Quarta-feira, 3 de Junho de 2020
Breves reflexões de Junho de 2020

 

O PCP SOBREVIVE GRAÇAS À OPUS DEI. 29 de Junho de 2020. Um amigo politólogo diz-me: «Como se explica que num contexto de desaparição ou quase extinção dos partidos comunistas na Europa Ocidental só o PCP resista com uma votação que ronda 8% a 10% em eleições gerais? A sobrevivência do PCP deve-se à Opus Dei: esta, embora defendendo o capitalismo tecnologicamente avançado, tem preocupações com os mais pobres e aí coincide com o PCP. . Veja a convergência entre a Cáritas, da igreja católica, e a CGTP, sindicalismo maioritariamente comunista. O Dom Manuel Martins, bispo vermelho de Setúbal que durante 23 anos denunciou o desemprego, a fome, o trabalho infantil, a vida em barracas- e faleceu em 24 de Setembro de 2017 aos 90 anos - era uma voz incómoda a quem o PCP se colava. O Bernardino Soares, presidente da câmara de Loures, é da Opus Dei. O Jerónimo de Sousa vai à missa. Vários autarcas do PCP são da Opus Dei. O CDS é Opus Dei e o PCP também. Repare que é no Sul do país que, proporcionalmente ao número de habitantes, há mais capelas e igrejas e as autarquias do PCP reservam verbas de reconstrução ou manutenção destas. Os presidentes das câmaras socialistas estão, em regra, ligados à Maçonaria - ao GOL ou à Grande Loja Legal. Tivemos 2 presidentes da república Opus Dei, o Cavaco e o Marcelo Rebelo de Sousa, e dois presidentes maçons, o Mário Soares e o Jorge Sampaio. O Eanes não sei definir.» Eu acrescento: «Nunca tinha pensado isso dessa maneira. O Eanes é Opus Dei: ele doutorou-se na Universidade de Navarra, que é da Opus Dei. É curioso notar que CDS e PCP convergem na defesa do princípio católico de «Não à eutanásia». Claro que o PCP também o faz por ter um eleitorado muito idoso que certamente teme ser «despachado» por uma injeção letal. Quem devia ser Opus Dei era Marcelo Caetano que era amigo pessoal de Laureano López Rodó, nascido em 18 de Novembro de 1920, em Barcelona, membro da Opus Dei, e ministro do governo de Franco de 1965 a 1973, impulsionador do desenvolvimento económico e social de Espanha ».

 

O AEROPORTO INTERNACIONAL DE BEJA PODE SER CLASSIFICADO COMO O MAIS SEGURO DA EUROPA SE...as laterais da pista forem pintadas com TINTA BRANCA DE CRISTAIS, FOSFORESCENTE que brilha na noite mesmo que a energia eléctrica falte em todo o concelho. ´«É tão simples mas os governantes de Lisboa não gostam de nós, alentejanos, e minimizam a nossa região que é a mais bela do país»- diz-me, em 6 de Junho de 2020, um técnico de aeronáutica.«Em 2007, a secretária de Estado dos Transportes, engenheira Ana Paula Vitorino, veio reunir em Beja com a CIMBAL e estava inclinada a acabar com a linha ferroviária Lisboa-Beja, como convém à empresa de autocarros Barraqueiro. Mas quem enfrentou a secretária de Estado do governo Sócrates foi o engenheiro Elio Bernardino, alentejano, que lhe disse na cara que o comboio é o meio de transporte mais útil, seguro e democrático para toda a população e que Beja não prescinde dele. Já bastou a extinção da ligação ferroviária Beja-Moura feita por Cavaco Silva nos anos 90. O engenheiro opôs-se com veemência à designação «aeródromo de Beja» e exigiu que se chamasse aeroporto internacional de Beja e teve contra ele quase todos os presidentes de câmara dos 13 municípios do distrito de Beja, submissos ao governo Sócrates que bloqueou o acabamento do Itinerário Principal 8 itinerário que atravessa o Baixo Alentejo, ligando Sines a Beja e a Vila Verde de Ficalho, na fronteira com Espanha, designado também de A26.»

 

PASSOS COELHO EXTINGUIU ERRADAMENTE O RAMAL DE CÁCERES. 9 de Junho de 2020. Um especialista ligado à Refer diz-me: «Passos Coelho prejudicou seriamente o Alto Alentejo e a arquitectura antiga portuguesa ao encerrar o Ramal ferroviário de Cáceres em 2012. Revelou a sua incompetência governativa de «menino vindo da JSD» que só tem imagem televisiva mas conteúdo sério nenhum. O Ramal de Cáceres, também conhecido como Linha de Cáceres, foi uma ligação ferroviária portuguesa em bitola ibérica, não electrificada, que ligava a estação de Torre das Vargens, na Linha do Leste, à fronteira com Espanha, junto a Marvão-Beirã, numa distância total de 72,4 km.Tinha Foi provisoriamente aberta à exploração em 15 de Outubro de 1879 tendo sido oficialmente inaugurada no dia 6 de Junho de 1880.Foi encerrado pela REFER a 15 de Agosto de 2012. Dava ligação a Valencia de Alcantara, em Espanha. Esta linha ferroviária pode e deve ser reactivada - não esquecer a hipótese de comboios movidos a energia solar, a custo zero - porque é lindíssima e passa junto a monumentos megalíticos únicos, antas no meio de propriedades privadas que não podem ser visitadas a pé nem de automóvel. O governo de António Costa, governo do grande capital inimigo do Alentejo tal como os governos PSD, deu 850 milhões para o Fundo de Resolução do Novo Banco que acumulou prejuízos enormes de gestão mas não tem 5, 10 ou 20 milhões para restaurar os ramais ferroviários de Cáceres e de Moura.»

 

«Em 1 de Janeiro de 1990, no governo de Cavaco Silva, a CP encerrou o Ramal de Moura, igualmente conhecido como Linha de Moura, e originalmente denominado de Linha do Sueste, é um troço ferroviário agora desactivado de Bitola ibérica, que unia a localidade de Moura à Estação de Beja, na Linha do Alentejo, em Portugal. Foi pensado originalmente como uma linha internacional que facilitasse as comunicações entre Portugal e a região espanhola da Andaluzia, mas devido à oposição dos militares acabou por ser transformado numa linha de percurso inteiramente nacional.O ramal chegou a Quintos em 2 de Novembro de 1869, Serpa em 14 de Abril de 1878, Pias em 14 de Fevereiro de 1887, e finalmente a Moura em 27 de Dezembro de 1902. Foi um crime do cavaquismo contra o Baixo Alentejo. Hoje é possível restaurar essa linha de paisagens lindíssimas e introduzir nela um comboio a custo zero, movido a energia solar. Que saudades da velha automotora que ainda em 1989 cruzava o rio Guadiana na ponte que continua operacional. As autarquias alentejanas do PS, PCP e PSD, correias de transmissão do poderio lisboeta hostil à demografia alentejana, nada fazem a favor da restauração destas vias férreas que dão vida ao Alto e ao Baixo Alentejo.»

«A recessão económica grande que se aproxima com o empobrecimento de novas camadas da população exige que se evite, na medida do possível, o transporte em automóvel com os inerentes custos em gasolina e se intensifique e alargue a rede ferroviária no Alentejo. Os comboios são o meio decisivo a par da agricultura sem olivais intensivos e de indústrias de pontas de salvar o Alentejo e as suas gentes».

 

MISTERIOSO DESAPARECIMENTO DO COMANDO AZUL DO PORTÃO. 2 de Junho de 2020. Entro no parque de estacionamento a guiar o automóvel depois de pressionar o comando AZUL e o portão abrir. Estaciono, abro a porta do carro e dou-me conta que não encontro o comando azul. Procuro debaixo dos bancos, em todo o automóvel e invoco os santos, a ver qual o mais solícito: Santo António, Santa Rita de Cássia, São Francisco da Cruz, Virgem de Fátima, etc, e...nada! Como é possível? Ao cabo de 5 a 10 minutos de buscas digo «Santo António, grande santo» e ao agarrar a boina surge dentro dela o comando do portão do parque. Será este o maior dos santos? Em relação a Álvaro Cunhal não o era, aparentemente: Cunhal foi preso pela PIDE de ANTÓNIO Oliveira Salazar em Casal de SANTO ANTÓNIO, concelho da Mealhada, na madrugada de 25 de Março de 1949, e faleceu em 13 de Junho de 2005, dia de SANTO ANTÓNIO e aniversário de nascimento do grande poeta e filósofo Fernando ANTÓNIO Nogueira Pessoa.

 

Fico a pensar, horas depois, no que simboliza esse fenómeno do desaparecimento do comando de plástico AZUL. Talvez a Maçonaria AZUL, cujos três graus são aprendiz, companheiro e mestre. E deambulando pela cidade encontrei casualmente horas depois um mestre maçon que me diz: «O rei Dom Carlos recusou ser iniciado na maçonaria porque quis ser o rei de todos os portugueses, os católicos, os maçons e os outros. Depois foi vítima do regicídio, em 1 de Fevereiro de 1908. D.Manuel II, o sucessor, também não foi iniciado na Maçonaria e não deixou filhos. Assim a sucessão ao trono passou para a linha dinástica miguelista e o pretendente actual, Dom Duarte Pio, não reúne todas as condições até porque é casado com Isabel de Herédia, membro da família traidora à causa da monarquia.» (Refere-se a Francisco Correia de Herédia, o visconde de Ribeira Brava, maçon republicano que em 1908 conspirou para ocorrer o regicídio e que morreu atingido a tiro por sidonistas quando seguia algemado, incorporado numa leva de presos do Partido Republicano Português de Afonso Costa, em 16 de Outubro de 1918 na baixa de Lisboa).»

 

«Sabe que a Maçonaria foi implacavelmente perseguida sob o Estado Novo de Salazar e ainda hoje é atacada na imprensa por fontes católicas.» E num aparte diz-me: «O mestre António Inverno, (Reguengos de Monsaraz, 27 de Outubro de 1944 - Lisboa, 21 de Julho de 2016), artista plástico de serigrafias e pintura, residente em Beja,  foi preso político antifascista, foi grau 32 da Maçonaria regular e nunca quis o grau 33, suprema dignidade maçónica de grão mestre. Era um homem de ideais, não um oportunista político ou de negócios filiado na Grande Loja Regular de Portugal criada em 29 de Junho de 1991 pela Grande Loja Nacional Francesa»

 

.PORTUGAL, PAÍS DE ADMINISTRADORES PAGOS A PESO DE OIRO. 1 de Junho de 2020.Um especialista em redes ferroviárias diz-me: «Há muito desperdício de dinheiros públicos em Portugal ligado a falta de planeamento e regulação. Como se compreende que o director do Banco de Portugal ganhe mais que o director do Banco Central da Alemanha, se somos um país de fracos recursos? Os dirigentes máximos de empresas públicas gozam de regalias inacreditáveis: propinas pagas aos filhos que frequentam a universidade católica, telemóveis gratuitos para os familiares, seguros de vida gratuitos, automóveis de alta cilindrada, etc. Os melhoramentos na linha férrea do Norte custaram 2000 milhões de euros e não resolveram a velocidade lenta em certos troços da via, troços entregues a diferentes gabinetes técnicos,  sendo a velocidade média dos comboios 115 quilómetros à hora, ao passo que na linha do Alentejo Casabranca Beja velhas composições podem atingir 140 quilómetros à hora. Com 50 milhões de euros poder-se-ia electrificar a linha do Alentejo até Ourique.».

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», inovador em relação a todos os outros dicionários, repleto de transcrições literais de textos dos filósofos. Aproveita, a edição está a esgotar-se. Contém 520 páginas, custa só 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Copyright to Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 15:24
link do post | comentar | favorito

Sábado, 16 de Maio de 2020
Breves reflexões de Maio de 2020

 

CONFISSÕES DE ADOLESCENTES SOBRE SEXO E DEUS. Em 19 de Outubro de 2018, extrovertida e amante da verdade, Beatriz diz: «O que os rapazes e homens em geral querem das mulheres é sexo. Nós somos diferentes: gostamos de sexo e damos afecto. Eles precisam mais de nós do que nós deles pois nós conseguimos viver sem eles mas eles não conseguem viver sem nós. Quando os rapazes fazem troça de outro porque tem o respectivo pénis mais curto, mais pequeno, não percebem que o tamanho não interessa na relação sexual. O que importa é haver comunicação com a parceira: ela diz daquilo que gosta e ele diz daquilo que gosta. E adaptam-se, com flexibilidade.», David Gomes diz: «Eu creio em Deus porque o vi e me arrastou. Eu tomava banho na praia da Barra, em Aveiro, e estava a afogar-me. De repente surgiu um homem (Deus) que me deu a mão e me puxou para terra e me salvou e desapareceu logo. Posso dizer que tenho um conceito empírico de Deus, uma ideia porque vi e senti  ao passo que outras pessoas só têm uma intuição inteligível de Deus, uma ideia vaga e metafísica que não se pode concretizar.»

 

AS MULHERES BELAS DE BEJA, QUE SÃO MUITAS, ANDAM DE MÁSCARA E É IMPOSSÍVEL APRECIAR A BELEZA TODA DOS SEUS ROSTOS. Sem estética feminina, a sociedade entristece. Rezemos a Nosso Senhor para que a beleza das almas e dos corpos regresse em plenitude.

 

EU E A MAÇONARIA. Posso ter amigos iniciados na Maçonaria com os quais tenho longos diálogos e troca frutuosa de ideias mas sou impermeável à iniciação maçónica: não entro na Maçonaria, mantenho-me livre e autónomo tanto quanto possível. A minha educação católica até aos 14 anos marcou-me de tal modo que ressoam em mim as palavras do padre Pio de Pietrelcina: «Maçonaria? Ora, é arte do demónio!». O mesmo aplico à homossexualidade e à sodomia: «São portas para o inferno, dizia o padre Pio, não caiais na imoralidade, o Senhor Deus abomina os actos contra a natureza!».

 

DUALISMO CÁTARO E CATOLICISMO. A minha prática de oração é católica - o Santo Rosário Penitencial de 50 Pater, 50 Avé Maria e 50 Glorias e 50 Ave Maria Puríssima foi pedido pela Virgem em aparição a Clemente em Palmar de Troya em 19 de Abril de 1970, dia em que o Sporting CP se tornou campeão nacional de futebol em Portugal. Mas a minha filosofia ou ontologia é cátara, dualista: há dois Deuses, o do Bem, Pai e Mãe do Puro Amor, que só concebeu a nossa alma superior, e há o Deus da Imperfeição e do Mal, Demiurgo ou Lúcifer, que construiu os nossos corpos materiais com todos os seus instintos e impulsos egoístas. Não me digam, para desculpar Deus «criador de todas as coisas visíveis e invisíveis», que o homem é o culpado dos males do mundo, dos terremotos, das crianças com deficiências congénitas, dos acidentes de aviação e comboio. Não, os culpados são Satã e Lúcifer. Quem faz o mal, fá-lo por necessidade, por imposição dos planetas, os quais veiculam a ação de Satã.

 

ESTAR APAIXONADO POR UMA LIVRARIA. É possível um homem apaixonar-se por uma livraria - não pela funcionária, claro - como espaço físico artístico-cultural? É. Eu estou apaixonado pela livraria Verbo, na calle Sierpes de Sevilha, que é um antigo teatro com palco e «pátio de butacas» transformado em livraria. Sinto falta de viajar a Espanha.Sou um pequeno burguês intelectual que vive no mundo dos livros, das investigações histórico-astrológicas, das paixões por mulheres lindas e inacessíveis. Nada mais.

 

OS FUNGOS DECOMPOSITORES AVANÇAM, NÃO HÁ INSECTOS. Jorge diz-me: «Há 2 anos eu tinha 4 ou 5 insectos por cada flor no meu monte. Agora não há insectos, moscas e outros, encontro um em cada mil flores. O ecossistema está desequilibrado e os fungos decompositores que decompunham folhas mortas e matéria orgânica no solo cresceram demais, atacam as plantas vivas, fazem cair os figos das figueiras. Que tipo de ambiente estamos a criar com o olival intensivo e superintensivo onde as pulverizações fazem desaparecer insectos, pássaros, coelhos e outra fauna? São erros humanos graves: só se pensa no dinheiro, no reino da quantidade.»

 

SINCRONISMO ONTOFONÉTICO (REPETIÇÃO DO MESMO NOME NO MESMO DIA, NA TV OU NA PROFISSÃO).Em 19 e 20 de Maio de 2020, as ideias de ANTÓNIO e REGINA emergem: no dia 19, REGINA, aluna da ESDG, completa aniversário, converso com ANTÓNIO, mestre maçon que me diz que «os Távoras que atentaram contra a vida do rei Dom José na noite de 3 de Setembro de 1758 eram aristocratas maçons e por terem violado o código da maçonaria o marquês de Pombal, alto mação, mandou executá-los no meio de terríveis sofrimentos, quebrando-lhes os ossos um a um e queimando-os vivos, o juíz maçon reserva punições mais pesadas aos membros da maçonaria do que aos profanos, Sá Carneiro era membro de uma loja maçónica e foi morto em atentado à bomba em 4 de Dezembro de 1980 por ordem de outra obediência maçónica, há oportunistas, em especial homens de negócios e homens das secretas, infiltrados na Grande Loja Regular e no Grande Oriente Lusitano e no seio deste último a luta de interesses é terrível»; no dia 20, REGINA Duarte demite-se de secretária da Cultura do governo de Bolsonaro, telefono para o Hospital de Santo ANTÓNIO onde um amigo está internado.

 

SINCRONISMO ONTOFONÉTICO (REPETIÇÃO DO MESMO NOME NO MESMO DIA, NA TV OU NA PROFISSÃO). De 18 a 20 de Maio de 2020, a ideia de CINCO sobressai: no dia 18, exponho a uma turma de filosofia as CINCO vias de demonstração da existência de Deus segundo São Tomás de AQUINO (evoca: QUINA, CINCO); no dia 19, o deputado Marcos de QUINTO (evoca: CINCO) abandona o partido Ciudadanos por discordar de este acordar com o governo PSOE-UP espanhol prorrogar por mais 15 dias o estado de alarme no país; no dia 20, o parlamento espanhol aprova a QUINTA prorrogação do estado de alarme.

 

SINCRONISMO ONTOFONÉTICO (REPETIÇÃO DO MESMO NOME NO MESMO DIA, NA TV OU NA PROFISSÃO). Em 19 de Maio de 2020, a ideia de BAAL surge: Edmundo BAL, deputado de Ciudadanos, de centro, justifica no parlamento espanhol a votação do seu partido a favor da prorrogação por 15 dias do estado de alarme em Espanha, em conversa com um iniciado maçon que me diz que «na maçonaria são aceites pessoas de diferentes religiões ou que não pertencendo a nenhuma acreditam em um Criador, o Supremo Arquitecto do Universo» respondo que «li em um livro de Ricardo de la Cierva que o nome secreto de Deus para os maçons seria JABULON, uma fusão dos nomes JAVÉ, deus de Israel, BAAL, deus da guerra e das chuvas dos cananeus considerado um demónio nas escrituras judaico-cristãs, e OSÍRIS, deus egípcio assassinado por seu irmão Set.

 

SINCRONISMO FONÉTICO. Em 17 e 18 de Maio de 2020, a ideia de CARLOS emerge: no dia 17, CARLOS passa em Beja e desabafa comigo «Sabe, os catedráticos de filosofia só pensam nos seus interesses pessoais, instalados, não abrem campo a uma livre investigação. Heidegger usava uma linguagem hipnótica ( o ser, o ser diante dos olhos, etc.) que fazia a mente do leitor oscilar. Na universidade de Évora, Foucault, Heidegger e Derrida são os filósofos dominantes e o resto é apagado ou minimizado. Hoje há muitos filósofos como Edgar Morin, Mircea Eliade, Ivan Ilich, Werner Jaeger, etc. que são censurados nas universidades porque o pensamento único com as aldrabices da ideologia de género (exemplo: «podemos nascer de sexo masculino e transformarmo-nos em mulher») impõe-se»; no dia 18, passam 100 anos sobre o nascimento de KAROL (CARLOS) Wojtila, papa João Paulo II.

 

SINCRONISMO ONTOFONÉTICO (REPETIÇÃO DO MESMO NOME NO MESMO DIA, NA TV OU NA PROFISSÃO). Em 12 e 13 de Maio de 2020, as ideias de DUARTE, CATORZE e PAULO exaltam-se: no dia 12, PAULO, aluno da ESDG, é interrogado sobre matérias ensinadas para recuperação de nota, cruzo-me casualmente em Beja com o engenheiro PAULO Luís que chefia um departamento técnico da câmara municipal, o deputado do PSD DUARTE Pacheco acusa o ministro Mário Centeno de ter transferido 850 milhões de euros para o Novo Banco sem avisar o primeiro-ministro António Costa, DUARTE Alves, deputado do PCP, intervém no parlamento, DUARTE Nuno Vieira, presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal, surge a falar em um telejornal; no dia 13, PAULO Barreto, juíz presidente da comarca do Funchal, diz ao telejornal da TVI que o julgamento em cenário audiovisual não presencial de CATORZE narcotraficantes latino-americanos presos num veleiro no Funchal em Março de 2019 é legal mas PAULA Margarido, advogada na Madeira, discorda no mesmo telejornal, digo a alunos de filosofia que o Do In ou técnica de automassagem chinesa supõe a existência de CATORZE meridianos no corpo humano por onde flui a energia KI.

 

De 9 a 11 de Maio de 2020, as ideias de ÁLVARO CUNHAL e PRISÂO DE ANTIFASCISTAS destacam-se: no dia 9, passam 70 anos sobre a oratória brilhante do preso político ÁLVARO CUNHAL, dirigente do PCP, perante o tribunal fascista acusando a ditadura de Salazar de crimes de lesa pátria; no dia 11, Jerónimo de Sousa fala na realização em Setembro de 2020 da festa do Avante! no Seixal onde se evocará ÁLVARO CUNHAL, passam 47 anos sobre a prisão, em 1973, na Faculdade de Letras do Porto dos ESTUDANTES ESQUERDISTAS Francisco Queiroz e Jaime Reininho que são encarcerados na sede da PIDE-DGS na Rua do Heroísmo, no Porto, por "actividades subversivas" como organizar uma greve estudantil.

 

A MAÇONARIA CONTROLA POR COMPLETO OS MASS MEDIA. 19 de Maio de 2020. Um amigo, iniciado na Maçonaria do GOL, diz-me: «Em 2004 ou 2005, eu era membro de uma loja do Grande Oriente Lusitano e o tenente-coronel Vasco Lourenço, da loja maçónica 25 de Abril, fez-nos um convite para um almoço que durou 7 ou 8 horas na casa de campo dele junto à costa atlântica. Fiquei surpreendido porque compareceram ao almoço os directores ou subdirectores dos grandes orgãos de comunicação social: Expresso, Sábado, Visão, RTP, SIC, DN, etc. Foi então que percebi que praticamente toda a comunicação social está na mão da maçonaria e que é preciso haver vozes dissidentes como a do André Ventura que vai dizer coisas interessantes na campanha presidencial de Janeiro de 2021».

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA», inovador em relação a todos os outros dicionários, repleto de transcrições literais de textos dos filósofos. Aproveita, a edição está a esgotar-se. Contèm 520 páginas, custa só 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Copyright to Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 

 

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 10:58
link do post | comentar | favorito

Sábado, 2 de Maio de 2020
Historiadores e Astrónomos desconhecem o ciclo de Júpiter na História Mundial

 

Heidegger faleceu em 26 de Maio de 1976, aos 86 anos de idade. Pode reconhecer-se nele a qualidade de um filósofo: uma inteligência reflexiva, analítica, superior ao comum dos mortais. Mas quase todos os filósofos e, por maioria de razão, os professores de filosofia sofrem de uma lacuna, uma deficiência: a falta de inteligência holística, a inteligência que capta o universo como um todo em que todas as partes interagem e que, intuitivamente, se apercebe de que as posições dos planetas, do Sol e dos nodos da Lua determinam todos os fenómenos biofísicos, socio-políticos, tecnológicos e culturais, de cada sociedade, de cada classe ou grupo social e de cada indivíduo.

 

Heidegger, tal como Descartes, Locke, Hume, Kant, Hegel, Frege, Russel, Wittgenstein, Sartre, Popper, Kuhn, Rawls, e tantos outros não possuía esse grau de inteligência holística. Se a tivesse poderia inverter a história da filosofia e fazê-la sair do túnel do "racionalismo estreito" e castrador. E fá-la-ia resplandecer restaurando o grande conceito do Renascimento e da Antiguidade Clássica de que «o microcosmos é o espelho do macrocosmos, o que está em baixo é como o que está em cima, a ordem inferior obedece à ordem superior». E Heidegger tinha dados para operar esse regresso à visão holística do cosmos?

 

Seguramente, tinha. Bastava que considerasse com atenção o ciclo de cerca de 12 anos de Júpiter a percorrer os 12 signos - arcos do céu de 0º a 30º cada um: Carneiro de 0º a 30º, Touro de 30º a 60º, Gémeos de 60º a 90º., etc. - e de doze em doze anos notar as repetições de tendências histórico-políticas e económicas que se podem associar a repetição do trânsito de Júpiter.

 

JÚPITER NO SIGNO DE CARNEIRO:

VIRAGENS GOVERNAMENTAIS DIREITISTAS EM  PORTUGAL, BRASIL E ARGENTINA

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Carneiro - de 0º a 30º de longitude eclíptica - associa-se a viragens à direita, neoliberal, católica ou fascista, pelo menos em Portugal, Brasil e Argentina.

 

Em 26 de Abril de 1928, com  Júpiter em  21º 12´/ 21º 27´ do signo de Carneiro, Oliveira Salazar, do Centro Católico, é nomeado ministro das Finanças do 4º governo da Ditadura Militar de direita em Portugal. 

 

De 31 de Março a 11 de Abril de 1964, com Júpiter em 27º 5´/ 29º 56´ do signo de Carneiro,  um golpe militar de direita triunfa no Brasil, desencadeado  em Minas Gerais, pelos generais Olímpio Mourão Filho e Carlos Luís Guedes, comandantes da IV Região Militar e da IV Infantaria Divisória,  cujas tropas marcham para Brasília e Rio de Janeiro (31 de Março) ocorrendo a fuga do presidente da república João Goulart para Porto Alegre (1 de Abril) com pedido de asilo ao Uruguai após não aceitar a proposta do governador Leonel Brizola para resistir (4 de Abril) e a eleição pelo Congresso Nacional do general Humberto de Alencar Castello Branco, presidente da República do Brasil, fascizante(11 de Abril).

 

Em 24  de Março de 1976, com Júpiter em 29º 27´/ 29º 40´ do signo de Carneiro,  um golpe militar de direita derruba o governo corrupto de Maria Estela Perón, colocando o poder nas mãos de uma Junta Militar chefiada pelo general Jorge Rafael Videla, pelo almirante Emilio Eduardo Massera e pelo brigadeiro Orlando Ramón Agosti que inaugura uma era de terror fascista que durará até 1983 com a desaparição de entre 7000 a 30 000 pessoas, muitas delas esquerdistas atirados ao mar desde aviões em voo. 

 

JÚPITER NO SIGNO DE TOURO:

REVOLUÇÃO NA RÚSSIA, COM OU SEM DESTITUIÇÃO OU MORTE DO CHEFE DE ESTADO OU DA OPOSIÇÃO

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Touro - de 30º a 60º de longitude eclíptica - associa-se a revolução popular ou palaciana na Rússia, com ou sem destituição ou morte do chefe de Estado ou do chefe da oposição.

 

De 8 de Março a 16 de Abril de 1917, com Júpiter em  4º 11´/ 12º 56´ de Touro, a revolução democrática triunfa na Rússia, com o início das manifestações de rua em Petrogrado, ou São Petersburgo (8 de Março) demissão do último governo czarista do príncipe Golitsyn (12 de Março), é criado o Soviete de Petrogrado (13 de Março) o czar Nicolau II abdica do poder (15 de Março), Lenine chega de comboio a São Petersburgo, recusa a aliança com os socialistas e apela à revolução proletária (16 de Abril).

 

Em 20 de Agosto de 1940, com Júpiter em 15º 17´/ 15º 20´ do signo de Touro, Ramon Mercader, um assassino de 27 anos ao serviço de Estaline, entra como amigo na casa do bairro de Coyocan, cidade do México, onde vive, com seguranças, Leon Trotsky, líder da IV Internacional, oposição de esquerda ao regime burocrático estalinista da URSS, e fere mortalmente na cabeça o velho Trotsky com golpes de uma picareta que traz escondida no sobretudo.

 

Em 5 de Março de 1953, com Júpiter em 16º  19´ / 16º 29´ do signo de Touro , morre, envenenado dias antes com vinho por Kruchev e Beria, Iosif Stalin, marechal do Exército Vermelho e primeiro secretário do Partido Comunista da URSS e a figura mais poderosa do Estado soviético, encerrando-se uma era de terror, de detenções e execuções arbitrárias na Rússia e repúblicas subordinadas.

 

Em 14 de Outubro de 1964com Júpiter em 24º 44´/ 24º 38´ do signo de Touro, em um golpe palaciano, Mikhail Suslov e outros membros em sessão plenária do Comité Central do Partido Comunista da União Soviética acusam Nikita Kruschev, secretário geral do CC, de má gestão da economia, em particular da incapacidade de as quintas colectivas abastecer o país com alimentos baratos e abundantes, e conseguem destitui-lo das suas responsabilidades no partido e no Estado substituindo-o por Leonid  Brejnev.

 

Em 26 de Março de 2000, com Júpiter em 7º 50´/ 8º 3´ do signo de Touro, Vladimir Putin, presidente interino escolhido por Ieltsin que renunciou ao cargo em 31 de Dezembro de 1999, é eleito presidente da Federação Russa.

 

JÚPITER NO SIGNO DE GÉMEOS:

ASCENSÃO DO COMUNISMO BOLCHEVIQUE AVANÇO DA  DIREITA EM PORTUGAL 

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Gémeos  - de 60º a 90º de longitude eclíptica - associa-se a vitórias ou reforço do poder do comunismo leninista na Rússia e ascensão da direita em Portugal

 

De 16 de Julho de 1917 a 5 de Julho de 1918, com Júpiter em 3º 13´/ 11º 31´/ 1º 28´/ 29º 3´do signo de Gémeos, promovendo a insurreição proletária e repartindo a terra entre os camponeses pobres os bolcheviques apoderam-se das rédeas do Estado na Rússia, com o  desfile armado dos marinheiros de Kronstad exigindo «Todo o poder aos Conselhos (Sovietes)  de Operários e Soldados» , tiroteios, invasão pelas tropas governamentais da sede do Partido Bolchevique que apoiou as greves (16 a 18 de Julho) ataque da Divisão Selvagem do general Krymov derrotado pela resistência dos operários de Petrogrado (7 a 12 de Setembro), a guarda vermelha bolchevique ocupa as pontes, as centrais eléctricas, as estações de Petrogrado e Kerenski chefe do governo foge (7 de Novembro) tomada do palácio de Inverno pelos bolcheviques e aprrovação no II Congresso Pan-Russo dos decretos sobre a paz e sobre a partilha da terra com Lenine à frente do novo governo (8 de Novembro), sublevação em Moscovo dos socialistas revolucionários contra o governo ditatorial bolchevique, derrotada (6-8 de Julho).

 

De 5 de Dezembro de 1917 a 9 de Maio de 1917, com Júpiter em 5º 39´/ 1º 28´/  15º 2´  do signo de Gémeos,  Sidónio Pais e a direita católica e latifundiária assumenm as alavancas de Estado da República, com a revolta armada de  parte do exército chefiada pelo conservador major Sidónio Pais e grupos de civis em que participam militantes de esquerda revolucionária da UON derrubando  pela insurreição armada o governo do PRP de Afonso Costa que, impopularmente, mantém Portugal no teatro da guerra mundial e é responsável pela carestia de vida(5 a 8 de Dezembro)  a eclosão e fracasso de uma revolta no quartel de marinheiros em Lisboa, ( 7 e 8 de Janeiro) iniciada  com a recusa de estes na tarde do dia 7, entregarem as suas munições a um camião do governo conservador do presidente Sidónio Pais que, entretanto, colocara tropas fiéis no Parque Eduardo VII, em Monsanto e no castelo de S.Jorge, seguindo-se a entrada de um batalhão de Sapadores no quartel de marinheiros, na madrugada de 8, com a rendição de 123 praças da Marinha e três sargentos, a revolta anti sidonista da guarnição do cruzador «Vasco da Gama», em reparação, que faz rebocar este até defronte do Terreiro do Paço onde é posto fora de combate devido aos disparos da artilharia do castelo de S.Jorge orientada pessoalmente por Sidónio Pais (8 de Janeiro) a imposição da censura à imprensa pelo governo de Sidónio Pais (13 de Abril) as eleições legislativas a que não concorrem os partidos republicanos ganhas pelos sidonistas (28 de Abril) a investidura de Sidónio como presidente da República Nova (9 de Maio).

 

JÚPITER NO SIGNO DE CARANGUEJO:

REVOLUÇÃO OU CRISE POLÍTICA GRAVE NA ALEMANHA E TRIUNFOS DA DIREITA EM PORTUGAL

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Caranguejo - de 90º a 120º de longitude eclíptica - associa-se a revolução popular ou palaciana ou grave crise político-social na Alemanha e a vitórias da direita em Portugal.

 

De 3 de Novembro de 1918 a 15 de Janeiro de 1919, com Júpiter de 15º 50´a 8º 57´ do signo de Caranguejo, dá-sefim da 1ª guerra mundial e da monarquia na Alemanha, a eclosão e a derrota da revolução  comunista espartaquista,  com graves motins na frota alemã em Kiel (3 de Novembro), a proclamação da república na Baviera e a eclosão da revolução em Berlim com a demissão do príncipe Max de chefe do governo, a abdicação do kaiser Guilherme II e a entrega do poder a um Conselho de Delegados do Povo (9 de Novembro), a assinatura do armistício que põe fim à 1ª Guerra Mundial (11 de Novembro),  a ocupação de Colónia pelas tropas dos Aliados (6 de Dezembro), a revolta armada do grupo marxista Spartacus em Berlim (5 a 11 de Janeiro) e o assassinato dos líderes do Spartacus Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht pelos militares direitistas (15 de Janeiro).

 

Em 14 de Setembro de 1930, com Júpiter em 15º 58´ /16º 7´  do signo de Caranguejo, a crise política agrava.se na Alemanha com as eleições ao parlamento federal em que o Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) continua a ser a força mais votada elegendo 147 deputados em um total de 577,   o Partido Nazi sobe de 12 para 107 deputados e o Partido Comunista sobe de 54 para 77 deputados. O governo manter-se-á nas mãos do chanceler Heinrich Brüning, do centro Católico, que governa por processos ditatoriais.

 

De 18 de Outubro a 7 de Dezembro de 1989, com Júpiter em 10º 40´ / 10º 53´ / 8º 21´ do signo de Caranguejo,  ocorre uma revolução na Alemanha com o desmoronamento do comunismo no Leste do país, a demissão do chefe de Estado  comunista da República Democrática Alemã  Erich Honnecker (18 de Outubro) incapaz de travar os protestos populares a favor da democratização como a que sucedia na URSS, a substituição de  Honnecker por Egon Krenz que ante a pressão do fluxo de milhares de alemães para a Hungria desde Maio e após a demissão de  uma série de ministros da RDA e  uma proposta de abertura das fronteiras com a Alemanha Ocidental (8 de Novembro) permite que milhares de pessoas comecem a derrubar o muro de Berlim que separa as duas Alemanhas e acedam ao mundo livre do Ocidente capitalista ( 9 e 10 de Novembro) demitindo-se um mês após a queda do muro (7 de Dezembro).

 

Em 8 de Dezembro de 1977, com Júpiter 3º 4´ / 2º 56´ do signo de Caranguejo, o governo minoritário do PS chefiado por Mário Soares é derrubado no parlamento português ao ser rejeitada a moção de confiança ao 1º governo constitucional por 159 votos contra (PSD, CDS, PCP, UDP e deputados independentes Carmelinda Pereira, Aires Rodrigues, Brás Pinto, Vital Rodrigues) e 100 votos a favor (PS).

 

De 24 a 28 de Julho de 1978, com Júpiter em 20º 52´/ 21º 58´ do signo de Caranguejo,  a direita e o presidente Eanes afastam o PS da governação, com a demissão dos 3 ministros do CDS (direita) que integram o governo do PS, chefiado por Mário Soares (24 de Julho) e o presidente Eanes comunica exonerar o 1º ministro (27 de Julho) por desaparecer a maioria parlamentar PS (103 deputados)- CDS (42 deputados)  publicando o decreto nº 75/ 78 no dia seguinte (28 de Julho).

 

De 16 de Dezembro de 2001 a 17 de Março de 2002, com Júpiter em 12º 46´/ 5º 37´/ 6º 13´ do signo de Caranguejo, a  direita (PSD, CDS) consegue expulsar o PS da governação, com a demissão do 1º ministro socialista António Guterres no dia em que  o PS é derrotado pelo PSD ao perder 14 câmaras municipais, entre elas Lisboa, Porto, Coimbra, Sintra, Faro, Portalegre, Famalicão e Setúbal nas eleições às autarquias locais (16 de Dezembro) e o triunfo em eleições legislativas (17 de Março) da coligação das direitas (PSD, 40, 25% de votos, 105 deputados eleitos + CDS, 8,72%, 14 deputados eleitos) com maioria absoluta (119 deputados em um total de 230) sobre o PS de Ferro Rodrigues (37,79 % de votos, 96 deputados eleitos) e a CDU (6,94% de votos, 12 deputados eleitos).

 

JÚPITER NO SIGNO DE LEÃO: 

OFENSIVA MILITAR NORTE-AMERICANA OU ISRAELISTA, VITÓRIA CONSERVADORA NO REINO UNIDO

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Leão - de 120º a  150º de longitude eclíptica - associa-se a guerras de conquista desencadeadas pelos EUA e por Israel e a triunfos do Partido Conservador nas eleições gerais parlamentares no Reino Unido.

 

Em 6 de Junho de 1944, com Júpiter em 21º 8´/ 21º 16´ do signo de Leão, 18 000 paraquedistas britânicos e norte-americanos são largados na Normandia, destruindo as linhas de comunicação alemãs, e facilitando o desembarque de soldados americanos, britânicos e canadianos, com mais de 76 tanques anfíbios, nas praias «Utah», «Gold», «Sword» e «Juno», de tal modo que 155 000 soldados aliados desembarcam na Normandia, noroeste da França,  neste primeiro dia da Operação Overlord.

 

De 5 a 10 de Junho de 1967, com Júpiter em 2º 9´/ 3º 15´ do signo de Leão,  Israel lança um ataque preventivo, designado Guerra dos Seis Dias, em que conquista o Sinai, a Margem Ocidental do Jordão, a Faixa de Gaza e a parte antiga de Jerusalém, mais de 350 000 árabes fogem para a Jordânia.

 

De 17 de Janeiro a 3 de Março de 1991,  com Júpiter em 10º 10´/ 4º 40` do signo de Leão, decorre a guerra do Golfo em que  tropas de uma coligação internacional liderada pelos EUA atacam o Iraque de Saddam Hussein despojando-o do Kuwait que Saddam ocupara cinco meses e meio antes, guerra com mais de  100 mil ataques áreos e surtidas, com pelo menos 88 500 toneladas de bombas lançadas pelo ar, destruindo  a infraestrutura militar do Iraque, a batalha de Wadi Al-Batinem em que tropas americanas e britânicas enfrentam militares iraquianos dentro do Iraque (15-20 de Fevereiro), culminando na invasão terrestre pelos EUA (24-27 de Fevereiro) e no cessar-fogo formal (3 de Março).

 

De  19 de Março a 1 de Maio de 2003,  com Júpiter em 8º 28´/ 8º 4´/ 9º 15´ do signo de Leão, os Estados Unidos, com 143 000 soldados, o  Reino Unido com 45 000 militares,  a Austrália com 2 000 e a Polônia apenas 194 soldados (a maioria forças especiais) invadem o Iraque e derrubam a ditadura de Sadam Hussein com o falso pretexto de que esta possuiria armas químicas.

 

Em 27 de Outubro de 1931, com Júpiter em 19º 43´/ 19º 51´do signo de Leão,  o Partido Conservador do primeiro-ministro Stanley Baldwin vence as eleições parlamentares no Reino Unido elegendo 521 deputados (60, 5% de votos) em um total de 615, ao passo que o Partido Trabalhista elege 52 deputados (30,6% de votos).

 

Em 3 de Maio de 1979, com Júpiter em 1º 11´/ 1º 17´do signo de Leão, o Partido Conservador liderado por Margaret Thatcher vence as eleições parlamentares no Reino Unido, elegendo 339 deputados (43,9% de votos) em um total de 635, derrotando o Partido Trabalhista do primeiro-ministro James Callaghan que elege 296 deputados (36,9% de votos).

 

Em 7 de Maio de 2015, com Júpiter em 13º 48´/ 13º 53´ do signo de Leão, o Partido Conservador do primeiro-ministro David Cameron vence as eleições parlamentares no Reino Unido elegendo 330 deputados (36,9 % de votos) em um total de 650, e o Partido Trabalhista elege 232 deputados (30,4%  de votos).

 

JÚPITER NO SIGNO DE BALANÇA:

GENERAL CHARLES DE GAULLE EM FRANÇA,  REPUBLICANISMO DE ESQUERDA EM PORTUGAL

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Balança - de 180º a 210º de longitude eclíptica - associa-se a períodos de ascensão política do general Charles de Gaulle em França e a triunfos do republicanismo de esquerda e do socialismo reformista em Portugal. 

 

De 27 de Agosto de 1945 a 20 de Janeiro de 1946, com Júpiter em 0º 21´/ 26º 40´ do signo de Balança,  o general de Gaulle chefia o governo provisório de França, com a visita a Chicago e Otawwa em que de Gaulle, apesar de o presidente Truman rejeitar a sua ideia de desmembrar o Reich alemão consegue que os Aliados reconheçam a França como o quarto grande vencedor que será cosignatária dos armistícios e terá uma zona de ocupação na Alemanha (27 a 29 de Agosto), a condenação por de Gaulle da ação da CGT vinculada ao PCF (3 de Setembro) a eleição da primeira Assembleia Nacional Constituinte francesa com 586 deputados e maioria de comunistas (159 incluindo aparentados) e socialistas (146 incluindo aparentados) em 21 de Outubro, a nacionalização do Banco de França e dos 4 bancos de depósito (1 de Janeiro) e a demissão de de Gaule de chefe do governo (20 de Janeiro).

 

De 13 de Maio a 4 de Setembro de 1958, com Júpiter em 23º 44´/ 21º 45´/ 29º 34´do signo de Balança, dá-se o regresso de de Gaule à chefia do governo em França, com a eclosão de um golpe de direita na Argélia em que os pés negros, paridários do colonialismo francês, assaltam a sede do governo francês e se constitui um Comité de Salvação Nacional em Argel formado por Sid Cara, Jacques Soustelle, general Raoul Salan, general Jacques Massu, Leon Delbeque (13 de Maio), o apelo do general Salan, em Argel, ao general  de Gaule, retirado da política há 12 anos (15 de Maio), investidura de de Gaulle como chefe do governo francês pela Assembleia Nacional (1 de Junho) votação de plenos poderes a de Gaule (2 de Junho) a apresentação por de Gaule da Constituição da V República Francesa na Oraça de República em Paris (4 de Setembro).

 

Em 4 e 5 de Outubro de 1910, com Júpiter em 21º 38´/ 22º 3´ do signo de Balança, a  República triunfa em Portugal, com a ocupação, na madrugada de 4, do regimento de Infantaria 6, em Lisboa, por dezenas de civis dirigidos pelo comissário naval Machado Santos, presidente da Carbonária, a adesão do quartel de Artilharia 1, o acampamento das forças republicanas na Rotunda onde são alvo de bombardeamento pelas forças monárquicas o dia inteiro e a revolta republicana dos marinheiros dos cruzadores S. Rafael e Adamastor, no dia 4, e a rendição dos monárquicos e proclamação da República na câmara municipal de Lisboa no dia 5

 

Em 19 e 20 de Outubro de 1921, com Júpiter em 4º 57´/ 5º 21´ de Balança, eclode em Lisboa um golpe militar radical da GNR contra o governo conservador do primeiro-ministro António Granjo, este refugia-se em casa de Cunha Leal e, sendo ambos detidos pelos revoltosos, são conduzidos ao Arsenal da Marinha onde Granjo é abatido a tiro por exaltados em que prepondera o cabo Abel Olímpio e Cunha Leal gravemente ferido, já na madrugada de 20, a camioneta da morte, vai buscar a casa o almirante Machado Santos que é assassinado tal como o comandante Freitas da Silva.

 

De 4 da 7 e Dezembro de 1980, com Júpiter em 6º 28´/ 6º 36´ de Balança, duas derrotas da direita ocorrem em Portugal, com a deflagração de uma bomba a bordo de um Cessna que acabara de levantar voo do aeroporto da Portela e cai sobre uma casa, em Camarate, matando as sete pessoas que nele viajam, entre as quais o primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro, do PSD, o ministro da Defesa Adelino Amaro da Costa, do CDS, e o chefe de gabinete António Patrício Gouveia, no dia 4, e a reeleição como presidente da República Portuguesa do general Ramalho Eanes, com 56, 44% de votos, apoiado no PS, PCP e PCTP/MRPP, derrotando o candidato das direitas agrupadas na Aliança Democrática general Soares Carneiro, que obtém 40, 23% de votos, no dia 7.  

 

Em 20 de Fevereiro de 2005, com Júpiter em 18º 21´/ 18º 18´de Balança, o PS, liderado por José Sócrates, vence pela primeira vez com maioria absoluta eleições legislativas em Portugal, elegendo 121 deputados num total de 230, com 45, 03% de votos, vibrando uma pesada derrota no PSD de Santana Lopes que elege 75 deputados com 28, 77% de votos e no CDS de Paulo Portas, que elege 12 deputados com 7,24% de votos, e derrotando também a CDU-PCP, com 14 deputados eleitos e 7,54% de votos e o BE com 8 deputados eleitos e 6, 35% de votos; 

 

JÚPITER NO SIGNO DE SAGITÁRIO:

VITÓRIAS ELEITORAIS DA ESQUERDA SOCIALISTA E DAS FRENTES POPULARES, VITÓRIAS  

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Sagitário - de 240º a 270º de longitude eclíptica - associa-se a períodos de triunfos eleitorais socialistas, de centro-esquerda, ou de frentes populares englobando republicanos de esquerda, socialistas e comunistas  em Portugal, Espanha, França e a triunfos eleitorais da direita conservadora no Reino Unido. Porquê esta dualidade que não permite que a esquerda vença no mundo inteiro com Júpiter neste signo?  Porque a polaridade Yang-Yin, luz e sombra, esquerda-direita tem de existir em simultâneo em cada ano no mundo. 

 

De 13 de Fevereiro  a 20 de Dezembro de 1936, com Júpiter em 19º 39´/ 24º 26´/ 14º 35´ / 29º 42´ do signo de Sagitário, as esquerdas derrotam as direitas em Espanha e em França, com a agressão na cabeça com um pedaço de vidro ao chefe do governo, o socialista Leon Blum, perpetrada pelos «Cavaleiros da Távola do Rei» (Camelots du Roi) no boulevard Saint-Germain em Paris e a ilegalização da da Federação Nacional de Estudantes da Ação Francesa, da Federação dos Cavaleiros da Távola do Rei  e Liga de Ação Francesa, organizações de extrema-direita (13 de Fevereiro) a vitória da Frente Popular na 1ª volta das eleições legislativas na República Espanola graças ao voto dos anarco-sindicalistas da CNT na esquerda burguesa (16 de Fevereiro), a tomada de posse do republicano Manuel Azaña como chefe do governo espanhol (19 de Fevereiro) e a subsequente queima de igrejas, capelas e conventos,  a ocupação de terras na Extremadura espanola por proletários agrícolas (25 de Março),  triunfo moderado das esquerdas nas eleições legislativas em França (26 de Abril e 3 de Maio) sendo o partido socialista (SFIO) o mais votado com 149 deputados eleitos e 27 aparentados, obtendo os radicais, de centro, 111 lugares e os comunistas 72,  a paralisação da França pelas greves da classe operária (11 de Maio a 14 de Junho) sem violências, o assassinato do líder da direita espanola José Calvo Sotelo (13 de Julho) e o levantamento do exército com os generais Franco, Mola, Cabanelas, Queipo de Llano contra o governo da República Espanhola (17-22 de Julho) fracassado em Madrid, Barcelona, Bilbao, Valencia e outras cidades, tomada de San Sebastian pelos sublevados de Mola (13 de Setembro), Franco chefe supremo da revolta fascista (1 de Outubro), início da batalha de Madrid com a ocupação do Cerro de Los Angeles pelas tropas de Varela (5 de Novembro), a morte do líder anarquista Buenaventura Durrutí em Madrid e o fuzilamento na prisão de Alicante de José Antonio Primo de Rivera, líder da Falange das JONS (20 de Novembro), início da batalha de Madrid com a ocupação do a renúncia de Franco a atacar directamente Madrid em Leganés (23 de Novembro) cerco do exército reublicano vasco a Villareal (30 de Novembro).

 

Em 6 de Outubro de 2019, com Júpiter em 18º 54´ /19º 3´ do signo de Sagitário, o PS do primeiro-ministro António Costa vence as eleições legislativas ao eleger 108 deptados (36, 34%) em um total de 230, derrotando o PSD de Rui Rio que elege 79 deputados (27, 76 % de votos), menos 10 que em 2015,  ficando o Bloco de Esquerda, principal apoio tático do PS, com 19 deputados (9,52% de votos).

 

Em 14 de Novembro de 1935, com Júpiter em 1º 4´/ 1º 18´ do signo de Sagitário, o Partido Conservador do primeiro-ministro Stanley Baldwin vence as eleições parlamentares no Reino Unido, elegendo 432 deputados (53,7% de votos) em um total de 615, deixando em segundo lugar o Partido Trabalhista com 154 deputados eleitos (37,9% de votos).

 

Em 9 de Junho de 1983, com Júpiter em 4º 33`/ 4º 25´ do signo de Sagitário, o Partido Conservador da primeira-ministra Margaret Thatcher  vence as eleições parlamentares no Reino Unido elegendo 397 deputados (42,4 % de votos) em um total de 650, ao passo que o Partido Trabalhista elege 209 deputados (27,6% de votos).

 

 

JÚPITER NO SIGNO DE CAPRICÓRNIO:

REPRESSÃO SOBRE A EXTREMA- ESQUERDA E A ESQUERDA MODERADA

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Capricórnio - de 270º a 300º de longitude eclíptica - associa-se a repressão sobre a extrema-esquerda e sobre alguma esquerda moderada.

 

De 12 de Março a 5 de Abril de 1794, com Júpiter em 1º 22´/ 3º 22´ do signo de Capricórnio, Robespierre, governante jacobino, da esquerda pequeno-burguesa autoritária, elimina a extrema-esquerda e parte de esquerda moderada, com a prisão de Hébert e alguns deputados sans-coulottes de exrema-esquerda (12 de Março) e execução destes (24 de Março) e a execução de Danton, Desmoulins e 18 outros companheiros "indulgentes", moderados, que defendiam o fim do Terror (5 de Abril).

 

Em 25 de Março de 1949, com Júpiter em 27º 30´/ 27º 40´ do signo de Capricórnio,  uma brigada da PIDE de Salazar chefiada por Jaime Gomes da Silva irrompe, de madrugada, numa casa clandestina do PCP em Casal de Santo António, no Luso, concelho da Mealhada e prende os três membros do secretariado do partido que aí se escondem, Álvaro Cunhal, Militão Ribeiro e Sofia Ferreira. A denúncia de actividades suspeitas nessa casa partiu de José Feio, autarca de Águeda.

 

Em 22 de Abril de 2008, com Júpiter em 21º 53´/ 21º 56´do signo de Capricórnio, morre aos 81 anos de idade, de cancro, Francisco Martins Rodrigues, revolucionário marxista, fundador do Comité Marxista-Leninista Português em 1964 e promotor do grupo «Política Operária» de extrema esquerda.

 

Em 20 de Fevereiro de 2020, com Júpiter em 17º 38´ / 17º 50´ do signo de Capricórnio,, falece Pedro da Rocha Baptista, de 71 anos, dirigente estudantil no Porto entre 1968 e 1971, cofundador do jornal “Grito do Povo”  e da OCMLP, oposição de extrema-esquerda maoísta ao Estado Novo, preso político em 1973 e deportado para Angola, regressando a 1 de Maio de 1974. Era Comissário Geral da Exposição “1820. Revolução Liberal do Porto”, da autoria de José Manuel Lopes Cordeiro.

 

JÚPITER  NO SIGNO DE AQUÁRIO:

DESGOSTOS PARA A FAMÍLIA FRANCO BAHAMONDE, DESAIRE PARA A ESQUERDA RADICAL SOCIALISTA PORTUGUESA

 

A presença de Júpiter, um ano em cada doze, no arco de 30º que constitui o signo zodiacal de Aquário - de 300º a 330º de longitude eclíptica - associa-se a desaires da família galega Franco Bahamonde e a desaires dos radicais socialistas portugueses.

 

Em 28 de Outubro de 1938, com Júpiter em 22º 31´/ 22º 33´ do signo de Aquário, Ramón Franco Bahamonde (2 de Fevereiro de 1896), famoso héroi aviador que pilotou o hidrovião  Dornier Do J “Wal” na travessia  do Atlântico  conhecida  como o "Voo do Plus Ultra”. irmão do caudilho Francisco Franco, ex deputado da Esquerra Republicana de Catalunya no parlamento espanhol em 1931, morre ao despenhar-se no mar pilotando o seu hidrovião de fabricação italiana, saído de Pollensa, com 1000 quilos de bombas para atacar posições do Exército Popular Republicano.

 

Em 23 de Dezembro de 1961, com Júpiter em 8º 30´/ 8º 43´ do signo de Aquário,  nas colinas de El Pardo, Madrid, ao disparar a sua magnífica espingarda de caça Purdey, presente do presidente Eisenhower, o canhão da arma rebenta e fere gravente o generalíssimo Franco na mão esquerda, sendo de imediato operado da fractura aberta do segundo metacarpian e do dedo indicador no Hospital do Exército do Ar pelo tenente coronel Garaizabal.

 

Em 20 de Dezembro de 1973, com Júpiter em 11º 53´/ 12º 5´ do signo de Aquário, uma explosão de uma bomba colocada pela ETA no subsolo da rua Claudio Coello em Madrid, perto da embaixada norte-americana, faz voar em pedaços o automóvel Dodge em que viaja o almirante Luis Carrero Blanco, primeiro-ministro de Espanha, matando este, o inspector que o escoltava e o motorista, o que causa um desgosto grande no chefe de Estado, general Franco,  de 81 anos, um dia depois de Carrero receber o secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger, possível mandante do homicídio.

 

De 23 de Janeiro a 9 de Fevereiro de 1914, com Júpiter em 0º 19´ / 4º 33´ do signo de Aquário,  desmorona-se o governo radical socialista do PRP de Afonso Costa, apoiado em maioria absoluta no parlamento,  dando lugar a um governo de apaziguamento da direita monárquica e da esquerda operária, com o final da greve dos ferroviáios (23 de Janeiro) uma manifestação de rua antiafonsista em Lisboa (26 de Janeiro) e a substituição do governo afonsista por um governo extrapartidário chefiado por Bernardino Machado (9 de Fevereiro).

 

De 26 de Janeiro a 16 de Fevereiro de 1986, com Júpiter de 23º 53´a 29º 7´ do signo de Aquário,  o frentismo de esquerda PRD-PCP representado pelo candidato  Salgado Zenha é derrotado com 20,88 % de votos contra 46,31% de votos de Freitas do Amaral e 25, 43% de Mário Soares (PS) na 1ª volta da eleição a presidente da república portuguesa (26 de Janeiro) sendo o PCP obrigado a virar à direita votando em Mário Soares de modo a elege-lo presidente à 2ª volta (16 de Fevereiro)  com 51,18% de votos contra Freitas do Amaral com 48, 82% de votos.

 

Em 27 de Setembro de 2009, com Júpiter em 17º 36´/ 17º 33´ do signo de Aquário, o PS do primeiro ministro José Sócrates vence de novo as eleições legislativas mas, desta vez com 36,55% de votos e perdendo a maioria absoluta de deputados, elegendo 99 destes ao passo que em 2005 elegera  121  . O PSD de Manuela Ferreira Leite é o segundo partido com 29,11% e 81 deputados eleitos. A surpresa é o CDS/PP de Paulo Portas ascender a terceiro partido parlamentar com 10, 43 % de votos e 21 deputados eleitos  e o BE de Catarina Martins ascender a quarto partido com 9,82 % de votos e 16 deputados eleitos.

 

Filósofos, historiadores, astrónomos e professores de filosofia, de história e astrofísica que acreditam no livre-arbítrio e que não concebem que a movimentação dos planetas e do Sol no Zodíaco é a causa dos nossos actos e de todos os acontecimentos biofísicos, tecnológicos e políticos no planeta Terra são inteligências medíocres, anticientíficas, pseudoracionalistas. Mas é esta gente obscurantista,  quem domina a esfera da cultura, das universidades, dos telejornais, das editoras de manuais de história, filosofia, sociologia, dos foruns, das revistas filosóficas e científicas, dos programas de ensino, da imprensa escrita semanal ou quotidiana. São anti racionalistas!  O verdadeiro racionalismo - ratio é a relação matemática entre duas ordens de entidades - é o que mede a posição dos planetas em cada facto histórico-social e biofísico, mostrando que há uma razão universal, que o real é racional.

 

NOTA: COMPRA O NOSSO «DICIONÁRIO DE FILOSOFIA E ONTOLOGIA, DIALÉTICA E EQUÍVOCOS DOS FILÓSOFOS», inovador em relação a todos os outros dicionários, repleto de transcrições literais de textos dos filósofos. É de longe o melhor dicionário a nível mundial sobre a dialética como ciência da unidade e da luta de contrários e as suas leis. Aproveita, a edição está a esgotar-se. Contém 520 páginas, custa só 20 euros (portes de correio para Portugal incluídos), CONTACTA-NOS.

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 5 de Outubro de 2013
Reflexões gnósticas cristãs para inquietar os agnósticos

 

 1- O CORPO BELO DE UMA MULHER É UM ÍDOLO - Platão chamava ídolos às imagens- fantasma, sombras de objectos reais colocados atrás dos prisioneiros, que estes viam projectadas na parede da caverna onde estavam presos desde a nascença. Ora, o corpo belo de uma mulher é um ídolo - por que se há-de amar as belas e não as feias? Assim, o acto sexual é uma pura e agradável idolatria. Deus e o tempo vingam-se dessa idolatria: as mulheres outrora belas ganham rugas, engordam, ficam com os seios e a barriga flácidos. Que havemos de amar nelas senão a alma invisível, já que o corpo é corruptível?

 

2- AS MULHERES SÃO TODAS FEIAS, se comparadas com a beleza da Virgem Maria ou Éon Sofia na gnose de Valentim.

 

3- SE UMA ESPOSA IMPEDE O MARIDO DE ORAR À VIRGEM Maria, e se  zanga quando ele vai a uma missa cristã ou entra numa igreja, dizendo «Tu não gostas suficientemente de mim», ele deve divorciar-se. Pois o amor à Virgem é mais importante que o amor à esposa, à namorada, à amante.

 

4- EU APENAS CONSIGO NAMORAR uma mulher jovem e bela que reze permanentemente - não de forma egoísta - e que diga: «Como sou feia em comparação com a vossa beleza, Santa Virgem Maria!» E que não me exija nada fora da visão religiosa e mística.

 

5- OS FILÓSOFOS ANALÍTICOS, POSITIVISTAS LÓGICOS e outros limitam o conhecimento à visão, ao cheiro, à audição e ao tacto e à razão submetida a eles. Por isso dizem: «A Virgem Maria é pura imaginação, não tem sentido sequer supor que existe». Ignoram que o coração é também uma fonte de conhecimento.E como podemos fiar-nos na «racionalidade» destes filósofos, se nem sequer a sua limitada inteligência lhes dá a intuição e a compreensão racional da Astrologia histórico-social, de como os planetas deslizando no Zodíaco controlam por completo os actos humanos e biofísicos na Terra?

 

 6- ORAR E SOBREPOR-SE À AUTOCOMISERAÇÃO - Se orarmos permanentemente a Cristo e à Virgem Maria e desprezarmos o nosso ego sedento de popularidade entre a vasta massa, carícias e luxos, elogios de amigos e familiares, ultrapassaremos os lamentos, a autocomiseração e atingiremos um apreciável patamar de tranquilidade/ felicidade.

 

7- OS MEUS VERDADEIROS AMIGOS possuem sempre um lado traiçoeiro, irónico, ainda que leve. Detecto isso, sem grande esforço. É por isso que só tenho amigos de conveniência, interesseiros, instáveis, excepto, claro, Jesus Cristo e a Virgem Maria que não precisam de mim e por isso amam-me.

 

8- O AMOR DO HOMEM A UMA MULHER é, em regra, uma questão vaginal. O resto é retórica, poesia. ilusão.

 

9- É INCONCILIÁVEL SERVIR A DEUS E AO MUNDO - Se queremos uma vida mundana e feliz, repleta de prazeres e movimento - é a tendência natural de cada um - afastamo-nos de Deus, a grande Escuridão visível que tem dentro a Luz. Se servimos a Deus, apagamo-nos para o mundo social, em certa medida, e fracassamos nalguns campos ou em todos. Não há como resolver isto, a menos que Deus seja o mundo visível, sensível, palpitante de emoções.

 

10- AO ESPÍRITO DE FORNICAÇÃO chamamos amor, AO INTERESSE DE CONVIVER chamamos amizade.

 

11- O AMOR É UM SENTIMENTO GERAL - Não se ama ninguém em particular, a não ser acidentalmente. O universal serve-se do particular mas ab-roga-o, anula-o, quando assim o entende, como diria Hegel. Por isso se amo esta mulher agora poderei a qualquer momento amar outra. Essencialmente, não amo nenhuma das duas, porque são finitas, limitadas e limitam-me.

 

12- DEUS NÃO TEM O PODER TODO SOBRE O MUNDO DA MATÉRIA- Com tantos males e ruindade no mundo, derivados do instinto de sobrevivência de cada um e do deus do Mal (o Diabo), não pode dizer-se que Deus manda na história do mundo nos seus mais ínfimos pormenores. O mal está incluído na Ordem Cósmica. Voltamos pois à tese gnóstica: a tua alma é criação do Deus Superior e do Eón Sofia (a Santa Virgem Maria) e o teu corpo é criação do demiurgo, um deus inferior, que alguns identificam com Iavé e outros com Satã. Ou este não será o demiurgo mas uma entidade inferior e obscura do mundo subterrâneo, os Infernos... Metafísica!

 

13- BELEZA -És bela, jovem, estás a sair ou já saíste da adolescência. Maquilhas-te, produzes-te, vives preocupada com a higiene do corpo e a elegância e exotismo da roupa que usas. E com a alma interior? Lavas esta com bons pensamentos e orações? Ou praticas bullying sobre outras colegas, dizes mal delas, procuras roubar-lhes os namorados, fazes sexo com quem não amas por pura animalidade, fumas charros e estouras gradualmente o teu cérebro são, tomas como ídolos o Justin Bieber, a Madonna, o Marilyn Manson? Que importa a tua beleza exterior se ainda não és bela interiormente?

 

14- FIZESTE AS TUAS ORAÇÕES AO ALTÍSSIMO, HOJE? - Não fizeste? Então que esperas? Podes ser ceifado da vida a qualquer instante, por um acidente interno ou externo. Coloca-te na presença de Deus e fala Lhe. Se tivesses a infelicidade de morrer hoje, arderias anos seguidos no Purgatório, com sofrimentos idênticos aos do Inferno.

 

«Isso é meter medo às pessoas! - dizes - Não aceito esta religião». Mas se o amigo que vai a conduzir o carro que te transporta insiste em acelerar a 140 quilómetros/ hora, não é teu dever meter-lhe medo, dizendo »Olha que podemos sofrer um acidente gravíssimo e morrer ou ficar paraplégicos»? Também tu vais a 140 quilómetros à hora na tua vida - de bar em bar, de bebida em bebida, de charro em charro, de namorada em namorada, de ameaça em ameaça a quem não gostas, de concerto em concerto musical, de negócio menos honesto a negócio menos honesto - e não paras para ver o essencial: a divindade sustenta-nos a cada instante e devemos louvá-La.

 

15- O AMOR E A SENSUALIDADE - Frequentemente o que se chama de amor está contaminado pela sensualidade. Não é amor: é desejo sexual, excitação hormonal, sensação de prazer imediato e cego. As mulheres sabem disso e muitas vezes deixam-se ir na onda... A verdadeira amizade quase não existe neste mundo. Quase nenhum dos meus amigos do facebook é meu amigo... É apenas fachada, um vago interesse de saber algo.

 

16- CADA DIA ESTÁS MAIS PERTO DE ENFRENTAR DEUS e nem te dás conta. A tua dívida em pecados - injúrias sobre os outros, manipulação, silenciamento das capacidades dos que te são superiores na profissão ou no pensar,  exploração, etc - é sustentável? Como vais conseguir pagá-la, se não orares já?

 

17- POR MAIS AMOR QUE FAÇAS SEXUALMENTE BEM EXECUTADO, não conseguirás prender a alma da tua (teu) parceira (o). Por isso, as relações dos casais são instáveis, submetidas à lei da contingência. Mas o Amor de Cristo não é instável: nele não corres risco.

 

18- HÁ UMA CONTRADIÇÃO ENTRE SER SANTO E SER REVOLUCIONÁRIO SOCIAL - Os anarquistas espanhóis, cujos ideais de dignidade humana e igualdade social ainda hoje perfilho em grande parte, queimaram em 1936-1937 centenas de igrejas e capelas e executaram padres e freiras, atitudes anti clericais que abomino. Sou, portanto um atípico simpatizante do anarquismo que reza a Deus e à Virgem Maria, entidades não anárquicas, vértices das hierarquias celestes.

 

Há esta fractura insanável entre ser revolucionário social e ser cristão (gnóstico, católico, protestante, etc). O PCP sempre foi muito mais cuidadoso nas relações com a igreja católica e outras igrejas do que a extrema esquerda trotskista, anarquista, maoísta, guevarista, internacional situacionista. Lembro-me de que esta corrente, em 18 de Junho de 1975, cercou o patriarcado de Lisboa que fechara a Rádio Renascença ocupada pelos trabalhadores revolucionários e entrou em luta, com apedrejamentos, contra o cordão humano de católicos que formou um escudo em redor do edifício do patriarcado.

 

Os comunistas genuínos estão próximos de Cristo mas não rezam nem veneram Cristo em espírito e caem na idolatria dos Lenine, Estaline, Mao Ze Dong, Kim Il Sung, Fidel Castro, falsos deuses de pés de barro. Globalmente, o comunismo ateu é uma  religião «humanista», materialista, assente na veneração divinizadora do «faraó» vermelho, isto é, o líder do «proletariado» e é uma impostura científica: como todo o ateísmo, fecha as aberturas a outros mundos invisíveis, com a agravante de que persegue ou pode perseguir cultos religiosos e metafísicos.

 

O padre Francisco da Cruz (29 de Julho de 1859- 1 de Outubro de 1948) tem, provavelmente, maiores poderes de intercessão junto de Deus do que o líder do PCP Álvaro Cunhal (10 de Novembro de 1913- 13 de Junho de 2005) mas não está excluída a hipótese de Cunhal ser um santo não católico. Na verdade, só por «milagre» o PCP mantém ainda em Portugal uns 12% do eleitorado e bastiões operários e autárquicos importantes, 39 anos após a revolução popular de 1974-1975. Cunhal será um «Santo António vermelho»?

 

19- A PROPÓSITO DA MÚSICA «PANIS ANGELICUS» DE CÉSAR FRANK- O verdadeiro pão dos anjos é, não a hóstia consagrada - esta é-o por reflexo - mas o redondo branco-ouro da alma da pessoa que a vai tomar, com devoção. É um pão interior, supersubstancial, como diziam os cátaros.

 

20- ANTES DE DEITAR PEÇAM AO VOSSO ANJO DA GUARDA que vele por vós, pelos familiares e pela casa. Não costumam fazer isso? Que raio de vida espiritual é a vossa, se não utilizais os poderes reais do invisível mas vedes televisão até às duas da madrugada? A oração é tão eficaz como a faca de cortar a carne ou a batedeira eléctrica. É mesmo mais eficaz do que estes objectos materiais: ela corta e despedaça a «matéria» psíquica do Mal.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 20:48
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Breves reflexões de Junho...

Breves reflexões de Maio ...

Historiadores e Astrónomo...

Reflexões gnósticas crist...

arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds