Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
David Icke: a Nobreza Negra de Veneza e os Illuminati

David Icke, o melhor historiador actual sobre a trama secreta illuminati que comanda o planeta, fala da Nobreza Negra que já na Idade Média e no Renascimento comandava a expansão marítima e territorial europeia e que incluía, certamente, o infante Dom Henrique. Diz, aliás, que as descobertas marítimas foram apenas redescobertas porque os mapas mundi com a configuração dos continentes já existiam desde há milhares de anos desenhados por raças extra e intraterrestres :

 

«Os Iluminati estão relacionados com a Élite Mundial por meio da Nobreza Negra, uma antiga agrupação de indivíduos de «raça pura». As suas sedes acham-se em Itália, especialmente em Veneza e Génova. Tanto João Cabotto (cujo nome verdadeiro era Giovanni Cabotto) como Cristovão Colombo viveram em Génova antes de "descobrir" diversas partes da América e com quatro anos de diferença um do outro. Numerosos investigadores afirmam hoje que outro Giovanni pertencia a uma das famílias da Nobreza Negra. Trata-se de Giovanni Agnelli, que durante muito tempo foi director da empresa Fiat até 1996, e membro destacado do Clube Bilderberg. A família Agnelli exerce uma grande influência em Itália e diz-se, meio a brincar, que a principal responsabilidade de qualquer primeiro ministro italiano é "dar brilho à maçã da porta de Agnelli". Giovanni Agnelli manteve uma relação - a quese deu muita publicidade - com Pamela Churchill, a neta de Winston, até que ela se casou com...Averell Harriman. Ela era uma das principais encarregadas de recolher fundos para Bill Clinton e foi embaixadora de Estados Unidos em Paris. A família Agnelli estava estreitamente relacionada com Mussolini, o ditador fascista, que nomeou senador vitalício o avô de Giovanni. Algumas famílias da Nobreza Negra em Veneza e Roma afirmam ter antepassados que se remontam ao imperador romano Justiniano, o homem que no ano 553 eliminou supostamente dos textos bíblicos toda a referência às reeencarnações.»

(David Icke, Y la Verdad os hará Libres, Ediciones Obelisco., Barcelona, Setembro de 2013, pp. 257-258; o destaque a bold é colocado por nós).

 

Sabe-se que o Clube de Bilderberg é um grupo de pensadores, políticos, milionários, directores de cadeias de televisão e de grupos multinacionais que conspira contra a liberdade dos povos, promove a União Europeia e constrói a Nova Ordem Mundial.   

 

 

       www.filosofar.blogs.sapo.pt

          f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 22:42
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 25 de Setembro de 2019
Icke, o melhor historiador mundial vivo, não andou na universidade

 

O melhor  historiador mundial vivo, David Icke (29 de Abril de 1952), nunca frequentou a universidade como aluno. E até brinca com esse facto: é um autodidacta, são os autodidactas, livres na investigação, quem impulsiona o conhecimento. As universidades, especialmente nas áreas da filosofia, história, sociologia, antropologia, estão contaminadas por uma visão errada do homem e da história. Elas valem muito pouco, atribuem mestrados e doutoramentos imerecidos a investigadores sectoriais, que escondem ou ignoram assuntos delicados que põem em causa a honestidade e o prestígio de políticos, catedráticos, directores dos media, magistrados ou milionários influentes. Manuel Cruz, investigador do movimento libertário no Porto no primeiro quartel do século XX, dizia-me há semanas: «Os júris universários em história querem impor-nos uma determinada interpretação nas teses que lhes submetemos, que não coincide com a nossa, nós que apresentamos os factos e suas ligações. O mal da universidade é o discurso "politicamente correcto" que estraga tudo...»

 

Embora não sendo hegeliano, David Icke conta nos seus livros a história mundial segundo uma perspectiva holística (holon= todo), à semelhança de Hegel que dizia que a história universal é o desdobramento da ideia absoluta (Deus) com retorno a si mesma: uma mesma organização, a Elite Mundial, diz Icke, dominada por seres híbridos,  travestida e subdividida em múltiplas monarquias, religiões, universidades e sistemas de ensino e doutrinação, partdos políticos de direita, centro e esquerda, orgãos de imprensa, grandes potentados económicos, etc., dirige os destinos da humanidade, eliminando as dissidências reais. Eis alguns apontamentos da historiografia que Icke desenvolveu, muito mais detalhada e corajosa do que os ensaios dos historiadores universitários positivistas ou antipositivistas.

 

A RAÇA HUMANA VEIO DE OUTRA CONSTELAÇÃO.

 

David Icke rejeita o darwinismo: o ser humano não proveio da evolução de um macaco superior hoje desaparecido. Escreveu:

«Estou convencido que a civilização humana não começou no planeta Terra, mas que chegou a este planeta procedente de outras partes da galáxia. Alguns dizem que os primeiros humanos da Terra vieram de uma estrela chamada Vega , situada a vinte e seis anos luz de aquí e de um tamanho três vezes maior que o Sol. É a estrela mais brilhante da constelação de Lira e a quinta mais brilhante do nosso céu. Onde quer que seja, creio que a raça humana veio de outra constelação e aproveitou a oportunidade para povoar e experimentar este magnífico planeta. A manipulação genética, tanto para fins bons como maus, continuou a praticar-se para fazer avançar as espécies ou para controlá-las, depende de qual fosse a ideia do momento. Naquelas épocas primitivas, creio que a natureza do corpo físico não era tão densa como o é hoje.»

 

(David Icke, Y la Verdad os hará Libres, Ediciones Obelisco., Barcelona, Setembro de 2013, pp. 37-38; o destaque a bold é colocado por nós).

 

Icke rejeita igualmente a teoria da superioridade de uma raça sobre as outras, doutrina não só defendida pelos nazis mas também pela Elite Mundial, que inclui George Bush, Hilary Clinton, Tony Blair, Angela Merkel, George Soros, a família Rotschild, os monarcas de "sangue azul", etc. Escreveu:

 

«A Planned Parenthood Federation ("Federação para o Planeamento Familiar") a que George Bush e a Elite deram o seu apoio sempre que puderam, criou-se em Londres, nas oficinas da Eugenics Society britânica. Apesar de os nomes mudarem e de a retórica se expressar nos termos mais aceites entre a opinião pública do momento, trata-se do mesmo programa inquebrantável que abre caminho através de décadas e gerações. A Alemanha nazi não foi mais que o seu exemplo mais famoso. A centralização mundial de poderes, o controlo da mente e do corpo da população e a criação de uma raça superior são os assuntos que abarcaram séculos e continuam a dominar o plano secreto da actualidade que manipula as nossas vidas.»

«Quantas pessoas neste mundo crêem que a sua raça é superior ao resto? O número é tão grande que não posso sequer concebê-lo.»

 

(David Icke, Y la Verdad os hará Libres, Ediciones Obelisco., Barcelona, Setembro de 2013, pág. 197; o destaque a bold é colocado por nós).

 

A NOVA ORDEM MUNDIAL É UM ESTADO FASCISTA MUNDIAL

 

Icke denuncia a Nova Ordem Mundial como a construção de um Estado fascista mundial, a sinarquia, governo mundial único com aparências democráticas. Ora quantos são os catedráticos e professores agregados de história, filosofia e política nas universidades capazes de sustentar esta posição de denúncia? O Estado ou os reitores de universidades privadas expulsá-los-iam dos seus lugares de docência . Por isso calam, temem a censura dos superiores na hierarquia e censuram os alunos que se aventuram pela livre investigação.

 

«O plano para a Nova Ordem Mundial e o controlo do mundo alcançou uma nova fase com a aparição do "dinheiro que não vale nada". Trata-se do processo mediante o qual o banco empresta dinheiro que não existe (com o crédito)e cobra juros por isso. Se dou a alguém algo que não existe e lhe peço que pague por isso, possivelmente consideraria a ideia de chamar a polícia. Se lhe dou algo que não existe e lhe digo que se não me paga o levarei a julgamento e lhe tirarei as propriedades, diria que vivemos em um mundo fascista. Sem embargo, isso que acabo de descrever é o sistema bancário do mundo e o meio através do qual tanto as pessoas como os governos estão afogados em dívidas. E a que equivale a dívida? A controlo.»

 

«Alguns dos primeiros banqueiros do Ocidente foram os cavaleiros templários, que receberam grandes riquezas dos cristãos que apoiaram as cruzadas e de legados de pessoas que, em muitos casos, esperavam comprar um lugar no paraíso. Em todos os países em que se instalaram foram a organização mais endinheirada, e os seus templos de Paris e Londres converteram-se em centros financeiros. Finalmente, o rei Filipe IV de França e o papa Clemente acabaram com os templários e roubaram-lhes as fortunas para pagar dívidas e como disse em The Robots Rebellion, possivelmente também por outros motivos. Jacques de Molay, grão mestre dos templários, foi queimado na fogueira, de modo que a ordem foi para a clandestinidade para continuar a colaborar secretamente com outras organizações. Os cristãos proibiam estritamente a usura (a cobrança de juros pelos empréstimos) mas à medida que passaram os séculos esqueceram isso e assim começou a desenvolver-se o sistema bancário que hoje controla a humanidade

 

(David Icke, Y la Verdad os hará Libres, Ediciones Obelisco., Barcelona, Setembro de 2013, pág.69; o destaque a bold é nosso).

 

«Hoje em dia o Banco de Inglaterra continua a ser o feudo da Elite Mundial. Segundo Gertrude Elias, o banco colaborou com o líder sionista lord Bearsted, de Royal Durch Shell, para concretizar a transferência de bens dos sionistas alemães para a Palestina. Estas transferências ajudaram a reconstruir a economia do estado embrionário sionista. Elias acrescenta: " Foram a classe privilegiada de exilados,enquanto que aos judeus que não tinham nenhuma propriedade negou-se-lhes asilo e se os anulou no holocausto". Creio que tudo isto o calculou friamente a elite de "judeus" por motivos que abordarei no seu devido momento».

 

«Não desejo aborrecer o leitor com grande quantidade de detalhes , mas sim, quero deixar claro que é demonstrável que a Segunda Guerra Mundial e a ascensão de Hitler ao poder foram obra da Elite da Grã Bretanha e dos Estados Unidos.»

 

(David Icke, Y la Verdad os hará Libres, Ediciones Obelisco., Barcelona, Setembro de 2013, pág.140; o destaque a bold é nosso).

 

QUEM SE METE COM BILL CLINTON É ASSASSINADO

 

A análise detalhada da vida dos "grandes homens" de estado e não apenas das correntes político-culturais em que se inserem é um método historiográfico de Icke: alia o particular ao universal. Tome-se, por exemplo, o caso do ex presidente Bill Clinton. William Jeferson Clinton, nascido em 19 de Agosto de 1946, em Hope, EUA, é, segundo Icke, um ser híbrido, com ADN humano e reptiliano, capaz, portanto, de cometer e inspirar crimes nefandos. Sobre ele escreveu, indo mais longe que a quase totalidade dos historiadores:

 

«A John Wilson, um autarca de Washington que segundo parece planeava expor a roupa suja de Clinton, encontraram-no enforcado em 1993. O veredicto foi: "suicídio". (...) C. Victor Raider era copresidente da campanha presidencial de Clinton mas entrou em conflito com este. Raider e o seu filho Montgomery morreram ao despenhar-se o seu pequeno avião. Herschel Friday era um membro do comité de Raider e um piloto com experiência. Morreu ao explodir o seu avião. O dentista Ronald Rogers ia falar com um jornalista sobre Clinton quando o seu avião se esmagou em um dia sem nuvens no céu. Luther "Jerry" Park, de Little Rock, tinha compilado um estudo sobre as actividades sexuais de Bush. Clinton devia-lhe 81.000 dólares por lhe ter proporcionado escoltas durante a sua campanha presidencial e, segundo a mulher de Parks, este tinha ameaçado revelar a informação que tinha se não lhe pagava. Parks foi assassinado com arma de fogo em 26 de Setembro de 1993. Seu filho, Gary Parks, disse que seu pai tinha nomes, datas, lugares, etc., sobre as relações de Clinton. Disse que, além do mais, tinha detalhes sobre a adição de Clinton e de seu irmão Roger às drogas. Pouco antes do assassinato do seu pai, alguém cortou a linha telefónica de sua casa, desactivou o sistema de segurança e roubou os arquivos sobre Clinton. No Arkansas, é proibido praticar a autópsia a alguém quando se decretou que foi um suicídio inclusive ainda que as provas apontem para um assassinato. Bill Clinton introduziu esta lei em um dos seus últimos actos como governador.»

 

(David Icke, Y la Verdad os hará Libres, Ediciones Obelisco., Barcelona, Setembro de 2013, pp.457-458; o destaque a bold é colocado por nós).

 

É evidente que David Icke não sabe tudo sobre História: ele subvaloriza o determinismo planetário, não conhece a astrologia histórica (as leis planetário-zodiacais que geram os comportamentos humanos), e sobrevaloriza a criação da realidade a partir da transformação mental das nossas mentes (idealismo) aprisionadas pelo medo gerado pelos Guardiães do Cárcere. Mas é um historiador e filósofo incontornável, de grande originalidade e valor.

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS. É o melhor dicionário nesta área, existente no mercado, segundo muitas opiniões de docentes de filosofia.

 

       www.filosofar.blogs.sapo.pt

          f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 05:14
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 30 de Agosto de 2019
David Icke: O Pentagrama, a Igreja Mórmon e os Illuminati

 

O pentagrama ou estrela de cinco pontas é um símbolo. Encontra-se na bandeira de muitos partidos políticos: o Bloco de Esquerda, o Bloco Nacionalista Galego, a Esquerda Republicana da Catalunha, etc. Segundo David Icke,  o pentagrama é mais do que um símbolo, é uma chave de abrir potais interdimensionais que fazem aceder o demónio e entidades reptilianas ao nosso mundo físico. Destaca os vínculos entre os símbolos illuminati, a igreja mórmon fundada por Joe Smith e a maçonaria. Escreve Icke:

 

«Os edifícios mórmones estão adornados com símbolos Illuminati. O pentagrama invertido, o símbolo satânico mais notório, pode encontrar-se no templo de Salt Lake City, perto do Museu mórmon e em outras propriedades mórmones, O pentagrama usa-se em rituais satânicos para convocar os demónios e, na sua forma invertida, diz-se que é o signo de "Satanás", a Cabra de Mendes ou Bafomet. Trata-se da deidade de cuja adoração se acusou os cavaleiros templários quando foram purgados em França em 1307. Onde quer que alguiém se depare com operações satânicas Illuminati, os símbolos do Sol e da Lua ocupam um lugar destacado, O templo mórmon de Nauvoo incluía trinta pedras de duas toneladas e meia que representavam o Sol radiante e trinta pedras da Lua antes de se destruir o edifício. Smith disse que a pedra do Sol simbolizava o "Reino Celestial" mórmon, outro roubo da Maçonaria. No templo de Salt Lake Citypodem encontrar-se pedras solares, lunares, de Saturno, das estrelas e um retrato da Ursa Maior, Também está o olho que tudo vê dos Illuminati, um dos seus símbolos mais evidentes. Os mormones utilizam o símbolo da colmeia, um símbolo da linhagem merovíngia. (...) A colmeia é mais simbólica da antiga deusa Artemísia, também chamada Diana. O templo de Salt Lake City está construído com granito, uma pedra usada em todas as épocas para construir templos nos nodos da Terra para iniciações esotéricas. (...) Joseph Smith usava um medalhão de uma pomba que lho deu a loja maçónica inglesa e a pomba é o simbolismo Illuminati da rainha Semiramis (El), a divindade feminina na sua trindade babilónica, e das rainhas dragão. Actualmente os mórmones, ao ser um importante ramo dos Illuminati, têm uma forte influência em Washington».

 

(David Icke, Hijos de  matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 462.-463 o bold é colocado por nós).

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA, DIALÉTICA E EQUÍVOCOS DOS FILÓSOFOS», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:48
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 1 de Agosto de 2019
David Icke: os professores, cientistas e médicos servem os Illuminati

 

David Icke (29 de Abril de 1952, Reino Unido), o famoso teórico de uma das mais avançadas teorias da conspiração, a da existência de híbridos, reptilianos com forma humana, na pele de monarcas, presidentes da república, chefes de governos e de bancadas parlamentares, de bancos, presidentes de grandes grupos da indústria e do comércio e cadeias de rádio e televisão, líderes religiosos, a reger a humanidade construindo a Nova Ordem Mundial, escreveu:

 

«Instintivamente, soube desde uma idade muito precoce que as escolas eram lugares onde se elaboravam e afinavam os clones do futuro. Fui, portanto, um rebelde desde o começo. Nunca passei em um exame importante da escola (nunca fiz nenhum), nunca fui à escola secundária e à universidade, e fiz a minha aprendizagem por mimha conta e nos meus prazos. Os professores são guardiães cruciais para os illuminati, especialmente porque, por minha experiência, a grande maioria está incrivelmente desinformada sobre o resto do mundo. A maior parte só sabe o que a condicionaram a saber. Os professores, os cientistas, os médicos e os políticos informados são a última coisa que a Matrix deseja. Estar informado sobre o que está ocorrendo não é boa jogada profissional. Aqueles professores que estão informados e compreendem que o sistema é uma máquina de doutrinação podem explicar-nos as consequências de ter tentado desafiá-lo. O sistema "educativo" é uma correia transportadora bem oleada que aspira em uma extremidade as mentes virgens e as converte em adultos programados na outra extremidade. Há alguns que sobrevivem com os seus processos de pensamento intactos mas são muito poucos.»

 

(David Icke, Hijos de  Matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 576-577; o bold é colocado por nós).

 

Quantos professores de biologia e filosofia denunciam a vacinação como uma prática absurda assente na ideia não comprovada de que um agente de doença, vírus ou toxina, introduzido no sangue humano "ensina" o organismo a defender-se contra futuras doenças? Quase nenhuns.

 

Quantos professores denunciam o controlo da informação, a censura oculta fascista, que se exerce na televisão, na rádio, na grande imprensa escrita e nas universidades onde é proibido debater o determinismo planetário na evolução das sociedades, a astrologia histórica, onde é proibido debater os efeitos nocivos da vacinação ? Muito poucos. A maioria é um rebanho que reproduz a ideologia dominante. Vivemos numa pseudo democracia, na Matriz ou realidade ilusória manipulada pelos senhores do mundo, os illuminati (George Soros, David Rockfeller, George Bush, Bill Clinton, rainha de Inglaterra, David Cameron, Tony Blair, Pierre Trudeau, Filipe VI de Espanha, etc.).

 

E quanto ao facto do ambiente universitário em Portugal estar condicionado basta dar este exemplo: a Lekton, portal informático que noticia o lançamento de livros de filosofia, de cursos e colóquicos universitários proibiu divulgar o nosso «Dicionário de Fiulosofia e Ontologia» porque este é dissidente do ensino oficial e coloca em causa o valor de filósofos famosos e autores de manuais escolares. Que é isto senão fascismo epistémico, fascismo em nome da «ciência» e da «autoridade da cátedra universitária»?

 

É ridículo que os catedráticos de filosofia, história e sociologia não conheçam a posição de Júpiter e outros planetas em cada dia do ano e ignorem, por exemplo, que em 25 de Abril de 1983, quando Júpiter estava em 9º do signo de Sagitário, o PS de Mário Soares venceu as eleições legislativas em Portugal e que em 1 de Outubro de 1995, quando Júpiter estava em 10º do signo de Sagitário, o PS de António Guterres venceu as legislativas em Portugal e que isso permita induzir que em 6 de Outubro de 2019, com Júpiter em 18º-19º do signo de Sagitário, o PS de António Costa vença as eleições legislativas.

 

E são isto inteligências universitárias? Merecem títulos de doutoramento quando não vêem a realidade óbvia e censuram?

 

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA, DIALÉTICA E EQUÍVOCOS DOS FILÓSOFOS», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:05
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Julho de 2019
Áreas 21º-22º de Caranguejo e 16º-18º de Capricórnio: triunfos de Portugal em finais

 

A vitória de Portugal sobre a Argentina na final do campeonato mundial de hóquei em patins, em 14 de Julho de 2019, estava escrita no Zodíaco como aliás tudo o que sucedeu e sucederá. Comparando esta recente vitória com o triunfo de Portugal no campeonato mundial de futebol sub-19 sobre o Brasil, em 30 de Junho de 1991, e com o triunfo de Portugal na final no campeonato da Europa, em 10 de Julho de 2016, encontramos pelo menos dois traços astronómicos em comum: a presença do Sol ou de um planeta na área 21º-22º do signo de Caranguejo e a presença de um planeta e Nodo da Lua na área 16º-18º do signo de Capricórnio. 

 

Em 30 de Junho de 1991, com Mercúrio em 22º 13´/ 24º 6´de Caranguejo,  Neptuno em 15º 36´/ 15º 34´ de Capricórnio, Nodo Norte da Lua em 18º 55´ de Capricórnio, Marte em 20º 32´/ 21º 8´ de Leão, Portugal torna-se campeão do mundo de futebol sub-21 ao vencer por grandes penalidades (4-2) o Brasil, após prolongamento com 0-0, no estádio da Luz; em 10 de Julho de 2016, com , Mercúrio em 21º 35´/ 23º 43´ de Caranguejo, Plutão em 16º 9´/ 16º 8´ de Capricórnio,  Portugal sagra-se campeão europeu de futebol ao vencer por 1-0 na final, em Paris; em 14 de Julho de 2019, com Sol em 21º 18´/ 22º 15´ de Caranguejo, Saturno em 16º 54´ / 16º 50´ de Capricórnio, Nodo Sul da Lua em 17º 39´ de Capricórnio, Marte em 7º 39´/ 8º 17´ de Leão, Portugal sagra-se campeão mundial de hóquei em patins ao vencer nas grandes penalidades a Argentina após um 0-0, em Barcelona.

 

Se compararmos com a final europeia que Portugal perdeu em 2004, verificamos que Saturno estava em 16º do signo de Caranguejo, ponto oposto (a 180º exactos) da posição que tem em 14 de Julho de 2019.

 

Em 4 de Julho de 2019, com Saturno em 16º 13´/ 16º 21´de Caranguejo, Marte em 6º 23´/ 6º 1´ de Leão, a Grécia vence por 1-0 Portugal na final do campeonato europeu de futebol, em Lisboa.

 

Note-se que a posição de Marte em 7º de Leão é praticamente a mesma na derrota de Portugal ante a Grécia em 2004 e no triunfo de Portugal face à Argentina em 2019 e é diferente, embora no mesmo signo Zodiacal, no triunfo sobre o Brasil em Junho de 1991. Significará Marte no signo de Leão que Portugal disputa uma final em desporto?

 

Que dizem disto os editores de jornais em papel, de telejornais, os astrónomos, os professores de filosofia e história do ensino secundário,  os catedráticos em geral, os governantes, o presidente da república? Nada. Não podem negar factos. Apenas fazem silenciar. Honestidade? Não é com muitos deles - os outros são honestos mas ignorantes. Vivemos sob uma ditadura encapotada: convém aos senhores do mundo, os illuminati-anunnaki,  não revelar às massas as leis da predestinação astronómico-social. Nenhum debate público com audiência de milhões de pessoas é permitido. Só os pseudo astrólogos e os semi astrólogos tradicionais podem ir à televisão dizer banalidades alheias à astrologia histórica científica.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 09:58
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 4 de Março de 2019
Sismos em Portugal e grau 24 de qualquer signo zodiacal

Há leis planetário-zodiacais que regem a eclosão de sismos notáveis em Portugal e no mundo. Uma dessas leis é a seguinte: a passagem de um planeta ou Nodo da Lua, sobretudo em movimento lento, no  grau 24 de qualquer signo zodiacal, é condição necessária mas não bastante para suscitar um sismo notável em Portugal continental ou insular.

 

Em 9 de Março de 1859, com Neptuno em 24º 19´/ 24º 21´ de Peixes, um violento tremor de terra sacudiu o Algarve, em especial Vila Real de Santo António.

 

Em 23 de Abril de 1909, com Plutão em 24º 11´do signo de Gémeos, cerca das 17 horas e 40 minutos, um abalo de terra abala toda a região do vale inferior do rio Tejo, afectando Lisboa, Évora, Coimbra, Tavira e destruindo por completo a vila de Benavente e parcialmente Salvaterra de Magos, Samora Correia e Santo Estevão, com um saldo de 46 mortos e 75 feridos nesta zona ribatejana.

 

Em 16 de Junho de 1910, com Úrano em 24º 24´/ 24º 22´do signo de Capricórnio, regista-se um abalo de terra no Algarve.

 

Em 31 de Agosto de 1926, com Neptuno em 24º 59´/ 25º 1´ de Leão, pelas 8 h 40 min (hora local) a ilha do Faial foi sacudida por um violento sismo com epicentro no canal Faial - Pico com uma intensidade estimada de Mb=5,3-5,9, atingindo grau X da Escala de Mercalli na zona norte da cidade da Horta (freguesia da Conceição) e provocando 9 mortos, mais de 200 feridos e destruição generalizada do património construído da cidade da Horta, sendo derrubadas, total ou parcialmente, 4 138 casas, sendo a maior devastação na freguesia citadina da Conceição e nas freguesias rurais de Praia do Almoxarife (onde das 220 casas apenas 16 ficaram habitáveis), Flamengos, Feteira e Castelo Branco  e na zona compreendida entre a Lomba do Pilar e o Salão.

 

Em 26 de Dezembro de 1962, com Marte em 27º 48´/ 27º 47´ de Leão, eclode um sismo em Portugal de magnitude 5,7 Richter com epicentro na falha da Nazaré;

 

Em 28 de Fevereiro de 1969, com Plutão em 24º 10´/  24º 9´ do signo de Virgem, às 3h41, eclode um sismo de magnitude de 7.9 na escala de Richter com epicentro no mar a 230 quilómetros a sudoeste de Lisboa e ao largo do cabo de São Vicente, matando 13 pessoas e ferindo 58 outras, sendo o Algarve a zona mais afectada com a queda de mais de 20 casas em Bensafrim, a destruição de 400 casas no concelho de Vila do Bispo, a queda de inúmeras chaminés de edifícios e paredes pouco consolidadas, gerando a destruição de veículos estacionados, em Lisboa, e vítimas em Marrocos sentindo-se o sismo em Bordéus e nas ilhas Canárias.

 

Em 1 de Janeiro de 1980, com Úrano em 24º 3´/ 6´ do signo de Escorpião, um sismo provoca 61 mortos e numerosas derrocadas nas ilhas açorianas Terceira, Graciosa e São Jorge.

 

Em 8 de Fevereiro de 1990, com Mercúrio em 24º 44´/25º 59´ de Capricórnio, pelas 15.45 horas, um sismo de magnitude 4,5 na escala de Richter sacode a região de Lisboa, com epicentro a 350 quilómetros da capital.

 

Em 24 de Setembro de 1994, com Marte em 23º 51´/ 24º 26´do signo de Caranguejo, pelas 13 horas, um sismo de magnitude 4 na escala de Richter sacode parte do Algarve, suscitando algum pânico entre Faro e Olhão.

 

Em 2 de Agosto de 1995, com Saturno em 24º 10´/ 24º 8´ de Peixes, dá-se um sismo 3,4 na escala de Richter. com epicentro localizado a cerca de 20 Km de Arraiolos.

 

Em 31 de Março de 1998, com Vénus em 23º 37´/ 24º 38´ de Aquário, pela 1 hora e 1 minuto da madrugada, um sismo com magnitude 4 na escala de Richter abala a zona de Chaves, Mirandela e a província galega de Lugo.

 

Em 3 de Janeiro de 2005, com Saturno em 24º 46´/ 44´ de Caranguejo, às 11.34 horas, eclode um sismo de magnitude 4,1 na escala de Richter com epicentro no mar 40 quilómetros a sul de Olhão, sentido em áreas do Algarve como Faro e Albufeira.

 

Em 11 de Janeiro de 2005, com Saturno em 24º 7´/  24º 2´ de Caranguejo, às 9.29 horas, um sismo de magnitude 3,8 na escala de Richter abala Santiago do Escoural, Montemor-o-Novo, Viana do Alentejo, Évora e a zona lisboeta de Santa Apolónia.

 

Em 15 de Janeiro de 2018, com Úrano em 24º 38´/ 24º 39´ de Carneiro, às 11.51 horas, um sismo de 4,9 na escala de Richter com epicentro a 16 quilómetros de Arraiolos abala fortemente esta vila do distrito de Évora causando fissuras na escola Cunha Rivera e abala Portugal num raio de 270 quilómetros em redor, sentindo-se em Évora, Beja, Lisboa, Algarve, Ribatejo e Norte de Portugal.

 

 Em 24 de Janeiro de 2018, com Úrano em 24º 46´/ 24º 47´ de Carneiro, Mercúrio em 18º 16´/19º 47´ de Capricórnio, às 5h46 ocorre um sismo de magnitude 3,1 na escala de Richter com epicentro a cerca de oito quilómetros a nordeste de Almodóvar, distrito de Beja.

 

Algumas das próximas datas em que poderá ocorrer um sismo forte em Portugal são: de 11 a 24 de Março de 2019 ( Nodo Norte da Lua em 25º 2´/ 23º 53´ de Caranguejo); de 26 de Março a  25 de Abril de 2019 (Júpiter de 24º 1´/24º 21´/ 24º 0´ de Sagitário); de 6 a 8 de Maio de 2019 (Marte em 24º de Gémeos); de 22 a 24 de Junho de 2019 (Marte em 24º de Caranguejo); de 8 a 10 de Agosto de 2019 (Marte em 24º de Leão): de 24 a 26 de Setembro de 2019 (Marte em 24º de Virgem).

 

Por que razão este tipo de cálculos não é divulgado nos jornais, revistas e fóruns televisivos e nos currículos das universidades? Porque os illuminati, esse círculo de poderosos que governam o mundo e dominam as universidades, as cadeias de televisão, os jornais principais, os centros de ciência como o de Máximo Ferreira, arqui inimigo da ciência dos astros, querem que o povo permaneça ignorante e sujeito às catástrofes como convém a Lúcifer, o sanguinário príncipe deste mundo.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:46
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 28 de Março de 2018
Campanhas de vacinação: máfia médica da Organização Mundial de Saúde

A campanha que os grandes orgãos de comunicação conduzem a favor da vacinação visa enfraquecer a população e reduzi-la pois as vacinas, como caldos de vírus e toxinas, causam inúmeras doenças em organismos humanos que tinham saúde. Não te vacines, nem vacines os teus filhos! Vacinar-se é seguir o fascismo médico e encurtar a vida! A televisão mente e manipula a opinião pública. E não permite o contraditório, a discussão livre em programas televisivos. Só mentes obscurecidas, como as dos «cientistas», académicos e governantes, acreditam que as vacinas, que são infeções, «pequenas» doenças, previnem as doenças... A Direção Geral de Saúde, ao serviço da Nova Ordem Mundial dos transumanistas reptilóides ou annunaki, é desmentida por David Icke que escreve o seguinte:

 

«A doutora Guylane Lanctor expõe a realidade das vacinas no seu livro "A mafia médica". Afirma que as vacinas repetidas extenuam o sistema imunitário e expõem as pessoas a todo o tipo de doenças que as doenças do organismo repeliriam com normalidade. E numerosos estudos mostraram que as doenças estavam a descer a pique antes de que se introduzisse a vacina. Ian Sinclair, um investigador australiano, documentou as mentiras que se escondem atrás da vacinação em uma série de livros e artigos como "Health: The only Immunity". Afirma ter descoberto o seguinte:

 

- Provas gráficas e estatísticas mostraram que mais de 90 % da diminuição da taxa de mortalidade por doenças infeciosas ocorreu antes de que começasse a vacinação. Todas as revistas de medicina reconheceram que esta diminuição se devia a melhoras da saúde, da higiene, uma melhor nutrição e nível de vida. Por outras palavras, a vacina não era responsável por se ter eliminado as doenças infeciosas.
- Um ensaio com a vacina da tuberculose na Índia no qual participaram mais de 260 000 indianos deu como resultado mais casos de tuberculose entre os vacinados do que entre os não vacinados.» (...)

As consequências da vacinação para a saúde, tanto a longo como a curto prazo, são espantosas. Mas servem perfeitamente os Illuminati porque conseguem os efeitos mentais e de saúde que desejam para a população que querem controlar. Pensemos outra vez na pirâmide. Os que estão em cima, as linhagens annunaki, criaram e controlam a Organização Mundial de Saúde, que apoia mediante as suas declarações o plano dos Illuminati e suas empresas farmacêuticas». (David Icke, Hijos de Matrix, Ediciones Obelisco, pp 521-522).

 

Onde estão os filósofos que denunciam a vacinação? Estão fora das universidades porque a lecionação nestas está capturada por bandos de arrivistas, servos do poder global illuminati, que querem fazer carreira descansados, «sem política». Estão fora do ensino secundário, salvo raras excepções, porque o espírito de carneirada e a falta de intuição holística imperam em muitos grupos de professores de filosofia, biologia, etc.

 

 www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:39
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 16 de Março de 2018
As mentiras de Graça Freitas sobre a vacinação

Graças Freitas, directora geral de Saúde em Portugal, anuncia, fanaticamente, na televisão em 15 de Março de 2018 que é imperioso vacinar toda a gente «para que o vírus não circule». Ora as vacinas, de um modo geral, já são caldos de vÍrus.. estes circulam por todo o país com a vacinação. Entretanto noticia-se que há 21 casos de sarampo no norte de Portugal E METADE DESSES CASOS OCORRE EM PESSOAS VACINADAS... «CONTRA O SARAMPO». Convém dizer que o sarampo é uma doença defensiva, uma defesa inteligente do organismo que pretende libertar-se, através da pele, de toxinas acumuladas e que introduzir o vírus do sarampo é, segundo o professor J.Tissot, introduzir a fase crónica do sarampo, a fase surda e oculta da doença, no organismo.

 

Vê-se por estes dados - cerca de 10 doentes que contrairam sarampo tinham sido vacinados - que a vacina não imuniza, não impede o sarampo mas Graça Freitas evita explicar isso, limita-se a fazer a propaganda a favor das multinacionais farmacêuticas que fabricam as vacinas e as vendem aos Estados num negócio rendoso de milhões. Uma propaganda que lembra os métodos de propaganda dos nazis: «Se queres ter saúde, tens de infectar-te com o vírus da vacina, não há métodos alternativos...» Mentira, só mentira da Organização Mundial de Saúde, que serve os illuminati, os poderosos que dirigem a Nova Ordem Mundial. Estes querem enfraquecer a população mundial, reduzi-la e com a injeção da vacina introduzir, em muitos casos, minúsculos microchips no corpo das pessoas para fabricar cidadãos obedientes, controlados mentalmente.

 

Desmentindo Graça Freitas, directora geral da Saúde, e Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, que pressionam no sentido da vacinação obrigatória e atribuem o aparecimento de casos de sarampo a pessoas incompletamente vacinadas, Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, declarou em 16 de Março de 2018: «Há profissionais de saúde infectados que tinham tomado as duas doses da vacina do sarampo..» . Por aqui se vê que vacinar não imuniza, é uma superstição nociva ao organismo, não tem fundamento científico.Os médicos são manipulados, todos somos manipulados pelos mentirosos e irracionais defensores da VACINAÇÃO ou infeção do corpo por vacinas FEITAS DE PUS E VÍRUS DE ANIMAIS DOENTES...

 

Em 17 de Março de 2018, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defende que, apesar de não ser obrigatória, a vacinação é “fundamental”, apelando a que os portugueses façam a vacina contra o sarampo, sobretudo crianças e jovens. É lamentável a falta de racionalidade de Marcelo apelando à infeção de milhões de pessoas, em especial dos jovens, por vírus e toxinas contidas nas vacinas... E o Bloco de Esquerda e o Partido Animais Natureza porque se calam quando deveriam denunciar a vacinação em massa, arma da medicina capitalista que não ensina os trabalhadores a evitar as doenças usando sumos de limão e laranja naturais, suprimindo o açúcar, o sal e as carnes vermelhas, etc.? Marcelo serve objectivamente os illuminati, os altos maçons satanistas que inspiram a vacinação das populações...

 

Não tenhamos ilusões. Os tipos que controlam os programas de saúde a nível mundial, incluindo a vacinação, são gente má, falsa, gananciosa, sem consciência ética socialmente elevada.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:54
link do post | comentar | favorito

Sábado, 10 de Março de 2018
Do fascismo nacionalista de Salazar ao eurofascismo

Em 30 anos, de 1974 a 2004,  passamos do fascismo nacionalista e católico de Salazar ao eurofascismo anti-nacional da União Europeia.  Não há meio termo. Do 8 oscila-se para o 80. De ano a ano, o federalismo europeu avança, uniformizando tudo. A Alemanha de Hitler, sem campos de extermínio, renasce na Alemanha de Merkel e de Schultz. A UE é já um estado fascista brando que persegue os patriotas anti UE rotulando-os de "extrema-direita", absorve milhões de imigrantes islâmicos para destruir as identidades nacionais da Itália, Suécia, França, etc. e esse fascismo unitário está presente na forma como silencia ou ignora, de Outubro de 2017 ao momento presente, os desejos de independência dos catalães.O PCP mantém uma correcta exigência de saída de Portugal da UE. O BE tem uma posição ambígua a este respeito, fruto da sua visão trotskista original de revolução em permanente expansão a outros países.

 

 

Tanto António Costa como Rui Rio, Durão Barroso, António José Seguro, António Barreto, Ferro Rodrigues, Marcelo Rebelo de Sousa, Paulo Portas, Jorge Sampaio, Manuela Ferreira Leite, Santana Lopes, José Sócrates, Ricardo Salgado e outros são membros do Clube de Bilderberg, um dos tentáculos dos Illuminati que lutam por um governo mundial único, uma ditadura fascista global colorida de "regionalismos". Votar neles é que os Illuminati querem...São políticos marionetas dos banqueiros e das elites político-financeiras transnacionais.

 

Quase todos os  professores de filosofia, de sociologia, de história, de política, os jornalistas e comentadores em geral, de Pacheco Pereira a António José Teixeira, de José Manuel Fernandes a António Vitorino, não denunciam nem discutem o carácter progressivamente fascista da União Europeia, um novo império romano, cuja génese está no tratado de Roma de Março de 1957. Todos são vozes «diferentes» do mesmo Big Brother, do mesmo patrão. A ditadura comunista na China não é, no essencial, muito distinta da ditadura "democrática" da União Europeia: em ambas os opositores são censurados, silenciados e por vezes assassinados a tiro. O MI5, espionagem britânica, e a CIA assassinam cidadãos «perigosos» que denunciam o sistema capitalista global, promotor das guerras do tráfico de drogas, etc.

 

«São os grupos (NOTA NOSSA: dos Illuminati, supremos maçons satanistas globalizadores) os responsáveis da aparição do estado fascista centralizado chamado União Europeia». (David Icke, Hijos de Matrix, pag 483).

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Domingo, 4 de Março de 2018
Waddell e Icke: Thor, deus nórdico, exterminador dos reptilianos

David Icke (29 de Abril de 1952) perfilha o ponto de vista do investigador Laurence Austine Waddell (1854-1938), coronel do exército, antiquário inglês, poliglota, autor do livro The British Edda (Christian Book Club, California, 1929), sobre as origens da raça ariana e sobre a  Edda ou Jardim do Éden. Waddell é o  autor da tese da luta em tempos primordiais entre a raça nórdica e a raça reptiliana da deusa Serpente que controla múltiplas organizações como os Illuminati, a irmandade da Babilónia,  as igrejas católica romana e católica ortodoxa, as igrejas protestantes, os cátaros, etc. Waddell salientou o papel do deus nórdico Thor, representado com o aspecto de um camponês munido de um martelo, campeão da luta contra as serpentes e os reptilianos.

 

«Waddell mostra uma série de provas para confirmar que o deus hindú Indra e o europeu Thor, do qual se origina a palavra Thursday (quinta feira) ou "Thors-day" (dia de Thor) são a mesma pessoa ou deidade. Também diz que a lenda de Thor é a origem das lendas do rei Artur. Thor é conhecido na Edda pelo nome de Her-Thor, que se converteu em Ar-Thur. Tanto Her como Ar procedem da mesma raíz semântica...ária. A neblina ainda se aclarou mais quando Waddell observou que o nome do primeiro rei ário dos sumérios na antiga Mesoptâmia respondia ao nome de Indara, In Dur, In-Tur ou rei Tur. Isto, diz Waddell, mais tarde se converteu em Thor no norte da Europa e em Prometeu para os gregos. Indara era o fundador tradicional da civilização e foi deificado pelos sumérios. Dizia-se que tinha derrotado os demónios e vencido a serpente-dragão e aos "gigantes" e os seus títulos sumérios são idênticos nos escritos sumérios e na Edda onde aparece com os nomes de Eindri ou Thor. Como Thor, Indara também aparecia retratado com um martelo pelos sumérios. »

 

(David Icke, Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 232; o bold é colocado por nós).

 

«A Edda conta a história de como Thor-Indara liderou uma batalha constante contra o culto à serpente. O texto equipara «São Jorge», o vencedor dos dragões de Capadocia (Turquia), com o deus europeu Thor, que também foi um "vencedor de dragões".De ambos se dizia que tinham lutado contra os "dragões serpente do abismo" (os seus sistemas e bases de cavernas subterrâneas?). Na Edda, os seguidores do culto da serpente praticam sacrifícios humanos e bebem sangue. É a mesma história e outra vez encontramos a questão dos nórdicos ou ários em conflito com gente serpente.A Edda explica que havia três líderes principais deste culto da serpente: a deusa serpente, chamada El; o seu consorte, o ser masculino Wodan (Votan era o deus atlante do fogo); e o seu filho, Baldr ou Balder. Trata-se da "trindade" da serpente formada por mãe-pai-filho.» (ibid, pág.235; o bold é posto por nós).(...)

 

«As traduções de Waddell da Edda falam de como Thor, o "vencedor de dragões", fundou a sua capital em Capadócia fazendo-se chamar "São Jorge da Cruz Vermelha" e esta é a origem de Jorge de Capadocia, mais tarde de Inglaterra. Tratava-se de Thor/ Indara  outra vez, diz Waddell, e o mesmo pode dizer-se de Santo André, o santo patrono da Escócia, que vinha de Andvara ou Andvari, outro nome de Thor. A história de Jorge e da sua luta contra o dragão pode encontrar-se em todo o mundo de distintas formas. No Egipto, "Jorge" foi o deus do sol, Ra (Thor/ Indara, segundo Waddell) ; na Índia, foi Indra (Thor/ Indara); e no antigo Testamento hebreu foi Adão, com o seu título, Ia ou Jah, que assassinou a serpente. Thor ou "Goer" (George) matou El, a matriarca do culto à sepente, diz-nos a Edda, e foi simbolizada como a "serpente-dragão". Portanto, "Jorge" (Thor) derrotou o "dragão" (El). A história de Jorge e o dragão simboliza as batalhas com os reptilianos que vivem debaixo da terra.» (ibid, pp. 240-241; o bold é posto por nós).

 

O LOBO E O LEÃO COMO SÍMBOLOS DA SERPENTE, A CABRA E O UNICÓRNIO COMO SÍMBOLOS DE THOR

 

Prossegue Icke, descrevendo símbolos reptilianos e anti reptilianos:

 

«A obsessão da linhagem merovíngia com Tróia e a guerrra de Tróia pode compreender-se quando lemos a Edda. Fala de como a Tróia de Thor foi assaltada pelo culto à sepente "Edenita" dirigido por Odin. Os frígios adoravam a serpente antes de Thor os derrotar, e os tótens do culto à serpente eram o leão e o lobo. Esta é a razão pela qual a Frígia significa "terra dos leões". Ainda hoje os Illuminati utilizam profusamente o leão no seu simbolismo; basta observar a Grã Bretanha e a família real britânica. (...) O símbolo de Thor/ Indara e dos seus nórdicos era a cabra e logo esta evoluiu para unicórnio. Deste modo temos o simbolismo do leão (culto à serpente) que controla e encarcera a acorrentada raça humana e aos seus inimigos, os nórdicos (unicórnios).»

 (David Icke, La Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 241; o bold é colocado por nós).

 

É surpreendente o silêncio das igrejas em geral, em especial a católica e as cristãs protestantes, sobre a existência de reptilianos à superfície ou no interior do planeta Terra e sobre a sua simbologia presente nos cultos religiosos e laicos. Será que, como diz David Icke, a Virgem Maria é a deusa serpente El, e Balder, o seu filho, é Jesus Cristo? O Vaticano esconde na sua biblioteca documentos essenciais sobre a pré-história da humanidade, as raças alienígenas que desembarcaram na Terra, o carácter reptilóide das monarquias britânica, espanhola, holandesa, belga, etc. É também surpreendente o silêncio dos adeptos do espiritismo de Alan Kardeck, à excepção de alguns médiuns que confirmam a existência de seres metamórficos como a família real inglesa Windsor, Hilary Clinton, George Soros, Henry Kisinger, etc. Icke fala da destruição sistemática da cultura pagã e das suas chaves de interpretação pelas igrejas católicas e protestantes:

 

«Os Illuminati, mediante testas de ferro como Colombo, Cortés, Caboto e Cook, regressaram finalmente às suas antigas terras dos impérios de Suméria/ Atlântida/ Lemúria. Ali, em nome do "cristianismo" (uma criação dos Iluminati) destruiram sistematicamente todo o conhecimento antigo que puderam. Conseguiram-no principalmente mediante o genoicídio, sobretudo dos portadores do conhecimento, como os xamanes. Como diz Credo Mutwa sobre a experiência africana: "Ordenaram as mentes dos xamanes e então mataram-nos". (ibid, pág. 169; o bold é posto por nós).

 

É bom saber que quem entra num templo católico seja a basílica de Fátima, a catedral de Chartres ou a Notre Dame de Paris está a entrar num local de culto à deusa Serpente, à rainha Dragão e que toda a doutrina cristã da veneração do sangue e da cruz está de acordo com a ideologia dos reptilianos que sacrificam crianças e as classes socialmente mais baixas.

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», 520 páginas, 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 00:05
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

David Icke: a Nobreza Neg...

Icke, o melhor historiado...

David Icke: O Pentagrama,...

David Icke: os professore...

Áreas 21º-22º de Carangue...

Sismos em Portugal e grau...

Campanhas de vacinação: m...

As mentiras de Graça Frei...

Do fascismo nacionalista ...

Waddell e Icke: Thor, deu...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds