Quarta-feira, 6 de Abril de 2016
Tornados em Portugal e ponto 2º 40´/ 2º 59´ de qualquer signo do Zodíaco

 

A teoria dos graus minutos dos diversos signos do Zodíaco numericamente homólogos entre si descoberta há uns 10 anos por nós, com a graça dos deuses, revela-se de grande precisão na previsão dos tornados e temporais em Portugal.

 

PONTO 2º 40´ / 2º 58´ DE QUALQUER SIGNO:

TORNADO EM PORTUGAL

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón no ponto 2º ´40´/ 2º 59´ de qualquer signo zodiacal é condição necessária mas insuficiente para gerar um temporal de chuva e vento ou mar algures em Portugal continental ou insular.

 

Em 7 de Julho de 2010, com Júpiter em 2º 58´/ 3º 1´ de Carneiro, um tornado atinge Odivelas, no concelho de Ferreira do Alentejo, ao início da tarde, durante cerca de 15 a 20 minutos, causando a queda de cinco árvores de grande porte, quatro de pequeno porte, quatro postes da PT, um cabo de alta-tensão e uma estrutura de sombra para animais, atingindo várias explorações agrícolas com árvores centenárias arrancadas pela raiz e alguns telhados de habitações e de anexos agrícolas completamente levantados pela força,em Torrão do Alentejo, concelho de Alcácer do Sal, ventos fortes pela manhã levarm à queda de árvores e ao corte de uma estrada, duas árvores de grande porte provocaram danos no telhado da escola primária e uma outra na escola secundária da vila, ambas vazias devido ao final das aulas, dois mini-tornados causam queda de cerca de 20 árvores, no distrito de Évora, um na estrada que liga Évora a Alcáçovas e outro perto de São Cristóvão, concelho de Montemor-o-Novo, e fenómenos semelhantes foram referenciados em Alcoutim e Porto Covo; em 7 de Dezembro de 2010, com  Nodo Norte da Lua em 2º 43´ de Capricórnio,  o tornado mais forte que alguma vez ocorreu em Portugal, classificado como F3 da escala de Fujita, assola a região Oeste do país, em particular Tomar, Ferreira do Zêzere e Sertã provocando 40 feridos e prejuízos em cerca de 16 milhões de euros; em 23 de Fevereiro de 2012, com Úrano em 2º 46´/ 2º 49´ de Carneiro, temporais de vento causam um ferido ligeiro e duas famílias desalojadas na localidade de Guilhovai, em Ovar, fazem voar árvores e tendas no parque de campismo Canelas, em Armação de Pêra, e destroem quatro restaurantes na praia do Vau, Portimão; em 25 de Outubro de 2013, com Neptuno em 2º 42´/ 2º 41´ de Peixes, gera-se um tornado na Ericeira.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón no ponto 2º 40´/2º 59´ de qualquer signo do Zodíaco elevando a probabilidade de ocorrer um tornado em Portugal continental ou insular.são: em 7 de Abril de 2016 (Mercúrio em 1º 56´/ 3º 45´ de Touro); em 2 de Maio de 2016 (Vénus em 2º 26´/3º 40´ de Touro);  em 9 e 10 de Agosto de 2016 (Marte em 2º 31´/ 3º 23` de Sagitário); em 12 e 13 de Novembro de 2016 (Marte em 2º 1' / 3º 30´ de Aquário). 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 10:45
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 17 de Outubro de 2014
Temporais no Algarve e graus do Zodíaco

 

Sabemos que cada temporal em Portugal ou em qualquer outro país do mundo é fruto do cruzamento de várias leis planetárias. Os 12 signos são 12 arcos de 30º cada um presentes no firmamento a todos os dias e a todas as horas do ano - em termos simples: 6 desses signos ou 5 signos e duas metades de outros permanecem a cada instante acima da linha do horizonte. Várias áreas e pontos do Zodíaco determinam a eclosão de temporais no Algarve.

 

GRAUS 5º-8º DE SAGITÁRIO:

TEMPORAL EM SAGRES E FARO

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón em 5º-8º do signo de Sagitário - graus 245º a 248º de longitude eclíptica, pois Sagitário estende-se de 240º a 270º do círculo zodiacal - é condição necessária mas insuficiente para gerar um temporal de chuva e vento algures no Algarve.

 

De 7 para 8 de Dezembro de 1987, com Mercúrio em 5º 21´/ 8º 27´ de Sagitário,  um temporal de vento e chuva corta muitas estradas no Algarve, faz transbordar ribeiras, destrói estufas de morangueiros e tomateiros e quase afunda, no mar, de madrugada, um iate inglês com 5 pessoas e o pesqueiro D.Miguel, em Sagres, ambos salvos por navios da Armada, além de um navio argelino encalhar frente à ilha de Armona; em 13 de Outubro de 1989, com Vénus em 4º 51´ / 5º 58´ de Sagitário, chuvas torrenciais caem em Faro acompanhadas de trovoada.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón na área 5º-8º de Sagitário elevando a probabilidade de ocorrer um temporal de chuva e vento no Algarve são: de 20 a 23 de Novembro de 2014 (Vénus); de 27 de Novembro a 1 de Dezembro de 2014 (Sol); de 1 a 3 de Dezembro de 2014 (Mercúrio).

 

GRAU 24º-26º DE CAPRICÓRNIO:

TEMPORAIS DE CHUVA NO ALGARVE

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón em 24º-26º do signo de Capricórnio - graus 294º a 296º  da eclíptica - é condição necessária mas insuficiente para gerar um temporal de chuva e vento no Algarve.

 

Em 22 de Janeiro de 1985, com  Júpiter em 26º 32´/ 26º 36´ de Capricórnio, o rio Arade sobe e inunda a parte baixa da cidade de Silves, cortando a EN124; em 3 de Dezembro de 1989, com Vénus em 25º 5´/ 25º 49´ de Capricórnio, chuvas torrenciais caem em São Brás de Alportel, Picota, Faro e Vila Real de Santo António; em 31 de Dezembro de 1998, com Vénus em 24º 8´/ 25º 23´ de Capricórnio, um temporal na costa do  Algarve afunda embarcações ao largo de Olhão, derruba árvores, parte vidros, cortando a estrada de acesso ao aeródromo da Penina.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón na área 24º-25º de Capricórnio elevando a probabilidade de ocorrer um temporal de chuva e vento no Algarve são: de 27 de Novembro a 1 de Dezembro de 2014 (Marte); de 29 de Dezembro de 2014 a 3 de Janeiro de 2015 ( Vénus e Mercúrio).

 

PONTO 26º 2´/ 26º 10´DE QUALQUER SIGNO:

TEMPORAIS EM SAGRES, ILHA DE ARMONA, CARVOEIRO, LAGOS, SÃO MARCOS DA SERRA

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón em 26º 2´/ 26º 10´ de qualquer signo zodiacal é condição necessária mas insuficiente para gerar um temporal de chuva e vento algures no Algarve.

 

De  7 para 8 de Dezembro de 1987, com Úrano em 26º 9´/ 26º 17´de Sagitário, um temporal de vento e chuva corta muitas estradas no Algarve, faz transbordar ribeiras, destrói estufas de morangueiros e tomateiros e quase afunda, no mar, de madrugada, um iate inglês com 5 pessoas e o pesqueiro D.Miguel, em Sagres, ambos salvos por navios da Armada, além de um navio argelino encalhar frente à ilha de Armona; em 16 de Novembro de 2012, com Nodo Norte da Lua em 26º 3´ de Escorpião,  um tornado gerado na Ponta da Piedade, no Carvoeiro, progride até São Marcos da Serra e deixa 1 morto, 13 feridos 12 desalojados e 4600 pessoas sem energia eléctrica, arrancando janelas, telhados, varandas, bancadas de estádio, virando carros e caravanas em Lagoa e Silves, arrancando até a cúpula da câmara municipal e destruindo as piscinas públicas em Silves e, meia hora depois, eclode um tornado em Alvor.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón no ponto 26º 2´/ 26º 10´ de qualquer signo zodiacal elevando a probabilidade de ocorrer um temporal de chuva e vento no Algarve são: 20 de Outubro de 2014 (Vénus); 21 de Outubro de 2014 (Marte); de 18 a 20 de Novembro de 2014 (Saturno); 7 de Janeiro de 2015 (Marte).

 

PONTO 29º 5´/ 29º 20´ DE QUALQUER SIGNO:

TEMPORAL EM PORTIMÃO, SILVES, ALVOR, SÃO MARCOS DA SERRA

 

 

A passagem do Sol, de um planeta ou Nodo da Lua no ponto 29º 5´/ 29º 20´ de qualquer signo zodiacal é condição necessária mas não suficiente para suscitar temporal de vento e chuva no Algarve.

 

De 7 para 8 de Dezembro de 1987, com  Nodo Norte da Lua em 29º 7´/ 28º 43´ de Peixes, um temporal de vento e chuva corta muitas estradas no Algarve, faz transbordar ribeiras, destrói estufas de morangueiros e tomateiros e quase afunda, no mar, de madrigada, um iate inglês com 5 pessoas e o pesqueiro D.Miguel, em Sagres, ambos salvos por navios da Armada, além de um navio argelino encalhar frente à ilha de Armona; em 23 de Fevereiro de 2012, com  Saturno em 29º 18´/ 29º 16´ de Balança, temporais de vento causam um ferido ligeiro e duas famílias desalojadas na localidade de Guilhovai, em Ovar, fazem voar árvores e tendas no parque de campismo Canelas, em Armação de Pêra, e destroem quatro restaurantes na praia do Vau, Portimão; em 16 de Novembro de 2012, com Marte em 29º 10´/ 29º 55´ de Sagitário,  um tornado gerado na Ponta da Piedade, no Carvoeiro, progride até São Marcos da Serra e deixa 1 morto, 13 feridos 12 desalojados e 4600 pessoas sem energia eléctrica, arrancando janelas, telhados, varandas, bancadas de estádio, virando carros e caravanas em Lagoa e Silves, arrancando até a cúpula da câmara municipal e destruindo as piscinas públicas em Silves e, meia hora depois, eclode um tornado em Alvor.

 

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón no ponto 29º 2´/ 29º 10´ de qualquer signo aumentando a probabilidade de ocorrer um temporal de chuva e vento no Algarve são: 25 de Outubro de 2014 (Marte em 29º de Sagitário); 3 de Dezembro de 2014 (Marte em 28º-19º de Capricórnio); de 14 a 16 de Dezembro de 2014 (Saturno); 11 de Janeiro de 2015 (Marte em 29º de Aquário).

 

Sabem a universidade portuguesa e mundial alguma coisa sobre esta disciplina que construímos, com investigação empírica,  e denominamos Astrologia Histórico-Social? Não, não sabem. Então porque não descem os catedráticos de filosofia, história, astronomia, física e outros do pedestal da sua arrogância, da estupidez anti-astrologia em que militam  e, com humildade, se decidem a aprender connosco? É que os nossos dados são irrefutáveis e a verdade é como o azeite: acaba por vir sempre ao de cima. 

 

Mas os filósofos e docentes de filosofia nao são tão inteligentes como a propaganda dos media e o senso comum querem fazer crer: a grande maioria não possui uma inteligência holística, capaz de relacionar tudo com tudo, segundo conexões bem definidas. Os homens do mito eram superiores em inteligência aos filósofos e cientistas de hoje, dizia Paul Feyerabend. Negar que há uma ciência astrológica e que a predestinação é absoluta é uma forma de estupidez. As universidades são ininteligentes neste campo essencial do saber.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 00:24
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 15 de Outubro de 2014
Temporais em Portugal e áreas 17º-20º e 26º-27º de Balança

 

Milhares de leis planetário-zodiacais esculpem em cada dia o diamante polifacetado dos factos históricos e sociais. Os que não intuem nem percebem nada disto proclamam-se «indeterministas» e levantam a bandeira de «o futuro está em aberto, nada nem ninguém o presdestinou». É o caso dos broncos Karl Popper, Thomas Kuhn, Bertrand Russel, Jean Paul Sartre, Saul Kripke, Zizeck  e de todos os que os seguem como discípulos. O estudo pormenorizado de factos históricos concretos, que transcende em muito o trabalho dos semiastrólogos portugueses Paulo Cardoso, Luís Resina, Cristina Candeias, Flávia Monsaraz, Luis Ribeiro, Helena Avelar, leva-nos à convicção de que tudo está rigorosamente predestinado pela matemática das posições planetárias no Zodíaco.

 

ÁREA 17º-20º DE BALANÇA:

TEMPORAL DE CHUVA, VENTO OU MAR EM PORTUGAL  

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón na área 17º-20º do signo de Balança  é condição necessária mas insuficiente para gerar um temporal de chuva e vento ou mar algures em Portugal continental ou insular.

 

Em 25 e 26 de Novembro de 1967, com Vénus em 16º 9´/ 17º 14´ de Balança,  chuvas diluvianas em Lisboa e áreas limítrofes como Algés, Colares, Loures, Loures, Barcarena, Pontinha, entre outras, produzem grandes inundações, desabamentos de casas e mais de 700 mortos; em 20 de Setembro de 1987, com Mercúrio em 18º 44´/ 20º 7´ de Balança, um tornado arranca árvores e telhados em Cabeça Gorda, Beja; em 3 de Outubro de 1987, com Vénus em 20º 13´/ 21º 27´ de Balança, um tornado atinge Vila da Feira; em 24 de Outubro de 1989, com Mercúrio em 18º 58´/ 20º 38´ de Balança, um tornado assola Montemor-o-Novo, Évora; em 31 de Dezembro de 1998, com Marte em 17º 53´/ 18º 23´ de Balança,  um temporal na costa do  Algarve afunda embarcações ao largo de Olhão, derruba árvores, parte vidros, cortando a estrada de acesso ao aeródromo da Penina;de 6 para 7 de Dezembro de 2000, com Marte em 19º 29´/ 20º 41´ de Balança, um temporal de vento e chuva flagela grande parte de Portugal, subindo de cota os rios Douro, que alaga a marginal da cidade do Porto, Mondego , Tejo, Alviela e outros , deixando em risco de inundação localidades como Peso da Régua, Águeda e Tomar, onde a água atinge 1,5 metro na altura em certas ruas, havendo casas inundadas em Castelo Branco e Guarda, estradas intransitáveis no distrito de Santarém, uma fábrica de curtumes inundada em Alcanena, caindo várias árvores em Lisboa, entre elas, pelas 7 horas e 20, um pinheiro na linha de Cascais em Paço de Arcos, interrompendo a circulação ferroviária por duas horas; em 13 de Outubro de 2014, com Vénus em 16º 24´/ 17º 39´ de Balança,  um temporal de chuva causa 139 inundações na zona da Grande Lisboa", uma pessoa é arrastada pelas águas na zona de Xabregas, tendo ficado com algumas escoriações, na rua das Pretas dois condutores são resgatados da violência da corrente, a baixa, em especial o Rossio, Benfica, São Domingos de Benfica, Olivais e Misericórdia são zonas onde se verificam inundações, tal como no Parque das Nações, Estrela, Alvalade, Santa Clara, Campolide, Ajuda e Santo António, às 16h00, na estação de Metro do Jardim Zoológico (Linha Azul), em Lisboa, a água está a inundar, a plataforma estação de São Sebastião também não escapa a uma inundação, algumas estações são afetadas pela entrada de água e lama, estando um dos acessos à estação do Rossio encerrada para limpezas, assim como metade do átrio norte da Estação do Jardim Zoológico, a Calçada de Carriche é cortada ao trânsito nos dois sentidos, às 16h00, devido à acumulação de água provocada pela chuva intensa, os túneis do Campo Grande, em Lisboa, são cortados ao trânsito devido à acumulação de água, tal como o túnel da Avenida João XXI e a Calçada de Carriche. a avenida Dr. Augusto Castro, na zona de Chelas, é  também cortada ao trânsito, nos dois sentidos, com a água acumulada na via a entrar para a estação do Metropolitano de Chelas.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón na área 17º-20º do signo de Balança elevando a probabilidade de ocorrer um temporal de chuva e vento algures em Portugal continental ou insular.são: de 10 a 14 de Outubro de 2015 (Sol); de 25 a 27 de Outubro de 2015 (Mercúrio); de 23 a 27 de Novembro de 2015 (Vénus) ;de 11 a 18 de Dezembro de 2015 (Marte).

 

ÁREA 26º-27º DE BALANÇA:

INUNDAÇÕES EM LISBOA

 

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón na área 26º-27º do signo de Balança  é condição necessária mas insuficiente para gerar um temporal de chuva e vento ou mar em Lisboa.

 

Em 22 de Setembro de 2014, com Mercúrio em 25º 11´/ 26º 8´ de Balança, vastas inundações se dão em Lisboa devido a chuva, entre a Calçada da Palma de Baixo e a Estrada das Laranjeiras, na zona de São Domingos de Benfica, a água alcança cerca de meio metro de altura., inundações verificam-se na Rua República da Bolívia e na Rua Carolina de Michaelis de Vasconcelos, em Benfica, na Calçada de Carriche (Santa Clara), na Rua Prof. Pulido Valente (Lumiar), na Rua de Alcântara (Alcântara) e na Calçada de Palma de Baixo e na Rua Tomás da Fonseca (São Domingos de Benfica) e na Rua Visconde de Seabra (Alvalade), na Avenida de Berna, a chuva intensa obriga ao desvio do trânsito na Praça dos Restauradores, em Lisboa, devido às inundações registadas na zona da baixa, principalmente no Rossio, a circulação é feita com dificuldade no Largo das Fontainhas, em Alcântara, Praça de Espanha e Calçada de Carriche devido a "lençóis de água"; em 13 de Outubro de 2014, com Mercúrio em 27º 55´/ 26º 50´ de Balança, um temporal de chuva causa 139 inundações na zona da Grande Lisboa", uma pessoa é arrastada pelas águas na zona de Xabregas, tendo ficado com algumas escoriações, na rua das Pretas dois condutores são resgatados da violência da corrente, a baixa, em especial o Rossio, Benfica, São Domingos de Benfica, Olivais e Misericórdia são zonas onde se verificam inundações, tal como no Parque das Nações, Estrela, Alvalade, Santa Clara, Campolide, Ajuda e Santo António, às 16h00, na estação de Metro do Jardim Zoológico (Linha Azul), em Lisboa, a água está a inundar a plataforma,a estação de São Sebastião também não escapa a uma inundação, algumas estações são afetadas pela entrada de água e lama, ainda que os comboios circulem,estando um dos acessos à estação do Rossio encerrada para limpezas, assim como metade do átrio norte da Estação do Jardim Zoológico, a Calçada de Carriche é cortada ao trânsito nos dois sentidos, às 16h00, devido à acumulação de água provocada pela chuva intensa, os túneis do Campo Grande, em Lisboa, são cortados ao trânsito devido à acumulação de água, tal como o túnel da Avenida João XXI e a Calçada de Carriche. a avenida Dr. Augusto Castro, na zona de Chelas, é  também cortada ao trânsito, nos dois sentidos, com a água acumulada na via a entrar para a estação do Metropolitano de Chelas.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón na área 26º-27º do signo de Balança elevando a probabilidade de ocorrer um temporal de chuva e vento em Lisboa são: de 19 a 21 de Outubro de 2015 (Sol); 30, 31 de Outubro e 1 de Novembro de 2015 (Mercúrio); 1 a 3 de Dezembro de 2015 (Vénus); de 27 a 30 de Dezembro de 2015 (Marte).

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:14
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 14 de Outubro de 2014
Temporais em Portugal e grau 23 do signo de Sagitário

 

Sabemos que cada temporal em Portugal ou em qualquer outro país do mundo é fruto do cruzamento de várias leis planetárias. Os 12 signos são 12 arcos de 30º cada um, presentes no firmamento em todos os dias do ano e a todas as horas - em termos simples: 6 desses signos ou 5 signos e duas metades de outros permanecem a cada instante acima da linha do horizonte (arco de 180º).

 

GRAU 23º DE SAGITÁRIO:

TEMPORAIS DE CHUVA EM LISBOA, ALGARVE, ILHA DE SÃO MIGUEL

A passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón no grau 23 do signo de Sagitário é condição necessária mas insuficiente para gerar um temporal de chuva e vento algures em Portugal continental ou insular.

 

Em 13 de Dezembro de 1987, com Saturno em 23º 14´/ 23º 41´ de Sagitário, fortes chuvadas, de madrugada, na região de Lisboa provocam inundações e a derrocada de um prédio numa travessa de Campo de Ourique, Lisboa;  em 3 de Dezembro de 1989, com Mercúrio em 23º 0´/ 24º 32´ de Sagitário, chuvas torrenciais caem em São Brás de Alportel, Picota, Faro e Vila Real de Santo António; em 31 de Outubro de 1997, com Marte em 23º 6´/ 23º 51´ de Sagitário, de madrugada ocorrem na ilha de São Miguel inúmeros movimentos de deslizamentos de vertente desencadeados por precipitação muito intensa, em especial no Concelho da Povoação, morrendo 29 pessoas residentes na freguesia da Ribeira Quente, enquanto no Faial da Terra há 2 feridos graves, ficando desalojadas 69 pessoas e ascendendo os custos directos e indirectos a cerca de 21 milhões de euros;de 17 para 18 de Maio de 2011, com Nodo Norte da Lua em 23º 36´/ 23º 32´ de Sagitário, de noite e madrugada, chuvas intensas inundam habitações e uma fábrica de montagem de estores em Gafaria, concelho de Pombal, e inundam caves e garagens na cidade de Pombal, há também inundações ma Rua de Vale de Lobos, na cidade de Leiria, e na Batalha; .em 28 de Maio de 2011, com Nodo Norte da Lua em 23º 33´/ 23º 31´ de Sagitário, uma tromba de água inunda 20 a 30 caves de lojas e habitações e duas viaturas dos bombeiros na Nazaré e uma forte chuvada com granizo, às 15 horas, corta o IP8 entre Ferreira do Alentejo e Santa Margarida, em Lisboa, às 15.45, cai uma chuva torrencial durante 8 minutos.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem do Sol, de um Nodo da Lua, de um planeta ou do planetóide Quirón no grau 23 do signo de Sagitário elevando a probabilidade de ocorrer um temporal de chuva e vento algures em Portugal continental ou insular.são: de 16 a 18 de Outubro de 2014 (Marte); 5 de Dezembro de 2014 (Vénus); em 12 e 13 de Dezembro de 2014 (Mercúrio); em 15 e 16 de Dezembro de 2014 (Sol).

 

Não mereceremos nós o prémio Nobel da Física ? Claro que merecemos (Estou a ouvir os risos dos cretinos doutorados que mandam nos canais de televisão, nas editoras de livros, nas universidades, a dizerem: «Quem julga ele que é? Nós é que decidimos nas nossas cátedras o que é científico e o que não é...»). Numa cultura universitária mundial medíocre, que nega que são os graus do Zodíaco que produzem todo o tipo de entes e acontecimentos no mundo, um único astrólogo / investigador de história astronómica- eu - descobriu, por graça dos deuses, as leis precisas de cada grau do Zodíaco - descoberta muito mais importante que a teoria da relatividade de Einstein.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 06:17
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 13 de Outubro de 2014
Pequenas notas de Setembro e Outubro de 2014

 

 

Algumas pequenas notas avulsas, algumas das quais sem nota especial de originalidade,  aqui ficam a testemunhar a minha circunstância. 

 

O HOMEM ALENTEJANO É MAIS FEMININO DO QUE O DO NORTE E ISSO FÁ-LO MELHOR PESSOA- Jules Evola dizia que cada um de nós é uma mistura do princípio masculino (Yang) e do princípio feminino (Yin), em doses diferentes. Assim, se o homem do norte de Portugal for, por exemplo, 85% masculino e 15% feminino, calculo (pura especulação!) que o homem alentejano seja 75% masculino e 25 % feminino porque é mais doce, calmo e resignado do que o homem do Norte. Isto tem a ver com a geografia: a planície do Alentejo é horizontal, feminina, a montanha do Norte e Centro é vertical, masculina.
O homem alentejano, politicamente mais à esquerda que o do Norte, corresponde mais à feminilidade porque a esquerda é feminista - as mulheres são mais colectivistas, partilham mais, são sexualmente mais tolerantes - e a direita é machista - os homens são mais egoístas, mais intolerantes com os que são sexualmente diferentes.

 Cada homossexual será, por hipótese, em regra, 55% masculino e 45% feminino ou 45% masculino e 55% feminino e há que respeitá-lo: foi a natureza que o fez assim.

 

FIXARMO-NOS EM PAIXÕES, DE AMOR OU ÓDIO, É FICARMOS ESCRAVOS- O ser humano tem necessidade de temporárias escravidões emocionais: é o PATHOS (paixão, sofrer a acção de outrem). A estrutura sadomasoquista do psiquismo humano é assim: o escravo é o masoquista, o esclavagista é o sádico. Toda a relação amorosa implica algum grau de sadomasoquismo, mesmo que ténue? Talvez. Alguma escravidão surge como boa, aparte a má escravidão. As freiras místicas desejam ser escravas de Cristo..

 

CONJUNÇÃO DE MARTE COM O MEU SOL - Nasci quando o Sol estava em 11º do signo de Sagitário (grau 251º da eclíptica). Ora, ontem, 30 de Setembro, Marte, em regra um planeta agressivo, passava em 11º do signo de Sagitário. Preparei-me no dia anterior para reduzir os riscos e esperar algo negativo. Saí para dar aulas na ESDG e ao fundo da rua vi um vizinho idoso a sangrar do sobrolho direito: acabara de cair e bater com a cabeça no passeio.
Lição a tirar: um mau aspecto no nosso horóscopo pessoal (mapa do céu do dia e hora e ano em que nascemos) pode exprimir não algo que nos atinge directamente mas a pessoas próximas de nós.

 

BES e BE: O DECLÍNIO EM 2014 - Toda a gente constatou que este ano de 2014 têm sido o do declínio e desagregação relativa de duas entidades que ostentam siglas idênticas: o BES (Banco Espírito Santo) onde as operações fraudulentas tomaram grandes proporções e levaram à intervenção do Banco de Portugal e o BE (Bloco de Esquerda) derrotado nas eleições europeias e vítima das cisões de Rui Tavares e Ana Drago. Eis um exemplo de sincronismo ontofonético.
Note-se que o BES é dirigido por RICARDO Salgado - podia sugerir: RICARDO Coração de Leão - e o BE é dirigido por JOÂO Semedo - pode sugerir: JOÃO Sem Terra (1166-1216) irmão de RICARDO Coração de Leão e rei de Inglaterra a partir de 1199. Tudo está escrito nas letras, nos nomes e suas correlações.
Note-se ainda que Ricardo Espírito Santo Salgado nasceu a 25 de Junho de 1944 e João Semedo nasceu a 20 de Junho de 1951... 

 

O AMOR É INTERESSEIRO- Eu penso que o amor, na medida em que não escapa ao factor atração física, é interesseiro... Exemplo: Se gosto de uma mulher de 20 a 30 anos e me declaro e ela me diz «Você é muito velho para mim» essa é a prova que é um sentimento interesseiro...

 

AMAR O GERAL NO INDIVIDUAL- Quando se ama uma mulher amam-se as suas particularidades individuais - aquele nariz arrebitado, aquele sorriso, aquele jeito de olhar, etc - mas ama-se nela o geral, o género mulher: um ser com seios desenvolvidos, útero, doçura feminina, etc. Pode acontecer que as características gerais anulem ou exijam a anulação da singularidade daquela mulher - que envelheceu, engordou demais ou se tornou doente por toxicodependência, etc - e então há a transferência do amor para outra mulher. O Amor é tudo, o indivíduo é nada. Somos usados pelo génio do Amor que nos atira fora, um dia, como um trapo velho. É a teoria que Scopenhauer expôs na «Metafísica do Amor» e outros abordaram em igual perspectiva.

 

TODA A RELIGIOSIDADE MASCARA O DESEJO SEXUAL POLIMORFO - Amar a Deus e frequentar ofícios religiosos é uma forma sublimada de dizer: «Gostava de fazer sexo (amor elementar) com aquela pessoa e outra e outra e todas, ou pelo menos, metade da população do sexo oposto...». Não é só isso mas é-o em boa parte. Assim, nas igrejas e conventos, a sexualidade está apenas reprimida, escondida, mas ferve nos impulsos de quem lá vive.

 

AMORES E MENTIRAS - Ninguém ama uma só pessoa. Todos temos múltiplas atracções por diferentes exemplares de um mesmo arquétipo. Uma mulher ama o namorado mas ama também, em diferentes graus, outros homens. Eu amo uma bela mulher jovem e sofro atrações em relação a outras - aqui a vontade de ser fiel e constante impõe-se, posso construir um mundozinho àparte. O mundo está cheio de mentiras: o amor exclusivo a uma pessoa é uma ficção.
 A minha ex esposa disse-me que durante muitos anos só pensou em mim e nunca em outros (fui um sortudo, se isto é verdade). Nem sequer amamos somente as nossas filhas - amor paternal, não sexual, claro - mas amamos também, paternalmente, as filhas dos nossos amigos, dos nossos concidadãos. O amor é universal. É tudo belo e terrivelmente inquietante porque a moral oficial é uma mentira, um sistema de máscaras. Eu gosto incrivelmente dela, a ponto de quase morrer de amor- e que faço, se ela não gostar de mim?

 

ASTROS E AMORES - Em certo ano, uma jovem mulher lindíssima acercou-se de mim quando Vénus estava em 20º-21º de Gémeos ( o que só acontece 2 ou 3 dias em cada ano). Depois, as circunstâncias afastaram-nos. Este ano, a mesma jovem lindíssima reaproximou-se de mim no dia em que Mercúrio passou em 20º-21º de Gémeos. As nossas variações amorosas estão comandadas pelos planetas. E isso entristece-me um pouco, por constatar que somos marionetas nas mãos do Destino. Os felizes já estão predestinados a sê-lo por X tempo e os infelizes também

 

ONTOLOGIA- A questão de saber se há os dois deuses, o da Luz e o das Trevas, como defendem os cátaros e os maniqueus, ou apenas o Deus do bem, como defendem os católicos e os espíritas, ou o Deus do Bem e a Fatalidade ou Máquina do Destino, é um tema recorrente na minha vida. Para mim, a vida é monótona se não estiver a ser constantemente esquadrinhada pela nossa reflexão, espécie de ponteiro de relógio que gira por toda a parte.

 

EDITAR OU NÃO EDITAR LIVROS- Escrever neste blog é mais importante do que editar livros. Não nego que desde 2005 se me fecharam as portas das editoras de livros em Portugal. O meu livro «Sincronismos, Cabala e Graus do Zodíaco», que a Estampa editou em 2001, uma tese de doutoramento (sem júri académico) que demonstra como cada grau ou área do Zodíaco se liga a um país, cidade, corrente artística, religiosa, política, etc - por exemplo: «Área 10º do signo de Leão a 2º do signo de Virgem: RÚSSIA, URSS, ROSSIO, ROSSAS, ROSA» - desapareceu das livrarias.

 

Astrólogos e académicos não falam dele porque é incómodo, está muito à frente do que se convenciona como «ciência universitária» e «filosofia contemporânea». Eu digo, sem pejo: o «Sincronismos, Cabala...» é melhor que «Ser e tempo de Heidegger e «Ser e nada» de Sartre. Recentemente, as obras de David Icke em português, o autor britânico realista mágico que diz que a rainha Isabel II e a família Bush são reptilianos,  agentes de uma raça de extraterrestres que pretende colonizar a Terra, desapareceram da FNAC e de outras  livrarias. Há, pois, uma mão invisível "politicamente correcta" a fazer desaparecer os livros incómodos que abrem perigosas dissidêndias no consenso académico, «científico», politicamente «correcto» instaurado à escala mundial pelos grandes media e Estados fautores da globalização. Vivemos sob um fascismo epistémico e político mundial com rosto de diversidade: Obama não é igual a Bush mas ambos lançam guerras contra nações árabes, promovem o policiamento e a espionagem a nível mundial, muita da qual passa pelo google, facebook e outros portais da internet, de cada cidadão ou grupo de cidadãos.
 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:56
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 8 de Outubro de 2014
Acidentes mortais em piscinas na Astrologia Histórica

Os acidentes, mortais ou não, em piscinas são regidos por leis planetário-zodiacais. Vejamos algumas dessas leis.

 

ÁREA 14º-17º DE CARNEIRO:

MORTE EM PISCINAS EM SÃO JOÃO DA MADEIRA, REALENGO, PICHELEIROS

 

A passagem do Sol, de um planeta ou de um Nodo da  Lua na área 14º-17º do signo de Carneiro  é condição necessária mas não suficiente para gerar um grave acidente, mortal ou não, em uma piscina.

 

Em 13 de Março de 1996, com Nodo Sul da Lua em 17º 22´/ 17º 21´ de Carneiro, Fábio Ferreira Leite, de 4 anos, morre afogado numa piscina municipal de São João Madeira; em 1 de Abril de 2011, com Júpiter em 15º 6´/ 15º 20´ de Carneiro, Vinícius Cardoso, de 20 anos, jovem estudante de Educação Física,  morre afogado, na piscina da Universidade Castelo Branco, em Realengo, Rio de Janeiro, enquanto praticava apneia, técnica de respiração debaixo de água; em 28 de Junho de 2014, com Úrano em 16º 16´/ 16º 17´ de Carneiro, numa festa numa moradia particular, em Picheleiros, perto de Azeitão, André Sousa Bessa, formado em Direito e analista de capitais de risco na Menlo Capital, sofre uma queda a uma piscina, onde permanece cerca de 15 minutos submerso, sofrendo um traumatismo craniano e paragem cardíaca, pelo que virá a morrer no dia seguinte; em 11 de Agosto de 2014, com Úrano em 16º 21´/ 16º 20´ de Carneiro,  um homem de 24 anos, monitor de um grupo de jovens em campo de férias, de Francelos, morre devido a uma congestão nas Piscinas Municipais de Espinho, após almoçar às 13.30 e entrar na água sem ter completado a digestão;  em 4 de Outubro de 2014, com Úrano em 14º 40´/ 14º 38´ de Carneiro, um jovem estudante universitário espanhol de 23 anos fica paraplégico após cair e bater com a cabeça e a coluna cervical no rebordo da piscina de uma luxuosa vivenda da Calçada dos Mestres, em Campolide, Lisboa, numa festa de cerca de 100 estudantes estrangeiros que fruem o programa Erasmus em várias escolas superiores de Lisboa.

 

Algumas das próximas datas em que o Sol,  um planeta ou um Nodo da  Lua passarão em 14º-17º do signo de Carneiro  aumentando a probabilidade de acidentes mortais em piscinas são: de 4 de Dezembro de 2014 a 8 de Janeiro de 2015 (Nodo Sul da Lua); de 19 de Fevereiro a 4 de Maio de 2015; de 4 a 7 de Março de 2015 (Vénus); de 10 a 15 de Março de 2015 (Marte); de 4 a 8 de Abril de 2015 (Sol).

 

ÁREA 16º-19º DO SIGNO DE LEÃO:

MORTES EM PISINAS DE MONTEMÓR-O-NOVO, ESPINHO, CAMPOLIDE  

 

:A passagem do Sol, de um planeta ou de um Nodo da  Lua na área 16º-19º do signo de Leão  é condição necessária mas não suficiente para gerar um grave acidente, mortal ou não, em uma piscina.

 

Em 11 de Agosto de 2013, com Sol em 18º 30´/ 19º 27´ de Leão, na herdade de turismo rural Moinho do Álamo, em Montemor-o-Novo, do empresário João Pedro Campos Henriques , às 3.00 horas da madrugada, é encontrado no fundo da piscina o cadáver de Márcia Andreza, de 31 anos, esposa de um electricista, que colaborava com o empreiteiro responsável pelas obras, morte que ocorre em contexto de “abuso de confiança” por parte da vítima, cujo marido fora contratado para fazer reparações na casa sem poder levar lá pessoas estranhas à família do dono; em 11 de Agosto de 2014, com Sol em 18º 16´/ 19º 13´ de Leão, um homem de 24 anos, monitor de um grupo de jovens em campo de férias, de Francelos, morre devido a uma congestão nas Piscinas Municipais de Espinho, após almoçar às 13.30 e entrar na água sem ter completado a digestão;  em 4 de Outubro de 2014, com Júpiter em 16º 26´/ 16º 36´ de Leão, um jovem estudante universitário espanhol de 23 anos fica paraplégico após cair e bater com a cabeça e a coluna cervical no rebordo da piscina de uma luxuosa vivenda da Calçada dos Mestres, em Campolide, Lisboa, numa festa de cerca de 100 estudantes estrangeiros que fruem o programa Erasmus em várias escolas superiores de Lisboa.

 

Algumas das próximas datas em que o Sol,  um planeta ou um Nodo da  Lua passarão em 16º-19º do signo de Leão,   aumentando a probabilidade de acidentes mortais em piscinas são: de 10 a 28 de Outubro de 2014 (Júpiter); de 19 de Janeiro a 19 de Fevereiro de 2015 (Júpiter); de 27 de Maio a 22 de Junho de 2015 (Júpiter); de 23 a 28 de Junho de 2015 (Vénus); de 31 de Julho a 1 de Agosto de 2015 (Mercúrio); de 19 a 28 de Agosto de 2015 (Vénus); de 2 a 9 de Setembro de 2015 (Marte).

 

PONTO 16º 15´/ 16º 30´ DE QUALQUER SIGNO:

ACIDENTE EM PISCINAS DE AZEITÃO, CAMPOLIDE 

 

A passagem do Sol, de um planeta ou de um Nodo da  Lua no ponto 16º 15´/ 16º 30´de qualquer signo do Zodíaco é condição necessária mas não suficiente para gerar um grave acidente, mortal ou não, em uma piscina.

 

Em 28 de Junho de 2014, com Úrano em 16º 16´/ 16º 17´ de Carneiro, numa festa numa moradia particular, em Picheleiros, perto de Azeitão, André Sousa Bessa, formado em Direito e analista de capitais de risco na Menlo Capital, sofre uma queda a uma piscina, onde permanece cerca de 15 minutos submerso, sofrendo um traumatismo craniano e paragem cardíaca, pelo que virá a morrer no dia seguinte; em 11 de Agosto de 2014, com Úrano em 16º 21´/ 16º 20´ de Carneiro, um homem de 24 anos, monitor de um grupo de jovens em campo de férias, de Francelos, morre devido a uma congestão nas Piscinas Municipais de Espinho, após almoçar às 13.30 e entrar na água sem ter completado a digestão;em 4 de Outubro de 2014, com Júpiter em 16º 26´/ 16º 36´ de Leão, um jovem estudante universitário espanhol de 23 anos fica paraplégico após cair e bater com a cabeça e a coluna cervical no rebordo da piscina de uma luxuosa vivenda da Calçada dos Mestres, em Campolide, Lisboa, numa festa de cerca de 100 estudantes estrangeiros que fruem o programa Erasmus em várias escolas superiores de Lisboa.

 

Algumas das próximas datas em que o Sol,  um planeta ou um Nodo da  Lua passarão no ponto  aumentando a probabilidade de acidentes mortais em piscinas são: 12-13 de Outubro de 2014 (Vénus); 17 de Novembro de 2014 (Marte); 15-17 de Fevereiro de 2015 (Júpiter); 29-31 de Maio de 2015 (Júpiter).

 

Esta teoria de identificação dos graus do Zodíaco e cálculo de acidentes é mais substancial e mais importante para a humanidade que as especulações de Stephen Hawking ou Roger Penrose sobre os buracos negros no cosmos e os universos paralelos ou de Carl Sagan sobre as nebulosas . Mas os intelectuais desonestos que comandam os grandes media, as instituições do «saber» de massas, preferem silenciar-nos e privar a população de informações sérias e utéis.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:34
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 29 de Setembro de 2014
Marte em Sagitário: vitórias de Mário Soares, em particular a das eleições primárias no PS em 28 de Setembro de 2014

 

Os efeitos socio-políticos de Marte e de Vénus no signo de Sagitário são, em regra, contrários entre si. Mário Soares apoiou recentemente a candidatura de António Costa, presidente da  câmara municipal de Lisboa, à liderança do PS e a posição de Marte, em 28 de Setembro de 2014, em 9º 35´/ 10º 17´ de Sagitário, dia da eleição no interior e exterior do PS do candidato socialista a primeiro-ministro, prenunciava mais um êxito político de Soares e da sua linha dominante no PS.

 

 

 MARTE EM SAGITÁRIO:

VITÓRIAS DE MÁRIO SOARES

 

 

A passagem de Marte no signo de Sagitário - isto é, no arco do céu de 240º a 270º - gera em regra uma vitória política de Mário Soares e do PS.

 

Em 3 de Janeiro de 1960,  com Marte em 21º 46´/ 22º 30´ de Sagitário, Álvaro Cunhal, ex professor de Mário Soares no Colégio Moderno em Lisboa, e nove importantes funcionários do PCP evadem~se do forte prisão de Peniche, o que vibra um golpe na ditadura fascista de Salazar e constitui uma vitória para os antifascistas, entre eles Mário Soares, dissidente do PCP, socialista; em 16 de Fevereiro de 1986, com Marte em 8º 2´/ 8º 36´de Sagitário, Mário Soares, candidato presidencial do PS e, acidentalmente do PCP, PRD, UDP e movimento Lurdes Pintassilgo, vence com 51, 18 % de votos a segunda volta da eleição a presidente da república de Portugal, derrotando Freitas do Amaral, candidato das direitas, que averba 48, 82 % de votos; em 28 de Setembro de 2014, em 9º 35´/ 10º 17´ de Sagitário, António Costa, apoiado por Mário Soares, vence com 67, 8% dos votos as eleições primárias, abertas a não militantes, de designação do candidato a secretário-geral socialista, derrotando António José Seguro, que recolhe 31, 6% de votos.

 

VÉNUS EM SAGITÁRIO:

DESAIRES DE MÁRIO SOARES, VITÓRIAS DO PSD

 

A passagem de Vénus no signo de Sagitário - isto é, no arco do céu de 240º a 270º em longitude- gera, em regra, uma derrota política de Mário Soares e do PS. O efeito Vénus é, pois, de sinal contrário ao efeito Marte

 

Em 8 de Dezembro de 1977, com Vénus em 4º 56´/ 6º 11´ de Sagitário, o PSD de Sá Carneiro, o PCP de Cunhal, a UDP de Acácio Barreiros e o CDS de Freitas do Amaral rejeitam, no parlamento, a moção de confiança proposta pelo primeiro-ministro Mário Soares, fazendo cair o 1º governo constitucional do PS; em 23 de Janeiro de 2011, com Vénus em 16º 20´/ 17º 26´ de Sagitário, Cavaco Silva é reeleito presidente da república portuguesa com 52,95% de votos, derrotando Fernando Nobre, candidato apoiado por Mário Soares e parte do PS, que aufere 14, 10% de votos, e Manuel Alegre, candidato oficial do PS, que recebe 19,76% de votos.

 

Enquanto as universidades de Lisboa, Porto, Coimbra, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Madrid, Barcelona, Alcalá de Henares, Roma, Paris, Berlim, Oxford, Cambridge, Harvard, Yale, etc., estiverem dominadas pela filosofia analítica, pelo cepticismo de Karl Popper, pela fenomenologia e outras correntes falhas de pensamento holístico será impossível pensar com profundidade o mundo e o seu devir nessas academias e no seu raio de influência que é vasto. Porque o determinismo planetário na vida social é um facto que todas as universidades, dominadas por «burros» dessas correntes filosóficas, recusam admitir. Hegel, Kant, Heidegger, Karl Popper, Foucault ou Kripke eram «burros»? Sim, no sentido de inteligência holística, que abarca o todo, apesar de, sectorialmente, serem muito inteligentes: eles não intuiram o óbvio, que as posições dos planetas geram os factos histórico-sociais... Só os deuses e alguns humanos são superiormente inteligentes a ponto de perceberem esta correlação.

 

Fascismo epistémico - é a expressão que designa a situação geral de rejeição nas academias da ciência astrológica que desenvolvemos. Assim a filosofia surge, nessas instituições e no mundo da televisão e grandes media, como instrumento de opressão, força censória, e não como aletheia, desocultação da verdade. Se és mestre ou doutorado em filosofia, história, sociologia, física, astrofísica, matemática e negas ou ignoras o determinismo planetário, és um pensador medíocre, indigno de leccionar na universidade.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 02:25
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 10 de Setembro de 2014
Ignorância de Olavo de Carvalho sobre Astrologia Histórico-Social

 

 

Olavo de Carvalho (Campinas, Brasil, 29 de Abril de 1947) é um jornalista, conferencista e filósofo brasileiro, católico de direita, anticomunista, adversário da globalização e da elite global (Trilateral, grupo de Bilderberg, maçonaria Skull and Bones, etc) que dita a política, a cultura e a economia mundial. A sua posição teórica sobre astrologia foi exposta em uma entrevista a Roberta Tórtora «Um acerto de contas com a astrologia» em Porto do Céu, Recife, Junho 2000, de que reproduzo o seguinte excerto:

 

«Entrevistadora -O Sr. não utiliza os planetas Urano, Netuno e Plutão em suas análises astrológicas. Acha impossível estabelecer um simbolismo correto para estes planetas?»

 

«Olavo de Carvalho- Não sei. Deixei este assunto de lado, porque achei que ele era mais um abacaxi. Se há alguém que não pode opinar sobre o assunto, este alguém sou eu. Não atendo para leitura de mapas há uns vinte anos, mas foi exatamente depois que deixei de trabalhar profissionalmente que comecei a estudar mesmo a astrologia. Se você está em dúvida a respeito de tudo e mexendo nos pilares de uma ciência, não tem como trabalhar com ela no campo da prática diária. Não dá para desmontar um carro e andar nele ao mesmo tempo. O questionamento teórico da Astrologia é muito profundo. Não utilizei Urano, Netuno e Plutão porque percebi que isto me colocava perguntas muito mais complicadas do que aquelas com que eu estava lidando, utilizando apenas os sete planetinhas. »

 

Se abandonasse teses da astrologia tradicional do tipo «O Sol rege o signo de Leão, Mercúrio rege os signos de Gémeos e Virgem» e investigasse exaustivamente os factos histórico-sociais como nós o fizemos durante três décadas, Olavo não defenderia a tese errónea e paralisante de que «se você está em dúvida a respeito de tudo e mexendo nos pilares de uma ciência, não tem como trabalhar com ela no campo da prática diária». É justamente o contrário que se deve fazer: as ciências rectificam-se através da investigação de factos empíricos novos, mesmo que os seus pilares desabem em parte ou no todo, e sem essa revolução teórico-prática estagnam e constituem um depósito de erros.

 

Olavo de Carvalho ignora, certamente, a teoria da identificação política, geográfica, económica, religiosa das pequenas áreas do Zodíaco  (2º-7º graus) e de áreas médias (10º-30º graus) que há 13 anos expusemos no nosso livro «Sincronismos, Cabala e Graus do Zodíaco», editado pela Estampa, em Lisboa, seguramente a maior descoberta na astrologia mundial, passe a imodéstia do autor. Olavo ignora, por exemplo, que a área 0º-7º do signo de Virgem é uma das que identifica o Brasil.

 

 

ÁREA 0º-7º DE VIRGEM:

BRASIL

 

 

A passagem de um planeta, do Sol ou nodo da Lua na área  0º-7º do signo de Virgem (isto é: graus 150º a 157º da eclíptica, em longitude)  é condição necessária mas insuficiente para destacar o Brasil.

 

Em 15 de Novembro de 1989, com Saturno em 3º de Virgem, um pronunciamento militar chefiado pelo marechal Deodoro da Fonseca, no Rio de Janeiro, instaura a  república no Brasil; de 3 a 23 de Outubro de 1930, com Neptuno em 4º 37´/ 5º 12´ de Virgem, eclode e triunfa no Brasil, uma rebelião promovida pelas classes médias urbanas, coroada com a elevação de Getúlio Vargas a presidente da república e a derrota da oligarquia latifundiária dos coronéis; de 18 a 23 de Agosto de 1942, com Nodo Norte da Lua em 4º 16´/ 4º 14´ do signo de Virgem, o Brasil imerge no «vulcão» da II Guerra Mundial com o torpedeamento de 5 navios brasileiros por submarinos alemães e a morte de 652 pessoas, nos dias 18 e 19, e a declaração de guerra do Brasil à Alemanha, no dia 22; em 24 de Agosto de 1954, com Sol em 0º 17´/ 1º 15´ de Virgem, Mercúrio em 2º 29´/ 4º 25´ de Virgem, o presidente do Brasil, Getúlio Vargas, suicida-se; em 29 de Junho de 1958, com Plutão em 0º 20´/ 0º 21´ de Virgem, o Brasil sagra-se campeão do mundo em futebol sénior, ao vencer, na final, a Suécia, por 5-2; em 17 de Junho de 1962, com Plutão em 7º 44´de Virgem, o Brasil é, pela segunda vez, campeão do mundo em futebol sénior ao vencer, na final, a Checoslováquia por 3-1; de 31 de Março a 15 de Abril de 1964, com Úrano em 6º 42´/ 6º 15´  de Virgem, um pronunciamento das Forças Armadas brasileiras destitui o presidente esquerdista João Goulart, que tencionava fazer a reforma agrária, e instaura uma ditadura militar fascizante que faz eleger presidente da república, no dia 11, o general Humberto Castelo Branco; em 18 de Julho de 1967, com Vénus em 6º 23´/ 7º 0´ de Virgem, o marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, que organizava com o senador Daniel Krieger um movimento de resistência contra o endurecimento da ditadura militar no Brasil promovido pelo general Costa e Silva, morre vítima de atentado, em Fortaleza, quando o pequeno avião Piper Aztec PA 23 em que viajava é atingido na cauda por um caça T-33 da Força Aérea Brasileira e cai, havendo apenas um sobrevivente; em 21 de Junho de 1970, com Nodo Norte da Lua em 4º 56´/ 4º 51´ de Virgem, o Brasil torna-se tricampeão mundial de futebol sénior ao triunfar por 4-1, na final, frente à Itália; em 21 de Março de 1989, com Nodo Sul da Lua em 4º 51´/ 49´ de Virgem, um avião Boeing 707, da Transbrasil, cai sobre a favela Jardim do Ipanema na cidade de Guarulhos,  Grande São Paulo, onde vivem cerca de 40 000 pessoas pobres, perto do Aeroporto de Cumbica, incendeia-se e explode causando mais de 25 mortos e 200 feridos e destruição de casas; em 1 de Maio de 1994, com  Quirón em 2º 51´ de Virgem, o piloto de Fórmula 1 Ayrton Sena, de 34 anos, despista-se no circuito de Imola no Grande Prémio de San Marino, Itália, e morre; em 17 de Julho de 1994, com Vénus em 6º 27´ / 7º 34´ de Virgem, o Brasil sagra-se tetracampeão mundial em futebol sénior ao vencer, na final, a Itália por 3-2, em grandes penalidades, ao cabo de 120 minutos com 0-0; em 31 de Outubro de 1996, com Marte em 0º 23´/0º 56´ de Virgem, após descolar do aeroporto de Congonhas, no estado de São Paulo, um avião Fokker 100 despenha-se sobre o bairro residencial Villa Catarina, morrendo os 89 passageiros e os 6 tripulantes e resultando ainda dezenas de feridos; em 12 de Julho de 1998, com Nodo Norte da Lua em 2º 3´/ 2º 2´ de Virgem, a selecção de futebol sénior do Brasil é vencida por 0-3 pela da França, na final do Campeonato do Mundo, em Paris; em 30 de Agosto de 2002, com Marte em 0º 15´ /0º 53´ de Virgem, um avião Brasília da Ricco Linhas Aéreas cai no Acre, morrendo 23 pessoas.

 

Outro exemplo da significação detalhada de áreas do Zodíaco que o nosso conferencista de Campinas desconhece é o da área 11º-28º de Gémeos como veículo das ideias de Trindade e Tradicionalismo Católico. 

 

 

 

ÁREA 11º A 28º DO SIGNO DE GÉMEOS:

TRINDADE, SANTÍSSIMA TRINDADE, TRADICIONALISMO CATÓLICO

 

A passagem de um planeta, do Sol ou nodo da Lua na área  11º-28º do signo de Virgem (isto é: graus 150º a 157º da eclíptica, em longitude) é condição necessária mas insuficiente para exaltar as ideias de Trindade, Santíssima Trindade e Tradicionalismo Católico.

 

Em 13 de Junho de 1929, com Mercúrio em 16º 12´ /15º 43´ de Gémeos e Sol em 21º 29´/22º 26´  de Gémeos, na capela da casa de religiosas de Tui, Espanha, a freira Lúcia dos Santos desfruta da visão da Santíssima Trindade e da Nossa Senhora de Fátima com o seu Imaculado Coração na mão esquerda; em 23 de Julho de 1945, com Úrano em 15º 54´/ 15º 57´de Gémeos, a mística católica Alexandrina Costa, prostrada desde há 21 anos no seu leito, com lesão na coluna, tem a visão da Santíssima Trindade, em Balasar, Póvoa de Varzim; em 31 de Maio de 1962, com Mercúrio em 19º 37´/ 19º 16´  de Gémeos, as ilhas de Trindade e Tobago deixam de ser membros da Organização de Estados Americanos; em 4 de Junho de 1974, com Sol em 13º 0´/ 13º 58´  de Gémeos, Nodo Sul da Lua em  19º 24´ de Gémeos, dois operários agrícolas, Cesário Luciano e Joaquim Matos, morrem na freguesia de Trindade, Beja, sul de Portugal, ao virar-se a ceifeira-debulhadora em que trabalham; em 14 de Setembro de 1985, com Quirón em 14º 38´/ 14º 39´ de Gémeos, é lançada à água, dos estaleiros de Vila do Conde, a nau Trinitá (Trindade) réplica perfeita da nau homónima do navegador do século XVI Fernão de Magalhães, para participar num filme de António Vilar; em 5 de Julho de 1996, com Vénus em 11º 55´/ 12º 2´ de Gémeos, Marte em 15º 47´/ 16º 29´de Gémeos, um comboio galga a plataforma da estação da Trindade, na cidade do Porto, causando um morto e cinco feridos.

 

Em 14 de Setembro de 1905, com Plutão em 22º 45´ de Gémeos, nasce, na Lorena, França, o padre Michel Colllin, místico, que se fará coroar papa após a morte de João XXIII;  em 29 de Novembro de 1905, com Plutão em 22º 1´/22º 0´  de Gémeos, nasce em Turcoing, França, o arcebispo Marcel Lefébvre, fundador da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, que mantém a missa católica tridentina, de comunhão de joelhos e na língua e se opõe ao modernismo; em 25 de Agosto de 1910, com Plutão em 27º 44´ / 27º 45´ de Gémeos, o papa Pio X condena as teses do modernismo democrata-cristão de Marc Sangnier e do jornal francês Le Sillon; em 23 de Abril de 1946, com Nodo Norte da Lua em 21º 52´/ 21º 54´ de Gémeos, nasce, em Sevilha, Clemente Dominguez y Gómez, papa da pequena igreja tradicionalista católica de El Palmar de Troya, Utrera, Sevilha, cego a partir de 1976; em 27 de Agosto de 1953, com Júpiter em 22º 47´/ 22º 55´ de Gémeos,  é assinada a Concordata entre a Santa Sé e o Estado espanhol de Francisco Franco, que outorga privilégios ao catolicismo tradicional como religião oficial; em 9 de Junho de 1963, com Sol em 17º 27´/ 18º 25´ de Gémeos, o padre Michel Collin que acusa a cúpula da igreja católica romana de estar minada pela maçonaria e pelo progressismo é coroado como papa Clemente XV, ante um reduzido número de fiéis tradicionalistas, em Cleméry, Lorena, França; em 24 de Junho de 1968, com Mercúrio em 24º 40´/ 24º 16´ de Gémeos, o religioso canadiano Jean Tremblay recebe, supostamente, de Jesus Cristo o encargo de ser papa da Igreja Católica Romana sucedendo a Clemente XV (Michel Collin) da Lorena; em 29 de Junho de 1988, com Vénus em 14º 33´ / 14º 21´ de Gémeos e Mercúrio em 18º 48´/ 19º 10´ de Gémeos,  o arcebispo francês Marcel Lefèbvre e o bispo brasileiro António de Castro Mayer consagram em Ecône, Suíça, cinco bispos tradicionalistas defensores da missa em latim de São Pio V, à revelia do Vaticano, o que levará o papa João Paulo II a produzir excomunhões sobre eles, dois dias depois, canonicamente incorrectas, segundo alguns; em 25 de Março de 1991, com Marte em 25º 17´/ 25º 47´ de Gémeos, morre o arcebispo francês tradicionalista Marcel Lefébvre.

 

É certo que o meu livro «Sincronismos, Cabala e Graus do Zodíaco», superior, na substancialidade do saber, às obras astrológicas de Fernando Pessoa e André Barbault, ao «Ser e Tempo» de Heidegger, a «Nome e necessidade» de Saul Kripke e à generalidade das teses de doutoramento de filosofia, sociologia, astrofísica e história aprovadas nas universidades de Portugal, Brasil e resto do mundo, foi cuidadosamente ignorado pela grande imprensa como convinha à elite global e aos vaidosos académicos néscios em matéria de astrologia. Mas Olavo devia conhecê-lo, uma vez que foi publicado em língua portuguesa e alcançou o mercado brasileiro.

 

  

 

PS- Se é professor ou estudante de filosofia, história, astrologia ou demais ciências, porque não começa a compreender os movimentos planetários e a astrologia histórico-social e libertar-se da crucial ignorância a que o votaram nessa matéria? Adquira na nossa loja online www.astrologyandaccidents.com as nossas obras.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 00:07
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 22 de Junho de 2014
Acidentes de Tractor e Graus do Zodíaco

 

Existem leis astronómicas que presidem aos acidentes de tractor. O Zodíaco é o verdadeiro arquitecto de todos os factos humanos e biofísicos ocorridos na Terra. Esta concepção holística, que a esmagadora maioria dos académicos de hoje não possui, justifica-se com uma ampla investigação de astrologia empírica que até hoje ninguém levou a cabo excepto o autor deste blog. Eis duas dessas leis.

 

ÁREA 12º-14º DO SIGNO DE PEIXES:

MORTE DE TRACTORISTAS EM PORTO SEGURO, ALMODOVAR

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 12º -14º do signo de Peixes (para astrónomos: graus 342º-344º  de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um desastre de tractor, em regra mortal para o tractorista.

 

Em 23 de Fevereiro de 2010,  com Vénus em 14º 23´ / 15º 38´ de Peixes, um trator roçadeira tomba sobre o condutor no bairro Lageado, na zona sul de Porto Alegre, estado de Rio Grande do Sul, Brasil, e o tratorista Irineu Garcia Wicziniewski, 55 anos, morre no local; em 14 de Fevereiro de 2014, com Quirón em 12º 15´/ 12º 19´ de Peixes, o tractorista Adilson Silva Santos perde o controle e a máquina tomba sobre ele,o, na fazenda Palmares, zona rural do município de Porto Seguro, Brasil; em 29 de Março de 2014, com Mercúrio em 14º 37´ /16º 7´ de Peixes, no monte das Soeiras, freguesia de São Barnabé, concelho de Almodovar, Portugal, um homem de 67 anos morre na sequência de despiste e capotamento do tractor que conduzia.

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 12º-14º de Peixes são: de 16 de Setembro de 2014 a 28 de Janeiro de 2015 (Quiron); de 6 a 8 de Fevereiro de 2015 (Vénus); de 2 a 5 de Março de 2015 (Sol); de 20 a 22 de Março de 2015 (Mercúrio).

 

 

 

PONTO 12º 6´/  12º 31´ DE QUALQUER SIGNO DO ZODÍACO:

MORTE DE TRACTORISTA AO TRIPULAR O TRACTOR

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 12º 6´/ 12º 31´ é condição necessária mas insuficiente para causar um desastre de tractor, em regra mortal para o tractorista.

 

Em 29 de Maio de 2012, com Mercúrio em 9º 56´ / 12º 8´ de Gémeos, por volta das 19:00h, no bairro Pindoba em Conceição do Jacuípe ,  município do estado da Bahía, Brasil, Antonio Bonfim de Souza, conhecido como “Zito do Trator”, de 48 anos, alcoolizado, morre após ligar seu trator com uma grade de arado acoplado, desequilibrar-se, cair sendo arrastado pela grade do veículo; em 29 de Março de 2014, com Úrano em 12º 13´/ 12º 17´ de Carneiro, no monte das Soeiras, freguesia de São Barnabé, concelho de Almodovar, um homem de 67 anos morre na sequência de despiste e capotamento do tractor que conduzia;  em 12 de Abril de 2014, com Júpiter em 12º 30´/ 12º 37´ de Caranguejo, o tratorista Pedro Guimarães da Silva, 68 anos, morre atropelado pelo tractor que conduz, na zona rural de Itabela, ao cortar grama na Fazenda Boa Esperança; em 13 de Junho de 2014, com Marte em 12º 22´/ 12º 38´ de Balança, um homem de 53 anos, morre na sequência de um acidente de trabalho com um tractor agrícola na freguesia de Póvoa de São Miguel, concelho de Moura.

 

 

Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua no ponto 12º 6´/ 12º 31´ de qualquer signo são: 4 de Julho de 2014 (Sol); 28 de Julho de 2014 (Vénus);  4-5 de Agosto de 2014 (Sol); 22 de Agosto de 2014 (Vénus); 11 e 12 de Setembro de 2014 (Júpiter); 1 e 2 de Outubro de 2014 ( Marte); de 22 de Janeiro a 1 de Fevereiro de 2014 (Nodo Norte da Lua).

 

Nada disto é estudado nas universidades de Portugal, Brasil, Espanha e do mundo inteiro. Porquê ? O que leva os académicos a confiarem na intuição embotada, no preconceito de que «não há determinismo astral na ocorrência dos acidentes con tractores e toda a classe de factos históricos»?

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 12:40
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 7 de Maio de 2014
Apresentação de livro de astrologia histórica em Portimão



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 09:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14
15

18
20
22

24
28
29

30


posts recentes

Tornados em Portugal e po...

Temporais no Algarve e gr...

Temporais em Portugal e á...

Temporais em Portugal e g...

Pequenas notas de Setembr...

Acidentes mortais em pisc...

Marte em Sagitário: vitór...

Ignorância de Olavo de Ca...

Acidentes de Tractor e Gr...

Apresentação de livro de...

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds