de outra Divindade, a que é um Todo - e não é «um» - com os seus filhos. Ela leva até ao outro Pai, até ao Hierodamante -um dos seus múltiplos nomes - o Pai do puro amor.»

 

«(3). É penetrante e não distante. A Mãe Divina nas suas aparições costuma limitar-se ao Verbo, a presságios. Por exemplo, durante o «baile do sol» em Fátima, a Mãe Divina está em alguma parte do céu, debaixo há uma multidão de mil pessoas, o sol desce à Terra, a gente teme queimar-se com os seus raios... Mas em pouco tempo tudo volta ao lugar.

 

«(4) É bodistávica.  Veio de aquele que diviniza os seus filhos. O seu objectivo é fazer dos recém nascidos teomeninos, bodisatvas e budas.
A Virgem Maria não se une, não diviniza e não se manifesta como NOSSA Teonoiva. O máximo que pode dar é o amparo consagrado.»

 

(Juan de San Grial, «Guan Min, la Madre Divina, Enciclopedia del Catarismo, Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2013, pp. 129).

 

«(27) A grande Arquitecta é Guan Min. a que está contra o Demiurgo, o diabo que finge ser deus e que criou Adão e Eva como meio-serpentes luxuriosas».

(Juan de San Grial, «Guan Min, la Madre Divina, Enciclopedia del Catarismo, Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2013, pág.132).

 

«37. A doutrina dos pédricos (NOTA NOSSA: discípulos de Pedro, romanos e ortodoxos) sobre a Virgem Maria está tão tergiversada e caricaturada como a visão da cruz do Gólgota -ao qual Cristo nunca ascendeu - como símbolo de morte e desonra:

"Ela não é divindade mas sim purificada previamente pelos méritos de Cristo, depois de nove meses de gestação nas suas entranhas, milagrosamente dá à luz o Salvador do mundo." Ela só é a Mãe de Cristo e só oferece aos demais um amparo distante.»

«37. A Mãe divina formalizada impede a percepção de Guan Min com o coração aberto. O "Sou a Imaculada Conceição" de Lourdes permanece como mito arquetípico dogmático».

«38. (...) Quem é a Mãe Divina hoje em dia? A Teonoiva da Montanha de Ruiseñor? A Mãe Divina transubstanciou-se em Guan Min, que talvez João o Evangelista não conhecesse.»

(ibid, pág 101; o negrito é posto por nós).

 

 

LUCIMARIA E LUCICRISTO, AS FORMAS DE LÚCIFER, SENHOR DO CATOLICISMO ROMANO E BIZANTINO

 

Segundo o catarismo, a igreja católica romana e a igreja católica bizantina veneram uma Lucimaria, uma mistura de Virgem Maria e Lúcifer, e um Lucicristo, mistura do mesmo Lúcifer com Cristo. Dizem a história e a lenda que Domingos de Gusmão, frade fanático que impulsionou em 1209 o assassínio massivo dos cátaros da Ocitânia, rezou diante de uma imagem da Virgem Maria e a estátua teria levantado os braços ao céu pedindo «justiça», isto é, a morte das centenas de milhar de cátaros que divergiam da corrupta igreja romana. Se este episódio foi verdadeiro, seria Lúcifer, disfarçado de Maria, isto é, como Lucimaria a provocar esse efeito mágico designado como milagre. Como poderia a Mãe Divina apoiar e incentivar o assassinio dos cátaros e o roubo das suas terras? Não poderia. Só Lilith, a Deusa negra do mal, deseja as guerras com as suas brutalidades sangrentas e nisso se opõe a Guan Min, a Mãe Divina, Alma Mater Dei et Humani.

 

Escreve o místico líder da pequena igreja cátara do século XXI sobre a existência de dois Deuses, um o Deus do Amor, Arquétipo Solar da Luz, da Beleza da Paz, o outro o Deus negro, ou Adonai-Elohim, deus do judaísmo, da matéria, da acumulação de dinheiro à custa da exploração de seres humanos, da escravatura, da guerra, da bruxaria, da corrupção da natureza:

 

«Deus negro manifestava-se em distintas civilizações e religiões como um ídolo malvado que exigia sacrifícios no seu altar, um açoitador, odioso, juíz e vampiro. Os cultos pagãos, ridicularizados tradicionalmente por judeus e cristãos, ligados aos sacrifícios (como os representam as tribos africanas e os índios mesoamericanos) são a manifestação de Elohím, de este "Todo Poderoso", antigo Deus negro.»

«A grande luta entre o Deus branco e o Deus negro (Luzbel) não termina nunca em nenhum momento.»

«Luzbel ("Luci-branco") é um grande fingidor, é Lúcifer que se faz passar pela Divindade. De aqui provêm Cristo Romano, Lucicristo, e Maria Romana, Lucimary, dingindo hipocritamente que eram mensageiros do Deus branco, baixavam à Terra, e em seu nome, os sacerdotes cometiam os seus actos malvados e os verdugos romanos imolavam os santos.»

(Juan de San Grial, « El Santuario del Grial en el Catarismo», Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2010, pág.114; o destaque a negrito é posto por nós).

 

LILITH, A DEUSA NEGRA DOS HUMANÓIDES E DOS SENHORES DA GLOBALIZAÇÃO, QUE SE OPÕE À MÃE DIVINA GUAN MIN

 

O lado feminino do Deus do mal é Lilith, a segunda mulher que havia no Paraíso Terrestre, deusa da luxúria e da corrupção, em alguns relatos:

 

«Guan Min intervém contra Lilith - a adversária com seus humanóides, serviços especiais, tecnocratas do governo, Comité dos 300 e as mafias religiosa, militar, petrolífera, médica, banqueira, farmacêutica.»

«1. O plano secreto dos humanóides, escondido escrupulosamente pelos serviços especiais das potências mundiais, consiste em destruir os homo sapiens, o "modelo sem saída", e implantar a espécie do "post-homem", homo sapiens-sapiens, sapiens ao quadrado, os "lilinos" (de Lilith), os gobelinos.

«2. Os humanóides estão excessivamente inquietos. Eles transmitem as tecnologias destrutivas mas têm medo de que se voltem contra eles próprios: "um quarto de século mais e as nossas tecnologias poderiam ser dirigidas contra nós!"»

«Exigem-se duas condições para a transmissão das tecnologias humanóides:

- milhões de vítimas sangrentas - exige-as Lilith negra, sentada sobre a besta púrpura, embriagada com o sangue dos inocentes -

-a destruição absoluta da 84º civilização. o homo sapiens é substituído pelo tecnorobot, o "post-homem", o "lílin".

«3. A Terra, do ponto de vista dos humanóides, está predestinada a repetir o destino de Saturno, da Lua, de Marte...quer dizer, converter-se em um planeta morto durante milhões de anos, o quartel general dos OVNI de segunda classe

 

(Juan de San Grial, «Guan Min, la Madre Divina, Enciclopedia del Catarismo, Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2013, pág.103; o negrito é colocado por nós).

 

MINNÉ E SAN SALVADOR, O CASTELO MÁGICO JUNTO A PORTBOU, GIRONA

É interessante notar que os cátaros, embora considerando o Deus judaico Iavé-Elohim o príncipe do mal, têm estima pelos cabalistas que se afastaram da ortodoxia da Tora e prescrutam o Deus desconhecido, o Ein Sof Aur (Nada Infinito da Luz). O município de Girona que, ao norte da Catalunha, confina com França e onde se situa o mítico castelo de San Salvador, perto de Portbou, é talvez o centro cátaro mais importante na Europa Ocidental. O centro da teohumanidade, conceito cátaro que sustenta que em cada homem há 144 castelos interiores onde habita o verdadeiro Deus da Luz e que a distância entre o homem e Deus é muito menor do que a proclamada pelos católicos, ortodoxos, judeus e islâmicos. Escreve Juan de San Grial:

 

«Minné é a rainha de todas as culturas e civilizações. Os heróis e as mães formosas adoravam-na desde os inícios.»

«Nós renovamos e passamos da 84ª à 85ª civilização, a civilização de Minné.»

«Vilajuiga, uma povoação ao pé de San Salvador...Aqui viviam os melhores cabalistas, Isaac Luria visitava-a. As ideias dos cátaros sobre o Pai do Puro Amor transubstanciaram-se nos tratados solares da Cábala e estenderam-se por todo o mundo (posteriormente na versão do judaísmo hassídico russo e outras).»

«Também aqui, perto de Vilajuiga, viviam os sufis espanhóis.»

«San Salvador é o centro místico da teohumanidade. Assim como o foi na Idade Média, o é no III Milénio.»

(Juan de San Grial, «Guan El Santuario del Grial en el Catarismo», Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2010, pp. 217-218; o destaque a negrito é posto por nós).

 

  www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 19:32
link do post | comentar | favorito

Domingo, 3 de Setembro de 2017
Área 9º-10º do signo de Touro: Lúcifer

A área 9º-10º do signo de Touro conexiona-se com Lúcifer.

 

Em 27 de Abril de 2014, com Mercúrio em 7º 40´/ 9º 48´ do signo de Touro, em uma missa no Vaticano, em que participa o papa Francisco, o oficiante identifica de forma ambígua Jesus Cristo como filho de Lúcifer ao dizer em latim «Flammas eius Lúcifer matutinus invéniat, ille inquam, Lúcifer, qui nercit, Christus Fílius tuus qui regréssus ab inferis, humano géneris sérenus, illúxit et vivit et regnat in saecula saeculórum. amén.»  (Sua chama ilumina o seu próprio filho,  permite-me dizer-te, ó Lúcifer, que não conheces ocaso, Cristo é teu filho, que voltou de entre os mortos e a sua luz iluminou a raça humana, está vivo e reina pelos séculos dos séculos. Amén»). 

 

Em 25 de Março de 2017, com Marte em 10º 44´/ 11º 27´do signo de Touro, Laércio Fonseca, brasileiro, faz palestra na Internet sobre quem é Lúcifer.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

francisco.limp@gmail.com

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 22:37
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Agosto de 2017
Neocátaros versus budismo e Nova Era

O cristianismo neocátaro ou catarismo do século XXI emanado da Rússia e vivo na Catalunha e Valencia e no sudeste de França opõe-se ao budismo e às doutrinas da Nova Era em geral (a tarologia, a cura pelos cristais, a medicina quântica, etc.) As (supostas) mensagens do Além de Santa Eufrosínia, mística cátara russa falecida em finais do século XX, ao patriarca da igreja cátara identificam Elohim, deus do antigo Testamento, como corruptor da humanidade, incluem o seguinte:

 

«Grita para que não entrem pelo arco de Lúcifer. Isto é o mais perigoso. As portas luciferinas são: o karma, o progresso, as reencarnações, o nirvana (como saída da ordem terrena para um planeta morto) elohim propõe a sua própria arca, a caixa de Pandora. Em volta desta há serpentes. A entrada pelas portas luciferinas implica a perdição eterna. A quem passa por elas espera-o o destino mais desafortunado: a paulatina desintegração, a explosão nos planetas mortos. Dispersar-se-á na inexistência como poeira cósmica.»

«O Pai do Puro Amor é o Rei do Universo, é o Rei misericordioso. Nas suas mãos estão o destino e o futuro.»

«Não façais compromissos com a «Nova Era»! A façanha hoje é a oração, a catarse, a liturgia. O fariseísmo está vencido mas tendes um novo inimigo - o cosmismo.»

(Juan de San Grial, «Madre Eufrosinia. la guia del nuevo catarismo», Associaciò per l´estudì de la cultur catàr, 2012, pag. 378).

«Não saias da oração. Dedica à oração dois-três dias, a uma oração incessante e verás que frutos haverá.»
«A oração com o coração lavado pelas lágrimas é improfanável. Aqui mesmo está a chama, na oração.»
«Durante a terceira hora de oração revelou-se o mundo do silêncio, a paz dulcíssima.» (ibid, pág. 421).

 

É de notar que a Nova Era inclui os mágicos, os bruxos, os astrólogos comerciais, os tarólogos, os mestres de Reiki que prometem ajudar a pessoa nos seus desejos carnais. Esta oração constante ao Deus verdadeiro e à Virgem deve ser feita fora dos templos das igrejas católica, ortodoxa-bizantina, protestante, judaica, islâmica, etc, porque em todas elas «reinam sacerdotes, bispos ou imãs do Anti Cristo».

 

REJEIÇÃO DO PROGRESSO MATERIAL

O cristianismo ascético dos cátaros implica fazer muitos sacrifícios para alcançar o Reino, o pleroma do Altíssimo. Assim, há uma rejeição de princípio dos automóveis, dos televisores e computadores, pelos riscos que comportam de adormecimento do espírito que deve estar vigilante num mundo material que pertence a Elohim-Adonai, o demiurgo, identificado com Lúcifer, deus do Mal. 

 

«Os automóveis são demónios materializados; por isso são tão difíceis nas horas de afluência do tráfego. Reza as orações de exorcismo para expulsar, outros te ajudarão . Os condutores que se protejam benzendo-se com a cruz, com a oração, com os ícones, com os rosários, como os guerreiros no campo de batalha, senão perderão a saúde, a graça e as forças. O sacerdote melquisedequiano, se usa o carro, não tem que perder a oração».(Juan de San Grial, «Madre Eufrosinia. la guia del nuevo catarismo», pag. 278).

 

 «O grande ancião Anfiloquio, curador e fazedor de milagres, contava-nos como um enxame de demónios basta para povoar os televisores, fazendo ninhos; como fazem troça das pessoas; como semeiam as doenças, a loucira; como atiram para as hienas. O ecrã de televisão é a janela para os mundos infernais, o computador é ainda pior. O televisor lança-nos ao precipício abismal, aos planetas mortos. E o computador convida-nos ao diálogo com elohim, este é o seu altar pestilento. Quantas doenças vêm do computador e da técnica moderna!»
(Juan de San Grial, «Madre Eufrosinia. la guia del nuevo catarismo», Associaciò per l´estudì de la cultur catàr, 2012, pp 133-134).

 

 

DEMARCAÇÃO FACE AO CATOLICISMO ROMANO E ORTODOXO, AO PROTESTANTISMO E OUTROS

 

Sendo, na perspectiva cátara, as igrejas católica romana, católica ortoxa ou protestante sedes do anti Cristo, uma vez que todas perseguiram os cátaros, com relevo para a sanguinária igreja do papa de Roma, não se deve visitar os seus templos.

 

«Não te afeiçoes particularmente às aparições da Rainha Celeste no mundo católico. Na Rússia, a Mãe Divina não se revela com menos frequência ou menos generosamente, ela é a Czarina da Rússia».(Juan de San Grial, «Madre Eufrosinia. la guia del nuevo catarismo», pag. 58).

 «Os pais perfeitos e imortais e os santos nos céus não abençoam visitar os actuais templos. Como predisseram os grandes santos há séculos, chegará a hora em que os templos serão abertos, as cúpulas serão doiradas, mas não se poderão visitar já que a abominação e a devastação se instalarão neles: as serpentes, os escorpiões e os espíritos infernais. Não há graça neles mas uma contínua iniquidade e os paroquianos perecem espiritualmente. Tira-se-lhes a última fé e recebem os selos do anti Cristo na fonte». (Juan de San Grial, «Madre Eufrosinia. la guia del nuevo catarismo», pag. 423).

O ensinamento é claro: a teologia católica e a prática de uma igreja romana em que os fiéis não jejuam semanalmente, idolatram um papa apóstata (tal como idolatram Cristiano Ronaldo) e os sacerdotes comem bons bifes e têm bons carros está manipulada desde há séculos por Lúcifer, o pai da mentira e do mundo material. Deve o cristão cátaro orar continuamente e não entrar nos templos católicos, ortodoxos, protestantes, judaicos e outros pois o verdadeiro Deus, o Altíssimo, não está neles.

 

O ponto de divergência filosófica com judeus, católicos, protestantes e islâmicos está na natureza do mundo material e do seu autor: segundo os judeus, os católicos e os protestantes foi o Deus do Bem que fez a natureza física onde há beleza e crimes constantes e animais e homens se devoram, invejam e oprimem uns aos outros; segundo os cristãos cátaros, a natureza física e os corpos humanos foram feitos pelo Demiurgo, Adonai- Elohim um deus castigador e maléfico, Satã, a Serpente, e o Deus da Luz, no Pleroma, apenas fez os nossos espíritos. A Árvore da Cabala judaca tem um problema teórico: o panenteísmo, a descida das qualidades divinas à matéria, expressa na última esfera, Malkuth, o reino material. Ora para os cátaros isso é doutrina de Elohim-Jeová, mistifica a existência do Pleroma, mundo divino que só gerou as nossas almas e nada gerou de material.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

francisco.limp@gmail.com

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:12
link do post | comentar | favorito

Sábado, 19 de Agosto de 2017
Breves reflexões de Agosto de 2017

Eis algumas breves reflexões neste Agosto de 2017 marcado por grandes incêndios florestais e seca intensa em Portugal.

 

O PAPA DA CÁTEDRA DA IGREJA GRANDE DE PEDRO EM PORTUGAL E O INCÊNDIO DE PEDROGÃO GRANDE. Em 13 de Maio de 2017, o papa Francisco canonizou os pastorinhos Jacinta e Francisco em Fátima ante uma imensa multidão de católicos. Nesse mesmo dia, o Benfica sagrou-se campeão nacional de futebol  e Salvador Sobral ganhou o Festival da Canção da Eurovisão e muita gente pensou que «a vinda do papa romano a Fátima deu boa sorte a Portugal».

 

Mas como deu boa sorte se o futebol televisionado e vivido nos estádios é uma das armas de Lúcifer, do ponto de vista cátaro, para desviar as pessoas da oração ao Altíssimo e multiplicar os rancores entre claques distintas?

E como deu boa sorte ao país se, para o cristianismo cátaro oposto a Roma, Salvador Sobral não passa de um ídolo barato, um cantor não cristão que afasta massas da fé em Cristo com os seus temas musicais? Um mês e cinco dias depois do papa, o GRANDE representante da igreja de PEDRO sair de Portugal, eclodiu em 17 de Junho de 2017 o terrível incêndio de PEDROGÂO GRANDE (sugere: a GRANDE cátedra de PEDRO no Vaticano) que matou 64 pessoas e feriu centenas de outras. Não haverá uma misteriosa ligação entre estes factos foneticamente similares? E como interpretar o facto de a data de 17 de Junho distar exactamente meio ano de 17 de Dezembro, dia de aniversário de Jorge Bergoglio, o papa Francisco? Será que a vinda deste idolatrado personagem vestido de branco, promotor do deus Elhoim que preside à degenerada igreja católica, trouxe sorte a Portugal, no plano espiritual e social?

Ou trouxe o azar dos incêndios florestais que simbolizam o Inferno cujas portas se abrem, supostamente, para os adeptos da nova teologia «católica» de amar as coisas deste mundo e abandonar a vida de sacrifício, oração e jejum que marcaram as igrejas em séculos passados?

 

SINCRONISMOS ONTOFONÉTICOS- Em 16 e 17 de Agosto de 2017, as ideias de JOANA, BAR e REPÚBLICA CHECA estão em foco: no dia 16, saúdo casualmente JOANA Reis, de Ferreira do Alentejo, junto à biblioteca municipal de Beja; no dia 17, no interior da biblioteca municipal de Beja, quando converso com o professor Luciano Caetano da Rosa, intelectual de grande cultura que, apesar de admirar Álvaro Cunhal, já não crê no marxismo-leninismo, conversa essa sobre a invasão da CHECOSLOVÁQUIA pelas tropas do Pacto de Varsóvia em 21 de Agosto de 1968, surge JOANA, que vive há 6 anos na REPÚBLICA CHECA onde conclui a sua formação como MÉDICA e falamos, David Coelho, campeão nacional de BARistas (empregados de BAR), é entrevistado na RTP3, uma furgoneta tripulada por dois terroristas islâmicos atropela a multidão que circula nas Ramblas, na cidade de BARcelona (evoca: BAR) matando 13 pessoas e ferindo mais de 100 pessoas

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

francisco.limp@gmail.com

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 12:05
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015
Teste de filosofia do 10º C (Fevereiro de 2015)

 

Os temas de alquimia incluídos neste texto conexionam-se com a visita de estudo a Sevilha que o liceu de Beja (ESDG) realiza anualmente. Nenhum manual do 10º ano de filosofia do ensino secundário em Portugal inclui textos sobre alquimia, filosofia hermética, astrologia - temas obrigatórios para quem queira pensar a sério filosofia. Um professor  de filosofia que não conheça os princípios da alquimia (o enxofre, o mercúrio e o sal), o dualismo yang-yin do taoísmo, as leis da dialética, o princípio das correspondências macrocosmos-microcosmos é um sujeito inculto, de mente quadrada, muito mais inculto que o empregado de escritório Fernando António Nogueira Pessoa, genial poeta e pensador, falecido em 30 de Novembro de 1935, em Lisboa. Hoje, vive-se um clima de censura na universidade portuguesa e mundial, pretensamente racionalista, comparável à censura da inquisição.

 

A esmagadora maioria dos actuais professores liceais e universitários de filosofia e sociologia são incompetentes, anti filosóficos. A universidade está infiltrada de doutorados que são alunos «marrões» que fizeram «copy paste» de trabalhos dos «mestres», fizeram o «beija-mão», pagaram milhares em propinas e foram cooptados. Os doutoramentos em filosofia enfermam de erros graves, em regra, e superabundam em verniz retórico. É um show-off. Vamos ao nosso teste que, certamente, ensina algo a muitos desses ignorantes donos de cátedras, agentes da burguesia inculta, superficial e endinheirada que domina o Estado e o sistema de ensino.

 

Agrupamento de Escolas nº1 de Beja
Escola Secundária Diogo de Gouveia, Beja
TESTE DE FILOSOFIA, 10º ANO TURMA C
11 de Fevereiro de 2015. Professor: Francisco Queiroz

 

.”A queda de Adão levou Deus, segundo alguns filósofos, a criar a hebdómada fora do pleroma e assim passou a haver três mundos, uma vez que o inferno de Lúcifer já existia no kenoma. O templo cristão na idade média foi construído segundo o princípio das correspondências microcosmo-macrocosmo, que exprime a lei dialética do uno. Solve e coagula, divisa dos alquimistas, tal como o fluxo e refluxo da onda ou o par dogmatismo-cepticismo podem ser classificados de acordo com o dualismo Yang-Yin

 

1) Explique, concretamente este texto.

2) Relacione, justificando:

A) As quatro fases do processo alquímico e respectivas aves- símbolos, por um lado, e os quatro arkês segundo Pitágoras de Samos, por outro lado.

B) O imperativo categórico em Kant e o princípio moral do utilitarismo de Stuart Mill.

3) Enuncie a lei dialética da contradição principal e aplique-a a três ou quatro esferas (sefirós) da Árvore da Vida da Cabala judaica.

 

 

 

CORRECÇÃO DO TESTE ESCRITO (COTADO PARA 20 VALORES)

1) A queda de Adão, que a bíblia apresenta como resultado de ter provado a maçã da árvore do conhecimento, consiste na perda do seu corpo glorioso, metade masculino metade feminino (Sofia, a sua parte feminina), que atravessaria as pedras e a matéria em geral: Deus tê-lo-ia expulsado do Paraíso Terrestre, na periferia do Pleroma ou mundo da Luz divina. Para evitar que Adão caísse no inferno de Lúcifer, no Kenoma ou mundo do Vazio, das trevas da matéria, Deus - ou segundo alguns; o demiurgo, um deus inferior - criou um mundo material com sete esferas planetárias, chamado Hebdómada  (a de Mercúrio, a de Vénus, a do Sol, a de Marte, a de Júpiter e a de Saturno) em redor da Terra onde ficou a viver Adão com a sua nova companheira, Eva, sujeitos às leis da matéria, da doemça e do envelhacimento e morte.  Ficou pois a haver três mundos: o Pleroma divino, a Hebdómada com a Terra no centro, e o Inferno de Lúcifer (VALE TRÊS VALORES).O templo cristão da idade média obedecia ao princípio hermético das correspondências «o que está em baixo é como o que está em cima, o microcosmo espelha o macrocosmo»: o templo é um microcosmo que espelha o macrocosmo, o corpo gigantesco de Cristo que atravessa o universo. Na planta da catedral, a  abside corresponde à cabeça de Cristo, o transepto aos braços abertos, o altar ao coração, as naves ao tronco e pernas. A catedral tinha a abside virada a Leste, onde nasce o Sol, símbolo de Cristo. A lei do uno diz que tudo se relaciona: Cristo com o Sol e com o templo em pedra, por exemplo. Outra expressão deste princípio é a correspondência entre a catedral e a natureza física envolvente: o altar equivale à montanha sagrada, as colunas às árvores, as abóbadas ao céu, as janelas de vitrais às estrelas e planetas, as paredes aos desfiladeiros, a pia baptismal aos lagos e mares (VALE  TRÊS VALORES). Solve e coagula é a divisa dos alquimistas (químicos metafísicos da antiguidade clássica e da idade média) e quer dizer dizer dissolver o masculino, sólido, o enxofre e coagular o feminino, líquido e gasoso, o mercúrio, a fim de obter o lapis ou pedra filosofal, vermelha. Os dois princípios de que os alquimistas falavam são o princípio masculino, representado pelo enxofre e pelo salitre, sólidos, designado de «homem vermelho» e o princípio feminino, o mercúrio filosófico, líquido e volátil, designado de «mulher branca». No taoísmo, yang significa princípio masculino, dilatação, calor, verão, vermelho, som e yin significa princípio feminino, contração, inverno, azul ou branco, silêncio. Embora o yang corresponda de modo geral ao enxofre e o yin ao mercúrio, a correspondência não é perfeita porque no taoísmo o sólido é o feminino e na alquimia o sólido é o masculino. O dogmatismo é a corrente filosófica que afirma existir certezas, expansão do conhecimento - nesse sentido pode equparar-se ao Yang e ao fluxo da onda - e o cepticismo é a posição filosófica que proclama a dúvida quase sobre tudo, contracção do conhecimento que se reduz ao visível e palpável imediato - neste sentido pode equiparar-se ao Yin e ao refluxo da onda(VALE TRÊS VALORES).

 

2- A) As quatro fases do processo alquímico e respectivas correspondências com a teoria de Pitágoras - esta é uma interpretação entre outras - são:

NIGREDO ou fase negra, da putefração do cadáver. A ave é o corvo. Pode equiparar-se ao ponto que em Pitágoras representava o número um (Do vazio veio um ponto).

ALBEDO ou fase branca, da separação das impurezas.A ave é o cisne. Pode equiparar-se à linha recta que representa o número dois e se forma da separação em dois do ponto, pontos que se vão afastando.

 

CITREDO ou fase amarela e polícroma. A ave é o pavão. Pode equiparar-se ao plano, número três segundo Pitágoras, que se formou quando um ponto se destaca da recta e . É esta multiplicidade, onde existe Sol e Lua, que irá originar o lapis da última fase.

 RUBEDO ou fase vermelha na qual se produz o lápis ou elixir da longa vida ou pedra filosofal que permite ao homem regressar ao estado adâmico, adquirir um corpo andrógino que atravessaria as pedras e a matéria densa e viveria no Paraíso Terrestre. A ave é o pelicano ou a fénix. Pode equiparar-se ao tetraedro ou pirâmide de três lados, porque este sólido é o mais completo dos arkhês.  (VALE QUATRO VALORES)

 

2-B) O imperativo categórico é a verdadeira lei moral em Kant, é formado na razão ou eu numénico, que se opõe aos instintos corporais e ao eu fenoménico ou inferior. Enuncia-se assim: «Age de modo a transformares a tua máxima em princípio universal, como se fosse uma lei universal da natureza que não beneficia em particular ninguém, nem sequer a ti mesmo». Este imperativo é formal e autónomo, varia de pessoa a pessoa no seu conteúdo concreto.

O princípio moral de Stuart Mill é o da maximização social do prazer: é bem promover a felicidade da maioria dos envolvidos numa situação, mesmo à custa da infelicidade da maioria ou do próprio autor da acção.

Teoricamente,  é imoral, na doutrina de Kant, expropriar 20 famílias que vivem em casas de um bairro que a câmara municipal da cidade quer destruir para aí fazer uma circular rodoviária exterior para satisfazer 20 000 famílias que vivem nessa cidade porque cada pessoa é um fim em si mesma e deve-se aplicar a todas a mesma lei. Mas segundo a ética de Stuart Mill seria legítimo destruir esse bairro porque o interesse da maioria (20 000 famílias) se sobrepõe ao interesse da maioria (20 famílias). Ainda que se classifique habitualmente a moral de Kant como «deontológica», centrada no dever («déon») e a de Mill como «teleológica», centrada nos resultados da acção, a verdade é que esta última é igualmente «deontológica» porque para Mill os fins não justificam qualquer meio, há princípios morais a respeitar. (VALE QUATRO VALORES)

 

C) A lei dialética da contradição principal consiste em reduzir um conjunto de contradições a uma só composta por dois blocos. Exemplo: na 2ª Guerra Mundial, a URSS aliou-se à Inglaterra, aos EUA, ao Canadá, Brasil e formaram o bloco dos Aliados, e a Alemanha aliou-se à Itália e Roménia fascistas e ao Japão formando o bloco do Eixo. A árvore da Vida, cabalística é composta por dez esferas ou sefirós que exprimem as qualidades conhecidas de Deus. A forma da árvore é um hexágono tendo por baixo um triângulo de vértice para baixo e no final, abaixo do triângulo,  uma esfera isolada. Podemos escolher três esferas, duas do lado direito da árvore - a Sabedoria (Hocmah) e a Misericórdia (Chesed) - e uma do lado esquerdo - a Justiça- Severidade (Gueburah).. Neste caso a Justiça, de um lado, opõe-se à Sabedoria e à Misericórdia, do outro. (VALE TRÊS VALORES)

  

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 19:39
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Reflexões circunstanciais...

Sismos em Portugal e grau...

Cátaros do século XXI: o ...

Reflexões de Outubro de 2...

Teologia cátaro-bogomila:...

Área 9º-10º do signo de T...

Neocátaros versus budismo...

Breves reflexões de Agost...

Teste de filosofia do 10º...

arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds