Sábado, 14 de Novembro de 2020
Astronomia e acidentes no Metropolitano de Lisboa

 

 

Há cerca de uma dezena de áreas pequenas do Zodíaco que despoletam acidentes  no Metropolitano de Lisboa:  21º-22º do signo de Touro, 22º-24º do signo de Gémeos, 7º-8º do signo de Leão, 0º-1º do signo de Virgem, 19º-21º do signo de Virgem, 22º-26º do signo de Balança, 0º-2º do signo de Escorpião, 20º-26º do signo de Sagitário, 16º-17º do signo de Capricórnio, 17º-19º do signo de Peixes. Se duas ou três destas áreas estiverem percorridas no mesmo dia pelo Sol e por um ou mais planetas é muito provável que um acidente se corporize.

 

ÁREA 21º-22º DO SIGNO DE TOURO

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 21º-22º do signo de Touro  (ou seja: graus 51º-52º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 15 de Setembro de 2003. com Nodo Norte da Lua em 22º 7´de Touro, Marte em 1º 7´/ 0º 58´ de Peixes, às 23.15 horas, um jovem que trazia uma lata de spray para pintar as paredes do metropolitano de Lisboa morre electrocutado no interior da estação do Rato.

 

Em 26 de Março de 2004, com Vénus em 21º 34´/ 22º 34´ e Touro, Júpiter em 8º 12´/8º 10´ de Leão,  a queda de estuque da abóbada da estação de Cidade Universitária interrompe, à noite, a circulação na Linha Amarela do Metro de Lisboa entre as estações de Campo Pequeno e Campo Grande.

 

Algumas das datas em que o Sol, um nodo da Lua ou um planeta atravessarão os graus 21º-22º do signo de  Touro são: de 16 a 19 de Fevereiro de 2021 (Marte); 29 e 30 de Abril de 2021 (Mercúrio); de 11 a 13 de Maio de 2021 (Sol); em 22 e 23 de Abril de 2022 (Mercúrio); de 3 de Abril a 4 de Julho de 2022 (Nodo Norte da Lua); de 11 a 13 de Maio de 2022 (Sol); de 5 a 8 de Agosto de 2022 (Marte); de 17 a 22 de Abril de 2024 (Nodo Norte da Lua).

 

ÁREA 22º-24º DO SIGNO DE GÉMEOS

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 22º-24º do signo de Gémeos  (ou seja: graus 82º-84º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 28 de Junho de 1996, com Mercúrio em 21º 30´/ 23º 24´ de Gémeos, Vénus em 12º 8´/ 11º 59´ de Gémeos,   um desabamento de terras nas obras do Metropolitano de Lisboa, junto à estação da Alameda, soterra 3 operários da empresa Metrolis, morrendo um deles, José Barrinhas, e ficando feridos os outros 2.

 

Em 14 de Junho de 2012, com Sol em 23º 20´/24º 18´ de Gémeos, Saturno em 22º 53´/ 22º 52´ de Balança, a circulação na Linha Azul do Metropolitano de Lisboa é de manhã interrompida durante cerca de uma hora, devido a um acidente com uma passageira na estação dos Restauradores.

 

Em 5 de Julho de 2013, com Marte em 24º 10´/ 24º 51´de Gémeos, Sol em 13º 8´/ 14º 6´ de Caranguejo, Vénus em 8º 50´/ 10º 3´ de Leão,  às 10.21 horas na estação dos Olivais, no sentido Aeroporto-São Sebastião da Pedreira uma pessoa cai à linha no momento em que o metro chega à estação e acaba por morrer o que faz esvaziar os comboios, evacuar a estação e encerrar circulação na Linha Vermelha do Metro de Lisboa de (Aeroporto - São Sebastião).

 

Em 29 de Setembro de 2020, com  Nodo Norte da Lua  em 23º 33´/ 23º 21´ de Gémeos, Nodo Sul da Lua em 23º 33´/ 23º 21´ de Sagitário, Mercúrio em 1º 52´/ 2º 55´ de Escorpião, Júpiter em 17º 49´/ 17º 52´ de Capricórnio, Neptuno em 19º 5´/ 19º 4´ de Peixes quatro pessoas ficam feridas no desabamento de parte do teto de uma galeria entre a estação de metro de São Sebastião e a praça de Espanha por falta de fiscalização da câmara municipal de Lisboa aos erros do empreiteiro cuja equipa ao derrubar uma estrutura de betão armado na Praça de Espanha perfura a abóbada da galeria do metropolitano fazendo cair terra e pedras sobre um comboio que circula na Linha Azul entre a estação das Laranjeiras e o Marquês de Pombal. 

 

Algumas das datas em que o Sol, um nodo da Lua ou um planeta atravessam os graus 22º-24º do signo de  Gémeos são: de 10 a 15 de Abril de 2021 (Marte); de 21 de Maio a 8 de Junho de 2021 (Mercúrio); de 27 a 29 de Maio de 2021 (Vénus); de 5 a 7 de Julho de 2021 (Mercúrio); de 7 a 21 de Outubro de 2022 (Marte); de 7 a 14 de Março de 2023 (Marte); de 30 de Abril a 3 de Maio de 2023 (Vénus).

 

ÁREA 7º-8º DO SIGNO DE LEÃO

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 7º-8º do signo de Leão  (ou seja: graus 127º-128º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 3 de Setembro de 2002, com Júpiter em 6º 54´ /7º 6´ de Leão, Vénus em 25º 43´/ 26º 35´ de Balança, um trabalhador fractura a bacia em acidente nas obras da estação do Metro de Santa Apolónia, em Lisboa.

 

Em 5 de Julho de 2013, com Vénus em 8º 50´/ 10º 3´ de Leão, Marte em 24º 10´/ 24º 51´de Gémeos, Sol em 13º 8´/ 14º 6´ de Caranguejo, às 10.21 horas na estação dos Olivais, no sentido Aeroporto-São Sebastião da Pedreira uma pessoa cai à linha no momento em que o metro chega à estação e acaba por morrer o que faz esvaziar os comboios, evacuar a estação e encerrar circulação na Linha Vermelha do Metro de Lisboa de (Aeroporto - São Sebastião).

 

ÁREA 0º-1º DO SIGNO DE VIRGEM

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 0º-1º do signo de Virgem  (ou seja: graus 150º-151º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 10 de Maio de 1989, com Nodo Sul da Lua em 1º 25´/ 1º 20´ de Virgem, Júpiter em 11º 32´/ 11º 46´ de Gémeos, Nodo Norte da Lua em 1º 25´/ 1º 20´ de Peixes, o derrame de combustível um depósito da GALP de uma estação de serviço obriga a interromper por algumas horas a circulação no túnel do metropolitano de Lisboa, entre as estações de Palhavã e São Sebastião, invadido por gasolina.

 

De 11 a 22 de Maio de 1989, com Nodo Sul da Lua em 1º 16´/ 0º 0´ de Virgem,  com Nodo Norte da Lua em 1º 16´/ 0º 0´ de Peixes, permanece interrompida a circulação na linha do Metropolitano de Lisboa, entre as estações da Rotunda e Colégio Militar, ao detectar-se, de manhã do dia 11, a escorrência de combustível nas paredes das galerias; em 30 de Maio de 1995, com Marte em 1º 59´/ 2º 27´ de Virgem, Quiron em 20º 7´/ 20º 8´ de Virgem, Júpiter em 10º 50´/ 10º 42´ de Sagitário, um curto-circuito corta a energia eléctrica na estação do metro de Lisboa da Rotunda, ferindo ligeiramente um fiscal. 

 

ÁREA  19º-21º DE SIGNO DE VIRGEM

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 19º-21º do signo de Virgem  (ou seja: graus 169º-171º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 11 de Dezembro de 1996, com Marte em 21º 3´/ 21º 29´ de Virgem, Nodo Norte da Lua em 4º 58´/ 4º 46´ de Balança, Vénus em 22º 14´/ 23º 29´de Escorpião, às 9.15 horas, um aluimento nas obras da estação do Metro de Olivais Sul, na Rua Cidade de Bissau em Lisboa, soterra sob uma parede de betão, 6 operários que permanecem salvos por uma bolsa de ar existente noutro túnel a 30 metros de profundidade e são resgatados após horas de perfuração, às 19.30 horas, um deles ferido.

 

Em 19 de Outubro de 1997, com Nodo Norte da Lua em 19º 12´/ 19º 6´de Virgem, Vénus em 11º 45´/ 12º 50´ de Sagitário, Júpiter em 12º 17´/ 19´ de Aquário, pela 1.00 hora da madrugada, principia um grande incêndio no qual explodem várias garrafas de acetileno e arde um depósito de tintas, no túnel do metropolitano que liga a estação da Alameda à do Areeiro, em Lisboa, ardendo as estações nova e velha, morrendo Sidi Bamba, vigilante da obra de construção, residente no Bairro das Marianas e Ernesto Rosa Pereira, chefe da estação de Metro do Areeiro e, devido às inundações causadas pelas chuvas na véspera, é interrompida a circulação de comboios no Metro entre as estações de Avenida e Campo Grande, 

 

ÁREA 22º-26º DO SIGNO DE BALANÇA 

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 22º-26º do signo de Balança  (ou seja: graus 202º-205º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 24 de Outubro de 1995, com Nodo Norte da Lua em 26º 31´de Balança, Sol em 0º 6´/ 1º 5´ de Escorpião, Saturno em 18º 42´/ 18º 39´ de Peixes, pelas 16.30 horas, desmorona-se uma das paredes do túnel nas obras de ampliação da estação de metro do Chiado, matando um trabalhador de 35 anos.

 

Em 29 de Julho de 2014, com Nodo Norte  da Lua em 22º 8´/ 22º 2´ de Balança, Marte em 1º 32´/ 2º  4´ de Escorpião, Nodo Sul da Lua em 22º 8´/ 22º 2´ de Carneiro, Marte em 1º 32´/ 2º  4´ de Escorpião, Quiron em 17º 7´/ 17º 5´ de Peixes, um homem é ferido na estação de metro do aeroporto de Lisboa, sendo esta encerrada.

 

Algumas das datas em que o Sol, um nodo da Lua ou um planeta atravessarão os graus 22º-26º do signo de  Balança são: de 15 a 19 de Novembro de 2020 (Vénus); de 18 de Setembro a 4 de Outubro de 2021 (Mercúrio); de 30 de Setembro a 5 de Outubro de 2023 (Marte)-

 

ÁREA 0º-2º DO SIGNO DE ESCORPIÃO 

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 0º-2º do signo de Escorpião  (ou seja: graus 210º-212º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 24 de Outubro de 1995, com Nodo Norte da Lua em 26º 31´de Balança, Sol em 0º 6´/ 1º 5´ de Escorpião, Saturno em 18º 42´/ 18º 39´ de Peixes, pelas 16.30 horas, desmorona-se uma das paredes do túnel nas obras de ampliação da estação de metro do Chiado, matando um trabalhador de 35 anos.

 

Em 29 de Julho de 2014, com Marte em 1º 32´/ 2º  4´ de Escorpião, Nodo Sul da Lua em 22º 8´/ 22º 2´ de Carneiro, Nodo Norte  da Lua em 22º 8´/ 22º 2´ de Balança, Marte em 1º 32´/ 2º  4´ de Escorpião, Quiron em 17º 7´/ 17º 5´ de Peixes, um homem é ferido na estação de metro do aeroporto de Lisboa, sendo esta encerrada.

 

Em 29 de Setembro de 2020, com Mercúrio em 1º 52´/ 2º 55´ de Escorpião, Nodo Sul da Lua em 23º 33´/ 23º 21´ de Sagitário, Júpiter em 17º 49´/ 17º 52´ de Capricórnio, Neptuno em 19º 5´/ 19º 4´ de Peixes quatro pessoas ficam feridas no desabamento de parte do teto de uma galeria entre a estação de metro de São Sebastião e a praça de Espanha por falta de fiscalização da câmara municipal de Lisboa aos erros do empreiteiro cuja equipa ao derrubar uma estrutura de betão armado na Praça de Espanha perfura a abóbada da galeria do metropolitano fazendo cair terra e pedras sobre um comboio que circula na Linha Azul entre a estação das Laranjeiras e o Marquês de Pombal .

 

Algumas das datas em que o Sol, um nodo da Lua ou um planeta atravessarão os graus 0º-2º do signo de  Escorpião são: de 21 a 23 de Novembro de 2020 (Mercúrio); de 10 a 13 de Setembro de 2021 (Vénus); 

 

ÁREA 20º-26º DO SIGNO DE SAGITÁRIO

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 20º-26º do signo de Sagitário  (ou seja: graus 260º-266º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 28 de Dezembro de 2005, com Mercúrio em 19º 46´/ 21º 13´ de Sagitário, Plutão em 24º 44´/ 24º 46´ de Sagitário, Vénus em 1º 12´/ 1º 2´ de Aquário; às 17.45 horas, uma mulher cai à linha na estação de Cais do Sodré, em Lisboa, sofrendo amputação de um braço, e isso interrompe a circulação na Linha Verde do metropolitano (Cais do Sodré / Telheiras) e condicionada a circulação na Linha Azul (Baixa-Chiado / Amadora Este).

 

Em 27 de Março de 2006, com Plutão em 26º 45´ de Sagitário, Sol em 6º 10´/ 7º 10´ de Carneiro, às 9.34 horas, uma avaria faz parar e reter durante 40 minutos um comboio com centenas de passageiros na Linha Azul do Metro de Lisboa no túnel entre as estações de Sete Rios e Praça de Espanha, sendo assistidos 10 passageiros na estação de Praça de Espanha por crises de ansiedade;

 

Em 9 de Dezembro de 2008, com Mercúrio em 24º 38´/ 26º 16´ de Sagitário, Saturno em 21º 17´/ 21º 20´ de Virgem, Vénus em 1º 11´/ 2º 21´de Aquário, uma passageira cai à linha do Metro na zona do Marquês do Pombal no momento em que a composição circula e fica com o braço esquerdo preso na roda do comboio sendo a circulação na linha amarela do Metro de Lisboa cortada por uma hora.

 

Em 12 de Novembro de 2019, com Júpiter em 25º 32´/ 25º 45´ de Sagitário, Marte em 25º 12´/ 25º 51´ de Balança, Júpiter em 25º 32´/ 25º 45´ de Sagitário, Saturno em 16º 15´/ 16º 20´ de Capricórnio,  ocorre uma avaria num comboio na linha na Linha Amarela do Metropolitano de Lisboa pelas 17h05, que se imobiliza no túnel que liga as estações de  Cidade Universitária e Campo Grande, que obriga à interrupção do serviço, ao fim de 40 minutos, alguns passageiros sentem-se mal e são  acionados os botões de emergência para abrir as portas da carruagem.e saem  da composição e circulam pela linha com a ajuda de um funcionário do metro, regressando  à normalidade a circulação às 19h07".

 

Em 2 de Fevereiro de 2020, com  Marte em 20º 5´/ 20º 46´ de Sagitário, Nodo Norte da Lua em 7º 48´/ 7º 49´ de Caranguejo, a circulação da Linha Vermelha do Metro de Lisboa é interrompida no sentido Aeroporto-São Sebastião.desde, pelo menos, as 12h26 devido a um passageiro, cair para a linha do metro na estação Oriente.

 

Em 29 de Setembro de 2020, com Nodo Sul da Lua em 23º 33´/ 23º 21´ de Sagitário, Mercúrio em 1º 52´/ 2º 55´ de Escorpião, Júpiter em 17º 49´/ 17º 52´ de Capricórnio, Neptuno em 19º 5´/ 19º 4´ de Peixes quatro pessoas ficam feridas no desabamento de parte do teto de uma galeria entre a estação de metro de São Sebastião e a praça de Espanha por falta de fiscalização da câmara municipal de Lisboa aos erros do empreiteiro cuja equipa ao derrubar uma estrutura de betão armado na Praça de Espanha perfura a abóbada da galeria do metropolitano fazendo cair terra e pedras sobre um comboio que circula na Linha Azul entre a estação das Laranjeiras e o Marquês de Pombal.

 

Algumas das datas em que o Sol, um nodo da Lua ou um planeta atravessarão os graus 20º-26º do signo de  Sagitário são:  de 11 a 18 de Dezembro de 2020 (Sol); dde 14 a 19 de Dezembro de 2020 (Mercúrio); de 31 de Dezembro de 2020 a 6 de Janeiro de 2021 (Vénus). 

 

ÁREA 16º-17º DO SIGNO DE CAPRICÓRNIO

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 16º-17º do signo de Capricórnio  (ou seja: graus 286º-287º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 12 de Novembro de 2019, com Saturno em 16º 15´/ 16º 20´ de Capricórnio, Júpiter em 25º 32´/ 25º 45´ de Sagitário, Marte em 25º 12´/ 25º 51´ de Balança, Júpiter em 25º 32´/ 25º 45´ de Sagitário,  ocorre uma avaria num comboio na linha na Linha Amarela do Metropolitano de Lisboa pelas 17h05, que se imobiliza no túnel que liga as estações de  Cidade Universitária e Campo Grande, que obriga à interrupção do serviço, ao fim de 40 minutos, alguns passageiros sentem-se mal e são  acionados os botões de emergência para abrir as portas da carruagem.e saem  da composição e circulam pela linha com a ajuda de um funcionário do metro, regressando  à normalidade a circulação às 19h07".

 

Em 29 de Setembro de 2020, com Júpiter em 17º 49´/ 17º 52´ de Capricórnio, Nodo Sul da Lua em 23º 33´/ 23º 21´ de Sagitário, Mercúrio em 1º 52´/ 2º 55´ de Escorpião, Neptuno em 19º 5´/ 19º 4´ de Peixes quatro pessoas ficam feridas no desabamento de parte do teto de uma galeria entre a estação de metro de São Sebastião e a praça de Espanha por falta de fiscalização da câmara municipal de Lisboa aos erros do empreiteiro cuja equipa ao derrubar uma estrutura de betão armado na Praça de Espanha perfura a abóbada da galeria do metropolitano fazendo cair terra e pedras sobre um comboio que circula na Linha Azul entre a estação das Laranjeiras e o Marquês de Pombal 

 

ÁREA 17º-19º DO SIGNO DE PEIXES

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua ou de um planeta na área 17º-19º do signo de Peixes (ou seja: graus 347º-349 º em longitude na eclíptica)  é condição necessária mas insuficiente para gerar um acidente ferroviário no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 24 de Outubro de 1995, com Nodo Norte da Lua em 26º 31´de Balança, Sol em 0º 6´/ 1º 5´ de Escorpião, Saturno em 18º 42´/ 18º 39´ de Peixes, pelas 16.30 horas, desmorona-se uma das paredes do túnel nas obras de ampliação da estação de metro do Chiado, matando um trabalhador de 35 anos.

 

Em 29 de Julho de 2014, com Quiron em 17º 7´/ 17º 5´ de Peixes, Marte em 1º 32´/ 2º  4´ de Escorpião, Nodo Sul da Lua em 22º 8´/ 22º 2´ de Carneiro, Nodo Norte  da Lua em 22º 8´/ 22º 2´ de Balança, Marte em 1º 32´/ 2º  4´ de Escorpião, um homem é ferido na estação de metro do aeroporto de Lisboa, sendo esta encerrada.

 

Em 29 de Setembro de 2020, com Neptuno em 19º 5´/ 19º 4´ de Peixes Mercúrio em 1º 52´/ 2º 55´ de Escorpião, Nodo Sul da Lua em 23º 33´/ 23º 21´ de Sagitário, Júpiter em 17º 49´/ 17º 52´ de Capricórnio, quatro pessoas ficam feridas no desabamento de parte do teto de uma galeria entre a estação de metro de São Sebastião e a praça de Espanha por falta de fiscalização da câmara municipal de Lisboa aos erros do empreiteiro cuja equipa ao derrubar uma estrutura de betão armado na Praça de Espanha perfura a abóbada do túnel do metropolitano fazendo cair terra e pedras sobre um comboio que circula na Linha Azul entre a estação das Laranjeiras e o Marquês de Pombal.

 

Estas pesquisas são ciência histórico-astronómica e superam em muito a astrologia tradicional que, por comodismo e falta de inteligência, não leva em conta estes «detalhes» porque nem ela mesma acredita no determinismo planetário-social absoluto. Os astrólogos tradicionais, que sustentam que «Vénus rege Balança e Marte rege o Carneiro», ignorando que Marte rege a área 1º a 11º do signo de Balança, exaltada quando uma sonda sobrevoa ou aterra em Marte, são papagaios ignorantes.

 

Saliente-se que os canais de televisão, os jornais como «Expresso», «Sol», «I», «Diário de Notícias», «Correio da Manhã», revistas como «Sábado», «Visão», «Revista Portuguesa de Filosofia» e muitas outras têm obrigação de divulgar os nossos estudos mas não o fazem porque são epistemicamente fascistas, são a nova «Santa Inquisição» de fachada científica e positivista. Não sabem nem podem refutar os dados históricos que apresentamos, por isso ignoram, censuram. A cultura contemporânea iluminista é fascista no plano epistémico porque sobrepõe o imaginário «livre-arbítrio» humano, o acaso, à necessidade, às leis infalíveis das radiações planetárias. E nada disto nega a existência do Deus do Puro Amor, exterior ao sistema das órbitas planetárias, transcendente à máquina Mundi do Grande Arquitecto.

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», inovador em relação a todos os outros dicionários, repleto de transcrições literais de textos dos filósofos. Aproveita, a edição já esgotou nas livrarias excepto na livraria Modo de Ler, Praça Guilherme Gomes Fernandes, na cidade do Porto. Contém 520 páginas, custa só 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos). Este blog é de serviço público, colhes aqui um saber que não encontras em nenhum outro, um saber que as televisões e as universidades, conservadoras e ignorantes, procuram abafar. Deves ajudar a manter este blog.

 

This blog requires thousands of hours of research and reflection and produces knowledge that you won't find anywhere else on the internet. In order for us to continue producing it please make a donation to our bank account with the IBAN PT50 0269 0178 0020 4264 5789 0

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Copyright to Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 14:17
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020
20º-29º de Balança e 7º-10º de Capricórnio: pessoa atropelada por comboio

 

Diversas áreas zodiacais, entre as quais 20º-29º do signo de Balança e 7º-10º do signo de Capricórnio, desencadeiam, se transitadas por um planeta do sistema solar, atropelamentos de pessoas por comboios em Portugal.

ÁREA 20º-29º DO SIGNO DE BALANÇA 

 

A passagem de um planeta, do Sol ou de um Nodo da Lua nos graus 20º-29º  do signo de Balança  é condição necessária mas insuficiente para suscitar um atropelamento mortal de uma pessoa, suicida ou apenas distraída, por um comboio em Portugal. 

 

Em 23 de Outubro de 2002, com Sol de 29º 24´de Balança a 0º 24´de Escorpião, Mercúrio em 15º 11´/ 16º 48´ de Balança,  às 16.28 horas uma mulher suicida-se atirando-se para diante de um comboio que seguia de Lisboa para Castelo Branco, em Alferrarede, Abrantes, interrompendo por  40 minutos o trânsito neste troço da linha da Beira Baixa.

 

Em 28 de Outubro de 2002, com Mercúrio em 23º 25´/ 25º 5´  de Balança, às 9.00 horas, um suicida idoso atira-se para a frente de um comboio na estação de Algueirão, Mem Martins, linha de Sintra, sendo retirado com vida mas gravemente ferido.

 

Em 30 de Outubro de 2002, com Mercúrio em 26º 45´/ 28º 25´de Balança, Marte em 9º 6´/ 9º 45´de Balança, Nodo Sul da Lua em 9º 9´/ 9º 7´ de Sagitário, Saturno em 28º 48´/ 28º 44´ de Gémeos,  uma mulher de 54 anos é trucidada por um comboio Alfa Pendular, que liga Lisboa ao Porto, no apeadeiro de Coimbrões, concelho de Gaia.

 

Em 26 de Novembro de 2002, com Marte em 26º 24´/ 27º 3´ de Balança, Vénus e 0º 30´/ 0º 42´ de Escorpião, Mercúrio em 10º 11´/ 11º 44´ de Sagitário,  cerca das 11.00 horas, uma mulher de 67 anos escorrega nos carris da linha do Douro na estação de Rede, Mesão Frio, Vila Real, e é colhida por um comboio, resultando gravemente ferida.

 

Em 28 de Outubro de 2004, com Marte em 20º 36´/ 21º 15´ de Balança, Nodo Sul da Lua em 2º 10´/ 2º 9´ de Escorpião, cerca das 18.30, na passagem de nível de São Pedro do Estoril, um comboio da linha de Cascais atropela mortalmente uma mulher e provoca feridas gravíssimas à sua filha de 8 anos.

 

ÁREA 7º-10º DO SIGNO DE CAPRICÓRNIO

 

A passagem de um planeta, do Sol ou de um Nodo da Lua nos graus 7º-10º  do signo de Capricórnio é condição necessária mas insuficiente para suscitar um atropelamento mortal de uma pessoa, suicida ou apenas distraída, por um comboio em Portugal. 

 

Em 10 de Fevereiro de 2003, com Vénus em 6º 10´/ 7º 19´ de Capricórnio, Mercúrio em 26º 9´/ 27º 23´ de Capricórnio, uma criança de oito anos é colhida por um comboio na linha entre Granja e Aguda.

 

Em 13 Fevereiro de 2011, com Vénus em 10º 1´/ 11º 10´ de Capricórnio, Júpiter em 4º 13´/4º 26´ de Carneiro,  Mercúrio em 14º 36´/ 16º 17´ de Aquário, Marte em 22º 4´/ 22º 51´ de Aquário, uma mulher aparentando cerca de 70 anos é colhida mortalmente por um comboio na Linha do Vouga, perto de São Paio de Oleiros, concelho de Santa Maria da Feira, quando seguia a pé pela ferrovia. 

 

Se identificarmos com uma dada localidade ou região do país a posição de outro planeta nesse dia de acidente que não o planeta ou Sol que viaja em 20º a 29º do signo de Balança ou em 7º-10º do signo de Capricórnio, é possível prever ou rever cientificamente o lugar ou região do atropelamento.

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», inovador em relação a todos os outros dicionários, repleto de transcrições literais de textos dos filósofos. Aproveita, a edição já esgotou nas livrarias excepto na livraria Modo de Ler, Praça Guilherme Gomes Fernandes, na cidade do Porto. Contém 520 páginas, custa só 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos),

 

This blog requires thousands of hours of research and reflection and produces knowledge that you won't find anywhere else on the internet. In order for us to continue producing it please make a donation to our bank account with the IBAN PT50 0269 0178 0020 4264 5789 0

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Copyright to Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 09:56
link do post | comentar | favorito

Sábado, 6 de Julho de 2019
Acidentes aéreos no Brasil na astronomia-astrologia

 

Só a falsidade dos astrónomos oficiais sustenta que «a astronomia não tem nada a ver com a astrologia». Na verdade, os astrólogos tradicionais, com o seu escasso saber - e aqui incluímos Fernando Pessoa, André Barbault,  Stephen Arroyo, Dane Rudhyar - usam a astronomia no que se refere às posições dos planetas na circunferência celeste. As previsões que elaboram, essas sim extravasam a astronomia e, como na grande maioria dos casos não assentam em dados históricos irrefutáveis, falham. A astrologia tradicional é parcialmente falsa, a astrologia histórica que criamos é ciência porque descobre regularidades, leis astronómico-sociais comprováveis na história social e política.

 

Identificamos mais dezassete áreas da circunferência zodiacal onde ocorre o trânsito de planetas, Sol ou um nodo da Lua no momento em que ocorre um acidente aéreo no Brasil ou com avião brasileiro fora do Brasil: 10º-12º do signo de Carneiro, 4º-5º do signo de Touro, 25º-27º do signo de Touro, 12º-14º do signo de Gémeos, 5º-7º do signo de Caranguejo, 12º-14º do signo de Leão, 0º-1º do signo de Virgem, 17º-19º do signo de Virgem, 28º-29º do signo de Virgem, 21º-24º do signo de Balança, 16º-19º do signo de Escorpião, 18º-21º do signo de Sagitário, 28º-29º do signo de Sagitário, 11º-13º do signo de Capricórnio, 28º-29º do signo de Capricórnio, 0º-2º do signo de Aquário, 25º-26º do signo de Peixes. Para ocorrer um acidente de aviação no Brasil é necessário que pelo menos duas destas áreas estejam habitadas por um planeta, Sol ou Nodo da Lua nesse dia.

 

Não confundamos signo com constelação: o signo de Gémeos, por exemplo, ocupa o arco de 60º a 90º da circunferência celeste mas a constelação de Gémeos estende-se de 92º a 114º dessa circunferencia, isto é, de 2º a 24º do signo de Caranguejo. As constelações não são necessárias para nada na ciência da astrologia histórica porque são irregulares no tamanho, ao passo que os signos são 12 arcos de 30º cada, divisões exactas da circunferência celeste: Carneiro de 0º a 30º de arco, Touro de 30º a 60º, Gémeos de 60º a 90º, Caranguejo de 90º a 120º, Leão de 120º a 150º , etc.

 

ÁREA 10º-12º DO SIGNO DE CARNEIRO:

ACIDENTE AÉREO COM AVIÃO BRASILEIRO

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 10º-12ºdo signo de Carneiro  ( área 10º-12º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo com avião brasileiro dentro ou fora do Brasil.

 

Em 28 de Abril de 1952,com Mercúrio em 11º 50´/ 12º 52´ de Carneiro, o Boeing 377 Stratocruisier Voo Pan Am 202   cai em uma área de mata fechada localizada a 440 quilômetros ao sudoeste da cidade de Carolina, Maranhão, matando os 50 ocupantes; em 3 de Maio de 1963, com Vénus em  10º 38´/ 11º 50´ de Carneiro, um avião Convair 340 PP-CDW Sirius da companhia Cruzeiro do Sul   cai nas proximidades do aeroporto de Congonhas, vindo a morrer 37 dos 50 ocupantes; em 11 de Julho de 1973, com Marte em 12º 43´/ 13º 20´ de Carneiro, um avião Boeing da Varig, cai na região de Paris, morrendo 123 pessoas e salvando-se apenas 12 das que iam a bordo; em 3 de Agosto de 2013, com Úrano em 12º 24´ de Carneiro, um avião de pequeno porte, transportando quatro pessoas cai ao lado da Via Anhanguera, em Jundiaí, no interior de São Paulo, na altura do km 61, no trevo de acesso à cidade, depois de descolar do Aeroporto Estadual Comandante Rolim Adolfo Amaro, no mesmo município.

 

ÁREA 3º-5º DO SIGNO DE TOURO:

ACIDENTE AÉREO EM SANTA CATARINA

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 3º-5ºdo signo de Touro ( área 34º-35º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo com avião brasileiro dentro ou fora do Brasil.

 

Em 6 de Junho de 1958, com Vénus em 5º 33´/ 6º 43´ de Touro, Júpiter em 22º 1´/ 21º 58´ de Balança, Marte em 29º 6´/ 29º 49´ de Peixes, o avião Convair CV-440 da Cruzeiro do Sul, procedente de Florianópolis (SC), acidenta-se durante o pouso em São José dos Pinhais, vitimando 24 dos 27 ocupantes, morrendo, entre outros, o Ex-Presidente da República Nereu Ramos, o Governador de Santa Catarina Jorge Lacerda e Leoberto Leal, então deputado federal; em 14 de Março de 1970, com Marte em 4º 57´/ 5º 40´ de Touro, a queda de avião da Paraense Transportes Aéreos , voo 903, na baía do Guajará, em Belém, mata 37 pessoas; em18 de Abril 1984, com Mercúrio em 4º 54´/ 4º 20´ de Touro, em Imperatriz, Maranhão, um avião Embraer EMB-110 Bandeirante   PT-GJZ colide com outro Embraer EMB-110 Bandeirante   da Votec durante aproximação para pouso, o GJZ cai e mata os dezoito ocupantes ao passo que o PT-GKL ainda consegue aterragem  forçada no Rio Tocantis   e apenas um passageiro morre dentre os 18 ocupantes; em 25 de Maio de 1995, com Nodo Sul da Lua em 5º 27´/ 5º 28´ de Touro, quatro pessoas morrem em Lages (SC) após a aeronave de Taxi-Aéreo que vinha de Florianópolis (SC) colidir com um morro no bairro Tributo, minutos antes de pousar no Aeroporto Federal Correia Pinto de Macedo; em 18 de Maio de 1997, com Mercúrio em 2º 41´/ 3º 23´ de Touro,  no festival de comemoração dos 55 anos do  Aeroclube da cidade de Lages (SC) por volta das 17h10min durante as apresentações dá-se o choque entre o avião Cessna 310 que faz passeios panorâmicos com o público e o monomotor Skylane que leva os pára-quedistas, morrendo doze pessoas, sendo oito no bimotor e quatro no monomotor, e a   13ª vítima é uma dona de casa que morre ao ser atingida por um dos corpos quando tentava entrar em casa.

 

ÁREA 25º-27º DO SIGNO  DE TOURO (E ÁREA 28º-29º DE SAGITÁRIO ):

CHOQUE DE AVIÃO CONTRA O PICO DA CALEDÓNIA, NOVA FRIBURGO

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 25º-27º do signo de Touro ( área 55º-57ºde longitude eclíptica) e simultanéamente em 28º-29º do signo de Sagitário (área 268º-269º em longitude eclíptica) são condições necessárias mas não bastantes para provocar o choque de um avião contra o Pico da Caledónia, em Nova Friburgo.

 

Em 4 de Setembro  de 1964, com Júpiter em 25º 56´/ 25º 58´ de Touro, Nodo Sul da Lua em 29º 27´/ 29º 19´ de Sagitário,  um avião Viscount, Voo VASP 14,  colide com o Pico da Caledónia  localizado em Nova Friburgo, e cai pouco antes do pouso em Nova Friburgo, matando 39 pessoas; em 20 de Dezembro de 1984, com Nodo Norte da Lua em 27º 14´/ 27º 13´ de Touro, Sol em 28º 17´/ 29º 18´ de Sagitário, , o choque de um avião no Pico da Caledônia em Nova Friburgo, Rio de Janeiro, mata todos seus ocupantes, entre eles o jovem guarda-redes Figueiredo, do Flamengo.   

 

 

ÁREA 12º-14º DO SIGNO DE GÉMEOS:

ACIDENTE AÉREO COM AVIÃO BRASILEIRO

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 12º-14º do signo de Gémeos  ( área 72º-74º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil.

 

Em 7 de Abril de 1957, com Marte em 12º 38´/ 13º 16´ de Gémeos, um avião Curtiss  C-46 Commando da Varig, prefixo PP-VCF cai nas proximidades do aeroporto de Bagé  após sofrer um incêndio a bordo, morrendo os 40 ocupantes da aeronave; em 10 de Abril de 1957, com Marte em 14º 31´/ 15º 9´ de Gémeos, .após sofrer uma pane em um dos seus motores, o avião DC-3 prefixo PP-ANX da REAL que realizava o voo Rio- São Paulo transportando 26 passageiros e 4 tripulantes bate na encosta do Pico do Papagaio, na Ilha Anchieta, sobrevivendo apenas 4 ocupantes da aeronave; em   30 de Agosto de 2002, com Nodo Norte da Lua em 13º 51´/ 13º 50´ de Gémeos, Marte em 0º 15´/ 0º 53´ de  Virgem, um Folker 100 da TAM Linhas Aéreas  realiza um pouso de emergência em uma fazenda em Birigui , SP. após a falha de uma tubulação metálica entre as bombas de baixa e de alta pressão de combustível , que havia sido mal projetada e no mesmo dia, um avião Embraer EMB-120 Brasília  da Ricco Linhas Aéreas cai em Rio Branco,  Acre, em meio a uma tempestade, morrendo 23 das 31 pessoas a bordo; em 27 de Maio de 2019, com Mercúrio em 12º 7´/ 14º 15´ de Gémeos, um monomotor Piper prefixo PT-KLO, com capacidade para quatro lugares, registado em nome do Aeroclube de Alagoas despenha-se em Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe, Brasil, matando o .cantor brasileiro Gabriel Diniz de 28 anos e duas outras pessoas.

 

ÁREA 5º-7º DO SIGNO DE CARANGUEJO:

QUEDA DE AERONAVE NA BAÍA DE GUANABARA

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 5º-7º do signo de Caranguejo  ( área 95º-97º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para gerar uma queda de aeronave na Baía de Guanabara, Rio de Janeiro, um acidente aéreo noutro local do Brasil.

 

Em 3 de Dezembro de 1928, com Marte em 6º 12´/ 5º 55´ de Caranguejo, um hidroavião Dornier Do J do Syndicato Condor   cai nas águas da Baía de Guanabara  durante as comemorações do retorno de Alberto Santos Dumont   ao Brasil. morrendo várias pessoas, entre as quais o médico Amaury de Medeiros; em 15 de Agosto de 1938, com Quiron em 7º 12, / 7º 16´ de Caranguejo, o avião Junkers Ju 52  Anhangá (prefixo PP-CAT) do Syndicato Condor  cai na Baía de Guanabara  matando todos os 9 ocupantes a bordo;  em 27 de Maio de 2019, com Marte em 7º 0´/ 7º 39´de Caranguejo, Júpiter em 21º 18´ / 21º 11´de Sagitário, um monomotor Piper prefixo PT-KLO, com capacidade para quatro lugares, registado em nome do Aeroclube de Alagoas despenha-se em Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe, Brasil, matando o .cantor brasileiro Gabriel Diniz de 28 anos e duas outras pessoas.

 

 

ÁREA 12º-14º DO SIGNO DE LEÃO:

ACIDENTE AÉREO NA BAÍA DE GUANABARA

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 12º-14º do signo de Leão  ( área 132º-134º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil, em particular na Baía de Guanabara.

 

Em 15 de Agosto de 1938, com Marte em 14º 49´/ 15º 27´ de Leão, Neptuno em 19º 48´/ 19º 50´de Virgem, o avião Junkers Ju 52  Anhangá (prefixo PP-CAT) do Syndicato Condor  cai na Baía de Guanabara  matando todos os 9 ocupantes a bordo; em 13 de Agosto de 1939, com Vénus em 12º 49´/ 14º 3´ de Leão, um hidroavião Sikorsky S-43  da Pan American Airways Baby Clipper  prefixo NC16933, cai na Baía de Guanabara, Rio de Janeiro,  após iniciar procedimento de pouso e das 16 pessoas a bordo, somente 2 sobrevivem; em 27 de Agosto de 1943, com Júpiter em 12º 30´/ 12º 42´ de Leão, um avião Junkers Ju 52 da Vasp (prefixo PP-SPD)  bate antes da pista do aeroporto Santos Dumont, morrendo 15 das 18 pessoas a bordo, entre elas o jornalista Cásper Líbero, o arquiteto e urbanista Attilio Corrêa Lima  e o arcebispo de São Paulo D.José Gaspar d´Afonseca e Silva; em 9 de Julho de  1997, com Vénus em 12º 25´/ 13º 37´ de Leão, uma  aeronave, voo TAM 283,  parte de Vitória/ES com destino a São Paulo, capital, com uma escala em São José dos Campos e na última parte da viagem, uma bomba detonada a bordo do avião abre um rombo na fuselagem, causando a morte de um passageiro; 

 

 Algumas das datas em que se dará a passagem do Sol, de um planeta ou de um Nodo da Lua na área 12º-14º do signo de Leão são: de 20 a 25 de Julho de 2019 (Marte); de 4 a 7 de Agosto de 2019 (Sol); de 6 a 9 de Agosto de 2019 (Vénus); de 19 a 21 de Agosto de 2019 (Mercúrio).

 

ÁREA 0º-1º DO SIGNO DE VIRGEM:

ACIDENTE AÉREO NO BRASIL

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 0º-1ºdo signo de Virgem  ( área 150º-151º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil.

 

Em 9 de Julho de 1956, com Júpiter em 0º 13´/ 0º 24´ de Virgem, um avião C-47 (nº 2062) do Correio Aéreo Nacional da Força Aérea Brasileira  cai após descolagem do aeroporto de Rio Branco no Acre   morrendo 4 dos 20 ocupantes;em 20 de Agosto de  1962, com Úrano em 0º37´/0º 41´ de Virgem, um DC-8   operado pela Panair do Brasil,  matrícula PP-PDT, Voo 026,  ao descolar no aeroporto do Galeão, rumo a  Lisboa, derrapa no final da pista, choca com o muro final, atravessa a rua e cai na Baía de Guanabara   morrendo 15 dos 105 ocupantes; em   30 de Agosto de 2002, com Marte em 0º 15´/ 0º 53´ de Virgem, um Folker 100 da TAM Linhas Aéreas  realiza um pouso de emergência em uma fazenda em Birigui , SP. após a falha de uma tubulação metálica entre as bombas de baixa e de alta pressão de combustível  , que havia sido mal projetada e no mesmo dia, um Embraer EMB-120 Brasília  da Ricco Linhas Aéreas cai em Rio Branco,  Acre, em meio a uma tempestade, morrendo 23 das 31 pessoas a bordo; em 17 de Julho de 2007,com Vénus em 0º 53´ /1º 15´ de Virgem, um avião Airbus A320 da TAM ultrapassa a pista do aeroporto de São Paulo e choca com um prédio de apartamento e incendeia-se, morrendo 187 pessoas a bordo e 12 no exterior do aparelho.

 

Algumas das datas em que se dará a passagem do Sol, de um planeta ou de um Nodo da Lua na área 0º-1º do signo de Virgem são: de 18 a 25 de Agosto de 2019 (Marte e  Vénus, Sol); em 29 e 30 de Agosto de 2019 (Mercúrio).

 

ÁREA 17º-19º DO SIGNO DE VIRGEM:

ACIDENTE AÉREO NA BAÍA DE GUANABARA

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 17º-19ºdo signo de Virgem  ( área 167º-169ºde longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo na Baía de Guanabara,  Brasil.

 

Em 15 de Agosto de 1938, com Neptuno em 19º 48´/ 19º 50´de Virgem, o avião Junkers Ju 52  Anhangá (prefixo PP-CAT) do Syndicato Condor  cai na Baía de Guanabara  matando todos os 9 ocupantes a bordo; em 24 de Junho  de 1960, com Nodo Norte da Lua em 18º 41´ / 18º 28´ de Virgem, um avião Convair 340, voo 435 da Real Transportes Aéreos cai misteriosamente na Baía de Guanabara   matando todas as 54 pessoas à bordo; em 20 de Agosto de  1962, com Mercúrio em 15º 42´/ 17º 7´ de Virgem, um DC-8   operado pela Panair do Brasil,  matrícula PP-PDT,Voo 026,  ao descolar no aeroporto do Galeão, rumo a  Lisboa, derrapa no final da pista, choca com o muro final, atravessa a rua e cai na Baía de Guanabara   morrendo 15 dos 105 ocupantes; em 30 de Janeiro de 1979, com Nodo Norte da Lua em 17º 57´ de Virgem, o Boeing 707-323C prefixo PP-VLU  operado pela Varig  desaparece no Oceano Pacífico  , com seis tripulantes a bordo, cerca de 30 minutos após descolar do Aeroporto Internacional de Narita, no Japão,  com destino final ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro-Galeão , não sendo nunca encontrado, o que é considerado um dos maiores mistérios da história da aviação, até hoje;em 19 de Novembro de 2015, com Júpiter em 19º 31´/ 19º 39´ de Virgem,  no início da noite, um helicóptero do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar cai nas proximidades da comunidade Cidade de Deus (CDD), no Rio de Janeiro   morrendo quatro polícias militares que estavam na aeronave. 

 

ÁREA 28º-29º DO SIGNO DE VIRGEM

ACIDENTE AÉREO NO BRASIL

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 28º-29º do signo de Virgem ( área 178º-179ºde longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil.

 

Em 25 de Setembro de 1932, com Mercúrio em 28º 5´ / 29º 54´ de Virgem, três homens partidários da Revolução Constitucionalista de 1932   roubam o Sikorsky S-38 P-BDAD   Pernambuco estacionado nas oficinas da Panair do Brasil na Ilha dos Ferreiros, no Rio de Janeiro e levando consigo o vigia da aeronave, tentam alcançar São Paulo mas caem nas proximidades de Sâo João do Meriti, Rio de Janeiro não havendo sobreviventes; em 28 de Julho de 1950, com Nodo Sul da Lua em 29º 50´/ ´29º 42´ de Virgem, um avião Constellation (Voo 099 da Panair do Brasil)  choca contra o Morro do Chapéu, nas proximidades do aeroporto de Porto Alegre (no atual município de Sapucaia do Sul  que na época era um distrito de São Leopoldo ) causando 51 mortos; em 29 de Setembro de 2006, com Vénus em 28º 14´/ 29º 29´ do signo de Virgem, um avião da Gol, voo 1009, colide no ar, em Mato Grosso, com um avião a jacto Legacy, morrendo 156 pessoas, a maior tragédia aérea do Brasil; em 19 de Novembro de 2015, com Nodo Norte da Lua em 29º 13´ de Virgem,  no início da noite, um helicóptero do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar cai nas proximidades da comunidade Cidade de Deus (CDD), no Rio de Janeiro, morrendo quatro polícias militares que estavam na aeronave.  

 

ÁREA 21º-24º DO SIGNO DE BALANÇA

ACIDENTE AÉREO NO BRASIL

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 21º-24º do signo de Balança ( área 201º-204º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil.

 

Em 7 de Novembro de 1930,com Nodo Sul da Lua em 23º 40´/ 23º 37´ de Balança,  um hidroavião Junkers Junkers G 24  batizado como "Potyguar" da empresa aérea Syndicato Condor   de prefixo P-BAHA, transportando seis passageiros e três tripulantes.acidenta-se no mar, a 500 metros da costa, defronte ao bairro Icapara   no município de Iguape, São Paulo,  resultando uma vítima fatal, o coronel Attila Gastão José de Campos Salvaterra; em 6 de Junho de 1958, com Júpiter em 22º 1´/ 21º 58´ de Balança, o avião Convair CV-440 da Cruzeiro do Sul, procedente de Florianópolis (SC), acidenta-se durante o pouso em São José dos Pinhais, vitimando 24 dos 27 ocupantes, morrendo, entre outros, o Ex-Presidente da República Nereu Ramos, o Governador de Santa Catarina Jorge Lacerda e Leoberto Leal, então deputado federal; em 5 de Setembro de 1958 com Nodo Norte da Lua em 23º 0´/ 22º 59´ de Balança, o avião Curtiss C-46 Commando, prefixo PP-LDX, voo Lóide Aéreo Nacional  652, procedente do Rio de Janeiro  (RJ), cai durante a aproximação para pouso de escala na cidade de Campina Grande  (PB), antes de seguir para o destino final em Fortaleza  (CE) e das 40 pessoas a bordo, morrem 2 tripulantes e 11 passageiros; em 1 de Novembro  de 1961, com Mercúrio em 22º 19´/ 22º 27´ de Balança, um avião Douglas DC-7C   da Panair do Brasil prefixo PP-PDO em pleno Voo da Amizade do Sal  para o Recife   na sua aproximação nocturna final no Recife, abaixo da altura regular e fora do padrão de tráfego, colide com um morro de 84 metros de altura, a 2,7 km da cabeceira da pista e parte-se, de um total de 88 passageiros e tripulação 45 morrem; em 8 de Junho de 1982, com Plutão em 24º 19´/ 24º 18´ de Balança, Nodo Sul da Lua em 13º 24´/ 13º 23´ de Capricórnio,  o Boeing 727-200, voo VASP 168, choca contra a Serra da Aratanha, no Ceará, matando todos os seus 137 ocupantes, figurando entre  os mortos o empresário cearense Edson Queiroz; em 31 de Outubro de 1996, com Quirón em 22º 51´/ 23º 0´ de Balança, após descolar do aeroporto de Congonhas, no estado de São Paulo, um avião Fokker 100 despenha-se sobre o bairro residencial Villa Catarina, morrendo os 89 passageiros e os 6 tripulantes e resultando ainda dezenas de feridos.

 

   Algumas das datas em que se dará a passagem do Sol, de um planeta ou de um Nodo da Lua na área 21º-24º do signo de Balança são: 27 a 29 de Setembro de 2019 (Mercúrio); de 1 a 4 de Outubro de 2019 (Vénus); de 14 a 18 de Outubro de 2019(Sol); de 5 a 11 de Novembro de 2019 (Marte).

 

ÁREA 16º-19º DO SIGNO DE ESCORPIÃO

ACIDENTE AÉREO NO BRASIL

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 16º-19º do signo de Escorpião ( área 226º-229ºde longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil.

 

Em 9 de Novembro de 1958,com Vénus em 15º 27´/ 16º 42´ de Escorpião, um hidroavião da companhia Artop, num voo entre Lisboa e Funchal, cai no Oceano Atlantico com 36 pessoas a bordo, desaparecendo nas águas por décadas; Em  22 de Dezembro  de 1959com Vénus em 16º 32´/ 17 º 43´ de Escorpião, a colisão aérea entre um avião Vickers Viscount   827 daVasp   (PP-SRG) quase a pousar no aeroporto do Galeão, em Ramos, e um avião de treinamento Fokker T-21 da Força Aérea Brasileira   mata os 33 ocupantes do Viscount da Vasp mais 5 pessoas em terra, enquanto que o tripulante do T-21 sobrevive após saltar de pára-quedas; em 3 de Março de 2006, com Júpiter em 18º 51´/ 18º 52´de Escorpião, um helicóptero comercial de uma empresa de táxi aéreo cai em Barueri   na grande São Paulo, resultando ferido o piloto ficou ferido e morrendo dois filhos do dono da empresa; em 31 de Março de 2006, com Júpiter em 17º 49 / 17º44´ de Escorpião, um avião LET-410 da Team Transportes Aéreos bate numa montanha próximo de Macaé no norte do Estado do Rio de Janeiro, matando os 19 ocupantes; em 29 de Setembro de 2006, com Júpiter em 18º 7´/ 18º 19´ de Escorpião, um avião da Gol, voo 1009, colide no ar, em Mato Grosso, com um avião a jacto Legacy, morrendo 156 pessoas, a maior tragédia aérea do Brasil; em 12 de Março de 2013, com Nodo Norte da Lua em 18º 19´/ 18º 11´de Escorpião, um avião bi-motor um modelo Embraer 821, pertencente à empresa de táxi aéreo “Fretax”, que tinha saído de Belém, capital do estado do Pará, com destino à Central Hidroeléctrica de Santo António do Jari, no vizinho estado do Amapá, também na região amazónica, despenha-se numa área de floresta na região de Almeirim, interior do estado brasileiro do Pará, matando os dez ocupantes;

 

 

ÁREA 18º-21º DO SIGNO DE SAGITÁRIO:

ACIDENTE AÉREO NO BRASIL

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 18º-21º do signo de Sagitário ( área 258º-261ºde longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil.

 

Em 3 de Dezembro de 1928,com Saturno em 20º 17´/ 20º 25´de Sagitário, um hidroavião Dornier Do J do Syndicato Condor   cai nas águas da Baía de Guanabara  durante as comemorações do retorno de Alberto Santos Dumont   ao Brasil. morrendo várias pessoas, entre as quais o médico Amaury de Medeiros; em 30 de Agosto de 1948, com Júpiter em 19º 24´/ 19º 27´ de Sagitário, poucos minutos depois de levantar vôo do aeroporto que ficava na região onde hoje está a CEMIG, dá-se a queda em frente ao Grupo Escolar Marcolino de Barros, em Patos, de um avião monomotor conhecido popularmente como teco-teco, matando os dois passageiros que transportava: o patense José Adalardo Belluco (aos 23 anos) e um amigo de nome Luís, ambos, bancários, que moravam em São Paulo e tinham vindo a Patos para visitar alguns parentes e amigos; em 30 de Janeiro de 1979, com Neptuno em 19º 45´/ 19º 47´ de Sagitário, o Boeing 707-323C prefixo PP-VLU  operado pela Varig  desaparece no Oceano Pacífico  , com seis tripulantes a bordo, cerca de 30 minutos após descolar do Aeroporto Internacional de Narita, no Japão,  com destino final ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro-Galeão , não sendo nunca encontrado, o que é considerado um dos maiores mistérios da história da aviação, até hoje; em 3 de Setembro de 1989, com Vénus em 20º 18´/ 21º 33´ de Sagitário, Mercúrio em 0º 15´/ 1º 39´ de Aquário, na aterragem forçada de um avião, voo Varig 254,  em área próxima Serra do Cachimbo, Pará, Brasil,  morrem 14 pessoas; em 25 de Janeiro de 2003, com Vénus em 18º 16´/ 19º 22´ de Sagitário, o Boeing da VASP 737-200 - Prefixo: PP-SPJVASP com 93 pessoas a bordo faz um pouso forçado no aeroporto de Rio Branco, no Acre, de madrugada, em péssimas condições de tempo, e ao aterrar bate numa árvore na cabeceira da pista, perdendo o trem de aterragem principal e deslizando de barriga por cerca de 80 metros na relva ao lado da pista, não havendo feridos; em 14 de Maio de 2004, com Plutão em 21º 37´/ 21º 36´ de Sagitário, um Embraer EMB-120 Brasília da Rico Linhas Aéreas  cai a 30 quilómetros do aeroporto Eduardo Gomes de Manaus, Brasil, matando todas as 33 pessoas a bordo; em 27 de Maio de 2019, com Júpiter em 21º 18´ / 21º 11´de Sagitário, um monomotor Piper prefixo PT-KLO, com capacidade para quatro lugares, registado em nome do Aeroclube de Alagoas despenha-se em Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe, Brasil, matando o .cantor brasileiro Gabriel Diniz de 28 anos e duas outras pessoas.

 

ÁREA 28º-29º DO SIGNO DE SAGITÁRIO (E ÁREA 25º-27º DE TOURO):

CHOQUE DE AVIÃO CONTRA O PICO DA CALEDÓNIA, NOVA FRIBURGO

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 28º-29º do signo de Sagitário ( área 268º-269ºde longitude eclíptica) e simultanéamente em 25º-27º do signo de Touro (área 55º-57º em longitude eclíptica) são condições necessárias mas não bastantes para provocar o choque de um avião contra o Pico da Caledónia, em Nova Friburgo.

 

Em 4 de Setembro  de 1964, com Nodo Sul da Lua em 29º 27´/ 29º 19´ de Sagitário, Júpiter em 25º 56´/ 25º 58´ de Touro,  um avião Viscount, Voo VASP 14,  colide com o Pico da Caledónia  localizado em Nova Friburgo, e cai pouco antes do pouso em Nova Friburgo, matando 39 pessoas; em 20 de Dezembro de 1984, com Sol em 28º 17´/ 29º 18´ de Sagitário, Nodo Norte da Lua em 27º 14´/ 27º 13´ de Touro, o choque de um avião no Pico da Caledônia em Nova Friburgo, Rio de Janeiro, mata todos seus ocupantes, entre eles o jovem guarda-redes Figueiredo, do Flamengo.   

 

 

ÁREA 11º-13º DO SIGNO DE CAPRICÓRNIO:

ACIDENTE COM AVIÃO DESTINADO AO AEROPORTO DE GUARULHOS OU NO ESTADO DE SÃO PAULO

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 11º-13º do signo de Capricórnio ( área 281º-283º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo com avião destinado ao aeroporto de Guarulhos ou algures no estado de São Paulo.

 

Em 13 de Janeiro de 1930,com Marte em 10º 59´/ 11º 45´ de Capricórnio, , o avião Junkers Ju 52 Marimbá (prefixo PP-CAY) do Syndicato Condor  que fazia o percurso final do voo Recife - Rio, com escala em Vitória colide com a Serra do Sambê em Rio Bonito , morrendo os 9 ocupantes a bordo (5 passageiros e 4 tripulantes), figurando entre os mortos, o comandante Severiano Primo da Fonseca Lins, primeiro piloto brasileiro de aviação comercial; em 8 de Junho de 1982, com Nodo Sul da Lua em 13º 24´/ 13º 23´ de Capricórnio,  o Boeing 727-200, voo VASP 168, choca contra a Serra da Aratanha, no Ceará, matando todos os seus 137 ocupantes, figurando entre  os mortos o empresário cearense Edson Queiroz; em 3 de Janeiro de  1987,com Sol em 12º 3´/ 13º 4´ de Capricórnio,  um Boeing 707 da Varig   matrícula PP-VJK, fazendo o voo 797, cai sobre um pântano durante a aproximação final do aeroporto deAbidjan, Costa do Marfim, após perder sustentação  e das 51 pessoas a bordo, apenas 1 sobrevive; em 21 de Março de 1989, com Neptuno em 12º 13´/ 12º 14´de Capricórnio,  um Boeing 707 Prefixo PT-TCS,  um  cargueiro daTransbrasil que fazia a rota Manaus-São Paulo, cai no Jardim Ipanema, a menos de 3 quilômetros do Aeroporto Internacional de Guarulhos,   deixando 25 mortos e mais de 100 feridos;  em 2 de Março 1996, com Júpiter em 11º 54´/ 12º 4´ de Capricórnio, o avião Learjet que leva a Banda Mamonas Assassinas de Brasília para Guarulhos choca contra a Serra da Cantareira matando todos os 9 passageiros; em 31 de Outubro de 1996, com Júpiter em 12º 39´/ 12º 48´ de Capricórnio, após descolar do aeroporto de Congonhas, no estado de São Paulo, um avião Fokker 100 despenha-se sobre o bairro residencial Villa Catarina, morrendo os 89 passageiros e os 6 tripulantes e resultando ainda dezenas de feridos; em 4 de Janeiro de 2003, com Sol em 13º 11´/ 14º 12´ de Capricórnio, um jato Cessna 525 CitationJet - Prefixo: PT-XJS, de Julio Simões Trasportes, conduzindo o Presidente do partido Liberal, Valdemar da Costa Neto, e sua namorada Maria Cristina, após aterrar na pista do Aroporto de Congonhas, em São Paulo, derrapa indo parar na calçada da Av. dos Bandeirantes, o Presidente do PL e um pipoqueiro que passava na hora do acidente sofrem ferimentos leves.

 

 

ÁREA 28º-29º DO SIGNO DE CAPRICÓRNIO:

ACIDENTE AÉREO NA GRANDE SÃO PAULO

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 28º-29º do signo de Capricórnio ( área 298º-299ºde longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil, em especial na grande São Paulo.

 

Em 3 de Março de 2006, com Vénus em 28º 10´/ 28º 56´ de Capricórnio, um helicóptero comercial de uma empresa de táxi aéreo cai em Barueri   na grande São Paulo, resultando ferido o piloto ficou ferido e morrendo dois filhos do dono da empresa; em 19 de Janeiro de 2017, com Sol em de 29º 5´de Capricórnio a 0º 6´de Aquário, um avião Beechcraft King Air C90 privado, com capacidade para oito passageiros, com o prefixo PR-SOM, que tinha saído do Campo de Marte, em São Paulo, às 13.01 horas (15.01 horas em Portugal continental) com destino a Paraty mergulha no mar no litoral do Rio de Janeiro, Brasil, morrendo cinco pessoas, uma delas o juiz ministro do Supremo Tribunal brasileiro Teori Zavascki responsável pela investigação de crimes de corrupção na empresa Petrobras, na operação LAVA Jato; em 30 de Novembro de 2018, com Nodo Sul da Lua em 28º 3´/ 28º 2´ de Capricórnio, uma aeronave Cessna C-210 cai perto do Campo de Marte no norte de São Paulo, morrendo o piloto Guilherme Murback e o copiloto, Leonardo Imamura, e resultando ainda 10 outras pessoas feridas.

 

ÁREA 1º-2º DO SIGNO DE AQUÁRIO

ACIDENTE AÉREO NO BRASIL

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 1º-2º do signo de Aquário  ( área 301º-302º de longitude eclíptica) é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil.

 

Em 3 de Setembro de 1989, com Mercúrio em 0º 15´/ 1º 39´ de Aquário, Vénus em 20º 18´/ 21º 33´ de Sagitário, na aterragem forçada de um avião, voo Varig 254,  em área próxima Serra do Cachimbo, Pará, Brasil,  morrem 14 pessoas; em 22 de Maio de 2009, com Nodo Norte da Lua em 2º 12´/ 2º 3´ de Aquário, um avião Super King Air B-350  sai do aeroporto de Congonhas em São Paulo   em direção a um aeroporto de condominio de luxo em Trancoso na Bahia  e a 200 metros da cabeceira da pista, o avião choca com arvores e explode, morrendo todos os 11 passageiros e 3 tripulantes entre eles 4 crianças; em 25 de Maio de 2009, com Nodo Norte da Lua em 1º 46´/ 1º 39´ de Aquário, um Airbus A330 da TAM que sai de Miami com destino ao aeroporto de Guarulhos em São Paulo   sofre turbulência nos ceus da cidade de Pirassununga interior de São Paulo  e 21 dos 154 passageiros ficam feridos, 2 deles gravemente; em 1 de Junho de 2009, com Nodo Norte da Lua em 1º 35 / 1º 33´ de Aquário, um Airbus A330 da Air France, cumprindo ovoo Air France 447 sai do aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro rumo a Paris e   desaparece no Oceano Atlântico, morrendo 228 pessoas que iam a bordo. 

 

ÁREA 25º-26º DO SIGNO DE PEIXES (E POR VEZES 1º-2º DE AQUÁRIO):

ACIDENTE AÉREO NO BRASIL

 

A presença de um planeta, Nodo da Lua ou planetóide Quiron na área 25º-26º do signo de Peixes ( área 355º-356º de longitude eclíptica) por vezes em simultâneo na área 0º-2º do signo de Aquário (300º-302º de longitude eclíptica) , é condição necessária mas não bastante para suscitar um acidente aéreo no Brasil.

 

Em 3 de Janeiro de  1987,com Marte em 26º 9´/ 26º 51´ de Peixes, um Boeing 707 da Varig   matrícula PP-VJK, fazendo o voo 797, cai sobre um pântano durante a aproximação final do aeroporto deAbidjan, Costa do Marfim, após perder sustentação  e das 51 pessoas a bordo, apenas 1 sobrevive; em 29 de Setembro de 2006, com Nodo Norte da Lua em 25º 18´/ 25º 17´ de Peixes, Júpiter em 18º 7´/ 18º 19´ de Escorpião, um avião da Gol, voo 1009, colide no ar, em Mato Grosso, com um avião a jacto Legacy, morrendo 156 pessoas, a maior tragédia aérea do Brasil; em 22 de Maio de 2009, com Úrano em 25º 59´/ 26º 0´ de Peixes, Nodo Norte da Lua em 2º 12´/ 2º 3´ de Aquário, , um avião Super King Air B-350  sai do aeroporto de Congonhas em São Paulo   em direção a um aeroporto de condominio de luxo em Trancoso na Bahia  e a 200 metros da cabeceira da pista, o avião choca com arvores e explode, morrendo todos os 11 passageiros e 3 tripulantes entre eles 4 crianças; em 25 de Maio de 2009, com Úrano em 26º 4´/ 26º 6´ de Peixes, Nodo Norte da Lua em 1º 46´/ 1º 39´ de Aquário, um Airbus A330 da TAM que sai de Miami com destino ao aeroporto de Guarulhos em São Paulo   sofre turbulência nos ceus da cidade de Pirassununga interior de São Paulo  e 21 dos 154 passageiros ficam feridos, 2 deles gravemente; em 1 de Junho de 2009, com Úrano em 26º 15´/ 26º 17´ de Peixes, Nodo Norte da Lua em 1º 35 / 1º 33´ de Aquário,  um Airbus A330 da Air France, cumprindo o voo Air France 447 sai do aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro rumo a Paris e   desaparece no Oceano Atlântico, morrendo 228 pessoas que iam a bordo.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 10:58
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2023
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


posts recentes

Astronomia e acidentes no...

20º-29º de Balança e 7º-1...

Acidentes aéreos no Brasi...

arquivos

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds