Domingo, 11 de Novembro de 2012
Fim do mundo em 21 de Dezembro de 2012? Que se pode saber mediante a Astrologia Histórico-Social?

Ocorrerá o fim do mundo, uma catástrofe que destruirá o planeta Terra ou grande parte dele, em 21 de Dezembro de 2012, como dizem os que se apoiam numa antiga profecia maia? Não sei, mas presumo que não.

 

Apenas posso formular, a partir da posição dos planetas nesse dia, hipóteses com base nos factos históricos, certo que estou do determinismo planetário-zodiacal sobre os humanos e toda a vida na Terra.  Deixarei, apenas factos, sem me atrever a formular uma previsão.

 

Nesse dia 21 de Dezembro de 2012, Úrano estará em 4º 38´/ 4º 39´ de Carneiro, Saturno estará em 8º  de Escorpião, o Sol estará em 29º do signo de Sagitário e 0º do signo de Capricórnio, Marte estará em 26º do signo de Capricórnio, Plutão estará em 8º 56´/ 8º 58´ de Capricórnio - o mesmo ponto do Zodíaco em que esteve em 20-23 de Fevereiro de 2012 e (retrógrado) em 30-31 de Maio e 1 de Junho de 2012, datas que convém investigar. Não esquecer que um signo é um arco de 30º da circunferência celeste e que todos os signos estão em simultâneo no céu a cada instante, 5 ou 6 na metade visível do céu e os restantes na metade invisível, abaixo da linha do horizonte.  

 

PONTO 4º 37´/ 4º 40´ DE QUALQUER SIGNO:

 

LISBOA, PORTUGAL

 

Em 21 de Dezembro de 2012, Úrano estará em 4º 39´/ 4º 40´ do signo de Carneiro. Aliás em quase todo o mês de Dezembro Úrano estará neste ponto ou, quase estacionário, na sua vizinhança mais próxima: em 1 de Dezembro, Úrano estará em 4º 41´/4º 40´ de Carneiro, em 13 de Dezembro estará em 4º 37´ de Carneiro, e em 24 de Dezembro, mover-se-á em 4º 40´ de Carneiro.Isso sugere, pela teoria dos graus minutos numericamente homólogos entre si de todos os signos, que descobri cerca de 2002, e publiquei em 2008 no livro "Os acidentes em Lisboa na astronomia-astrologia, Astrology and accidents in USA», que Portugal, vinculado ao ponto 4º 37´/ 4º 40´ de qualquer signo zodiacal,  deverá estar no «olho do furacão» da influência planetária nesse mês e, quiçá, no dia 21 de Dezembro.

 

 

 Em 23 de Abril de 1909, com Júpiter em 4º 39´/ 4º 37´ de Virgem, cerca das 17 horas e 40 minutos, um abalo de terra abala toda a região do vale inferior do rio Tejo, afectando Lisboa, Évora, Coimbra, Tavira e destruindo por completo a vila de Benavente e parcialmente Salvaterra de Magos, Samora Correia e Santo Estevão, com um saldo de 46 mortos e 75 feridos nesta zona ribatejana; em 25 e 26 de Novembro de 1967, com Júpiter em 4º 40´/ 4º 45´ de Virgem, chuvas torrenciais em Lisboa e arredores causam inundações diluvianas e 457 mortos confirmados além de numerosos desaparecidos e casas destruídas; em 25 de Abril de 1974, com Plutão em 4º 42´/ 4º 41´ de Balança, um golpe militar não sangrento dirigido pelo movimento dos capitães (MFA) derruba a ditadura direitista de Marcelo Caetano e instaura as liberdades democráticas em Portugal abafadas desde 1926, registando-se 4 mortos e dezenas de feridos na Rua António Maria Cardoso, em Lisboa, devido a rajadas de agentes da DGS, polícia política fascizante, entrincheirados na sua sede; em 25 e 26 de Novembro de 1975, com Úrano em 4º 36´/ 4º 46´ de Escorpião, a extrema-esquerda revolucionária incarnada nos páraquedistas de Tancos, extintos pelo VI Governo, desencadeia um golpe militar em Portugal ocupando as bases de Tancos, Monte Real , Montijo, Ota e o Estado Maior da Força Aérea e outras unidades revolucionárias sublevam-se, no dia 25, os comandos da Amadora de Jaime Neves, interpretando a “contra-revolução “liberal e legalista e contando com a passividade de Otelo Saraiva de Carvalho, comandante de Copcon, assaltam no dia 26 o Regimento da Polícia Militar e desarticulam o golpe, havendo 8 mortos nos confrontos, o triunfo da democracia parlamentarista e a derrota da esquerda extraparlamentar.

 

  

 

SATURNO EM 8º DE ESCORPIÃO:

BEIRUTE, LÍBANO

 

 

Em 21 de Dezembro de 2012, Saturno estará em 8º  37´/ 8º 42´ de Escorpião.

 

Em 12 de Novembro de 1983, com Saturno em 8º 39´/ 8º  46´ de Escorpião, termina o prazo dado a Yasser Arafat para deixar Beirute, onde com as suas forças da Organização de Libertação da Palestina continua cercado, numa semana que termina com 381 mortos e mais de 800 feridos.

 

ÁREA 29º DE SAGITÁRIO E 0º-1º DE CAPRICÓRNIO:

COSTA, SCOTT, ESCÓCIA, ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA DO NORTE

 

 

 

Em 21 de Dezembro de 2012, o Sol estará em 29º do signo de Sagitário e 0º do signo de Capricórnio. Esta posição sugere entes e femómenos de nome COSTA e nomes de ressonâncias parónimas como SCOTT ou ESCÓCIA. E ainda EUA.

 

Em 9 de Janeiro de 1913, com Marte em 28º 50´/ 29º 35´ de Sagitário, toma posse o primeiro governo do Partido Republicano Português, agora chamado Partido Democrático, chefiado por Afonso COSTA.

 

Em 21 de Dezembro de 1940, com Sol de 28º 59´ de Sagitário a 0º 0´ de Capricórnio, morre o escritor norte-americano SCOTT Fitzgerald.

 

Em 21 de Dezembro de 1984, com Sol de 28º 59´ de Sagitário a 0º 0´ de Capricórnio, Gorbachev anuncia em Edimburg, EsCÓCIA, a morte do ministro da defesa da URSS, marechal Dmitri Ustinov, de 76 anos de idade.

 

Em 21 de Dezembro de 1988, com Sol de 29º 18´ de Sagitário a 0º 19´ de Capricórnio, um Boeing 747 da Pan Am despenha-se sobre Lockerbie, na EsCÓCIA, por atentado à bomba levado a cabo por um líbio, morrendo 258 passageiros e 17 habitantes da aldeia.

 

Em 15 de Dezembro de 1975, com Mercúrio em 1º 18´/ 2º 52´ de Capricórnio, 4 operários químicos morrem e 79 outras pessoas resultam feridas quando um vagão tanque, cheio de cloro líquido, explode junto das cataratas do Niagara, nos EUA;

 

Em 11 de Setembro de 2001, com Marte em 1º 10´/ 1º 41´ de Capricórnio,  num atentado múltiplo executado supostamente pela Al-Qaeda, manipulado pela cúpula da CIA e pela Administração Bush para lançar depois uma cruzada dos EUA no Médio Oriente, dois aviões de passageiros sequestrados por pilotos islâmicos esmagam-se contra as Torres Gémeas do World Trade Center de Nova Iorque que, cerca de uma hora depois ruem, graças a bombas montadas no interior, morrendo 2 749 pessoas, um outro avião sequestrado esmaga-se num campo em Shanksville, Pensylvania, morrendo 40 pessoas, e um míssil atravessa uma parede do Pentágono, perecendo 148 pessoas.

 

 

 

ÁREA 25º-27º DO SIGNO DE CAPRICÓRNIO:

 

AS INUNDAÇÕES DA GRANDE LISBOA EM 1967, ACIDENTES OU CRIMES NOTÁVEIS EM SANTO TIRSO, EXPLOSÃO EM OFICINA DE PIROTECNIA, QUEDA DE AVIÃO EM PORTUGAL

 

 

Em 21 de Dezembro de 2012, Marte estará em 26º 4´/ 26º 51´ do signo de Capricórnio. Vejamos algumas efemérides sobre a passagem de Marte e de outros planeta nesta área do Zodíaco que nos poderão sugerir o que irá suceder.

 

 

Em 24 de Outubro de 1922, com Marte em 25º 19´/ 26º 0´ de Capricórnio, o parlamento irlandês aprova uma Constituição para o Estado Livre da Irlanda.

 

Em 25 e 26 de Novembro de 1967, com Marte em 24º 44´/ 26º 16´ de Capricórnio, chuvas diluvianas geradoras do transbordo de rios e ribeiras assolam o concelho de Loures e outros da área da Grande Lisboa, em particular  lugares como Bairro Espírito Santo, Silvado, Pombais, Arroja, Póvoa de Santo Adrião, Olival de Basto, Senhor Roubado, Urmeira, Bairro de Santa Maria, Pontinha, Serra da Luz, Famões, Bairro da Barrosa Odivelas, causando um total de 457 mortes humanas confirmadas e um número indefinido de desaparecidos, devendo o número de mortos elevar-se a cerca de 700.

 

Em 2 de Outubro de 1986, com Marte em 26º 17´/ 26º 48´ de Capricórnio, um homem de uniforme militar dispara três tiros de pistola contra Rajiv Gandhi e o presidente da república da Índia, que escapam ilesos, à saída de um templo hindu onde haviam ido prestar homenagem à memória do Mahatma Gandhi.

 

Em 8 de Fevereiro de 1990, com Mercúrio em 24º 46´/ 26º 0´ de Capricórnio, Plutão em 17º 46´ de Escorpião, Marte em 6º 48´/ 7º 31´ de Capricórnio, pelas 4.00 da madrugada, José Reis, guarda-costas do Tirsense, é assassinado à facada por um gang da droga composto por 3 homens e duas mulheres que assaltam o seu automóvel junto a uma discoteca na estrada de Santo Tirso, e o presidente do Brasil, Color de Mello, chega a Lisboa no início de uma visita oficial a Portugal; em 18 de Março de 1994, com Urano em 25º 33´/ 25º 35´ de Capricórnio, Júpiter em 14º 11´/ 14º 8´ de Escorpião, às 7.30 horas, produz-se uma série de choques em cadeia de 48 veículos na auto estrada Porto-Braga, A3, junto à saída para Santo Tirso, devido ao nevoeiro; em 17 de Janeiro de 1997, com Sol em 26º 54´/ 27º 58´ de Capricórnio, Vénus em 8º 29´/ 9º 44´ de Capricórnio, um indivíduo encapuzado e armado assalta a estação dos Correios de Caldas da Saúde, em Santo Tirso, levando o dinheiro de uma das caixas.

 

Em 16 de Janeiro de 2002, com Vénus em 26º 2´/ 27º 17´ de Capricórnio, uma explosão numa pirotecnia em Oleiros, Ponte da Barca, causa 1 morto e 1 ferido; em 31 de Janeiro de 2005, com Vénus em 26º 40´/ 27º 56´ de Capricórnio, uma explosão na pirotecnia Viana & Filhos no lugar de Monte, em Antas, Esposende, mata o operário Jorge Viana Alves.

 

Em 8 de Fevereiro de 1989, com Mercúrio em 26º 16´/ 26º 36´ de Capricórnio, um avião norte-americano da “ Independent Air Corporation”, voo 1851, despenha-se na ilha de Santa Maria, quando se fazia à pista, causando a morte dos 138 passageiros, quase todos italianos, e sete tripulantes que seguiam a bordo;em 4 de Dezembro de 1989 , com Vénus em 25º 50´/ 26º 33´ de Capricórnio,  um avião da FAP, procedente da Base Aérea de Beja, despenha-se num olival, perto de Vila Viçosa, morrendo o piloto, o tenente-coronel Joaquim Augusto dos Santos Soares.

 

 

  

OS FILÓSOFOS CONTEMPORÂNEOS E OS ASTROFÍSICOS NÃO POSSUEM RACIONALIDADE HOLÍSTICA

 

Os filósofos, em geral, e também os astrofísicos,  são, no plano da cosmologia holística, verdadeiros cretinos. Vergonha para Descartes, Kant, Nietzsche, Hume, Conte, Marx, Bakunine, Moore, Husserl, Einstein, Heisenberg, Russel,  Wittgenstein, Heidegger, Popper, Carl Sagan, Hawkins, Foucault, Derrida, Deleuze, José Gil, Nelson Goodman, Thomas Nagel, Zizeck, Simon Blackburn, Peter Singer e tantos outros que nunca souberam descobrir o determinismo astral-zodiacal e desprezaram, atacaram ou atacam, em graus diferentes, com a arrogância dos néscios, o princípio da predestinação astrológica!  Honra a Siger de Brabant, a Fernando Pessoa, a Paul Feyerabend, que possuíam a intuição holística de que o macrocosmos zodiacal comanda o microcosmos terrestre!

 

Por sua vez, a multidão dos professores de filosofia e história, de inteligência limitada e quase nenhum espírito de contestar as autoridades (Popper, Blackburn, Heidegger, Carl Sagan, Ferdinand Braudel, etc), atreve-se a atacar este tipo de  análise histórico-astronómica que elaboro, este tipo de estudo científico, este modo de fazer astrologia que não é senão cruzar dados histórico-sociais com dados astronómicos .

 

Os catedráticos de filosofia, história, sociologia, antropologia, jornalismo, astrofísica, geografia e comunicação social e outros são apenas veículos da ideologia da classe dominante, seja esta capitalista, teocrática ou «comunista»: a classe dominante não permite, nas suas universidades, jornais, revistas, programas televisivos, o estudo e a difusão da astrologia histórica, recheada de dezenas de milhar de dados precisos, como ciência exacta, porque isso demonstraria que tudo está escrito nas estrelas, mas autoriza e promove os astrólogos tradicionais, místicos ou comerciais, para iludir o público e satisfazer, falaciosamente, o desejo de este conhecer o destino.

 

Por isso reina o fascismo epistémico anti astrologia nas universidades e no ensino secundário: «Não investigarás história mediante a astronomia, proibirás a difusão da ideia de que os astros e o Zodíaco comandam as vidas dos homens, as revoluções e contra-revoluções, os acidentes de comboio, avião, centrais nucleares, etc, de astrologia só poderás falar como uma crença mística antiga ou como uma corrente de psicologia fundada nos meses do ano em que se nasce». Aventureiros anticientíficos doutorados, intelectuais de uma deficiente racionalidade, mandam nas esferas da cultura oficial, do ensino, da comunicação social neste país e no planeta!

 

Não sou um astrólogo tradicional. Rejeito a teoria das 12 casas do horóscopo. Rompi com esta astrologia «qualitativa», «aristocrática», que despreza a riqueza de dados do mundo empírico e é, em grande parte, retórica fantasista, charlatanismo. Faço ciência indutiva. É certo que reconheço a dificuldade em coordenar todos os ciclos planetários de modo a prever, com exactidão, muitos acontecimentos mas, a posteriori, detecta-se quase sempre os factores planetário-zodiacais que provocaram tal queda de avião em França, tal queda de governo em Portugal ou tal acidente de comboios na Holanda. A Astrologia Histórico-Social, jóia da coroa da ontologia e das ciências empíricas, está em construção.

 

PS- Se é professor ou estudante de filosofia, história, astrologia ou demais ciências, porque não começa a compreender os movimentos planetários e a astrologia histórico-social e libertar-se da crucial ignorância a que o votaram nessa matéria? Adquira na nossa loja online www.astrologyandaccidents.com as nossas obras «Álvaro Cunhal e Antifascismo na Astrologia Histórica», recentemente lançada, «Os acidentes em Lisboa na Astronomia-Astrologia» e outras que lhe fornecem conhecimentos que em nenhum outro lado pode encontrar. É tempo de ser culto e profundo! Pense por si, sem receio dos clichés dominantes.

 

www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 10:52
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
17

19
21
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Áreas 21º-24º de Carangu...

Ponto 27º 37´/ 27º 44´ de...

Equívocos no Exame Nacion...

25 a 30 de Junho de 2017:...

28 de Junho a 1 de Julho ...

Breves reflexões de Junho...

Areas 14º-18º of Aries, 2...

Identidade de género, uma...

Teste de filosofia do 10º...

Teste de Filosofia do 11º...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds