Quinta-feira, 30 de Novembro de 2017
Salvador Freixedo: o derramamento de sangue, objectivo dos reptilianos dos OVNIS e das religiões em geral

 

 

 

Por vezes, aparecem em Portugal e outros países rebanhos de cabras, ovelhas e manadas de vacas mortas com feridas profundas no cachaço e outras partes do corpo e estas acções, ocorridas de noite, são atribuídas a um misterioso «chupa cabras». A verdade é que estes morticínios podem ser atribuídos a tripulantes dos OVNI (Objectos Voadores Não Identificados).

 

Salvador Freixedo, (Carballino, Ourense, Galicia, Espanha, 23 de Abril de 1923), autor de livros como «Teovniología, a origem do mal no mundo», «A granja humana» e «Defendámo-nos dos deuses»,  é um ex sacerdote católico, da  Companhia de Jesus, que investiga desde há décadas a conexão entre os tripulantes dos OVNIS ávidos de derramamento de sangue humano e animal e as religiões tradicionais que exigem e realizam sacrifícios sangrentos. Freixedo subscreve a tese de que há reptilianos de aspecto humano misturados com a espécie humana e de que as aparições marianas existem e são manipulações que entidades, possivelmente oriundas de OVNIS, fazem de videntes e multidões. A Bíblia está cheia de patranhas e levou a criminosas guerras e assassínios ditados pela Inquisição, tal como o Corão, invocado, por exemplo pelas duas partes na guerra Irão-Iraque que causou 1 milhão de mortos. Salvador apela a que os homens deitem ao lixo todos os livros sagrados e pensem pela sua própria cabeça. Escreveu:

 

«Em linhas anteriores, dissemos que desde um princípio Satanás tinha tratado de confundir as doutrinas dos cristãos, "inspirando" crenças novas que entravam em conflito com as originais. Esta intromissão e engano não se limitou à doutrina, mas também a práticas, cerimónias e ritos. Se temos de ser sinceros, pensamos que toda a estranha e muitas vezes absurda fenomenologia que se dá em torno dos místicos cristãos e dos das outras religiões é obra dos "reptilianos príncipes de este mundo", não só com o desejo de divertir-se à custa do ser humano e de enganá-lo, mas com o mais perverso de atormentar pessoas inocentes cheias de boa vontade; porque estes "espíritos malignos" gozam enganando e atormentando. »

«Este incitamento à dor - em que o sangue está presente com muita frequência e em abundância - encontramo-lo também em outras religiões. Para citar um exemplo, vemo-lo na cerimónia islâmica chamada Tatbir. E dá-se na festa anual denominada Ashura, comemorativa da morte de Husein, neto do profeta. Nela, um imã vai ferindo na cabeça com uma espada muito afiada os fiéis que, possuídos de um místico frenesim, vão passando diante dele, finalizando a macabra cerimónia com centenas de irritados fiéis ensanguentados espirrando em um charco sangrento. E algo parecido se pode dizer de uma estranha cerimónia dos sufis. As nossas procissões cristãs de flagelantes da Idade Média - e de tempos não tão longínquos - não são muito diferentes de estas práticas. Nas mil seitas do hinduísmo, estas cerimónias sangrentas adquirem carácteres dramáticos, misturadas com outras de um masoquismo incompreensível.»

 «Quando uma pessoa conhece bem a ação dos cinzas e dos reptilianos dos nossos dias, em que o sangue tem um papel tão destacado - e não só pela mutilação e dessangramento de animais nas granjas - não estranha nada cerimónias como estas. O grande John Keel contou-me um caso, investigado por ele, em que um OVNI se coloca em cima de uma ambulância que transportava grande quantidade de sangue e com uma espécie de grandes pinças tratou de levá-la pelos ares e só desistiu ante a chegada de outros automóveis.» (...)

 

«Aparte isto, com certa periodicidade continuamos brindando-os (Nota nossa: aos tripulantes reptilianos de OVNIS) com sacrifícios humanos como os de Pol Pot no Cambodja, os de Darfur no Sudão, os da guerra civil no Congo, os de más de 500 000 degolados a golpes de facas de mato nas revoltas de utus e tuitsis em Uganda e Ruanda. E como sobremesa, o nosso planeta oferece-lhes diariamente a carne tenra e ensanguentada dos mais de 100.000 fetos frutos de abortos, com a permissão da ONU, da UNICEF e da UNESCO e dos corruptos políticos de seus países».

 

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, el orígen del mal en el mundo, Usuhaia, Santa Coloma de Queralt, pp. 119-121; o destaque a negrito é posto por nós).

 

A OVNIOLOGÍA ESTÁ NA RAÍZ DE TODAS AS RELIGIÕES

 

Se a Bíblia fala de anjos que desceram do céu em carros voadores e acasalaram com as filhas dos homens refere-se certamente aos tripulantes dos OVNIS, intra ou extraterrestres. Escreve Freixedo:

 

«Na realidade, a ovniologia está na raíz de todas as religiões e no fundo da casuística anormal ou paranormal com que estão ainda tão entretidos tanto ovniólogos, psicólogos, psiquiatras e parapsicólogos.» (...)

«O Iavé que se apresentava no Paraíso como amigo de Adão e Eva era um grande inimigo da serpente, e de facto disse-lhes que não acreditassem nas suas mentiras. Mas baseando-nos também na própria Bíblia, descobrimos que o próprio Iavé era um mentiroso e inimigo da raça humana, como a própria serpente. » (...)

(Salvador Freixedo, Teovnilogía, el orígen del mal en el mundo, Usuhaia, Santa Coloma de Queralt, pp. 84-86; o destaque a negrito é posto por nós).

 

DAVID ICKE EQUIVOCA-SE SOBRE O CRISTIANISMO

 

Freixedo respeita um autor como o britânico David Icke que, com uma coragem extraordinária, denunciou a rainha Isabel II de Inglaterra, Bill e Hilary Clinton, George Bush e outros como reptilianos que comandaram ou comandam alavancas da globalização rumo à Nova Ordem Mundial, escravização dissimulada de biliões de pessoas num capitalismo sem rosto humano. Mas diverge de Icke na medida em que este ataca o cristianismo:

 

«Em páginas anteriores citei, e em boa parte elogiosamente, David Icke. Misturadas com as suas arriscadas ideias há grandes verdades das quais se pode considerar um porta-estandarte. Mas aparte outras coisas, há algo em que discrepo radicalmente dele e é na sua visceral inimizade com o cristianismo e na sua ideia sobre a inexistência de Jesus Cristo e sobre a autoria dos evangelhos. Abelardo Reuchlin, o autor em que se baseia, não nos oferece nenhum documento de que tenha tirado todas as suas impactantes informações. Creio que Icke, que tanto fala de manipulação a que nós humanos estamos expostos, também foi manipulado neste particular e vítima das subtis estratégias reptilianas para desacreditar as outras grandes verdades que há nos seus escritos.» (...)

 

«Considero Jesus Cristo como um dos bons espíritos que esse SER que os humanos chamam "Deus" foi enviando à humanidade ao longo dos séculos para contrariar as influências dos espíritos malignos.» (...)

«Nos exorcismos que a Igreja realiza para libertar os possessos por Satanás, a arma mais forte que o exorcista utiliza é a invocação do nome de Jesus Cristo

 

 (Salvador Freixedo, Teovniología, el orígen do mal en el mundo, Usuhaia, Santa Coloma de Queralt, pp. 157-159; o destaque a negrito é posto por nós).

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 22:12
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 29 de Novembro de 2017
Áreas 25º-28º de Escorpião e 26º-28º de Sagitário: chuvas e inundações no Alentejo

As áreas 25º-28º do signo de Escorpião e 26º-28º do signo de Sagitário conexionam-se com chuvas intensas e inundações no Alentejo, ao sul de Portugal. Isto é uma lei astronómico-histórica, que contradiz as afirmações fantasiosas dos académicos de que  «as posições dos planetas no Zodíaco não geram as trombas de águas e os diversos fenómenos meteorológicos e geológicos no planeta Terra, não há determinismo planetário na vida social».

 

Em 5 e 6 de Novembro de 1997, com Mercúrio em 25º 54´/ 28º 54´ de Escorpião, Marte em 26º 50´/ 28º 19´ de Sagitário, chuvas diluvianas com inundações no Alentejo, especialmente nos concelhos de Ourique, Aljustrel, Odemira, Beja e Moura, gerando 12 mortos, nos dias 5 e 6.

 

Em 18 de Maio de 2001, com Marte em 28º 48´/ 28º 43´ de Sagitário, uma tromba-de-água, acompanhada por vezes de grandes pedras de granizo, provoca em Montemór-o- Novo 58 inundações em instalações, em particular na fábrica de vigas e manilhas Prediana, e dois acidentes de viação, dos quais resulta um ferido grave.

 

Em 27 de Outubro de 2005, com Mercúrio em 25º 53´/ 27º 8´ de Escorpião, chuvas intensas flagelam Beja, Setúbal e Lisboa.

 

Em 23 de Setembro de 2012, com Nodo Norte da Lua em 27º 49´/ 27º 47´ de Escorpião, fortes chuvadas registam-se no Alentejo durante a madrugada e manhã provocando dezenas de inundações, em vias públicas, habitações e estabelecimentos comerciais, nos distritos de Évora, Beja, Portalegre e Setúbal, ocorrendo 17 inundações, em Évora Vila Viçosa, Vendas Novas, Montemor-o-Novo e Borba, sobretudo em vias públicas, 24 inundações, em vias públicas, habitações e estabelecimentos comerciais, em Beja, Moura, Vidigueira, Alvito e Cuba, 10 inundações no distrito de Portalegre, seis das quais em habitações, duas em Sousel, e em Marvão, Portalegre, Campo Maior e Avis, e quatro em Elvas, e no concelho de Monforte, um pequeno incêndio, no gasoduto que faz o transporte de gás para a região, sendo inundado o quartel dos bombeiros Voluntários de Alcácer do Sal;

 

Em 28 de Novembro de 2017, com Vénus em 25º 45´/ 27º 0´ de Escorpião, Mercúrio em 27º 15´/ 27º 54´ de Sagitário, chuvas intensas caem sobre a cidade de Beja e o respectivo distrito, na tarde e noite, registando-se nove inundações no concelho de Beja e sete em Ferreira do Alentejo sete, a mais grave das quais na Escola E/B, 2/3 José Gomes Ferreira, em Ferreira do Alentejo, que sofreu danos em salas, corredores e no quadro elétrico, devido à inundação, ocorrendo as restantes nos concelhos de Serpa, Moura, Barrancos e Odemira.

 

Algumas das próximas datas em que o Sol ou um planeta passam na área 25º-28º do signo de Escorpião   são: de 18 a 24 de Janeiro de 2018 (Marte); de 15 de Outubro a 3 de Novembro de 2018 (Júpiter); de 27 a 30 de Outubro de 2018 (Mercúrio); de 2 a 6 de Janeiro de 2019 (Vénus).

 

Algumas das próximas datas em que o Sol ou um planeta passam na área 26º-28º do signo de Sagitário  são: de 1 a 11 de Dezembro de 2017 (Saturno); de 5 a 9 de Dezembro de 2017 (Mercúrio); de 22 a 24 de Dezembro de 2017 (Vénus); de 7 a 10 de Janeiro de 2018 (Mercúrio); de 9 a 15 de Março de 2018 (Marte); de 18 a 20 de Dezembro de 2018 (Sol).

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 23:02
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 26 de Novembro de 2017
Áreas 17º-18º de Balança, 3º-5º e 23º-25º de Aquário: atentados em igrejas coptas no Egipto

 

A área 17º-18º do signo de Balança conexiona-se com pelo menos dois  atentados contra templos da igreja copta no Egipto.  As áreas 3º-5º e 23º-25º do signo de Aquário também se vinculam a dois atentados anti coptas. Isto parece indiciar uma lei astronómico-histórica.

 

Em 11 de Dezembro de 2016, com Júpiter em 18º 25´/ 18º 34´ de Balança, Mahmud Chafiq Mohamed Mostafa, islamista de 22 anos faz-se explodir com a ajuda de um cinto de explosivos cerca das 10:00 (08:00 em Lisboa) na igreja São Pedro e São Paulo do Cairo, contígua à catedral copta São Marcos, sede do patriarca Tawadros II, matando 24 pessoas; em 9 de Abril de 2017, com Júpiter em 18º 7´/ 17º 59´ do signo de Balança, pelo menos 36 pessoas são mortas e mais de cem ficam feridas em atentados a bomba em duas igrejas coptas no Domingo de Ramos, perpetrados pelo Estado Islâmico, a primeira bomba, em Tanta, uma cidade no delta do Nilo a menos de cem quilômetros do Cairo, matando pelo menos 25 pessoas e deixou pelo menos 78 feridos, o segundo ataque, realizado poucas horas depois por um homem-bomba em Alexandria, atingindo o local histórico do papa copta, matando 11 pessoas, incluindo três policiais, e ferindo 35.

 

Em 13 de Fevereiro de 1997, com  Mercúrio em 5º 31´/ 7º 1´ de Aquário, Sol em 24º 19´/ 25º 20´ de Aquário, um atentado contra uma igreja cristã copta na província de Minya, no Egipto, causa 10 mortos; em 11 de Dezembro de 2016, com , Vénus em 3º 55´/ 5º 4´ de Aquário, Marte em 23º 40´/ 24º 25´ de Aquário, Mahmud Chafiq Mohamed Mostafa, islamista de 22 anos faz-se explodir com a ajuda de um cinto de explosivos cerca das 10:00 (08:00 em Lisboa) na igreja São Pedro e São Paulo do Cairo, contígua à catedral copta São Marcos, sede do patriarca Tawadros II, matando 24 pessoas.

 

Algumas das próximas datas em que o Sol ou um planeta passam na área 17º-18º do signo de Balança  são: de 24 a 26 de Agosto de 2018 (Vénus); de 1 a 3 de Outubro de 2018 (Mercúrio); de 10 a 12 de Outubro de 2018 (Sol).

 

 Algumas das próximas datas em que o Sol ou um planeta passam na área 3º-5º do signo de Aquário  são: de 20 a 22 de Janeiro de 2018 (Vénus); de 23 a 26 de Janeiro de 2018 (Sol); de 2 a 4 de Fevereiro de 2018 (Mercúrio); de 24 de Maio a 3 de Junho de 2018 (Marte).

 

Algumas das próximas datas em que o Sol ou um planeta passam na área 23º-25º do signo de Aquário  são: de 5 a 7 de Fevereiro de 2018 (Vénus); de 11 a 14 de Fevereiro de 2018 (Sol); em 14 e 15 de Fevereiro de 2018 (Mercúrio); de 4 a 9 de Novembro de 2018 (Marte).

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 16:12
link do post | comentar | favorito
|

Área 0º-3º de Sagitário: Atentados e acidentes no Egipto, Serpa e Munique.

A área 0º-3º do signo de Sagitário conexiona-se com três  acidentes aéreos no Egipto ou fora deste país envolvendo um avião egípcio e com um grande atentado terrorista no Egipto. Esta mesma área conexiona-se com acidentes em Serpa (Beja, Portugal) e em Munique, na Alemanha. Isto parece indiciar uma lei astronómico-histórica.

 

Em 31 de Outubro de 1999, com Mercúrio em 0º 6´ / 0º 38´ do signo de Sagitário, por um acto de sucídio do piloto egípcio, um avião Boeing 767 da Air Egypt em voo desde Nova Iorque para o Cairo despenha-se no Oceano Atlântico, a sudeste de Nantucket Island, USA, morrendo as 217 pessoas que iam a bordo; em 31 de Outubro de 2015, com Saturno em 3º 59´/ 4º 5´ de Sagitário, um avião da companhia aérea russa KogalimAvia, mais conhecida como Metrojet, voo 7K-9268 cai pouco após decolar do litoral do Egito com destino a São Petersburgo, na Rússia, morrendo as 224 pessoas a bordo, devido a bomba deflagrada pelo Estado Islâmico; em 19 de Maio de 2016, com Marte em 2º 59´ / 2º 38´ do signo de Sagitário, um avião Airbus A320 EgyptAir, que fazia a ligação entre o aeroporto Charles de Gaulle em Paris e o aeroporto do Cairo, despenha-se no mar Mediterrâneo, perto da ilha de Karpathos, com 56 passageiros a bordo, três seguranças e sete membros da tripulação, num total de 66 pessoas, sem sobreviventes; em 24 de Novembro de 2017, com Sol em 1º 33´/ 2º 54´ de Sagitário, cerca de 40 extremistas membros do Estado Islâmico fazem explodir bombas dentro da mesquita Al Rawdah, localizada em Bir al-Abed, a oeste da cidade de El Arish e disparam sobre os fiéis que saem apavorados, alguns destes sufis, tidos como apóstatas pelos terroristas por reverenciarem santos e santuários, matando 305 pessoas e ferindo mais de 100 outras.

 

Em 2 de Dezembro de 1993, com Vénus em 28º 45´ de Escorpião a 0º 0´ de Sagitário e Nodo Norte da Lua em 3º 2´/ 3º 1´ de Sagitário, um adolescente de 16 anos mata a tiro Ruben Daniel Velhinho Bolegas, de 12 anos, em Serpa; em 27 de Janeiro de 1994, com Nodo Norte da Lua em 0º 49´/ 0º 38´ de Sagitário,  um homem de 37 anos, de apelido Carapinha, de Serpa, morre ao chocar no seu veículo com outro veículo conduzido por uma mulher na estrada Serpa-Brinches; em 8 de Janeiro de 1996, com Plutão em 2º 10´/ 2º 12´ de Sagitário, um automóvel da candidatura presidencial de Jorge Sampaio despista-se e capota, na estrada entre Beja e Serpa, junto a Neves, morrendo o condutor José Francisco Ramalho Oca.

 

Em 8 e 9 de Novembro de 1923, com Vénus de 29º 43´ de Escorpião a 2º 13´ de Sagitário, o partido nazi de Hitler desencadeia um golpe de Estado fracassado em Munique, iniciado às 20.30 do dia 8 pela invasão da cervejaria Burgerbraü, onde decorria uma reunião elegante de políticos com cerca de 3 000 pessoas, por Hitler armado de pistola e pelas suas SA (Secções de Assalto) e desfeito no dia 9, pelas 11.00 horas, quando a marcha armada dos paramilitares nazis no centro de Munique é destroçada pelo tiroteio das forças estatais, resultando 14 mortos e centenas de feridos, um dos quais o próprio Hitler com um ombro deslocado; em 5 de Setembro de 1972, com Saturno em 20º 0´/ 3´ de Gémeos, Urano em 16º 29´/ 16º 32´ de Balança, Neptuno em 2º 37´/ 2º 38´ de Sagitário, um comando palestiniano da organização Setembro Negro introduz-se na aldeia Olímpica de Munique mata 2 desportistas israelitas e sequestra outros nove membros da delegação de Israel, consegue ser transportado em 3 helicópteros com os reféns até ao aeródromo militar de Fuerstenfeldbruck onde atiradores de elite alemães abrem fogo matando 5 dos terroristas palestinianos e prendendo 3 que entretanto abatem nove israelitas.

 

 

Algumas das próximas datas em que o Sol ou um planeta passam na área 0º-3º do signo de Sagitário  são: de 1 a 4 de Dezembro de 2017 (Vénus); de 26 de Janeiro a 2 de Fevereiro de 2018 (Marte).

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 11:37
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
João Bereslavsky: a homossexualidade de Santo Agostinho, inventor do «pecado original»

 

João Bereslavsky (João do Santo Graal), filósofo russo e místico, arauto da igreja cátara do século XXI, aponta (Santo) Agostinho, bispo de Hipona, como o criador da teoria do pecado original que moldou um catolicismo com os traços diabólicos de Elohím, o deus do Antigo Testamento. Agostinho foi seguidor de Mani, que postulava o dualismo original Luz-Trevas e não atribuía a origem do mundo corporal de matéria ao verdadeiro Deus como os católicos e os judeus. Depois, Agostinho retrocedeu na espiritualidade e aderiu ao  catolicismo que fez inflectir num sentido sombrio, de pecado como lema primeiro. Escreve Bereslavsky:

 

«7. No judaísmo, com todo o seu enfoque no pecado, a lei regulava e vencia em certo grau os inícios pecaminosos. O islão até agora não crê no pecado original. A doutrina do pecado original foi imposta no século IV por Agostinho

«Em particular, cita um tal Simplício na sua carta. Diz que o pecado predomina na natureza humana desde o início. Veio com a queda dos procriadores; por isso é eternamente próprio do homem e praticamente imperdoável.» (...)

«11. Agostinho é um profeta falso. É uma raridade da diabocivilização, um herdeiro cristão dos "açores" judaicos, dos fariseus da época do Segundo templo, com a sua misantropia exacerbada. É o precursor da inquisição católica medieval que girou o eixo mundial para a malevolização.» (...) 

 

«O interior de Agostinho»

«Até agora pouco se sabe sobre o bispo de Hipona. É um personagem obscuro. Chegou o tempo de desmascarar o que não se pode ler em nenhum livro, em nenhuma página web: o interior de Agostinho.

«12. O seu traço principal é uma homossexualidade rematada que atormentava este clássico romano durante toda a sua vida e que nunca superou. Acrescido a isso um "complexo de Édipo" profundo - a relação sodómica com a sua mãe bruxa .

A sua mãe Mónica também está na sombra. As crónicas oficiais falam sucintamente dela, no limite do silêncio, enquanto que ela precisamente, com mentira calculista, sodomia e ialdabaotianismo ritual, determinou o caminho do seu filho.»

«13. Por trás de Roma está Agostinho. Por trás de Agostinho está Mónica. Por trás de Mónica, Lilith, a mulher de Satanael (Jehová Elohím) e atrás desta última está o próprio diabo! Assim é a cadeia secreta do catolicismo romano.»(...)

«Reflectindo sobre Agostinho vi cinco períodos na sua vida.

«O primeiro período é o homossexual: a juventude libertina, a depravação.»

«O segundo é o mar-mánico, a comunicação com os seguidores de Mar-Mani: a tentativa de pôr-se no caminho espiritual e libertar-se do mau costume - Odeio a palavra maniqueísmo é uma invenção católica detestável do mesmo modo que a da palavra "cátaros". Utilizarei o termo mar-manismo -(...)

 

«Mónica  enviou Agostinho à confissão do sacerdote da igreja romana. Começava assim o terceiro período - o cristão - o da vida de Agostinho que aceitou o signo de Jeová e atrás dele a rejeição do grande Mar-Mani e do Pai Bondoso.»

«Agostinho aceita a obediência eclesiástica: concebe a doutrina, segue os sacramentos, aceita o sacerdócio...mas interiormente, até à hora da sua morte, sofre do desejo homossexual. Torturam-no os constantes enamoramentos quiméricos...»

«O quarto período é o da decepção profunda. O pecado é incurável. Agostinho, desesperado, rompe relações com sua mãe. Entra em uma crise profunda de seis meses que termina com o quinto período: o de, chamemos-lhe, uma compensação neurótica.

«A mãe não o envergonha mais. Mas em Agostinho nasce outra força. Quer libertar-se do pecando...sacudindo-o sobre os demais. (!!!).»

«Assim nasce a ideia do pecado original - a projecção da sua própria homossexualidade fatal e incurável. Agostinho crê que o vício que se apodera dele é inato, que não se submete à correção, que supera o homem. Então o pecado original também o supera

«O período odioso da compensação finaliza com a sacudidela do pecado de Agostinho sobre toda a humanidade; e junto com o pecado, o complexo de culpa imperdoável. »

«16. O que aceita a doutrina do pecado original inicia-se, sem querer, na doutrina da sodomia. Mais ainda: com isto inicia-se o desprezo para com o homem: o antihumanismo.»

«O homem, segundo Agostinho, contém o mal ontológico: os únicos remédios contra o mesmo são o medo, a ameaça, a coação e a violência. O homem é, ademais, uma nulidade contaminada perigosamente. Então, tudo o que oprima o homem - o Estado, a polícia, as prisões, o exército, a igreja, a inquisição - deve ser bom!  (...)

«19. A fatalidade do pecado de Agostinho foi transferida pela igreja romana para a natureza humana em geral. Mas eu afirmo: do mesmo modo que a homossexualidade não é própria do ser humano, mas está injectada pelos humanóides dos planetas mortos, tampouco o pecado original é fatal. Não existe!

Faz falta uma nova visão do homem - com os olhos da Imaculadez Original -.

Porque perseguiam a Eufrosínia? Não por ler o saltério ou acumular o Espírito Clarosanto, não, mas por atrever-se a dizer: "Tenho todos os pecados perdoados". 

«22. Em que consiste a diferença principal entre catarismo e catolicismo? O catolicismo crê que o pecado original é fatal e imperdoável apesar de todas as confissões, indulgências e ritos. Mas então a igreja é uma armadilha! Por isso, se não há salvação do pecado, de que serve estar na "oficina" ritual? »

«O catarismo, pelo contrário, considera que o remodelado de adaptação é superável com quatro condições».

 

(Juan de San Grial, «Guan Min, la Madre Divina, Enciclopedia del Catarismo, Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2013, pp.207-209; o negrito é colocado por nós).

 

O remodelado de adaptação é o corpo do homo sapiens, adulterado por Satanás, príncipe do mundo material, no sentido da luxúria, da ganância e da violência. O Editor define assim o remodelado de adaptação: «conjunto de operações etéricas para a mudança do teo-homem em homo sapiens com a extração de uma parte dos seus compostos divinos e com o cerramento do coração e dos seus corpos espirituais, realizado pelo príncipe deste mundo ilegalmente há 7.500 anos. Apresentando-se como o Pai da Terra e utilizando a magia, a hipnose e a mistificação, o inimigo do género humano submeteu os anjos ingénuos dos céus inferiores, e levou a cabo com eles 180 operações para o suposto desenvolvimento do potencial de outro amor (a luxúria).» (Juan de San Grial, « Rosa de los Serafitas, Evangelio cátaro bogomilo», Associaciò per l´estudi de la cultura càtar, 2015, nota de rodapé da pág. 252).

 

  www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:39
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 12 de Novembro de 2017
Reflexões de Novembro de 2017

 

TRUMP TEM UM PONTO IMPORTANTE A SEU FAVOR: NÃO PERTENCE AO CLUBE DE BILDERBERG, COMO ROCKFELLER, PINTO BALSEMÃO, MARCELO REBELO DE SOUSA, ANTÓNIO COSTA, SANTANA LOPES E RUI RIO. Trump derrotou Hilary Clinton e Obama, membros do sinistro Clube de Bilderberg, nas eleições presidenciais de Novembro de 2016. Os aristocratas e políticos de Bilderberg, como a família real holandesa, Jean-Claude Junker, George Soros e Angela Merkel, querem destruir os Estados-nação e fomentar o fluxo migratório de islâmicos para a Europa, a fim de converter esta num caldo atípico de nações enfraquecidas, dissolvidas, invertebradas. Carles Puigdemont, presidente da República Catalã no exílio, tem desmascarado, desde Bruxelas, esta casta de políticos apátridas e mundialistas que governa a União Europeia. O gesto «humanitário» de Angela Merkel ao acolher 1 milhão de refugiados islâmicos visa desestruturar o espírito germânico e facilitar o governo mundial único.

 

TRUMP DENUNCIA A ISLAMIZAÇÃO DA EUROPA E COLOCA-SE À ESQUERDA DOS CONSERVADORES, LIBERAIS E SOCIALISTAS. Denunciar o islamismo como islamofascismo, como o faz José Rodrigues dos Santos, é correcto. Ser de esquerda é não só fortalecer a democracia e o socialismo democrático mas também travar a invasão islâmica da Europa. Não se trata de racismo mas de choque entre o laicismo democrático e o fanatismo religioso totalitário. Os islâmicos matam em nome de Deus, oprimem nitidamente as suas mulheres. A França é um exemplo da má islamização do país.

 

 

A REVOLUÇÃO SOVIÉTICA DE 1917, INICIADA EM 7 DE NOVEMBRO, FAZ 100 ANOS. Lenine, Trotsky, Staline foram uma tragédia para o povo russo. Serviram-se da classe operária russa, da guarda vermelha, para instalarem uma ditadura burocrática totalitária. Houve apenas um aspecto favorável no stalinismo, de 1922 a 1953: aliar-se, provisoriamente, à luta da classe operária nos países capitalistas contra as respectivas burguesias e derrotar o imperialismo nazi de Hitler em 1941-1945. De resto, o stalinismo foi horrendo: puro terror, goulags, escravidão sobre os povos da URSS.

 

NÃO AMAMOS AS PESSOAS MAS AS QUALIDADES QUE ELAS TRANSPORTAM: BELEZA DE ROSTO, AFABILIDADE, PERFEIÇÃO PROFISSIONAL, CAPACIDADE DE TRABALHO EM PROL DOS OUTROS, SABEDORIA, INTELIGÊNCIA, ESPÍRITO JOVIAL E DIVERTIDO, ETC. Esta reflexão foi feita há séculos pelo filósofo francês Blaise Pascal. Portanto, está-se sujeito a deixar de amar uma pessoa se a qualidade que nos atrai nela desaparece. Não há amores absolutos a seres com invólucro corporal material.

 

O AMOR É UM JOGO EM QUE NOS ENGANAMOS A NÓS MESMOS E ENGANAMOS OS OUTROS. Só existe o amor próprio e o amor geral seja a quem for que escolhe cair sobre esta ou aquela pessoa em cada circunstância ou fase da vida. Quem ama outrém ama-se a si mesmo/a.

 

O SISMO DE 12 DE NOVEMBRO NO IRÃO E NO IRAQUE, QUE FEZ MAIS DE 530 MORTOS E MAIS DE 8000 FERIDOS FOI VONTADE DE DEUS?

Para os católicos, protestantes e judeus foi. Mas isso é uma insensatez teológica: Deus seria, então, um criminoso, um assassino cruel. O sismo resultou da engrenagem planetária no Zodíaco, sendo esta montada pelo Demiurgo-Lúcifer/ Ialdabaoth, Grande Arquitecto do Universo. Foi pois este deus inferior, estranho ao Pleroma ou Mundo Santo dos Eóns, o responsável deste terrível sismo, como de todos os outros. O verdadeiro Deus, o Pai do Puro Amor, Minné, não interfere no mundo da matéria, salvo para corrigir desastres tanto quanto lhe é permitido pelo Maligno. Esta é a visão gnóstica cristã.

 

 www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 09:11
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 2 de Novembro de 2017
Quando se tornará a Catalunha independente de Espanha?

Quando se tornará a Catalunha independente de Espanha? A hipótese mais provável, a meu ver, é entre Maio e Setembro de 2019, período em que o Nodo Norte da Lua deslizará de 20º a 16º do signo de Caranguejo, área ligada a Barcelona, e Júpiter recuará de 24º a 14º do signo de Sagitário. A luta do povo catalão contra o imperialismo espanhol vai prosseguir estribada na memória de séculos: «Som un poble, som una nació. El 11 de setembre de 1714 quan començava a clarejar deu mil soldats de Felip V es llançarem a l´atac a la ciutat de Barcelona. En Rafael Casanova, conseller en cap, dirigía la resistencia: en mig de la lluita caigué ferit damunt el terrapié de la muralla». Em menos de 2 anos, a União Europeia reconhecerá a República Democrática da Catalunha.

 

O azar de Felipe VI de Borbón está expresso numerologicamente no SEIS: o rei Afonso VI (SEXTO) de Portugal foi deposto pelo irmão e preso em Sintra, o SEXTO governo provisório da revolução portuguesa de 1974-1976 foi fracturado com o ataque cardíaco do primeiro-ministro Pinheiro de Azevedo, o SEXTO governo constitucional em Portugal após a revolução de 1974 caiu abruptamente com o atentado de Camarate que matou o primeiro-mimistro Sá Carneiro e o ministro Amaro da Costa...

 

E Mariano Rajoy é o SEXTO primeiro ministro da democracia espanhola inaugurada em 1976: de 1976 a 1981, o primeiro-ministro de Espanha foi Adolfo Suarez, seguiram-se-lhe no cargo Leopoldo Calvo-Sotelo em 1981-1982, Felipe González em 1982-1996, José María Aznar em 1996-2004, Rodríguez Zapatero em 2004-2011 e Mariano Rajoy, o SEXTO, de 2011 ao presente...

 

Os números têm carácter ontológico produtor de certo tipo de acontecimentos.

 

 www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

 f.limpo.queiroz@sapo.pt

 © (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)

 



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:58
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

David Icke: os reptiliano...

A lei da atração, isenta ...

A Igreja Católica Romana ...

Cátaros da Idade Média: a...

Previsões para 2018 (base...

Transplantes de orgãos: a...

Sismo em Portugal de 11 a...

Reflexões breves de Dezem...

Salvador Freixedo: o derr...

Áreas 25º-28º de Escorpiã...

arquivos

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds