Terça-feira, 3 de Abril de 2012
Astrologia Desportiva: é possível a previsão fundada de quem será campeão nacional da Liga Sagres em 13 de Maio de 2012?

 

É possível a previsão astrológica séria, fundada em estatísticas fiáveis, sobre quem se sagrará campeão nacional de futebol da Liga Sagres em 13 de Maio de 2012? É.

 

Em 13 de Maio de 2012, data da jornada 30 e última da Liga Sagres, Vénus estará em 23º do signo de Gémeos, isto é, no grau 83º de longitude eclíptica ou zodiacal ( o signo de Carneiro vai de 0º a 30º da eclíptica, o signo de Touro é o "arco" de 30º a 60º, o signo de Gémeos é o arco de 60º a 90º, o signo de Caranguejo é o arco de 90º a 120º do Zodíaco, etc) . Sem carácter exaustivo - e isto é uma falha de investigação - recolhi alguns dados astronómicos ligados à presença de Vénus, e também de Mercúrio, na área 23º-26º do signo de Gémeos, que se conexionam com vitórias do Futebol Clube do Porto.

 

ÁREA 23º-26º  DE GÉMEOS:

 

F.C.PORTO

 

 

 

Em 27 de Maio de 1987, com Mercúrio em 25º -26º  de Gémeos, o F.C. Porto conquista a Taça dos Campeões Europeus ao vencer, por 2-1, o Bayern de Munique em Viena de Áustria; em 26 de Maio de 2004, com Vénus em 24º  de Gémeos,  o FC Porto é campeão europeu ao vencer o Mónaco por 3-0; em 16 de Maio de 2010, com Vénus em 25º- 26º  de Gémeos, o FC Porto conquista a Taça de Portugal ao vencer por 2-1 o Chaves; em 15 de Maio de 2011, com Nodo Sul da Lua em 23º  de Gémeos, realiza-se a 30ª jornada da Liga Sagres de Futebol em que o FC Porto é campeão com 21 pontos de avanço sobre o Benfica. 

 

Por conseguinte, sem carácter de infalibilidade, porque não estou a considerar muitos outros ciclos planetários, a minha previsão é: o FC Porto será, provavelmente, o campeão nacional em 13 de Maio de 2012, dia em que Vénus estará em 23º de Gémeos

Mesmo que falhe a previsão, o que importa é que estou a mostrar que há um método indutivo, científico - ou paracientífico, de base estatística - para calcular os acontecimentos desportivos e outros. Assim, reduzo ao silêncio a multidão imensa dos cretinos licenciados, mestres ou doutorados em filosofia, em física, em astronomia, em matemática, em sociologia ou em história que, ignorantes na matéria mas arrogantes, proclamam que «a astrologia não pode ser ciência, porque não há influência real e testável dos longínquos planetas na vida humana, e o determinismo astral sobre a vida humana é uma fantasia». 

 

A astrologia pode ser ciência, sim, se se tratar de Astrologia Histórico-Social, fundada em factos histórico-astronómicos, construída do modo que aqui ilustro. Pesquisei e sintetizei dezenas de milhar de dados que integram regularidades/ leis astronómico-sociais e muitos deles já os publiquei. Para quem estiver atento  e aberto à reflexão incondicionada.

 

Nietzschze escreveu:

«285- Os maiores acontecimentos e os maiores pensamentos - mas os maiores pensamentos são os maiores acontecimentos - são os que mais tarde se compreendem : as gerações que lhes são contemporâneas, não vivem esses acontecimentos - passam por eles. Acontece aqui algo de análogo ao que se observa no domínio dos astros. A luz das estrelas mais distantes chega mais tarde aos homens; e antes da sua chegada, os homens negam que existam lá - estrelas. «Quantos séculos precisa um espírito para ser compreendido?» - aí está também uma medida, um meio de criar uma hierarquia e uma etiqueta necessárias: para o espírito e para a estrela.» (Nietzschze, Para além do bem e do mal).

 

 www.filosofar.blogs.sapo.pt

 

f.limpo.queiroz@sapo.pt

 

© (Direitos de autor para Francisco Limpo de Faria Queiroz)



publicado por Francisco Limpo Queiroz às 00:52
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Teologia cátaro-bogomila:...

Teologia cátaro-bogomila:...

Ponto 23º 7´/23º 15´de qu...

Erros na tradução portugu...

O sublime moral para Scho...

Seísmos en México en Astr...

Área 9º-10º do signo de T...

Neocátaros versus budismo...

Teologia neocátara: sem j...

Herbert Marcuse: o caráct...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Teste de filosofia do 11º...

Pequenas reflexões de Ab...

Suicídios de pilotos de a...

David Icke: a sexualidade...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds