Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2018
«Astrologia histórica», um livro indispensável aos filósofos

astrologia histórica.jpg

 UM PROFESSOR OU UM ESTUDANTE DE FILOSOFIA ESTÁ INCOMPLETO SE NÃO SOUBER ASTROLOGIA HISTÓRICA (A CIÊNCIA DAS LEIS ASTRONÓMICAS GERADORAS DE FACTOS HISTÓRICOS). Este livro é um tratado de vanguarda nessa área, feito de pura investigação de milhares de factos históricos. Diverge da repetitiva astrologia tradicional que marca passo, estagnada. Ainda temos em stock este livro de 463 páginas, ímpar na astrologia mundial, e pode ser-nos pedido para francisco.limp@gmail.com. O preço é de 20 euros a que se adicionam 5 euros para portes de correio dentro de Portugal.



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 14:28
link do post | comentar | favorito

Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
David Icke: a Virgem Maria é Semiramis, a deusa El da Trindade-Serpente

 

Sobre os illuminati, os donos multimilionários do planeta que manejam os cordelinhos da política, das religiões, da comunicação social e da economia mundial, escreve David Icke:

 

«As famílias da elite, não mais de treze na ponta da pirâmide, criaram e manipulam este sistema de controlo através de uma rede de sociedades secretas. Esta rede e as linhagens que serve deram-se a conhecer com o nome de Illuminati, os "Iluminados". Os Illuminati são uma organização dentro de todas as organizações importantes. É como um cancro. Todas as principais sociedades secretas fornecem recrutas cuidadosamente selecionados aos Illuminati  e estes são os que encontramos ocupando cargos de poder em todo o mundo. Infestam todas as bandeiras, credos e países. A maioria dos maçons nunca avançam além dos três níveis inferiores de grau, os conhecidos Graus Azuis. Nada sabem acerca dos verdadeiros objectivos para que se usa a sua organização.»(...)

«As linhagens dos Illuminati estão todos geneticamente ligados mediante um ADN híbrido, uma fusão genetica derivada do cruzamento de uma raça reptiliana com a humanidade e a raça extraterrestre nórdica

(David Icke, Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años,  Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 27; o bold é colocado por nós).

 

 A religião cristã é segundo Icke, criação dos reptilianos. Note-se que na Edda ou jardim do Éden descrito na Bíblia já havia a Serpente. Escreve Icke:

«O culto à serpente descrito na Edda pode associar-se ao cristianismo, ao satanismo, ao nazismo, à maçonaria, a Hollywood, à morte da princesa Diana e inclusive aos verdadeiros escritores das obras de Skakespeare.»(...)

«A trindade serpente de El, Odín e Balder, mãe-pai-filho, reproduziu-se em muitas variantes. (...)

«A combinação mãe-filho cristã é Maria (outro nome de El) e Jesus Cristo (Tammuz ou Balder). O cristianismo, criado pela Igreja romana, é outra versão da antiga religião de culto à serpente mãe-filho.» (...)

«Não é surpreendente, dadas as suas origens na Babilónia, que a Igreja romana destacasse tanto a importância de "María", a figura da deusa, e a sua versão de El ou rainha Semiramis. El também se chamava "Maria" ou "Mãe Maio" e daí a origem do Primeiro de Maio, um dos dias mais importantes do culto à serpente/Illuminati. O credo do comunismo fundado pelos Illuminati tem o seu dia de celebrações e paradas militares no 1º de Maio pela mesma razão (...). Na noite de 30 de Abril, os satanistas realizam o ritual de Walpurguispara a deusa de Walpurgisnacht ou "Véspera de 1º de Maio". Era uma deidade tão popular na Alemanha como a rainha Maio, Walburga, que foi adoptada pelo cristianismo com o nome de "Santa" Walburga, inventando uma história fictícia para o justificar. Morgana (Morgyn la Faye), nas lendas do rei Artur, é outra versão de El»...

(David Icke, La Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 251-253; o bold é colocado por nós).

 

AS CATEDRAIS GÓTICAS E EL, A VIRGEM NEGRA REPTILIANA

 

E Icke continua, revelando como um culto de contornos infernais a El, aquilo que parece ser um culto sagrado luminoso da Virgem Maria, que os cátaros do século XXI classificam como Lucimaría, uma mistura de Lúcifer e Maria:

 

«A sociedade secreta dos cavaleiros templários financiou e desenhou as famosas catedrais góticas que se converteram em santuários da deusa serpente. (...) As grandes catedrais estão situadas em antigos rituais pagãos. Notre-Dame ("Nossa Senhora") em Paris foi erigida num lugar de adoração à deusa Artemísia/ Diana-El. A linhagem reptiliana dos merovíngios adorava esta deusa em esta mesma localização e a Notre Dame está cheia de gárgulas reptilianas. (...) A catedral de Chartres, como Notre Dame, era um centro de adoração da "Virgem Negra" ou El, a rainha dragão. Até finais do século XVIII, os peregrinos que acudiam a Chartres participaram em um ritual "cristão" que prestava homenagem a El ou à Virgem Negra. Depois de rezar desciam através de um corredor da ala norte a uma antiga cripta subterrânea debaixo da igreja. Ali apresentavam os seus respeitos a "Notre Dame de Sous-Terra" (Nossa Senhora do Inferno) uma negra estátua de ébano de uma mulher sentada sujeitando um menino sobre os joelhos. Novamente se tratava de El e Balder e o seu culto à serpente mãe-filho. O menino sempre estava colocado na perna esquerda porque o satanismo se faz chamar "o caminho da mão esquerda". Na cabeça da Virgem Negra de Chartres havia, como sempre, uma coroa e no pedestal há uma inscrição romana que diz " a Virgem que dará à luz". A coroa é um símbolo das linhagens reptilianas e usa-se para indicar um posto alto no satanismo."

(David Icke, La Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pp 256-257; o bold é colocado por nós).

 

Note-se que o olho saudável de Hórus, deus egípcio, reptiliano, é o esquerdo, estando o direito fechado e invisual, como a figura de Jesus Cristo exibida no filme "A paixão de Cristo" de Mel Gibson, cineasta veículo dos illuminati.

 

A REDE DE BASES SUBTERRÂNEAS DOS REPTILIANOS E A GUERRA DOS DEUSES

 

A base subterrânea de Dulce, uma pequena cidade de 1 000 habitantes situada na reserva dos Apaches Jicarilla, no Novo México, construída pelo exército dos EUA, alberga seres reptilianos, metamórficos, que mudam da forma humana para uma forma de monstros, e é lugar de escravatura e assassinatos de humanos .

 

«Alain Walton diz que Thomas Castello, o director de segurança de Dulce, descreveu como os cinzentos, os "reptilóides" e os "homens-traça" alados colaboravam com os níveis mais baixos do sistema subterrâneo, que incluem Dulce e Los Álamos. O mando da pirâmide, diz, parece que são os homens-traça, os reptilóides, os cinzentos e os híbridos e humanos estão abaixo deles. Castello também afirma que um dos reptilianos lhe explicou que a superfície da Terra era o habitat original deles antes que os eliminassem em uma guerra - a guerra dos deuses - em tempos muito antigos. Escaparam para lugares subterrâneos, para outras estrelas e planetas, e inclusive para a quarta e quinta dimensão, segundo disseram a Castello. Isto concorda com os relatos de Credo Mutwa e muitas pessoas abduzidas que explicaram que os reptilianos evoluiram neste planeta e foram vencidos por outros grupos extraterrestres, especialmente os nórdicos".

(David Icke, La Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 383; o bold é colocado por nós).

 

SERES ALTOS, LOIROS, DE PELE COR DE PÉROLA, COM O SÍMBOLO DOS CAVALEIROS DE MALTA, DENTRO DE UMA MONTANHA NO PÓLO NORTE

 

A tese dos intraterrestres ou habitantes do interior da Terra (oca) que podem ter origem extraterrestre é perfeitamente verosímil. Uma mulher norte-americana narrou a Icke a experiência de seu pai, funcionário do Serviço Militar dos EUA na Turquia, que chegou a casa muito perturbado após ouvir o relato de um piloto:

«O piloto informou que estava voando perto do polo norte quando de repente os seus motores se detiveram e todos os sistemas elétricos se apagaram. O avião desceu então de um modo suave até ao solo e, para sua surpresa, o cume da montanga abriu-se e o avião se adentrou no seu interior. (...) Saiu do avião perguntando-se que diabo estava ocorrendo e encontrou-se com pessoas altas, de cabelo loiro, a pele cor de pérola e os olhos azulados que pareciam de algum modo estar eletricamente carregados: como se fossem olhos de laser. (Nos antigos relatos de deuses e "filhos dos deuses" pode encontrar-se esta mesma descrição dos olhos). Todos estes seres da montanha vestiam túnicas compridas de cor branca com um medalhão da cruz de Malta em uma corrente: o símbolo dos cavaleiros de Malta e facilmente visível na simbologia da realeza britânica. Também é um símbolo de Lemuria-Mu» (...)

 

«A memória do piloto era confusa pelo que havia passado depois do seu primeiro encontro com os "olhos azuis" na montanha de James Bond, mas recordou ter caninhado para uma sala e ver um grupo de estes seres sentados à volta de uma mesa de conferências. Finalmente levaram-no de volta ao seu avião e à medida que ascendia da montanha foram-se pondo em marcha de novo os motores e os circuitos electrónicos.» (...)

«Muitas pessoas abduzidas falam de experiências amorosas com seres altos e loiros que afirmavam vir das Pleiades, como sucede com algumas experiências reptilianas, e é importante destacar aqui, e ao longo de todo o livro, que não estou a sugerir em nenhum momento que todos estes "nórdicos" ou "reptilianos" tenham um plano malévolo para a humanidade. Só o têm algumas das suas fações.» 

 

 (David Icke, La Hijos de la matrix, como una raza interdimensional controla el mundo desde hace miles de años, ,Ediciones Obelisco, Barcelona, pág. 145-147; o bold é colocado por nós).

 

A tese de Icke de que nem todas as raças extraterrestres ou reptilianas são más opõe-se à tese de Juan Bereslavski, líder dos cátaros do século XXI, que sustenta que os capitães e tripulantes dos OVNI são maus, raptores e assassinos de seres humanos e fabricantes de humanóides.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 14:47
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018
Questionar José Trindade Santos: fluxismo, sensismo e relativismo

 

No prefácio ao «Teeteto», José Trindade Santos expõe o seu estudo em que destaca os conceitos de fluxismo, sensismo e relativismo. Escreve sobre este importante texto de Platão que, a meu ver, inaugura a fenomenologia na Antiguidade:

 

«O exemplo da cor que não está nos olhos nem nas coisas, gerando-se entre ambos, concretiza a teoria de diversas perspectivas. Em primeiro lugar a cor não é em si, no sentido em que não é algo definido, que se acha em qualquer lugar concreto, pois resulta do impacto de um certo movimento no olho (153e-154a). Em segundo lugar, não é "uma coisa" "algo" ou de certo modo . Portanto não poderá aparecer a mesma a diversos sentintes ou até ao mesmo sentinte, pelo facto de resultar de concurso de distintos percipiente e percebido já que nem aquele será do mesmo modo, de si para si.»

 

«Vemos assim que a ontologia fluxista - tudo é movimento - não só constitui uma boa explicação da epistemologia relativista - as coisas são para cada um como lhe parecem - como a ultrapassa, a ponto de a reconfigurar por completo. Inicialmente, a dificuldade era a de compatibilizar as diferenças na percepção (aisthêsis) de um mesmo percepcionado (aisthêton) por diversos sentintes (aisthanomenoi) com a infalilibilidade, requerida pela equação da percepção da percepção com o saber.»

(José Trindade Santos, in prefácio de Teeteto, de Platão, Fundação Calouste Gulbenkian, pp.62-63; o bold é acrescentado por nós).

 

«Mas não há continuidade entre as duas doutrinas, pois a coerência e consistência do sensismo nada devem ao relativismo. "As coisas não podem ser para cada um como lhe parecem", porque não há "coisas", não há "cada um", nem nada que se assemelhe a parecer. O sensismo constitui a epistemologia possível num real submetido a um fluxo infrene, totalmente alheio a uma operação cognitiva. (ibid pág. 171; o destaque a bold é nosso).

 

E Trindade Santos define assim o sensismo:

«É o princípio sensista (PS) de acordo com o qual nada há além da percepção, constituindo "percipiente", "percebido" e "percepção" meras referências (154 a-b; 156-e- 157c, vide 1823b).»

«A fundamentá-lo encontramos apenas o "princípio fluxista" (PF) segundo o qual a realidade se reduz ao movimento, sem que seja possível dizer "o que" se move, pois careceria de identidade (152d).»

 

(José Trindade Santos, in prefácio de Teeteto, de Platão, Fundação Calouste Gulbenkian, pág 70; o bold é acrescentado por nós).

 

Convém dizer, ao invés do que acima escreveu Trindade Santos, que o sensismo - o ser reduz-se a um fluxo de sensações - é uma modalidade do relativismo, entendido como teoria que sustenta que a verdade varia incessantemente com as épocas, os lugares, as classes sociais, as etnias religiosas e políticas, etc. Trindade Santos interpreta relativismo como variação da percepção de indivíduo para indivíduo e parece não conceber que, ao contrário do que diz, não há trânsito do relativismo para o sensismo uma vez que este último é, em si mesmo, relativismo. Relativismo, no sentido que Trindade Santos lhe dá,  pertence ao género sociognosiológico (quem ou quantos conhecem...) e sensismo pertence ao género ontognosiológico ( o quê, o que se conhece). Mas relativismo em sentido mais amplo, teoria de que a  verdade não é absoluta, mas varia, pertence ao género modalidade ontológica( ser estático, ser mutável) engloba o sensismo, o fluxo das sensações, a impermanência sensorial que, no século XVIII, David Hume retomaria no seu fenomenismo de impressões de sensação em fluxo e de  ideias sem objecto real no mundo exterior.

Sensismo não se opõe a relativismo. O sensismo fluxista é relativismo e o sensismo imobilista - se é que tal posição existe; corresponde a imobilizar a imagem de um vídeo, a ver sempre algo imóvel eimutável - é absolutismo.

 

ONTOLOGIA SENSISTA OU EPISTEMOLOGIA SENSISTA?

 

Uma primeira questão é saber se é lícito usar o termo ontologia sensista. Trindade Santos usa-o tal como usa, com mais propriedade quanto a nós, o termo epistemologia (teoria do conhecimento) sensista. Ora a sensação permanece sempre na esfera da gnosiologia, não constitui ser, não é ontológica.

 

Quanto à designação de ontologia fluxista não a contestamos. Apenas destaco que fluxismo não é o ser mas um modo intrínseco ao ser. O ser é: matéria exterior em si mesma (realismo), matéria interior ao espírito, ideia (idealismo), correlação matéria em si-espírito humano (fenomenismo /fenomenologia) sob a égide do cepticismo. José Trindade Santos está certo quando afirma:

 

«Neste contexto, a análise do fluxo não parece servir qualquer propósito construtivo, limitando-se a mostrar que um mundo dominado pela fenomenologia fluxista não alberga um mínimo de estabilidade que lhe permita ser acessível à percepção, logo, à linguagem e ao saber. (José Trindade Santos, in prefácio de Teeteto, de Platão, Fundação Calouste Gulbenkian, pág.106-107).

 

É necessário frisar que o fluxismo não conduz necessariamente a uma «ontologia» sensista. O materialismo dialético, tal como a doutrina de Heráclito, é fluxista, considera que todas as coisas estão em devir, em perpétuo fluxo, mas sustenta uma ontologia realista, isto é, há um mundo de objectos materiais para lá da consciência do sujeito, independente desta e anterior a ela. O fluxisno não é por si só uma ontologia mas um modo de ser desta. Contrapõe-se a imobilismo. Fluxismo pode conduzir a três ontologias distintas: realismo, idealismo ou fenomenismo/fenomenologia. O sensismo ou empirismo sensista- a realidade exterior não passa de um fluxo de imagens sensoriais - é uma espécie acidental, isto é, não contida na totalidade dentro do género fenomenismo. Há um fenomenismo sensório-intelectual - o de David Hume - que reduz a realidade exterior a um fluxo de imagens e ideias e que pode ser interpretado como idealismo.

  

E relativismo tem dois sentidos, o que não é clarificado por Trindade Santos: um deles, no género sociológico, é o de cada homem ou grupo de pessoas ver a realidade e os valores de forma diferente de outros homens ou grupos de pessoas;  o outro é o da mutação incessante da realidade em si mesma.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:32
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018
Assexualidade: confusões teóricas

 

Em 25 de Junho de 2016, encontrava.me em Lisboa por causa de uma manifestação nacional de professores e pude assistir ao comício que finalizou a manifestação da LGBT que, paralelamente, decorreu nesse dia internacional dos direitos dos gays, lésbicas, bissexuais e transexuais. Dei conta da bandeira do movimento das /dos assexuais e constatei, com surpresa, que aí pontificavam algumas jovens de comportamento lésbico. Há algo incoerente na classificação da assexualidade: lésbicas assumidas proclamando-se assexuais?

 

A Wikipedia fornece as seguintes definições:

«Assexualidade[ é a falta de atração sexual a qualquer pessoa, ou pequeno ou inexistente interesse nas actividades sexuais humanas.  Pode ser considerada a falta de uma orientação sexual ou uma de suas variações, ao lado da heterossexualidade, da homossexualidade, da bissexualidade e da pansexualidade. Também é considerado uma palavra-autocarro para caracterizar um espectro mais amplo de diferentes sub-identidades assexuais. Um estudo de 2004 descobriu que a prevalência de assexuais na população britânica era de 1%.»

A assexualidade difere da abstinência sexual e do celibato que são comportamentais e geralmente motivados por fatores como crenças pessoais ou religiosas. Acredita-se que a orientação sexual, ao contrário do comportamento sexual, é "duradoura".[Algumas pessoas assexuais engajam em atividades sexuais, mesmo não tendo desejo por sexo ou atração sexual, por uma variedade de razões, como a vontade de obter ou dar prazer e a aspiração de ter filhos.»

 

«Alguns assexuais usam um sistema de classificação desenvolvido (e então aposentado) pelo fundador da Asexual Visibility and Education Network.  Nesse sistema, assexuais são divididos em tipos de A a E:

  1. Assexual tipo A: possui atração romântica por indivíduos do sexo oposto (heterorromântico).
  2. Assexual tipo B: possui atração romântica por indivíduos do mesmo sexo (homorromântico).
  3. Assexual tipo C: possui atração romântica por indivíduos de ambos os sexos (birromântico).
  4. Assexual tipo D: possui atração romântica por todos os tipos de indivíduos (panromântico).
  5. Assexual tipo E: sem atração romântica e direção sexual (arromântico).

Note que a assexualidade não é o mesmo que celibato que é a abstinência deliberada de atividade sexual; muitos assexuais fazem sexo, e a maioria dos celibatários não são assexuais. A AVEN não utiliza mais esse sistema por se tratar de algo muito exclusivo.» (in Wikipedia)

 

Quem quer que pratique sexo físico, como aparentemente sucede com dirigentes do movimento das assexuais portuguesas, não pode, em rigor, ser classificada como assexual. Assexual significa: pessoa com ausência de desejo sexual (assexualidade hormonal) e pessoa com ausência de quaisquer práticas de sexo físico (assexualidade comportamental, imposta muitas vezes por razões morais). Tudo o que transcende esta definição é falsa assexualidade. Mas as confusões teóricas imperam e dão jeito a algumas pessoas que procuram obter visibilidade social.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 06:59
link do post | comentar | favorito

Domingo, 4 de Fevereiro de 2018
Áreas 16º-19º de Carneiro e 23º-28º de Gémeos: sismos em Itália

 

 

A passagem de um planeta, do Sol ou de um Nodo da Lua nas área 16º-19º do signo de Carneiro e 23º-28º do signo de Gémeos são condição necessária mas insuficiente para gerar sismos em Itália.

 

Em 26 de Setembro de 1997, com Saturno em 18º 6´/ 17º 56´ de Carneiro, eclodem dois sismos (5,5 e 5,6 Richter) no centro da Itália, nas regiões da Umbria e Marche, causando um total de 10 mortos, 3 dos quais na aldeia de Sesimo, e danificando os frescos de Gotto na Basílica de São Francisco, em Assis, onde rui a abóbada.

 

Em 7 de Outubro de 1997, com Saturno em 17º 10´/ 17º 5´ de Carneiro,  dois novos sismos, o mais intenso de 4,9 na escala de Richter, abalam a região central da Itália, abrindo duas novas fendas na parede da Basílica católica de Assis.

 

Em 21 de Março de 1998, com Mercúrio em 18º 30´/ 19º 19´ de Carneiro, três sismos abalam a região central da Itália, a Umbria e Marche, o mais forte dos quais de magnitude 4,1 na escala de Richter.

 

Em 6 de Abril de 2009, com Sol em 16º 19´/ 17º 18´ de Carneiro,   um sismo de 6.7 graus na escala de Richter ocorre  na zona central da península Itálica com  epicentro sob a cidade de Áquila, região de Abruzos, Itália, abalando também Roma, deixando pelo menos 291 mortos, cerca de 1000 feridos, 15 desaparecidos e centenas de edificações total ou parcialmente destruídas, sobretudo na cidade de Áquila, mas também em outras localidades próximas, como Onna. 

 

Em 28 de Dezembro de 1908, com Plutão em 24º 37´/ 36´ de Gémeos,  um sismo em Messina, na Sicília, Itália, causa a morte de 84 000 pessoas.

 

Em 13 de Janeiro de 1915, com Saturno em 27º 5´/ 27º 0´ de Gémeos,  eclode um terrível sismo em Itália, na região dos Abruzes e na cidade de Roma, onde na catedral de San Giovanni a estátua de São Pedro tomba do pedestal e no Campo dei Giori carros carregados de fruta se viram, provocando a morte de 29 978 pessoas fora da capital.

 

Em 31 de Outubro de 2002, com Saturno em 28º 44´/ 28º 42´ de Gémeos, um sismo faz tremer o centro e o sul da Itália, derrocando um infantário en San Giuliano di Puglia, matando 26 crianças e 3 adultos, entre estes uma professora.

 

Em 30 de Junho de 2003, com Vénus em 24º 13´/ 25º 26´ de Gémeos, um terramato de 4,1 na escala de Richter sacode o noroeste de Itália, a sul do Golfo de Génova, entre Pisa e Livorno, sem causar vítimas, sentindo-se particularmente em Marina di Pisa, Tirrenia e Calambrone.

 

Em 20 de Maio de 2012, com Vénus em 23º 37´/ 23º 25´ de Gémeos, na região à volta de Bolonha, em Itália,entre Modena e Mantova, cerca de 35 quilómetros do Nordeste de Bolonha, eclode  de madrugada um  tremor de terra de magnitude 6.0 com um epicentro de profundidade de 5 quilómetros, morrendo 7  pessoas, 4 delas operários que trabalhavam durante a noite numa fábrica de cerâmica que colapsou em Sant’Agostino, Ferrara,  ficando feridas 50,  vários telhados colapsam, torres de igreja ficam em pedaços e muitos tijolos de fachadas ficam caídos pelas ruas.

 

Algumas das próximas datas em que um planeta ou o Sol passam em 16º-19º de Carneiro são: de 19 a 26 de Março de 2018 (Mercúrio); em 20 e 21 de Março de 2018 (Vénus); de 5 a 9 de Abril de 2018 (Sol); de 3 a 6 de Maio de 2018 (Mercúrio).

 

 Algumas das próximas datas em que um planeta ou o Sol passam em 23º-28º do signo de Gémeos são: de 13 a 18 de Maio de 2018 (Vénus); de 9 a 12 de Junho de 2018 (Mercúrio); de 14 a 20 de Junho de 2018 (Sol).

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:37
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2018
David Icke: as escravas sexuais da elite, a CIA e a Mafia

 

A elite mundial de presidentes, primeiros ministros, monarcas e multimilionários tem escravas sexuais, rapta e viola ou mata crianças e adolescentes. A cúpula da CIA coincide com a cúpula da Mafia.Sobre isso escreve David Icke:

 

«Em Dezembro de 1991, antes que chegasse à Austrália em visita presidencial, a publicação Inside News fez a pergunta: " É George Bush o maior maltratador de crianças do mundo?" . Que George Bush maltrata crianças é um facto bem sabido para quem se tenha incomodado a observar, e uma pessoa não precisa de observar muito. Cathy (NOTA NOSSA: Cathy O´Brien, escrava sexual de presidentes e da CIA) diz no seu livro que tanto ela como Kelly foram forçadas a ter relações sexuais com animais e a gravá-las a pedido do presidente Ronald Reagan. Ao "tio Ron" nada lhe agradava mais do que ver estes vídeos aos que chamava "Contos para dormir do tio Ronnie". Michael Dante (também chamado Michael Viti), seu pornógrafo, foi quem gravou e editou estes vídeos, segundo explica Cathy. Também diz que tinha vínculos com a Mafia e a CIA (que, nos seus níveis superiores, são o mesmo) e era um estreito colaborador de políticos como Guy Vanderjagt, Gerald Ford, Dick Thornburgh, Jim Traficant e Gary Ackerman. Cathy recorda que foi Dante quem instalou as minúsculas câmaras ocultas que registaram as actividades sexuais dos políticos estadunidenses e de outros países para poder chantageá-los a fim de que defendessem o Plano da Irmandade.»

 

(David Icke, El mayor secreto, el libro que cambiará el mundo, Ediciones Obelisco, Barcelona, 2014, pág 454; o bold é colocado por nós).

 

Tal como no império da Roma antiga e nas diversas monarquias, absolutas ou constitucionais, em que imperadores e reis gozavam e gozam de impunidade e se dedicavam a prazeres sádicos desumanos, a violação e tortura de crianças e jovens e até o homicídio ritual continuam a ser praticados pela elite mundial dos reptilianos e cúmplices da Irmandade Babibónica.

  

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 19:13
link do post | comentar | favorito

Áreas 15º-18º de Caranguejo, 16º-17º de Aquário, e 25º-27º de Peixes: agressão, mortal ou não, a agente da PSP

A passagem de um planeta, do Sol ou de um Nodo da Lua nas área 15º-18º do signo de Caranguejo, 16º-17º do signo de Aquário e 25º-27º do signo de Peixes é condição necessária mas insuficiente para gerar o homicídio de um agente da Polícia de Segurança Público ou um ataque não mortal a este.

 

Em 3 de Agosto de 1998, com Vénus em 17º 21´/18º 34´ de Caranguejo, um agente da PSP suicida-se a tiro na esquadra policial de Miraflores, Oeiras; em 24 de Novembro de 2000, com Nodo norte da Lua em 16º 21´/ 16º 13´do signo de Caranguejo, um traficante de droga no Casal Ventoso fere com um tiro no abdómen e dois tiros nas virilhas o agente Ricardo Rocha Oliveira, de 23 anos, da PSP de Miraflores, e com um tiro na região lombar Júlio Manuel Martins, membro da GNR da secretaria dos Serviços Clínicos na Rua das Janelas Verdes, durante uma tentativa de invasão por um grupo de indivíduos do bar “ Álcool Puro”, na Avenida D. Carlos I, em Santos, pelas 03h45; em 24 de Janeiro de 2001, com Nodo Norte da Lua em 15º 33´/ 15º 31´ de Caranguejo, um agente da PSP é esmurrado, sofrendo fissuras nos lábios, por um homem de 55 anos, que se encontrava a agredir uma mulher na Rua do Porto Santo, zona da Venteira, Amadora. 

 

Em 17 de Fevereiro de 2005, com Vénus em 17º 58´/ 19º 13´ de Aquário, pelas 5.00 horas da manhã, um criminoso abate com rajadas de arma automática o agente da PSP da esquadra de Alfragide, Irineu Dinis, e fere o seu colega Nuno Saramago, que viajavam num veículo policial, no bairro da Cova da Moura, Amadora, sul de Portugal; em 28 de Março de 2005, com Neptuno em 16º 51´/16º 53´ de Aquário,  às 7.00 horas, uma explosão de pólvora, apreendida na véspera, num gabinete na esquadra da PSP de Viseu destrói o compartimento e mata o sub-chefe da PSP Fernando Matos, de 37 anos, e a sua esposa, de 35 anos, que estavam num quarto contíguo.

 

Em 29 de Fevereiro de 1996, com Saturno em 25º 17´/ 25º 24´ de Peixes, de madrugada, um agente da PSP, Aníbal Nobre, de 43 anos, é morto com um tiro na cabeça na Avenida Luísa Todi em Setúbal;em 20 de Março de 2005, com  Vénus em 26º 39´/ 27º 54´ de Peixes, de madrugada, após a ocorrência de distúrbios no bar Chop na Falagueira, Amadora, o luso-brasileiro Marcos Fernandes, ao ser abordado, na avenida General Humberto Delgado,ao volante do seu veículo, pelos agentes da PSP Paulo Jorge de Oliveira Alves, de 23 anos, e António Carlos Fernandes Abrantes, de 30 anos, que lhe pedem a identificação, assassina estes a tiro e põe-se em fuga.

 

 

Algumas das próximas datas em que um planeta ou o Sol passam em 15º-18º de Caranguejo são: de 1 a 4 de Junho de 2018 ( Vénus); de 20 a 22 de Junho de 2018 (Mercúrio); de 7 a 11 de Julho de 2018 (Sol).

 

Algumas das próximas datas em que um planeta ou o Sol passam em 16º-17º de Aquário são: 1 de Fevereiro de 2018 (Vénus); de 4 a 6 de Fevereiro de 2018 (Sol); 10 e 11 de Fevereiro de 2018 (Mercúrio).

 

Algumas das próximas datas em que um planeta ou o Sol passam em 25º-27º de Peixes são: de 2 a 5 de Março de 2018 (Vénus); de 15 a 18 de Março de 2018 (Sol).

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 17:00
link do post | comentar | favorito

Graus 6º-7º e 14º de Sagitário: atentados contra a Polícia Judiciária Portuguesa

 

Os graus 6º-7º e o  grau 14 do signo de Sagitário e o ponto 14º 31´/ 14º 33´ de qualquer signo do Zodíaco suscitam, desde que conjugados com outras áreas do Zodíaco,  tiroteios ou bombas vitimando agentes da Polícia Judiciária Portuguesa.

 

Em 19 de Janeiro de 1988, com Marte em 6º 54´/ 7º 34´ de Sagitário,  trava-se um tiroteio entre elementos da PJ e três cadastrados, fugindo dois deles, um deles ferido de bala;em 30 de Abril de 1998, com Plutão em 7º 25´/ 7º 24´de Sagitário, um homem de 25 anos que ia ser julgado pelo roubo de um automóvel em Albufeira, evade-se das instalações da PJ de Faro; em 1 de Maio de 1998, com Plutão em 7º 24´/ 7º 23´ de Sagitário, António Marques Baptista, director da PJ de Macau, escapa a um atentado à bomba que destrói a sua carrinha.

 

Em 16 de Agosto de 1987, com Saturno em 14º 33´/ 14º 32´ de Sagitário, um agente da PJ, Álvaro Morais Leitão dos Santos, é abatido com uma bala no coração procedente de uma viatura com 3 elementos das FP-25 que na Avenida Gomes da Costa é bloqueada por 3 carros da polícia, sendo presos os 3 guerrilheiros; em 25 de Janeiro de 2001, com Plutão em 14º 32´/ 14º 33´ do signo de Sagitário, Mercúrio em 22º 53´/ 24º 11´do signo de Aquário, um grupo de cinco homens assalta à mão armada uma carrinha de transporte de valores da Prossegur com dinheiro recolhido no hipermercado Modelo em Vila Meã, Amarante, e perseguido por automóveis pela PJ monta uma emboscada na estrada, em Carvalhosa, Marco de Canaveses, cerca das 20 horas, na qual José Augusto Ferreira mata a tiro de metralhadora, o inspector João Melo, de 29 anos, e fere o inspector Júlio Santos, sendo presos os ladrões pouco tempo depois.

 

Algumas das próximas datas em que um planeta ou o Sol transitará os graus 6º-7º  do signo de Sagitário são: de 5 a 8 de Fevereiro de 2018 (Marte); de 5 a 7 de Novembro de 2018 (Mercúrio); de 5 a 14 de Dezembro de 2018 (Júpiter); de 18 a 20 de Dezembro de 2018 (Mercúrio).

 

Algumas das próximas datas em que um planeta ou o Sol transitará o grau 14 do signo de Sagitário são: de 18 a 20 de Fevereiro de 2018; em 6 ou 7 de Dezembro de 2018 (Sol). 

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:47
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

«Dicionário de Filosofia ...

Os filósofos, os astrónom...

Neptuno em 13º de Peixes:...

Equívocos nos manuais da ...

As Leis de Morgan, da lóg...

Lançamento em Beja de «Di...

Equívocos no Programa de ...

É a vacinação que dissemi...

Graus 23º-24º do signo de...

Reflexões de Setembro de ...

arquivos

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds