Domingo, 25 de Março de 2018
2 a 4 de Abril de 2018: aspectos astronómicos similares ao da morte de Francisco Sá Carneiro

De 2 a 4 de Abril de 2018, o Nodo Norte da Lua estará em 13º 10´/ 12º 42´do signo de Leão e Marte estará em 8º-9º de Capricórnio. Isto tem alguma semelhança astronómica com o dia do assassinato do primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro, da sua companheira Snu Abecassis e do ministro da Defesa Adelino Amaro da Costa, 4 de Dezembro de 1980, em atentado aéreo.

 

Em 4 de Dezembro de 1980, com Nodo Norte da Lua em 13º 4´/ 12º 53´ do signo de Leão e Marte em 9º 5´/ 9º 51´do signo de Capricórnio, uma bomba, colocada por Sinan Lee Rodrigues horas antes, faz explodir no ar um  pequeno avião Cessna que descolara do aeroporto da Portela de Sacavém e cai sobre uma casa em Camarate, morrendo os 7 ocupantes, entre eles Sá Carneiro e Amaro da Costa.

 

Em 20 de Fevereiro de 2005, com Marte em 9º 23´/ 10º 5´ de Capricórnio, o PS de José Sócrates vence pela primeira vez com maioria absoluta de deputados, 121 em um total de 230, as eleições legislativas em Portugal, reduzindo o PSD do primeiro ministro Santana Lopes de 105 para 75 deputados e o CDS/PP de 14 para 12 deputados.

 

Que irá acontecer ao PSD de 2 a 4 de Abril de 2018? Um acidente vitimando um dos seus maiores dirigentes? A eclosão de um escândalo ferindo a imagem pública do partido? Ou haverá apenas uma queda de avião sem relação com figuras partidárias portuguesas?

 

Ou será um atentado contra o primeiro-ministro Rajoy ou o rei de Espanha?

 

Em 31 de Maio de 1906, com Nodo Norte da Lua em 13º 58´ do signo de Leão, o anarquista Mateo Morral arremessa, desde a varanda de uma pensão em que se hospeda, uma bomba de fabricação caseira oculta num ramo de flores contra a carruagem em que viajam o rei Alfonso XIII e Victoria Eugenia, no dia da sua boda, morrendo 28 pessoas, na calle Mayor de Madrid, escapando o casal real.

 

Aguardemos este início de Abril de 2018.

 

 www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:13
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 16 de Novembro de 2016
Daniel Estulín denuncia a sinarquia, fonte do terrorismo internacional

 

Daniel Estulín (29 de Agosto de 1966), jornalista lituano que vive em Espanha, é um dos autores de fama internacional que denunciam a Nova Ordem Mundial dos sinarquistas. Estes sáo um grupo de «iluminados», que pretendem criar uma espécie de Empresa Mundial única e um governo mundial único de  essência fascista e aparência «progressista». Os trabalhadores do mundo inteiro serão reduzidos a uma (semi) escravatura uma vez que não terão alternativa a aceitar baixos salários, contratos temporários, despedimentos sem indemnização, etc. Não haverá oposição ao capitalismo global, uma vez destruídos as burguesias e burocracias nacionais russa e chinesa e os nacionalismos de diversa índole. Vejamos uma pequena resenha da investigação que Estulin leva a cabo e das conclusões a que chegou, plasmada em excertos de artigos e entrevistas dele.

                                                     

OS PAÍSES QUE FOMENTAM O TERRORISMO: GRÃ-BRETANHA, EUA E ARÁBIA SAUDITA

 

 Estulín afirma que o terrorismo internacional é fomentado, financiado e manipulado pelo Ocidente anglo-americano e pela Arábia Saudita:


«Há três países terroristas: Arábia Saudita, que financia; Grã-Bretanha, que é a sede do terrorismo internacional - Sete lugares tenentes de Osama Bin Laden operam a partir de Londres - e os EUA, que sempre desempenhou o papel de valentão.»
 «Quem controla a política externa da Grã-Bretanha? Não é o primeiro-ministro. É a rainha da Inglaterra. Dizer que Elizabeth II é o fundador do Estado islâmico seria incorrecto. O certo seria dizer que a Coroa britânica é o promotor do IE.»

«Em 1992, o relatório Ynon falava da necessidade de refazer o Médio Oriente, para que Israel se pudesse expandir.espalhar. Isso faz-se enfraquecendo os estados. Podes falar sobre revoluções, de Primaveras árabes, mas aqueles que lucram dessas debilidades  regionais são Israel e Arábia Saudita, que têm inimigos comuns como o Irão. Mas o que ganha o Ocidente  do caos? O inferno na terra é fantástico para a elite supranacional que pode criar a sua nova ordem. Desmontam os estados; em seguida, vem Al Qaeda, o Estado Islâmico; em seguida, o exército norte-americano, as ONGs ... e finalmente as grandes empresas encarregadas da reconstrução. Desestabilizam para poder controlar depois a um nível supranacional.»

 

«Qual é o papel da Rússia? Russos e chineses sabem que os poderes supranacionais  não vão parar na Síria. Em seguida, vem o Irão e, em seguida, Rússia. É óbvio. Mas imagine um mundo sem a Rússia no meio. É o país que está fazendo de balança entre todos, absolutamente.»

 

«Eu não sou um lituano, eu sou da República Soviética da Lituânia. Putin encanta-me. Devolveu o orgulho ao país pisado na década de 90, quando 40% da população perdeu tudo de um dia para o outro.»


                                O CLUBE DE BILDERBERG

 

Desde 1954 existe um grupo fechado de banqueiros, directores de jornais e cadeias de televisão, políticos, professores universitários, militares, chamado clube de Bilderberg, que reune uma vez por ano para pensar e traçar as estratégias do capitalismo internacional. Lançamento de guerras ou de crises financeiras, criação do Mercado Comum Europeu em 1957-1958, criação da União Europeia, vitória eleitoral deste ou daquele político, deste ou daquele partido, alteração das leis de cada país para retirar soberania nacional são estudadas e planeadas nestas reuniões.

 

Pinto Balsemão, dono da SIC, é o poderoso agente do clube de Bilderberg em Portugal. Foi aliás Balsemão o escolhido por Kissinger e outros membros de Bilderberg, em Novembro de 1980, para substituir o  primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro que viria a ser assassinado, com o ministro da Defesa Amaro da Costa, no atentado aéreo planeado que ocorreria em 4 de Dezembro de 1980, em Camarate.

José Sócrates, António Guterres, Jorge Sampaio, Marcelo Rebelo de Sousa, Ricardo Espírito Santo, Durão Barroso, Pedro Santana Lopes, Paulo Portas, Barack Obama, Henry Kissinger, Bill Clinton, François Hollande, Angela Merkel são membros do clube de Bilderberg, participaram em reuniões deste. Diz Estulín, que há 10 anos lançou um livro denunciando este clube de cérebros mundialistas:

 

«O que hoje é chamado de Clube Bilderberg 800 anos atrás, foi chamado de Nobreza Negra de Veneza. O sistema operacional não é o Clube piramidal, mas circular entrelaçada com outros círculos de poder. 
 O Comité dos Sábios, é dividido em três grupos de 13 pessoas. Entre eles, há grupos de poder ainda menor chamado "Nove homens sábios". Ao contrário do que está escrito em muitos sites, nenhuma pessoa realmente poderosa é judaica. Todos têm raízes italianas e venezianos mais concretas, incluindo os descendentes de famílias Frescobaldi e Savoy.»

 

ver:  http://www.publico.es/politica/daniel-estulin-reino-unido-base.html

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:30
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2016
Marcelo eleito com Júpiter em Virgem: interromperá o seu mandato presidencial?

Irá Marcelo Rebelo de Sousa, eleito presidente da República Portuguesa em 24 de Janeiro de 2016, completar o seu primeiro mandato ou o seu eventual segundo mandato, teoricamente a iniciar nos primeiros meses de 2021? Julgo que não.

Creio que verá um dos mandatos interrompidos. Por indução estatística, histórico-astronómica, talvez se trate mesmo de uma lei planetária: quem tomar posse como chefe de governo ou presidente da república, em Portugal, com Júpiter no signo de Virgem terá, em regra, o seu mandato interrompido.

Eis alguns exemplos.

 

Em 30 de Agosto de 1921, com Júpiter em 24º 13´/ 24º 25´  de Virgem, toma posse o 27º governo da 1ª República Portuguesa, chefiado por António Granjo, ancorado na direita republicana, em especial nos antigos membros do Partido Evolucionista que agora integram o Partido Liberal Republicano. Granjo será assassinado, na madrugada de 20 de Outubro de 1921, com Júpiter em 5º 8´/ 5º 21´ do signo de Balança, no arsenal da Marinha, em Lisboa, durante um golpe militar de esquerda dirigido por Manuel Maria Coelho e o Partido Republicano Radical.

 

Em 27 de Setembro de 1968, com Júpiter em 20º 16´/ 20º 29´de Virgem, Marcelo Caetano ascende a 1º ministro de Portugal, no contexto de uma ditadura colonial-fascista de que Salazar era primeiro-ministro desde Julho de 1932. Marcelo será derrubado pelo golpe militar de esquerda de 25 de Abril de 1974.  

 

Em 3 de Janeiro de 1980, com Júpiter em 10º 8´ de Virgem, toma posse o VI governo constitucional, da Aliança Democrática, chefiado por Francisco Sá Carneiro líder do PSD. Este morrerá, vítima de atentado bombista, em 4 de Dezembro de 1980, com Júpiter em 6º 28´/ 6º 36´ de Balança, na queda de um avião em Camarate que mata também o ministro da Defesa, Adelino Amaro da Costa.

 

Em 31 de Outubro de 1991, com Júpiter em 9º 18´/ 9º 27´ de Virgem, toma posse o XII governo constitucional chefiado por Cavaco Silva. Ainda que o governo se mantivesse até 28 de Outubro de 1995, Cavaco passou a presidência a Fernando Nogueira em 16 de Março de 1995 para se lançar na candidatura a presidente da República.

 

Ora Marcelo Rebelo de Sousa tomará posse como presidente da República Portuguesa em 9 de Março de 2016, com Júpiter em 18º 14´/ 18º  6´ de Virgem...

 

E poderão, ele, Marcelo Rebelo de Sousa, ou altos dirigentes do PSD, como Passos Coelho e outros, correr risco de acidente entre 27 de Setembro e 15 de Outubro de 2016, quando Júpiter estiver entre 3º e 7º do signo de Balança e Marte estiver entre 0º e 12º de Capricórnio( Sá Carneiro morreu em 4 de Dezembro de 1980, com Júpiter em 6º de Balança e Marte em 9º de Capricórnio...). O PSD deverá sofrer uma derrota nessa primeira quinzena de Outubro, não sabemos em concreto o quê...Os dias mais perigosos para o PSD serão, provavelmente, de 11 a 14 de Outubro de 2016. Cuidado com novos Camarates... mas pode ser apenas uma derrota importante numa votação no parlamento.

 

Mas também o governo socialista de António Costa, que tomou posse a 26 de Novembro de 2015, com Júpiter em 20º 26´/ 20º 33´ de Virgem, - Júpiter no mesmo grau do Zodíaco que ocupou na substituição de Salazar por Marcelo Caetano em 1968 - não deverá durar os quatro anos de uma legislatura...

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 05:27
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 5 de Novembro de 2014
Marte em 7º-11º de Capricórnio de 5 a 11 de Novembro de 2014: desaires do PSD e do Irão?

 

A astrologia histórica, tal como a pratico, é, hoje, uma disciplina de investigação empírica que permite inferir previsões com base em regularidades de posições de planetas no Zodíaco. E supera largamente, o saber universitário: os catedráticos de todas as áreas - filosofia, história, sociologia, astronomia, astrofísica - negam que todos os acontecimentos no mundo são projecções das posições dos planetas neste ou naquele grau do Zodíaco (circunferência celeste dividida em 12 partes ou signos). Os burros  negam o determinismo planetário nos factos sociais e biofísicos e nem sequer sabem como se opera o movimento dos planetas! Magister dixit!

 

Nos próximos dias - de 6 a 11 de Novembro de 2014 - Marte atravessará uma área do céu, de 7º a 11º de Capricórnio, na qual costuma suscitar derrotas no PSD português e sismos e catástrofes várias na República do Irão.

        

MARTE NA ÁREA 7º-11º DE  CAPRICÓRNIO: 

DESAIRES PARA O PSD PORTUGUÊS, SISMOS NO IRÃO  

A passagem de Marte ou Vénus na área 7º-11º do signo de Capricórnio (graus 277 a 281 da eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para gerar uma derrota para o PSD português ou para o Irão.

 

Em 4 de Dezembro de 1980, com Marte em 9º 5´/ 9º 51´ de Capricórnio,  Francisco Sá Carneiro, líder do PSD e primeiro-ministro, Adelino Amaro da Costa, ministro da Defesa, vice-líder do CDS, e 5 outras pessoas morrem em atentado aéreo em Camarate; em 20 de Dezembro de 1982, com Vénus em 8º 59´ / 10º 14´ de Capricórnio, Francisco Pinto Balsemão apresenta a demissão de primeiro-ministro do governo da Aliança Democrática; em 20 de Fevereiro de 2005, com Marte em 9º 23´/ 10º 5´ de Capricórnio, o PSD do primeiro-ministro Pedro Santana Lopes é pesadamente derrotado em eleições legislativas por um PS, dirigido por José Sócrates, que, pela primeira vez, alcança maioria absoluta de deputados.

 

Em 21 de Junho de 1990, com Úrano em 7º 57´/ 7º 55´ de Capricórnio,  um sismo com magnitude 7,7 na escala de Richter, nas províncias de Gilan e Zanyan, no Noroeste do Irão, arrasa 17 vilas, 1 871 aldeias e provoca cerca de 37 000 mortos e 100 000 feridos; Em 22 de Fevereiro de 2005, com Marte em 10º 48´ /11º 31´ de Capricórnio, um sismo de 6,4 na escala de Richter, com epicentro perto de Zarand, na província de Kerman, perto da cidade de Bam, destroi 40 aldeias e causa 602 mortos e mais de 1 000 feridos; em 20 de Dezembro de 2010, com  Marte em 9º 8´/ 9º 54´ de Capricórnio, um sismo de magnitude 6,1 causa 11 mortos na região de Bam, no sudeste do Irão; em 11 de Agosto de 2012, com  Plutão em 7º 18´/ 7º 17´ de Capricórnio, dois terremotos consecutivos, de 6,4 e 6,2 na escala de Richter, causam pelo menos 306 mortes e mais de três mil feridos no Irão, em quatro distritos do Azerbaijão Oriental situados ao nordeste de Tabriz, a capital provincial, abalando esta e as cidades de Ardébil e Mehraban; em 16 de Abril de 2013, com Plutão em 11º 34´ de Capricórnio,  um forte sismo, com a magnitude entre 7.8 e 8 na escala de Ritcher, eclode com epicentro no sudeste do Irão, a cerca de 200 quilómetros da cidade de Zahedan, numa zona de montanhas e deserto, causando mais de 40 mortos, perto da fronteira com o Paquistão, país onde morrem 34 pessoas e 1000 casas se desmoronam, havendo .abalos, a mais de mil quilómetros, ao longo da região do Golfo Pérsico e em Nova Deli, na Índia. no Qatar e no Dubai. 

 

Note-se que as ciências da natureza se baseiam na indução amplificante, precisamente o método que a nossa astrologia histórica pratica. Ancoramos, pois, no método indutivo, o que desespera e deixa boquiabertos os nossos adversários javardos, da contra informação académica e jornalístico-editorial.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 

 

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 19:59
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 12 de Setembro de 2014
Os graus 13º de Leão e 21º-23º de Balança e mortes de primeiros-ministros em Portugal

 

 

O grau 13 do signo de Leão liga-se a, pelo menos, duas mortes de primeiros-ministros em Portugal. E dentro em breve, de 15 a 20 de Setembro de 2014, Júpiter estará no grau 13º  de Leão...

«A indução é insuficiente porque, em cada ano, o Sol ou um planeta passam no grau 13 de Leão 7 ou 10 dias e não morre nenhum primeiro-ministro» - gritam os discípulos de Karl Popper. Certo. Mas corrijamos os popperianos: a indução de uma lei parcelar é, de facto insuficiente, porque apresenta sempre excepções mas a indução de todas as leis possíveis produtoras de um acontecimento não comporta excepção alguma porque a predestinação com base no determinismo existe.

 

 

 GRAU 13 DO SIGNO DE LEÃO E GRAUS 21º-23º DO SIGNO DE BALANÇA:

AS MORTES DOS PRIMEIROS-MINISTROS ANTÓNIO MARIA BAPTISTA, EM 1920, E FRANCISCO SÁ CARNEIRO, EM 1980

 

 

A passagem de um planeta, do Sol ou nodo da Lua em 13º  do signo de Leão (isto é: grau 133 da eclíptica, em longitude) é condição necessária mas insuficiente para suscitar a morte de um primeiro-ministro ou a demissão de governante em Portugal. Também a passagem de um planeta, do Sol ou nodo da Lua em 21º-23º  do signo de Balança (isto é: graus 201 a 203 da eclíptica, em longitude) é condição necessária mas insuficiente para provocar a morte de um primeiro-ministro ou a demissão de governante em Portugal.

 

Em 6 de Junho de 1920, com Júpiter em 13º 35´/ 13º 45´ do signo de Leão, Marte em 21º 25´/ 21º 29´  de Balança,o coronel António Maria Baptista, chefe do governo português, morre de ataque do coração em pleno conselho de ministros em Lisboa; em 4 de Dezembro de 1980, com Nodo Norte da Lua em 13º 4´/ 12º 53´ do signo de Leão, Plutão em 23º 31´/ 23º 33´ do signo de Balança, morrem o primeiro-ministro de Portugal Francisco Sá Carneiro, o ministro da Defesa  Adelino Amaro da Costa , e cinco outras pessoas ao despenhar-se sobre uma casa, em Camarate, o avião Cessna em que viajavam rumo ao Porto, em virtude da explosão de uma bomba a bordo colocada por Sinan Lee Rodrigues, extremidade do braço conspiratório assassino da CIA e de militares portugueses que se apoderaram de grandes quantias do Fundo de Defesa do Ultramar que o ministro Amaro da Costa investigava.

 

Próximas datas em que haverá a passagem do Sol ou de um planeta no grau 13 de Leão são: de 15 a 20 de Setembro de 2014 (Júpiter). Ora, de 17 a 20 de Setembro de 2014, Vénus estará em 21º-23º de Balança, preenchendo uma segunda condição - ainda insuficiente - para a morte ou demissão de um primeiro-ministro português.

 

Uma lei isolada é concausa deste género de acontecimentos: não basta por si mesma, tem de conjugar-se com outras. Não esqueçamos que de 12 ou 12 anos Júpiter passa alguns dias no grau 13 do signo de Leão e isso não acarreta, em regra, a morte de um governante português. Por exemplo, de 10 de Novembro a 19 de Dezembro de 1990 e de 23 a 29 de Junho de 1991 Júpiter esteve em 13º de Leão.

 

 

PS- Se é professor ou estudante de filosofia, história, astrologia ou demais ciências, porque não começa a compreender os movimentos planetários e a astrologia histórico-social e libertar-se da crucial ignorância a que o votaram nessa matéria? Adquira na nossa loja online www.astrologyandaccidents.com as nossas obras.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 20:38
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2012
Saturno em 1º-2º de Escorpião em Outubro de 2012 (crise PSD-CDS) tal como há 30 anos em Dezembro de 1982 (crise PSD-CDS, queda do governo Balsemão)

 

Em cada 29 anos e meio - grosso modo: de 30 em 30 anos - Saturno volta a pisar o mesmo grau da circunferência celeste chamada Zodíaco, dividida pelos astrónomos em 12 partes iguais, os signos do Zodíaco.

 

Hoje, 18 de Outubro de 2012, o planeta Saturno move-se em 1º 34´/ 1º 41´ do signo de Escorpião (signo que se estende de 210º a 240º de longitude eclíptica). Está praticamente na mesma posição que em 17 de Dezembro de 1982 (Saturno em 1º 37´/ 1º 43´ do signo de Escorpião), dia em que Mota Amaral, presidente do governo regional dos Açores, se manifestou contra a possível demissão de Francisco Pinto Balsemão do cargo de primeiro-ministro do governo da Aliança Democrática, PSD-CDS-PPM.

 

Essa demissão ocorreu dois dias depois, durante um Conselho nacional do PSD, a 19 de Dezembro de 1982, dia em que Saturno deslizou de 1º 53´ a 1º 58´ do signo de Escorpião. Saturno estará nesta posição dentro de 3-4 dias, ou seja, nos dias 21 a 22 de Outubro de 2012. Mas isso não significa que o governo PSD-CDS caia nesses dias, porque há outras influências planetário-zodiacais diferentes das de 12-21 de Dezembro de 1982, época de ruptura da aliança do PSD com o CDS. A história nunca se repete exactamente do mesmo modo, nos pormenores, mas repete-se na essência geral dos acontecimentos.

 

Em 29 de Dezembro de 1982, com Saturno em 2º 41´/ 2º 46´ de Escorpião, - posição que, 30 anos depois, Saturno repetirá em 28-30 de Outubro de 2012; a votação geral do Orçamento de Estado será em 31 de Outubro - Diogo Freitas do Amaral demitiu-se de presidente do CDS, vibrando um golpe mortal na coligação da Aliança Democrática e praticamente impelindo o barómetro político português para novas eleições legislativas em 25 de Abril de 1983, que o PS venceria, formando, depois, um bloco central com o PSD.

 

27- 30 DE NOVEMBRO DE 2012:

MARTE EM 8º-9º DE CAPRICÓRNIO, COMO NA MORTE DE SÁ CARNEIRO EM 1980 E NA DERROTA DE SANTANA LOPES EM 2005

 

É óbvio que não domino a totalidade das leis astronómico-políticas e não estou, pois, habilitado a predizer com segurança a data da queda do governo Passos Coelho- Paulo Portas. Mas, tal como em Dezembro de 1982, a coligação governamental PSD-CDS estremece, muito frágil, neste Outubro de 2012 - em ambos os períodos com Saturno na área 0º a 2º do signo de Escorpião, arco do céu que exprime, de um modo geral, a direita liberal-conservadora.

 

Interessante é constatar que em 27 de Novembro de 2012, data previsível da votação na especialidade do Orçamento Geral de Estado, Marte estará em 7º-8º  de Capricórnio, praticamente a mesma posição em que estava em 4 de Dezembro de 1980 (Marte em 9º de Capricórnio), dia do atentado mortal da CIA e dos militares portugueses envolvidos em tráfico de armas para o Irão contra o primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro e o ministro da Defesa Adelino Amaro da Costa que resultou na morte destes e de outras 5 pessoas a bordo de um avião Cessna, despenhado sobre Camarate devido a uma bomba a bordo.

 

A área 7º-9º de Capricórnio exprime, ao menos na aparência, o PSD. Note-se que em 20 de Fevereiro de 2005, quando o PSD de Santana Lopes foi estrondosamente derrotado em eleições legislativas pelo PS de José Sócrates, Marte estava em 9º-10º do signo de Capricórnio.

 

Não é pois de esperar uma conjuntura política fácil para o PSD e o primeiro-ministro Passos Coelho, em especial no final de Novembro de 2012, altura em que o cutelo de uma derrota deve descer sobre o PSD...Irá o CDS abandonar o governo após aprovar o Orçamento Geral do Estado para 2013?

 

Em tudo isto, há uma racionalidade histórico-astronómica factual, indesmentível, que, se não me possibilita fazer, de momento, previsões infalíveis, por insuficiência de estudos meus, deveria pelo menos calar os «papagaios» impensantes anti astrologia histórica que apenas repetem mecanicamente: «Astrologia não é ciência! Astrologia não é ciência! Somos livres de escolher! Somos livres de escolher!».

 

PS- Se é professor ou estudante de filosofia, história, astrologia ou demais ciências, porque não começa a compreender os movimentos planetários e a astrologia histórico-social e libertar-se da crucial ignorância a que o votaram nessa matéria? Adquira na nossa loja online www.astrologyandaccidents.com as nossas obras «Álvaro Cunhal e Antifascismo na Astrologia Histórica», recentemente lançada, «Os acidentes em Lisboa na Astronomia-Astrologia» e outras que lhe fornecem conhecimentos que em nenhum outro lado pode encontrar. É tempo de ser culto e profundo! Pense por si, sem receio dos clichés dominantes.

 

 

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:32
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

2 a 4 de Abril de 2018: a...

Daniel Estulín denuncia a...

Marcelo eleito com Júpite...

Marte em 7º-11º de Capric...

Os graus 13º de Leão e 21...

Saturno em 1º-2º de Escor...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds