Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2014
Philosophers and Historians are too stupid about Astrology

 

All Philosophers and Academics say that Astrology is a lie, a superstition, an unscientific point of view. This can be true about commercial Astrology and, in some measure, about traditional Astrology, but it is false respect to Historical Astrology. Philosophers and scientists are ignorants about the planetary mouvements and their conecctions with social and political facts and stay infected by the prejuice of «free will».( «The man must be free, it is an insult to his dignity the lack of free will», etc. ). I have discovered the new Historical Astrology, the keys to predict the future based on deterministic laws confirmed by the past. It is a theory more important than Einstein´s theory, although the intellectuals of sufferable quality who dominate the journals and university forums and the mainstream media in USA, Canada, Europe, Japan, Russia,  etc., do not realize it. Here is an example of my historical and astronomical theory:

 

AREA 26º-29º LIBRA ´S SIGN (AND 27º-28º OF VIRGO 7º-8º SAGITTARIUS):
MEXICO

 

The pass of a planet, Sun, Moon Node or Chiron in the area 26º-29º of Libra sign, and often, simultaneously, in the areas 27º-28º of Virgo, 7º-8º of Sagittarius, is a necessary but insufficient condition to materialize earthquakes in Mexico.

 

On July 28, 1957, with Neptune in 29º 54´ Libra, Jupiter in 28º 6´/ 16´Virgo, Saturn in 7º 52´/ 7º 50´ Sagittarius, an earthquake strikes Mexico, provoking 57 dead; on September 14, 1995, with Moon ´s North Node in 26º 58´/ 27º 0´ Libra,  Venus en 27º 15´/ 28º 30´Virgo, Jupiter in 8º 8´/ 8º 15´ Sagittarius, an earthquake kills 3 people in Mexico.

 

This is irrefutable. Prejudice and imitation of the majority opinion make the world, including universities, a place where thoughtlessness and stupidity prevail. Even Kant, Hegel, Einstein, Bohr, Heisenberg, Heidegger, Wittgenstein, Russel, Rawls, Zizeck and almost all famous thinkers where stupid on denying the zodiacal determinism on societies (railroad and aircraft disasters, revolutions, political murders, etc.), states and individual persons.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

 

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 23:53
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 19 de Janeiro de 2014
A lógica imperfeita de Ayer: opor realismo ingénuo a teoria causal da percepção

Alfred Julius Ayer (Londres, 29 de Outubro de 1910- Londres, 27 de Junho de 1989), um dos filósofos analíticos mais célebres do século XX, positivista lógico, estabeleceu distinções imperfeitas do ponto de vista lógico-dialéctico. Uma delas é a oposição realismo ingénuo- teoria causal da percepção.

 

Escreveu:

 

«O herdeiro natural do realismo ingénuo é a teoria causal da percepção. Para ela se volta a maior parte dos convictos de haver base para sustentar que os objectos físicos não são directamente percebidos. Até certo ponto já a consideramos ao tratar da forma causal do argumento da ilusão. O ponto de partida é provar a ciência que os objectos ordinariamente percebidos, o mundo das cores, ruídos, aromas, do senso comum é criação nossa. De isto se infere ou que não há objectos físicos ou, mais vulgarmente, que eles estão disfarçados. Nesta concepção, embora percebamos objectos físicos, não os percebemos em seu estado natural; nunca aparecem em público sem retoque. Não podemos eliminá-lo pois a nossa presença é responsável pela sua existência, mas podemos teoricamente descontá-lo. »(A.J. Ayer, O Problema do Conhecimento, Editorial Ulisseia, pág. 94; o destaque a negrito é posto por mim).

 

Note-se a ambiguidade da frase:«Não podemos eliminá-lo pois a nossa presença é responsável pela sua existência...». Como pode a nossa presença ser responsável pela existência do objecto? Isso só acontece no idealismo - em Berkeley, David Hume ou Kant, por exemplo - em que a mente produz o objecto "físico".  Ora estamos a tratar do realismo crítico - que Ayer designa por «teoria causal da percepção» - em que o objecto físico existe mesmo, no real exterior a nós, ainda que não o percebamos integralmente como é, e como tal não somos responsáveis pela existência dele...

 

Sublinho que revela falta de clareza opor a realismo ingénuo a denominação teoria causal da percepção. O termo causal pertence ao género etiológico e o termo realismo ingénuo pertence ao género ontognosiológico. As denominações não são contrárias, não pertencem ao mesmo género. Causalidade perceptiva e realismo ingénuo são definições colaterais, não se excluem. O deficiente raciocínio dialéctico de Alfred Julius Ayer é seguido, acriticamente, por dezenas de milhar de professores de filosofia.

 

Aquilo que Ayer designa por "teoria causal da percepção"  deve ser designado, em nome do rigor de pensamento, por realismo crítico, doutrina que, numa das suas versões, de Descartes e Locke, sustenta que as cores, sabores, cheiros, dureza não existem nos objectos físicos exteriores à nossa mente mas apenas existem nesta (qualidades secundárias) sendo os objectos exteriores compostos de forma, tamanho, número e movimento e uma matéria ténue e indeterminada (qualidades primárias).  

 

Porque o realismo ingénuo é uma teoria tão causal quanto o realismo crítico: para o primeiro, o objecto físico externo, com a sua forma, cor, tamanho, grau de ductilidade, etc., é a causa da percepção interna do objecto a qual inclui forma cor, tamanho, grau de ductilidade, similares ao objecto exterior, tipo imagem de espelho.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

 

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 22:03
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 15 de Janeiro de 2014
Sincronismos ontofonéticos de 21 de Novembro a 20 de Dezembro de 2013

O que designo por sincronismos ontofonéticos são as repetições de uma mesma ideia, palavra ou grupo fonético no mesmo dia, ou em dois dias seguidos. nas notícias de telejornal ou nos sucessos da minha cidade, repetições e analogias que deixam entrever uma ordem do fluxo dos acontecimentos. Eis sincronismos que registamos no período de  21 de Novembro a 20 de Dezembro de 2013.

 

Em 21 e 22 de Novembro de 2013, as ideias de OLHO, SUPER ou HIPERMERCADO e PAULO em foco: no dia 21, o tecto de um SuperMERCADO em Riga, Letónia, desaba e mata 38 pessoas, ao todo, o telejornal da SIC exibe a enfermeira reformada Ana Fernandes, em Lamas de OLO (evoca: OLHO) a falar da televisão, PAULO Almeida, de 35 anos, segurança em um hiperMERCADO de Porto Salvo, entrega-se à polícia, vergado pelo remorso de ter assassinado em 29 de Fevereiro e 1 de Março de 2008 uma mulher em Sacavém e um jovem em OEIras (evoca: OLHO), o comissário europeu OLLI Rehn (evoca: OLHO) declara que a União Europeia pode abrandar as políticas de austeridade; no dia 22, a TVI exibe César Israel PAULO, da Associação de Professores Contratados, a criticar a prova de conhecimentos a que muitos professores irão ser submetidos em Dezembro pelo ministério da Educação, PAULO Valente Gomes demite-se do cargo de director-geral da PSP, o evangelho do dia nas missas católicas alude à ida de Jesus ao templo expulsar os comerciantes que aí mantinham um MERCADO e profanavam a casa do Pai Celeste

 

Em 22 de Novembro de 2013, as ideias de IMPERMANÊNCIA e APAGAMENTO ascendem, em foco: numa sessão sobre a filosofia de David Hume na ESDG, salientamos a noção de IMPERMANÊNCIA e APAGAMENTO que a mente humana procura escamotear («Quando não olhas a tua casa, quem te garante que ela está no sítio e existe?») , três pessoas falham (APAGAMENTO) em comparecer a encontros sobre que eu tinha expectativas.

 

Em 22 e 23 de Novembro de 2013, a ideia de LUÍS está em foco: no dia 22, o governo PSD-CDS nomeia LUÍS Farinha director nacional da PSP, devido à invasão na véspera da escadaria da Assembleia da República por manifestantes que romperam o cordão policial; no dia 23, em conversa num bar de Beja, José LUÍS fala na caça ao javali, que se pratica no distrito de Beja, e salienta o porte perigosíssimo deste animal ao ataque, dizendo que ao praticarmos caça, com regras, descobrimos a nossa ancestralidade, o professor LUÍS de Matos guia uma visita de cidadãos às muralhas de Beja, a partir do castelo desta vetusta cidade.

 

Em 23 e 24 de Novembro de 2013, as ideias de MANUEL MACHADO, MADEIRA e HÉLIO estão em foco: no dia 23, MANUEL MACHADO, presidente da Câmara Municipal de Coimbra, é eleito presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses, o treinador MANUEL MACHADO obtém êxito ao conseguir que a sua equipa, o Nacional da MADEIRA, empate 1-1 com o FC Porto, o poeta Herberto HÉLDER (evoca: HÉLIO), nascido na MADEIRA, completa 83 anos; no dia 24, o chef de cozinha HÉLIO Loureiro fala na RTP1 do seu livro de receitas recentemente publicado.

 

Em 24 de Novembro de 2013, a ideia de REI eleva-se em foco: a igreja Católica celebra, no fim do ano santo, a Festa de Cristo REI, o cinema KING (em português: REI), dedicado ao cinema de autor, fecha portas em Lisboa.

 

Em 25 de Novembro de 2013, a ideia de ANHO está em foco: passam 2013 anos sobre o nascimento de Jesus Cristo, conhecido como o CORDEIRO (evoca: ANHO) de Deus, segundo a mística Ana Catarina Emmerich , Ramalho EANES (sugere: ANHO) é homenageado em Lisboa pela sua acção anti revolucionária em 25 de Novembro de 1975, neutralizando um golpe militar de extrema-esquerda, o tribunal de IdANHA -A-Nova (evoca: ANHO) condena o cabo da GNR José Tadeia a 11 anos de prisão por abusos sobre quatro crianças, os telejornais exibem o golo de SlimANI (evoca: ANHO) no jogo Guimarães 0, Sporting 1, disputado na véspera.

 

Em 25 e 26 de Novembro de 2013, o núcleo fonético  ENA está em foco: no dia 25, tem lugar em Lisboa uma cerimónia de homenagem ao antigo presidente da república António Ramalho EANES (evoca: ENA), por ter vencido o contragolpe militar de 25 de Novembro de 1975; no dia 26, o Áustria de ViENA (evoca: ENA) impõe um empate por 1-1 ao FC Porto, no estádio do Dragão.

 

Em 26 de Novembro de 2013, a ideia de OLIVEIRA está em foco: Joaquim OLIVEIRA, presidente do grupo Controlinveste, que controla os jornais DN, JN, O Jogo e a TSF chega a acordo com o BCP e o BES (bancos credores) e com o angolano António Mosquito, que passa a deter 27,5% das acções do grupo, e Luís Montez, assinando o Memorando de entendimento para a venda da Controlinveste, ficando Proença de Carvalho como ‘chairman’ do grupo, na Universidade de Coimbra, o cineasta Manoel de OLIVEIRA, de 105 anos, participa numa homenagem ao padre António Vieira, Guilherme d´ OLIVEIRA Martins inicia novo mandato como presidente do Tribunal de Contas.

 

Em 26 e 27 de Novembro de 2013, as ideias de CONSTÂNCIA e de ANDRÉ estão em foco: no dia 26, começa no Tribunal Judicial de Abrantes, a primeira sessão do julgamento que senta no banco dos réus o presidente cessante da Câmara de CONSTÂNCIA, Máximo Ferreira (CDU), e o anterior líder da autarquia e actual cessante da assembleia municipal, António Mendes (CDU), para além de um chefe de Divisão de Administração e Finanças da autarquia, por prática de crime de prevaricação num caso relacionado com um procedimento concursal aberto pela Câmara de Constância para a prestação de serviços, concepção e coordenação de actividades no Centro Ciência Viva (CCV) de Constância; no dia 27, disputa-se no estádio CONSTANT Vanden Stock, na Bélgica, o jogo ANDERlecht - Benfica (evoca: ANDRÉ), ANDRÉ Graça cumprimenta-me no portão da ESDG, o telejornal da RTP1 exibe declarações do general Garcia LeANDRO (evoca: ANDRÉ) sobre as ocupações de 4 ministérios, em Lisboa, na véspera, por sindicalistas da CGTP.

 

Em 27 e 28 de Novembro de 2013, as ideias de PEDRO, REI , ANDRÉ, CASTELO, AMARANTE, VIANA em foco: no dia 27, a imprensa destaca o empate do FC Porto com o Áustria de VIENA (sugere: VIANA), nasce em Beja, ANDRÉ Bento AMARANTE; no dia 28, morre em Beja PEDRO REINA (sugere: REI), de 31 anos, filho da médica Isabel REINA, uma leitura bíblica na missa católica narra o episódio de Daniel e do REI que o mandou para a cova dos leões, o ministro José PEDRO Aguiar Branco recebe a comissão de trabalhadores dos Estaleiros de VIANA do CASTELO onde o Estado vai despedir 600 trabalhadores, o telejornal da RTP mostra PEDRO Burmester, pianista que há 10 anos não toca na Casa da Música no Porto, o professor Santana CASTILHO (evoca: CASTELO) profere uma conferência no Beja Park Hotel ,em Beja, sobre o estado da escola pública atacada pelo neoliberalismo de Passos Coelho, Portas e Crato, o telejornal da TVI mostra ANDRÉ Silva, eleito o melhor cozinheiro do ano em 2013, que trabalha num restaurante em AMARANTE.

 

Em 28 e 29 de Novembro de 2013, a ideia de PROSTITUTA/ PUTA eleva-se em foco: no dia 28, os telejornais noticiam que o projecto lei de punir os clientes das PROSTITUTAS em França divide as direitas e as esquerdas; no dia 29, um avião das Linhas Aéreas de Moçambique descola de MaPUTO (evoca: PUTA, PROSTITUTA) e despenha-se na Namíbia, com 34 pessoas a bordo.

 

Em 29 e 30 de Novembro de 2013, as ideias de ELA e de PINTO exaltam-se: Luís PortELA (evoca: ELA), médico e director dos laboratórios Bial, apresenta o seu livro «Ser espiritual: da evidência à ciência» na Biblioteca Municipal de Beja, ELIna (evoca: ELA) Fraga, apoiada por Marinho PINTO, é eleita Bastonária da Ordem dos Advogados; no dia 30, Filipe PINTO, prémio MTV por ter lançado «O planeta limpo», é entrevistado na RTP1, o telejornal da SIC exibe Luigi PINTOrELLI (evoca: PINTO e ELA), o proprietário italiano de um restaurante que só confecciona pratos com cogumELOS (evoca: ELA), em Lisboa.

 

Em 30 de Novembro de 2013, MOURA e CASTRO estão em foco: na vila de CASTRO Verde, uma mulher de 47 anos é assassinada a tiro na rua pelo ex companheiro, um homem de 49 anos, à noite passo à porta do Teatro Pax Julia, em Beja, onde vai cantar Ana MOURA, cumprimento o engenheiro CASTRO e Brito (filho), recebo uma informação do colega MOURA.

 

Em 30 de Novembro e 1 de Dezembro de 2013, as ideias de NEGRO e DRAGÂO surgem em foco: no dia 30, a ACADÉMICA de Coimbra, de equipamento NEGRO, vence por 1-0 o FC Porto e centenas de adeptos do clube do DRAGÂO insultam ou tentam agredir Paulo Fonseca e os jogadores; no dia 1, o canal História emite reportagem sobre os perigos da NOITE (evoca: ESCURIDÂO) em que foca os vampiros e o conde DRÁCULA (evoca: DRACO, DRAGÂO) da Transilvânia, os subterrâneos escuros de Edimburgo, os judeus Amish que vivem no campo sem tecnologia moderna e os beduínos no deserto do NEGEV (evoca: NEGRO), no sul de Israel, finaliza na Casa da Cultura de Beja o ciclo da peça de teatro «Nos tempos de GUNGUNHANA» (nome de um chefe NEGRO em Moçambique, no final do século XIX) interpretada por um magnífico actor NEGRO, Clemente Tsamba.

 

.Em 1 e 2 de Dezembro de 2013, as ideias de BRÔNQUIOS, NOVO/ VELHO e CLEMENTE elevam-se  em foco: no dia 1, de madrugada, constipo-me e activo os BRÔNQUIOS ao expor-me a um frio persistente, o descarrilamento de um comboio no bairro de BRONX (evoca: BRÔNQUIOS), NOVA Iorque, mata 4 pessoas, um telejornal noticia que a câmara municipal de Vila VELHA de Rodão dá incentivos na compra de casa no concelho a fim de fixar aí pessoas de fora, CLEMENTE Tsamba, um magnífico actor moçambicano residente em Beja, interpreta, pela última vez em 2013, a peça de teatro «Nos tempos de Gungunhana» na Casa da Cultura de Beja; no dia 2, o telejornal da TVI exibe reportagem sobre as corridas solidárias, marchas e maratonas como meios de as Organizações Não Governamentais angariarem fundos e mostra Joana CLEMENTE, da Associação Helpo, a dizer que este ano a Associação vai perder 50 000 euros em financiamentos, noticia-se que a escritora Maria VELHO da Costa foi designada para receber o prémio «Vida Literária».

 

Em 2 e 3 de Dezembro de 2013, as ideia de XAVIER e COXO estão em foco: no dia 2, um telejornal mostra o secretário de Estado da Cultura, José Barreto XAVIER, a falar do novo museu dos COCHES (evoca: COXO) que custou 30,5 milhões de euros, obra do governo PS de Sócrates, e por inaugurar, decorrem as jornadas parlamentares do PCP, em Faro, nas quais sobressai Jerónimo de Sousa de PiresCOXE (evoca: COXO), no dia 3, a igreja católica celebra a festa de São Francisco XAVIER, jesuíta, discípulo do fundador da Companhia de Jesus, Santo Inácio de Loyola, que era COXO.

 

Em 3 e 4 de Dezembro de 2013, as ideias de PRADO/ CAMPO, EMIRATOS ÁRABES UNIDOS e FRANCO/ FRANÇA em foco: no dia 3, é inaugurada no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, uma exposição de 57 quadros de pintores clássicos do século XVII como Rubens e outros que pertencem ao Museu do PRADO, em Madrid, passam 33 anos sobre o assassinato em atentado à bomba em avião, no céu de Camarate, de FRANCISCO (evoca: FRANCO) Sá Carneiro, 1º ministro de Portugal, e de seis outras pessoas a bordo; no dia 4, passam 121 anos sobre o nascimento em Ferrol, Galiza, do general Francisco FRANCO, ditador católico-fascista de Espanha de 1939 a 1975, que vivia no palácio de El PARDO (evoca: PRADO),noticia-se que a FIFA beneficiou a FRANÇA (evoca: FRANCO) na organização do sorteio , o telejornal da RTP1 mostra Sandra Candeias CAMPOS, directora de um ginásio da Vivafit nos EMIRATOS ÁRABES UNIDOS e mostra Paulo Portas neste país árabe, a Assembleia Nacional de FRANÇA aprova a lei que pune com multa de 1500 euros os clientes das prostitutas francesas.

 

Em 4 e 5 de Dezembro de 2013, as ideias de AGUIAR e MÉRTOLA estão em foco: no dia 4, José Pedro AGUIAR Branco, ministro da Defesa, depõe ante uma comissão parlamentar sobre o caso privatização dos Estaleiros de Viana de Castelo; no dia 5, o telejornal da RTP exibe Fernando AGUIAR, de 41 anos, que volta a jogar como futebolista no Pedrouços, os telejornais noticiam que, em 29 de Novembro, 63 galinhas foram incineradas numa exploração agrícola em Alcaria Ruiva, MÉRTOLA, por em uma delas se ter detectado o vírus H7 da gripe aviária, encontro numa rua de Beja, António Cunha, fotógrafo de renome, que me diz que a National Geografic publicou uma foto sua do baptistério descoberto no campo arqueológico de MÉRTOLA.

 

Em 5 e 6 de Dezembro de 2013, a ideia de PORCO está em destaque: no dia 5, Fabio PORChet (evoca: PORCO) humorista brasileiro, dá um espectáculo no Teatro Sá da Bandeira. no Porto; no dia 6, a Plataforma Viver - Cidadãos pelo Tratamento Ético dos Animais da Madeira e Porto Santo diz que a "matança" do PORCO que ocorre na Madeira a partir de 8 de dezembro, dia da Imaculada Conceição, é "um ato brutal culturalmente inaceitável".

 

Em 6 e 7 de Dezembro de 2013, as ideias de MÃO e PEDRO em foco: no dia 6, a notícia da morte de Nelson MANdela (evoca: MÃO) domina a imprensa mundial, o Arouca de PEDRO EMANuel (evoca: MÃO) obtém um empate no estádio da Luz frente ao poderoso Benfica ; no dia 7, PEDRO Abrunhosa é entrevistado na RTP-1 a propósito do seu novo disco «ContraMÂO» e fala da participação de CaMANÉ (evoca: MÃO), Mário Soares, fundador do Partido Socialista em 1973, com o símbolo da MÃO fechada, completa 89 anos de idade.

 

Em 7 e 8 de Dezembro de 2013, as ideias de ROSA, MEM e DERRUBE DE ALGO DO COMUNISMO RUSSO estão em foco: no dia 7, Mário Soares, fundador do PS, o partido da ROSA por símbolo, completa 89 anos de idade; no dia 8, vejo a assistente social DULCE Cachola na feira gastronómica no centro da cidade de Beja, Ana DULCE Félix ganha uma medalha de bronze nas provas do campeonato europeu de atletismo, desloco-me com amigos a Vila de Frades, onde decorrem as Festas Báquicas, e entramos na adega de António José ROSA MENdes (evoca: MEM) onde comemos e bebemos vinho novo e conversamos com a nora do proprietário, professora em MEM Martins, passam 23 anos sobre o anúncio da extinção, pelo presidente Gorbachev, da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas hegemonizada pela RÚSSIA, 200 000 pessoas, pró unidade com a União Europeia, protestam nas ruas de Kiev contra o presidente da Ucrânia, pró-russo, e ocorre aí em Kiev o derrube da estátua de LENIN, símbolo do COMUNISMO RUSSO de 1917-1924.

 

Em 8 e 9 de Dezembro de 2013, as ideias de NORA e BACALHAU estão em destaque: no dia 8, vou à Vitifrades, festa de Vila de Frades, e converso com uma professora, NORA de António Rosa Mendes, dono de uma adega que é visitada por centenas de pessoas a provar o vinho e comer tapas; no dia 9, a Ministra Assunção Cristas assinou acordo com a NORuega (evoca: NORA) e explica que “a Comissão Europeia vai vigiar de forma particularmente atenta" o comércio do BACALHAU, o telejornal da SIC exibe o cozinheiro Diogo Silva, um dos concorrentes a um concurso de gastronomia de BACALHAU.

 

Em 9 e 10 de Dezembro de 2013, as ideias de PINTO, EDUARDO e MADEIRA sobressaem: no dia 9, PINTO da Costa apresenta um livro sobre os 31 anos da sua presidência do FC Porto, EDUARDO Monteiro, estudante e músico bejense, completa 18 anos; no dia 10, o assistente social do Porto, José António PINTO, faz um excelente discurso no parlamento português que lhe oferece uma medalha, dizendo que é preciso outra política que não aumente o número de pobres e dos que dormem na rua, passam 35 anos sobre a morte de EDWARD WOOD (em português: MADEIRA), o realizador de cinema norte-americano crossdresser hétero, autor de «Glenn e Glenda», ventos fortes derrubam árvores na ilha da MADEIRA.

 

Em 10 e 11 de Dezembro de 2013, as ideias de RIO, DINAMARCA e os nomes CARLOS e CARLA estão em destaque: no dia 10, nas cerimónias fúnebres de Nelson Mandela, Barack Obama tira foto de telemóvel com a primeira-ministra da DINAMARCA, o Real Madrid vence um jogo de futebol por 2-0 na DINAMARCA; no dia 11, de madrugada, chuvas intensas fazem derrocar um talude em RIBEIRA (evoca: RIO) Grande que colhe um motociclista, na ilha de São Miguel, Rui RIO, dirigente do PSD e membro do clube de Bilderberg, discursa, em Lisboa, em almoço da «Associação 25 de Abril» que o deseja como adversário da austeridade do governo de Passos Coelho e Portas, a pianista portuense DINA Resende (evoca: DINAMARCA) cumpre aniversário, José CARLOS Vasconcelos, director do jornal de Letras, comenta os jornais do dia no programa matinal de um canal de TV português, CARLA Cupido, socióloga e mediadora imobiliária, de Évora, completa 37 anos, passam 123 anos sobre o nascimento do grande cantor de tango argentino CARLOS Gardel.

 

Em 11 e 12 de Dezembro de 2013, as ideias de GUARDA, PAÇOS DE FERREIRA, ROMÉNIA e ARGENTINA estão em foco: no dia 11, passam 123 anos sobre o nascimento de Carlos GARDEL (evoca:GUARDA), grande cantor de tango da ARGENTINA, continuam os tumultos e saques a supermercados na ARGENTINA devidos à greve da polícia, havendo 10 mortes, José Carlos Vasconcelos, natural de PAÇOS DE FERREIRA, director do jornal de Letras, comenta os jornais do dia no programa matinal de um canal de TV português; no dia 12, dia da Virgem de GUADAlupe (evoca: GUARDA), começa no tribunal da GUARDA o julgamento de 5 ROMENOS que, em Setembro de 2011, assaltaram lojas nesta cidade portuguesa, o PAÇOS DE FERREIRA empata 0-0 com o Panduri, na ROMÉNIA. 

 

Em 13 de Dezembro de 2013, as ideias de OLHO e OLIVEIRA estão em destaque: a Igreja Católica celebra o dia de Santa Luzia, protectora dos OLHOS, CarOLIna (evoca: OLHO), aluna da ESDG, questiona-me sobre como atribuir a avaliação final do 1º período lectivo, encontro na rua a mãe de Pedro OLIveira (evoca: OLHO), um telejornal exibe a voluntária Ana OLIveira (evoca: OLHO) da campanha de identificação das 700 pessoas sem abrigo que dormem nas ruas de Lisboa, um telejornal mostra o bolo rei gigante que um chef de pastelaria confecciona em OLHÃO, noticia-se a prossecução das buscas para encontrar os cadáveres de dois pescadores desaparecidos no dia 9, no mar de OLHÂO , Luis RestOLHO (evoca: OLHO), de 43 anos, falece em Beja.

 

Em 14 de Dezembro de 2013, as ideias de ALEX, LUA e MATA estão em foco: passam 5 anos sobre o homicídio a tiro de Rui MATA, à porta da discoteca Karas, na cidade de Beja, no jogo Sporting-Belenenses Adrien Silva marca golo de grande penalidade ao guarda-redes MATT Jones, passam 95 anos sobre o HOMICÍDIO a tiros de pistola (evoca: MATA) do presidente da república Portuguesa Sidónio Pais, na estação do Rossio, por José Júlio da Costa, alentejano, noticia-se que a equipa de ciclismo Movistar rescinde contrato com o ciclista espanhol ALEXandro Marque, vencedor da volta a Portugal em bicicleta em 2013, por este ter usado o anti-inflamatório betametasona que produz melhoramento muscular ilegal em competição, o telejornal da RTP exibe Daniel ALEIXo (evoca: ALEX) na loja do Porto que vende chá com sabor a vinho do Porto, uma nave espacial chinesa aterra na LUA, decorre em Aljustrel o evento musical LUNNA Park.

 

Em 14 e 15 de Dezembro de 2013, as ideias de JOSÉ AFONSO, BENVINDA e MECO ou MARCO encontram-se em destaque: no dia 14, um programa televisivo exibe Sérgio Godinho a falar e a cantar «Os vampiros» de JOSÉ AFONSO, um telejornal exibe o empresário de mármores José BENVINDA, da área de Borba e Vila Viçosa, a queixar-se dos frequentes roubos de cabos eléctricos, baterias, ferro, etc, de que a sua empresa é alvo, de noite, noticia-se que a equipa de ciclismo Movistar rescinde contrato com o ciclista espanhol Alexandro MARQUE (evoca: MARCO), vencedor da volta a Portugal em bicicleta em 2013, por este ter usado o anti-inflamatório betametasona que produz melhoramento muscular ilegal em competição, o Sporting vence por 3-0 o Belenenses treinado por MARCO Paulo; no dia 15, de madrugada, entro na rua JOSÉ AFONSO, em Aljustrel, no bar S Peter, cheio de gente e de fumo, e troco olhares com uma jovem morena de beleza apreciável, depois, na Galeria do Desassossego, em Beja, converso com o músico Jorge BENVINDA sobre o lançamento do meu livro «Álvaro Cunhal e Antifascismo na Astrologia Histórica» na próxima sexta-feira, uma onda arrasta e confere a morte a seis jovens que passeiam na praia do MECO (evoca: MARCO), o poeta bejense Martinho MARQUES (evoca: MARCO) completa 64 anos de idade.

 

Em 15 de Dezembro de 2013, a ideia de PETER está exaltada: de madrugada, desloco-me ao bar S. PETER, em Aljustrel, horas depois, em Londres, morre num hospital, de cancro, o famoso actor de cinema, irlandês, PETER O´Toole.

 

Em 15 e 16 de Dezembro de 2011, as ideias de RONALDO, CASTRO, MOURA, SÂO PEDRO e RISO estão em destaque: no dia 15, HILÁRIO (evoca: HILARIANTE, RISO) CASTRO, da Associação dos Comerciantes do Bairro Alto, em Lisboa, fala em um telejornal, é inaugurado no Funchal o museu CR7, onde se exibem cerca de 150 troféus ganhos pelo futebolista Cristiano RONALDO, a TVE noticia que o actor RYAN (evoca: RIR) REYNOLDS (evoca: RONALDO) promove o perfume Hugo Boss, visito o bar SAINT PETER em Aljustrel; no dia 16, passam 95 anos sobre a eleição do almirante Canto e CASTRO presidente da República Portuguesa, sou chamado a MOURA por imperativo de divulgar o meu livro novo e passo na rua de SÃO PEDRO onde há um grande brasão em pedra na parede do nº 18, um telejornal noticia o Clube dos Mentirosos, de Adérito Pinto, em MOURIscas (evoca: MOURA), Abrantes, a TVI exibe após o telejornal das 20 horas uma reportagem sobre a Missão SORRISO, promovida pela SONAE desde há 11 anos. .

 

Em 17 de Dezembro de 2013, as ideias de FLOR e INFANTE em destaque: noticia-se que um incêndio florestal no centro da FLORIda (evoca: FLOR), EUA, já destruiu 20 casas, os professores contratados fazem acampamento de protesto frente à escola INFANTA Dona Maria, em Coimbra, contra a prova de avaliação imposta por Nuno Crato, e FLORA Domingos, professora do Movimento de Cerco e Boicote à Prova, fala a um telejornal, o Regimento de INFANTARIA nº 3 e a PSP e a Força Aérea sediadas em Beja participam numa missa na igreja do Carmo na cidade de Beja.

 

Em 17 e 18 de Dezembro de 2013, as ideias de VÍTOR, de CLARO, de BUREL e de MÃO estão em destaque: no dia 17, CLARA Marques Mendes, relatora das conclusões do inquérito aos contratos Swap, iliba, no seu discurso a ministra Maria Luís Albuquerque e atribui as culpas dos ruinosos contratos Swap ao governo de José Sócrates (2005-2011), declara-se uma fuga de aMONíaco (evoca: MÃO) na fábrica Izidoro , em MONtijo (evoca: MÃO) intoxicando ligeiramente 11 pessoas, um telejornal mostra VÍTOR Nogueira, da Amnistia Internacional, referindo abusos prisionais; no dia 18, o telejornal da TVI exibe João CLARO, dono da fábrica de artigos em BUREL de Manteigas, falando da expansão internacional do seu negócio, cumprimento, no centro da cidade de Beja, o pintor e arqueólogo Leonel BORRELA (evoca: BUREL), milhares de professores contratados boicotam a prova de avaliação de conhecimentos e competências a que o ministro Nuno Crato sujeita 13 500 professores contratados em 180 escolas do país e VÍTOR Miranda, da FENPROF, declara na TVI que não apoia atitudes como as que ocorreram na Escola Padre António Vieira em que alguns docentes contestatários partiram vidros, um helicóptero propriedade da companhia Heliportugal cai em Vale de Água, MONchique (evoca: MÃO) após colidir com cabos elétricos.

 

De 18 a 20 de Dezembro de 2013, as ideias de AÇO, CZAR e STALIN elevam-se em foco: no dia 18, Carlos CÉSAR (evoca: CZAR), ex presidente do governo regional dos AÇOres (evoca: AÇO), é entrevistado na TVI 24; no dia 19, passam 134 anos sobre o nascimento na Geórgia de Iosif Vissanariovich Djugachvili conhecido por STALIN (nome que significa: feito de AÇO), revolucionário russo, mais tarde designado por CZAR vermelho (de 1922 a 1953 à frente do PC da URSS), um telejornal noticia que AÇO dos Estaleiros de Viana do Castelo foi vendido a preço de saldo a uma empresa do grupo Martifer que se prepara para tomar conta dos ESTALeiros (sugere: STALIN), Rui Moreira, presidente da câmara do Porto, declara em entrevista à Rádio Renascença que «se criou também a ideia que o Estado central – e particularmente o Ministério das Finanças, que é quem acaba por dominar – impõe às empresas públicas, aos municípios, às universidades, a todo esse mundo relacionado com o Estado, um conjunto de constrangimentos que têm um bocadinho aquela lógica eSTALINista”; no dia 20, na biblioteca municipal de Beja, às 18.30 horas, Francisco Limpo Queiroz apresenta o seu novo livro «Álvaro CUNHAL, Antifascismo na Astrologia Histórica» (Cunhal remete para STALIN nos anos 30-40 do século XX), uma tese que demonstra o determinismo dos astros no Zodíaco nos factos histórico-sociais e políticos, indo muito além da historiografia burguesa universitária

 

 

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

 

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 18:58
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 9 de Janeiro de 2014
Questionar Miguel Real e a «Nova Teoria do Mal»: a instabilidade é o mal?

 Escrito nos comboios da linha de Sintra por quem se indigna com a corrupção da classe política "democrática" portuguesa, ao serviço da oligarquia, foi lançado, em Fevereiro de 2012, o  livro «Nova Teoria do Mal» de Miguel Real que, no prefácio,  afirmava desconhecer «em absoluto a qualidade e as consequências na mente do leitor» desta obra. O livro tem os seus méritos ou não fosse Miguel Real um filósofo do Portugal de hoje, superior a muitos catedráticos de filosofia que são apenas epígonos de filósofos consagrados, intelectuais de segunda ou terceira categoria.

 

O MAL É A INSTABILIDADE?

 

Consideremos as teses basilares de Miguel Real sobre a natureza e o papel do mal e do bem:

 

«1.1.3 - O mal é o princípio da destruição de um ser, da sua identidade, biológica, física ou moral, da sua quididade ou essência - a ameaça de escassez que lhe reduz o desejo de posse, a supervalorização do poder dos outros, que lhe reduz e humilha o desejo de domínio, a incapacidade de ver a sua imagem como a de um ser física, social e moralmente realizado.

 

1.1.4 - O sentimento de felicidade emerge na consciência quando as quatro faces primitivas do mal são figuradas como ameaça longínqua: a escassez, a dor física, o sofrimento psíquico e a morte.

 

1.1.6. - Assim concebido, o mal é o que de mais extenso existe na natureza, o mal é profundamente democrático e o bem aristocrático, o mal convive connosco e o bem só de vez em quando, em momentos de harmonia (biológica, psíquica e social).

 

1.2. - Ontologicamente, o mal é essencial, e o bem, preservando a identidade essencial de um ser (um ser vivente), acidental, provisório, não raro fruto das circunstâncias, isto é, do cruzamento de uma pluralidade de acasos.

 

1.1.2 - O bem reflecte apenas equilíbrios instáveis no seio de uma ininterrupta instabilidade. O mal é a instabilidade

 

(Miguel ReaL, Nova Teoria do Mal, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 2012, páginas 102-104; o destaque a negrito é posto por mim)

 

Discordo desta definição de mal como instabilidade.

A instabilidade é um ingrediente de dupla face, não é necessariamente má. O Don Juan, o homem conquistador de mulheres, necessita de instabilidade para se sentir feliz: é um mal para ele estar durante meses ou anos preso a uma só mulher, necessita de variar. O cinéfilo aprecia ver todas as semanas filmes diferentes: essa instabilidade visual e ideática fá-lo feliz. Todos precisamos de alguma instabilidade alimentar - a fome, a semi saciedade, a variação de sabores e comidas - para ser felizes. O nadador em piscina ou no mar está num estado de instabilidade ao dar braçadas e avançar rompendo a resistência da água: essa instabilidade é o bem.

 

Ao contrário do que sustenta Miguel Real, o bem é tão ontológico quanto o mal. É uma visão antidialética e errónea, a meu ver, identificar o mal com o permanente e o bem com o acidental, o ocasional. Nessa perspectiva a sucessão das quatro estações do ano, permanente, seria o mal e os dias floridos, com harmonia corporal, seriam o bem.

 

O equilíbrio harmónico de um ser vivo que, segundo Miguel Real, é o bem, é feito de instabilidades, sejam elas de mudança gradual, a conta-gotas, ou de mudança brusca. Nem o equilíbrio é necessariamente o bem nem a instabilidade é necessariamente o mal. Pensemos no equilibrio de uma escrava que tem, a cada passo de conter-se, e manter uma atitude humilde ante as humilhações e a violência que o senhor exerce sobre ela, sob pena de ser morta ou torturada fisicamente caso resista. Esse equilíbrio é um mal sustentado sobre o bem da preservação da vida física da escrava.  

 

Se estamos vivos e procuramos o triunfo sobre o mal - a doença, a velhice, a guerra civil, a carência de amor e sexo, o desemprego, a fome e a miséria - é porque o bem é superior ou, pelo menos igual, em intensidade, à malignidade das condições biofísicas e sócio-políticas da existência.

 

Note-se que às quatro faces do mal apontadas por Miguel Real - escassez (termo que designa falta de alimentos e bens materiais), dor física, sofrimento psíquico e morte - haveria que adicionar outras faces: a fealdade (escassez de beleza), a opressão física e política (escassez de liberdade individual e social) a ignorância (escassez de sabedoria).

 

A FINITUDE É CONSEQUÊNCIA DO MAL?

Miguel Real postula ser  o finito um resultado do mal que seria o princípio ontológico da vida e de todas as coisas. Escreve:

 

«1.3.2   Enquanto temporalidade, o mal estabelece os limites provisórios e finitos do ser.

«1.3.3    Porém, a finitude não se constitui como princípio ontológico do mal, mas a sua consequência. A finitude é uma consequência do mal, não seu elemento constitutivo.

«1.3.4.  A finitude reside na incapacidade de um ser ultrapassar as características identitárias que o definem. A finitude delimita o espaço e o tempo ontológicos de um ser, demarcando-lhe o campo de possibilidades, negando-lhe a superação deste.»

 (Miguel ReaL, Nova Teoria do Mal, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 2012, páginas 105-106; o destaque a negrito é posto por mim)

 

Por que razão a finitude não será uma expressão e consequência do bem? Ao contrário do que postula Miguel Real, muita da finitude é componente ou consequência do bem. Outra é componente e consequência do mal.

A finitude do apetite estomacal é um bem: se o apetite fosse infinito durante a refeição não se interromperia a ingestão de alimentos e a indigestão, a doença ou a morte atingiriam a pessoa.

A dor física é finita e a sua finitude é um bem ainda que, em si mesma, a dor seja um mal. Portanto, o finito possui ambivalência: é um bem quando faz cessar o mal e é um mal quando faz cessar o bem. A força física e a violência de um criminoso é finita, finitude que constitui um bem.

 

Portanto, a finitude é tanto consequência do bem como do mal. A forma de cada pessoa é finita - e isso é consequência do mal ou do bem que constitui um organismo humano perfeito? A finitude de uma maçã, as suas reduzidas dimensões, são um mal ou uma consequência do mal? Ou será antes um bem por haver adequação entre o tamanho e a textura da maçã e os dentes humanos que a mastigam?

 

O BEM NÃO É O CONTRÁRIO DO MAL?

 

Miguel Real sustenta que o bem não é o contrário do mal:

 

«3.1.1.  O bem não é o contrário do mal. Existe uma tensão essencial entre mal e bem. O primeiro assume o centro e o segundo a periferia, enquanto limite daquele.

 

3.3. Assim:

a) O mal é substancial, o bem é acidental;

b) O mal é um estado permanente, o bem é um estado provisório;

c) O mal é ontológico, o bem é ôntico;

d) O mal é ético, fonte da ética; o bem, da moral;

e) O mal é a acção natural, o bem uma reacção, um artifício para aplacar e controlar o mal.»

 

(Miguel ReaL, Nova Teoria do Mal, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 2012, páginas 105-106; o destaque a negrito é posto por mim).

 

Se bem e mal não são contrários entre si, o que são? É uma visão anti dialéctica, porque bem e mal são efectivamente contrários como alto e baixo,  quente e frio, yang e yin. O facto de o mal ser o polo dominante da contrariedade não retira ao bem o seu carácter de contrário do mal.

 

UMA ARTIFICIAL OPOSIÇÃO DA ÉTICA, ONDE O BEM ESTÁ AUSENTE,  À MORAL

 

Miguel Real dissocia por completo ética de moral: a ética expandiria o eu, fazendo o mal, a moral reprimiria o eu, criando o bem, equilíbrio provisório, força reactiva ao mal. Mesmo admitindo legitimidade na distinção entre ética - bem e mal no estado puro, prático - e moral - bem e mal teorizados pela sociedade, de forma supra-individual - é anti dialéctico postular que o carácter natural do homem individual, o ethos, só alberga o mal. Escreve Real:

 

«2.4 A moral é, assim, um travesti da ética, uma máscara, uma alteridade, um flato de voz, sem existência ontológica própria, ou seja um avatar. O homem natural não tem moral, só ética - a ética da luta, da violência, da posse e da apropriação, da vida e da morte, da sobrevivência, isto é, da maledicidade. Por esta, deve expandir as possibilidades, contidas no seu campo ontológico, ou retraí-las, isto é exercer a sua liberdade segundo o grau proporcional à existência da comunidade em que se insere.»

 

«2.9  Porém, se a moral é relativa, a ética não o é, fundada no mal ontológico, universal e permanente.»

 

(Miguel ReaL, Nova Teoria do Mal, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 2012, página 154-157; o destaque a negrito é posto por mim).

 

Se o bem não existisse no plano ético, natural, ainda que ocupando um lugar secundário face ao mal, a moral nem sequer existiria. Bem e mal existem no interior da ética, na profundidade ontológica do ser humano. O que se manifesta exteriormente, socialmente, como bem - exemplo: «não roubarás, não escravizarás ninguém» - para conter o mal intrínseco a cada ego não é meramente exterior, possui residência no coração e na razão de cada homem. Há uma tendência ética para fazer o bem, patente, por exemplo, na escolha de amigos e familiares e lealdade para com estes e na prestação de solidariedade a desconhecidos, a par da tendência ética para fazer o mal, patente, por exemplo, na exploração dos outros, na agressão física, no sequestro ou no assassinato, na maledicência, na chantagem  e no exercício egoísta do poder político-social ou familiar.

 

A NOVA RELIGIÃO HUMANISTA, SEM TEMPLOS NEM RITOS

 

A influência de Nietzschze na crítica ao cristianismo é visível em Miguel Real que propõe a extinção da ideia de Deus, já que esta deforma e antropomorfiza essa possível entidade que nunca se cruza com a vida humana e com a vida do universo:

 

«1.6.4  Deus, tal como a Europa o tem pensado nos últimos 2000 anos, é uma invenção humana. Foi inventado pelo homem como a única entidade que escapa ao mal. Foi (é) uma reacção infantil contra o mal. Uma reacção fundada na pretensão, no orgulho, alimentada pelo medo e rebeldia contra as faces do mal, a dor, o sofrimento psíquico, a morte e a escassez. Deus é, sempre, a última defesa contra o mal. Deus, com os atributos que o temos pensado, tornou-se o protector do homem, vestido humanamente de pai. »

 

«1.11 O deus humano retirar-se-á definitivamente da consciência dos homens, deixando emergir, em seu lugar, puro, vibrante e intenso, o sentimento de sagrado, o mesmo que se ora se encontra recalcado pelo discurso teológico e pelos preceitos institucionais das igrejas.»

 

«1.12  Porém, o sentimento do sagrado permanecerá vazio, sem objecto, sem religião, sem templo, sem livro ou ensinamento sagrado. Será apenas um sentimento -o sentimento que une cada homem a cada homem e cada ente ao ser e todos a todos, ou tudo a tudo. Deus, vazio, constituir-se-á como o laço ontológico dessa união, o vínculo substancial e sentimental, espiritual e metafísico, mental e social dessa aliança. Cada homem será a sua religião, cada homem será o seu deus  e cada partícula de espaço um templo, sem doutrina e sem liturgia, sem sacerdote nem teólogo, muito menos hierarquias, sempre indecentemente humanas.»

 

(Miguel ReaL, Nova Teoria do Mal, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 2012, páginas 84-87; o destaque a negrito é posto por mim).

 

Mas se o mal é o grande e único princípio ontológico, como sustenta Miguel Real, como poderá o sentimento que une cada homem a cada homem estabelecer um sentimento do sagrado que supere os teísmos, as teologias tradicionais? Se o homem inveja, odeia, potencial ou realmente, o seu semelhante, o esvaziamento da ideia de Deus ou deuses transcendentes que contêm a promessa de salvação beatífica ( o Paraíso, o Nirvana, etc) ou de castigo post-mortem ( os Infernos, o karma pesado de futuras reencarnações) só poderá piorar as relações humanas. O mal é o permanente, o universal substancial - diz Miguel Real. Como então transmutá-lo em bem? É impossível.

 

As novas gerações de adolescentes, parcialmente descristianizadas, já revelam, no comportamento, a "fase adulta da humanidade" que Miguel Real teoriza para o século XXI, sem deus ou deuses antropomórficos: hoje, há adolescentes que são deuses de si mesmos e não se coibem de agredir, oprimir ou roubar os semelhantes, sem os travões que a moral cristã, judaica, islâmica ou budista colocava, normativamente, aos seus pais, avós ou bisavós.

 

As ideias de Nietzschze do super-homem, que não venera nenhum deus além de si mesmo, são o puro regresso à barbárie de onde as religiões da equidade das almas (judaísmo, gnose neoplatónica, cristianismo, budismo, etc) retiraram, com maior ou menor eficácia, o homem. Não creio que o mundo sem deuses venha a ser uma realidade definitiva e irreversível, nem julgo que isso seja a melhor solução para uma vida humanamente digna e saudável. A crença em deuses espíritos, transcendentes à natureza biofísica ou imanotranscendentes a esta, subsistirá sempre.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

 

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 21:33
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 6 de Janeiro de 2014
Previsões astrológicas para 2014: as que acertarei e as que falharei

 

A astrologia é ainda, na presente conjuntura,  incapaz de prever com exactidão infalível todos os grandes e os pequenos acontecimentos dos anos vindouros. Refiro-me à astrologia histórico-social, a única que dispõe de uma base de dados empírica rica e de leis deterministas. Nesta astrologia não cabem os astrólogos comerciais, como Paulo Cardoso, modelo do chico-espertismo nesta área, e todos os que a televisão publicita, porque os seus métodos «dedutivos» de previsão (exemplo: «O ano de 2014 vai ser especialmente favorável aos Caranguejo e aos Virgem») carecem de seriedade, pecam por vagueza.

 

Nós, os raríssimos investigadores de história mediante a astronomia, criadores da Astrologia Histórico-Social, também cometemos erros ao prever. Mas fundamentamo-nos em leis astro-sociais, em regularidades, que comportam excepções, o que é diferente de «atirar previsões ao acaso, por intuição». Vou, pois, arriscar algumas previsões para 2014. Umas acertarão, outras falharão. Se falharem, não é grave. Grave é o facto de as universidades do mundo inteiro conferirem o título de «professor doutor» a pessoas que nada sabem do movimento planetário e das correlações que objectivamente existem entre este e os factos histórico-sociais e, além disso, troçam da «superstição» (!!!) e da «irracionalidade» (!!!) da astrologia. Grave é a censura epistémica que universidades e grandes media exercem sobre a investigação profunda e sistemática dos ciclos planetários na história humana social.

 

VITÓRIA DO BENFICA SOBRE O PORTO EM 12 DE JANEIRO DE 2014?

 

Em 12 de Janeiro de 2014, dia do Benfica- Porto, Júpiter estará em 14º 38´ de Capricórnio.  Analisando o mapa natal de Paulo Fonseca, verifica-se que a posição de Júpiter em 12 de Janeiro de 2014 faz um ângulo de 180º (oposição) a Marte no dia de nascimento do treinador do Porto, Marte entre 14º 33´e 15º 15´ de Capricórnio. Interpreto como negativo este ângulo. Poderá querer dizer derrota do FC Porto.

 

Analisando o mapa celeste de nascimento de Jorge Jesus, de 24 de Julho de 1954, verifica-se que nasceu com o Nodo Sul da Lua em 14º 41´/ 14º 42´ de Caranguejo. Ora Júpiter, em 12 de Janeiro de 2014, estará em 14º 38´/ 14º 30´ de Caranguejo, quase sobre esse Nodo, o que parece prenunciar alegria intensa. Provavelmente, o Benfica vencerá o FC Porto.  Mas seria necessário analisar o horóscopo de nascimento (carta astral do céu) de cinco ou seis jogadores de cada equipa para que a previsão fosse sólida. E, de momento, não o é.

 

No horóscopo de Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, há um sinal: a posição de Júpiter em 28 de Dezembro de 1937, em 1º 44´/ 1º 57´ de Aquário, será transitada por Mercúrio que, em 12 de Janeiro de 2014, viaja em 0º 10´/ 1º 50´  de Aquário. Admitindo que Mercúrio não é expansivo como Vénus mas constritor, não parece favorável a Pinto da Costa. Curiosíssimo é o facto de Luís Filipe Vieira ter nascido a 22 de Junho de 1949 - 8 anos exactos após a invasão da URSS de Stalin pelas tropas de Hitler; diga-se de passagem que o facies de Filipe Vieira faz lembrar um pouco o de Iosif Stalin, com o característico bigode grisalho... - com Júpiter entre 0º 35´ / 0º 29´ de Aquário e neste 12 de Janeiro de 2014 Mercúrio passar, tal como no caso de Pinto da Costa, sobre esse Júpiter do dia do nascimento.

 

As sugestões de analogias ontofonéticas para o dia 12 de Janeiro são contraditórias: o facto de nesse dia Paulo PORTAS vencer, previsivelmente, o 25º Congresso do CDS, implicará uma vitória do FC PORTO (evoca: PORTAS) no estádio da Luz?  A morte, em 11 de Janeiro de 2014, de Ariel Sharon, ex primeiro ministro de Israel, país de bandeira azul e branca, sugerindo o azul e branco do FC Porto, arrastará a derrota deste face ao Benfica? 

 

INUNDAÇÕES E TEMPORAL DE MAR E CHUVA EM 14-18 DE JANEIRO, 25-28 DE FEVEREIRO E 1-3 DE MARÇO DE 2014?

 

A passagem do Sol ou de um planeta em 24º-27º do signo de Capricórnio  (graus 294º-297º  de longitude na eclíptica) é uma concausa, uma condição necessária mas insuficiente para a eclosão de chuvas torrenciais, e inundações consideráveis ou neve em grande escala  em Portugal. Vejamos exemplos.

 

 

Em 25 e 26 de Novembro de 1967, com Marte em 24º 44´/ 26º 14´ de Capricórnio, chuvas diluvianas em Lisboa e áreas limítrofes como Algés, Colares, Loures, Loures, Barcarena, Pontinha, entre outras, produzem grandes inundações, desabamentos de casas e mais de 700 mortos; em 22 de Janeiro de 1985, com Júpiter em 26º 32´/ 26º 36´ de Capricórnio, o rio Arade sobe e inunda a parte baixa da cidade de Silves, cortando a EN124; em 14 de Janeiro de 1987, com Sol em 23º 16´/ 24º 17´ de Capricórnio, Mercúrio em 24º 5´/ 25º 44´ de Capricórnio, há uma queda generalizada de neve a cotas baixas em todo o Minho, Douro Litoral, cidade do Porto incluída, Galiza e em quase todo o Portugal continental; de 26 de Outubro a 6 de Novembro de 1997, com Úrano em 27º 16´/ 27º 25´ de Capricórnio, temporais de chuva assolam o sul de Portugal e ilhas, com uma tromba-de-água derrubando casas e árvores em Monchique, Algarve, no dia 26, um temporal e deslizamento de terras e casas em Ribeira Quente, concelho de Povoação, na ilha açoriana de São Miguel, causando a morte confirmada de 29 pessoas e o desaparecimento de 4, no dia 31, e chuvas diluvianas com inundações no Alentejo, especialmente nos concelhos de Ourique, Aljustrel, Odemira, Beja e Moura, gerando 12 mortos, nos dias 5 e 6; de 4 a 7 de Janeiro de 2014, com Vénus em 25º 32`/ 23º 20´ de Capricórnio, um temporal de mar, chuva e vento fustiga toda a costa portuguesa, com numerosos episódios, entre eles, um tornado destrói o telhado de 2 fábricas e desaloja 60 pessoas em Lordelo, Paredes (dia 4), duas ondas gigantes destroem o bar «O moinho» em Carcavelos (dia 6) , uma onda gigante galga a marginal da Foz do Porto, o mar invade ruas de Espinho e de Paredes de Vitória, em Alcobaça,  e quatro homens são encurralados por 2 ondas no Clube Naval da Ericeira (dia 6), uma vaga de mar galga a marginal no Furadouro colhe pessoas e parte uma perna a uma, o mar destrói o restaurante da praia do Ourigo na Foz do Porto (dia 7).

 

Prevejo, sem infalibilidade, como dias de novos temporais de vento, chuva e mar em Portugal os dias: 14 a 18 de Janeiro de 2014 (Sol de 24º a 27º de Capricórnio), 25 a 28 de Fevereiro e 1 a 3 de Março de 2014 (Vénus de 24º a 27º de Capricórnio).

 

 

 

ACIDENTES DE COMBOIO EM PORTUGAL EM 24-25 DE JANEIRO, 8-10 DE FEVEREIRO, 6-9 DE MARÇO E 27-29 DE MARÇO DE 2014?

 

Uma das leis que preside à ocorrência de acidentes de comboio em Portugal é a seguinte: a passagem do Sol ou de um planeta na área 20º-21º do signo de Aquário ( graus 320º-321º da eclíptica) é condição necessária mas não bastante para a ocorrência de descarrilamento, choque de comboios, atropelamento de pessoa ou abalroamento de automóvel ou outro veículo por um comboio em Portugal. Eis alguns exemplos.

 

Em 21 de Janeiro de 2013, com Marte em 20º 27´/ 21º 15´ de Aquário, o comboio regional que seguia do Entroncamento para Coimbra e que habitualmente era formado por uma UTE (Unidade Tripla Eléctrica), com seis carruagens é embatido, na estação de Alfarelos, pelo comboio Intercidades, que seguia para o Porto, cuja locomotiva, mais pesada, entra pelas carruagens adentro, abrindo-as, causando 15 feridos; em 22 de Janeiro de 2012, com Marte em 21º 15´ / 22º 2´ de Aquário, o carro de um homem que fugia à polícia por roubar gasóleo é abalroado por um comboio da linha do Norte que seguia no sentido Aveiro-Coimbra no apeadeiro de Fornos, Vilela, Coimbra, e o homem foge; em 1 de Fevereiro de 2013, com Mercúrio em 21º 55´/ 23º 51´ de Aquário, no apeadeiro de Santa Ana, no Cartaxo, um automóvel é abalroado por dois comboios, resultando dois feridos;  em 8 de Fevereiro de 2013, com Sol em 19º 22´/ 20º 23´  de Aquário, de manhã, a carruagem de um comboio da linha de Cascais descarrila na curva do Mónaco, junto da estação da CP, outro comboio descarrila na recta de Algés, linha de Cascais.

 

Assim, prevejo como dias de possível acidente de comboio em Portugal: 24 e 25 de Janeiro de 2014 (Mercúrio em 20º-21º de Aquário);  8 a 10 de Fevereiro de 2014 (Sol em 20º-21º  de Aquário); de 6 a 9 de Março de 2014 (Mercúrio em 20º-21º de Aquário); de 27 a 29 de Março de 2014 (Vénus em 20º-21º de Aquário).

 

 

EARTHQUAKE IN TURKEY ON 18-26 OF FEBRUARY 2014?

 

A great earthquake or other note accident is possible in Turkey between 18 and 26 of February 2014 when the Moon´s North Node slides from 29º 59´Libra untill 29º 41´Libra. Foundations of this predictions are these facts:

 

On September 6, 1975, with  Uranus in 29º 54´/ 29º 57´ Libra, an earthquake in Lice ,Turkey, causes 2,386 deaths;on October 30, 1983, with  Pluto in 29º 44´/ 29º 46´ Libra, an earthquake in Eastern Turkey, kills 1,342 people.

 

 

ACIDENTE DE AVIÃO (AIRCRAFT DISASTER) PERTO DE ATENAS OU EM ATENAS EM 19-22 DE FEVEREIRO DE 2014?

 

Para o período 18-22 de Fevereiro de 2014, em que o Nodo da Lua estará em 29º de Balança e Mercúrio em 24º-20º de Aquário, há uma razoável probabilidade de ocorrer um acidente ou incidente perto de Atenas ou no aeroporto de Atenas.

 

Fundamento: on December 28, 1968, with Mars in 28º 54´/ 29º 28´ Libra, Venus in 21º 5´/ 22º 14´ Aquarius, a Palestinian attack against an Israeli aircraft takes place in Athens airport; on December 8, 1969, with Jupiter in 28º 31´/ 28º 41´ Libra, Mars in 24º 21´/ 25º 5´ Aquarius, an Olympic Airways DC-6B crashes near Athens in a storm, provoking 93 deaths.

 

ACIDENTES DE AVIÃO NO BRASIL EM 15-17 DE MARÇO, 4-5 DE ABRIL E 28-30 DE ABRIL DE 2014?

 

Este é apenas um dos ciclos de acidentes aéreos no Brasil, o que se vincula à presença do Sol ou planetas em 25º e 26º de Peixes. Em 17 e 18 de Março de 2014, o Sol estará em 25º e 26º  de Peixes. Em 4 e 5 de Abril  de 2014, Mercúrio perpassará em 25º e 26º de Peixes. De 28 a 30 de Abril de 2014, Vénus perpassará em 25º-26º de Peixes. Estas datas são propensas a quedas de avião no Brasil.

 

Fundamento:

Em 29 de Setembro de 2006, com Nodo Norte da Lua em 25º 18´/ 25º 17´ de Peixes, um avião da Gol, voo 1009, colide no ar, em Mato Grosso,  com um avião a jacto Legacy, morrendo 156 pessoas, a maior tragédia aérea do Brasil; em 1 de Junho de 2009, com Úrano em 26º 15´ / 26º 17´ de Peixes, um Airbus A330 da Airr France, que viaja do Rio de Janeiro a Paris, desaparece no Oceano Atlântico, morrendo 228 pessoas que iam a bordo.

 

LEONARDO JARDIM E BRUNO DE CARVALHO VITORIOSOS EM 10 E 11 DE MAIO DE 2014?

Em 10 e 11 de Maio de 2014, Quiron passa em 16º 59´/ 17º 1´ de Peixes quase exactamente em cima do Júpiter de nascimento (1 de Agosto de 1974) do treinador do Sporting Clube de Portugal, o luso-venezuelano Leonardo Jardim, Júpiter esse na zona 16º 55´/ 16º 51´ de Peixes. É um bom aspecto astral.

 

Em 11 de Maio de 2014, Vénus passará em 9º 14´ / 10º 13´ de Carneiro, quase em comjunção exacta com o Quirón no nascimento de Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, em 10º 23´/ 10º 26´ de Carneiro, no dia 8 de Fevereiro de 1972.

 

Sendo a última jornada da Liga Zon Sagres, em Portugal, em 11 de Maio de 2014, é possível inferir uma alegria intensa para ambos: o Sporting vencedor da Liga, superando o FC Porto e o Benfica? Ou será apenas indicativo de o Sporting ficar em segundo lugar, superando o FC Porto, ante um Benfica campeão da Liga Zon Sagres?

 

 

A QUEDA FÍSICA DE UM MINISTRO OU SECRETÁRIO DE ESTADO OU DEPUTADO EM JULHO DE 2014

 

De 7 a 11 de Julho de 2014, Júpiter estará em 28º de Caranguejo. Isso poderá significar a queda física acarretando uma lesão corporal de um ministro, secretário de Estado, deputado ou dirigente político português.

 

Fundamento desta presunção:

A) Em 12 de Maio de 1931, com Marte em 28º 14´/ 28º 53´ de Caranguejo, Oliveira Salazar, ministro das finanças da ditadura militar, escorreganum tapete que desliza no encerado de uma sala do Ministério e fractura a perna direita;

 

B) Em 3 de Agosto de 1968, com Marte em 28º 14´/ 28º 53´ de Caranguejo, o velho ditador Oliveira Salazar caino Forte de Santo António no Estoril e contrai uma lesão intracraniana que o incapacitará de governar.

 

EARTHQUAKE IN USA IN 18-27 OFJULY 2014?

There is a medium probabilty of an earthquake in U.S.A. in 18-27 of July 2014, when Mercury will be in 6º-10º of Cancer (18-21 July) and Venus will be in 5º-10º of Cancer (22-27 of July).

 

On April 18, 1906, with Neptune in 7º 51´/ 7º 52´Cancer, Uranus in 8º 29´Capricorn, an earthquake in San Francisco, California, provokes 503 deaths.

 

INVASÃO MILITAR DOS EUA A UM PAÍS ENTRE 17 DE JULHO DE 2014 E 11 DE AGOSTO DE 2015?

 

Neste período de 2014-2015, Júpiter viajará no signo de Leão, o que impele a aventuras militares por parte dos EUA.

 

Exemplo: em 19 de Março de 2013, com Júpiter em 8º de Leão, os EUA e a Grã-Bretanha, movidos pelos lobbies armamentista e outros, atacam militarmente o Iraque, iniciando uma guerra que levará ao derrube de Sadam Husein e da ditadura da minoria sunita.

 

 

 REVOLTA POPULAR OU DEMISÃO DE GOVERNANTE EM AGOSTO-SETEMBRO DE 2014 EM PORTUGAL?

 

A política de austeridade do governo PSD-CDS de Passos Coelho e Paulo Portas, liberal-conservador, tem gerado diversos movimentos de resistência popular em Portugal, desde Junho de 2011, quando  Júpiter estava em Touro, até hoje, em que Júpiter desliza no signo de Caranguejo (arco do céu de 90º a 120º de longitude eclíptica). A 16 de Julho   de 2014, Júpiter entrará no signo de Leão e isso deverá abrir um período favorável às esquerdas que decorrerá, em princípio, até 11 de Agosto de 2015, dia em que Júpiter passará de 29º de Leão para 0º do signo de Virgem, signo favorável à direita portuguesa. Se houver eleições legislativas em 2015, até Agosto de 2015, o PS, dirigido hoje pelo agente do clube mundialista e criminoso de Bilderberg António José Seguro, será o presumível vencedor. 

 

De 17 de Agosto a 20 de Setembro de 2014, Júpiter estará em 7º-13º do signo de Leão - arco do céu de 120º a 150º da eclíptica - o que deverá gerar um forte protesto de esquerda ou acto revolucionário contra o governo então vigente em Portugal ou simplesmente a demissão de um ministro ou, quiçá, do presidente da república. O que sucederá, em concreto? A queda parcial do governo? Um atentado? Uma invasão de edifícios governamentais?

 

Eis quatro factos histórico-astronómicos em que me fundamento:

 

A) Em 1 de Fevereiro de 1908, com Júpiter em 8º do signo de Leão (ou grau 128 da eclíptica, em longitude), a Carbonária Portuguesa, pelas mãos munidas de carabinas de Alfredo Costa e Manuel Buíça, assassina a tiro, no Terreiro do Paço, em Lisboa, o rei D. Carlos e o príncipe herdeiro Luís Filipe, por sustentarem a ditadura de João Franco que, na sequência do regicídio, cai, subindo ao trono D. Manuel II.

 

B) Em 14 de Dezembro de 1918, com Neptuno em 9º de Leão, o presidente da República Nova, Sidónio Pais, é assassinado a tiro na estação do Rossio, em Lisboa, pelo republicano José Júlio da Costa, amigo do Grão-Mestre da Maçonaria Magalhães Lima.

 

B) Em 26 de Agosto de 1931, com Júpiter em 8º do signo de Leão,  um grupo de oficiais antifascistas apodera-se dos quartéis de Metralhadoras 1 e de Artilharia 3, junta da Penitenciária de Lisboa, e ocupa com os militares revoltosos a zona desde o alto do Parque Eduardo VII ao Largo do Rato, englobando Campolide, mas a artilharia da ditadura militar e as ofensivas da GNR e do regimento de Caçadores 5 abafam a revolta, de tarde.

 

C) Em 4 de Dezembro de 1980, com Nodo Norte da Lua em 13º-12º  de Leão, o 1º ministro Sá Carneiro e o ministro da Defesa Amaro da Costa morrem em atentado à bomba no avião CESSNA em que viajavam, sobre Camarate

 

A previsão desta maneira é uma indução: erige uma lei geral a partir de casos empíricos similares. Os actuais doutorados, - refiro-me a pensadores como Peter Singer, Nigel Warburton, Alan Renault, Slavoj Zizek, José Gil, José Matoso, João Medina, António Barreto, Marcelo Rebelo de Sousa, José Pacheco Pereira e tantos outros - destituídos de inteligência holística, não concebem que Júpiter, sempre que passa uma vez, durante alguns dias, de doze em doze anos, nos graus 7 e 8 do signo de Leão, possa suscitar um influxo de esquerda em Portugal....São demasiado antropocêntricos na sua ignorância do mistério cósmico. Não pensam o mundo, e a vida humana em particular, como um todo cósmico. Falta-lhes a noção da lei dialética do uno: no universo nada está isolado, tudo se relaciona e forma um imenso Uno.

 

Que tem de inadmissível que os movimentos de um  planeta suscitem uma revolução ou contra-revolução no Brasil ou na Argentina ou em Portugal, uma vitória futebolística do Flamengo,  dos Estudiantes de la Plata, ou do Sport Lisboa e Benfica? Nada. Só mentes fragmentadas e fragmentárias objectam contra isto.

 

QUEDA DE PASSAGEIROS NA LINHA FERROVIÁRIA EM 26-28 DE AGOSTO E 12-15 OU 21-24 DE SETEMBRO?

 

A passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 20º-22º do signo de Virgem (para astrónomos: graus 170-172 de longitude eclíptica) é condição necessária mas insuficiente para causar um acidente no Metropolitano de Lisboa, em particular a queda de passageiros na linha de uma estação. Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua na área 20º-22º do signo de Virgem, tornando muito provável a queda de um passageiro na linha férrea,  são: 26-28 de Agosto de 2014 (Mercúrio); em 12-15 de Setembro de 2014 (Sol); em 21-24 de Setembro de 2014 (Vénus).

 

ACIDENTES NO METROPOLITANO DE LISBOA EM SETEMBRO, OUTUBRO E NOVEMBRO DE 2014

 

 

A passagem de um planeta ou Sol na área 0º-2º de Escorpião gera em regra acidentes no metropolitano de Lisboa: quedas de passageiros à linha, descarrilamentos, incêndios, etc. Algumas das próximas datas em que ocorrerá a passagem de um planeta, do planetóide Quiron, do Sol ou de um Nodo da Lua em 0º-2º  de Escorpião são em 2014: de 27 de Setembro a 10 de Outubro de 2014 (Mercúrio); em 23-26 de Outubro de 2014 (Vénus); em 8-10 de Novembro de 2014 (Mercúrio).

 

PS- Se é professor ou estudante de filosofia, história ou demais ciências, porque não começa a compreender os movimentos planetários e a astrologia histórico-social e libertar-se da crucial ignorância a que o votaram nessa matéria? Adquira na nossa loja online www.astrologyandaccidents.com as nossas obras «Álvaro Cunhal e Antifascismo na Astrologia Histórica», recentemente lançada, «Os acidentes em Lisboa na Astronomia-Astrologia» e outras que lhe fornecem conhecimentos que em nenhum outro lado pode encontrar. É tempo de ser culto e profundo! Pense por si, sem receio dos clichés dominantes.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

 

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 14:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Teologia cátaro-bogomila:...

Teologia cátaro-bogomila:...

Ponto 23º 7´/23º 15´de qu...

Erros na tradução portugu...

O sublime moral para Scho...

Seísmos en México en Astr...

Área 9º-10º do signo de T...

Neocátaros versus budismo...

Teologia neocátara: sem j...

Herbert Marcuse: o caráct...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds