Sábado, 5 de Outubro de 2013
Reflexões gnósticas cristãs para inquietar os agnósticos

 

 1- O CORPO BELO DE UMA MULHER É UM ÍDOLO - Platão chamava ídolos às imagens- fantasma, sombras de objectos reais colocados atrás dos prisioneiros, que estes viam projectadas na parede da caverna onde estavam presos desde a nascença. Ora, o corpo belo de uma mulher é um ídolo - por que se há-de amar as belas e não as feias? Assim, o acto sexual é uma pura e agradável idolatria. Deus e o tempo vingam-se dessa idolatria: as mulheres outrora belas ganham rugas, engordam, ficam com os seios e a barriga flácidos. Que havemos de amar nelas senão a alma invisível, já que o corpo é corruptível?

 

2- AS MULHERES SÃO TODAS FEIAS, se comparadas com a beleza da Virgem Maria ou Éon Sofia na gnose de Valentim.

 

3- SE UMA ESPOSA IMPEDE O MARIDO DE ORAR À VIRGEM Maria, e se  zanga quando ele vai a uma missa cristã ou entra numa igreja, dizendo «Tu não gostas suficientemente de mim», ele deve divorciar-se. Pois o amor à Virgem é mais importante que o amor à esposa, à namorada, à amante.

 

4- EU APENAS CONSIGO NAMORAR uma mulher jovem e bela que reze permanentemente - não de forma egoísta - e que diga: «Como sou feia em comparação com a vossa beleza, Santa Virgem Maria!» E que não me exija nada fora da visão religiosa e mística.

 

5- OS FILÓSOFOS ANALÍTICOS, POSITIVISTAS LÓGICOS e outros limitam o conhecimento à visão, ao cheiro, à audição e ao tacto e à razão submetida a eles. Por isso dizem: «A Virgem Maria é pura imaginação, não tem sentido sequer supor que existe». Ignoram que o coração é também uma fonte de conhecimento.E como podemos fiar-nos na «racionalidade» destes filósofos, se nem sequer a sua limitada inteligência lhes dá a intuição e a compreensão racional da Astrologia histórico-social, de como os planetas deslizando no Zodíaco controlam por completo os actos humanos e biofísicos na Terra?

 

 6- ORAR E SOBREPOR-SE À AUTOCOMISERAÇÃO - Se orarmos permanentemente a Cristo e à Virgem Maria e desprezarmos o nosso ego sedento de popularidade entre a vasta massa, carícias e luxos, elogios de amigos e familiares, ultrapassaremos os lamentos, a autocomiseração e atingiremos um apreciável patamar de tranquilidade/ felicidade.

 

7- OS MEUS VERDADEIROS AMIGOS possuem sempre um lado traiçoeiro, irónico, ainda que leve. Detecto isso, sem grande esforço. É por isso que só tenho amigos de conveniência, interesseiros, instáveis, excepto, claro, Jesus Cristo e a Virgem Maria que não precisam de mim e por isso amam-me.

 

8- O AMOR DO HOMEM A UMA MULHER é, em regra, uma questão vaginal. O resto é retórica, poesia. ilusão.

 

9- É INCONCILIÁVEL SERVIR A DEUS E AO MUNDO - Se queremos uma vida mundana e feliz, repleta de prazeres e movimento - é a tendência natural de cada um - afastamo-nos de Deus, a grande Escuridão visível que tem dentro a Luz. Se servimos a Deus, apagamo-nos para o mundo social, em certa medida, e fracassamos nalguns campos ou em todos. Não há como resolver isto, a menos que Deus seja o mundo visível, sensível, palpitante de emoções.

 

10- AO ESPÍRITO DE FORNICAÇÃO chamamos amor, AO INTERESSE DE CONVIVER chamamos amizade.

 

11- O AMOR É UM SENTIMENTO GERAL - Não se ama ninguém em particular, a não ser acidentalmente. O universal serve-se do particular mas ab-roga-o, anula-o, quando assim o entende, como diria Hegel. Por isso se amo esta mulher agora poderei a qualquer momento amar outra. Essencialmente, não amo nenhuma das duas, porque são finitas, limitadas e limitam-me.

 

12- DEUS NÃO TEM O PODER TODO SOBRE O MUNDO DA MATÉRIA- Com tantos males e ruindade no mundo, derivados do instinto de sobrevivência de cada um e do deus do Mal (o Diabo), não pode dizer-se que Deus manda na história do mundo nos seus mais ínfimos pormenores. O mal está incluído na Ordem Cósmica. Voltamos pois à tese gnóstica: a tua alma é criação do Deus Superior e do Eón Sofia (a Santa Virgem Maria) e o teu corpo é criação do demiurgo, um deus inferior, que alguns identificam com Iavé e outros com Satã. Ou este não será o demiurgo mas uma entidade inferior e obscura do mundo subterrâneo, os Infernos... Metafísica!

 

13- BELEZA -És bela, jovem, estás a sair ou já saíste da adolescência. Maquilhas-te, produzes-te, vives preocupada com a higiene do corpo e a elegância e exotismo da roupa que usas. E com a alma interior? Lavas esta com bons pensamentos e orações? Ou praticas bullying sobre outras colegas, dizes mal delas, procuras roubar-lhes os namorados, fazes sexo com quem não amas por pura animalidade, fumas charros e estouras gradualmente o teu cérebro são, tomas como ídolos o Justin Bieber, a Madonna, o Marilyn Manson? Que importa a tua beleza exterior se ainda não és bela interiormente?

 

14- FIZESTE AS TUAS ORAÇÕES AO ALTÍSSIMO, HOJE? - Não fizeste? Então que esperas? Podes ser ceifado da vida a qualquer instante, por um acidente interno ou externo. Coloca-te na presença de Deus e fala Lhe. Se tivesses a infelicidade de morrer hoje, arderias anos seguidos no Purgatório, com sofrimentos idênticos aos do Inferno.

 

«Isso é meter medo às pessoas! - dizes - Não aceito esta religião». Mas se o amigo que vai a conduzir o carro que te transporta insiste em acelerar a 140 quilómetros/ hora, não é teu dever meter-lhe medo, dizendo »Olha que podemos sofrer um acidente gravíssimo e morrer ou ficar paraplégicos»? Também tu vais a 140 quilómetros à hora na tua vida - de bar em bar, de bebida em bebida, de charro em charro, de namorada em namorada, de ameaça em ameaça a quem não gostas, de concerto em concerto musical, de negócio menos honesto a negócio menos honesto - e não paras para ver o essencial: a divindade sustenta-nos a cada instante e devemos louvá-La.

 

15- O AMOR E A SENSUALIDADE - Frequentemente o que se chama de amor está contaminado pela sensualidade. Não é amor: é desejo sexual, excitação hormonal, sensação de prazer imediato e cego. As mulheres sabem disso e muitas vezes deixam-se ir na onda... A verdadeira amizade quase não existe neste mundo. Quase nenhum dos meus amigos do facebook é meu amigo... É apenas fachada, um vago interesse de saber algo.

 

16- CADA DIA ESTÁS MAIS PERTO DE ENFRENTAR DEUS e nem te dás conta. A tua dívida em pecados - injúrias sobre os outros, manipulação, silenciamento das capacidades dos que te são superiores na profissão ou no pensar,  exploração, etc - é sustentável? Como vais conseguir pagá-la, se não orares já?

 

17- POR MAIS AMOR QUE FAÇAS SEXUALMENTE BEM EXECUTADO, não conseguirás prender a alma da tua (teu) parceira (o). Por isso, as relações dos casais são instáveis, submetidas à lei da contingência. Mas o Amor de Cristo não é instável: nele não corres risco.

 

18- HÁ UMA CONTRADIÇÃO ENTRE SER SANTO E SER REVOLUCIONÁRIO SOCIAL - Os anarquistas espanhóis, cujos ideais de dignidade humana e igualdade social ainda hoje perfilho em grande parte, queimaram em 1936-1937 centenas de igrejas e capelas e executaram padres e freiras, atitudes anti clericais que abomino. Sou, portanto um atípico simpatizante do anarquismo que reza a Deus e à Virgem Maria, entidades não anárquicas, vértices das hierarquias celestes.

 

Há esta fractura insanável entre ser revolucionário social e ser cristão (gnóstico, católico, protestante, etc). O PCP sempre foi muito mais cuidadoso nas relações com a igreja católica e outras igrejas do que a extrema esquerda trotskista, anarquista, maoísta, guevarista, internacional situacionista. Lembro-me de que esta corrente, em 18 de Junho de 1975, cercou o patriarcado de Lisboa que fechara a Rádio Renascença ocupada pelos trabalhadores revolucionários e entrou em luta, com apedrejamentos, contra o cordão humano de católicos que formou um escudo em redor do edifício do patriarcado.

 

Os comunistas genuínos estão próximos de Cristo mas não rezam nem veneram Cristo em espírito e caem na idolatria dos Lenine, Estaline, Mao Ze Dong, Kim Il Sung, Fidel Castro, falsos deuses de pés de barro. Globalmente, o comunismo ateu é uma  religião «humanista», materialista, assente na veneração divinizadora do «faraó» vermelho, isto é, o líder do «proletariado» e é uma impostura científica: como todo o ateísmo, fecha as aberturas a outros mundos invisíveis, com a agravante de que persegue ou pode perseguir cultos religiosos e metafísicos.

 

O padre Francisco da Cruz (29 de Julho de 1859- 1 de Outubro de 1948) tem, provavelmente, maiores poderes de intercessão junto de Deus do que o líder do PCP Álvaro Cunhal (10 de Novembro de 1913- 13 de Junho de 2005) mas não está excluída a hipótese de Cunhal ser um santo não católico. Na verdade, só por «milagre» o PCP mantém ainda em Portugal uns 12% do eleitorado e bastiões operários e autárquicos importantes, 39 anos após a revolução popular de 1974-1975. Cunhal será um «Santo António vermelho»?

 

19- A PROPÓSITO DA MÚSICA «PANIS ANGELICUS» DE CÉSAR FRANK- O verdadeiro pão dos anjos é, não a hóstia consagrada - esta é-o por reflexo - mas o redondo branco-ouro da alma da pessoa que a vai tomar, com devoção. É um pão interior, supersubstancial, como diziam os cátaros.

 

20- ANTES DE DEITAR PEÇAM AO VOSSO ANJO DA GUARDA que vele por vós, pelos familiares e pela casa. Não costumam fazer isso? Que raio de vida espiritual é a vossa, se não utilizais os poderes reais do invisível mas vedes televisão até às duas da madrugada? A oração é tão eficaz como a faca de cortar a carne ou a batedeira eléctrica. É mesmo mais eficaz do que estes objectos materiais: ela corta e despedaça a «matéria» psíquica do Mal.

 

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt
f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 20:48
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
17

19
21
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Áreas 21º-24º de Carangu...

Ponto 27º 37´/ 27º 44´ de...

Equívocos no Exame Nacion...

25 a 30 de Junho de 2017:...

28 de Junho a 1 de Julho ...

Breves reflexões de Junho...

Areas 14º-18º of Aries, 2...

Identidade de género, uma...

Teste de filosofia do 10º...

Teste de Filosofia do 11º...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds