Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
David Icke: a Virgem Maria é Semiramis, a deusa El da Trindade-Serpente

 

Sobre os illuminati, os donos multimilionários do planeta que manejam os cordelinhos da política, das religiões, da comunicação social e da economia mundial, escreve David Icke:

 

«As famílias da elite, não mais de treze na ponta da pirâmide, criaram e manipulam este sistema de controlo através de uma rede de sociedades secretas. Esta rede e as linhagens que serve deram-se a conhecer com o nome de Illuminati, os "Iluminados". Os Illuminati são uma organização dentro de todas as organizações importantes. É como um cancro. Todas as principais sociedades secretas fornecem recrutas cuidadosamente selecionados aos Illuminati  e estes são os que encontramos ocupando cargos de poder em todo o mundo. Infestam todas as bandeiras, credos e países. A maioria dos maçons nunca avançam além dos três níveis inferiores de grau, os conhecidos Graus Azuis. Nada sabem acerca dos verdadeiros objectivos para que se usa a sua organização.»(...)

«As linhagens dos Illuminati estão todos geneticamente ligados mediante um ADN híbrido, uma fusão genetica derivada do cruzamento de uma raça reptiliana com a humanidade e a raça extraterrestre nórdica

(David Icke, Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años,  Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 27; o bold é colocado por nós).

 

 A religião cristã é segundo Icke, criação dos reptilianos. Note-se que na Edda ou jardim do Éden descrito na Bíblia já havia a Serpente. Escreve Icke:

«O culto à serpente descrito na Edda pode associar-se ao cristianismo, ao satanismo, ao nazismo, à maçonaria, a Hollywood, à morte da princesa Diana e inclusive aos verdadeiros escritores das obras de Skakespeare.»(...)

«A trindade serpente de El, Odín e Balder, mãe-pai-filho, reproduziu-se em muitas variantes. (...)

«A combinação mãe-filho cristã é Maria (outro nome de El) e Jesus Cristo (Tammuz ou Balder). O cristianismo, criado pela Igreja romana, é outra versão da antiga religião de culto à serpente mãe-filho.» (...)

«Não é surpreendente, dadas as suas origens na Babilónia, que a Igreja romana destacasse tanto a importância de "María", a figura da deusa, e a sua versão de El ou rainha Semiramis. El também se chamava "Maria" ou "Mãe Maio" e daí a origem do Primeiro de Maio, um dos dias mais importantes do culto à serpente/Illuminati. O credo do comunismo fundado pelos Illuminati tem o seu dia de celebrações e paradas militares no 1º de Maio pela mesma razão (...). Na noite de 30 de Abril, os satanistas realizam o ritual de Walpurguispara a deusa de Walpurgisnacht ou "Véspera de 1º de Maio". Era uma deidade tão popular na Alemanha como a rainha Maio, Walburga, que foi adoptada pelo cristianismo com o nome de "Santa" Walburga, inventando uma história fictícia para o justificar. Morgana (Morgyn la Faye), nas lendas do rei Artur, é outra versão de El»...

(David Icke, La Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 251-253; o bold é colocado por nós).

 

Objeção à tese de Icke: a Virgem de Fátima que, supostamente, mostrou o inferno aos pastorinhos numa visão em 13 de Julho de 1917 não pode ser, por definição, uma reptiliana se considerarmos que os demónios apresentam formas horrendas, muitas das quais de reptéis. Pode haver Virgens reptilianas e Virgens anti-reptilianas, assim como haverá  anjos malignos versus São Miguel Arcanjo e os anjos da guarda.

 

AS CATEDRAIS GÓTICAS E EL, A VIRGEM NEGRA REPTILIANA

 

E Icke continua, revelando como um culto de contornos infernais a El, aquilo que parece ser um culto sagrado luminoso da Virgem Maria, que os cátaros do século XXI classificam como Lucimaría, uma mistura de Lúcifer e Maria:

 

«A sociedade secreta dos cavaleiros templários financiou e desenhou as famosas catedrais góticas que se converteram em santuários da deusa serpente. (...) As grandes catedrais estão situadas em antigos rituais pagãos. Notre-Dame ("Nossa Senhora") em Paris foi erigida num lugar de adoração à deusa Artemísia/ Diana-El. A linhagem reptiliana dos merovíngios adorava esta deusa em esta mesma localização e a Notre Dame está cheia de gárgulas reptilianas. (...) A catedral de Chartres, como Notre Dame, era um centro de adoração da "Virgem Negra" ou El, a rainha dragão. Até finais do século XVIII, os peregrinos que acudiam a Chartres participaram em um ritual "cristão" que prestava homenagem a El ou à Virgem Negra. Depois de rezar desciam através de um corredor da ala norte a uma antiga cripta subterrânea debaixo da igreja. Ali apresentavam os seus respeitos a "Notre Dame de Sous-Terra" (Nossa Senhora do Inferno) uma negra estátua de ébano de uma mulher sentada sujeitando um menino sobre os joelhos. Novamente se tratava de El e Balder e o seu culto à serpente mãe-filho. O menino sempre estava colocado na perna esquerda porque o satanismo se faz chamar "o caminho da mão esquerda". Na cabeça da Virgem Negra de Chartres havia, como sempre, uma coroa e no pedestal há uma inscrição romana que diz " a Virgem que dará à luz". A coroa é um símbolo das linhagens reptilianas e usa-se para indicar um posto alto no satanismo."

(David Icke, Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 256-257; o bold é colocado por nós).

 

Note-se que o olho saudável de Hórus, deus egípcio, reptiliano, é o esquerdo, estando o direito fechado e invisual, como a figura de Jesus Cristo exibida no filme "A paixão de Cristo" de Mel Gibson, cineasta veículo dos illuminati.

 

A REDE DE BASES SUBTERRÂNEAS DOS REPTILIANOS E A GUERRA DOS DEUSES

 

A base subterrânea de Dulce, uma pequena cidade de 1 000 habitantes situada na reserva dos Apaches Jicarilla, no Novo México, construída pelo exército dos EUA, alberga seres reptilianos, metamórficos, que mudam da forma humana para uma forma de monstros, e é lugar de escravatura e assassinatos de humanos .

 

«Alain Walton diz que Thomas Castello, o director de segurança de Dulce, descreveu como os cinzentos, os "reptilóides" e os "homens-traça" alados colaboravam com os níveis mais baixos do sistema subterrâneo, que incluem Dulce e Los Álamos. O mando da pirâmide, diz, parece que são os homens-traça, os reptilóides, os cinzentos e os híbridos e humanos estão abaixo deles. Castello também afirma que um dos reptilianos lhe explicou que a superfície da Terra era o habitat original deles antes que os eliminassem em uma guerra - a guerra dos deuses - em tempos muito antigos. Escaparam para lugares subterrâneos, para outras estrelas e planetas, e inclusive para a quarta e quinta dimensão, segundo disseram a Castello. Isto concorda com os relatos de Credo Mutwa e muitas pessoas abduzidas que explicaram que os reptilianos evoluiram neste planeta e foram vencidos por outros grupos extraterrestres, especialmente os nórdicos".

(David Icke, La Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 383; o bold é colocado por nós).

 

SERES ALTOS, LOIROS, DE PELE COR DE PÉROLA, COM O SÍMBOLO DOS CAVALEIROS DE MALTA, DENTRO DE UMA MONTANHA NO PÓLO NORTE

 

A tese dos intraterrestres ou habitantes do interior da Terra (oca) que podem ter origem extraterrestre é perfeitamente verosímil. Uma mulher norte-americana narrou a Icke a experiência de seu pai, funcionário do Serviço Militar dos EUA na Turquia, que chegou a casa muito perturbado após ouvir o relato de um piloto:

«O piloto informou que estava voando perto do polo norte quando de repente os seus motores se detiveram e todos os sistemas elétricos se apagaram. O avião desceu então de um modo suave até ao solo e, para sua surpresa, o cume da montanga abriu-se e o avião se adentrou no seu interior. (...) Saiu do avião perguntando-se que diabo estava ocorrendo e encontrou-se com pessoas altas, de cabelo loiro, a pele cor de pérola e os olhos azulados que pareciam de algum modo estar eletricamente carregados: como se fossem olhos de laser. (Nos antigos relatos de deuses e "filhos dos deuses" pode encontrar-se esta mesma descrição dos olhos). Todos estes seres da montanha vestiam túnicas compridas de cor branca com um medalhão da cruz de Malta em uma corrente: o símbolo dos cavaleiros de Malta e facilmente visível na simbologia da realeza britânica. Também é um símbolo de Lemuria-Mu» (...)

 

«A memória do piloto era confusa pelo que havia passado depois do seu primeiro encontro com os "olhos azuis" na montanha de James Bond, mas recordou ter caninhado para uma sala e ver um grupo de estes seres sentados à volta de uma mesa de conferências. Finalmente levaram-no de volta ao seu avião e à medida que ascendia da montanha foram-se pondo em marcha de novo os motores e os circuitos electrónicos.» (...)

«Muitas pessoas abduzidas falam de experiências amorosas com seres altos e loiros que afirmavam vir das Pleiades, como sucede com algumas experiências reptilianas, e é importante destacar aqui, e ao longo de todo o livro, que não estou a sugerir em nenhum momento que todos estes "nórdicos" ou "reptilianos" tenham um plano malévolo para a humanidade. Só o têm algumas das suas fações.» 

 

 (David Icke, Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 145-147; o bold é colocado por nós).

 

A tese de Icke de que nem todas as raças extraterrestres ou reptilianas são más opõe-se à tese de Juan Bereslavski, líder dos cátaros do século XXI, que sustenta que os capitães e tripulantes dos OVNI são maus, raptores e assassinos de seres humanos e fabricantes de humanóides.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 14:47
link do post | comentar | favorito

Sábado, 20 de Janeiro de 2018
David Icke denuncia a vacinação, a Igreja Católica e as "esquerdas" em Portugal calam-se

 

David Icke (Leicester, Reino Unido, 29 de Abril de 1952) escritor e orador britânico, que se dedicou, desde 1990, a pesquisar sobre a elite que domina o mundo, ex repórter, ex apresentador de programa de desporto, e ex porta-voz do Partido Verde da Inglaterra e do País de Gales, desmascara a vacinação como um dos processos de ataque da elite reptiliana que governa o mundo contra a população em geral. Mas a Igreja Católica Romana e as demais igrejas oficiais nada dizem sobre o assunto, pois estão em conluio com as autoridades executoras da vontade das multinacionais farmacêuticas e dos seus patrões illuminati...

 

David Icke escreve:

«Eis aqui um extracto do meu livro Infinite Love is the Only Truth - Everything Else Is Ilusion:

 

«O processo de fabricação das vacinas inclui o uso de macacos, embriões de frangos e fetos humanos, além de desinfectantes e estabilizadores como a estreptomicina, o cloreto de sódio, o hidróxido de sódio, o alumínio, o clorohidrato, o sorbitol a gelatina hidrolisada, o formaldeído e um derivado do mercúrio chamado timerosal. A vacina contra a difteria, a tosse convulsa e o tétano contém os seguintes componentes:

 

Hidróxido de sódio: Entre outras coisas, pode queimar os orgãos internos, provocar cegueira e dano pulmonar e tecidular; a sua ingestão pode ser catastrófica. Encontra-se nos produtos de limpeza de fornos, casas de banho e retretes.

Formaldeído: É uma neurotoxina que pode provocar cancro. Também pode provocar insónia, tosse, cefaleia, náuseas, hemorragias nasais e erupções cutãneas. Usa-se, de forma oportuna, para embalsamar cadáveres.

Ácido clorídrico: Pode destruir tecidos por contacto directo e encontra-se nos produtos de limpeza do alumínio e dos antioxidantes.

Alumínio: Produto tóxico e cancerígeno.

Timerosal: Um derivado do mercúrio e conservante sumamente perigoso. está composto por glicol anticoagulante e rtanol, ácido tiosalicílico, hidróxido de sódio e cloreto de etilmercúrio. Estas substâncias químicas são letais e podem provocar cancro ademais de dano cerebral e hepático.

 Fosfatos: Afogam todas as formas de vida aquática e encontram-se nos detergentes da máquina de lavar, e máquina de lavar louça e nos produtos de limpeza.

 

 «Este monte de lixo venenoso ataca o sistema imunológico que supostamente  deveria proteger e, mesmo assim, os pais estadunidenses estão sendo levados a julgamento por não permitirem administrar semelhantes produtos letais aos seus filhos. Advertem as pessoas dos potenciais efeitos que poderia ter o facto de que os seus filhos estarem em contacto com crianças que não se vacinaram e deste modo aterrorizam-nas com o fim de que aceitem esta tirania. Sem embargo, se se vacinaram, porque deveria ser isso um problema? Oh, sim, mas é. Simplesmente não querem que o saibamos. Para começar, o mercúrio é um dos primeiros suspeitos de provocar autismo nas crianças. Entre 1989 e finais de 1990 aumentou o número de vacinas infectadas de mercúrio e também o número de meninos com autismo.»

 

(David Icke, La conspiración mundial y como acabar con ella, Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 819-820; o bold é colocado por nós).

 

David Icke é mais amigo da humanidade do que o papa Francisco, os padres e os líderes de outras religiões em geral: ele alerta-nos contra o veneno das vacinas. O papa, os padres e os líderes das várias religiões não. Ignoram o assunto, mandam-nos rezar e perdoar - enquanto os industriais e cientistas maldosos difundem ou inoculam o veneno nas crianças. Mas não se pode perdoar a criminosos: há que travá-los na sua ação. Papa, bispos, padres, pastores evangélicos, rabinos,  imãs, Dalai Lama, estão todos em conluio com os governos agentes das indústrias químicas e farmacêuticas. As escolas não podem, não devem  exigir aos alunos a entrega do boletim de vacinas no acto da matrícula ou renovação de matrícula: fazê-lo é um acto de fascismo médico.

 

David Icke é mais amigo da humanidade do que a grande maioria da classe médica, do que Sobrinho Simões, José Fragata, Eduardo Barroso, Francisco George, Graça Freitas, e doutorados ou dirigentes portugueses na área da «saúde pública» que advogam ou praticam a vacinação, os transplantes de coração e outros procedimentos anti humanos que servem os satanistas.

 

NENHUM PARTIDO EM PORTUGAL DENUNCIA A VACINAÇÃO, NENHUM É CONTRA ELA. São, pois, desde o CDS ao BE, passando pelo PEV, PAN, PSD, PS e PCP, todos eles lacaios das multinacionais de farmácia e dos illuminati que usam as vacinas para destruir a saúde da população e obter altos lucros à custa dos orçamentos dos Estados. Apesar de se intitularem de esquerda ou independentes das oligarquias, o PS, o PCP, o BE, o PAN, o PEV são incapazes de enfrentar o fascismo médico na comunicação social, na legislação que o parlamento produz, nas escolas e empresas, etc.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 20:18
link do post | comentar | favorito

Sábado, 13 de Janeiro de 2018
David Icke: os reptilianos existem e controlam a UE, a ONU, a NATO e a Igreja de Roma

 

 

 

A teoria de que uma pequena parte dos seres de aparência humana são reptilianos, defendida pelo investigador e escritor britânico David Icke (29 de Abril de 1952), tem larga difusão na internet e no mundo editorial dos livros. Consta que Britney Spears namorou o príncipe William da família real inglesa mas desfez o namoro quando, ao vê-lo via Skype, o viu assumir a forma de um réptil horrendo. Uma ex funcionária e ex satanista do palácio real britânico declarou que a rainha Isabel II é reptiliana, come carne humana e o seu rosto fica coberto de escamas em certas ocasiões e que os membros da família real, quando dormem e o seu super-ego está mais frouxo, assumem forma reptiliana.

 

Em Maio de 2016, na cerimónia evocativa do dia D (desembarque dos aliados em 1944) na Normandia, o presidente russo Vladimir Putin viu a rainha Isabel II adquirir uma cor de pele cinza, as suas mãos mudarem para «mãos de lagarto», a face dela alongar-se como um réptil e os dentes brilharem excepcionalmente e afastou-se dela. Uma psiquiatra de renome residente no Perú declarou que viu Barack Obama, Hillary Clinton e David Cameron a transformarem-se em répteis. Por outro lado, Credo Mutwa, um chefe negro zulu da África do Sul, narrou a Icke que viu um reptiliano comer carne humana. David Icke refere que o autor norteamericano Stewart Swerdlow descobriu a verdade das mudanças reptilianas de forma em «humanos» quando passou anos submetido a terríveis programas genéticos e de manipulação mental em Montauk, em Long Island, em Nova Iorque.

 

Icke escreveu, referindo-se a Stewart e aos atlantes classificados como lirianos, gentes de pele branca e caucasianos procedentes da constelação de Lira e a uma raça reptiliana existente em Mu ou Lemuria situada no Oceano Pacífico:

 

«Uma noite, quando Stewart era menino, sequestraram-no (com o consentimento de sua mãe) uns seres que acreditou serem extraterrestres e levaram-no a Montauk. Mais adiante compreendeu que os seus sequestradores eram oficiais do Exército que se faziam passar por extraterrestres, um estratagema habitual que usam para ocultar a pessoa que está levando a cabo a abdução. Obrigaram-no a participar no programa genético e de manipulação mental de Montauk e, segundo diz, muito mais tarde descobriu que ele estava entre o um por cento de pessoas que tinha conseguido sair com vida. Durante os anos que esteve debaixo do mando do Governo e do Exército, Stewart foi compreendendo o plano para o domínio do mundo e descobrindo quem eram os seres extraterrestres que estão por trás de tudo. Esses seres, segundo escreve, são reptilianos. Em Montauk viu seres reptilianos "que pareciam entrar e sair rapidamente da realidade física". Stewart narra esta história no seu livro intitulado Blue Blood, True Blod. Diz que muitos e variados grupos extraterrestres vieram a este planeta e criaram as distintas raças.» (...)

 

«Ao princípio, os reptilianos estavam na fronteira do físico e para funcionar neste mundo necessitavam de um corpo físico que conseguiam misturando genes reptilianos com genes de lirianos. O facto de que necessitem desta genética para sobreviver nesta realidade explica porquê os reptilianos estão tão obcecados com as pessoas louras de olhos azuis. Está aqui um dos motivos pelo qual os Windsor que são sumamente reptilianos, perseguiram a princesa Diana, de cabelo louro e olhos azuis, e se desfizeram dela quando a tiveram. A estirpe dos Windsor tinha-se tornado tão reptiliana por causa de reproduzir-se entre si, que necessitaram de uma grande injeção dos genes de "Diana" para conservar o seu aspecto aparentemente humano. Segundo narra Stewart, os reptilianos residiam na constelação de Draco, desde donde, mediante conquistas como as que experimentamos neste planeta, começaram a expandir-se pela galáxia. (...) Segundo parece, há numerosos visitantes extraterrestres ou de outras dimensões que têm ambições tão boas como perversas a respeito de este planeta. Entre eles, há reptilianos e uma raça de Sírio; grupos da constelação de Orion, entre os que figuram os chamados "cinzas" (nota: grises, em espanhol) que têm grandes olhos negros; outra raça de grises de Zeta Reticuli, uma constelação binária que se encontra a uns quarenta anos luz da Terra, na constelação de Reticulum; um grupo da constelação de Andrómeda e, segundo parece, também há outros nas Pleiades, também chamadas Sete Irmãs; na constelação de Tauro. Sem embargo, os mais malvados são os reptilianos draconianos. Stewart Swerdlow diz que estão programados para crer que são superiores e que, como andróginos, acreditam que são mais "divinos". A sua mente está programada para desejar conquistar tudo, e um exemplo disso são os impérios britânico e romano, que foram obra das linhagens híbridas reptilianos.»(...)

 

(David Icke, La conspiración mundial y como acabar con ella, Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 144-146; o bold é colocado por nós).

 

AS IGREJAS CATÓLICA, ORTODOXA, EVANGÉLICAS, JUDAICA, ISLÂMICA AO SERVIÇO DOS REPTILIANOS

 

Os cátaros do século XXI referem que a igreja católica romana e as outras igrejas cristãs adoram um Lucicristo, uma mistura de Lúcifer e de Cristo, e uma Lucimaria, uma mistura de Lúcifer e Virgem Maria. A adoração do Cristo crucificado, vertendo sangue, é do agrado dos reptilianos que adoram a violência sádica do torturador e o sangue humano. Por que razão a igreja católica romana e as outras não denunciam os reptilianos disfarçados de humanos que são multimilionários, bispos, sacerdotes, presidentes ou primeiros ministros, professores catedráticos, cientistas, apresentadores de televisão, actores e atrizes de cinema, etc.? Porque obedecem a entidades reptilianas, a satanistas. Por que razão os governos capitalistas do Ocidente escondem a existência de OVNIS, onde viajam os grises, que raptam pessoas e matam cabeças de gado extraindo-lhes o sangue, enquanto o governo chinês, totalitário, avisa frequentemente o seu povo do aparecimento de objectos voadores não identificados nesta ou naquela localidade?

 

 

Cathleen (Cathy) Ann O´Brien nascida em 1957 nos EUA em Muskegon, no Estado de Michigan, EUA, foi escrava sexual de seu pai, do governo dos EUA, da elite illuminati (Gerald Ford, George W.Bush, Bill Clinton, etc.) e de sacerdotes jesuítas católico romanos. Escreve David Icke sobre Cathy:

 

«Seu pai, Earl O´Brien, era um pedófilo, e uma das primeiras coisas que recorda dele é que não podia respirar por ter o pénis do seu pai na boca.»(...)

«Na história de Cathy aparece de novo a Igreja de Roma e o seu vínculo com os jesuítas. Dada a sua fundamental colaboração com a conspiração mundial, como poderia ser de outro modo? Cathy diz que quando buscou consolo em uma igreja católica romana chamada São Francisco de Sales, em Muskegon, o padre James Thaylen abusou dela. O padre Don, outro sacerdote e pedófilo, ajudou Guy VanderJagt, o amigo de Gerald Ford, a confundir Cathy e abusar dela seguindo os "requisitos" do Projecto Monarca. Posteriormente mandaram-na a uma escola católica romana, uma das muitas em que alojam as crianças manipuladas sob um regime rigoroso com o fim de agravar o seu transtorno de identidade dissociativo. A sua escola era a Escola Secundária Católica de Muskegon e ali a violou em numerosas ocasiões o padre Vesbit, em uma delas durante um ritual satânico na sua capela privada em que participaram outros meninos e meninas. Os reptilianos e os seus híbridos são a força que está por trás do satanismo. Os jesuítas, os cavaleiros de Malta, e a Igreja Romana estão envolvidos em atrocidades relacionadas com a manipulação mental como o Projecto Monarca e MKULTURA

 

(David Icke, La conspiración mundial y como acabar con ella, Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 717-720; o bold é colocado por nós).

 

A UNIÃO EUROPEIA SERVE AS FORÇAS REPTILIANAS

 

A Comunidade Económica Europeia, criada em 1956 sob a égide de Jean Monnet, um reptiliano, e mais tarde tarde transformada em União Europeia visa escravizar os povos, suprimir as liberdades individuais, as particularidades nacionais. Isso é patente no apoio que a UE tem dado recentemente ao governo espanhol de Mariano Rajoy, um governo monárquico semifascista,  na repressão aos partidos independentistas na Catalunha: Oriol Junqueras, líder da Esquerra Republicana de Catalunya, continua preso com outros conselheiros da Generalitat, apesar de eleito nas recentes eleições regionais de 21 de Dezembro de 2017 e Carles Puigdemont, virtual presidente da Generalitat, vive exilado na Bélgica.

 

Escreve David Icke:

«O "ponto de vista" de Monnet era o da elite de reptilianos que o supervisavam. A Lei Comum europeia, que eliminou as barreiras comerciais na Europa desde 1992, e os acordos de Maastrich acerca da União Europeia, supuseram mais passos no caminho rumo à ditadura europeia. Quando tiveram aterrorizados suficientemente os habitantes da Europa para que cressem que se não se unissem cairíam no desastre, eliminou-se a palavra «Económica» do título e converteu-se na Comunidade Europeia (um passo). Mais adiante voltou-se a mudar o nome para o de União Europeia (outro passo).Constantemente se deram passos para a centralização do poder político na comunidade e a erosão da capacidade de os países para tomarem decisões (outro passo mais). A isso se seguiu a criação de um Banco Central Europeu e uma moeda europeia única (outro passo mais). O conceito de uma Europa com um governo central administrado por um banco central europeu, uma moeda única, uma administração regional e uma política de trabalho, de transporte, de empresa e de exteriores comum, é exactamente o que planeavam instaurar Hitler e os nazis na Europa. Inclusive deram o nome de "Comunidade Económica Europeia" (Europäische Wirtschaft= gerneinschaft) ao seu plano-»

 (David Icke, La conspiración mundial y como acabar con ella, Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 624-625; o bold é colocado por nós).

 

Veja-se como a tenaz do clube de Bilderberg, defensor da Europa Federal, da ditadura dos burocratas e do Banco Central Europeu, se apertou sobre Portugal: Marcelo Rebelo de Sousa, o presidente «dos afectos» (reptilianos?) participou há anos numa reunião do clube de Bilderberg, tal como o primeiro-ministro António Costa, o novo líder do PSD, Rui Rio, o ex primeiros ministros António Guterres, Pedro Santana Lopes e José Sócrates, o ex presidente da república, Jorge Sampaio, Paulo Portas, ex líder do CDS, etc., etc. Votar nos socialistas ou na direita PSD e CDS, em Portugal, vai dar ao mesmo: ambos servem o federalismo europeu, os senhores reptilianos da globalização, do governo único mundial. Há uma longa a lista de traidores ao povo português, à sua independência e liberdade...

 

ONU, NATO E MECANISMOS DE  «AJUDA INTERNACIONAL AOS PAÍSES POBRES» SERVEM A MINORIA ILLUMINATI

 

A centralização económica, cultural e política que se desenrola no mundo de hoje consolida a ditadura, disfarçada de "democracia pluralista", dos illuminati, com algumas bolsas islâmicas (Irão, Arábia Saudita, Síria, etc.) e comunistas ainda dissonantes (China, Cuba). Icke escreve:

 

«Cada ano se transfere maior quantidade de bens dos países pobres aos ricos do que o inverso, e o objectivo principal da "ajuda internacional" não é ajudar os países em desenvolvimento, mas subornar os políticos corruptos, construir a infraestrutura necessária para as multinacionais e dar ajudas às indústrias dos países ricos, como Bechtel, que desempenham o seu labor como parte do acordo. A dita "ajuda" é uma grande maneira de transferir o dinheiro do contribuinte de um país rico para empresas multinacionais do seu próprio país. Com frequência, o dinheiro que «dá de presente» o país doador destina-se a projectos que utilizam as empresas desse mesmo país doador. Digamos que, por exemplo, o dinheiro sai de estados unidos para um país africano em forma de ajuda e, posteriormentea maior parte volta para empresas estadounidenses. Não existe nenhuma necessidade de que os habitantes de África, Ásia e América Latina sofram terrivelmente e morram de fome; a sua situação não é produto de "desastres naturais", mas de um plano calculado.»

«O frenesim da centralização pode ver-se também no exército, como quando as forças da NATO e das Nações Unidas se apoderam de regiões sumidas na guerra e conflitos, em particular a NATO no Afeganistão, que está fora do seu mandato original para a defesa da Europa e da América do Norte. (...) As operações militares das Nações Unidas tiveram lugar no Líbano, no Sudão, no Burundi, na Costa do Marfim, na Libéria, no Congo, na Etiópia, no Sahara Ocidental, no Haiti, em Timor Oriental, na Geórgia, no Kosovo, em Cipre e em outros lugares. Tudo isto forma parte do "método escalonado" mediante o qual nos pretendem impor um exército mundial que faça cumprir as políticas do governo mundial.»

(David Icke, La conspiración mundial y como acabar con ella, Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 650; o bold é colocado por nós).

 

OS CAVALEIROS DE MALTA ORGANIZARAM A FUGA DOS NAZIS PARA OS EUA E OUTROS PAÍSES

Sobre a cooperação entre a igreja católica romana e o fascismo e o nazismo escreve Ike:

«Hitler, Himmler, Goebbels - que recebeu uma educação jesuíta - e a maioria dos nazis mais destacados eram católicos, por isso os nazis da Alemanha cooperaram e colaboraram tanto com o Vaticano, tal e como se tem dito incessantemente desde então. Os cavaleiros de Malta coordenaram a fuga da maioria dos atrozes nazis, cientistas e manipuladores, a muitos dos quais deram os seus passaportes. Junto com outros grupos organizaram as "linhas de ratos", que permitiram que uns 30.000 nazis escapassem para os Estados Unidos, Canadá, Grã Bretanha, América do Sul, e Austrália/ Nova Zelândia. Participaram a família Rockefeller, James Jesus Angleton, importante espião da inteligência estadounidense e membro dos cavaleiros de Malta, e Herbert Walker, o avô do presidente George H. W. Bush e bisavô do presidente George W. Bush. Segundo parece, todos beneficiaram magnificamente. Algumas das pessoas a quem ajudaram a escapar foram  Martin Bormann, o segundo Führer; Joseph Mengele, o "Anjo da Morte" de Auschwitz, que escapou para a América para continuar com as suas atrocidades genéticas e manipuladoras; (...).»

 

(David Icke, La conspiración mundial y como acabar con ella, Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 280; o bold é colocado por nós).

 

 www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:53
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2018
A Igreja Católica Romana e o genoicídio dos Índios da América

 

A igreja católica romana e depois as igrejas protestantes conduziram um genoicídio sistemático sobre os povos indígenas da América do Sul, Central e do Norte.

 

Escreve Juan Bereslavsky, o filósofo guia dos cátaros do século XXI:

 

«Os métodos mais comuns de repressão "cultural" foram: a infecção por varíola e os internatos católico-romanos (Roman catholic residencial schools).»

«Em 1860, por decreto secreto do papa, os cardeais deram a benção aos cientistas para que desenvolvessem uma tecnologia capaz de contagiar, de maneira geral, as populações indígenas com doenças mortais. Os "conquistadores" provocavam o contágio através de lenços, mantas e outros artigos infectados que eram entregues aos índios. Logo, a varíola foi introduzida abertamente nas escolas, e ao terceiro dia de infecção, a maioria das crianças marchava atormentada para o outro mundo, aos destinos de luz hiperbóreos. Todo o corpo se cobria de abcessos; assim a criança morria em uma terrível agonia. As injeções massivas de varíola foram armas biológicas que destruiram 90% da população índia

«Em finais do século XIX criou-se uma polícia militar (guarda armada). Uma das suas tarefas era despojar os pais índios dos seus filhos. De acordo com a legislação federal canadiana, o menino pele-vermelha, depois de cumpridos os sete anos, devia ser enviado a um acampamento de regime especial ( residência escolar). O pai e a mãe deviam dar por escrito o consentimento de que, em seguida, o destino do menino seria confiado ao director da escola (um sacerdote romano). mediante este escrito renunciavam aos seus direitos de paternidade e entregavam a criança, deixando-a a disposição do jesuíta-torturador, sem possibilidade alguma de voltar a ter potestade sobre os seus filhos.»

«Em 1886 terminou a construção da primeira via ferroviária para o oeste do Canadá e também foi o momento em que se declarou ilegal a espiritualidade dos índios. Foram proibidas as línguas indígenas

«Em 1925, uma vez mais sob a pressão da Igreja Católica Romana, foi emitida uma "lei de canadização (canadisation) e cristianização dos índios", ainda mais cruel que a anterior. Confirmou-se a ilegalidade da sua religião e idiomas (idiomas que tinham as marcas da civilização hiperbórea que tinha existido nesta terra durante milhares de anos!). Paralelamente puseram-se em funcionamento centros de esterilização massiva de crianças, como sucursais de aquelas selvagens escolas residenciais.»

 

(Juan de San Grial, América, el proyecto de una civilzación divina,  Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2016, pp.121-122; o negrito é colocado por nós).

 

Os católicos que conservam a suficiente racionalidade não têm outro caminho senão afastar-se de uma igreja diabólica que se intitula católica romana dirigida pelo cardeal Bergoglio - papa Francisco, a quem os poderosos de Portugal e a imprensa subserviente dão grande distinção - que, como cardeal de Buenos Aires entregou à ditadura militar argentina (1976-1983) dois sacerdotes antifascistas, posteriormente assassinados pelo regime de Videla. Uma igreja de clérigos, padres, bispos, papas assassinos, pedófilos, sodomitas, sádicos que fariam inveja à Gestapo e às SS de Hitler, igreja que hoje veste a máscara de "democrata" e "humanista" por estar desmascarada pela imprensa livre e por uma juventude que não aceita o sacrifício da cruz a favor dos poderosos.

 

 

  www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:37
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017
Teologia neocátara: sem jejuar semanalmente, ninguém entra no Reino dos Céus

O movimento político-religioso dos cátaros, cristãos dualistas pacíficos que sustentavam, na linha do maniqueísmo e do bogomilismo, na Idade Média, que o mundo terreno material tinha sido feito por Lúcifer que tinha a sua coroa no papa da igreja católica romana e na servidão feudal, espalhou-se do Languedoc e da Provença, no Sudeste de França, ao norte de Itália e à Catalunha na Alta Idade Média. Os cátaros que adoravam o Deus da Luz, o Pai do Puro Amor, e igualavam a mulher ao homem, foram massacrados pela cruzada do papa e da inquisição de 1209 a 1244 e as suas terras roubadas pela igreja de Roma e vassalos. Segundo a teologia neocátara actual, a Virgem Santíssima, através da já falecida Santa Eufrosínia, freira russa expulsa pela igreja ortodoxa dos fariseus do século XX, teria chegar as seguintes mensagens ao místico Juan de San Grial, patriarca da igreja cátara no século XXI que acentuam a importância do jejum:

 

«Os sacerdotes cristãos ensinam os livros santos mas não mantêm o jejum! Tais mestres não valem nada! Sem livros santos, mas ...colocando zelo santo no jejum, é possível transformar-se, mas sem jejum a pessoa não avançará nem um passo.»

«Só alguns poucos santos justos, guiados pelo Espírito Santo, como Padre Pío, não só jejuavam como durante semanas não comiam absolutamente nada de comida e alimentavam-se do Espírito Santo.» (...)

«O jejum é uma das doze portas do Espírito Santo Divinizador que abre o nosso Altíssimo junto à da Palavra da Revelação, à do saltério, à da oração, à das abluções e outras. E a quem desdenha esta portas se vão fechando outras pouco a pouco.»

«Do jejum procede a santa pureza, a unção virginal, o rosto do amiel (mensageiro do Céu) e a alegria dos habitantes do céu.»
«Pedi ao Altíssimo o dom de jejuar como um dom de fé - e Ele vo-lo enviará segundo os santos da Igreja solovkiana, a mártir dos tempos do Gulag vermelho.» (...)

«A primeira tentação dos que venceram a luxúria  está no ventre, a gula. Sem jejum, também a vitória sobre a fornicação se considera como nada. Hoje em dia elohím (NOTA NOSSA: Deus dos católicos e judeus) aperfeiçoou-se em milhares de falsificações químicas. O que come a gente! Veneno e imundície! As serpentes e os dragões vivem neles.» (...)

«Não um mas dezenas de Belzebús estão nos vossos ventres e tranquilamente tecem os seus ninhos hediondos. Pois com isto, que valor têm as vossas orações e glorificações ao Altíssimo? Pode, acaso, o paladino que deu consentimento de ser cova ambulante de belzebú lograr as alturas puríssimas dos habitantes celestiais? Assim como é incompatível, segundo as palavras de Cristo, o serviço ao Altíssimo e ao Seu inimigo (elohim), igualmente é impossível servir a dois senhores em simultâneo, ao Altíssimo e ao ventre». (...)

«O mundo cristão morre por falta de jejum. Elohim e os seus cúmplices introduziram na igreja o comer à farta como regra - o espírito de este mundo. Os cristãos comem carne.
«Que ninguém tenha ilusões - Lúcia de Fátima leva mais de 20 anos encarcerada com o mais austero jejum à base de pão e água e os amieles, servidores celestes, alimentam-na.» (...)

«O Pai Celestial mandou-te tantos dons do Espírito Santo Divinizador! E tu entrega-lhe em resposta o teu pequeno sacrifício, um jejum.»

(Juan de San Grial, «Madre Eufrosinia. la guia del nuevo catarismo», Associaciò per l´estudì de la cultur catàr, 2012, pp. 504-510; o destaque a negrito é posto por nós).

 

Assim, segundo a teologia neocátara, os sacerdotes, bispos e fiéis das igrejas católica romana, ortodoxa e protestante não irão ao Paraíso porque não praticam o jejum semanal e estão presos dos Diabos da gula que albergam nos seus ventres.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:14
link do post | comentar | favorito

Sábado, 19 de Agosto de 2017
Breves reflexões de Agosto de 2017

Eis algumas breves reflexões neste Agosto de 2017 marcado por grandes incêndios florestais e seca intensa em Portugal.

 

O PAPA DA CÁTEDRA DA IGREJA GRANDE DE PEDRO EM PORTUGAL E O INCÊNDIO DE PEDROGÃO GRANDE. Em 13 de Maio de 2017, o papa Francisco canonizou os pastorinhos Jacinta e Francisco em Fátima ante uma imensa multidão de católicos. Nesse mesmo dia, o Benfica sagrou-se campeão nacional de futebol  e Salvador Sobral ganhou o Festival da Canção da Eurovisão e muita gente pensou que «a vinda do papa romano a Fátima deu boa sorte a Portugal».

 

Mas como deu boa sorte se o futebol televisionado e vivido nos estádios é uma das armas de Lúcifer, do ponto de vista cátaro, para desviar as pessoas da oração ao Altíssimo e multiplicar os rancores entre claques distintas?

E como deu boa sorte ao país se, para o cristianismo cátaro oposto a Roma, Salvador Sobral não passa de um ídolo barato, um cantor não cristão que afasta massas da fé em Cristo com os seus temas musicais? Um mês e cinco dias depois do papa, o GRANDE representante da igreja de PEDRO sair de Portugal, eclodiu em 17 de Junho de 2017 o terrível incêndio de PEDROGÂO GRANDE (sugere: a GRANDE cátedra de PEDRO no Vaticano) que matou 64 pessoas e feriu centenas de outras. Não haverá uma misteriosa ligação entre estes factos foneticamente similares? E como interpretar o facto de a data de 17 de Junho distar exactamente meio ano de 17 de Dezembro, dia de aniversário de Jorge Bergoglio, o papa Francisco? Será que a vinda deste idolatrado personagem vestido de branco, promotor do deus Elhoim que preside à degenerada igreja católica, trouxe sorte a Portugal, no plano espiritual e social?

Ou trouxe o azar dos incêndios florestais que simbolizam o Inferno cujas portas se abrem, supostamente, para os adeptos da nova teologia «católica» de amar as coisas deste mundo e abandonar a vida de sacrifício, oração e jejum que marcaram as igrejas em séculos passados?

 

SINCRONISMOS ONTOFONÉTICOS- Em 16 e 17 de Agosto de 2017, as ideias de JOANA, BAR e REPÚBLICA CHECA estão em foco: no dia 16, saúdo casualmente JOANA Reis, de Ferreira do Alentejo, junto à biblioteca municipal de Beja; no dia 17, no interior da biblioteca municipal de Beja, quando converso com o professor Luciano Caetano da Rosa, intelectual de grande cultura que, apesar de admirar Álvaro Cunhal, já não crê no marxismo-leninismo, conversa essa sobre a invasão da CHECOSLOVÁQUIA pelas tropas do Pacto de Varsóvia em 21 de Agosto de 1968, surge JOANA, que vive há 6 anos na REPÚBLICA CHECA onde conclui a sua formação como MÉDICA e falamos, David Coelho, campeão nacional de BARistas (empregados de BAR), é entrevistado na RTP3, uma furgoneta tripulada por dois terroristas islâmicos atropela a multidão que circula nas Ramblas, na cidade de BARcelona (evoca: BAR) matando 13 pessoas e ferindo mais de 100 pessoas

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

francisco.limp@gmail.com

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 12:05
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2015
O Vaticano corrupto dessacraliza as missas celebradas nas paróquias?

 

Sendo o Vaticano dos cardeais um «ninho de víboras», infiltrado por vaidosos e corruptos prelados e por maçons, é espiritualmente eficaz a missa católica rezada nas paróquias, isto é, na base da igreja católica romana? Este é um dos problemas filosóficos que me desafia. Lê-se num livro anti-corrupção escrito em 1998 por um núcleo de resistentes  dentro da cúpula vaticanista:


«Depois da morte de Paulo VI, a 6 de Agosto de 1978, os mass media davam o arcebispo de Génova, cardeal Guiseppe Siri - um verdadeiro gigante do sacro colégio pela sua dimensão pastoral, pela sua formação intelectual, pela sua coerência entre fé e vida, pela sua fidelidade à tradição da Igreja - como Papa já eleito, antes de entrar no conclave. Tivera encontros nos dias anteriores com cardeais, embaixadores, políticos e prelados de todas as origens e correntes. O arcebispo Siri, de discurso calmo, determinado e incisivo como uma espada, sabia que era mal visto no Vaticano por uma certa classe maçónica de salão. Não adivinhava o golpe baixo que ela lhe estava a preparar pelas costas, no sentido de o apear daquele plebiscito de prognósticos e de consensos. Naturalmente, os gigantes são observados à distância para assim se apreci8ar melhor a sua estatura ciclópica e para não se correr o risco de os considerar parecidos com os monstros. »


«Na manhã do conclave, o cardeal Siri mal teve tempo de tomar conhecimento pelos jornais de uma entrevista, que não dera, a respeito da eficácia da ação do futuro Papa e daquilo que deveria fazer, em que lhe atribuíam afirmações delicadas e perigosas, exactamente para lançar sombras sobre o cardeal candidato. O arcebispo de Génova nem sequer teve tempo para desmentir a entrevista: a porta do conclave fechou-se atrás de si. Os objectivos daquela camarilha ecoaram no conclave, reunido de imediato que, por prudência - assim se disse - pôs de parte a grande figura que todos previam» (I Millenari, O Vaticano contra Cristo, pág.159-160, Editorial Notícias; o destaque a negrito é posto por nós).

 

Muitas outras manobras baixas como o assassínio do papa João Paulo I, em 28 de Setembro de 1978, a pedofilia consentida em milhares de colégios católicos e sacristias, e um clima de permanente opressão dos bispos sobre sacerdotes e leigos que executam, sem poder contestar sindicalmente, as ordens vindas de cima ( não de Deus, mas da arrogância satânica de purpurados) caracterizam a cúpula da igreja católica romana, o Vaticano. Será o papa Francisco um maçon infiltrado? Aponta-se-lhe ter colaborado com a ditadura militar argentina em 1976, no desaparecimento de dois sacerdotes antifascistas e, por isso, não deveria ser maçon nessa época. Creio que as missas ditas na base por sacerdotes bem intencionados poderão ter um certo valor santificante. Mas reservo-me: sou gnóstico e não creio na santidade dos corruptos bispos, arcebispos e cardeais, salvo na de alguns poucos. A igreja católica é, como os regimes comunistas leninistas, organizada segundo um modelo totalitário em que o chefe supremo ( o papa; o camarada Estaline, o presidente Mao Ze Dong, etc) é endeusado: operários honestos na base a trabalhar por ideais, uma classe burocrática de dirigentes do partido marxista-leninista e do Estado, a gozar com quintas luxuosas e armazéns de produtos de luxo privados e outras formas de corrupção. O papa é talvez um representante de Satanás na Terra. Há outros.

 

E afinal a igreja de hoje é a mesma que fez milhões de vítimas com a Inquisição e as cruzadas, a igreja de Satã, que nada tem a ver com o despojamento de Cristo.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:56
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

David Icke: a Virgem Mari...

David Icke denuncia a vac...

David Icke: os reptiliano...

A Igreja Católica Romana ...

Teologia neocátara: sem j...

Breves reflexões de Agost...

O Vaticano corrupto dessa...

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds