Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Feng Shui: efeitos dos espelhos na sala de jantar e na cozinha

Lillian Too, nascida na Malásia, grande especialista em Feng Shui - arte e filosofia chinesa de utilizar as direções geográficas, as cores, a disposição das casas e ruas de modo a propiciar boas energias na vida das pessoas- entende que espelhos na cozinha dão azar e na sala de jantar dão boa sorte. Escreveu: 

«Uma das melhores coisas que se deve ter em casa é um grande espelho, talvez um espelho de parede, na sala de jantar. Proporciona o melhor tipo de feng shui da alimentação. O espelho simbolicamente duplica a comida na mesa. Colocar um espelho no norte estimula a essência da proteção para o sustento do lar, garantindo o bem-estar da família. Não implica necessariamente riqueza e bens, mas garante que a família nunca terá falta de comida.»

«Note, no entanto, que colocar um espelho perto do fogão não é, em absoluto, a mesma coisa e estará a cultivar um feng shui muito perigoso.»

(Lillian Too, Guia prático Feng Shui, 168 formas para alcançar o sucesso, Didática Editora, pág. 8).



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 22:02
link do post | comentar | favorito

Feng Shui: espelhos a reflectir a cama de casal geram infidelidade

Lillian Too, nascida na Malásia, iniciada no budismo tibetano, grande especialista em Feng Shui - arte e filosofia chinesa de utilizar as direções geográficas, as cores, a disposição das casas e ruas de modo a propiciar boas energias na vida das pessoas- entende que espelhos no quarto que refletem a cama levam à infidelidade conjugal. Escreveu:

«Certifique-se sempre que o toucador não tem o espelho directamente em frente da cama, porque assim irá criar um mau feng shui quando estiver a dormir. Tente colocar o espelho de forma a que não reflicta a cama. Se o fizer, o espelho trar-lhe-á sofrimento.»

«Um espelho em frente da cama frequentemente faz com que um casamento feliz azede. Pode ter problemas do género de aparecer uma pessoa ou pessoas que destruam a sua relação. Se tem actualmente um espelho em frente da cama, cubra-o à noite com uma toalha ou mude completamente a posição do seu toucador.»

(Lillian Too, Guia prático Feng Shui, 168 formas para alcançar o sucesso, Didática Editora, pág. 108).

O espelho actua como um espião, um olho que tudo vê da intimidade do casal.



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:18
link do post | comentar | favorito

Feng Shui e cor das boinas e chapéus

Lillian Too, grande especialista em Feng Shui - arte e filosofia chinesa de utilizar as direções geográficas, as cores, a disposição das casas e ruas de modo a propiciar boas energias na vida das pessoas- entende que boinas e chapéus não devem ser negros nem azuis. Escreveu:

«As coberturas para a cabeça significam abrigo e são geralmente consideradas bom feng shui.Mas os chapéus e bonés não deveriam ser pretos nem azuis. Isso representa o elemento água para a cabeça, que no feng shui não é nada auspicioso. Água sobre a montanha é uma das quatro indicações de perigo do I Ching. Os grandes mestres do feng shui interpretam esta indicação como representando o perigo de ter o elemento água na cabeça ( de uma pessoa) e no telhado (de uma casa).» (Lillian Too, Guia prático Feng Shui, 168 formas para alcançar o sucesso, Didática Editora, pág. 106).

No Feng Shui a água é associada à cor negra, ao norte e à tartaruga negra.



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:04
link do post | comentar | favorito

Sábado, 22 de Janeiro de 2022
Coincidências... ou não?

Em 19 de Janeiro de 2022, participo em um jantar em que se consome o vinho do Douro «ESCADARIA Maior».

Em 20 de Janeiro de 2022, um amigo nosso, numa zona obscurecida da casa, cai por umas ESCADAS abaixo e sofre traumatismo craniano. 

Será uma coincidência casual esta sucessão de factos com a ideia de ESCADA? Ou uma lei ontofonética objectiva?



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 20:02
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 18 de Janeiro de 2022
Gnose de Valentim: os espirituais podem pecar como lhes apetecer

A gnose judaica de Valentim, do século II depois de Cristo,  sustentou que há 3 espécies de homens: os espirituais, ou  homens pneumáticos destinados à salvação no Pleroma, façam o que fizerem, mesmo sem irem à missa e sem cumprirem os mandamentos da igreja, porque as suas almas foram geradas no Pleroma ou Paraíso Celeste e estão predestinadas a regressar a este, depois de serem exiladas em corpos; os homens psíquicos  aqueles que vão à igreja, comugam e cumprem os ritos e as regras morai mas as suas almas não foram geradas no Pleroma, mas na Ogdóade, a oitava esfera onde vive o eón Sofia, a Sabedoria exterior, que, por equívoco, gerou o Demiurgo, o autor do mundo das sete esferas planetárias, e os homens materiais ou hílicos, incapazes de salvação,.confinados à Terra, no centro das sete Esferas Planetárias.

Irineu de Leon, no seu Livro I (Contra as Heresias) escreveu:

«Por isso, os mais perfeitos entre eles praticam sem rebuço todas as ações proibidas , sobre as quais as Escrituras afirmam que os que as cometem não herdarão o Reino de Deus. Comem pois indiferentemente, as carnes sacrificadas aos ídolos, sustentando que não estão contaminadas para eles, e tomam parte como primeiros em toda a festividade dos pagãos e em todo o regozijo em honra dos ídolos.» (Los Gnósticos I, Biblioteca clássica Gredos, páginas 127-128).



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:39
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2022
Aristóteles: sem haver alma não haveria tempo

Para Aristóteles , o tempo é o número do movimento circular e não existiria sem a alma.

«Existiria ou não o tempo se não existisse a alma? Porque se não pudesse haver alguém que numere tão pouco poderia haver algo que fosse numerado e em consequência não poderia existir nenhum número, pois o número  é o numerado ou o numerável». Mas se nada que não seja a alma, ou a inteligência da alma, pode numerar por natureza, resulta impossível a existência do tempo sem a existência da alma, a menos que seja aquilo que quando existe o tempo existe, como seria o caso de existir o movimento sem que exista a alma»

(Aristóteles, Física, Livro IV, 223 a, 20-30).



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 20:05
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11 de Janeiro de 2022
Luís Garagalza: definir Humanismo

Luís Garagalza, catedrático de filosofia da Universidade de Deusto,  Bilbao, Euskal Herria, escreveu:

«Ainda que a palavra humanismo fosse cunhada  no século XIX na Alemanha, costuma-se aplicar retrospectivamente ao movimento filosófico-cultural surgido em Itália em finais do século XIV em oposição à metafísica aristotélica oficial da Escolástica. "Humanista dizia-se então não tanto daquele que se preocupava com os valores humanos e o bem-estar da humanidade como do que se dedicava ao cultivo da humanitas ( a qual ficava simbolicamente representada pela deusa Vénus), quer dizer, ao estudo (com um interesse mais pessoal que meramente profissional) da língua, da história e a literatura dos antigos (em particular de Cícero, Tito Lívio, Tácito, Plauto, Terencio, Virgílio. Ovídio, Lucrecio). Podia dizer-se pese a que não há um sistema unitário comum a todos os humanistas ( desde Petrarca ou Nicolau de Cusa a Marsilio Ficino, Pico de La Mirandola, Erasmo, Montaigne ou Vico) que o humanismo se caracteriza por uma deslocação simbólica do centro de interesses do Céu à Terra.»

 

in Luís Garagalza e outros, Diccionario de Hermenéutica, Universidade de Deusto, Bilbaopágina 228



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:38
link do post | comentar | favorito

Domingo, 9 de Janeiro de 2022
Transumanismo da vacina na Austrália

Catarina, de 41 anos de idade,  e o marido são emigrantes portugueses na Austrália. Ambos se opõem à vacinação. Têm filhos, de entre 5 e 9 anos. O governo australiano endureceu a perseguição aos que recusam infectar-se com a vacina: fecha-os em casa, só podem sair à rua para fazer compras em supermercados, não podem passear ao ar livre, ir à praia ou ao bosque, estão proibidos de ir a restaurantes, hotéis, cinemas, teatros, concertos, etc. Eles resistem. 

É uma ditadura médica de caracter nazi. É o transumanismo: a criação de um homem máquina, com próteses de todo o tipo, trasplantes de orgãos, vivendo nas radiações 5 G e no grafeno, um homem já não verdadeiramente humano. Para onde vai o mundo por este caminho de vacinação ou seja «imunização» artificial que semeia doença criada pela indústria farmacêutica? Muita gente passa a sofrer do coração ou morre de infarto de miocárdio dias ou semanas após sofrer a dose de reforço da vacina. Estamos totalmente indefesos nas mãos de uma medicina tecnológica reptiliana que despreza e agride a imunidade natural existente em cada organismo humano. O juíz Rui Fonseca e Castro foi destituído do Conselho Superior da Magistratura por dizer que o presidente da república é responsável de genoicídio ao promover a vacinação em massa do povo português, causadora de milhares de mortes.

NOTA-

A Itália reservou 150 milhões de euros para compensar efeitos e reações adversas das vacinas Covid-19, noticiou a Reuters em 21-1-2022.

De acordo com uma lei aprovada em 1992, a Itália garante a compensação para os prejudicados pelas vacinas compulsórias, e o projeto de decreto estende os seus termos para cobrir as vacinas recomendadas e não apenas obrigatórias.

Dos planos do governo constam uma despesa de 50 milhões de euros em 2022 e de 100 milhões em 2023 para os permanentemente incapacitados pelas vacinas recomendadas (e em alguns casos tornadas obrigatórias) pela autoridade sanitária italiana.

Num documento de outubro de 2021, a agência de medicamentos italiana AIFA relatou 101.110 queixas de efeitos colaterais em mais de 84 milhões de doses administradas. Cerca de 85% delas foram consideradas de efeitos colaterais não graves.



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 22:13
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2022
Vacinas e perigo do grafeno
Vacinas e telemóveis, redes digitais incluem grafeno, diz-me uma amiga da área científica. O grafeno é  um tóxico para a saúde humana. A tecnologia das redes 5G abunda em grafeno. Está-se a criar a post humanidade, a afastar o ser humano da natureza vegetal e animal pura, a criar doenças artificiais. Ao vulgar vírus da gripe chamam «Covid 19» e manipulam, pela televisão e ministérios da saúde, centenas de milhões de pessoas com a ideia falsa de que «só a vacinação defende a saúde e impede infeções e mortes». É o transumanismo em marcha: o homem é transformado numa máquina electrónica, manipulada.
O campeão mundial de ténis, o sérvio Novac Djokovic, sabe que a vacinação enfraquece as defesas naturais do organismo e recusou infectar-se com a vacina pelo que está retido em Melbourne, Austrália. É isto o fascismo farmacêutico imposto ao mundo inteiro: impede-se que as pessoas percebam que o vírus Covid 19 não é a causa da doença excepto quando contido dentro de cada vacina que o transporta, perseguem-se e cercam-se os que recusam a vacina. 
O jornal Correio Braziliense de 14 de Maio de 2014 publicou o artigo«Vulnerabilidade e risco tóxico põem em xeque o potencial do grafeno» :
«Há uma década, nascia o grafeno, o primeiro cristal atômico de apenas duas dimensões ; de tão fino, praticamente não tem espessura. A descoberta impressionou pela grande variedade de qualidades: condutividade, impermeabilidade, transparência e flexibilidade, todas somadas à maior força já registrada na natureza. Mas o chamado material do futuro ainda não chegou ao presente. Entre os obstáculos a serem superados antes de levá-lo ao mercado, estão o desenvolvimento de métodos de fabricação em massa e a redução dos custos. Além disso, agora, cientistas começam a apontar as primeiras fraquezas dessa rede de átomos de carbono.»

«Uma das principais características do material de duas dimensões é sua resistência, conhecida por ser maior que a do diamante. No entanto, um recente estudo norte-americano mostra que, no mundo real, o grafeno pode não ter um desempenho tão positivo quanto nos testes controlados de laboratório. Os pesquisadores queriam descobrir o que acontece se o material apresentar algum defeito de fabricação, nem que seja em apenas uma de suas ligações atômicas.»

«Eles criaram, então, uma microrrachadura em uma lâmina com apenas um átomo de espessura (medida que já provou ter força surpreendente em outros experimentos) e depois dobraram a chapa ao meio. Quando colocado sob pressão, o grafeno imperfeito perdeu grande parte de sua resistência. ;O grafeno é forte considerando sua força de ligação intrínseca, mas não é resistente devido à má resistência a rachaduras;, conclui Jun Lou, professor de nanoengenharia na Universidade Rice, no Texas. A descoberta, publicada na revista Nature Communications, pode ajudar engenheiros a evitar problemas em eletrônicos flexíveis que podem sofrer falhas microscópicas em um modelo de fabricação em larga escala. ;Espera-se que eliminar defeitos estruturais seja extremamente difícil para a fabricação de grafeno em grandes áreas;, ressalta Lou.»

«Gasto energético
«A questão é crucial porque a expectativa é que o grafeno figure na lista de honra das matérias-primas de equipamentos eletrônicos, ao lado de grandes como o silício. O supermaterial já mostrou potencial para ser usado para a fabricação de tintas condutoras, telas sensíveis ao toque, papel eletrônico, displays OLED flexíveis, baterias de lítio, células solares e sistemas de comunicação de alto desempenho. ;Esse material tem muito potencial, mas, ao mesmo tempo, a tecnologia do silício está bem estabelecida. Em um primeiro momento, é preciso mudar toda a matriz industrial. Nada impede, contudo, que, no futuro, o grafeno passe a ter espaço;, ressalta Antonio Gomes de Souza Filho, professor do Departamento de Física da Universidade Federal do Ceará (UFC).»

«Outras análises, porém, indicam que algumas das características mais interessantes do cristal atômico não devem mostrar todo o potencial na fabricação em escala industrial. Testes em laboratório mostraram que, quando combinado com materiais de suporte que poderiam servir como estrutura em um dispositivo, o grafeno perde parte da sua condutividade térmica e pode até mesmo derreter. Outro dos empecilhos que separam os produtos de grafeno do consumidor é a ausência do chamado gap de energia, que permite o ;desligamento; dos semicondutores. Dispositivos eletrônicos já foram fabricados a partir do material, mas eles desperdiçam muito mais energia do que os sistemas tradicionais.

«Isso não significa que o cristal não seja útil para a indústria. É possível que a matéria-prima ainda seja adotada, mas com maior desempenho em casos específicos, projetados especialmente para ela. ;O fato de não ter o gap é um problema para algumas aplicações, mas para outras é uma solução;, aponta Souza Filho. Alguns dos conceitos imaginados há 10 anos para o cristal milagroso talvez nunca cheguem ao mercado, mas também podem surgir ideias inesperadas conforme os cientistas entendam melhor como funciona esse material.»

«Físicos viam o grafeno como uma grade perfeita de átomos de carbono. No entanto, o paradigma está mudando conforme a ciência abre novos caminhos para a tecnologia. Mas até mesmo camadas imperfeitas do grafeno podem ser usadas em certas aplicações;, aponta, em estudo publicado na revista Nature, Konstantin Novoselov, pesquisador da Universidade de Manchester que ganhou o Nobel da Física pelo seu trabalho com o grafeno.»

Meio ambiente
«Um derivado do supermaterial, o óxido de grafeno também tem aplicações possíveis em sensores, eletrodos ou dispositivos biomédicos. No entanto, ele pode se tornar um verdadeiro problema para o meio ambiente. Quando imersas na água, essas nanopartículas têm alta mobilidade, típica de um grande poluidor. Resíduos do material poderiam chegar a rios e lagos por meio de vazamentos acidentais de fábricas, por exemplo.»

«A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade da Califórnia, que publicaram um artigo na revista Environmental Engineering Science. Estudos anteriores já mostravam que o óxido de grafeno pode ser tóxico para humanos. ;Governantes estão em uma ótima situação para garantir que nós maximizemos os benefícios do óxido de grafeno, reduzindo os impactos negativos para a sociedade;, alerta Jacob Lanphere, estudante da Universidade da Califórnia.»

«De acordo com ele, a indústria precisa ser proativa e promover aplicações sustentáveis com o desenvolvimento da tecnologia. Além do potencial poluidor, os pesquisadores devem se concentrar em descobrir como as nanopartículas interagem com bactérias e até mesmo o efeito da luz solar na toxicidade do material. Não tenho dúvida de que o grafeno vai proporcionar vários benefícios para a humanidade em breve. No entanto, é importante estudar as implicações ambientais dessa nova nanotecnologia para implementá-la de forma sustentável;, defende Lanphere.»
(Roberta Machado, Vulnerabilidade e risco tóxico põem em xeque o potencial do grafeno, in Correio Braziliense de 14 de Maio de 2014; o destaque a negrito é posto por nós ).
 


publicado por Francisco Limpo Queiroz às 19:28
link do post | comentar | favorito

Sábado, 1 de Janeiro de 2022
Ananás, morangos ou vinho contra os malefícios da vacina

Um amigo cientista diz-me: «Se tomaste a vacina Sars Covid tens que comer cada dia ananás, morangos ou beber vinho....»

 «Na Italia há dois cientistas que descobriram que estes três alimentos bloqueiam a proteina Skype.»
«Esta é a proteína que está na vacina e que destrói muitas células benéficas no organismo humano saudável.»
 
Ao menos em Portugal, a esmagadora maioria das pessoas acredita na «utilidade ou na bondade da vacinação». E surgem excepções como relata o CM:
 
«Uma mulher, de 87 anos, morreu cerca de uma hora depois de ter tomado a terceira dose da vacina contra a Covid-19, em 30 de Dezembro de 2021, de manhã, num lar de idosos em São João dos Negrilhos, Aljustrel.»

«A idosa foi encontrado inanimada, em paragem cardiorespiratória, após ter recebido a dose extra da Pfizer. Sujeita a insistentes manobras de reanimação, não foi possível reverter a situação.»
 
Se a vacina mata algumas pessoas, como se prova, como não há-de instalar a doença subreptícia em todas?


publicado por Francisco Limpo Queiroz às 12:55
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Eleições no Brasil em 30 ...

O ponto da mão que tudo c...

Amidonismo e açucarismo, ...

Linguagem hipnótica de He...

Lâmpadas de led e pão int...

O jesuíta papa Francisco ...

Zoofilia, a perversão em ...

Filosofia na Rotunda da B...

Aristóteles: a matéria é ...

Medicina Integrativa: não...

arquivos

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds