Segunda-feira, 13 de Abril de 2015
Acidentes no Metropolitano de Lisboa e Graus do Zodíaco

 

Os acidentes no Metropolitano de Lisboa, como o do dia 29 de Julho de 2014, estão predestinados pela movimentação dos planetas na esfera celeste. O Zodíaco é o verdadeiro arquitecto de todos os factos humanos e biofísicos ocorridos na Terra. Esta concepção holística, que a esmagadora maioria dos académicos de hoje não possui, justifica-se com uma ampla investigação de astrologia empírica que até hoje ninguém levou a cabo excepto o autor deste blog. Eis algumas leis astronómicas de acidentes no Metropolitano de Lisboa.

 

ÁREA 21º-23º DO SIGNO DE TOURO:

QUEDA DE UM PASSAGEIRO NA LINHA FÉRREA

 

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 21º-24º do signo de Touro  (para astrónomos: graus 51º-54º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa, em particular a queda de passageiros na linha de uma estação.

 

Em 9 de Junho de 2000, com Saturno em 24º 7´/ 24º 15´ de Touro,  pelas 18.00 horas, produz-se a irrupção de um buraco no passeio sobre a estação subterrânea em construção do metropolitano no Terreiro do Paço, em Lisboa, que fica inundada de água e lama, sem haver vítimas; em 14 de Setembro de 2005, com Marte em 21º 7´/ 21º 22´ de Touro, às 16.00 horas, na estação de metropolitano do Campo Grande, em Lisboa, um passageiro cai na linha férrea, interrompendo durante 45 minutos, a circulação de comboios nas linhas Verde e Amarela;em 30 de Maio de 2011, com Mercúrio em 22º 33´/ 24º 27´ de Touro, as 13 horas, uma pessoa cai e morre na linha ferroviária, na estação do Campo Pequeno, interrompendo a circulação na linha amarela do Metropolitano de Lisboa entre Odivelas e o Rato, até às 16:45 horas.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 21º-24º do signo de Touro são: 8 a 13 de Abril de 2017 (Marte); 11 a 15 de Maio de 2017 (Sol); 1 a 4 de Junho (de 2017 Mercúrio); 26 a 30 de Junho de 2017 (Vénus).

 

ÁREA 12º-13º DO SIGNO DE CARANGUEJO:

TIROTEIO, QUEDA NA LINHA, INUNDAÇÃO OU DESCARRILAMENTO EM ESTAÇÃO DE METRO

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 12º-13º do signo de Caranguejo (para astrónomos: graus 102-103 de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa, em particular tiroteios, inundações, a queda de passageiros na linha de uma estação.

 

Em 9 de Junho de 2000, com Saturno em 24º 7´/ 24º 15´ de Touro, Mercúrio em 12º 28´/ 13º 26´ de Caranguejo, pelas 18.00 horas, produz-se a irrupção de um buraco no passeio sobre a  estação subterrânea em construção do metropolitano no Terreiro do Paço, em Lisboa, que fica inundada de água e lama, sem haver vítimas; em 22 de Março de 2001, com Nôdo Norte da Lua em 12º 14´/ 4´ de Caranguejo, dois homens armados assaltam a ourivesaria e relojoaria “ Multijóias” na Rua Eduardo Frazão, junto ao Mercado de Arroios, pelas 15h00, fogem pela Rua Carlos Martel, são encurralados pela PSP na estação de Metropolitano da Alameda onde participam num tiroteio e ferem numa perna, com um tiro de caçadeira, um estudante no 1º ano de Engenharia Civil no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa acabando os dois ladrões por ser presos, um deles depois de receber uma bala na bacia; em 27 de Maio de 2004, com  Marte em 12º 26´/ 13º 3´ de Caranguejo, pelas 15.30 horas, um homem injuria e agride um casal na estação de Metro do Marquês de Pombal pelo que é preso pela PSP; em 14 de Junho de 2012, com Mercúrio em 12º 10´/ 13º 52´ de Caranguejo, às 08h00 uma mulher com cerca de 50 anos escorrega na plataforma da estação dos Restauradores, sofrendo um traumatismo craniano, e o socorro à vítima obriga o Metropolitano a encerrar a circulação em toda a Linha Azul, durante uma hora;  em 5 de Julho de 2013, com Sol em 13º 8´/ 14º 6´ de Caranguejo,  às 10.21 horas, na estação dos Olivais, no sentido Aeroporto-São Sebastião da Pedreira, uma pessoa cai à linha no momento em que o metro chega à estação e acaba por morrer, o que faz esvaziar os comboios, evacuar a estação e encerrar circulação na Linha Vermelha do Metro de Lisboa de (Aeroporto - São Sebastião); em 29 de Julho de 2014, com Vénus em 12º 35´ / 13º 48´ de Caranguejo, às 12h38, o descarrilamento de uma composição do Metro de Lisboa que estava a fazer inversão de marcha na estação do aeroporto e não consegue parar a tempo e embate na parede, num dos extremos da Linha Vermelha, provoca ferimentos no maquinista de 42 anos, sendo depois encerrada a Linha Vermelha do Metro de Lisboa entre as estações de Moscavide e aeroporto, abrangendo a estação da Encarnação.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 12º-13º do signo de Caranguejo são: 22 a 25 de Junho de 2017 (Marte); 26 e 27 de Junho de 2017 (Mercúrio); 10 a 12 de Agosto de 2017 (Vénus).

 

ÁREA 20º-22º DO SIGNO DE VIRGEM:

QUEDA DE PASSAGEIROS À LINHA

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 20º-22º do signo de Virgem (para astrónomos: graus 170-172 de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa, em particular a queda de passageiros na linha de uma estação.

 

Em 11 de Dezembro de 1996, com Marte em 21º 3´/ 21º 29´ de Virgem, às 9.15 horas, um aluimento nas obras da estação do Metro de Olivais Sul, na Rua Cidade de Bissau em Lisboa, soterra sob uma parede de betão, 6 operários que permanecem salvos por uma bolsa de ar existente em outro túnel a 30 metros de profundidade e são resgatados após horas de perfuração, às 19.30 horas, um deles ferido; em 14 de Setembro de 2005, com Sol em 21º 16´/ 22º 15´ de Virgem,  às 16.00 horas, na estação de metropolitano do Campo Grande, em Lisboa, um passageiro cai na linha férrea, interrompendo durante 45 minutos, a circulação de comboio nas linhas Verde e Amarela; em 9 de Dezembro de 2008, com Saturno em 21º 17´/ 21º 20´ de Virgem, uma passageira cai à linha do Metro na zona do Marquês do Pombal no momento em que a composição circula e fica gravemente ferida com o braço esquerdo preso na roda do comboio, sendo a circulação na linha amarela do Metro de Lisboa cortada por uma hora; em 29 de Setembro de 2010, com Mercúrio em 21º 55´/ 23º 37´ de Virgem,  a  Linha Azul do Metropolitano de Lisboa é encerrada nos dois sentidos, com as cancelas bloqueadas por algumas horas, devido à queda mortal à linha de um passageiro na estação do Jardim Zoológico, às 15h42 ficando, na linha Vermelha, o metropolitano apenas a circular entre as estações do Oriente e da Alameda.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 20º-22º do signo de Virgem são: de 20 a 22 de Agosto de 2015 (Mercúrio); de 27 de Outubro a 1 de Novembro de 2015 (Marte); de 30 de Outubro a 2 de Novembro de 2015 (Vénus).

 

 

ÁREA 0º-2º DE ESCORPIÃO:

DESCARRILAMENTO, PASSAGEIRO COLHIDO NO METROPOLITANO DE LISBOA 

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 0-2º do signo de Escorpião (para astrónomos: graus 210º-212º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa.

 

Em 30 de Janeiro de 1999, com Marte em 1º 24´/ 1º 47´ de Escorpião, um automóvel despista-se ao descer a Avenida da Liberdade em Lisboa, galga a via de peões e acaba por embater nas paredes da entrada da estação de metropolitano dos Restauradores, provocando uma derrocada de pedras para a escadaria de acesso e três feridos, um jovem, com um rasgão no músculo da perna, e duas mulheres, uma com fractura de ombro e outra com um pé esmagado; em 24 de Outubro de 1995, com Sol em 0º 6´/ 1º 5´ de Escorpião, pelas16.30 horas, desmorona-se uma das paredes do túnel nas obras de ampliação da estação de metro do Chiado, matando um trabalhador de 35 anos; em 12 de Novembro de 2004, com Marte em 0º 31´/ 1º 11´ de Escorpião, Nodo Sul da Lua em 2º 9´ / 2º 8´ de Escorpião, uma falha de energia na estação do Rato determina a interrupção da circulação de comboios do Metro de Lisboa entre as estações do Rato e Marquês de Pombal, na linha Amarela; em 14 de Setembro de 2005, com  Vénus em 2º 41´ / 3º 51´ de Escorpião, às 16.00 horas, na estação de metropolitano do Campo Grande, em Lisboa, um passageiro cai na linha férrea, interrompendo durante 45 minutos, a circulação de comboios nas linhas Verde e Amarela; em 12 de Fevereiro de 2014, com Nodo Norte da Lua em 1º 7´/ 0º 55´ de Escorpião, no acesso à Estação do Campo Grande uma composição sem passageiros sai do parque de máquinas e oficinas não consegue obedecer a dois sinais vermelhos, no troço à superfície, devido à chuva, descarrila e apenas se imobilizou à entrada da estação; em 29 de Julho de 2014, com Marte em 1º 32´/ 2º 4´ de Escorpião, às 12h38, o descarrilamento de uma composição do Metro de Lisboa que estava a fazer inversão de marcha na estação do aeroporto e não consegue parar a tempo e embate na parede, num dos extremos da Linha Vermelha, provoca ferimentos no maquinista de 42 anos, que é cuspido, sendo depois encerrada a Linha Vermelha do Metro de Lisboa entre as estações de Moscavide e aeroporto, abrangendo a estação da Encarnação.

 

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 0º-2º  de Escorpião são: 23 a 26 de Outubro de 2015 (Sol); 2 a 4 de Novembro de 2015 (Mercúrio); 5 a 7 de Dezembro de 2015 (Vénus); de 3 a 9 de Janeiro de 2016 (Marte).

 

ÁREA 12º-13º DO SIGNO DE AQUÁRIO:

EXPLOSÕES E QUEDAS DE OPERÁRIOS EM OBRAS DO METROPOLITANO, PERSEGUIÇÕES EM ESTAÇÕES

 

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 12º-13º do signo de Aquário  (para astrónomos: graus 312º-313º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente ou incidente no Metropolitano de Lisboa, envolvendo ou não comboios, como incêndio ou perseguição policial ou queda de estrutura dentro de estação do Metro.

 

Em 2 de Outubro de 1997, com Júpiter em 12º 9´/ 12º 8´ de Aquário, após a 1 hora da madrugada, a PSP captura na Estação de Metro da Rotunda um cabo-verdiano que na Rua dos Anjos assassinara a tiro de pistola, pouco antes, um angolano e ferira um amigo deste; em 19 de Outubro de 1997, com Júpiter em 12º 17´/ 19´ de Aquário, pela 1.00 hora da madrugada, principia um grande incêndio no qual explodem várias garrafas de acetileno e arde um depósito de tintas, no túnel do metropolitano que liga a estação da Alameda à do Areeiro, em Lisboa, ardendo as estações nova e velha, morrendo Sidi Bamba, vigilante da obra de construção, residente no Bairro das Marianas e Ernesto Rosa Pereira, chefe da estação de Metro do Areeiro e, devido às inundações causadas pelas chuvas na véspera, é interrompida a circulação de comboios no Metro entre as estações de Avenida e Campo Grande; em 19 de Março de 1998, com Vénus em 12º 1´/ 12º 57´ de Aquário, cinco operários ficam feridos na sequência da queda de um andaime metálico num túnel com cerca de 30 metros nas obras do Metro da Estação dos Olivais;em 30 de Janeiro de 1999, com Úrano em 12º 35´/ 12º 38´ de Aquário, um automóvel despista-se ao descer a Avenida da Liberdade em Lisboa, galga a via de peões e acaba por embater nas paredes da entrada da estação de metropolitano dos Restauradores, provocando uma derrocada de pedras para a escadaria de acesso e três feridos, um jovem, com um rasgão no músculo da perna, e duas mulheres, uma com fractura de ombro e outra com um pé esmagado; em 16 de Julho de 1999, com  Nodo Sul da Lua em 13º 0´/ 13º 1´ de Aquário, ao ver uma equipa de fiscais, um homem, que não tinha bilhete, salta para a linha do Metro na estação do Parque da Linha Azul(Pontinha- Baixa Chiado) pondo-se a correr pelo túnel no sentido Norte-Sul e escapa à morte, inevitável se tocasse os cabos de alta tensão, porque os fiscais cortam a energia no túnel, havendo interrupção da circulação na Linha Azul entre as 16h15 e as 16h45.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 12º-13º do signo de Aquário são: 1-3 de Fevereiro de 2016 (Sol); 22-24 de Fevereiro de 2016 (Mercúrio); 26-28 de Fevereiro de 2016 (Vénus).

 

ÁREA 0º-1º DO SIGNO DE PEIXES:

CORTE DE ENERGIA ELÉCTRICA, ACIDENTE NO METRO

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 0º-1º do signo de Peixes  (para astrónomos: graus 330º-331º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente ou incidente no Metropolitano de Lisboa, envolvendo ou não comboios, como incêndio ou perseguição policial ou queda de estrutura dentro de estação do Metro.

 

Em 7 de Agosto de 1998, com Nodo Sul da Lua em 1º 29´/ 1º 28´ de Peixes, um corte de energia afecta uma vasta área de Lisboa de tal modo que três das quatro linhas do metropolitano de Lisboa permanecem paradas entre as 14,22 horas e as 16,26 horas, sendo a Linha Vermelha entre as estações Alameda II e Oriente a única a funcionar; em 30 de Maio de 2011, com Neptuno em 0º 56´ de Peixes, as 13 horas, uma pessoa cai e morre na linha, ferroviária, na estação do Campo Pequeno, interrompendo a circulação na linha amarela do Metropolitano de Lisboa entre Odivelas e o Rato, até às 16:45 horas; em 12 de Fevereiro de 2014, com Mercúrio em 1º 3´/ 0º 9´ de Peixes, no acesso à Estação do Campo Grande uma composição sem passageiros sai do parque de máquinas e oficinas não consegue obedecer a dois sinais vermelhos, no troço à superfície, devido à chuva, descarrila e apenas se imobiliza à entrada da estação.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 0º-1º do signo de Peixes são: 19-21 de Fevereiro de 2016 (Sol); 5-6 de Março de 2016 (Mercúrio); 12-14 de Março de 2016 (Vénus).

 

ÁREA 27º-29º DE PEIXES:

INCÊNDIOS E QUEDAS DE OPERÁRIOS EM OBRAS DO METROPOLITANO,

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 27º-29º do signo de Peixes  (para astrónomos: graus 358º-359º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente ou incidente no Metropolitano de Lisboa, envolvendo ou não comboios, como incêndio ou corte de energia eléctrica ou queda de estrutura dentro de estação do Metro.

 

Em 27 de Março de 1989, com Mercúrio em 27º 51´/ 29º 44´ de Peixes, deflagra um incêndio numa carruagem parada na estação de metropolitano dos Anjos, em Lisboa, sem causar feridos; em 19 de Março de 1998, com Sol em 28º 10´/ 29º 10´ de Peixes,  cinco operários ficam feridos na sequência da queda de um andaime metálico num túnel com cerca de 30 metros nas obras do Metro da Estação dos Olivais.em 7 de Agosto de 1998, com Júpiter em 27º 25´/ 27º 21´ de Peixes, um corte de energia afecta uma vasta área de Lisboa de tal modo que três das quatro linhas do metropolitano de Lisboa permanecem paradas entre as 14,22 horas e as 16,26 horas, sendo a Linha Vermelha entre as estações Alameda II e Oriente a única a funcionar; em 29 de Setembro de 2010, com Júpiter em 27º 23´/ 27º 16´ de Peixes, a  Linha Azul do Metropolitano de Lisboa é encerrada nos dois sentidos, com as cancelas bloqueadas por algumas horas, devido à queda mortal à linha de um passageiro na estação do Jardim Zoológico, às 15h42 ficando, na linha Vermelha, o metro apenas a circular entre as estações do Oriente e da Alameda.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 27º-29 º do signo de Peixes são: em 17-20 de Março de 2015 (Sol); em 3-5 de Abril de 2016 (Vénus).

 

 

Ninguém pode refutar estes factos histórico-astronómicos. Isto é ciência, construída a partir de factos empíricos, cilindrando o cepticismo epistemológico de Karl Popper e dos «positivistas lógicos» anti-astrologia. É vergonhoso o silêncio a que a canalha doutorada ou licenciada «intelectual», de direita, centro ou esquerda, que domina os partidos políticos, as universidades, as associações de astrónomos, astrólogos e de professores de filosofia ou história e sociologia, os grandes media de Portugal, vota os nossos escritos científicos nesta área.

 

Escondem a verdade. Todos: José Pacheco Pereira (note-se o papel pseudo independente deste "intelectual" vendido a Pinto Balsemão e à fama fácil), Boaventura Sousa Santos, Miguel Sousa Tavares, José Gil, Eduardo Lourenço, Marcelo Rebelo de Sousa, António Barreto, João Branquinho, Pinto Balsemão, Manuel Vilaverde Cabral, Carlos Fiolhais, António Costa Pinto, Carvalho Rodrigues, Viriato Soromenho Marques, etc, etc. Pobres diabos! Diz o evangelho que Satanás é o pai da mentira. Por aí se vê quem, em termos de entidades invisíveis, domina as esferas da cultura em Portugal.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:45
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 7 de Outubro de 2014
A pseudo intelectualidade da Fundação Francisco Manuel dos Santos

A Fundação Francisco Manual dos Santos, criada em Fevereiro de 2009, para conferir ao grande capitalista Alexandre Soares dos Santos uma aura de mecenas, protector da cultura mais avançada,  promoveu, em 3 e 4 de Outubro de 2014, mais um Encontro Presente no Futuro subordinado ao mote "À Procura da Liberdade", no Centro Cultural de Belém, Lisboa . A televisão, em particular a TVI, publicitou esta iniciativa como «o maior debate de ideias ocorrido em Portugal». É ridículo. É uma mentira colossal.

 

E o pequeno intelectual- o professor universitário ou do secundário, o sociólogo, o político, o médico, o economista - comparece no Centro Cultural de Belém, ávido de ouvir Eduardo Lourenço ou o prémio Nobel da literatura, o turco Orhan Panuk, ou Robert Unger, filósofo e político brasileiro docente em Harvard ou o actual presidente da Fundação Nuno Garoupa de 44 anos que «quer contribuir para diagnosticar os motivos que conduziram Portugal a este cenário de crise transversal». 

 

Mas não há debate de ideias nenhum, em termos de profundidade. Eduardo Lourenço  não traz solução nenhuma. Nenhuma interpretação nova, dissidente das teses indeterministas de Karl Popper e dos sociólogos do capitalismo ou do marxismo como ideologia do capitalismo de estado operário.

 

A única contraposição interessante e verdadeira a este vazio de ideias seria a tese do determinismo planetário-zodiacal em toda a história mundial, que demonstra que a liberdade não existe a não ser na imaginação de cada um, tese que defendo e que a Fundação Francisco Manuel dos Santos censura: há menos de dois anos, propus a edição de um ensaio meu sobre a Astrologia Histórica - exemplo: a revolução de 25 de Abril de 1974, ocorreu com Júpiter em 10º do signo de Peixes, a revolução liberal, de esquerda, de 24 de Agosto de 1820, deu-se com Júpiter em 19º do signo de Peixes e a revolução de 14 de Maio de 1915, refundadora da República radical, ocorreu com Júpiter em 22º do signo de Peixes- mas a minha oferta foi de imediato recusada. Era, então,  director da Fundação António Barreto, pequeno intelectual que promove o limitado Desidério Murcho como «representante» da filosofia didáctica em Portugal, publicando um ensaio deste, de fraca qualidade...

 

A Fundação Francisco Manuel dos Santos está ideologicamente orientada pelos filósofos e sociólogos da oligarquia, não está interessada na descoberta da verdade e da sua difusão. É um espelho da pequenez, da vaidade, da miséria intelectual reinante na universidade e nos fóruns televisivos em Portugal como o «Prós e contras»  da subserviente Fátima Campos Ferreira. Tipos incultos, pseudo intelectuais, carregando canudos de mestrado e doutoramento, néscios que troçam da astrologia científica sem sequer saberem em que graus do Zodíaco estão Júpiter e Saturno, sem sequer saberem que o PSD ganhou três eleições legislativas com Júpiter em Virgem (1979, 1980 e 1991), néscios com bom poder retórico, dizendo banalidades, dominam os media e as cátedras. Sustentados por media corrompidos, formados por jornalistas subservientes ao poder político e económico.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 00:01
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Julho de 2014
Júpiter em 7º-13º de Leão: demissão de Cavaco, Portas ou Passos Coelho em Agosto ou Setembro de 2014?

 

A astrologia é ainda, na presente conjuntura, incapaz de prever com exactidão infalível todos os grandes e os pequenos acontecimentos dos anos vindouros. Os factos estão todos predestinados mas não sabemos lê-los na maioria das suas leis e aspectos. No entanto, há regularidades histórico-astronómicas comprovadas que estudamos e trazemos à luz, como a que se consubstancia na seguinte lei: a passagem de um planeta ou Nodo da Lua na área 7º-12º de Leão gera, em regra, demissão ou morte de ministros ou do presidente da República ou revolta popular fracassada em Portugal. .

 

 ÁREA 7º-13º DE LEÃO:

REVOLTAS MILITARES, ATENTADOS A GOVERNANTES DE DIREITA, DEMISSÕES DE GOVERNANTES DE DIREITA

 

A 16 de Julho de 2014, Júpiter entrou no signo de Leão (arco do céu de 120º a 150º ) e isso deverá abrir um período favorável à esquerda moderada portuguesa (PS) e ao sionismo pró-norte-americano, que decorrerá, em princípio, até 11 de Agosto de 2015, dia em que Júpiter passará de 29º de Leão para 0º do signo de Virgem, signo favorável à direita portuguesa. Se houver eleições legislativas em 2015, até Agosto de 2015, o PS, dirigido  pelo agente do clube mundialista e criminoso de Bilderberg António Costa será o presumível vencedor.

 

De 17 de Agosto a 20 de Setembro de 2014, Júpiter estará em 7º-13º do signo de Leão - arco do céu de 120º a 150º da eclíptica - o que deverá gerar um forte protesto de esquerda ou acto revolucionário contra o governo então vigente em Portugal ou, mais provavelmente,  a demissão de um ministro, do primeiro-ministro  ou, quiçá, do presidente da república. O que sucederá, em concreto? A queda parcial do governo, por dissensões internas? Um atentado? Uma invasão de edifícios governamentais? Talvez apenas demissões pacíficas de altos cargos da República.

 

Eis cinco factos histórico-astronómicos em que me fundamento:

 

A) Em 1 de Fevereiro de 1908, com Júpiter em 8º do signo de Leão (ou grau 128 da eclíptica, em longitude), a Carbonária Portuguesa, pelas mãos munidas de carabinas de Alfredo Costa e Manuel Buíça, assassina a tiro, no Terreiro do Paço, em Lisboa, o rei D. Carlos e o príncipe herdeiro Luís Filipe, por sustentarem a ditadura de João Franco que, na sequência do regicídio, cai, subindo ao trono D. Manuel II.

 

B) Em 14 de Dezembro de 1918, com Neptuno em 9º de Leão, o presidente da República Nova, Sidónio Pais, conservador e anti maçon, é assassinado a tiro na estação do Rossio, em Lisboa, pelo republicano José Júlio da Costa, amigo do Grão-Mestre da Maçonaria Magalhães Lima.

 

C) Em 6 de Junho de 1920, com Júpiter em 13º de Leão, António Maria Baptista, chefe do governo, morre, subitamente, de um ataque em pleno conselho de ministros.

 

D) Em 26 de Agosto de 1931, com Júpiter em 8º do signo de Leão, um grupo de oficiais antifascistas apodera-se dos quartéis de Metralhadoras 1 e de Artilharia 3, junta da Penitenciária de Lisboa, e ocupa com os militares revoltosos a zona desde o alto do Parque Eduardo VII ao Largo do Rato, englobando Campolide, mas a artilharia da ditadura militar e as ofensivas da GNR e do regimento de Caçadores 5 abafam a revolta, de tarde.

 

E) Em 4 de Dezembro de 1980, com Nodo Norte da Lua em 13º-12º de Leão, o 1º ministro Sá Carneiro e o ministro da Defesa Amaro da Costa morrem em atentado à bomba no avião CESSNA em que viajavam, sobre Camarate.

 

E aparte, consideremos um sexto facto que não traduz vitória da esquerda mas uma espécie de mudança de regime com o surgimento da primeira maioria absoluta de deputados de um só partido, o PSD, uma maioria de direita:

 

F) Em 19 de Julho de 1987, com Marte em 7º-8º  de Leão, o PSD do 1º ministro Cavaco Silva, de centro-direita, vence com maioria absoluta de deputados as legislativas em Portugal, cilindrando à sua direita o CDS de Adriano Moreira, e à sus esquerda o PRD de Hermínio Martinho, o PS de Vítor Constâncio, a CDU de Cunhal.

 

A previsão feita desta maneira é uma indução: erige uma lei geral a partir de casos empíricos similares. Os actuais doutorados que pontificam nos meios académicos- refiro-me a "pensadores" como Peter Singer, Nigel Warburton, Alan Renault, Slavoj Zizek, José Gil, José Matoso, João Medina, António Barreto, Marcelo Rebelo de Sousa, Maria Filomena Mónica, Maria Carrilho, Boaventura Sousa Santos, Lurdes Rodrigues, José Sócrates, António Costa Pinto, Adriano Moreira, José Pacheco Pereira e tantos outros - destituídos de inteligência holística, não concebem que Júpiter, sempre que passa uma vez, durante umas quatro ou cinco semanas, de doze em doze anos, nos graus 7 a 13º  do signo de Leão (arco 127º a 133º da eclíptica), possa suscitar um influxo de esquerda em Portugal ou um influxo de centro derrotando parte da direita.

 

São demasiado antropocêntricos na sua ignorância do mistério cósmico. Não pensam o mundo, e a vida humana em particular, como um todo cósmico. Falta-lhes a noção da lei dialética do uno: no universo nada está isolado, tudo se relaciona e forma um imenso Uno. Não passam de charlatães.

 

Que tem de inadmissível que os movimentos de um planeta suscitem uma revolução ou contra-revolução no Brasil ou na Argentina ou em Portugal, uma vitória futebolística do Flamengo, dos Estudiantes de la Plata, ou do Sport Lisboa e Benfica? Nada. Só mentes fragmentadas e fragmentárias objectam contra isto. Os grandes media e as universidades estão dominados por charlatães doutorados, muito ciosos dos seus títulos e do seu papel de guardiães da mentira dominante do «indeterminismo» e do «futuro em aberto, sem condicionamentos astrais».  

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

 

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:15
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 17 de Julho de 2014
Acidentes no concelho de Sines na Astrologia Histórica

 

Tudo o que sucede no concelho de Sines, litoral sul de Portugal, está predestinado, é determinado pela passagem de planetas, Sol ou outro vector astral neste ou naquele grau do Zodíaco. O Zodíaco é o verdadeiro arquitecto de todos os factos humanos e biofísicos ocorridos na Terra. Esta concepção holística, que a esmagadora maioria dos académicos de hoje não possui, justifica-se com uma ampla investigação de astrologia empírica que até hoje ninguém levou a cabo excepto o autor deste blog. Eis algumas leis de acidentes e incidentes notáveis em Sines.

 

17º DE ESCORPIÃO:

ATROPELAMENTO, MORTE NO PORTO DE SINES

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 17º do signo de Escorpião (para astrónomos: grau  227 de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente mortal ou um desastre relevante no concelho de Sines

 

Em 6 de Dezembro de 2012, com Vénus em 17º 17´/ 18º 32´ de Escorpião, um homem de 33 anos, instrutor numa escola de surf é atropelado e golpeado com uma catana por um fabricante de pranchas de surf no parque de estacionamento da praia de São Teotónio em Sines; em 4 de Abril de 2013, com Nodo Norte da Lua em 17º 19´/ 17º 17´ de Escorpião,  um supervisor de operações natural de Aljustrel, que trabalhava para a empresa Labor Sines morre quando no no porto de Sines, a orientar o trabalho do manobrador de grua, cai para o porão de uma altura de 20 a 30 metros.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 17º de Escorpião são: de 10 a 31 de Agosto de 2014 (Mercúrio); em 6 e 7 de Dezembro de 2014 (Vénus); em 9 e 10 de Novembro de 2014 (Sol); em 19 e 20 de Novembro de 2014 (Mercúrio).

 

ÁREA 16º-18º DO SIGNO DE PEIXES:

EXPLOSÃO NO PORTO DE SINES, COLISÃO AUTOMÓVEL

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 16º -18º do signo de Peixes (para astrónomos: graus 346º-348º de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente mortal ou um desastre relevante no concelho de Sines.

 

Em 27 de Junho de 1988, com Nodo Norte da Lua em 16º 59´/ 16º 49´ de Peixes, pelas 15 horas, explode um depósito decombustível do porto de Sines, que continha crude e água salgada, desencadeando um incêndio, morrendo um trabalhador e resultando feridos outros 3; em 18 de Janeiro de 2001, com Vénus em 15º 3´/ 16º 3´ de Peixes, um cadáver de um recém-nascido é encontrado num contentor de lixo no Bairro do Farol, em Sines, onde fora depositado por vontade da mãe, de 19 anos; em 29 de Março de 2001, com Mercúrio em 14º 50´/ 16º 22´ de Peixes, uma colisão entre 3 veículos ligeiros na EN 120/ 1 em S. Torpes, Sines, mata um homem de 47 anos e o filho, de 17, residentes em Porto Covo, e fere outras três pessoas; em 4 de Abril de 2013, com Mercúrio em 16º 50´/ 17º 58´ de Peixes,   um supervisor de operações natural de Aljustrel, que trabalhava para acargueiro de grandes no porto de Sines, a orientar o trabalho do manobrador de grua, cai para o porão de uma altura de 20 a 30 metros e morre.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 16º-18º de Peixes são: de 17 de Julho  a 26 de Agosto de 2014 e de 15 de Fevereiro a 5 de Abril de 2015 (Quiron); de 9 a 11 de Fevereiro de 2015 (Vénus); de 6 a 9 de Março de 2015 (Sol); em 23 e 24 de Março de 2015 (Mercúrio).

 

PONTO 4º 38´/ 4º 49´ DE QUALQUER SIGNO ZODIACAL:

ACIDENTE OU INCIDENTE GRAVE EM SINES

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 4º 38´/ 4º 49´ de qualquer signo zodiacal  é condição necessária mas insuficiente para causar acidente mortal, incidente grave ou cerimónia pública de certo relevo no concelho de Sines.

 

 

Em 27 de Março de 2012, com Úrano em 4º 38´ / 4º 42´ de Carneiro, o 1º ministro Passos Coelho visita o porto de Sines; em 6 de Dezembro de 2012, com Úrano em 4º 38´ de Carneiro,  um homem de 33 anos, instrutor numa escola de surf é atropelado e golpeado com uma catana por um fabricante de pranchas de surf no parque de estacionamento da praia de São Teotónio, em Sines; em 10 de Julho de 2013, com Saturno em 4º 49´ de Escorpião, a Galp inaugura esta quarta-feira, 10, a Enerfuel, primeira fábrica em Portugal que produz biodiesel deprimas classificadas como resíduos ou detritos;em 5 de Janeiro de 2014, com Nodo Norte da Lua em 4º 54´ / 4º 48´ de Escorpião, uma mulher de 57 anos morre após ser colhida por uma onda de mar quando apanhava lapas em rochas, na costa norte de Sines.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua no ponto 4º 38´/ 4º 49´ de qualquer signo são: 3 e 4 de Agosto de 2014 (Marte); 20 e 21 de Setembro de 2014 (Marte); 1 de Novembro de 2014 (Marte); de 6 a 26 de Novembro de 2014 (Neptuno); em 10 e 11 de Dezembro de 2014 (Marte).

 

 

 

PONTO 12º 20´/ 12º 31´ DE QUALQUER SIGNO DO ZODÍACO:

AFOGAMENTO NO MAR DE SINES, QUEDA MORTAL

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 12º 20´/ 12º 31´ de qualquer signo do Zodíaco é condição necessária mas insuficiente para causar afogamento no mar de Sines, queda mortal no porto de Sines e outros incidentes.

 

Em 26 e 27 de Abril de 2001, com Júpiter em 12º 27´/ 12º 51´ de Gémeos, decorre uma greve dos trabalhadores da Refinaria de Sines da Petrogal; em 4 de Abril de 2013, com Júpiter em 12º 21´ / 12º 31´ de Gémeos, um supervisor de operações natural de Aljustrel, que trabalhava para a empresa Labor Sines morre quando no convés de um “cargueiro de grandes dimensões”, no porto de Sines, a orientar o trabalho do manobrador de grua, cai para o porão de uma altura de 20 a 30 metros e morre;  em 8 de Agosto de 2013, com Úrano em 12º 20´/ 12º 19´ de Carneiro, um incêndio florestal deflagra de manhã na Quinta do Pego, perto de Casoto, concelho de Sines. activo com duas frentes, uma em eucaliptal e outra em pinhal; em 10 de Julho de 2013, com Úrano em 12º 30´ de Carneiro, Saturno em 4º 49´ de Escorpião, a Galp inaugura esta quarta-feira, 10, a Enerfuel, primeira fábrica em Portugal que produz biodiesel de matérias-primas classificadas como resíduos ou detritos;em 12 de Abril de 2014, com Júpiter em 12º 30´/ 12º 37´de Caranguejo,  cerca das 16 horas e 45 minutos, um homem, com cerca de 40 anos, morre ao cair ao mar o parapente em que voava, ao largo da costa norte de Sines.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua no ponto 12º 20´/ 12º 31´ de qualquer signo são: em 4 e 5 de Agosto de 2014 (Nodo da Lua); em 17 de Agosto de 2014 (Marte); em 11 e 12 de Setembro de 2014 (Júpiter); de 7 a 13 de Dezembro de 2014 (Plutão); de 23 a 30 de Janeiro de 2015 (Nodo Norte da Lua).

 

Nada disto é estudado nas universidades de Portugal, Brasil, Espanha e do mundo inteiro. Porquê ? Se estas regularidades astronómico-sociais existem, não é obrigação da Gradiva, da Pergaminho, da Porto Editora, da Asa e de todas as editoras portuguesas divulgarem estes dados comprovados?  E o Expresso, o Sol, a Visão, os programas televisivos não deveriam dar visibilidade a esta astrologia empírica infinitamente mais séria do que a semi astrologia dos Paulo Cardoso, Flávia Monsaraz, Luís Resina, Vera Xavier, Luís Ribeiro, Cristina Candeias, etc? E porque o não fazem?

 

É vergonhoso o silêncio a que a canalha doutorada ou licenciada «intelectual», de direita, centro ou esquerda, que domina os partidos políticos, as universidades, os grandes media de Portugal, vota os nossos escritos científicos nesta área. Escondem a verdade. Todos: José Pacheco Pereira (note-se o papel pseudo independente deste "intelectual" vendido a Pinto Balsemão e à fama fácil), Boaventura Sousa Santos, Miguel Sousa Tavares, José Gil, Eduardo Lourenço, Marcelo Rebelo de Sousa, António Barreto, João Branquinho, Pinto Balsemão, Manuel Vilaverde Cabral, Viriato Soromenho Marques, etc, etc. Pobres diabos!  Diz o evangelho que Satanás é o pai da mentira. Por aí se vê quem, em termos de entidades invisíveis, domina as esferas da cultura em Portugal.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:54
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 6 de Janeiro de 2014
Previsões astrológicas para 2014: as que acertarei e as que falharei

 

A astrologia é ainda, na presente conjuntura,  incapaz de prever com exactidão infalível todos os grandes e os pequenos acontecimentos dos anos vindouros. Refiro-me à astrologia histórico-social, a única que dispõe de uma base de dados empírica rica e de leis deterministas. Nesta astrologia não cabem os astrólogos comerciais, como Paulo Cardoso, modelo do chico-espertismo nesta área, e todos os que a televisão publicita, porque os seus métodos «dedutivos» de previsão (exemplo: «O ano de 2014 vai ser especialmente favorável aos Caranguejo e aos Virgem») carecem de seriedade, pecam por vagueza.

 

Nós, os raríssimos investigadores de história mediante a astronomia, criadores da Astrologia Histórico-Social, também cometemos erros ao prever. Mas fundamentamo-nos em leis astro-sociais, em regularidades, que comportam excepções, o que é diferente de «atirar previsões ao acaso, por intuição». Vou, pois, arriscar algumas previsões para 2014. Umas acertarão, outras falharão. Se falharem, não é grave. Grave é o facto de as universidades do mundo inteiro conferirem o título de «professor doutor» a pessoas que nada sabem do movimento planetário e das correlações que objectivamente existem entre este e os factos histórico-sociais e, além disso, troçam da «superstição» (!!!) e da «irracionalidade» (!!!) da astrologia. Grave é a censura epistémica que universidades e grandes media exercem sobre a investigação profunda e sistemática dos ciclos planetários na história humana social.

 

VITÓRIA DO BENFICA SOBRE O PORTO EM 12 DE JANEIRO DE 2014?

 

Em 12 de Janeiro de 2014, dia do Benfica- Porto, Júpiter estará em 14º 38´ de Capricórnio.  Analisando o mapa natal de Paulo Fonseca, verifica-se que a posição de Júpiter em 12 de Janeiro de 2014 faz um ângulo de 180º (oposição) a Marte no dia de nascimento do treinador do Porto, Marte entre 14º 33´e 15º 15´ de Capricórnio. Interpreto como negativo este ângulo. Poderá querer dizer derrota do FC Porto.

 

Analisando o mapa celeste de nascimento de Jorge Jesus, de 24 de Julho de 1954, verifica-se que nasceu com o Nodo Sul da Lua em 14º 41´/ 14º 42´ de Caranguejo. Ora Júpiter, em 12 de Janeiro de 2014, estará em 14º 38´/ 14º 30´ de Caranguejo, quase sobre esse Nodo, o que parece prenunciar alegria intensa. Provavelmente, o Benfica vencerá o FC Porto.  Mas seria necessário analisar o horóscopo de nascimento (carta astral do céu) de cinco ou seis jogadores de cada equipa para que a previsão fosse sólida. E, de momento, não o é.

 

No horóscopo de Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, há um sinal: a posição de Júpiter em 28 de Dezembro de 1937, em 1º 44´/ 1º 57´ de Aquário, será transitada por Mercúrio que, em 12 de Janeiro de 2014, viaja em 0º 10´/ 1º 50´  de Aquário. Admitindo que Mercúrio não é expansivo como Vénus mas constritor, não parece favorável a Pinto da Costa. Curiosíssimo é o facto de Luís Filipe Vieira ter nascido a 22 de Junho de 1949 - 8 anos exactos após a invasão da URSS de Stalin pelas tropas de Hitler; diga-se de passagem que o facies de Filipe Vieira faz lembrar um pouco o de Iosif Stalin, com o característico bigode grisalho... - com Júpiter entre 0º 35´ / 0º 29´ de Aquário e neste 12 de Janeiro de 2014 Mercúrio passar, tal como no caso de Pinto da Costa, sobre esse Júpiter do dia do nascimento.

 

As sugestões de analogias ontofonéticas para o dia 12 de Janeiro são contraditórias: o facto de nesse dia Paulo PORTAS vencer, previsivelmente, o 25º Congresso do CDS, implicará uma vitória do FC PORTO (evoca: PORTAS) no estádio da Luz?  A morte, em 11 de Janeiro de 2014, de Ariel Sharon, ex primeiro ministro de Israel, país de bandeira azul e branca, sugerindo o azul e branco do FC Porto, arrastará a derrota deste face ao Benfica? 

 

INUNDAÇÕES E TEMPORAL DE MAR E CHUVA EM 14-18 DE JANEIRO, 25-28 DE FEVEREIRO E 1-3 DE MARÇO DE 2014?

 

A passagem do Sol ou de um planeta em 24º-27º do signo de Capricórnio  (graus 294º-297º  de longitude na eclíptica) é uma concausa, uma condição necessária mas insuficiente para a eclosão de chuvas torrenciais, e inundações consideráveis ou neve em grande escala  em Portugal. Vejamos exemplos.

 

 

Em 25 e 26 de Novembro de 1967, com Marte em 24º 44´/ 26º 14´ de Capricórnio, chuvas diluvianas em Lisboa e áreas limítrofes como Algés, Colares, Loures, Loures, Barcarena, Pontinha, entre outras, produzem grandes inundações, desabamentos de casas e mais de 700 mortos; em 22 de Janeiro de 1985, com Júpiter em 26º 32´/ 26º 36´ de Capricórnio, o rio Arade sobe e inunda a parte baixa da cidade de Silves, cortando a EN124; em 14 de Janeiro de 1987, com Sol em 23º 16´/ 24º 17´ de Capricórnio, Mercúrio em 24º 5´/ 25º 44´ de Capricórnio, há uma queda generalizada de neve a cotas baixas em todo o Minho, Douro Litoral, cidade do Porto incluída, Galiza e em quase todo o Portugal continental; de 26 de Outubro a 6 de Novembro de 1997, com Úrano em 27º 16´/ 27º 25´ de Capricórnio, temporais de chuva assolam o sul de Portugal e ilhas, com uma tromba-de-água derrubando casas e árvores em Monchique, Algarve, no dia 26, um temporal e deslizamento de terras e casas em Ribeira Quente, concelho de Povoação, na ilha açoriana de São Miguel, causando a morte confirmada de 29 pessoas e o desaparecimento de 4, no dia 31, e chuvas diluvianas com inundações no Alentejo, especialmente nos concelhos de Ourique, Aljustrel, Odemira, Beja e Moura, gerando 12 mortos, nos dias 5 e 6; de 4 a 7 de Janeiro de 2014, com Vénus em 25º 32`/ 23º 20´ de Capricórnio, um temporal de mar, chuva e vento fustiga toda a costa portuguesa, com numerosos episódios, entre eles, um tornado destrói o telhado de 2 fábricas e desaloja 60 pessoas em Lordelo, Paredes (dia 4), duas ondas gigantes destroem o bar «O moinho» em Carcavelos (dia 6) , uma onda gigante galga a marginal da Foz do Porto, o mar invade ruas de Espinho e de Paredes de Vitória, em Alcobaça,  e quatro homens são encurralados por 2 ondas no Clube Naval da Ericeira (dia 6), uma vaga de mar galga a marginal no Furadouro colhe pessoas e parte uma perna a uma, o mar destrói o restaurante da praia do Ourigo na Foz do Porto (dia 7).

 

Prevejo, sem infalibilidade, como dias de novos temporais de vento, chuva e mar em Portugal os dias: 14 a 18 de Janeiro de 2014 (Sol de 24º a 27º de Capricórnio), 25 a 28 de Fevereiro e 1 a 3 de Março de 2014 (Vénus de 24º a 27º de Capricórnio).

 

 

 

ACIDENTES DE COMBOIO EM PORTUGAL EM 24-25 DE JANEIRO, 8-10 DE FEVEREIRO, 6-9 DE MARÇO E 27-29 DE MARÇO DE 2014?

 

Uma das leis que preside à ocorrência de acidentes de comboio em Portugal é a seguinte: a passagem do Sol ou de um planeta na área 20º-21º do signo de Aquário ( graus 320º-321º da eclíptica) é condição necessária mas não bastante para a ocorrência de descarrilamento, choque de comboios, atropelamento de pessoa ou abalroamento de automóvel ou outro veículo por um comboio em Portugal. Eis alguns exemplos.

 

Em 21 de Janeiro de 2013, com Marte em 20º 27´/ 21º 15´ de Aquário, o comboio regional que seguia do Entroncamento para Coimbra e que habitualmente era formado por uma UTE (Unidade Tripla Eléctrica), com seis carruagens é embatido, na estação de Alfarelos, pelo comboio Intercidades, que seguia para o Porto, cuja locomotiva, mais pesada, entra pelas carruagens adentro, abrindo-as, causando 15 feridos; em 22 de Janeiro de 2012, com Marte em 21º 15´ / 22º 2´ de Aquário, o carro de um homem que fugia à polícia por roubar gasóleo é abalroado por um comboio da linha do Norte que seguia no sentido Aveiro-Coimbra no apeadeiro de Fornos, Vilela, Coimbra, e o homem foge; em 1 de Fevereiro de 2013, com Mercúrio em 21º 55´/ 23º 51´ de Aquário, no apeadeiro de Santa Ana, no Cartaxo, um automóvel é abalroado por dois comboios, resultando dois feridos;  em 8 de Fevereiro de 2013, com Sol em 19º 22´/ 20º 23´  de Aquário, de manhã, a carruagem de um comboio da linha de Cascais descarrila na curva do Mónaco, junto da estação da CP, outro comboio descarrila na recta de Algés, linha de Cascais.

 

Assim, prevejo como dias de possível acidente de comboio em Portugal: 24 e 25 de Janeiro de 2014 (Mercúrio em 20º-21º de Aquário);  8 a 10 de Fevereiro de 2014 (Sol em 20º-21º  de Aquário); de 6 a 9 de Março de 2014 (Mercúrio em 20º-21º de Aquário); de 27 a 29 de Março de 2014 (Vénus em 20º-21º de Aquário).

 

 

EARTHQUAKE IN TURKEY ON 18-26 OF FEBRUARY 2014?

 

A great earthquake or other note accident is possible in Turkey between 18 and 26 of February 2014 when the Moon´s North Node slides from 29º 59´Libra untill 29º 41´Libra. Foundations of this predictions are these facts:

 

On September 6, 1975, with  Uranus in 29º 54´/ 29º 57´ Libra, an earthquake in Lice ,Turkey, causes 2,386 deaths;on October 30, 1983, with  Pluto in 29º 44´/ 29º 46´ Libra, an earthquake in Eastern Turkey, kills 1,342 people.

 

 

ACIDENTE DE AVIÃO (AIRCRAFT DISASTER) PERTO DE ATENAS OU EM ATENAS EM 19-22 DE FEVEREIRO DE 2014?

 

Para o período 18-22 de Fevereiro de 2014, em que o Nodo da Lua estará em 29º de Balança e Mercúrio em 24º-20º de Aquário, há uma razoável probabilidade de ocorrer um acidente ou incidente perto de Atenas ou no aeroporto de Atenas.

 

Fundamento: on December 28, 1968, with Mars in 28º 54´/ 29º 28´ Libra, Venus in 21º 5´/ 22º 14´ Aquarius, a Palestinian attack against an Israeli aircraft takes place in Athens airport; on December 8, 1969, with Jupiter in 28º 31´/ 28º 41´ Libra, Mars in 24º 21´/ 25º 5´ Aquarius, an Olympic Airways DC-6B crashes near Athens in a storm, provoking 93 deaths.

 

ACIDENTES DE AVIÃO NO BRASIL EM 15-17 DE MARÇO, 4-5 DE ABRIL E 28-30 DE ABRIL DE 2014?

 

Este é apenas um dos ciclos de acidentes aéreos no Brasil, o que se vincula à presença do Sol ou planetas em 25º e 26º de Peixes. Em 17 e 18 de Março de 2014, o Sol estará em 25º e 26º  de Peixes. Em 4 e 5 de Abril  de 2014, Mercúrio perpassará em 25º e 26º de Peixes. De 28 a 30 de Abril de 2014, Vénus perpassará em 25º-26º de Peixes. Estas datas são propensas a quedas de avião no Brasil.

 

Fundamento:

Em 29 de Setembro de 2006, com Nodo Norte da Lua em 25º 18´/ 25º 17´ de Peixes, um avião da Gol, voo 1009, colide no ar, em Mato Grosso,  com um avião a jacto Legacy, morrendo 156 pessoas, a maior tragédia aérea do Brasil; em 1 de Junho de 2009, com Úrano em 26º 15´ / 26º 17´ de Peixes, um Airbus A330 da Airr France, que viaja do Rio de Janeiro a Paris, desaparece no Oceano Atlântico, morrendo 228 pessoas que iam a bordo.

 

LEONARDO JARDIM E BRUNO DE CARVALHO VITORIOSOS EM 10 E 11 DE MAIO DE 2014?

Em 10 e 11 de Maio de 2014, Quiron passa em 16º 59´/ 17º 1´ de Peixes quase exactamente em cima do Júpiter de nascimento (1 de Agosto de 1974) do treinador do Sporting Clube de Portugal, o luso-venezuelano Leonardo Jardim, Júpiter esse na zona 16º 55´/ 16º 51´ de Peixes. É um bom aspecto astral.

 

Em 11 de Maio de 2014, Vénus passará em 9º 14´ / 10º 13´ de Carneiro, quase em comjunção exacta com o Quirón no nascimento de Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, em 10º 23´/ 10º 26´ de Carneiro, no dia 8 de Fevereiro de 1972.

 

Sendo a última jornada da Liga Zon Sagres, em Portugal, em 11 de Maio de 2014, é possível inferir uma alegria intensa para ambos: o Sporting vencedor da Liga, superando o FC Porto e o Benfica? Ou será apenas indicativo de o Sporting ficar em segundo lugar, superando o FC Porto, ante um Benfica campeão da Liga Zon Sagres?

 

 

A QUEDA FÍSICA DE UM MINISTRO OU SECRETÁRIO DE ESTADO OU DEPUTADO EM JULHO DE 2014

 

De 7 a 11 de Julho de 2014, Júpiter estará em 28º de Caranguejo. Isso poderá significar a queda física acarretando uma lesão corporal de um ministro, secretário de Estado, deputado ou dirigente político português.

 

Fundamento desta presunção:

A) Em 12 de Maio de 1931, com Marte em 28º 14´/ 28º 53´ de Caranguejo, Oliveira Salazar, ministro das finanças da ditadura militar, escorreganum tapete que desliza no encerado de uma sala do Ministério e fractura a perna direita;

 

B) Em 3 de Agosto de 1968, com Marte em 28º 14´/ 28º 53´ de Caranguejo, o velho ditador Oliveira Salazar caino Forte de Santo António no Estoril e contrai uma lesão intracraniana que o incapacitará de governar.

 

EARTHQUAKE IN USA IN 18-27 OFJULY 2014?

There is a medium probabilty of an earthquake in U.S.A. in 18-27 of July 2014, when Mercury will be in 6º-10º of Cancer (18-21 July) and Venus will be in 5º-10º of Cancer (22-27 of July).

 

On April 18, 1906, with Neptune in 7º 51´/ 7º 52´Cancer, Uranus in 8º 29´Capricorn, an earthquake in San Francisco, California, provokes 503 deaths.

 

INVASÃO MILITAR DOS EUA A UM PAÍS ENTRE 17 DE JULHO DE 2014 E 11 DE AGOSTO DE 2015?

 

Neste período de 2014-2015, Júpiter viajará no signo de Leão, o que impele a aventuras militares por parte dos EUA.

 

Exemplo: em 19 de Março de 2013, com Júpiter em 8º de Leão, os EUA e a Grã-Bretanha, movidos pelos lobbies armamentista e outros, atacam militarmente o Iraque, iniciando uma guerra que levará ao derrube de Sadam Husein e da ditadura da minoria sunita.

 

 

 REVOLTA POPULAR OU DEMISÃO DE GOVERNANTE EM AGOSTO-SETEMBRO DE 2014 EM PORTUGAL?

 

A política de austeridade do governo PSD-CDS de Passos Coelho e Paulo Portas, liberal-conservador, tem gerado diversos movimentos de resistência popular em Portugal, desde Junho de 2011, quando  Júpiter estava em Touro, até hoje, em que Júpiter desliza no signo de Caranguejo (arco do céu de 90º a 120º de longitude eclíptica). A 16 de Julho   de 2014, Júpiter entrará no signo de Leão e isso deverá abrir um período favorável às esquerdas que decorrerá, em princípio, até 11 de Agosto de 2015, dia em que Júpiter passará de 29º de Leão para 0º do signo de Virgem, signo favorável à direita portuguesa. Se houver eleições legislativas em 2015, até Agosto de 2015, o PS, dirigido hoje pelo agente do clube mundialista e criminoso de Bilderberg António José Seguro, será o presumível vencedor. 

 

De 17 de Agosto a 20 de Setembro de 2014, Júpiter estará em 7º-13º do signo de Leão - arco do céu de 120º a 150º da eclíptica - o que deverá gerar um forte protesto de esquerda ou acto revolucionário contra o governo então vigente em Portugal ou simplesmente a demissão de um ministro ou, quiçá, do presidente da república. O que sucederá, em concreto? A queda parcial do governo? Um atentado? Uma invasão de edifícios governamentais?

 

Eis quatro factos histórico-astronómicos em que me fundamento:

 

A) Em 1 de Fevereiro de 1908, com Júpiter em 8º do signo de Leão (ou grau 128 da eclíptica, em longitude), a Carbonária Portuguesa, pelas mãos munidas de carabinas de Alfredo Costa e Manuel Buíça, assassina a tiro, no Terreiro do Paço, em Lisboa, o rei D. Carlos e o príncipe herdeiro Luís Filipe, por sustentarem a ditadura de João Franco que, na sequência do regicídio, cai, subindo ao trono D. Manuel II.

 

B) Em 14 de Dezembro de 1918, com Neptuno em 9º de Leão, o presidente da República Nova, Sidónio Pais, é assassinado a tiro na estação do Rossio, em Lisboa, pelo republicano José Júlio da Costa, amigo do Grão-Mestre da Maçonaria Magalhães Lima.

 

B) Em 26 de Agosto de 1931, com Júpiter em 8º do signo de Leão,  um grupo de oficiais antifascistas apodera-se dos quartéis de Metralhadoras 1 e de Artilharia 3, junta da Penitenciária de Lisboa, e ocupa com os militares revoltosos a zona desde o alto do Parque Eduardo VII ao Largo do Rato, englobando Campolide, mas a artilharia da ditadura militar e as ofensivas da GNR e do regimento de Caçadores 5 abafam a revolta, de tarde.

 

C) Em 4 de Dezembro de 1980, com Nodo Norte da Lua em 13º-12º  de Leão, o 1º ministro Sá Carneiro e o ministro da Defesa Amaro da Costa morrem em atentado à bomba no avião CESSNA em que viajavam, sobre Camarate

 

A previsão desta maneira é uma indução: erige uma lei geral a partir de casos empíricos similares. Os actuais doutorados, - refiro-me a pensadores como Peter Singer, Nigel Warburton, Alan Renault, Slavoj Zizek, José Gil, José Matoso, João Medina, António Barreto, Marcelo Rebelo de Sousa, José Pacheco Pereira e tantos outros - destituídos de inteligência holística, não concebem que Júpiter, sempre que passa uma vez, durante alguns dias, de doze em doze anos, nos graus 7 e 8 do signo de Leão, possa suscitar um influxo de esquerda em Portugal....São demasiado antropocêntricos na sua ignorância do mistério cósmico. Não pensam o mundo, e a vida humana em particular, como um todo cósmico. Falta-lhes a noção da lei dialética do uno: no universo nada está isolado, tudo se relaciona e forma um imenso Uno.

 

Que tem de inadmissível que os movimentos de um  planeta suscitem uma revolução ou contra-revolução no Brasil ou na Argentina ou em Portugal, uma vitória futebolística do Flamengo,  dos Estudiantes de la Plata, ou do Sport Lisboa e Benfica? Nada. Só mentes fragmentadas e fragmentárias objectam contra isto.

 

QUEDA DE PASSAGEIROS NA LINHA FERROVIÁRIA EM 26-28 DE AGOSTO E 12-15 OU 21-24 DE SETEMBRO?

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 20º-22º do signo de Virgem (para astrónomos: graus 170-172 de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa, em particular a queda de passageiros na linha de uma estação. Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 20º-22º do signo de Virgem, tornando muito provável a queda de um passageiro na linha férrea,  são: 26-28 de Agosto de 2014 (Mercúrio); em 12-15 de Setembro de 2014 (Sol); em 21-24 de Setembro de 2014 (Vénus).

 

ACIDENTES NO METROPOLITANO DE LISBOA EM SETEMBRO, OUTUBRO E NOVEMBRO DE 2014

 

 

A passagem de um planeta ou Sol na área 0º-2º de Escorpião gera em regra acidentes no metropolitano de Lisboa: quedas de passageiros à linha, descarrilamentos, incêndios, etc. Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 0º-2º  de Escorpião são em 2014: de 27 de Setembro a 10 de Outubro de 2014 (Mercúrio); em 23-26 de Outubro de 2014 (Vénus); em 8-10 de Novembro de 2014 (Mercúrio).

 

PS- Se é professor ou estudante de filosofia, história ou demais ciências, porque não começa a compreender os movimentos planetários e a astrologia histórico-social e libertar-se da crucial ignorância a que o votaram nessa matéria? Adquira na nossa loja online www.astrologyandaccidents.com as nossas obras «Álvaro Cunhal e Antifascismo na Astrologia Histórica», recentemente lançada, «Os acidentes em Lisboa na Astronomia-Astrologia» e outras que lhe fornecem conhecimentos que em nenhum outro lado pode encontrar. É tempo de ser culto e profundo! Pense por si, sem receio dos clichés dominantes.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

 

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 14:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 5 de Novembro de 2012
O ciclo de Júpiter em Gémeos determinará a eleição do presidente dos EUA em 6 de Novembro de 2012?

 

Júpiter ocupa o signo de Gémeos (arco de 60º a 90º da eclíptica ou trajectória aparente do Sol) um ano em cada doze. Pode a posição de Júpiter, amanhã dia 6 de Novembro de 2012, em 14º do signo de Gémeos, determinar, por si só, a vitória de um dos candidatos, o democrata Barack Obama e o republicano Mitt Romney?  Creio que não.

 

Como sempre, na Astrologia Histórico-Social, que investigo baseio-me nos exemplos histórico-astronómicos. Isto nada tem de místico e de irracional. Místicos obscurantistas são os pretensos «racionalistas» que negam o determinismo zodiacal, absoluto em todos os acontecimentos geofísicos, biológicos, políticos e sociais: eles não se baseiam em dados empíricos mas na sua fé cega no acaso, no indeterminismo. Parto de dados concretos e opero sobre eles. E isso deixa embaraçados os meus opositores teóricos, inclusive os astrólogos tradicionais - Paulo Cardoso, Flávia Monsaraz, Luís Resina, Helena Avelar, Cristina Candeias, Vera Xavier, Liz Greene, Stephen Arroyo, todos eles anti historicistas no sentido preciso do termo, astrólogos de segunda categoria que o sistema ( a televisão, as revistas de «horóscopos», as editoras de «esoterismo» fácil) promove.

 

Em 7 de Novembro de 2000, com Júpiter em 8º do signo de Gémeos, realiza-se a eleição do colégio presidencial que elegerá George Bush como presidente dos EUA, ao cabo de contagens de votos supostamente fraudulentas que derrotarão Al Gore, o candidato democrata.

 

Este exemplo é claramente insuficiente para induzir a repetição do resultado de Novembro de 2000 mas numa coisa parece imitar: no carácter renhido da contenda, com empate técnico em várias sondagens entre os dois candidatos.

 

Decerto, Júpiter não é despiciendo na modelação dos resultados. No signo de Capricórnio, elegeu pelo menos dois presidentes progressistas nos EUA:

 

A) Em 8 de Novembro de 1960, com Júpiter em 2º do signo de Capricórnio, John Fitzgerald Kennedy, candidato democrata, que viria a enfrentar o lobby das petrolíferas texanas, é eleito presidente dos EUA.

 

B) Em 4 de Novembro de 2008, com Júpiter em 17º do signo de Capricórnio, Barack Obama, candidato democrata, é eleito presidente dos EUA.

 

 

Como é evidente, os politólogos e os filósofos do sistema (Nuno Rogeiro, Pacheco Pereira, António Barreto, Manuel Vilaverde Cabral, Maria de Lurdes Rodrigues, Ângelo Correia, Adriano Moreira, Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa Pinto, Ricardo Costa, Fátima Campos Ferreira, José Gil, Manuel Maria Carrilho, Eduardo Lourenço, Miguel Reale, Viriato Soromenho Marques, Porfírio Silva, Vítor Guerreiro, João Branquinho, José Barata Moura, António Pedro Mesquita, etc) não entendem nada disto. São incapazes de olhar as estrelas, o firmamento, numa óptica científica, de fonte geradora dos comportamentos humanos, animais, vegetais e mecânicos. Carecem de racionalidade holística. Não têm a grandeza e a solidez de pensamento dos universitários do Renascimento, de Galileu e Kepler, que praticavam astrologia, ligavam o Zodíaco à Terra. E a televisão, essa inimiga do pensamento superior, ao qual silencia,  permite-lhes divulgar as suas interpretações sociológicas que são de qualidade muito inferior ao saber histórico-astronómico das leis que descobrimos.

 

PS- Se é professor ou estudante de filosofia, história, astrologia ou demais ciências, porque não começa a compreender os movimentos planetários e a astrologia histórico-social e libertar-se da crucial ignorância a que o votaram nessa matéria? Adquira na nossa loja online www.astrologyandaccidents.com as nossas obras «Álvaro Cunhal e Antifascismo na Astrologia Histórica», recentemente lançada, «Os acidentes em Lisboa na Astronomia-Astrologia» e outras que lhe fornecem conhecimentos que em nenhum outro lado pode encontrar. É tempo de ser culto e profundo! Pense por si, sem receio dos clichés dominantes.

 

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 22:35
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Acidentes no Metropolitan...

A pseudo intelectualidade...

Júpiter em 7º-13º de Leão...

Acidentes no concelho de ...

Previsões astrológicas pa...

O ciclo de Júpiter em Gém...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds