Domingo, 6 de Maio de 2018
Breves reflexões de Maio de 2018

 

 

 

Alinham-se aqui breves e despretensiosas reflexões.

 

INIMIGOS DOS ADOLESCENTES são: os tatuadores, já que as tatuagens originam graves doenças devido à tinta infiltrada na pele; os dealers ou pequenos vendedores de droga; os donos das discotecas e bares onde o som é altíssimo causando danos no aparelho auditivo; os promotores de festas «rave» em locais campestres em que se consomem drogas e se violam adolescentes previamente narcotizados; os defensores da tese falsa de que «não há limites para os corpos jovens, experimenta drog...as, álcool em abundância e todo o tipo de sexo»; os propagandistas da vacinação, arma mortífera que introduz vírus e toxinas no interior dos organismos humanos; as radiações dos telemóveis encostados ao ouvido ou guardados nos bolsos; os illuminati ou maçonaria negra internacional, reptilianos que pela internet e redes de telemóvel espiam e controlam centenas de milhões de cidadãos do mundo inteiro.

 

 

LISBOA É-ME ESTRANHA. E no entanto já lá dei aulas durante um ano, há uns 30 anos: vivia em Campo de Ourique e ia de autocarro para Chelas às 7 horas da manhã. Mas a confusão, a dispersão, o gigantismo da grande cidade fatigam-me. A rua de que mais gosto em Lisboa? A Rua Augusta. A praça de que mais gosto? O Terreiro do Paço. A ponte de que mais gosto? A que me traz mais rapidamente de volta ao Alentejo.

 

AS AGRESSÕES DE ADEPTOS A FUTEBOLISTAS DO SPORTING PROVAM QUE NINGUÉM AMA NINGUÉM. Só «amamos» os outros pelo prazer que eles nos dão. Os adeptos sportinguistas que agrediram os jogadores e a equipa técnica na Academia de Alcochete em 15 de Maio de 2015 não amam o Sporting, amam-se a si mesmos: frustrados com as derrotas futebolísticas vingam-se na equipa.

 

 

QUEREMOS UM CORPO PERFEITO, QUE NÃO EXISTE, QUEREMOS UM ESPÍRITO PERFEITO, QUE NÃO EXISTE. E assim ficamos fora da grande batalha do amor que inclui a batalha da experiência sexual.

 

SINCRONISMOS AVE E ESPÍRITO SANTO- Em 20 de Maio de 2018, as ideias de AVE e ESPÍRITO SANTO (SIMBOLIZADO POR UMA POMBA) estão em foco: José Sócrates, indiciado por corrupção de alto nível, almoça com 120 apoiantes e no seu discurso declara não ter frequentado camarotes do grupo ESPÍRITO SANTO (evoca: POMBA, AVE, assim é representado no cristianismo) em estádios de futebol nem ter recebido benesses deste grupo financeiro, Manuel Gandra, historiador da tradição oculta lusíada, promove em Arraiolos comemorações do Divino ESPÍRITO SANTO (evoca: POMBA), o Desportivo das AVES conquista a Taça de Portugal ao vencer por 2-1 o Sporting CP.

 

MARCELO REBELO DE SOUSA SUBSERVIENTE AO REI DE ESPANHA E À BANCA ESPANHOLA. 21 de Maio de 2018. Marcelo Rebelo de Sousa, ao discursar ante o rei Filipe VI de Espanha no 4º Encontro de Reitores Universia na Universidade de Salamanca, com cerca de 600 reitores, diz: «Saúdo Espanha, una e eterna". É uma lamentável subserviência ante a monarquia espanhola, cúpula da alta finança madrilena, e uma bofetada no movimento de independência da Catalunha. Marcelo é um fraco presidente da república portuguesa, verga-se ante o imperialismo espanhol: nunca foi um genuíno antifascista, não fez parte da oposição democrática a Marcelo Caetano, é um agente do grupo reptiliano de Bilderberg e da Opus Dei cujo centro genético é a Espanha de Franco e Juan Carlos. Por isso, o presidente-rei Marcelo,  populista e reaccionário, apoia expressamente a opressão da Espanha sobre a Catalunha.

 

DETERMINISMO ASTRAL OU RESPOSTA DA SANTA? 20 de Maio de 2018. Às 17.50 horas, sem querer, derrubo uma imagem em resina de Santa Rita de Cássia que tenho numa sala, e o pedestal desta imagem quebra, uma hora depois de eu ter mudado um texto em papel que tinha sob o pedestal da imagem. É descontentamento da santa admitindo que o espírito desta se exprime na imagem? Ou apenas determinismo astral, uma vez que hoje Neptuno está em 16º 15´do signo de Peixes formando um semi sextil exacto (ângulo de 30º) a Ùrano em 16º 15´de Carneiro em 15 de Agosto de 2014, dia da compra da imagem? Coaduna-se a tonalidade metafísica de cada instante com as posições planetárias? São os astros que mandam nas entidades espirituais como Rita de Cássia? Ou são estas entidades que se sincronizam com as posições planetárias?

 

O CASAMENTO, UMA INSTITUIÇÃO ABOMINÁVEL. O casamento é uma prisão. Não sei quem fomenta mais o casamento: o instinto de proprietário sexual inerente ao homem («Esta mulher é minha, não partilho o corpo dela com ninguém») ou o instinto de ser protegida inerente à mulher («Quero ter um marido que me proteja economica e fisica e socialmente, que me dê filhos para eu proteger»). A esmagadora maioria dos casamentos que conheço falharam: sobrevivem na monotonia, resultaram em separações ou divórcios, etc. As igrejas santificam o casamento porque assim controlam os casais e ajudam o Estado a domesticar estes. Em 18 de Maio de 2018, as televisões inundam-nos com a imagem do casamento do reptiliano príncipe Harry e de Meg Markle - uma falsidade, uma cerimónia monárquica de propaganda, para o povo manipulado.

 

GOSTO DE VIVER NO BAIXO ALENTEJO. Anda-se livre por ruas empedradas batidas pelo sol agradável de Maio e cruzamo-nos com pessoas previsíveis, algumas conhecidas pessoalmente. E temos a lindíssima paisagem verde de montados de sobro e colinas e planícies de oliveiras, azinheiras e trigo...Estamos livres da confusão e da fadiga que a gigantesca Lisboa nos causa, sem embargo de haver lugares belos na capital como o Chiado, o castelo de São Jorge, o Terreiro do Paço, a Rua Augusta, a Torre de Belém, os jardins de Belém, etc. Estamos também livres do Porto com o seu burgo histórico e a beleza da ponte D. Luís ligando a Ribeira do Porto à zona ribeirinha de Gaia e o Passeio Alegre na Foz do rio Douro, Porto mais fácil de habitar e conquistar socialmente do que Lisboa.

 

SATURNO A SATURNO NATAL. Tudo está escrito nos movimentos planetários. Quando, na noite de 3 de Maio de 2018, ao conduzir o meu automóvel quase fui abalroado por um furgão de um condutor «homicida» junto a Baleizão, Saturno estava em 8º 58´ do signo de Capricórnio, fazendo um ângulo exacto de 75º ao meu Saturno do dia de nascimento. Saturno a Saturno natal: perigo!

Sabemos - os que investigamos astrologia científica - como este ângulo explica muitos factos da nossa vida.

 

O MAIOR PRÉMIO QUE OBTIVE A JOGAR NO EUROMILHÕES: 2 NÚMEROS E 2 ESTRELAS, 15,39 EUROS. Foi no sorteio de ontem, 8 de Maio de 2018. A que se deve? Ao facto de eu fazer 10 minutos de meditação diária ( sentar-se confortável, não pensar em nada ou pensar num rosto belo e tranquilizante ou numa paisagem bela)? A meditação abre o nosso espírito às vibrações que o universo nos envia. Ou dever-se-á ao facto de Plutão em 21º 13´ de Capricórnio estar quase a passar sobre o meu Vénus de nascimento em 21º 9´ de Capricórnio? Não sei.

 

COBARDIA, SENTIMENTO GERAL. Todos somos cobardes, de um modo geral. David Icke diz que o medo governa o mundo. Cobarde: o homem que atraiçoa a esposa com outra e tem medo de assumir esta relação secreta. Cobarde: o polícia que teme enfrentar o marginal de uma etnia diferente. Cobarde: a mulher que se cala e não denuncia o marido que abusa sexualmente da filha de ambos. Cobarde: o governo, o parlamento e a presidência da república portuguesa que não se colocam ao lado da Catalunha na luta por ser república independente do jugo espanhol. Ser cobarde é querer continuar vivo, incólume e sem problemas com a justiça ou com gente ameaçadora. Nietzsche dizia que há um tipo de cobarde que se arma em valente, atirando-se para o fogo da luta.

 

 

ARRUMAR O QUARTO, DESPEDIR TRALHA. O nosso quarto é espelho do nosso eu, da nossa situação actual de vida - assim reza o Feng Shui chinês, a arte de colocar os espaços da casa em harmonia. Libertei o meu quarto de fotos e outros objectos e comecei a libertar-me de mulheres-ilusão, isto é, da imagem daquelas mulheres que nos atraem mas não nos levam a bom porto, não são solução para nós. Libertar quartos da tralha torna as nossas ideias mais lúcidas e liberta a nossa vida de entraves. Lembra-te: tudo é transitório, o que tens perderás.

 

MEDITAÇÃO E ROSTO BELO. Meditar diariamente é necessário. Sentar-se confortável, fechar os olhos e não pensar em nada durante 10 ou 15 minutos - ou pensar na imagem de um rosto muito belo. Eu medito concentrado no rosto de uma linda mulher, sem a desejar doentiamente. A meditação atrai a nós tudo o que de bom tivermos desejado em outros momentos do dia, coloca-nos em estado de permissão - talvez o que Heidegger chamou o «estado de aberto». É imprescindível termos a noção de que tudo flui, tudo está a mover-se e devemos desprender-nos dos blocos de mármore de ressentimentos ou frustrações passadas porque não adianta nada à nossa felicidade hoje e aqui e nos dias vindouros.

 

OS MEUS AMIGOS NÃO SÃO MEUS AMIGOS. São apenas companheiros de circunstância, de vizinhança física ou de ideias. E eu sou amigo permanente e eterno de algum deles? Contudo, não me importo muito. Indiferença é o estado geral do mundo.

 

SINCRONISMO DE AZUL.De 4 a 6 de Maio de 2018, a ideia de AZUL está em foco: no dia 4, começa em Beja a Festa do AZULejo (evoca: AZUL); no dia 5, o FC Porto sagra-se campeão nacional de futebol e um mar de bandeiras AZUIS e brancas enche ruas e praças de cidades de Portugal nos festejos dos adeptos; no dia 6, sobre uma passadeira AZUL estendida junto ao rio Tejo em Lisboa decorre a inauguração do Festival Europeu da Canção no qual participam 43 países.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:34
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2017
Teste de Filosofia do 10º ano (3 de Fevereiro de 2017)

 

Eis um teste de filosofia do 10º ano de escolaridade do início do segundo período lectivo, em Portugal. Os conteúdos deste teste de filosofia referentes a alquimia, cabala e princípio das correspondências macrocosmos-microcosmos integram-se na rubrica «Os grandes temas da filosofia» e são relativos a uma visita de estudo ao centro histórico de  Sevilha em que se faz hermenêutica de monumentos antigos e seus pormenores artísticos. Os manuais escolares do 10º ano não têm praticamente textos de filosofia esotérica e holístico-científica: autores como Mircea Elíade, historiador das religiões, Edgar Morin, Paul Feyerabend, Jules Evola, Gerson Scholen, Jean Hani, são censurados, ignorados pelos académicos da filosofia analítica que estão na mó de cima na época filosoficamente impensante que atravessamos.

 

Agrupamento de Escolas nº1 de Beja

Escola Secundária Diogo de Gouveia, Beja

TESTE DE FILOSOFIA, 10º ANO TURMA A

3 de Fevereiro de 2017. Professor: Francisco Queiroz

I

“A filosofia da alquimia, que aceita as noções de pleroma, kenoma e hebdómada, sustenta a divisa «solve e coagula» e a existência de três princípios/ substâncias do universo material. Na Grande Obra Alquímica, que traduz a lei dialética do uno, há quatro fases correspondendo uma ave a cada uma.  A esfera dos valores espirituais em Max Scheler e a esfera dos valores do santo e do profano podem ter algo a ver com a cosmisação do espaço e o axis mundis dos povos primitivos."

 

1) Explique, concretamente este texto.

 

2) Relacione, justificando: 

A) Seis ou mais esferas da árvore cabalística dos Sefirós, as respectivas qualidades, e planetas, por um lado, e quatro arquês em Pitágoras de Samos, por outro lado.

 

B) Oito direções do espaço, respectivas áreas de vida e elementos ou partes da natureza na filosofia do Feng Shui e princípio das correspondências macrocosmos-microcosmos.

 

C) Máxima e imperativo categórico em Kant e o princípio moral do utilitarismo em Stuart Mill. 

 

 CORREÇÃO DO TESTE,  COTADO MAXIMAMENTE PARA 20 VALORES

 

1) A filosofia da alquimia, doutrina esotérica, hermética que sustenta o processo da Grande Obra ou criação laboratorial da pedra filosofal que concederia a imortalidade ao homem, dotando-o de um corpo astral desmaterializado como o mítico Adão Kadmon (metade homem e metade mulher), defende que há três princípios/ substâncias originárias do universo, o enxofre ou homem vermelho (princípio masculino), sólido, o mercúrio filosófico ou mulher branca (princípio feminino), volátil, e o sal, neutro. A divisa «solve e coagula» significa dissolver o enxofre, sólido, e coagular o mercúrio líquido ou gasoso que se esparge pelas esferas celestes de forma a obter o equilíbrio e a pedra filosofal, ou lapis vermelho. O pleroma é o mundo divino, da luz, o mundo dos éons ou dos arquétipos perfeitos, o kenoma é o vazio, das trevas e da matéria exterior ao pleroma, a hebdómada é o mundo das sete esferas planetárias que tem a Terra no centro, criado por Deus ou pelo demiurgo (deus inferior) no seio do kenoma para alojar Adão que, ao sair do Éden atraído por Lúcifer, se materializou e perdeu Sofia, a sua metade espiritual  (VALE TRÊS VALORES).As quatro fases da Grande Obra Alquímica que visa produzir o elixir da longa vida ou pedra filosofal em laboratório são: nigredo, ou fase negra, da putrefação da matéria transformada no laboratório a que corresponde o corvo; albedo, ou fase branca de separação das impurezas, a ave é o cisne; citredo, ou fase multicolor, de alguma dominancia do amarelo limão, a ave é o pavão; rubedo, ou fase vermelha na qual se dá a produção da pedra filosofal cuja ave é a fénix. A lei do uno sustenta que tudo se relaciona e isso exemplifica-se no facto de estas quatro fases da Grande Obra estarem ligadas entre si num processo de continuidade. (VALE TRÊS VALORES). A esfera dos valores espirituais em Max Scheller engloba os valores éticos (bem e mal), estéticos (belo e feio) jurídicos (legal, ilegal) de verdade filosófica (real, irreal, etc.) e científica (certo e errado na matemática, etc) e a esfera dos valores do santo e do profano ( Deus ou deuses versus matéria como essência da vida). A cosmisação do espaço é a transformação de um território caótico ou homologo ao caos num cosmos, isto é, num pequeno mundo organizado. Os povos antigos determinavam, nesse terreno, o Centro, o «umbigo do mundo», um lugar sagrado - e aqui entram os valores do divino, do santo e também éticos- onde situavam a pedra angular e erigiam o axis mundis, cruzando duas linhas perpendiculares no solo, uma norte-sul outra este-oeste. Assim a aldeia ficava dividida em quatro partes.A partir do Centro, elevava-se o axis mundi, um poste, ou um pilar ou uma árvore que ligava o mundo subterrâneo dos mortos ao mundo terrestre dos vivos e ao céu dos deuses.  (VALE QUATRO VALORES).

 

2-A) A árvore das Sefirós (Esferas) é o diagrama do universo, segundo a Cabala (ensinamento secreto) judaica, uma «heresia» do judaísmo como religião de massas. Essa árvore de 10 esferas, que são 10 qualidades que emanam de Deus (emanacionismo),  é composta de um triângulo  em cima, onde a presença de Deus é directa, expressa  nas sefirós Kéther- Chokmah- Binah, dois triângulos invertidos debaixo deste, onde já não há a presença directa de Deus mas sim dos arcanjos e dos anjos,  e um ponto isolado no fundo.

                               KÉTHER (Coroa)

                                Planeta: Úrano

                                Esfera nº 1

                                 Cor : Indefinida

 

BINAH:                                               CHOCKMAH

Esfera nº 3                                          Esfera nº 2

Inteligência                                          Sabedoria

Feminina                                              Masculina

Saturno                                                Neptuno

Cor Negra                                           Cor iridescente

 

GUEVURAH                                          CHESED

Esfera nº 5                                             Esfera nº 4

Justiça                                                    Misericórdia

Marte                                                       Júpiter

Cor: Vermelho                                        Cor Azul

 

                                     THIPHERET

                                      Esfera nº 6.

                                      Beleza.

                                      Sol.

                                      Cor: amarelo ouro.

                                      (VALE TRÊS VALORES)

 

A cosmogonia de Pitágoras de Samos diz que o universo se formou a partir de  quatro números-figuras arquetípicos: do vazio surge um ponto que simboliza o número um; o ponto divide-se em dois, gerando a linha recta, que é o número dois; da recta sai um ponto que ao projectar-se através de infinitas rectas sobre a recta original gera um plano, que é o número três; do plano sai um ponto que prpjectando-se segundo três rectas sobre o plano gerando a pirâmide de três lados ou tetraedro, que é o número quatro. A gematria é a atribuição a cada letra de um número (por exemplo A= 1, B=2, C=3, N=40, Z=400) . Tanto a cosmogonia de Pitágoras como a gematria  consideram os números como essências dos entes.

Podemos relacionar a árvore da Cabala, que sustenta haver DEZ esferas ou Séfirós com a teoria de Pitágoras que venerava o DEZ como número de Deus já que é a soma dos quatro arkhés (1+2+3+4=10). (VALE TRÊS VALORES).

 

 2) O Feng Shuei é uma filosofia chinesa geocósmica, holística, que sustenta a correspondência entre pontos cardeais (N,S,E,O) e os quatro pontos colaterais (NE,SE, SO, NO), as áreas de vida social e pessoal, alguns animais e cores.

 

NORTE. TERRA.  Tartaruga negra. A profissão, os negócios. Audição. Inverno. Meia noite, velho Yi ( máximo Yin ou máxima escuridão e frio).

NORDESTE. MONTANHA. Área de estudos e vida escolar.

ESTE, TROVÃO. Dragão verde. Crescimento, família. Cor verde. Visão. Nascer do sol. Jovem Yang.

SUDESTE. VENTO, MADEIRA. Dinheiro, riqueza material.

SUL.FOGO. Fénix. Fama. Fala. Cor vermelha. Verão. meio dia, velho Yang (máximo Yang ou máxima luz e calor).

SUDOESTE.TERRA. Sudoeste (ou Centro, segundo algumas interpretações). Serpente. Cor: amarelo. Fim do verão. Casamento, amores.  Sabor. Meio da tarde. Igual proporção de Yang e Yin.

OESTE. ÁGUA., Lago. Oeste. Tigre branco. A criatividade, os filhos. O olfato. Outono. Cor branca. Pôr do sol. Jovem yin (algum frio e humidade). 

NOROESTE.  CÉU. Os protectores, os amigos influentes.

    O princípio das correspondências microcosmo-microcosmo da filosofia hermética sustenta que o que está em baixo é como o que está em cima, há uma analogia entre o microcosmo ou pequeno universo e o macrocosmo ou grande universo. Assim sucede com o FengShuei: por exemplo, o Norte (macrocosmos) corresponde à profissão da pessoa (microcosmos) e à Tartaruga Negra (microcosmos), etc. (VALE TRÊS VALORES)

 

C) O imperativo categórico ou verdadeira lei moral, em Kant, postula: «Age como se quisesses que a tua ação fosse uma lei universal da natureza». Resulta da universalização da máxima, da aplicação equitativa do princípio subjectivo moral de cada um ou máxima. Exemplo: se a minha máxima é «Combato a vacinação obrigatória porque as vacinas infectam o organismo» o meu imperativo categórico será «Vou difundir a ideia de que a vacinação é nociva e não me vacinarei nem as minhas filhas, quaiquer que sejam as sanções contra mim.» O princípio moral de Stuart Mill é, em cada situação, promover a felicidade da maioria das pessoas, mesmo sacrificando a minoria. Em regra, isto opõe-se ao imperativo categórico de Kant que é absolutamente equitativo e trata por igual todos os indivíduos. (VALE QUATRO  VALORES)

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 19:41
link do post | comentar | favorito

Sábado, 28 de Maio de 2016
Teste de Filosofia do 10º ano, turma A (Maio de 2016)

 

Eis um teste de filosofia centrado no tema religião, opção escolhida pelos alunos da turma.

 

 

Agrupamento de Escolas nº1 de Beja

Escola Secundária Diogo de Gouveia, Beja

TESTE DE FILOSOFIA, 10º ANO TURMA A

24 de Maio de 2016. Professor: Francisco Queiroz.

 I

  «O rito é a reactualização do mito que se refere à transcendência. O realismo crítico não se liga necessariamente ao espiritualismo ou ao materialismo”.

 

1) Explique estes pensamentos.

 

2)Faça corresponder a cada um dos cinco elementos da filosofia chinesa do Feng Shui e do taoísmo, o respectivo ponto cardeal, animal, campo de vida (profissão, casamento, etc), cor, sentido humano (audição, visão, etc.), estação do ano, hora do dia, percentagem de yang (jovem, velho) e de yin, e aplique a lei da contradição principal a esse conjunto

 

.3)Relacione, justificando:

A) Dharmas, eu e impermanência, no budismo.
B) Ser fora de si, alienação e panteísmo, na doutrina de Hegel sobre a ideia absoluta.

 

CORREÇÃO DO TESTE COTADO PARA 20 VALORES

 

1)  O rito é um conjunto de gestos e cerimónias (exemplo: a missa dos católicos, o passar as contas de um rosário entre as mãos dos budistas) que visam reacender os mitos sagrados do princípio do mundo, isto é, as cenas lendárias dos deuses, anjos, demónios ou antepassados de uma tribo ou povo. O partir do pão (rito) na missa católica evoca ou põe na ordem do dia a morte de Cristo na cruz (mito). Transcendência é estar fora de ou além de e neste contexto mito da transcendência significa o mito que fala de seres sobrenaturais, em regra deuses que criam o mundo ou nele intervêm.  (VALE TRÊS VALORES). O realismo crítico é a teoria que afirma que há um mundo material anterior às mentes humanas e independente destas que o captam de maneira distorcida. O realismo crítico em Descartes consiste em postular o seguinte: há um mundo de matéria exterior às mentes humanas, feito só de qualidades primárias, objetivas, isto é, forma, tamanho, número, movimento. As cores, os cheiros, os sons, sabores, o quente e o frio só existem no interior da minha mente, do organismo do sujeito, pois resultam de movimentos vibratórios de partículas exteriores já que o mundo exterior é apenas composto de formas, movimentos e tamanhos. Ora esta teoria é compatível com o materialismo, doutrina que afirma que a matéria é o princípio eterno do mundo, que Deus e deuses não existem nem almas no «Além», e que o espírito é uma forma subtil de matéria. É também compatível com a maioria das formas de espiritualismo, doutrina que afirma que o espírito (Deus, deuses, espíritos humanos) é eterno ou criador do universo de matéria e que esta deriva do espírito. (VALE QUATRO VALORES)

 

2) Os cinco elementos da filosofia chinesa do taoísmo são: madeira, fogo, terra, metal e água. As correspondências de cada um são:

 

MADEIRA. Este. Dragão verde. Crescimento, família. Cor verde. Visão. Nascer do sol. Jovem Yang.

FOGO. Sul. Fénix. Fama. Fala. Verão. meio dia, velho Yang (máximo Yang ou máxima luz e calor).

TERRA. Sudoeste (ou Centro, segundo algumas interpretações). Serpente. Cor: amarelo. Fim do verão. Casamento, amores.  Sabor. Meio da tarde. Igual proporção de Yang e Yin.

METAL. Oeste. Tigre branco. A criatividade, os filhos. O olfato. Outono. Cor branca. Pôr do sol. Jovem yin (algum frio e humidade).

ÁGUA. Norte. Tartaruga negra. A profissão, os negócios. Audição. Inverno. Meia noite, velho Yi ( máximo Yin ou máxima escuridão e frio).

A lei da contradição principal diz que um sistema de múltiplas contradições pode ser reduzido a uma só, organizando-as em dois blocos, podendo haver uma ou outra contradição na zona neutra. Assim podemos, por exemplo, colocar de um lado o bloco Yang (Madeira/primavera ; Fogo/Verão) e do outro lado o bloco Yin (Metal/ Outono, Água/Inverno), ficando na zona neutra a Terra/Fim do Verão na qual Yang e Yin se equilibram. Há outras maneiras de estruturar a contradição principal. (VALE SEIS VALORES)

 

3) A)  Dharma em sentido geral significa Lei da Natureza. Dharmas em sentido particular são as qualidades físicas, psíquicas e intelectuais que, por assim dizer, flutuam no cosmos como átomos, sem sujeito, e se juntam para formar o eu mutável, a personalidade de uma pessoa. Assim a cor dos olhos, a forma do rosto e do corpo, as sensações de prazer e dor, os impulsos sentimentais, a consciência são dharmas que formam o eu em mudança ou impermanência de cada um: quem fica cego perdeu o dharma da visão, quem fica em coma perdeu o dharma da consciência. O eu é impermanente, na verdade nem existe, porque os dharmas que o formam mudam a cada instante, embora haja um eu superior, o Atmã, destituído de dharmas e imortal. (VALE QUATRO VALORES)

 

3-B) O ser fora de si é a segunda fase da ideia absoluta: Deus, que era ser em si, pensamento puro,  alienou-se em matéria física, isto é, separou-se de si mesmo enquanto espírito pensante, transformou-se em espaço, tempo, em astros, montanhas, rios, plantas e animais. Isto é panteísmo, doutrina que afirma que a natureza biofísica é divina: o sol e a lua são olhos de Deus, os mares são a linfa de Deus, erc. (VALE TRÊS VALORES).

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 15:59
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
16
17

19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Breves reflexões de Maio ...

Teste de Filosofia do 10º...

Teste de Filosofia do 10º...

arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds