Quinta-feira, 31 de Março de 2022
São Tomás: Deus tem uma vontade imutável

São Tomás de Aquino responde do seguinte modo à questão A vontade de Deus é ou não mutável?

«Objeções pelas quais parece que a vontade de Deus é mutável:

«1. Diz o Senhor em Génesis 6-7: Arrependo-me de ter feito o homem. Mas todo aquele que se aborrece do feito, tem uma vontade mutável. Logo Deus tem uma vontade mutável.

 

Ao contrário, está o que se diz em Números, 23,19, : Deus não mente como se fosse um homem; Deus não muda como se fosse um homem.

Solução. Há que dizer: A vontade de Deus é completamente imutável. (...) Pois alguém de vontade permanentemente imutável, pode fazer isto agora e depois fazer o contrário. Mas a vontade mudaria se alguém começasse a querer o que antes não quis, ou deixa de querer o que quis».

(Santo Tomás de Aquino, Suma de Teologia, Parte 1, Biblioteca de Autores Cristianos, Madrid, pág. 251-252).

O facto de Deus se arrepender de ter criado o homem não significa vontade mutável, mas sim opinião ou avaliação mutável porque o arrependimento é compatível com a vontade imutável de criar um ser perfeito, sem pecado. Deus pode arrepender-se e manter a Sua vontade perfecionista, sempre a mesma.

Nota- O autor deste blog está disponível para ir a escolas e universidades dar conferências filosóficas ou participar em debates. 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

©(Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:42
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 30 de Março de 2022
Aborto livre em qualquer momento da gestação? Ou assassinato?

 

Tanscrevemos uma denúncia que circula na net e aponta a Organização Mundial de Saúde como agente das multinacionais farmacêuticas e clínicas abortistas e respectivos médicos e políticos:

«La Organización Mundial de la Salud, ignorando el derecho a la vida y el juramento hipocrático que prohíbe a los médicos abortar, ha vuelto a demostrar que sirve a los intereses de las empresas abortistas. En sus nuevas directrices arremete contra las leyes que limitan el aborto a partir de un periodo concreto de la gestación.

(DM/InfoCatólica) Según ha revelado el Daily Mail, las nuevas directrices publicadas por la Organización Mundial de la Salud (OMS) afirman que las leyes que impiden el aborto en cualquier momento del embarazo corren el riesgo de violar los derechos de «las mujeres, las niñas y otras personas embarazadas». Lo de «otras» es una referencia a los casos de transexuales.

La diputada británica conservadora Fiona Bruce, copresidenta del Grupo Parlamentario Pro-Vida, calificó anoche de «completamente inaceptable» y «verdaderamente chocante» cualquier propuesta de legalización del aborto hasta el nacimiento:

«Un ser humano viable podría tener su vida terminada hasta el momento del nacimiento. Sin embargo, un día, una hora, incluso momentos después, una acción similar contra un niño podría constituir un asesinato».

La «Guía de atención al aborto» de la OMS, publicada este mes -seis años después de que el Ministerio de Sanidad revelara que el Real Colegio de Matronas estaba impulsando la misma política- también recomienda a los gobiernos

  • Permitir el aborto en todas las circunstancias, descartando las leyes que prohíben las interrupciones porque el feto es del sexo «equivocado»;
    • No permitir que las mujeres necesiten la aprobación de un médico o enfermera para abortar;
    • Poner en marcha planes de «píldoras por correo» para que las mujeres puedan recibir la medicación abortiva tras una llamada telefónica;
    • Reducir el derecho de los profesionales médicos a negarse a participar en abortos por motivos de conciencia.

    Las Naciones Unidas, que supervisan a la OMS, han acogido con satisfacción la sugerencia de eliminar lo que denominan «barreras políticas innecesarias para el aborto seguro», entre las que se incluyen «los límites sobre el momento en que se puede realizar un aborto».

  • Pero en ninguna parte del documento de 210 páginas se menciona el debate ético sobre los derechos del niño no nacido, ni si los abortos son moralmente aceptables cuando después de las 22-24 semanas el feto tiene buenas posibilidades de sobrevivir si nace prematuramente.

    Tampoco se menciona el aborto selectivo por sexo, a pesar de que la interrupción de fetos femeninos es habitual en países como India, Pakistán y China.

    Antes de la publicación, la OMS consultó a un grupo de 12 «expertos externos», entre los que se encontraban la Dra. Dhammika Perera, directora médica mundial de Marie Stopes International, con sede en el Reino Unido, cuya rama británica realiza más de 60.000 abortos al año en el NHS, y la Dra. Laura Castleman, de Planned Parenthood Michigan, el mayor proveedor de abortos de Estados Unidos.»

  • Nota- Este texto não foi escrito por nós, apenas o reproduzimos para propiciar a reflexão sobre a desaparição dos valores cristãos de condenação do aborto. 


publicado por Francisco Limpo Queiroz às 20:51
link do post | comentar | favorito

Sábado, 26 de Março de 2022
Fernando Pessoa: aristocrata e individualista helénico

 

Fernando Pessoa, hermetista e helenista,  opunha-se à doutrina da igualdade dos sexos e das raças, ao comunismo, ao socialismo, ao anarquismo, ao cristianismo e a religiões diversas. Escreveu:

«A tradição helénica tem como inimigos - àparte os políticos humanitários e radicais, que sendo mentalmente da raça dos escravos, são inimigos de todos os valores civilizacionais - todas as formas de cristianismo e sobretudo as protestantes (por serem mais hebraicas); (...)»

«A tradição romana tem por inimigos os humanitários.» 

«A tradição monárquica e aristocrática os republicanos, os monárquicos constitucionais, e, entre a plutocracia, a de origem internacional, isto é, judaica

«A própria tradição hermética, por assim dizer intelectual e aristocrática, como era lógico que fosse, foi invadida pelo teosofismo hindu, estruturalmente seu inimigo, fortemente emotivo e passivo e trazendo consigo a doutrina repugnante e ímpia da igualdade dos sexos e das raças ( e das classes em que a sociedade se divide). Nem os santuários do Oculto (aparentemente) escaparam à souillure romântica»

(Fernando Pessoa, Páginas de Pensamento político 1, 1910-1919» Livros de Bolso Europa-América, pág. 124-125; o destaque a negro é posto por nós).

No entanto, Pessoa, embora sendo um pensador de direita nacional, aristocrata e inimigo do populismo, não era adepto do nazismo, doutrina desumana, irracionalista, despersonalizante e genoícida. Também não era salazarista.



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:21
link do post | comentar | favorito

Fernando Pessoa: o cristianismo é platonismo

 

O filósofo e poeta Fernando Pessoa escreveu:

«O Cristianismo, historicamente considerado, é um produto complexo. A sua essència ou parte metafísica é grega, é platónica; e com razão se pode dizer que foi Platão o vero fundador do Cristianismo. Elevada a filosofia de Platão às transcendências místicas da Escola de Alexandria, infiltrou-se esta, através de interpretações várias da Cabala judaica, numa qualquer seita herética dos judeus - presumivelmente os Essénios - , e daí agregando mitos (na maioria assírio-babilónicos) e fragmentos vários de coisas históricas, veio a formar-se o Cristianismo, que depois de uma luta, cujo resultado esteve um certo tempo incerto, com uma religião rival, o Mitraísmo, finalmente venceu e assoberbou o Império».

Fernando Pessoa, Páginas de Pensamento político 1, 1910-1919» Livros de Bolso Europa-América, pág. 120-121).

E Pessoa fala nas cinco tradições em que assenta a civilização europeia, que seriam as seguintes:

«A tradição helénica, que constitui a base cultural da nossa civilização. Caracteriza-se a tradição helénica pelo individualismo intelectualista».(...)

«A tradição romana, que constitui a base da política externa da nossa civilização. Resume-se a tradição romana no imperialismo.»(...)

«A tradição monárquica e aristocrática, base da política interna das nações componentes da civilização europeia».(...)

«A tradição nacionalista nascida no fim da Idade Média e de então para cá prolongada.» (...)

«A tradição económica, representada pelos três princípios da propriedade individual, do capitalismo e do regime de concorrência.»

(F. Pessoa, ibid, pág. 121-122)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:14
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Março de 2022
Céu e Inferno segundo o Tao

 

Egoísmo e altruísmo distingem Inferno de Céu, segundo o taoísmo, a filosofia chinesa da dialética Yang (luz, calor, fogo, vermelho) Yin (escuridão, frio, água, azul).

«Uma parábola chinesa descreve os cenários do céu e do inferno exactamente da mesma maneira: cada um deles é um enorme banquete, com pratos deliciosos em enormes mesas redondas, e todos os comensais recebem pauzinhos com um metro e meio de comprimento. No banquete do inferno, as pessoas debatem-se para conseguir manipular esses utensílios tão desajeitados, a frustração leva-os a desistir e morrem de fome. No céu, toda a gente serve a pessoa que se encontra na sua frente, do outro lado da rua, pelo que todos enchem a barriga. Os que seguem o Tao alcançam muito maiores realizações por intermédio do serviço prestado com amor.»

Chungliang Al Huang e Jerry Lynch, «O Tau da Sabedoria», Círculo de Leitores, página 113).

 
 


publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:27
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Março de 2022
Ensino público na Inglaterra: Portugal seguirá por aí?

Uma professora diz: «O ensino público em Inglaterra não vale nada. Obedece ao princípio de que os alunos escolhem as matérias que querem. Por isso, o ensino a sério é nos colégios privados, onde se paga e se aprendem conteúdos que exigem estudo, reflexão . E Portugal parece ir seguir o mesmo caminho quando a geração de professores de 50-65 anos se reformar. Os professores novos são entertainers, sabem pouco. Haverá uma queda abrupta de qualidade.



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:02
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 17 de Março de 2022
Áreas 10º-24º de Virgem e 6º-12º de Peixes: inícios de invasão militar da Rússia e URSS

 

A presença de planetas ou Nodo da Lua nas áreas 10º-24º do signo de Virgem e 6º-12º do signo de Peixes, são condições necessárias mas não suficientes para suscitar uma invasão militar russa.

Em 4 de Novembro de 1956, com Júpiter em 24º 24´/ 24º 35´ do signo de Virgem, os tanques do Exército Vermelho entram em Budapeste, reprimindo brutalmente a revolução popular anticomunista iniciada a 23 de Outubro, com a formação de conselhos operários e derrube pelos estudantes da estátua de Estaline. Cerca de 20 mil húngaros são mortos, contra pouco mais de 700 soldados soviéticos. É o fim da Revolução Húngara.

 

Em 21 de Agosto de 1968, com Mercúrio em 10º 55´/ 12º 40´do signo de Virgem, as forças do Pacto de Varsóvia, dirigidas pela Rússia de Brejnev,  invadem a Checoslováquia socialista de Alexander Dubcek.

 

Em 24 de Dezembro de 1979, com Júpiter em 10º 14´ do signo de Virgem, as primeiras tropas russas entraram no Afeganistão  sob a liderança do premier Leonid Brejnev, guerra que duraria até  15 de maio de 1988, completando-se a retirada militar em 15 de fevereiro de 1989, já com Gorbachev no cargo de líder da União Soviética. 

 

Em 11 de Dezembro de 1994, com Saturno em 6º 33´/ 6º 36´  do signo de Peixes, o exército da Rússia inicia uma guerra para recuperar o território da República da Chechénia, dominado por independentistas.

 

Em 24 de Fevereiro de 2022, com Júpiter enm 12º 39´/ 12º 54´do signo de Peixes, a Rússia invade militarmente a Ucrânia, com receio que esta instalasse misseis da NATO.



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 15:58
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 16 de Março de 2022
Os antigos pensadores estavam errados em tudo?

 

Se os  pensadores da antiguidade clássica greco-romana, egípcia e extremo oriental  e os medievais tinham a noção de que a repetição de posições planetárias em certos graus do Zodíaco repetiam ou produziam factos históricos similares, isto é, se os antigos acreditavam na astrologia como ciência (exemplos actuais: 5 de Março  de 1953, com Saturno em 26º do signo de Balança, morte de Estaline; 10 de Novembro de 1982, com Saturno em 27º do signo de Balança, morte de Brejnev, líder supremo da URSS) e estavam certos, ao contrário dos "racionalistas" de hoje, por que razão haveriam de estar errados numerosos teólogos antigos ao teorizar a existência de Céu, Inferno e Purgatório, além da vida física?



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 12:13
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Março de 2022
Albert Einstein e António Manso Pinheiro

Albert Einstein, o grande teórico da relatividade biocósmica,  nasceu em Ulm, em 14 de Março de 1879 e faleceu em Princeton em 18 de Abril de 1955.

António Manso Pinheiro, o fundador da criativa Editorial Estampa, nasceu em Lisboa em 14 de Março de 1942 e foi preso pela DGS, por actividades subversivas, em 18 de Abril de 1974, sendo libertado em 25 de Abril de 1974, com a queda do fascismo português.

Este paralelismo de datas é função do acaso? 

 

 

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:23
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 8 de Março de 2022
Putin trava uma guerra defensiva?

Um amigo comenta: «A culpa da invasão da Ucrânia pela Rússia é da NATO. Se esta impusesse à Ucrânia inscrever na sua constituição republicana que a Ucrânia  nunca entrará na NATO mantendo uma estrita neutralidade política e militar entre Ocidente (EUA, Reino Unido, União Europeia) e Rússia, Putin, sem embargo de ser um ditador homicida,  não lançaria o ataque que é, no fundo, uma guerra defensiva. A Ucrânia dentro da NATO significaria passar a haver misseis nucleares  que, em cinco minutos de voo, caíríam sobre Moscovo e outras cidades russas. Imagina que Portugal colocava mísseis apontados a Madrid. Que fariam os espanhóis? Ficariam passivos?» .

 

No livro «Palavras da Mãe de Deus em Medugorge», Multinova União Livreira e Cultural SA, na página 70, está escrito que Nossa Senhora, em Outubro de 1981, terá dito aos videntes da Bósnia sobre a Rússia que esta «é o povo onde Deus será mais glorificado». Será que a Virgem se refere à proibição da homossexualidade decretada por Vladimir Putin, cristão ortodoxo que acredita que a moral sexual liberal do Ocidente é promovida por Satanás?

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:48
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
19

20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


posts recentes

24 a 26 de Novembro de 20...

Astrologia: Portugal venc...

A nova esquerda e a colon...

As lectinas da carne de v...

O flúor/ alumínio é um ve...

O flúor/ alumínio é um ve...

Meditação sobre a Letra A

Maurice Caillet: não se p...

Água em garrafas de plást...

Comer três ou mais vezes ...

arquivos

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds