Sexta-feira, 16 de Março de 2018
As mentiras de Graça Freitas sobre a vacinação

Graças Freitas, directora geral de Saúde em Portugal, anuncia, fanaticamente, na televisão em 15 de Março de 2018 que é imperioso vacinar toda a gente «para que o vírus não circule». Ora as vacinas, de um modo geral, já são caldos de vÍrus.. estes circulam por todo o país com a vacinação. Entretanto noticia-se que há 21 casos de sarampo no norte de Portugal E METADE DESSES CASOS OCORRE EM PESSOAS VACINADAS... «CONTRA O SARAMPO». Convém dizer que o sarampo é uma doença defensiva, uma defesa inteligente do organismo que pretende libertar-se, através da pele, de toxinas acumuladas e que introduzir o vírus do sarampo é, segundo o professor J.Tissot, introduzir a fase crónica do sarampo, a fase surda e oculta da doença, no organismo.

 

Vê-se por estes dados - cerca de 10 doentes que contrairam sarampo tinham sido vacinados - que a vacina não imuniza, não impede o sarampo mas Graça Freitas evita explicar isso, limita-se a fazer a propaganda a favor das multinacionais farmacêuticas que fabricam as vacinas e as vendem aos Estados num negócio rendoso de milhões. Uma propaganda que lembra os métodos de propaganda dos nazis: «Se queres ter saúde, tens de infectar-te com o vírus da vacina, não há métodos alternativos...» Mentira, só mentira da Organização Mundial de Saúde, que serve os illuminati, os poderosos que dirigem a Nova Ordem Mundial. Estes querem enfraquecer a população mundial, reduzi-la e com a injeção da vacina introduzir, em muitos casos, minúsculos microchips no corpo das pessoas para fabricar cidadãos obedientes, controlados mentalmente.

 

Desmentindo Graça Freitas, directora geral da Saúde, e Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, que pressionam no sentido da vacinação obrigatória e atribuem o aparecimento de casos de sarampo a pessoas incompletamente vacinadas, Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, declarou em 16 de Março de 2018: «Há profissionais de saúde infectados que tinham tomado as duas doses da vacina do sarampo..» . Por aqui se vê que vacinar não imuniza, é uma superstição nociva ao organismo, não tem fundamento científico.Os médicos são manipulados, todos somos manipulados pelos mentirosos e irracionais defensores da VACINAÇÃO ou infeção do corpo por vacinas FEITAS DE PUS E VÍRUS DE ANIMAIS DOENTES...

 

Em 17 de Março de 2018, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defende que, apesar de não ser obrigatória, a vacinação é “fundamental”, apelando a que os portugueses façam a vacina contra o sarampo, sobretudo crianças e jovens. É lamentável a falta de racionalidade de Marcelo apelando à infeção de milhões de pessoas, em especial dos jovens, por vírus e toxinas contidas nas vacinas... E o Bloco de Esquerda e o Partido Animais Natureza porque se calam quando deveriam denunciar a vacinação em massa, arma da medicina capitalista que não ensina os trabalhadores a evitar as doenças usando sumos de limão e laranja naturais, suprimindo o açúcar, o sal e as carnes vermelhas, etc.? Marcelo serve objectivamente os illuminati, os altos maçons satanistas que inspiram a vacinação das populações...

 

Não tenhamos ilusões. Os tipos que controlam os programas de saúde a nível mundial, incluindo a vacinação, são gente má, falsa, gananciosa, sem consciência ética socialmente elevada.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:54
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Júpiter em 20º de Escorpi...

28º-29º do signo de Touro...

Plutão em 21º 11´de Capri...

Júpiter em 21º de Escorpi...

Breves reflexões de Abril...

David Icke: os castelos g...

Confusões do Compêndio e...

Telejornais portugueses c...

Campanhas de vacinação: m...

Confusões do Compêndio em...

arquivos

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds