Sexta-feira, 27 de Maio de 2022
La imposición de la ideologia de género en los colegios de España

 

¿La imposición de la ideología de género es o no es una dictadura ideológica bajo la capa de «igualdad»? ¿Como es posible negar la biología, que impone al hombre ser macho y a la mujer ser hembra? No es verdadero enseñar que «tu has nacido hombre pero si quieres puedes ser mujer».

Transcribimos de InfoCatólica de 26 de mayo de 2022:

«La ley aprobada por las Cortes de Castilla La Mancha  pretende que el sexo puede elegirse indepentientemente de la realidad biológica. Dice en su artículo 4:

«Diversidad sexual: hace referencia a todas las posibilidades de expresar la sexualidad, los afectos, el deseo y el erotismo, así como la orientación o identidad sexual y expresión de género de las personas»

Además se entromete en la educación dentro de la familia 

«Art. 26. La consejería competente en materia de infancia y familia incorporará programas de información dirigidos a las familias con el objetivo de divulgar las distintas realidades afectivas y sexuales»

Y obliga al profesorado a asumir la identidad sexual que cada alumno elija:

«Art.38. El equipo directivo indicará al profesorado y personal de administración y servicios del centro que se dirija al alumnado por el nombre elegido conforme a su identidad sexual»

Como es habitual en este tipo de leyes, incorpora un conjunto de sanciones dirigidas a quienes no se sometan a la ideología totalitaria que constituye la esencia del texto legal.

Los obispos de la Provincia Eclesiástica de Toledo –que integra la archidiócesis de Toledo, Primada de España, y las diócesis de Albacete, Ciudad Real, Cuenca y Sigüenza-Guadalajara-, han dado su parecer sobre la ley.

Los prelados dicen apoyar «toda iniciativa que favorezca la igualdad real y evite la discriminación que puedan sufrir las personas por razón de sexo, raza, religión, opinión o cualquier otra condición o circunstancia personal o social, como expresa nuestra Constitución. Apoyamos igualmente las medidas, siempre necesarias, que ayuden a evitar la violencia contra personas y colectivos por esos u otros motivos.»

Pero a su vez, dicen sentirse «obligados a manifestar nuestra preocupación por la reciente aprobación de la la ley» porque «se orienta a implantar en la sociedad una concreta forma de entender la naturaleza del ser humano, en la cual se parte de la separación entre el sexo con el que se ha nacido y con el que la persona se identifica, entre el sexo con el que se ha nacido y la elección personal de la orientación sexual».

«De hecho», constatan, «la inmensa mayoría de los preceptos de la ley tienen por objeto incorporar la perspectiva de género de manera transversal y promover las medidas en materia LGTBI en todos los sectores de la sociedad»

Los obispos apuntan que «la ley introduce un importante régimen sancionador, con multas de 3.001 a 30.000 euros para sus infractores, con la prohibición para entidades o personas de recibir subvenciones o, incluso, la inhabilitación temporal, cierre o suspensión temporal del servicio, actividad o instalación durante un año».

«Además», escriben señalando uno de los aspectos más perversos del texto legal «se invierte la carga de la prueba; es decir, corresponderá a quien se atribuye que ha discriminado a personas LGTBI la aportación de una justificación probada, objetiva y razonable de las medidas supuestamente discriminatorias». 

El hombre es lo que es, no lo que elige ser

Los obispos explican las diferencias esenciales entre lo que marca la nueva ley y la realidad antropológica del hombre y su naturaleza:

«El planteamiento antropológico que subyace en esta ley es contrario a la enseñanza del Magisterio de la Iglesia sobre la naturaleza del ser humano y no responde a lo que afirma la ciencia, la cual sostiene que la identidad sexual tiene su fundamento principal en la biología. En definitiva, esta ley pretende ser una visión que contrasta tanto con la fe como con la razón, con consecuencias sobre la esencia de la familia. Dios nos ha creado hombres y mujeres, y la diferencia entre ambos es una verdad.

Y añaden:

«La visión antropológica cristiana parte de la sexualidad como un elemento constitutivo de la personalidad derivado del diseño de Dios. La libre determinación de la personalidad no puede ser contraria a la verdad ni ser manipulada hasta el extremo de olvidar o ignorar lo que el ser humano es. Aunque, ciertamente, se parte del respeto a cada persona y de la coincidencia de voluntades en la lucha contra cualquier expresión de injusta discriminación, la luz de la verdad exige exponer con claridad esta visión».

La carta está firmada por:

+ Francisco Cerro Chaves, Arzobispo de Toledo y Primado de España
+ José María Yanguas Sanz, Obispo de Cuenca
+ Ángel Fernández Collado, Obispo de Albacete
+ Atilano Rodríguez Martínez, Obispo de Sigüenza-Guadalajara
+ Gerardo Melgar Viciosa, Obispo de Ciudad Real
+ Francisco César García Magán, Obispo Auxiliar de Toledo

 
 
 
 
 


publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:03
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 20 de Maio de 2022
Júpiter em Peixes: vitória de António Costa em 2022 e das esquerdas em 1915 e 1974-1975

O ciclo de Júpiter permite ver com clareza tendências político-sociais predominantes em Portugal em certos momentos. Júpiter no signo de Peixes (arco de 30º graus, de 330 a 360 graus da circunferência zodiacal) dá em regra a vitória às esquerdas.

Em 14 de Maio de 1915, com Júpiter em 22º do signo de Peixes, um levantamento armado sangrento, promovido pelo PRP de Afonso Costa, ala esquerda da república, derruba o governo de direita do general Pimenta de Castro.

Em 25 de Abril de 1974, com Júpiter em 10º do signo de Peixes, um levantamento militar do MFA derruba a velha ditadura de direita de Salazar e Marcelo Caetano e coloca as esquerdas no poder que, em parte, cai na rua com as ocupações de fábricas, terras e casas inabitadas nos meses seguintes.

De 11 a 14 de Março de 1975, com Júpiter em 28º-29º do signo de Peixes, um golpe militar de direita gizado pelo general Spínola fracassa, no dia 11, ao atacar com os paraquedistas o RALIS, em Sacavém, e gera a criação do Conselho da Revolução e  os decretos de nacionalização da banca e dos seguros nacionais.

Em 9 de Março de 1986, com Júpiter em 3º-4º do signo de Peixes, Mário Soares, socialista moderado, toma posse como presidente da república portuguesa, 3 semanas após derrotar Freitas do Amaral, o candidato das direitas, com Júpiter em 28º-29º de Aquário em 16 de Fevereiro quase a entrar em Peixes. .

Em 30 de Janeiro de 2022, com Júpiter em 6º do signo de Peixes, o PS de António Costa vence com maioria absoluta de 119 deputados num total de 230, as eleições legislativas, derrotando as direitas e mantendo, dentro do possível, no quadro capitalista, o programa de Estado social criado pela revolução de 1974-1976.

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 10:14
link do post | comentar | favorito

Domingo, 15 de Maio de 2022
Emburrecimento Programado - O Curriculo Oculto Da Escolarizacao Obrigatoria

Obrigar os alunos de filosofia a dizer que há disjunção inclusiva e disjunção exclusiva, é uma das burrices impostas programaticamente em Portugal: toda a disjunção é exclusiva. C. , agente de ensino, escreve:

«O debate atual sobre termos um currículo nacional é uma farsa. Já temos um currículo oculto cujo objetivo é emburrecer, e nenhuma mudança nos conteúdos pode reverter seus efeitos macabros. As escolas ensinam exatamente o que pretendem, e o fazem muito bem: elas são um mecanismo de engenharia social. Está na hora de encararmos o fato de que a escola obrigatória é nociva para as crianças e que fazer remendos não resolverá o problema. A culpa não é dos professores ruins ou da falta de investimento: injetar mais dinheiro ou mais gente nessa instituição doente fará apenas com que ela fique ainda mais doente. Se queremos mudar o que está rapidamente se transformando num desastre de ignorância, temos de compreender que a instituição escolar serve para “escolarizar”, mas não para “educar”, e que “educar” e “escolarizar” são termos mutuamente excludentes. É urgente ignorarmos as vozes autorizadas da televisão e da mídia e recuperarmos as premissas fundamentais de uma verdadeira educação.»



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 19:42
link do post | comentar | favorito

Sábado, 7 de Maio de 2022
Jung: sofrer ao máximo moralmente leva à cura

Ao contrário do que hoje se precozina - ioga, reiki, supressão do sofrimento por terapias calmantes- o psicanalista Carl Jung defendeu que a cura vem por experimentar o maior sofrimento. Escreveu:

«Nos dias que se seguiram a paciente teve sentimentos de autocomiseração. Tornou-se claro para ela como era lamentável não ter tido filhos. Sentia-se como um animal abandonado ou uma criança (...)

Não é o descaso ou a repressão de estados de alma desagradáveis que levam à verdadeira libertação, mas só o entregar-se ao padecimento profundo dos mesmos»

Carl Jung, Os arquétipos e o inconsciente colectivo, volume I, pag. 329



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 15:37
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Maio de 2022
Merleau-Ponty: o corpo e as coisas em redor

Merleau- Ponty, fenomenólogo francês,  destacou o paradoxo de o meu corpo ser vidente e visível, isto é interioridade e exterioridade. Escreveu: 

«Visível e móvel, o meu corpo pertence ao número das coisas, é uma delas, está preso na textura do mundo, e a sua coesão é a de uma coisa. Mas posto que vê e se move e se move ele mantém as coisas em círculo à sua volta, elas são um seu anexo ou prolongamento, estão incrustadas na sua carne, fazem parte da sua definição plena, e o mundo é feito do mesmo estofo do corpo.»

(Merleau- Ponty, O olho e o espírito, Edições Vega, pág. 21)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:26
link do post | comentar | favorito

Domingo, 1 de Maio de 2022
5º-8º de e 16º-18º de Peixes: mortes de paraquedistas em voo

 

As áreas 5º-8º e 16º-18º do signo de Peixes, transitadas  são condições necssárias para ocorrer mortes de paraquedistas em voo

Em 25 de Março de 2014, com Mercúrio em 8º 56´/ 10º 19´ de Peixes, um homem de nacionalidade alemã, de 40 anos, morre durante um salto de paraquedas nas imediações do aeródromo da Penina, em Portimão, afirmou uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

Em 24 de Agosto de 2019, com Véns em 16º 49´/ 17º 56´  de Peixes, Neptuno em 17º 47´/ 17º 45´de Peixes Um jovem de 19 anos morreu no sábado após um salto de paraquedas no aeródromo municipal de Portimão. O acidente ocorreu cerca das 10h15, quando um grupo em que a vítima estava inserido praticava saltos de uma aeronave.

Em 21 de Abril de 2022, com Marte em 4º 16´/ 5º 12´ de Pexes, Vénus em 17º 59´/ 18º 56´ de Peixes, uma militar 52 anos morre durante um salto de paraquedas no campo de saltos do Arrepiado, no concelho da Chamusca (Santarém), .



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:29
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

27
28
29
30


posts recentes

Desconfiar do unanimismo

Rodrigo Penedo: a igreja ...

Água em garrafas de plást...

Edgar Morin: a desordem e...

Los abogados cristianos d...

Agustin Laje: a ditadura ...

Liberdade para filosofar

Martinho Marques, um gran...

La imposición de la ideol...

Júpiter em Peixes: vitóri...

arquivos

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds