Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2019
Papa Ratzinger e Lenine: o paralelismo

 

Há um paralelismo entre Joseph Ratzinger (papa Bento XVI ) e Vladimir Ilich Lenine:


- Ambos nascem na segunda quinzena de Abril : Ratzinger nasceu a 16 de Abril de 1927, Lenine nasceu a 22 de Abril de 1870.


- Ambos foram guardiães da ortodoxia de uma doutrina escatológica que visa a salvação da humanidade: Ratzinger foi o Perfeito da Congregação para a Doutrina da Fé , na igreja romana, de 1981 a 2005, Lenine foi o guardião de uma ortodoxia marxista aplicada à situação da Rússia, o marxismo-leninismo.

 

Lenine, vindo do exílio prolongado, chegou de comboio à estação da Finlândia em São Petesburgo (Petrogrado), sendo aclamado por milhares de operários, soldados e marinheiros e discursou apelando à revolução socialista, na noite de 16 de Abril de 1917, dez anos exactos antes do nascimento de Joseph Aloisius Ratzinger.

 

- Ambos sucederam como chefes supremos de uma instituição multinacional a um chefe máximo nascido em 18 de Maio de um dado ano:


A) Lenine sucedeu como presidente do Conselho de Comissários do Povo da República Socialista Federativa Soviética da Rússia ao czar Nicolau II, nascido em 18 de Maio de 1868.

 

B) Joseph Ratzinger sucedeu como papa da igreja católica romana a João Paulo II, nascido como Karol Wojtila em 18 de Maio de 1920.

 

Ambos renunciam ao cargo por doença, ou velhice e/ou pressão política adversa no inverno de um dado ano:

 

A) Vladimir Lenine fica paralítico e sem voz, em 9 de Março de 1923, com o Sol em 17º-18º do signo de Peixes.

 

B) Bento XVI renuncia por «cansaço», na realidade por pressão da maçonaria e dos jesuítas, em 28 de Fevereiro de 2013, com o Sol em 9º-10º do signo de Peixes.

 

Ambos são substituídos nas suas funções de líderes máximos por homens nascidos em 17 ou 18 de Dezembro de anos distintos:

 

A) Lenine é sucedido por Estaline, nascido em 18 de Dezembro de 1878.

 

B) Bento XVI é sucedido por Jorge Bergoglio (papa Francisco), nascido em 17 de Dezembro de 1936.

 

Estas coincidências não são fortuitas, obedecem à lei geral planetário-fonética das estruturas.

 

 

       www.filosofar.blogs.sapo.pt

          f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:49
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2019
Papa Jorge Bergoglio e Estaline: o paralelismo

Há um paralelismo entre o papa Francisco e José Estaline: o papa chama-se Jorge BERGOGLIO (sugere: BERIA, o chefe da polícia secreta de Estaline, o NKVD, e GULAG (GOGLIO) o campo dos prisioneiros na Sibéria onde centenas de milhar morriam de fome e frio). O nome próprio do papa argentino é JORGE evocando GEÓRGIA, a terra natal de Estaline.

 

Além do mais nascem ambos com o Sol a transitar o grau 25º do signo de Sagitário; Estaline nasceu a 18 de Dezembro de 1878, Jorge Bergoglio nasceu a 17 de Dezembro de 1936. Ambos nasceram com Saturno no signo de Peixes: Estaline com Saturno em 26º do signo de Peixes e Bergoglio com Saturno em 16º do signo de Peixes.

 

 

       www.filosofar.blogs.sapo.pt

          f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:43
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2015
O Vaticano corrupto dessacraliza as missas celebradas nas paróquias?

 

Sendo o Vaticano dos cardeais um «ninho de víboras», infiltrado por vaidosos e corruptos prelados e por maçons, é espiritualmente eficaz a missa católica rezada nas paróquias, isto é, na base da igreja católica romana? Este é um dos problemas filosóficos que me desafia. Lê-se num livro anti-corrupção escrito em 1998 por um núcleo de resistentes  dentro da cúpula vaticanista:


«Depois da morte de Paulo VI, a 6 de Agosto de 1978, os mass media davam o arcebispo de Génova, cardeal Guiseppe Siri - um verdadeiro gigante do sacro colégio pela sua dimensão pastoral, pela sua formação intelectual, pela sua coerência entre fé e vida, pela sua fidelidade à tradição da Igreja - como Papa já eleito, antes de entrar no conclave. Tivera encontros nos dias anteriores com cardeais, embaixadores, políticos e prelados de todas as origens e correntes. O arcebispo Siri, de discurso calmo, determinado e incisivo como uma espada, sabia que era mal visto no Vaticano por uma certa classe maçónica de salão. Não adivinhava o golpe baixo que ela lhe estava a preparar pelas costas, no sentido de o apear daquele plebiscito de prognósticos e de consensos. Naturalmente, os gigantes são observados à distância para assim se apreci8ar melhor a sua estatura ciclópica e para não se correr o risco de os considerar parecidos com os monstros. »


«Na manhã do conclave, o cardeal Siri mal teve tempo de tomar conhecimento pelos jornais de uma entrevista, que não dera, a respeito da eficácia da ação do futuro Papa e daquilo que deveria fazer, em que lhe atribuíam afirmações delicadas e perigosas, exactamente para lançar sombras sobre o cardeal candidato. O arcebispo de Génova nem sequer teve tempo para desmentir a entrevista: a porta do conclave fechou-se atrás de si. Os objectivos daquela camarilha ecoaram no conclave, reunido de imediato que, por prudência - assim se disse - pôs de parte a grande figura que todos previam» (I Millenari, O Vaticano contra Cristo, pág.159-160, Editorial Notícias; o destaque a negrito é posto por nós).

 

Muitas outras manobras baixas como o assassínio do papa João Paulo I, em 28 de Setembro de 1978, a pedofilia consentida em milhares de colégios católicos e sacristias, e um clima de permanente opressão dos bispos sobre sacerdotes e leigos que executam, sem poder contestar sindicalmente, as ordens vindas de cima ( não de Deus, mas da arrogância satânica de purpurados) caracterizam a cúpula da igreja católica romana, o Vaticano. Será o papa Francisco um maçon infiltrado? Aponta-se-lhe ter colaborado com a ditadura militar argentina em 1976, no desaparecimento de dois sacerdotes antifascistas e, por isso, não deveria ser maçon nessa época. Creio que as missas ditas na base por sacerdotes bem intencionados poderão ter um certo valor santificante. Mas reservo-me: sou gnóstico e não creio na santidade dos corruptos bispos, arcebispos e cardeais, salvo na de alguns poucos. A igreja católica é, como os regimes comunistas leninistas, organizada segundo um modelo totalitário em que o chefe supremo ( o papa; o camarada Estaline, o presidente Mao Ze Dong, etc) é endeusado: operários honestos na base a trabalhar por ideais, uma classe burocrática de dirigentes do partido marxista-leninista e do Estado, a gozar com quintas luxuosas e armazéns de produtos de luxo privados e outras formas de corrupção. O papa é talvez um representante de Satanás na Terra. Há outros.

 

E afinal a igreja de hoje é a mesma que fez milhões de vítimas com a Inquisição e as cruzadas, a igreja de Satã, que nada tem a ver com o despojamento de Cristo.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:56
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14

17
19
20
21

23
24
27
28
29


posts recentes

Papa Ratzinger e Lenine: ...

Papa Jorge Bergoglio e Es...

O Vaticano corrupto dessa...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds