Terça-feira, 7 de Janeiro de 2020
Breves reflexões de Janeiro de 2020

 

São apenas algumas reflexões, algumas eivadas de cristianismo tradicional que enfrenta o ateísmo e o agnosticismo dos pequenos filósofos e professores de filosofia.

 

UMA JOVEM AMIGA, DESILUDIDA COM A PROMISCUIDADE SEXUAL, DIZ-ME: «Eu olho para o mundo horrorizada, a moralidade está perdida. Venho para o trabalho e as amigas dizem-me como passaram a noite com um homem que acabaram de conhecer e não é seguro que eles se reencontrem e elas dizem isso com muito orgulho. Honestamente, não entendo isso, para mim é imoral e selvagem. O meu relacionamento passado morreu no início do ano passado e, naquele momento, o meu mundo foi destruído, perdi a fé na honestidade e no amor. Eu pensei que não poderia sobreviver, mas o tempo passou e ficou mais fácil para mim, dizem que o tempo cura corretamente. Mas quando as minhas amigas me contam as suas aventuras nocturnas, sinto vergonha de estar falando sobre isso.»

 

«No início, eu condenei isso, mas agora estou calada, a escolha é delas e deixá-las viver suas próprias vidas. é uma pena que cada vez menos pessoas decentes permaneçam neste mundo. Às vezes, é assustador ficar sozinha neste mundo de solidão e imoralidade. Penso que Sigmund Freud é o culpado da corrupção da sociedade quando disse que a fome e o sexo são os alicerces da sociedade humana, acho que dessa maneira ele empurrou as pessoas para o abismo da reprodução imoral. Agora eu quero chorar de solidão. muito triste para mim agora. Quero mudar esse mundo, mas entendo que isso é impossível e, portanto, só quero criar meu próprio mundinho chamado família.»

 

NÃO TE DEIXES CONTAMINAR PELO ESPÍRITO DO MUNDO CONTEMPORÂNEO. Se és casado/a não traias o cônjugue. Quantas mulheres e homens têm destruído os seus aceitáveis casamentos só porque os/as colegas lhes dizem «O quê? Nunca experimentaste uma escapadinha, outros parceiros? Não sabes o que é bom...».

Rejeita a homossexualidade e a sodomia, pecados que levam ao inferno, rejeita a falsa ideologia da igualdade de género mas trata com delicadeza os homossexuais. Reza em casa e na rua a Jesus e a Nossa Senhora e ao teu Anjo da Guarda, a qualquer hora. Rejeita a liberdade de abortar, o ser barriga de aluguer, o «casamento» gay. Rejeita usar mini saia, decotes ousados, camisas de manga curta, maquilhagem provocante, comungar na mão, comungar sem ajoelhar previamente. Rejeita enganar os outros para ficares rico/a. O mundo actual é obra do Diabo. Este só se revela aos santos e é uma entidade verdadeiramente horrível que podes vencer com a oração permanente a Deus.

 

ESTALINE ACREDITAVA EM DEUS? Uma georgiana da antiga União Soviética disse-me há anos que Estaline como generalíssimo da URSS tinha um quarto secreto onde estavam os ícones da religião católica ortodoxa. Recentemente, dizem-me que na II Guerra Mundial Estaline enviou um avião de reconhecimento das posições militares do exército alemão invasor e dentro do avião um ícone da Virgem de Kazan, a mãe de Deus que, segundo a tradição, cobriu de neblina, séculos antes, a cidade de Kazan impedindo o exército mongol de localizar e  penetrar nela. Isto não invalida que Estaline fosse um ditador criminoso, quase tão terrível como o diabólico Hitler. 

 

O PADRE PIO DE PIETRELCINA, A VITÓRIA DO PORTO SOBRE O SPORTING, E A ESTATUÁRIA MAÇÓNICA NO SANTUÁRIO DE FÁTIMA. 5 de Janeiro de 2020. Faço a viagem de automóvel entre Porto (13.45 horas) e Beja (22.35 horas), com paragens diversas pelo caminho, nomeadamente em Fátima. Aqui evito entrar na basílica da Santíssima Trindade, a nova igreja monumental frente ao santuário de Fátima, para não ver o rosto monstruoso, feio, do Cristo crucificado, escultura satanista da autoria da irlandesa Catherine Green. O que me surpreende é o facto de o reitor do santuário e o bispo de Leiria -Fátima consentirem esta fealdade de inspiração maçónica e satânica. Terão de dar contas a Deus desta profanação. Rezo ante os túmulos de Jacinta e Francisco e Lúcia dos Santos.

 

Na livraria católica, folheio o livro «Padre Pio, o estigmatizado» de Maria Winowska. Coincidência ou não, vejo a seguir na TV, numa confeitaria, o jogo de futebol Sporting 1, FC Porto 2. O FC Porto é protegido por São Pio de Pietrelcina: este frade santo nasceu em 25 de Maio de 1887 e 100 anos depois quase exactos a 27 de Maio de 1987, o FC Porto conquista a sua primeira Taça dos Campeões Europeus de futebol ao vencer por 2-1, em Viena de Áustria, o Bayern de Munique. O meu gesto de folhear o livro sobre São Pio de Pietrelcina, o franciscano italiano, taumaturgo,grande defensor da missa em latim e da comunhão de joelhos, inspirador da igreja ultracatólica de El Palmar de Troya (Utrera, Sevilha), em 1970-1978, abriu a porta à vitória do FC Porto? Não pretendo dizer isso. Ajo movido por algo superior, às vezes. Sou apenas um instrumento modesto, um nada em devir.

 
 

       www.filosofar.blogs.sapo.pt

          f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 
 


publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:57
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14

17
19
20
21

23
24
25
26
27
28
29


posts recentes

Área 15º-23º de Leão: aci...

Plutão em 24º de Capricór...

Padre Pio, F.C.Porto e Dr...

Reflexões breves de Fever...

Objectivismo estético não...

A Dialética Marte-Vénus

Teste de filosofia 10º an...

Teste de filosofia 11º an...

Ponto 19º 30´/ 19º 40´ de...

Romano Amerio: a moral de...

arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
blogs SAPO
subscrever feeds